A Trindade ou a Bíblia? Compare o que sua Igreja prega com o que a Bíblia diz


Vejam o que as igrejas dizem sobre o Deus a quem adoram. As citações entre aspas foram tiradas de diferentes sites de igrejas protestantes

by Saga

– QUEM É O DEUS DA IGREJA BATISTA?
“Cremos em um só Deus triuno, a quem exclusivamente adoramos, revelado em três pessoas distintas: Pai, Filho e Espírito Santo”

“Cremos num só Deus Triuno (Pai, Filho e Espírito Santo), Criador de todas as coisas, governador do universo”

“Deus Triuno – Único Deus • Cremos com o coração e confessamos com a boca que há um só Deus […] o Único Deus existe eternamente em três Pessoas: o Pai, o Filho e o Espírito Santo e que esses três são o Único Deus”

– Quem é o DEUS DA PASTORAL LUTERANA?
“Cremos no Deus Triúno! Os cristãos creem, ensinam e assumem a sua fé em um Deus triúno, Pai, Filho e Espírito Santo. Três pessoas distintas, mas um só Deus.Deus Pai […] Deus Filho […] Deus Espírito Santo […] Três pessoas distintas, mas um só Deus [..] Tudo o que Deus fez e está relatado na Bíblia foi e é feito em favor de seus filhos e filhas. A obra da criação, a providência da salvação, sacrificando seu próprio Filho […] Oremos: Ó Santíssima Trindade, cremos em ti e tudo que somos e temos pertence a ti. […] Deus Triúno.[…] Realiza em nós e através de nós a tua santa vontade. […] Amém”

– Quem é o Deus da Igreja Cristo Vive?
“DEUS: Cremos que há um só Deus e que Ele é Triúno: (Deus pai, Deus Filho, e Deus Espírito Santo). Deus Vivo e Verdadeiro, criador dos céus, da terra”

Ou seja, quem é o seu Deus, em que Deus você crê, qual é o Deus que você adora?
Em resumo a resposta que dão é: “A Trindade, nosso Deus é o Deus Triuno, temos um só Deus: O Pai, o Filho e o Espírito Santo”
.
.
. O que a Bíblia tem a dizer sobre tal pergunta: .
.
-Quem é o Deus dos cristãos segundo Paulo?
(1 Coríntios 8:4-6) Não há Deus senão um só. Pois, embora haja os que se chamem “deuses”[…] para nós há realmente um só Deus, o Pai
,
,
-Quem é o único Deus verdadeiro segundo Jesus Cristo?
(João 17:1,3) “Pai,[…] Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo.
.
-Quem é o Deus vivo e verdadeiro a quem Paulo adorava?
(1 Tessalonicenses 1:9,10) A fim de trabalhar como escravos para um Deus vivente e verdadeiro, e para aguardar o seu Filho vindo dos céus, a quem ele levantou dentre os mortos
(Romanos 1:8-9) Agradeço a meu Deus, por intermédio de Jesus Cristo […] Pois Deus, a quem presto serviço sagrado com o meu espírito, em conexão com as boas novas a respeito de seu Filho…
.
-A que Deus devemos adorar segundo Jesus?
(Mateus 4:10) “É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar e é somente a ele que tens de prestar serviço sagrado’”
(João 4:23) Vem a hora, e agora é, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai com espírito e verdade

-Quem é o nosso Deus segundo o Apocalipse de João?
(Revelação 4:10,11) Diante do trono, dizendo: “Digno és, Jeová, sim, nosso Deus, de receber a glória”
(Revelação 5:9,10) “Digno és de tomar o rolo e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste pessoas para Deus [..] e fizeste deles um reino e sacerdotes para o nosso Deus
(Revelação 7:9,10) Eis uma grande multidão […] gritavam com voz alta, dizendo: “Devemos a salvação ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro.”
(Revelação 19:6) “Louvai a Jah, porque Jeová, nosso Deus, o Todo-poderoso, tem começado a reinar”
.
-Quem é o Deus Todo Poderoso segundo o livro de Apocalipse?
(Revelação 21:22) E não vi templo nela, pois Jeová Deus, o Todo-poderoso, é o seu templo, também o Cordeiro o é.
.
.
.
Quais dos [11] textos bíblicos acima respondem a essas [6] perguntas com “É a Trindade”, “É o Deus Triuno” ou “É o Pai, o Filho e o Espírito Santo” ??
R=
.
.
-Qual o ensinamento bíblico mais importante segundo Jesus? E o ensino de que Deus é um ser Triuno chamado de Trindade?
(Marcos 12:28-29) “Que mandamento é o primeiro de todos?” Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová, nosso Deus, é um só Jeová”
.
-Jeová é uma unidade composta de quantos segundo a Bíblia e ao próprio Jesus? De um, de dois ou de três? Significa Deuteronômio 6:4 que Deus é uma unidade coletiva de três indivíduos, ou que ele é a única Trindade que existe (Que “Ele uma só unidade composta de três e não há outra `unidade composta de três` além dele”) ?

(Marcos 12:29, 32) “Jeová, nosso Deus, é um só Jeová […] Ele é Um só, e não há outro senão Ele”

Vemos que quando você faz uma MESMA PERGUNTA, a um trinitariano e a Bíblia, ambos respondem de forma diferente com linguagem contrastante. EXPERIMENTE FAZER ISSO!

Contraste as respostas claras de textos bíblicos com as confusas respostas dos trinitários e seus credos. Confiram nas Escrituras que Abraão, Moisés, Jó, Davi, Salomão, Isaías, Jeremias, Daniel, Mateus, Jesus, Paulo, Pedro e João através dos séculos e séculos pensavam uma coisa (Adoravam um Deus MONOPESSOAL, eram uniteístas), os modernos autoproclamados evangélicos pensam coisas bastante diferentes (Adoram um deus TRIPESSOAL, são triniteístas).

Como um trinitariano tenta provar a Trindade?

Tem um método comum que tende a variar de 3 à 6 passos :

1- Mostra textos que digam que Deus é um, ou que só existe um único Deus
2- Mostra textos que falem de Deus, o Pai, Jesus Cristo e o Espírito Santo juntos.
3- Mostra textos que suposta ou aparentemente demonstrem que cada um dos três citados é Deus.
4- Então conclui-se que a Trindade é um ensino bíblico, em três, quatro ou cinco passos.

O problema são as contradições nos próprios textos usados: para dizer que Deus é um, costuma-se usar textos como Deuteronômio 6:4, Isaías 45:5 Cor 8:4-6 e Efésios 4:5-6. Para dizer que este Deus único é tri uno se costuma usar Mateus 28:19, 2 Cor 13:14 e Mateus 3:16, e para dizer que o Pai é Deus, se costuma usar 1 Cor 8:6 e/ou Efésios 4:6, para ser dizer que o Filho é Deus, João 1:1, 8:58, 10:30 e para dizer que o Espírito Santo é Deus, se costuma usar Atos 5:4

Então fica assim:

1 – Só existe um único Deus, vivo e verdadeiro, o criador de todas as coisas, todos outros são falsos Deuteronômio 6:4, 1 Cor 8:4
2- Este Deus único é porém Trino em pessoas, pois coexiste em três pessoas chamadas de o Pai, o Filho e o Espírito Santo, a isto chamamos de Trindade ou Triunidade. MATEUS 28:19, Mateus 3:16, 17 e 2 Cor 13:14
3- O Pai é Deus EFÉSIOS 4:6, 1 COR 8:6 e 2 Cor 1:3
4- O Filho é Deus Mateus 1:23, JO 1:1, 10:30, ROM 9:5, Tito 2:13 e 1 Jo 5:20
5- O Espírito Santo é Deus Atos 5:3,4
6- Então conclui-se que existe um Deus Triuno, único em divindade mas que se manifesta em três pessoas distintas, cada uma delas sendo individualmente Deus.

