Provérbios 8:22 segundo Eruditos trinitários


O entendimento de que a “sabedoria” personificada de Provérbios capítulo 8 é na realidade, figurativa de Jesus na sua existência pré-humana sempre existiu na maioria das igrejas que se dizem cristãs.Tal entendimento é  comumente observado nos escritos dos Pais da Igreja dos primeiros séculos do cristianismo (incluindo estudiosos notáveis como Orígenes, Irineu, Justino Mártir, Clemente de Alexandria, Tertuliano, etc) Muitos eruditos da Bíblia (inclusive trinitários) chegaram mesmo a dizer que tal ligação é feita no Novo Testamento em 1 Coríntios 1:24.

 

O Erudito e trinitário Edmund Fortman escreveu:

Paulo aplicou [Prov. 8:22-30] ao Filho de Deus. Os apologistas [escritores cristãos dos séculos 2 e 3] usaram este para provar aos gentios e judeus a pré-existência da Palavra e seu papel na criação. ” – (Uma pesquisa detalhada lhe permitirá ver onde  citações dos escritos de Irineu, Orígenes, Tertuliano, Clemente de Alexandria, e Justino Mártir,  igualam o Filho como a  “sabedoria” mencionada  em Prov 8:22-30 e admitem que ele foi criado  por Deus como o início das obras de Deus -)

O Erudito Trinitário  Dr. W. H. C. Frend concorda:

“No momento em que ele escreveu aos Coríntios no [ano] 53, Paulo tinha desenvolvido em sua mente a equação de Cristo com a Sabedoria divina encarnada  (` Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus “[1 Coríntios. 1:24] ). “ – P. 102, The Rise of Christianity, Fortress Press, 1985.

No Diálogo com Trifão de Justino o Mártir capítulo 61 podemos ver um exemplo deste entendimento de Provérbios 8:22.

Há diversas citações no artigo que escrevi intitulado:

Doutrina da Trindade Antes de Nicéia?

Compare com os escritos de Justino o Martir( 160 D.C) e observe o que sublinhei se referindo a Cristo!

Capítulo LXI: “Vos darei outro testemunho, meus amigos, ’ eu disse, ‘das escrituras, que Deus gerou antes de todas as coisas um princípio (que era) certo poder racional (procedendo ) de sí mesmo, que é chamado pelo espírito santo, ora a glória do Senhor, ora do filho, e também sabedoria, e também um anjo, (um) Deus, e o Senhor e Logos… Ele fala por meio de Salomão o seguinte, “Se eu vos declarar o que acontece diariamente, farei relembrar eventos desde a eternidade, e os observaremos. O Senhor me fez o princípio de seus caminhos pelos seus trabalhos. Desde a eternidade Ele me estabeleceu no princípio antes dele ter feito a terra…”. Aqui, Justino identifica a “sabedoria” como sendo Jesus em sua existência pré-humana.

 Capítulo LXII“… Assim como as Escrituras por meio de Salomão tornou claro, que aquele a quem Salomão chama de Sabedoria, foi gerado como um princípio antes de todas as suas criaturas e como descendência de Deus…” 

Nós até mesmo encontramos o extremamente trinitário Novo Dicionário da Bíblia, 1982, p. 1257, dizendo:

“Não é inesperado que Paulo iria ver Jesus … como a Sabedoria de Deus. Que Paulo viu em Cristo o cumprimento da Pr. 8:22 ss. Parece evidente a partir de Colossenses 1:15 e ss., O que reflete fortemente a descrição da sabedoria no V.T. “

E os escritores do Evangelho, segundo o Novo Dicionário Internacional de Teologia do Novo Testamento, também podem ter feito a ligação Jesus / Sabedoria: Lucas 11:49 fala de “uma palavra de sabedoria de Deus” e o relato paralelo em Mateus. 23:34 . “É entendido como uma palavra de Jesus.”

Além disso, em conexão com os Evangelhos de Mateus. 12:42 e Lucas 11:31, essa Obra de referência trinitária diz:

“Isso pode ser entendido mais facilmente através do pensamento da sabedoria celestial a quem os homens desprezam: em Jesus a sabedoria finalmente apareceu.” – P. 1030, vol. 3. A própria Obra trinitária Os Pais pré Nicéia admitem:

Prov. viii 22-25. Esta é uma das citações favoritas messiânica dos Pais, e é considerado como a base do primeiro capítulo do Evangelho de S. João. – ANF 1:488, f.n. # 10, Eerdmans, 1993 reprint.

