Erudito diz que João 1:1 deve ser traduzido “e a palavra era um deus”



“É verdade que a tradução mais formal, literal, das palavras em João 1:1c seria “ e a palavra era um deus”. As regras gramaticais envolvidas nesta passagem pesam muito contra a tradução mais comumente vista, “e a palavra era Deus”. Todavia, tradução não é apenas verter uma passagem palavra por palavra. Envolve também consideração mais ampla da sintaxe e o significado de uma passagem como um todo.” A construção gramatical usada aqui pode ser chamada o uso qualitativo ou categórico do indefinido. Basicamente isto significa que X pertence a categoria Y, ou X é um Y.Os exemplos que usei em uma carta que circulou bastante são:

“Snoopy é um cachorro”, “O carro é um Volkswagen”, e “João é uma pessoa esperta”.

A tradução comumente conhecida “e a palavra era Deus” é tão errônea para esta construção como seria dizer em Inglês : “Snoopy is dog” (O certo é dizer Snoopy is a dog”) “The car is Volkswagen”; ou dizer “John is smart person.” .O artigo indefinido é mandatório visto que estamos falando sobre um membro de uma classe ou categoria.
“As vezes em Inglês podemos usar a mesma função sintática dispondo de um adjetivo predicativo no lugar de uma frase de substantivo indefinido.
O que Harner chama de “o sentido qualitativo” é o mesmo que eu chamo de o sentido categórico. Nos muitos exemplos por todo o Novo Testamento de mesma construção gramatical que achamos em João 1:1c, o substantivo indefinido usado é sempre uma classe ou categoria a qual se diz que o sujeito pertence. Porém em diversos destes exemplos, a categoria é usada para sugerir a qualidade que o sujeito possui. Tal como nas muitas expressões “um filho de X” achadas no Novo Testamento.

“Devido a esta evidência, não podemos desconsiderar a possibilidade de que para João a qualidade era o foco central e não a categoria. Para sermos honestos com o grego original, não podemos estreitar a gama da tradução aceitável de João 1:1c não mais que dizer que ou “a palavra era um deus” OU “e a palavra era divina”. E posso se necessário explicar de modo extensivo, porque estas duas traduções resultariam na mesma coisa para João.Mas também reconheço que elas deixam a interpretação aberta para uma gama de possíveis entendimentos.Receio não poder fazer nada a este respeito.Se eu dissesse que a Tradução do Novo Mundo é a única possível, estaria cometendo a mesma ofensa daqueles que disseram que “e a palavra era Deus” é a única tradução possível.”
O ponto principal de meu trabalho é fazer-nos ir além destas assertivas e seguir o grego original.E segui-lo apenas aonde este nos leva.
O que eu posso dizer é que “e a palavra era Deus” e extremamente difícil de justificar visto que vai de encontro a evidente gramática da passagem.
Uma ou outra das duas traduções que mencionei são aceitáveis, porque o grego as permite.Ao passo que é obvio que não permite a tradução tradicional.
O que o seu correspondente precisa compreender, ao lidar com outros neste assunto é que a frasear “e a palavra era divina”,concorda 100% em significado com “e a palavra era um deus” e apenas 50% com “e a palavra era Deus”.

O que deve ser descartado da ultima fraseologia é a identidade absoluta entre a Palavra e Deus que as traduções tradicionais tentam impor.João claramente não tenta fazer esta identificação absoluta.E isto é precisamente o porque ele manipula cuidadosamente sua palavra na passagem descartando isto.
Mas sim, João esta colocando a “Palavra” na categoria de “deus” ou “divino” e isso é certo seja a fraseologia “um deus” ou “divino”.
“Lembre-se a palavra não é uma pessoa humana… é uma essência ou ser super-humano (portanto, divino).A linha final de analise é que “a palavra era um deus”É exatamente o que o grego diz.”
“E a palavra era divina” é um possível significado desta fraseologia grega. ”E a palavra era Deus” é quase certamente descartado pela fraseologia que João usa.E não é equivalente a “e a palavra era divina”, isto porque sem nenhuma justificativa no grego original,ela restringe o significado de uma qualidade ou categoria (deus/divino) para um individuo.(Deus).

Palavras de Jason Beduhn Erudito da Northern Arizona University
Jason BeDuhn Associate Professor of Religious Studies, and ChairDepartment of Humanities, Arts, and ReligionNorthern Arizona
Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Derley  On 23 maio 2012 at 0:32

    Incrível como vocês testemunhas de Jeová são esforçados e inteligentes !
    eu sei só o básico da bíblia,estou aprendendo muito com vocês Parabéns !

    Curtido por 1 pessoa

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 6 jun 2014 at 10:22

    O que eu acho incrível é que os eruditos trinitários sabem destas coisas.

    Por exemplo em João 6:70 a Almeida RC reza: “Respondeu-lhe Jesus: Não vos escolhi a vós os doze? e um de vós é UM diabo.”
    Por que eles acrescentaram o artigo indefinido UM aqui? Por que o texto está falando de Judas Iscariotes (João 6:71) e a bíblia mostra que ele não é o PRÓPRIO Satanás mas antes, ele apresenta as características semelhantes as de Satanás, nesse caso sendo um caluniador.
    Sem o artigo indefinido aqui, eles estariam afirmando que Judas seria o próprio Satanás.

    Em João 1:1 é praticamente o mesmo que se dá.

    Eles alegam que nós distorcemos TODOS os textos que provam a divindade de Cristo, mas na verdade, quando João 1:1 é vertido “UM deus” na TNM nós estamos confirmando a divindade de Cristo, porém fazendo uma diferenciação entre a divindade de Cristo e DEUS que é a fonte dessa divindade.

    É eles que tentam dar um sentido maior as expressões aplicadas a Cristo.

    Curtido por 2 pessoas

  • JHONAS HERBETH  On 13 jul 2017 at 17:29

    Jesus é Deus falso ou verdadeiro?

    Curtir

    • Queruvim  On 13 jul 2017 at 21:30

      Alguns dizem que outros “deuses” só podem ser “deuses falsos” uma vez que a Bíblia diz que existe apenas um “único Deus Verdadeiro”. Contudo, os primitivos judeus usavam a palavra “Deus” (Hebraico: Elohim ; Grego : THEÓS) para se referirem a tudo o que possui poder ou exerce poder sobre outros ou alguma criatura com poderes concedidos por Jeová, o Ser Supremo, identificado nas Escrituras pelo tetragrama (IHVH). Jesus é um ELOHIM ou um THEÓS. A palavra “Deus” significa Poderoso. Os anjos são Elohim (Salmo 8:5) Sugiro que leia este artigo que explica e não deixa dúvidas.

      Curtir

      • Fernando Silva  On 14 jul 2017 at 11:08

        Mas é difícil o pessoal entender este tipo de assunto né? Até satanás, o diabo é chamando de “deus deste mundo”, mas mesmo assim as pessoas não conseguem entender os significados da palavra deus na bíblia. O próprio Jeová Deus disse: “Eu sou Jeová, teu Deus . . . Nunca deves ter quaisquer outros deuses em oposição à minha pessoa [ou: “quaisquer outros deuses em desafio a mim”]. . . . porque eu, Jeová, teu Deus, sou um Deus que exige devoção exclusiva.” Isso nos permite entender que há outros “seres divinos”, ou “seres poderosos” (ou “deuses”) que não estão em oposição a Ele, que seriam os anjos e próprio filho, Jesus.

        Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos. https://www.instagram.com/queruvimdefogo/

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s