O problema é que logo de cara se vê que vários desses textos FALAM SIM DE DEUS COMO UM, mas AFIRMANDO ESTE único Deus verdadeiro COMO SENDO O PAI: JEOVÀ! E o trinitário agindo como cego não consegue perceber o sentido dos próprios textos que se utiliza, por mais simples que sejam.

Os pontos 1 e 3 falam do Pai como o Deus único.
O ponto 2 é totalmente falso.
O ponto 5 é uma distorção absurda.
E o ponto 4 é justamente uma principal polêmica com que nos deparamos aqui no nosso dia a dia, usando de várias TRADUÇÔES DUVIDOSAS

Então como verdade incontestável mesmo, temos o ponto 3 (O PAI É DEUS, e Deus é o Pai!) e a parte do ponto 1 que afirma a unidade divina (JEOVÀ , NOSSO DEUS É UM SÓ!) o resto dos passos estão necessitados de comprovação e precisam de um estudo mais apurado de contexto, interpretação e até mesmo de tradução.

Veja Também:

 

Provérbios 8:22 segundo eruditos trinitários

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Jonatan Almeida  On 10 de fevereiro de 2014 at 16:41

    “embora haja os que se chamem ‘deuses’, quer no céu, quer na terra… para nós há realmente um só Deus, o Pai” (1 cor 8: 4-6)

    O único Deus verdadeiro é o pai, o que exclui o filho e o espírito santo. E quem é o Pai?

    é Jesus? Não, pois ele próprio afirmou que este Pai é maior que ele (Jo 14:28) De fato ele era FILHO de Deus.

    é o espírito santo o Pai? Chega a ser absurdo pensar assim, a bíblia jamais afirmou isto.

    De fato Jeová é o nosso Pai, inclusive de Jesus também(Mat 6:9)

    Curtir

  • O Apologista da Verdade  On 10 de fevereiro de 2014 at 17:47

    Excelente artigo do Saga esse sobre a Trindade!

    Curtir

  • foxhound  On 10 de fevereiro de 2014 at 18:19

    Muito claro e simples.

    Curtir

  • Sandro  On 10 de fevereiro de 2014 at 19:05

    Prezado Saga, geralmente costumo apreciar seus textos e seu raciocínio lógico, mas dessa vez você se superou!!! Que Jeová o abençoe sempre e acrescente uma semana à sua vida eterna…

    Curtir

  • Azenilto G. Brito  On 10 de fevereiro de 2014 at 22:36

    Ol, amigos testemunhas de Jeov que me enviaram este texto. Creio que recebi tal material em conexo com minha participao no debate sobre a observncia do sbado no blog de apologistas das TJ’s, especialmente o que se assina como Queruvim. Quero lhes dizer que posso at analisar e debater o tema da Trindade mais adiante, mas preferiria que o enfoque agora fosse o tema sob debate, para o que sugiro que examinem o material abaixo e o anexado que trata de temas relacionados com o concerto divino. As testemunhas de Jeov claramente cometem o mesmo erro dos crentes que abraaram os conceitos dispensacionalistas (e que influenciaram Charles Russell) por no entenderem a diferena entre Lei e Concerto. Vejam este estudo abaixo que poder ser-lhes iluminador, alm de outro que tomo a liberdade de anexar para que percebam onde est o erro de entendimento das testemunhas de Jeov com respeito temtica atualmente sob debate: LEI E CONCERTO POR QUE TANTA CONFUSO?

    O que concerto? Vrios sentidos podem ser dados: acordo, combinao, aliana, contrato, convnio, pacto. Se algum aluga uma casa, estabelecer um contrato (concerto) com o inquilino pelo qual ele se dispe a cumprir suas estipulaescuidar bem do imvel, no cortar rvores do quintal sem autorizao do proprietrio, pagar os aluguis em dia, pagar os impostos incidentes sobre o imvel, etc. Esta a lei que rege o contrato, firmado entre as partes. Se o inquilino falha em cumprir tais estipulaes, o que termina o contrato, no as estipulaes referentes locao da casa. Estas prosseguiro em efeito para serem cumpridas por novo inquilino com o qual o contrato vier a ser firmado. Da, o fim do contrato no o fim de sua lei.

    O concerto novo, mas no o seu conceito, e a lei a mesma. Princpios como no matars, no furtars, no adulterars, so acatados pelos cristos como vlidos e vigentes da lei divina sob o Novo Concerto. Caso contrrio, teramos o caos universal, a nvel pblico e privado.

    O contrato entre Deus e Israel findou, no por que houvesse falha na lei que justificasse sua abolio (a lei do Senhor perfeitaSal. 19:7), mas porque o povo, que havia prometido tudo quanto o Senhor falou, ns faremos (xodo 19:8), falhou miseravelmente em cumpri-la. Logo, a falha estava no povo, no na lei.

    Ao longo da histria do povo escolhido, novo concerto foi-lhe repetidamente oferecido (Eze. 36:26, 27; Jer. 31:31-33), mas os filhos de Israel no quiseram volver de seus maus caminhos. Assim, esse Concerto proposto ao antigo Israel reiterado ao Israel expandido em Heb. 8:6-10; 10:16, que incorpora todos quantos so descendentes de Abrao pela f (Rom. 2:29; Gl. 3:7 e 29).

    Quando alguns pensam em termos de Novo Concerto logo imaginam que isso significa o fim da lei como norma para os filhos de Deus. S que uma leitura atenta do texto bblico que trata diretamente da mudana do velho para o novo concerto destaca exatamente . . . a lei! Mostra que o Novo Concerto, chamado de Minhas leis, sua base, sendo agora escritas pelo Esprito Santo nos coraes e mentes dos que aceitam os termos desse Novo Concerto (ver Rom. 8:3 e 4). O texto de Hebreus NADA INFORMA sobre ausncia ou substituio da lei de Deus em todos ou qualquer de seus mandamentos morais, sob o Novo Concerto.

    Para desconsolo dos neo-antinomistas/dispensacionalistas, o texto referido no fala em lei do Esprito, lei da f, lei de Cristo ou lei do amor, mas Minhas leis [de Deus] que, obviamente abrangem todas estas e so as mesmas vlidas e vigentes ao tempo de Jeremias. Afinal, o texto de Heb. 8:6-10 mera reproduo de Jer. 31:31-33. Aqueles aos quais a epstola foi primeiro dirigida saberiam perfeitamente a que Minhas leis o autor se referia. Entendiam que a f no anulou a lei divina, como Paulo explica em Romanos 3:31: Anulamos, pois, a lei pela f? De maneira nenhuma, antes, confirmamos a lei.

    Mas, e o cerimonialismo todo da lei do tempo de Jeremias?, algum poder perguntar. No h problema nenhum. Os leitores primrios da epstola tambm sabiam que quelas alturas o vu do Templo se havia rasgado de alto a baixo, e o que isso significavaque os aspectos prefigurativos da lei cessaram, mas no os mandamentos da lei moral.

    Alis, esta SEMPRE foi a posio dos cristos batistas, metodistas, presbiterianos, luteranos, anglicanos, etc., e at catlicos, segundo se l em suas confisses de f e catecismos de sculos, conceitos alterado pelos meados do sc. XIX quando o dispensacionalismo comeou a se difundir, embaraosamente a partir de uma viso de certa profetisa chamada Margaret MacDonald. Esses conceitos influenciaram grandemente o fundador da organizao das Testemunhas de Jeov, C. T. Russell.

