Arquivos da Categoria: Doutrina da Trindade

Por que a “Trindade” não é bíblica

É possível adorar a Deus de modo “racional” e com “lógica” (Romanos 12:1) e ao mesmo tempo crer na trindade?

Em Romanos 12:1 lemos:

“Portanto, eu lhes suplico, irmãos, pelas compaixões de Deus, que apresentem o seu corpo como sacrifício vivo, santo e aceitável a Deus, prestando assim um serviço sagrado com a sua faculdade de raciocínio.

“λογικός, [logikós] (provém de  λόγος razão)  racional (Vulg.rationabilis); que concorde com a razão, que segue a razão, razoável.” 

 

Razão no sentido e acepção de raciocínio. Veja outro Léxico…

 

O Léxico Grego Inglês de Liddell e Scott, define logikós (se lê loguikós) como sendo:

A. “de ou a com respeito a fala ou conversa, discurso, expresso em fala, Stoic.2.61.

2. de ou em eloquência, “ἀγῶνες” Philostr.VS1.22.1

II. possuído de razão, intelectual, “μέρος” Ti.Locr.99e, al.; “τὸ λ. ζῷον” Chrysipp.Stoic.3.95;

2. dialético, argumentativoοἱ λ. διάλογοι de Platão,tal como Theaetetus e Cratylus, D.L.3.58;

 

O adjetivo λογικός, se refere ao “raciocínio lógico”, a arte de, no diálogo, demonstrar uma tese por meio de uma argumentação capaz de definir e distinguir claramente os conceitos envolvidos na discussão.

Trinitários tem afirmado que a doutrina da trindade é “incompreensível” e um “mistério”. Portanto, não segue o requisito mínimo registrado por por Paulo sob inspiração divina em Romanos 12:1.  The Encyclopedia Americana (Enciclopédia Americana) diz que a doutrina da Trindade é tida como estando “além da compreensão da razão humana”.

O monsenhor Eugene Clark disse: “Deus é um só, e Deus é três. Visto que não existe nada igual a isso na criação, não podemos entendê-la, mas apenas aceitá-la.” O cardeal John O’Connor declarou: “Sabemos que é um mistério muito profundo, que ainda nem começamos a entender.” E o papa João Paulo II fala do “insondável mistério de Deus, a Trindade”.

 

Anúncios