Category Archives: Tradução Interlinear do Reino das Escrituras Gregas

É correto traduzir חָנֵף hhanef por “apóstata”?

 בְּפֶה חָנֵף יַשְׁחִת רֵעֵהוּ וּבְדַעַת צַדִּיקִים יֵחָלֵֽצוּ׃ 

Beféh hhanef yashehhit  re`ehu Uveda`ath  Tsaddikyim Yehhaletsú

 

“Com a boca o apóstata* arruína seu próximo,Mas pelo conhecimento os justos são salvos.” Provérbios 11:9 TNM

A forma como hhanef  foi traduzida acima não somente é correta, como também é a melhor tradução desta palavra hebraica neste verso. Deixe-me explicar o porquê disso.

Este artigo responderá algumas questões tais como:

  • O que dizem “gigantes” da teologia Protestante sobre traduzir  hhanef  por “apóstata? 
  • O que léxicos REALMENTE  dizem a respeito da palavra hebraica e que foi omitido pelos críticos desonestos? 

 

 

Conhece alguém que tomou um banho e ficou limpo, mas depois foi para a lama e ficou “imundo”? A melhor palavra hebraica para descrever este tipo de pessoa (no sentido metafórico) é a palavra hebraica חָנֵף hhanef que significa “sujar” ou “poluir”, ” imundo”, ou ainda “ser profanado” Nas Escrituras muitas vezes aplicada no sentido moral, religioso ou espiritual. Isso explica porquê um dos mais respeitados léxicos verteu hhanef por “apóstata”:

Definição do Léxico de Brown-Driver-Briggs:

חָנֵף adjetivo profano, irreligioso (Syriac  profano, portanto frequentemente pagão, apóstata...”

1) ser profanado, ser corrompido, ser poluído, ser corrupto

1a) (Qal) [voz ativa]

1a1) ser poluído

1a2) ser profano, descrente

1b) (Hiphil) [Forma causativa ativa]

1b1) poluir

1b2) fazer profano, fazer sem devoção a Deus, causar que algo seja se torne corrupto

Será que este léxico foi produzido pela “Watchtower” ou pelas “Testemunhas de Jeová”? ( Fica a pergunta para os ignorantes em hebraico). O fato da Tradução do Novo Mundo da Bíblia optar por “apóstata” como uma definição de hhanef demonstra conhecimento aprofundado do idioma hebraico da parte dos eruditos da Organização de Jeová,  além de uma originalidade na tradução de termos hebraicos.  Isso explica comentários como estes:

 

– Steven Byington (tradutor de The Bible in Living English):

“Se você procura formas excelentes ou sugestivas de traduzir, esta é uma das minas mais ricas.” (Christian Century, “Review of the New World Translation of he Christian Greek Scriptures, 1 de novembro de 1950, pág. 1296)

 

” Ninguém poderia dizer que carece de novidade e originalidade. Sua terminologia não se baseia na de versões anteriores”. (The Differentiator, junho de 1954, página 131). 

 

Voltando ao tema desta página…Essa ideia de “poluir-se”, “sujar-se” nos lembra a perfeita descrição feita pelo Apóstolo Pedro em 2 Pedro 2:20-22:

20  Certamente, se eles, depois de escapar das contaminações do mundo+ pelo conhecimento exato do Senhor e Salvador Jesus Cristo, ficam novamente envolvidos nessas mesmas coisas e são vencidos, seu estado no final é pior do que no início.+ 21  Teria sido melhor para eles que não tivessem conhecido de modo exato o caminho da justiça, do que, depois de o terem conhecido, se desviarem do mandamento santo que receberam.+ 22  Com eles aconteceu o que diz o provérbio verdadeiro: “O cão voltou ao seu próprio vômito, e a porca, depois de lavada, voltou a rolar na lama.”+”

Em aramaico o verbo aparentado com hhanef significa “agir falsamente para com” alguém. Veja a Definição expandida do BDB em Inglês.  E o Diccionário de Hebreo Bíblico de Moises Chaves debaixo de hhanef ( pág. 187) apresenta a definição conforme a imagem abaixo,tire suas conclusões:

O Léxico Hebraico-Caldeu de Gesenius apresenta a definição abaixo:

 

Observe que uma das definições do Gesenius é “desviar-se da verdadeira religião”. 

 

hha‧néf é vertida como “hipócrita” ou “hipocrisia” em algumas traduções, tais como as versões Almeida (ed. rev. e corr.), Figueiredo e Matos Soares, porém, outros tradutores verteram estas palavras de modo diverso, como “profano” (Yg), “ímpio” (ALA; IBB; PIB) e “apóstata” (NM).