    [Ver o estudo em anexo, “10 PERGUNTAS QUANTO QUESTO DOS 10 MANDAMENTOS COMO BASE DO VELHO CONCERTO, OU COMO SENDO O PRPRIO VELHO CONCERTO”]. Abraos Prof. Azenilto G. BritoMinistrio Sola Scripturawww.c-224.com

    Date: Mon, 10 Feb 2014 17:12:51 +0000 To: profazenilto@hotmail.com

    Curtir

  • Ramiro  On 10 de fevereiro de 2014 at 23:19

    Faz quase um ano que acompanho esse blog e tenho que dizer: todos esses artigos são excelentes,claros e diretos.Parabéns ao Queruvin e a todos os seus colaboradores por essa ferramenta que nos dá excelentes esclarecimentos bíblicos e destrói todos os ensinos falsos.Minha fé na Bíblia como a Palavra de Deus aumenta cada vez mais.Que Jeová,o Deus Todo Poderoso,nosso Pai Celestial continue a abençoar a todos voces e esse excelente trabalho que abre os olhos daqueles que são sinceros e buscam conhecer a Deus e fazer Sua vontade.

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 11 de fevereiro de 2014 at 0:39

    Lembro do debate entre Greg Staford (hoje desassociado e apostata) e o Trinitário Prof James White sobre João 17:3: http://www.youtube.com/watch?v=legDF607t0w

    O Greg perguntou: Por que Jesus afirmou que o Pai era UNICO DEUS VERDADEIRO se ele mesmo também era Deus?

    O White mais do que depressa respondeu: Por que Jesus estava encarnado então para o encarnado Jesus o Pai era o UNICO DEUS.

    A resposta Xeque Mate do Greg e que infelizmente não pode dar continuidade devido ao tempo foi: —– O espirito santo não estava encarnado estava?

    Até hoje eu tento conduzir uma conversa com trinitários nesse rumo e resposta sempre é um sorriso amarelo e um profundo raciocinio amargurado,
    OBS já obtive até mesmo um resultado satisfatório com uma pessoa online.

    Curtir

  • burt walker  On 11 de fevereiro de 2014 at 8:19

    Muito bom Ramiro, que privilégio adorarmos o único DEUS VERDADEIRO JEOVÁ por meio de JESUS seu filho, alias JESUS também adora a JEOVÁ pois ele (JESUS), tem JEOVÁ como seu DEUS E PAI. Parabens.

    Curtir

  • Paulo  On 11 de fevereiro de 2014 at 11:11

    Desde quando a guarda do sábado é uma lei moral?
    Nem circuncisão, nem guarda do sábado e nem obrigação de pagar dízimos são leis morais.
    As leis morais são bem conhecidas: não assassinarás, não cobiçarás, não furtarás e etc…
    Os apóstolos, guiados pelo espírito santo, não puseram o fardo da obrigação de guardar o sábado para os cristãos gentios, nem mesmo de serem circuncidados. (Atos 15:28, 29)
    Estou ainda para ver a base BÍBLICA, para tal imposição aos crentes incircuncisos.

    Curtir

  • Hamilton Miguel Rodas  On 11 de fevereiro de 2014 at 13:05

    Tenho de Parabenizar-lo, na verdade, encontrar voces, foii um dos maiores PRESENTES que Jeova me deu, para satisfazer todas as minhas duvidas.

    Saga estas mais do que de PARABENS , acompanho seu progresso e do Queruvim, voces sao na Verdade Inspiracao pra nos.

    Rezo a JEOVA’ que vos abencoe e vos guie a toda a verdade, e que alcencem o maior numero Possivel de Pessoas.
    Todos os TJ’s que ca participam tambem tenho de lhes parabenizar, pois veem a confirmar que vos nao estao sozinhos nessa caminhada.

    Vos amo Irmaos.

    Curtir

  • henrique  On 11 de fevereiro de 2014 at 18:16

    naõ vi as referências das citações das crenças das igrejas, de onde foi tirado esse material? crença batista, crença luterana… de onde veio isso??? Artigos sem referências são duvidosos e passivos de erro.

    Curtir

  • foxhound  On 12 de fevereiro de 2014 at 18:24

    saga o rapaz ( henrique ) quer as referências.

    Curtir

  • Saga  On 13 de fevereiro de 2014 at 1:06

    Azenilton,
    Não sei porque, mas tem post ficou difícil de ler pois ficou todo bugado, as partes que teriam acento ficaram todas com um simbolo de interrogação (?) no lugar . Vou tentar ler assim mesmo.

    “Ol�, amigos testemunhas de Jeov� que me enviaram este texto. Creio que recebi tal material em conex�o com minha participa��o no debate sobre a observ�ncia do s�bado no blog de apologistas das TJ’s, especialmente o que se assina como Queruvim”

    Quem enviou esse texto pra ti? Bem, eu sei que eu não fui.

    “Quero lhes dizer que posso at� analisar e debater o tema da Trindade mais adiante, mas preferiria que o enfoque agora fosse o tema sob debate”

    Sim, pode fazer isso. Porém, essa postagem usada como artigo, são dois comentários independentes feitos por mim em outro local, em contexto diferente do seu debate a respeito do Sábado. Então não foi uma mistura de assuntos, eu postei esses comentários em um artigo referente a Trindade.

    “para o que sugiro que examinem o material abaixo e o anexado que trata de temas relacionados com o concerto divino”

    Nós não usamos o termo concerto divino. (Assim como evitamos o termo “Antigo Testamento e Novo Testamento), falamos em Novo Pacto e Antigo Pacto, o Pacto que Cristo fez com seus apóstolos na noite em que ia ser entregue e o Pacto que foi feito no Sinai entre Jeová, Moisés e o Povo após o Êxodo do Egito.

    “V�rios sentidos podem ser dados: acordo, combina��o, alian�a, contrato, conv�nio, pacto”
    Usamos “pacto” e “aliança”.

    “O concerto � �novo�, mas n�o o seu conceito, e a lei � a mesma”

    Mas ein?

    “Quando alguns pensam em termos de Novo Concerto logo imaginam que isso significa o fim da lei como norma para os filhos de Deus.”

    A Lei de Moisés inclui muitas coisas que não são normas para os cristãos, até por motivos de que o pacto foi feito com os hebreus e seus descendentes.

    “Ali�s, esta SEMPRE foi a posi��o dos crist�os batistas, metodistas, presbiterianos, luteranos, anglicanos, etc., e at� cat�licos, segundo se l� em suas confiss�es de f� e catecismos de s�culos”

    Estes citados eu desconheço totalmente que endossassem a guarda da Lei Mosaica ou que tenham sido sabatistas. Inclusive se guardavam o domingo, era de acordo com a tradição, daí se vê sua fidelidade a chamada tradição “cristã” [católica] e não as antigas tradições judaicas.

    Curtir

  • Saga  On 13 de fevereiro de 2014 at 1:16

    Henrique,

    Porque não era um artigo, era um comentário descompromissado.
    De toda forma, existe alguém que duvide que as igrejas citadas creiam nestes termos?

    Arrumar credos pra você,
    IGREJA EVANGÉLICA BAPTISTA de Vila Nova
    http://iebgaia.wordpress.com/sobre/

    A Igreja Evangélica Batista Nova Aliança
    http://mbatistanovaalianca.blogspot.com.br/p/blog-page_25.html

    Comunidade Evangélica Cristo Vive
    http://www.cristovive.org.br/cremos.html

    Pastoral Universitária Luterana
    http://ulbra-to.br/pastoral/noticia/2012/05/29/MENSAGEM-CREMOS-NO-DEUS-TRIUNO

    Curtir

  • Saga  On 20 de fevereiro de 2014 at 16:16

    “Eis que me aparece, como num enigma, a Trindade. Sois vós, MEU DEUS, […] como eu acreditasse que o MEU DEUS É TRINO, procurava a Trindade nas vossas Escrituras […]. Eis a vossa TRINDADE, MEU DEUS: Pai, Filho e Espírito Santo. EIS O CRIADOR de toda criatura.”