Por que, mesmo no Concílio de Nicéia, em 325 D.C
Arios citou esta passagem como prova de que Jesus não era igual a Deus:

“[Arius] tinha na mente forte lógica e apelou aos textos bíblicos que, aparentemente apoiavam seus argumentos -. Por exemplo, João 17:3 …. e Provérbios 8:22” – P. 157 (165), Manual de Eerdman para a História do Cristianismo, 1977.

E seu adversário trinitário Atanásio, jamais  refutou este uso de Provérbios 8:22 embora às vezes recorresse a escritura, –

“Atanásio …. não refutou Arius, rejeitando a relevância da Prov. 8:22.” (Muito embora tenha tentado mostrar que Jesus não tinha sido criado, citando Sal. 110:3..) – P. 165 (173), O Manual de Eerdman.

Em outras palavras, quando Ários citou Provérbios 8:22 e o aplicou a Jesus, o trinitário Atanásio não contestou  a aplicação!  O próprio Atanásio reconheu que a Sabedoria descrita naquela escritura descrevia o Messias! Nós ainda encontramos Atanásio citando uma carta escrita por Dionísio, bispo de Roma (259-268 AD) em que ele escreve:

“Se o Cristo é Palavra e Sabedoria e Poder, como você sabe que as Divinas Escrituras dizem que ele é …” – P. 32, Documentos da Igreja Cristã, Bettenson, Oxford University Press.

E até mesmo um dos mais ferrenhos defensores da teologia trinitária (e provavelmente o mais influente e honrado de estudiosos da trindade), Agostinho fez uma  conexão entre a  “Palavra / Sabedoria” como sendo Jesus por volta de 410 AD em seu famoso De Civitate Dei (A Cidade de Deus), Livro XI , capítulo 24.

Interpretações cristológicas de Provérbios 8:22 não eram populares somente nos séculos que se seguiram a morte dos apóstolos. Podemos encontra-las em diversos escritos dos séculos 18 e 19. Por exemplo, comentaristas conservadores e eruditos como a obra Comentários de 1710 de Matthew Henry  relata referente a sabedoria de Provérbios 8:22-31:

“que é uma pessoa divina e inteligente que aqui fala, parece muito claro, e que não se refere a apenas um mera propriedade da natureza divina, pois a Sabedoria aqui tem propriedades pessoais e ações; e essa pessoa divina inteligente não pode ser nenhum outro a não ser o próprio Filho de Deus, de quem as principais coisas aqui referidas como da Sabedoria são atribuídas em outras escrituras, e devemos explicar as escrituras por [usar] elas mesmas”. 

A interpretação de que Provérbios 8:22-31 se refere a Cristo foi praticamente abandonada em escritos eruditos e comentários do século 20 e até mesmo considerada “heresia” por muitos comentaristas trinitários.

 

Convidamos os leitores desta página que estudem com atenção e oração o tema JESUS CRISTO a fim de entender plenamente este assunto tão importante a respeito daquele que Deus providenciou para salvar a humanidade da condição pecaminosa e da morte.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • August Dickmann  On 23 de março de 2014 at 10:00

    Queruvim este artigo eu ainda não tinha visto, ele não apareceali do lado esquerdo do site né?

    Muito bom ver que os próprios “pais da trindade” (inventei agora este rsrsrs) defendem talvez inconscientemente que Jesus (a sabedoria) foi criado (a).

    Curtir

  • Queruvim  On 23 de março de 2014 at 13:44

    Espalhei links deste artigo para ficar mais acessível. Na verdade eu preciso incrementar este artigo.Fiz algumas alterações e adicionei material e fontes adicionais para pesquisa do ano 1710! Ficaria nota 10 se eu achar as fontes em grego e copiá-las e postar aqui. Meu tempo é curto mas com o passar dos dias vou aprimorando.Devo também citar outros eruditos trinitários da antiguidade que aplicam Provérbios 8:22 a Cristo. Este é, evidentemente o entendimento correto sobre quem é Cristo. Realmente o Corpo Administrativo da Organização de JEOVÁ tem uma escola poderosa e eruditos de nível raro. SÓ NÃO PERCEBE QUEM É demasiadamente crítico e opositor. .

    Curtir

  • john  On 11 de julho de 2016 at 12:16

    Olá,gostaria de obter as referências das citações de Justino,o Mártir.

    Curtir

  • Queruvim  On 11 de julho de 2016 at 13:42

    Diálogo com Trifão de Justino o Mártir capítulo 61.

    Há diversas citações no artigo que escrevi intitulado:

    Doutrina da Trindade Antes de Nicéia?

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s