Quando é usado como substantivo masculino aparece na forma חֹנֶף hhonef e neste caso significa “hipócrita” entre outras definições. Portanto, a palavra “apóstata” é uma palavra grega, que se refere a alguém que é um traiçoeiro, hipócrita e imundo, que tenta ativamente contaminar outros, fazendo-as se afastar da verdade. Este tipo de gente existia antes de Cristo vir aqui na Terra e ainda existe em nossos dias. Não há motivos para se dizer que traduzir hhanef por “apóstata” é um anacronismo. Alguns até mesmo afirmam que “apóstata” é uma palavra grega e que portanto, “não deve aparecer no V.T”  e a partir de tal conclusão, atacam a Tradução do Novo Mundo da Bíblia. Ora, empregar uma palavra moderna ou mais recente, para traduzir uma antiga é justamente o que faz uma boa tradução, não o contrário! Os críticos que fazem tais declarações, não estudaram com profundidade o assunto. Fizeram uma avaliação apressada, superficial e a motivação deles foi a de apenas criticar as Testemunhas de Jeová!  Sempre acusam-nos daquilo que eles mesmos praticam, como pode ver neste vídeo

Segundo A Hebrew and English Lexicon of the Old Testament (Léxico Hebraico e Inglês do Velho Testamento), de Brown, Driver e Briggs (1980, pp. 337, 338), hha‧néf, quando usado como adjetivo, pode ser definido como “profano, irreligioso . . ., ímpio”; ou, como verbo, “ser poluído, profano . . ., desviar-se do que é direito”. Nas Escrituras, hha‧néf é posto em paralelo com os que se esquecem de Deus (Jó 8:13),  veja APOSTASIA.

Definição de hhanef na Obra Estudo Perspicaz das Escrituras 

“Em sua defesa, Jó mostrou que Deus não concede audiência ao apóstata (Jó 13:16), e mostrou também o estado de desesperança daquele que é cortado em apostasia. (Jó 27:8; veja também a declaração de Eliú em Jó 34:30; 36:13.) Nestes casos, a palavra hebraica hha·néf é usada, significando “[alguém] alienado de Deus”, isto é, um apóstata. O verbo aparentado, hha·néf, significa “estar inclinado para longe da relação correta com Deus”, ou, “poluir, levar à apostasia”. — Lexicon in Veteris Testamenti Libros (Léxico dos Livros do Velho Testamento), de L. Koehler e W. Baumgartner, Leiden, 1958, p. 317.” Apostasia

 

“Os pecadores em Sião estão apavorados, Os apóstatas [חֲנֵפִים hhanefim] estão tremendo de medo…” Isaías 33:14 TNM

 

 

O que dizem Comentários da Bíblia

Adam Clarke Commentary

“Um hipócrita com sua boca – חנף chaneph pode ser melhor traduzido por infiel ao invés de  hipócrita. O último é aquele que finge religião; que a usa para fins seculares. O primeiro é aquele que não acredita na revelação divina e, consequentemente, é poluído e vive na poluição. Esta é apropriadamente a força da palavra original. Tais pessoas lidam com calúnias e mentiras, e muitas vezes destroem o caráter do próximo. Além disso, eles são muito zelosos em propagar suas próprias noções de infidelidade; e assim, por este meio, destroem o próximo; mas o conhecimento experimental que o justo possui a repeito de Deus e sua salvação os impede de serem enlaçados.” (Destaque é meu)

John Trapp Complete Commentary

“Provérbios 11: 9 O hipócrita com a sua boca destrói o seu próximo; mas, pelo conhecimento, o justo será libertado. Ver. 9. Um hipócrita com a boca dele destrói. Isto é, o adulador, caluniador, conselheiro maligno, mas especialmente o herege, como os Valentinos, qui artificium habutunt, quo prius persuaderent quam doberent, (a) pela sua Pythanologia. “Por boas palavras e discursos justos eles enganam os corações dos simples”. [Romanos 16:18] Eles levam homens à boca do leão, como fez aquele velho sedutor,por falar-lhes que um anjo lhes falou, e assim fazem deles um prêmio [Colossenses 2: 8] e “atraem discípulos após eles” . [Atos 20:30]” (Destaques são meus)

Observe que o texto citado acima, Atos 20:30 diz:

” e dentre vocês mesmos surgirão homens que falarão coisas deturpadas para arrastar os discípulos atrás de si.” Não é exatamente isso o que fazem os apóstatas?