    (AGOSTINHO, Aurélio. Confissões. São Paulo: Nova Cultural, 1999. p. 379-380).

    Curtir

  • nicinho  On 27 de fevereiro de 2014 at 17:53

    Muitos que acreditam na trindade dizem que jesus era o proprio Deus do antigo testamento[escrituras hebraicas] mas nos dias de jesus quem os judeus tinham como seu Deus?
    Sera que os cristãos entendiam assim?
    Bem iremos analisar agora as respostas a essas perguntas

    1° Quem eles tinham como seu Deus?

    Bem e bastante conhecido entre os judeus as palavras de deuteronômio 6:4 onde diz “Jeová, nosso Deus, é um só Jeová.” – NM
    Eles consideravam jeová como seu Deus e como sendo um só confirmando assim os mesmos entendimentos dos posteriores cristãos conforme gálatas 3:20 ”mas Deus é apenas um”NM
    Visto que esse Deus era o adorado pelos judeus para sabermos de quem se trata vamos analisar uns exemplos de judeus que são bem conhecidos por muitos: Abraão ,Isaque e Jaco Esses servos fies de jeová foram exemplos para todos nos
    Certa vez quando jesus estava com os saduceus respondendo a uma pergunta deles ele disse ”não lestes o que vos foi falado por Deus, que disse: ‘Eu sou o Deus de Abraão, e o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó’?”Mateus 22:31
    Esse mesmo Deus disse a moisés

    “Isto é o que deves dizer aos filhos de Israel: ‘Jeová, o Deus de vossos antepassados, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó…”Êxodo 3:15

    ” E Deus prosseguiu, falando a Moisés e dizendo-lhe: “Eu sou Jeová. E eu costumava aparecer a Abraão, a Isaque e a Jacó como Deus Todo-poderoso” Êxodo 6:3

    Então como vimos o Deus dos judeus era o mesmo Deus de Abraão,Isaque e Jaco que alem de se mostrar como sendo um so se mostrou todo poderoso esse sim era o Deus que eles acreditavam vemos 2 evidencias bem claras em 2 passagens envolvendo jesus um delas e descrita no relato de Marcos 12:28-34
    Vejamos
    ”Ora, um dos escribas, que se aproximara e os ouvira discutindo, sabendo que ele lhes tinha respondido de modo excelente, perguntou-lhe: “Que mandamento é o primeiro de todos?Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová, nosso Deus, é um só Jeová,e tens de amar a Jeová, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de toda a tua mente, e de toda a tua força.’ ”
    Essas palavras são uma citação de uma passagem conhecida por eles que e deuteronômio 6:4
    Qual foi a reação do escriba?”
    ”O escriba disse-lhe: “Instrutor, bem disseste em harmonia com a verdade: ‘Ele é Um só, e não há outro senão Ele’ …”

    Com certeza ele entendeu as palavras de jesus que ele conhecia bem e mostrou que alem de ELE ser um só não a outro senão ELE e isso foi evidente pelo que jesus passou a dizer
    ” Jesus, em vista disso, discernindo que tinha respondido inteligentemente, disse-lhe: “Não estás longe do reino de Deus.” ”
    Agora surge a pergunta sera que ele se esqueceu de incluir jesus nesse Deus? Sera que ele tinha em mente um deus trino?
    Com certeza que não isso e bem evidente pelas próprias palavras de jesus em
    João 8:54 ”Jesus respondeu: “Se eu glorificar a mim mesmo, a minha glória não é nada. É (((meu Pai quem me glorifica, aquele que dizeis ser vosso Deus)))”
    Fica bem claro que o Deus dos judeus,o Deus de Abraão,Isaque e jaco (vers.53)era o pai de jesus e não ele próprio ou composto por ele
    E por isso que surge a pergunta:

    Sera que os cristãos entendiam assim?

    Bem isso não nos deixa duvidas pois o próprio jesus disse : ” …Mas, vai aos meus irmãos e dize-lhes: ‘Eu ascendo para junto de meu Pai e vosso Pai, e para meu Deus e vosso Deus.’” João 20:17

    Não tem por onde fugir jesus identifica o Deus do antigo testamento(escrituras hebraicas) como sendo o Deus não só dos judeus mas como dele tambem e isso foi confirmado pelo apostolo Pedro em Atos 3:13 ”O Deus de Abraão, e de Isaque, e de Jacó, o Deus de nossos antepassados, glorificou o seu Servo Jesus”

    Ai fica agora a questão em quer você prefere acreditar? No Deus de jesus,dos judeus,dos apóstolos ou no deus trino da cristandade?

    Curtir

  • Marcelo  On 28 de fevereiro de 2014 at 9:13

    Estes tempos, ao bater na casa de um pastro Batista, ele disse que gostava do nosso trabalho, mas tinha uma coisa que não concordava. Pediu pra que eu lesse joão 1:1. Bom, ele obviamente queria dizer que era essencial para nós acreditar na trindade, coisa que nós não fazemos. Não acreditar numa trindade, quando ela existe é uma heresia. Por isto, ele fez questão de me alertar.

    O que seguiu foi uma longa discussão que não levou a nada.

    Mas note o seguinte. O pastor fez questão de me corrigir neste aspecto, visto que, se a trindade for verdade, acreditar nela e adorar igualmente Jesus e o ES é esscencial para a nossa salvação.

    Esta atitude do pastor, de tentar convencer a trindade, e a nossa, de tentar convencer a unicidade, mostra que este assunto é importante. E por nos importarmos com outros tentamos convecer as pessoas de nossa interpretação bíblica pois acreditamos que é benéfico para a pessoa.

    Por isto, a passagem citada, a saber, Marcos 12:28-34, é de extrema importancia para sabermos qual o conceito que Jesus tinha a respeito da Trindade.

    O Jesus diz que Deus é um só, e o escriba diz “Falou bem, ele é um só!“.

    Como será que este escriba entendia este “um só”? Um só, porém três, ou “um só”, no sentido que todos os Judeus entendem, a saber, que Deus é uma pessoa só?

    Obviamente o segundo. Será que Jesus sabia disto? Claro que sim, Jesus era judeu!

    Você trinitário, após ouvir este escriba se expressando, e sabendo de como ele encarava a “natureza de Deus”, não teria se esforçado em corrigi-lo, explicando que Deus não era bem assim como ele havia interpretado, mas que na verdade ele era 3 pessoas? O pastor acima com certeza o faria.

    Mas qua foi a reação de Jesus? Depois de ouvir a expressão do escriba, Jesus o elogia dizendo que ele “não está longe do Reino de Deus”.

    Note, que se, ser unitário é ser herético, Jesus cometeu um grande erro em não corrigir o homem.

    Quando certo homem rico perguntou a Jesus o que ele precisava para herdar a vida eterna, Jesus apontou uma mudança importante e essencia que tal homem ainda precisava fazer – Lucas 18:22, 23.

    Portanto, Jesus não o corrigiu, não porque não sabia o conceito “herético”, daquele escriba. Não porque desejava o mal daquele homem, mas porque não havia nada a ser corrigido no que tangia o assunto daquele diálogo.

    Outro ponto interessante é o seguinte:

    Não podemos negar que assuntos controvérsos foram discutidos amplamente no NT, como por exemplo, a circuncisão, a ressurreição dos mortos e etc. Estes assuntos tiveram que ser considerados e explicados.

