Arquivos da Categoria: João 1:1 na TNM

Substantivos Predicativos Anartros Qualitativos – Philip Harner, 1973

Na página acima (76) Substantivos Predicativo Anartros pós verbal 19 vezes em Marcos. (Indicando classe geral) Marcos 1:16,17; 3:17;  6:34,44; 7:11,26; 9:35; 10:8,43,44; 12:25,27,37,42;13:18; 15:16,22,42. 


Em Marcos, Substantivos Predicativos articulados pós verbal, 20 vezes: Marcos 1:11; 3:11; 4:15,16,18(bis),20; 5:14; 6:3; 7:15; 9:7,10; 12:7; 13:11; 14:22,24,61; 15:2.

Em Marcos, Substantivos Predicativos Anartros Pré Verbais 8 vezes: Marcos 2:28; 3:35; 6:49; 11:17,32; 12:35; 14:70; 15:39. 

 

 

 

 

 

João emprega 18 vezes Substantivos Predicativos Anartros pós verbal: João 1:41; 4:14,18,25; 6:55(bis) 8:55; 9:28; 10:12; 11:38; 15:8; 18:13(bis) 15,38,40; 19:12,38.  

66 vezes, Substantivos Predicativos com artigo pós verbal:  João 1:4,8,19,20,25,33,34,49; 3:10,19,28; 4:10,29,37,42; 5:12,15, 32,35, 39,45; 6:14,29,33,35,39,40,41,48,5051,58,63,64(bis); 7:26,36,40,41; 8:12,18,54; 9:8,19,20; 10:7,9,11,14,24; 11:2,25,27; 12:34; 14:6,21; 15:1,5,12; 17:3; 18:14,33; 20:31; 21:12,24. 

53 vezes no Evangelho de João Substantivos Predicativos Anartros precedendo ao verbo:

João 1:1,12,14,49;  2:9; 3:4,6(bis),29;  4:9,19; 5:27; 6:63,70; 7:12; 8:31,33,34,37,39,42,44(bis), 48,54; 9:5,8,17,24,25,27,28,31;   10:1,2,8,13,33, 34,36. 

Na página 82 do Jornal de Literatura Bíblica, (1973) Philip Harner afirmou em seu artigo:

“João apresenta 53 exemplos de um predicativo anartro precedendo o verbo. Ao analisarmos estas expressões, estamos mais interessados em indagar se o aspecto qualitativo é mais destacado e se o predicado é definido. Certo grau de subjetividade é inevitável ao lidarmos com estas perguntas, e a interpretação de alguns exemplos são incertos.”

Isso deveria servir de alerta para os apressados em condenar com tons de deboche a opção indefinida de diversas versões ao traduzirem João 1:1c.

Uma análise de substantivos modificados por preposições ou genitivos mostra grande irregularidade no uso do artigo. Freqüentemente, apenas o contexto pode decidir se a tradução apropriada em português/inglês de tais substantivos “preposicionais” deve usar o artigo definido ou não. Mas, na maioria das vezes, quando o substantivo predicado “preposicional” precede seu verbo, a interpretação apropriada é com o artigo definido.  Mas isso não se aplica a exemplos apropriados que devem ser usados ​​no exame de João 1: 1 e seus paralelos gramaticais!

 

 

 

 

 

Anúncios