Arquivos da Categoria: Tecnologia

Barco movido a hidrogênio e painel solar!

Imagine a infinidade de coisas que poderão ser construídas no futuro usando energia limpa e não prejudicial! Este barco usa a o vento, a água, hidrogênio e painel solar para se auto sustentar. É o primeiro barco de hidrogênio. Sua combustão não emite gases de efeito estufa nem partículas finas. Assim, o Energy Observer é o primeiro navio do mundo capaz de produzir seu hidrogênio a bordo usando a água do mar, por eletrólise.

Este é o Energy Observer, o primeiro barco de hidrogênio autônomo a navegar pelos mares. Alimentado por energia solar, hidrogênio, energia eólica e hídrica, o catamarã branco levará seis anos para percorrer o mundo. Durante as paradas, o Energy Observer produziu um total de 488 kg, quase ½ tonelada de hidrogênio, durante 1496 horas de funcionamento, o que representa uma eficiência de 42%.

O hidrogênio forneceu até 60% da energia necessária para uma viagem típica, e os 40% restantes foram atribuídos à energia solar, usando uma célula de combustível funcionando em média por 6 de cada 24 horas de navegação, com uma eficiência de 48%.

  Nas laterais do barco estão as asas Oceanwings que vão reduzir o consumo de energia da embarcação, acelerar sua velocidade e, acima de tudo, permitir que ela produza energia e hidrogênio enquanto navega. Os Oceanwings não servirão apenas como parte do aparelhamento, eles realmente aumentarão a eficiência energética da embarcação. Sua instalação nos dois flutuadores da embarcação permitir-lhe-á: – Aumentar a velocidade, complementando os motores elétricos – Reduzir o consumo de energia quando eles são usados ​​para compensar os motores elétricos – Aumentar a produção de energia durante a navegação produzindo energia hidrocinética (invertendo os motores eletrônicos em hidrogeradores) – Produzir hidrogênio durante a navegação pela eletrólise da água Até agora, a produção de hidrogênio só era possível durante as paradas, mas a instalação da Oceanwings® possibilitará a produção de hidrogênio enquanto a embarcação estiver navegando.

Será apenas de 1 a 2 horas por dia no início, mas a introdução da geração hidráulica através da inversão dos motores elétricos é um suplemento de energia indispensável no norte da Europa, onde as condições da luz solar não são tão favoráveis.

A instalação do Oceanwings® a bordo do Energy Observer é o primeiro passo para reduzir o impacto ambiental do transporte marítimo em todo o mundo. De acordo com simulações realizadas em uma grande variedade de barcos, os resultados são extremamente promissores: de 18% a 42% menos energia é necessária. Uma estatística importante quando se reconhece que 90% do comércio global é transportado no mar.

O transporte marítimo também é responsável por grandes quantidades de poluição do ar, emitindo para a atmosfera poluentes como partículas finas, óxido de nitrogênio (NOx) e óxido de enxofre (SOx). O hidrogênio é o elemento químico mais abundante no universo. Inexaurível, apresenta excepcional densidade de energia: libera até 4 vezes mais energia que o carvão, 3 vezes mais que o diesel e 2,5 vezes mais que o gás natural.