    Note que até mesmo aspectos simples, que todos os professos cristãos aceitam como verdade tiveram que ser explicados.

    Exemplo:

    O messias teria que morrer para beneficiar outros

    Todos os cristãos entendem isto hoje e concordam que é uma verdade essencial para a salvação. No entanto, nem este aspecto foi entendido corretamente pelos discípulos de Jesus. MESMO ESTE ASSUNTO TEVE QUE SER EXPLICADO – Lucas 24:17-23.

    Pergunta:

    Se Deus é composto de 3 pessoas, e adorár todos os 3 é essencial, por que não se explica isto nas escrituras?

    Não existe um só texto que explique este conceito (trindade).

    É claro, que se pegar texto aqui, ali, conseguimos provar qualquer coisa, inclusive que Deus aprova a escravidão, preconceito, machismo, guerras e tudo mais.

    Curtir

  • Marcelo  On 28 de fevereiro de 2014 at 10:17

    Vi que foi postado “10 Perguntas para os que NÃO Acreditam na Trindade”, mas que foi removido, provavemente por conter link apóstata.

    No entanto as resposta são ridiculamente fáceis de responder por qualquer um que tenha estudado o assunto, inclusive por trinitários que ao meditar no assunto tenham tentado se colocar na posição de unitario* para verificar as duas possiblidades.

    Sugiro que que crie-se um post refutando cada pergunta aqui.

    Nota:
    * Nunca sei se uso este termo corretamente. É ridículo existir um termo pra explicar o conceito que a pessoa acredita que um é um.

    Curtir

  • Karmo  On 28 de fevereiro de 2014 at 11:19

    Marcelo, você disse: “O que seguiu foi uma longa discussão que não levou a nada.”

    Irmão, pode ter certeza de que essa sua conclusão está equivocada! A discussão teve um resultado positivo, mesmo que você não perceba isso. Isso no caso de você ter feito sua apresentação com brandura e profundo respeito, que acredito ter sido assim.

    Pode ter certeza que ao apresentar a mensagem bíblica, você plantou a semente das boas novas. Talvez à ‘beira do caminho’, talvez ‘entre os espinhos’, talvez em ‘solo rochoso’, mas pode ser também que tenha semeado em ‘solo excelente’. A semente leva um tempo para brotar. Quem sabe, em algum momento futuro de sua vida, esse pastor vá refletir na conversa que vocês tiveram? O mundo dá muitas voltas, hoje as circunstâncias são uma, futuramente serão outras.

    Muitas pessoas estão aparentemente seguras de suas crenças, mas às vezes não passa de aparências. Quando ocorre uma decepção na vida, quando elas pensam melhor no assunto, quando buscam a Deus de todo coração, elas deixam o orgulho de lado e vão a procura do verdadeiro conhecimento e de uma verdadeira relação com o Criador.

    Portanto, não devemos desanimar. Estamos fazendo nossa parte, quem convencerá as pessoas do pecado é Jeová Deus por meio de seu poderoso espírito santo.

    Curtir

  • Celow-TJ  On 28 de fevereiro de 2014 at 15:28

    Engraçado, que eu já perguntei uma vez para uma moça Judia, que eu conheço, “em que Deus eles creêm e quantos são?” … sabe o que ela me disse? “que eles creêm em UM SÓ DEUS”, e ainda acrescentou que “a Trindade, doutrina central da cristandade, é uma Heresia cristã que nunca esteve nos conceitos judaicos nem primitivo e nem da atualidade e é também mais um dos motivo para nós os Judeus não acreditarem o cristianismo.”

    Curtir

  • Saga  On 28 de fevereiro de 2014 at 22:48

    Marcelo,
    Me interessei, você pode dar exemplo de como eram as perguntas?

    Curtir

  • Marcelo  On 1 de março de 2014 at 10:33

    Saga

    Virou <a href=”https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2014/02/28/resposta-a-perguntas-de-um-trinitario-demasiadamente-otimista/>post.
    🙂

    Curtir

  • PAOLO  On 26 de março de 2014 at 0:39

    jesus cristo o verdadeiro Deus e a vida eterna. 1 joão 5:20
    Jesus é o DEUS manifestado na carne. 1 timoteo 3 :16
    então Jesus é jeová. o Emanuel que quer dizer Deus conosco.

    Curtir

  • Queruvim  On 27 de março de 2014 at 1:03

    Tem certeza disso? Estudou este assunto com dedicação e afinco? Se sua resposta for sim então por que se apoia em um texto adulterado, Falsificado?

    1 timóteo 3:16

    estude isso:

    1 João 5:20

    Curtir

  • henrique  On 27 de março de 2014 at 9:07

    olá!
    o material enviado é desprovido de bibliografia. Como posso verificar se a crença da igreja jesus vive é essa mesma? Tenho percebido q vcs não costumam fazer uso dela por aqui. Por quê?
    grato!
    p.s.; gosto muito dos temas abordados.

    Curtir

  • Saga  On 27 de março de 2014 at 21:05

    “Saga On 13 de fevereiro de 2014 at 1:16 […] Comunidade Evangélica Cristo Vive http://www.cristovive.org.br/cremos.html

    Curtir

  • Saga  On 27 de março de 2014 at 21:34

    “PAOLO On 26 de março de 2014 at 0:39
    jesus cristo o verdadeiro Deus e a vida eterna. 1 joão 5:20”


    O capitulo 5 de 1 João, fala sobre o Pai de Jesus Cristo como sendo o verdadeiro, o verdadeiro Deus, em conformidade com que o próprio João escreveu ao citar as palavras do próprio Cristo Jesus em João 17:1,3, o capitulo todo se foca no relacionamento dos filhos de Deus com seu Pai, o capitulo apresenta Cristo como sendo um dos filhos que nasceram deste Deus, e fala que que o próprio Deus testemunhou que Cristo era seu filho, Filho este que veio para dar testemunho de seu Pai como verdadeiro Deus, quem segue o Filho desse Deus tem a vida, por isso devem se guardar da idolatria não servindo a deuses falsos mas unidos ao Verdadeiro, através de seu Filho, Jesus:

                                             (1 João 5)
    

    1 Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo nasceu de Deus [O PAI], e todo aquele que ama a esse [Deus] que fez nascer [seus filhos], ama também aquele [filho] que nasceu desse [Pai].
    2 É assim que obtemos o conhecimento de que estamos amando os FILHOS de Deus [PAI], quando amamos a Deus [PAI] e cumprimos os seus mandamentos.

    5 Quem é que vence o mundo senão aquele que tem fé em que Jesus é O FILHO de Deus [O PAI]?

    9 Se recebemos o testemunho dado por homens, o testemunho que Deus [NOSSO PAI] dá é maior, porque o testemunho dado por Deus [PAI] é o seguinte: o fato de que ele tem dado testemunho a respeito do seu FILHO.
    10 Quem deposita a sua fé no FILHO de Deus [SEU PAI], este tem o testemunho no seu próprio caso. Quem não tem fé em Deus [O PAI], fez dele um mentiroso, porque não depositou fé no testemunho dado, o qual Deus [O PAI], como testemunha, tem dado a respeito do SEU FILHO.
    11 E o testemunho dado é o seguinte: que DEUS [O PAI] NOS DEU A VIDA ETERNA, e esta vida está EM SEU FILHO.
    12 Quem tem O FILHO [do verdadeiro Deus, O PAI], tem esta vida; quem não tem O FILHO de Deus [O PAI], não tem esta vida.
    13 Escrevo-vos estas coisas para que saibais que tendes vida eterna, vós os que depositastes a vossa fé no nome do FILHO DE DEUS [O PAI].