 

Não encontrei palavra no hebraico antigo que se encaixa tão bem na descrição de um “apóstata” como o faz o adjetivo חָנֵף hhanef.

Os que criticam a TNM por verterem hhanef por “apóstata” acabam, sem perceber,  se auto-denunciando como sendo um de tais apóstatas. Além de exporem sua falta de conhecimento básico de hebraico antigo, pois não percebem a diferença entre um substantivo e um adjetivo em hebraico.  Observei que o adjetivo hebraico חָנֵף as vezes  aparece como substantivo, as vezes como adjetivo ou mesmo verbo.

Como um verbo, ocorre tanto no imperfeito como no estado perfeito, na voz ativa (Qal) ou causativa( Hiphil). Tem sido vertido de diversas maneiras como pode ver abaixo, e sempre está presente o ato de “sujar”, “contaminar” ou “profanar” algo ou alguém.

Números 35:33 :

“‘Não profanem a terra em que vocês vivem, pois o sangue profana a terra…”

Isaías 24:5:

 “A terra ficou impura por causa de seus habitantes,Pois deixaram de lado as leis, Mudaram os decretos E violaram o pacto permanente.”

Jeremias3:1-25

3 As pessoas dizem: “Se um homem mandar embora a sua esposa, e ela, depois de deixá-lo, tornar-se de outro homem, deveria ele voltar para ela?”Será que essa terra não foi totalmente profanada?+“Você se prostituiu com muitos companheiros,+E agora deveria voltar para mim?” diz Jeová.  “Levante os olhos para as colinas sem vegetação e veja.Onde você não foi estuprada?Você se sentava à beira das estradas à espera deles,Como um nômade* no deserto.E continua profanando essa terra Com a sua prostituição e a sua maldade.+  Por isso as chuvas abundantes estão retidas,+E não tem chovido na primavera.Você tem o olhar descarado* de uma esposa que se prostitui;Você se recusa a sentir vergonha.+  Agora você clama a mim, dizendo:‘Meu Pai, tu és meu companheiro desde que eu era jovem!+  Devias tu ficar ressentido eternamente,Ou guardar rancor para sempre?’Isso é o que você diz,Mas continua a fazer maldades até não poder mais.”+ Jeová me disse nos dias do rei Josias:+ “‘Você viu o que a infiel Israel fez? Ela subiu em cada monte alto e foi para debaixo de cada árvore frondosa para se prostituir.+  E, mesmo depois de ela ter feito todas essas coisas, eu continuei a lhe dizer que voltasse para mim,+ mas ela não voltou; e Judá observava o que a sua irmã traiçoeira fazia.+  Quando eu vi isso, mandei embora a infiel Israel e lhe dei um certificado de divórcio+ por causa do seu adultério.+ Mas a traiçoeira Judá, sua irmã, não ficou com medo; ela também começou a se prostituir.+  Ela*fez pouco caso da sua prostituição, profanou aquela terra e cometeu adultério com pedras e com árvores.

 

Ao ver estes textos, pergunte-se…

Como pode hhanef  em sua forma ativa (Qal) se referir a uma pessoa que contamina outra e ao mesmo tempo não ser aplicada a um apóstata? Não é incomum na Bíblia em hebraico uma palavra ser em dado momento um verbo, em outra ocorrência pode ser um substantivo ou adjetivo. No caso de hhanef não é diferente. “Contaminar” ou “poluir” (verbos) pode ser empregada no sentido mais apropriado de “contaminador” ou “poluidor” (apóstata) e não necessariamente “hipócrita” que seria uma forma mais ou menos infeliz de verter Provérbios 11:9.

E agora críticos da Tradução do Novo Mundo?

William MacDonald é chamado de “gigante de nosso tempo” , “exímio escritor” e “apaixonado pela difusão do conhecimento bíblico”. Ele tinha a mesma opinião sobre hhanef e entendia como podendo sim se referir a um “apóstata”. (Veja as citações favoráveis a este Teólogo Protestante neste link )

Observe o que diz uma aclamada obra Protestante da Assembléia de Deus, comentando sobre o termo hhanef e o texto em consideração:

 

 

 

 

“Um apóstata ou hipócrita procura minar a fé de seu próximo com dúvidas e negações. O conhecimento da verdade habilita o justo a detectar falsificações e a salvar a si mesmo e outros da ruína.”

 

 



 

Tive contato com material apóstata, e agora?

 

 

 

 

Anúncios