Jeová – O Nome lembrado “de geração após geração”


arbusto-ou-sarca-ardente

O próprio Ser Supremo afirmou a Moisés que seu nome seria recordado ou relembrado “de geração após geração”. Ex. 3:15

Isso indica que há desde o tempo de Moisés pessoas falando o correto nome de Deus de geração em geração.

Muitos criticam o uso do nome “Jeová” sob alegação de que a pronúncia original do nome era outra. Mas eles mesmos afirmam que “não se sabe a pronúncia original” do nome de Deus.  Jesus ao abrir o rolo do profeta Isaías na Sinagoga em Nazaré, conforme registrado em Lucas 4:17-21, leu e pronunciou o Nome de Deus. Os críticos reconhecem isso, mas afirmam que não sabemos como ele pronunciou o nome divino. Isso é verdade, pois não temos uma gravação da exata pronúncia  usada por Jesus. Mas isso não quer dizer que não temos uma indicação de qual era a pronúncia geral. Temos sim, uma forte indicação e provável pronúncia do Nome de Deus! Sabemos que um idioma possui não somente sua pronúncia peculiar mas também seu sotaque ou accent. Por isso que os eruditos de um modo geral afirmam que não sabemos a exata pronúncia original. Isso não significa que não saibamos a pronúncia original. Podemos comparar com o canto de um pássaro. Pode ser facilmente reconhecido como sendo, a título de exemplo, o canto de um Uirapuru, ainda assim outro da mesma espécie pode cantar com um ritmo ou som levemente diferente.

Estranho, porém, que o nome de um vasto panteão de deuses não tenha se perdido, como é o caso dos deuses do Egito,  (Rá, Amun, Thoth, Isis, Horus, Aten, etc.)

O Nome de Deus, assim como os nomes de deidades antigas, foi incorporado no nome de pessoas da época e são conhecidos hoje como nomes teofóricos. Observe alguns exemplos de nomes teofóricos que começam com as três primeiras consoantes do Tetragrama: Yehoiakim, Yehonathan, Yehoshaphat,Yehoash, Yehoram, Yehoiada, Yehoiarib, entre outros. Podemos afirmar que os nomes teofóricos que continham o Nome de Deus eram sempre pronunciados Yeho sem exceção.

Ademais, todos os nomes próprios na Bíblia Hebraica terminados com um –wh são pronunciados no final e sem exceção por “vá”. Exemplos: Alva (Gên. 36:40Eva, em hebraico Hawwah (Gên. 4:1), Ishwah (Gên. 46:17), Iwwah (2Reis 19:13), Puwah (Números 26:23) and Tiqwah (2 Reis 22:14). Nomes teofóricos indicam que é muito provável que o Nome de Deus começasse com Yeho. Sendo assim, visto que o final de nomes próprios sempre terminavam com a pronúncia “wah” temos a forma Yehováh ou Jeová, em português, como sendo uma representação correta do Nome de Deus. Alguns tem perguntado como se pode conciliar isso com a terminação YAH  presentes em  alguns nomes. Ocorre que os nomes Teofóricos que empregam o Nome de Deus utilizam quer o prefixo Yeho ou o sufixo Yah. Portanto, podemos encontrar a abreviação YÁH como sufixo de vários de tais nomes, tais como Zacarias, Sofonias, Obadias etc. Não se refere as vogais iniciais do Nome mas à abreviação do Nome ou Yáh ou como lemos em português, Jah, sendo esta a forma poética abreviada de Jeová, o nome do Deus Altíssimo. (Êx 15:1, 2

 

A vocalização regular de mais de mil nomes teofóricos impõe a vocalização do tetragrama original como sendo provavelmente Yehowáh. Isso desbanca totalmente a sugestão de que o Nome era pronunciado Yahwéh ou Javé. Se assim fosse, encontraríamos nomes teofóricos começando com Yahw– ou Yah-, mas isto jamais acontece em lugar algum. Nem sequer um texto apresenta estes prefixos em nomes teofóricos.  Autoridades eruditas judaicas reconhecem que Yehováh é a forma genuína de se pronunciar o Nome de Deus. Por exemplo, o Rabino  Joseph Sitruk (1987-2008) afirmou:

“O nome Ye.ho.váh  escrito com as letras hebraicas Yod, He , Vav, He é considerado o nome genuíno de Deus.”

Infelizmente, costuma-se dar mais créditos e ouvidos às autoridades religiosas judaicas e seus líderes religiosos e não a eruditos judaicos. Portanto, o prefixo Yeho e os irredutíveis sufixos váh em sufixos de nomes próprios, apoiam fortemente a pronúncia original do nome de Deus como sendo equivalente à nossa pronúncia em português “Jeová”.

 

“…meu povo conhecerá o meu nome” Isaías 52:6

 

 

São convincentes os motivos apresentados para não se usar o Nome JEOVÁ?