    18 Sabemos que todo aquele que [é Filho de Deus Pai] tem nascido de Deus [SU PAI] não pratica o pecado, mas [Jesus] o Nascido [O FILHO] de Deus [PAI] vigia sobre ele, e o iníquo não o segura.
    19 Sabemos que [nós, os Filhos de Deus Pai] nos originamos de Deus [O PAI], mas o mundo inteiro jaz no poder do iníquo [o Diabo].
    20 Mas, sabemos que O FILHO de Deus [O PAI] veio e nos deu capacidade intelectual para podermos obter conhecimento do verdadeiro [Deus, O PAI]. E nós estamos em união com o verdadeiro [Deus e PAI], por meio do SEU FILHO Jesus Cristo [O Filho do Pai, do verdadeiro Deus]. Esse [O PAI de Jesus Cristo] é o verdadeiro Deus e a vida eterna.
    21 [Sendo assim] Filhinhos [do verdadeiro Deus, o Pai], guardai-vos dos ídolos [dos falsos deuses].

    “Jesus é o DEUS manifestado na carne. 1 timoteo 3 :16”

    Este verso tem um engano que nasceu em alguns manuscritos tardios e acabou entrando em algumas traduções da Bíblia, mas a ALMEIDA REVISTA E ATUALIZADA já reconheceu o erro, a palavra “Deus” não deve constar nesse verso. Aparentemente católicos trinitários medievais alteraram uma palavra no verso de forma proposital para combater os chamados arianos.

    “então Jesus é jeová. o Emanuel que quer dizer Deus conosco”

    Emanuel é o mesmo nome de um dos filhos de Isaías teve em seu tempo como sinal para o rei de Judá. E este filho não era Deus, apenas era uma demonstração de que Deus estava com Israel.

    Muitos nomes de judeus tinham referências a Deus ou a Jeová em seu significado, mas sem querer dizer que o detentor humano do nome fosse Deus, o nome Elias por exemplo é formado de EL [Deus] + Yah [Jeová], portando Elias ou Elyah é “Deus Jeová”, porém Jeová Deus é o Deus que Elias adora e não a própria pessoa de Elias.

    Curtir

  • burt walker  On 28 de março de 2014 at 8:25

    É interessante o malabarismo que os adoradores do deus de três cabeças fazem para tentar provar a trindade, ,já citei mas vou citar de novo o que diz a Revista Adventista de julho de 2007, , debaixo do tema : conheça dez razões biblicas para crer na Trindade.Bem o artigo todo é uma confusão total de alguem desesperadamente tentando defender o indefensável , no clímax da agonia citam a perola, da pagina 12, Deus revela a Si mesmo.Ele revela a Si mesmo atraves de Si mesmo .Ele revela a Si mesmo.;……… econtinua na mesma pagina, Deus não é complicado mas é complexo. Ao passo que certas interpretações trinitarianas são antibiblicas o conceito é biblico. Longe da rigidez , impassibilidade e atemporalidade das pressuposições metafisicas, a Divindade biblica é composta por tres pessoas reais , eternas e iguais, o que não significa uma simetria absoluta em todos os detalhes.
    Viram que bela explicação da Trindade, viram como ela é logica ?
    Sem duvida é como o cachorro correndo atras do rabo, com todo respeito ao cachorro. Um bom dia à todos.

    Curtir

  • lais  On 4 de junho de 2014 at 15:22

    correção:”São três pessoas distintas,mas um só Deus”,como assim?o ‘Deus’ deles é siamês então?rsrsrs me deu um nó no cérebro agora rsrs,tirando os outros textos que já foram considerados aqui,eu estou estudando a história de Jesus,tou no capítulo 17 de Mateus,e nesse tempo de leitura,eu vi várias palavras de Jesus dizendo que seu pai está nos céus,por ex: Mateus 5:16,45, 6:1, 7:11,21, 10:32,33,40, 12:50….então,se eles dizem que Jesus é o pai,então porque Jesus quando esteve na terra dizia que seu pai estava nos céus?e porque Jesus nunca disse ser o pai?(para quem diz crer tanto em Jesus,deveria crer nas suas palavras tbm,e dizer o que ele disse,e não o que ele não disse)

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 4 de junho de 2014 at 23:20

    Não se interessam com o que ele disse, a não ser é claro que possam usar palavras dele a favor de algo conveniente.

    Por exemplo, uma vez Jesus falou aos lideres religiosos “Dais o DÍZIMO do hortelã”, OBA, Jesus falou em dízimo, vamos usar essas palavras!! Ou na tradução que eles usam quando Jesus diz “quem for meu seguidor, pegai sua CRUZ” ou ainda “ser lançado no FOGO DO INFERNO”, todas essas coisas lhe são uteis para algum proposito, pra arrecadar dinheiro dos fiéis, pra apoiar o uso de crucifixos no pescoço ou pra ameaçar com o inferno . . .

    Mas se for algo não conveniente, tal como Mateus 24:36, Marcos 10:18, João 14:28, 17:3 é fácil, só ignorar, descartar, fingir que não viu ou no último caso torcer, torcer as palavras com coisas que não existem na Bíblia, tais como “Dupla Natureza”.

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 5 de junho de 2014 at 14:26

    Pois é,eles vivem dizendo que aceitaram Jesus como seu salvador,Senhor,e tals,mais ignoram as próprias palavras de Jesus,ignoram vários textos da bíblia,(pq os textos que eles usam para provar a doutrina da trindade,são poucos,wow que eles ‘tentam’ provar né,rsrs) como vc disse tbm:eles”torcem as palavras com coisas que não existem na Bíblia”,dae quando eles vem falar :as tj são cegas,elas não crêem em Jesus….eu olho e penso:ava serio?conte me mais,rsrs se é que vc me entende.

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 5 de junho de 2014 at 17:01

    (corrigindo)agora como é que se entende esse negócio de Pai, Filho e Espírito Santo,ser Três pessoas distintas, mas um só Deus?eu não consigo compreender isso,rsrs e não é só pq não está fundamentado na bíblia,é que eu não compreendo mesmo rsrs,aff sempre que penso em trindade confunde tudo minha cabeça,..:/

    Curtido por 1 pessoa

  • claudia  On 6 de junho de 2014 at 1:34

    Já pesquisei e não encontrei a explicação do texto de João 14:6 onde Jesus diz: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida.Ninguém vem ao Pai senão por mim.Por que Jesus falou ´´vem a paise Jeová estava no céu,não deveria dizer ´´vai ao pai?Esse texto tbém é usado para defender a doutrina da trindade.Obrigada!!

    Curtir

  • Queruvim  On 6 de junho de 2014 at 2:11

    A frase seguinte em grego PROS TON PATERA “ao Pai” indica um movimento em direção ao Pai e anula a ideia de que Jesus seria o Pai. Além disso, quem afirma que este texto apoia a trindade assume o modalismo ao afirmar que o Pai é o filho e o filho é o Pai. Ou a pessoa é trinitária ou é modalista. Ademais, ÉRKOMAI (vir) não é usada no sentido estrito como a usamos em português.A Concordância de Strong define a palavra “vem” em grego érkomai como significando “ir” entre outras definições. Ex.: Marcos 3:31, Marcos 10:1 é vertida corretamente por “chegar”. Se levarmos em consideração o aramaico ou hebraico, que foram os idiomas usados por Cristo e provavelmente a frase original ocorreu nestes idiomas, a gama de significância da palavra “vir” se torna ainda mais ampla. Não há como ignorar o contexto geral da Bíblia que indica claramente uma distinção entre Jeová e Jesus e forçar doutrina a partir de uma palavra que originalmente tinha sem dúvida uma ampla gama de significância.

