Category Archives: Jesus Cristo

Significado exato de Monogenés João 1:18

μονογενής, ές

 

Provém de mono : “um, único, somente”

E  γένος :  “raça, descendência, geração”.

 

 Monogenés (em grego μονογενής) significaria “único” se fosse penas usado o prefixo MONO. Este não é o caso. Alguns definem monogenés como sendo “único” e isto é compreensível pois emprega-se esta palavra ao se falar de um filho único, mas o sentido exato etimologicamente agrega algo mais . Emprega-se o sufixo “genés” que vem de gínomai (em grego γίνομαι) que significa “vir a ser”. Se veio a ser então não era. Simples assim. É falácia tirar “genés” da significação da palavra MONOGENÉS. Isso sim é uma omissão indevida. GENÉS ou γένος vem de Ginomai.  Gínomai significa “emergir, tornar-se, vir a ser”. Concordemente, “vir a existência” e “nascer” é a primeira definição do Léxico de Thayer

A palavra grega monogenés significa “unigênito”. Esta é a definição normalmente empregada nas traduções da Bíblia. Em João 3:16, por exemplo, é empregada em escritos antigos ao se referir ao filho único de um pai ou mãe em Hesíodo theog. 426, 448; Heródoto 7, 221; Platão, Critias 113 d.; Josefo, Antiquidades 1, 13, 1; 2, 7.

μονογενές τέκνον πατρί, (unigênito filho de um pai)  Aeschylus Ag. 898. Encontramos o mesmo uso que foi feitos nestas fontes gregas na Bíblia em Hebreus 11:17:

“Pela fé Abraão, quando provado, praticamente ofereceu Isaque — o homem que havia recebido alegremente as promessas tentou oferecer seu único filho (μονογενῆ) .”

Em Juízes 11:34 a LXX fala da filha única ou unigênita de Jefté e a chama de monogenes :

kai hlqen iefqae eis masshfa eis ton oikon autou kai idou h qugathr autou exeporeueto eis apanthsin autou en tumpanois kai corois kai auth monogenhs autw agaphth kai ouk estin autw plhn auths uios h qugathr

 

Em sua Obra Antiguidades Judaicas, Flavio Josefo (Livro 1 Capítulo 13) escreveu:

"Ἴσακον δὲ ὁ πατὴρ Ἅβραμος ὑπερηγάπα μονογενῆ ὄντα καὶ ἐπὶ γήρως οὐδῷ 
κατὰ δωρεὰν αὐτῷ τοῦ θεοῦ γενόμενον."

Ora, o Pai de Isaque Abraão amou  grandemente, aquele que era o seu unigênito, que foi lhe dado à beira da velhice pelo favor de Deus”.

De fato, como bem lembrado por alguns dos leitores desta página cujos comentários aparecem logo após este artigo, há textos onde a expressão  grega “deus único” ocorre de forma inequívoca no texto grego do NT, como por exemplo em João 5:44:

πῶς  δύνασθε  ὑμεῖς  πιστεῦσαι,  δόξαν  παρὰ  ἀλλήλων  λαμβάνοντες,
  καὶ  τὴν  δόξαν  τὴν  παρὰ  τοῦ  μόνου  Θεοῦ  οὐ  ζητεῖτε;

“Como vocês podem crer, se aceitam glória uns dos outros e não procuram a glória que vem do único Deus?

Verter  monogenés por “único Deus” é forçar teologia e ignorar exatidão na tradução.

 

Veja também João 17:3:

αὕτη  δέ  ἐστιν    αἰώνιος  ζωὴ,  ἵνα  γινώσκωσιν  σὲ  τὸν  μόνον
  ἀληθινὸν  Θεὸν  καὶ  ὃν  ἀπέστειλας  Ἰησοῦν  Χριστόν. 

"Único Deus verdadeiro"

E Judas verso 25 lemos:

μόνῳ  Θεῷ  Σωτῆρι  ἡμῶν  διὰ  Ἰησοῦ  Χριστοῦ  τοῦ  Κυρίου  ἡμῶν

o único Deus, nosso Salvador, por meio de Jesus Cristo,* nosso Senhor

Portanto, MONO THEÓS é “único Deus” ao passo que monogenés significa de forma mais específica e mais exata “único gerado” ou “unigênito”.

 

Portanto, a Bíblia quando chama Jesus de “unigênito” em João 1:18, quer dizer que ele foi o único filho criado diretamente por Jeová. Ao passo que todos os outros seres vivos no céus e na terra foram feitos por intermédio de Jesus Cristo. É por isso que em João 1:3 se emprega a preposição grega diá (por intermédio dele) e não POR ele, como vertem muitas traduções da Bíblia feitas sem atenção detida ao texto grego.

 

 

Anúncios