Anúncios
Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • KL  On 4 out 2016 at 22:19

    Mais um faceta desse tema acaba de ser explanada para tenhamos plena convicção de Yehova é o nome do Altíssimo!

    Curtir

  • Saga  On 5 out 2016 at 13:52

    A fala do rabino é apenas a parte entre aspas?

    Nenhuma palavra hebraica termina em weh?

    Curtir

    • Queruvim  On 5 out 2016 at 21:39

      Saga perguntou:

      A fala do rabino é apenas a parte entre aspas?

      Nenhuma palavra hebraica termina em weh?

      Obrigado pela observação, a fala do Rabino é somente a citada entre aspas, tive que editar novamente. Quanto a sua pergunta sobre o sufixo weh…Sim, todos os nomes próprios na BHS terminados em WH são pronunciados WAH e não WEH.

      Curtir

  • Fábio  On 1 dez 2016 at 16:57

    Eu tinha um link que dava para o mediafire da Bíblia Tradução Brasileira bem antiga que contém o nome divino Jeová, se alguém souber me repasse por favor. Obrigado! fabioalmeidatj@gmail.com

    Curtir

  • Adeilson Teixeira  On 13 ago 2017 at 13:32

    Boa tarde irmãos,certa vez esse ano teve uma matéria sobre o nome de Deus que o queruvim postou tem mais ou menos 3 a 4 meses, era sobre a pronúncia do nome de Jeová, e nos comentários alguém colocou um link de um israelense falando sobre a pronúncia do nome divino, ele disse que a pronúncia usada pelas tjs era próxima ao nome divino, era algo como YeRRuHa ou YeRReHa algo assim. Se vcs tiverem esse link do video vão me ajudar, se nao me engano foi um irmão chamado Noé que postou o link obg fiquem com jeova.

    Curtir

    • Queruvim  On 13 ago 2017 at 13:43

      SÓ corrigindo O SEGUINTE… não endossamos tudo o que o autor do vídeo fala sobre o Nome de Deus. Por exemplo Deus não possui vários nomes.

      Possui Deus “vários nomes” como afirmam vários teólogos ?

      Curtir

    • NOÉ  On 14 ago 2017 at 9:21

      Adeilson, esse vídeo eu achei interessante porque são as palavras de um próprio judeu que desmente essa informação errada tão espalhada por aqueles que defendem que a pronúncia correta do nome de Deus se perdeu no tempo.
      Devemos apenas filtrar as informações estranhas que esse judeu fala sobre o misticismo da Cabalá.

      Mas as informações que ele fala sobre o tetragrama são informações neutras e verdadeiras. Ele diz que a pronúncia correta é semelhante à forma portuguesa JEOVÁ, mas como a pronúncia no hebraico é um pouco diferente, fica: “YERROVÁ”, essa sendo então a pronúncia correta do nome de Deus em hebraico “moderno”.
      Digo “hebraico moderno” porque um detalhe importante sobre a letra V faz o Nome de Deus ser pronunciado de uma forma um pouco diferente:

      Hoje o Hebraico dá o som de V para a terceira letra do nome de Deus. Essa letra se chama “vau”. Por isso hoje o nome é lido “YerroVá”.
      Mas o fato é que o hebraico ANTIGO pronunciava essa letra como U ou então O.

      Por isso, a pronúncia no tempo de Moisés não trazia o V. No caso o nome de Deus no hebraico antigo era lido como:
      “Yerruá” ou “Yerroá”.

      Mas como os idiomas humanos vão mudando com o passar do tempo houve essa mudança no hebraico, assim como o nosso português também se modificou com o tempo e hoje falamos e escrevemos de forma um tanto diferente dos que falavam português há 500 anos, por exemplo.

      A própria Biblia Hebraica registrou a pronúncia correta do nome de Deus quando os nomes de pessoas foram escritos com vogais.E o que esses nomes de pessoas nos revelam sobre o Nome de Deus ?

      Nos revelam que o nome de Deus era pronunciado “Yerruá”, com a letra U no lugar do V. O interresante é que o Árabe preservou o som de U para essa letra que hoje, no Hebraico, se pronuncia V. E o Árabe é um idioma parente do Hebraico.

      Tudo isso serve pra entendermos que a forma Yahvéh ou Javé foram criadas e são defendidas APENAS para darem continuação a esse plano diabólico de tentarem fazer o verdadeiro Nome de Deus ser esquecido.

      Essa invenção RECENTE, YAHVEH, foi apenas uma nova pronúncia feita com o mesmo objetivo daquela velha história de que Jeová teria surgido da mistura de Adonai com JHVH.

      Essas teorias tem apenas um objetivo: fazer as pessoas esquecerem a forma JEOVÁ, justamente porque essa é a forma popular mais próxima do nome verdadeiro de Deus: “Yerruá”, ou “Yerroá”!

      Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s