    Curtido por 1 pessoa

  • Roger  On 6 de junho de 2014 at 2:17

    Não se preocupe em entender, ninguém entende, nem quem ensina e apóia. Por isso eles anunciam e ensinam o mistério da santíssima trindade…

    Curtido por 1 pessoa

  • Karmo  On 6 de junho de 2014 at 8:00

    O DEUS TRIGÊMEO

    É evidente que o deus trigêmeo é um arremedo e rearranjo de tríades de povos pagãos do passado, tais como egípcios e babilônios. É claro que é uma corrupção do cristianismo verdadeiro, promovido por homens que não tinham amor pela palavra escrita de Deus. Então, vejamos:

    1) Um deus trigêmeo, cujos membros têm a mesma idade, embora sejam conhecidos como primeira, segunda e terceira pessoa. Apesar de que a ordem entre essa pessoas não esteja determinada nas escrituras. Sim, pois desde que são considerados de igual tempo de existência, a relação deles está mais para irmãos trigêmeos e não de primeira, segunda ou terceira pessoa.

    2) Um deus trigêmeo que permitirá o sofrimento eterno das almas rebeldes, talvez encarregando seu próprio inimigo de atormentá-las. Sim, o deus trigêmeo, de acordo com seus adoradores, inseriu uma alma imortal em suas criaturas (será que nos animais também?) no momento do nascimento. Essa imortalidade inerente, porém, torna sem sentido o sacrifício de Jesus Cristo, cujo sangue derramado teve por um dos objetivos conceder vida eterna aos salvos. Além de anular o sacrifício de Cristo, o deus trigêmeo também se certificará de que as almas rebeldes sofram eternamente um destino cruel.

    3) Um deus trigêmeo que permite o sofrimento eternamente, que portanto, será blasfemado eternamente pelos condenados. Sim, é só lógico concluir que o deus trigêmeo não é nada sábio, pois ao invés de produzir louvor eternamente para si, vai produzir clamores de maldição eternamente. Não fará cessar o vitupério sobre seu nome, pois certamente não é o Deus verdadeiro, e, portanto é incapaz disso.

    4) Um deus trigêmeo que permite o uso de sangue humano em benefício próprio de seus adoradores, não se importando como é utilizado, desde que não se use sangue animal. Sim, o deus trigêmeo não se importa com o modo que se usa o sangue humano. De fato, seus adoradores são fortemente exortados a salvar suas próprias vidas com sangue alheio. O deus trigêmeo não exorta a fé no sangue derramado de Cristo como única fonte de salvação, mas promove a fé no sangue de humanos imperfeitos e pecadores.

    5) Um deus trigêmeo que permite o derramamento de sangue de co-adoradores em batalhas, pois sempre estará do lado vencedor, pois ele também é patriota. (risos) Sim, as religiões que adoram o deus trigêmeo acham perfeitamente aceitável o alistamento militar de “cristãos” para épocas de confrontos entre países em guerra. Dessa forma, os co-adoradores desse deus trigêmeo se matam mutuamente em época de guerra em nome do mesmo deus trino.

    6) Um deus trigêmeo que não se importa com a veneração ou adoração de imagens, pois ele mesmo é uma imagem medonha de um deus de três cabeças. Sim, de fato, o deus trigêmeo é em si mesmo uma cópia das imagens pagãs de deuses agrupados em três das antigas nações pagãs, tais como egípcias e babilônicas.

    7) Um deus trigêmeo que tem mãe e esposa de carne, que esteve retido no ventre de uma mulher por nove meses. Sim, o catolicismo, por exemplo, crê que esse deus trigêmeo tem mãe e que, desde que uma parte desse deus supostamente se tornou marido de Maria, a parte chamada terceira pessoa, esse deus trigêmeo passou a ter esposa de carne e osso também. Mas, por certo, os adoradores desse deus trigêmeo acham isso perfeitamente normal.

    8) Um deus trigêmeo, cujo aniversário é comemorado todos os anos, embora a data do nascimento dele não apareça na Bíblia, nem tenha uma única palavra orientando a se fazer tal comemoração.

    9) Um deus trigêmeo que não tem nome. É simplesmente conhecido como Senhor, sendo confundido com qualquer outro deus ou senhor de outras religiões pagãs.

    Caro leitor, vê alguma semelhança entre o deus trigêmeo e o Deus verdadeiro? Queira se manifestar, caso haja algo que deixei passar despercebido. Faça-o, porém, com temperamento brando e profundo respeito.

    Curtir

  • Alex Martins  On 6 de junho de 2014 at 8:11

    Jo 14:6 λέγει αὐτῷ Ἰησοῦς· ἐγὼ εἰμι ἡ ὁδὸς καὶ ἡ ἀλήθεια καὶ ἡ ζωή· οὐδεὶς ἔρχεται πρὸς τὸν πατέρα εἰ μὴ δι’ ἐμοῦ.

    Legei autō Iēsous: egō eimi hē hodos kai hē alētheia kai zōē; oudeis erkhetai pros ton patera ei mē di’ emou.

    Tradução literal:

    “Diz a ele Jesus: Eu sou o caminho e a verdade e a vida; ninguém vem para o Pai senão através de mim.”

    Conforme disse o Queruvim, na passagem o termo πρὸς (pros) “indica um movimento em direção ao Pai e anula a ideia de que Jesus seria o Pai.”. Assim, já se elimina a ideia trinitária de que Jesus estivesse identificando-se com o Pai. Quanto ao termo erkhetai (forma de ἔρχομαι, erkhomai), traduzida por “vem”, como afirmou o Queruvim, tem um sentido muito mais amplo do que no nosso idioma, além do sentido básico de vir de um lugar para outro. Por exemplo, usado em sentido metafórico erkhomai pode até mesmo significar “conhecer”.

    Curtido por 1 pessoa

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 6 de junho de 2014 at 10:36

    Eu gosto quando eles usam esses textos:

    “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém VEM ao Pai, senão por mim. Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto. Disse-lhe Filipe: Senhor, MOSTRA-NOS O PAI, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: ESTOU A TANTO TEMPO CONVOSCO E NÃO ME TENDES CONHECIDO, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?” – João 14:6-9.

    O grande problema nessa citação TRINITÁRIA é que eles NÃO aceitam que Jesus seja o PAI, mas usam amplamente esse texto para provar o contrário.

    Também tem o mesmo problema quando usam: João 10:30.

    Curtido por 1 pessoa

  • Daniel Oliveira  On 6 de junho de 2014 at 11:24

    Vamos explicar a Trindade:

    Temos 3 pessoas. A pessoa do Pai é Deus, a pessoa do Filho é Deus e a pessoa do E.S é Deus.

    Contudo, não são 3 deuses, são 3 pessoas que formam UM DEUS, ou seja, cada pessoa é 33,33% Deus. Sobra aí 0,001% de Deus pra alguém, talvez o ESPÍRITO de Cristo seja esse 0,001%.

    Quando Jesus esteve na terra, era 100% homem e 33,33% Deus, e isso explica porque O Pai era maior do que ele. Mas não devia ser o contrário? Era pra Jesus ser maior que o Pai, pois Jesus era duas coisas ao mesmo tempo, enquanto que o Pai era somente uma. Enfim, isso me deixa confuso.

    Ao retornar aos céus, Jesus foi exaltado, ou seja, continuou sendo 33,33% Deus e ainda continuou a ser 100% homem lá nos céus, fato este que mostra que ele agora é maior que o Pai. Mas peraí? Na terra então ele já era maior que o Pai então. Mas isso não pode acontecer, visto que a doutrina diz que os 3 são iguais em tudo. Vamos explicar então.

    Jesus disse que ele e o pai eram um. Então O Pai também é 100% homem e 33,33 % Deus também, e isso os torna iguais então. Explicado. E o E.S, onde entra aí?

    Até agora ele é somente 33,33% Deus. Bem, a doutrina diz que eles 3 são um. Então o E.S também é 100% homem. Então essa doutrina já deixou de ser Trindade, virou unicismo. É a única forma de explica-la “logicamente”.

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 6 de junho de 2014 at 13:44

    tá certo:)

    Curtir

  • lais  On 6 de junho de 2014 at 19:31

    tá difícil entender ainda,por isso prefiro seguir os ensinos da bíblia que faz mais sentido,do que os ensinos de homens.;)

    Curtir

  • Alex Martins  On 6 de junho de 2014 at 19:41

    O Aurélio deveria acrescentar ao verbete “Mistério” a seguinte definição:

    “Palavra mágica usada pelos trinitaristas para esconder a falta de lógica de seus argumentos; sinônimo de abracadabra.”

    Curtido por 1 pessoa

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 6 de junho de 2014 at 21:35

    Tentar provar que a Trindade não existe para um Trinitário convicto e opositor é o mesmo que tentar explicar em Janeiro para uma criança católica que o Papai-Noel não existe.
    Assim como a criança vai esperar até dezembro pra ter certeza que você não está mentindo, o Trinitário vai esperar até o Armagedom pra ter certeza que ele estava errado.

    Assim como a criança prefere não acreditar em você por que gosta do Natal por ganhar muitos presentes, o Trinitário também gosta de seu estilo de vida onde ele pode ganhar muito dinheiro escrevendo livros, dando aulas pagas por hora da Bíblia, sendo Pastor ou até mesmo apenas pelo prestígio que acaba tendo em seu meio religioso entre outros.

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 7 de junho de 2014 at 11:21

    hehe 😀

    Curtir

  • Ítalo Ap. Soares De Andrade  On 10 de fevereiro de 2017 at 15:58

    Perdão,amados irmãos se eu for duro. Sou protestante sei que este debate foi em 2014,mas senti deixar o parecer que o apóstolo Paulo diz em uma de suas cartas que a letra mata ,mas o espírito vivifica, devemos nós independentes de credo ou doutrina crer que Jesus é o mesmo ontem ,hoje e sempre.A palavra de Deus é inerrante,
    Defendo a Trindade,mas vejo também que alguns defendem o antigo testamento,alguns o novo , alguns a unicidade e até a religião.Jesus disse examinais as escrituras porque nelas cuidais ter a vida eterna, mas vivemos hoje não como a igreja de atos que se apoiava na interpretação correta da palavra de Deus, que confiava toda ispiração das interpretações ao Espírito Santo, hoje , perdoe meu modo de expressar, algumas ceitas nem creem no Espírito Santo e no seu poder atemporal.Devemos tomar cuidado com a palavra de Deus pois é espada , nós podemos usala para edificar ou derrubar, ou seja tem dois lados ;tudo que é ligado na terra é ligado no céu , e o espiritual? E mais a palavra é a espada do ESPÍRITO, como posso interpretar a Bíblia sem a ajuda de Deus?Mas Paulo advertiu que nos últimos tempos surgiriam doutores segundo as suas interpretações e com comiçhão nos ouvidos fazeriam para si doutores confome as suas concupicencias, voltando as fábulas.

    Curtir

  • Queruvim  On 11 de fevereiro de 2017 at 21:27

    “letra mata ,mas o espírito vivifica”,

    Italo… … obrigado por comentar o que pensa. Perceba porém que logo após Paulo dizer que “a letra mata” ele cita a lei de Moisés e o decálogo ‘escrito em tábuas de pedra’.(2 Coríntios 3:7) A “letra[que]mata”, mencionada por Paulo, não se refere à leitura da palavra de Deus nem tampouco se refere ao conhecimento das escrituras sagradas, conforme incentivado pelas Testemunhas de Jeová. Paulo se referia ao decálogo e a inteira lei de Moisés. (Josué 8:32)Por exemplo, quem diz que devemos dar o dízimo, que era parte da Lei de Moisés, está na letra da lei e invalida o sacrifício de Jesus Cristo. Isso é exatamente o que fazem hoje a maioria das igrejas que professam ser cristãs. A obrigação de dar o dízimo não foi repetida ou reiterada na Lei do Cristo ou “Novo testamento”. Portanto, esta “letra mata”. Faz parte da letra da lei mosaica. A letra mata pois não é por meio daquela lei que podemos alcançar a salvação. Ela vem pela graça e não por obras de lei. Quanto ao espírito santo, este é o poder de Deus em operação, sua irresistível energia dinâmica. Sempre que em grego fala-se do espírito santo, temos um artigo NEUTRO, o que indica que este é algo e não alguém. Os versículos que parecem personificar o espírito santo são apenas figuras de linguagem. Não devemos ignorar a maioria dos versículos onde o espírito é claramente mencionado como sendo algo e não alguém. Leia os textos da Bíblia Sagrada, Ítalo, por favor, e medite com oração nestes textos inspirados.

    Em Números 11:16-25 lemos que Deus tirou um pouco do espírito santo que estava sob Moisés e o distribuiu sob 70 Anciãos do antigo Israel. Isso mostra que o espírito é algo e não alguém como ensinam as igrejas que pregam a trindade. O mesmo aconteceu no dia de Pentecostes citado em Atos 2. (Ver figura abaixo)

    Personificação prova personalidade?

    https://assetsnffrgf-a.akamaihd.net/assets/m/402014846/univ/art/402014846_univ_lsr_xl.jpg

    Curtir

  • Fernando  On 14 de fevereiro de 2017 at 18:48

    Queruvim on 11 de fevereiro de 2017

    Queruvim vc tem que entender que o dízimo é antes da lei, Abraão o pai dá fé foi o primeiro a dar o dízimo bem antes de Deus dar as leis a Moisés.um outro ponto importante é que as leis veio de Deus para o homem e o dízimo foi do homem para Deus,ou seja Abraão deu o dízimo de livre e espontânea vontade,foi um ato de agradecimento por tudo que Deus fez por ele.Deus se agradou do dízimo antes das leis,durante as leis,tanto que o incluiu nas leis,porque não iria se agradar depois das leis? Jesus deu um bom exemplo que devemos continuar a dar o dízimo em Mateus 23 v 23Ai de vós, doutores da Lei e fariseus, hipócritas! Porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho, mas tendes descuidado dos preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé. “Deveis, sim, praticar estes preceitos”, sem omitir aqueles!

    Curtir

  • Queruvim  On 14 de fevereiro de 2017 at 20:16

    Abraão também oferecia animais como sacrifício antes da lei. Isso não significa que ofertas sacrificiais são perenes.

    Curtir

  • Fernando  On 15 de fevereiro de 2017 at 20:51

    Queruvim on 14 de fevereiro 2017
    As ofertas sacrifíciais não são perenes porque Jesus morreu na cruz por nós,o dízimo não fazia parte das leis cerimoniais.

    Curtir

  • Queruvim  On 15 de fevereiro de 2017 at 21:55

    O dízimo não foi reiterado ou repetido no chamado Novo Testamento. Fazia parte da Lei da qual fomos libertos por meio de Cristo. Paulo em nenhuma das 14 cartas defende a necessidade de sermos dizimistas. Aponte na Lei do Cristo onde diz que devemos ser dizimistas. Além disso nem Jesus nem os Apóstolos empregaram o termo “Lei moral” e “Lei cerimonial”. Eles se referiam a ambas pelo termo “Lei” ou ” A Lei” (Ha Torah). Essas são terminologias empregadas pelos adventistas. Criaram um divisão fantasiosa. Não estou dizendo que não existe leis de cunho moral e leis de natureza cerimonial. Estou dizendo que eles não faziam tal diferenciação.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s