De acordo com 1 Cor. 15:27, existe alguém que não está sujeito a Cristo, se não está sujeito, por que então?


Responda esta pergunta com textos bíblicos e sem se desviar do texto ou assunto proposto. 

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Marcelo  On 10 out 2013 at 10:04

    Já que ninguém se manifesta, deixe me dizer as respostas que tive sobre este texto no campo:

    a)

    Eu: Todos os integrantes da Trindade tem a mesma autoridade?

    Pastor: Hum… se eu disser que sim tu vai me mostrar um texto que mostra que não.

    Eu: Exato. O texto é este aqui ó (se não me engano era o texto desta página)… Não mostra isto que Jesus é submisso a alguém? Não é isto uma contradição com a trindade?

    Pastor: É que na doutrinda da trindade isto não é uma contradição…

    Eu: “OK então”, imaginando que isto foi decido assim por maioria de votos, não por lógica, lógico.

    b) O mesmo texto para um pastor batista:

    Pastor: É que na trindade existe esta “subordinação econômica”.

    Eu: OK então.

    Tem momentos que parece que não adianta ir adiante, pois recorrem a uma lógica que simplismente só existe quando o assunto é trindade.

    Tem hierarquia mas não tem. Seria uma contradição, mas não é. PONTO.

    Curtir

  • Saga  On 16 nov 2013 at 0:17

    [PERGUNTA] De acordo com 1 Cor. 15:27, existe alguém que não está sujeito a Cristo, se não está sujeito, por que então? Responda esta pergunta com textos bíblicos e sem se desviar do texto ou assunto proposto.

    [Resposta do Botafogo [ cujo post foi DELETADO PELO MODERADOR DESTA PÁGINA]

    SENHOR A REVELAÇÃO DO MISTÉRIO “CRISTO É DEUS” É A ALAVANCA PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA VIDA ESPIRITUAL SEGURA E FUNDAMENTADA NA BÍBLIA […] COLOSSENSES 2:1-3 “GOSTARIA, POIS QUE SOUBÉSSEIS QUÃO GRANDE LUTA VENHO MANTENDO POR, VÓS, PELOS LAUDICENSES… (QUE) ELES TENHAM TODA A RIQUEZA DA FORTE CONVICÇÃO DO ENTENDIMENTO, PARA COMPREENDEREM PLENAMENTE O MISTÉRIO DE DEUS, CRISTO EM QUE TODOS OS TESOUROS DA SABEDORIA E DO CONHECIMENTO ESTÃO O CULTO.[…] PAULO FALAVA DE UMA LUTA QUE NINGUÉM AINDA CONHECIA A GRAÇA DE DEUS. NEM OS APÓSTOLOS, QUE FORAM DISCÍPULOS DE JESUS, CONHECIAM ESTA REVELAÇÃO DO MISTÉRIO DA DEIDADE DE CRISTO. A DOUTRINA ERA BASEADA NO JUDAÍSMO, PREVALECENDO A LEI COM SUAS ORDENANÇAS QUE ESCRAVIZAVAM E ROUBAVAM A LIBERDADE DOS CRISTÃOS. ESTA ERA A RAZÃO PORQUE O APÓSTOLO LUTAVA. […] PAULO CONTINUA: “E ELES TENHAM A FORTE CONVICÇÃO E DO ENTENDIMENTO, PARA COMPREENDER O MISTÉRIO DE DEUS…” ESTE MISTÉRIO SÓ PODE SER CONHECIDO POR REVELAÇÃO. A LÓGICA NÃO CABE AQUI. OS PENSAMENTOS DA CARNE NÃO COMPREENDEM. O RACIOCÍNIO PASSA AO LARGO, POIS É HUMANO ISTO É O MÁXIMO DA REVELAÇÃO DOS CÉUS COLOSSENSES 2:3… EM QUEM TODOS OS TESOUROS…” TODOS OS TESOUROS DA SABEDORIA E DO CONHECIMENTO ATÉ ENTÃO OCULTOS EM CRISTO, TUDO O QUE NÃO ERA PERCEBIDO, NOS É REVELADO AGORA.[…] QUANDO OLHAMOS JESUS, VEMOS O CRISTO HOMEM NA MANIFESTAÇÃO DO FILHO DE DEUS. JESUS REPETIU VÁRIAS VEZES: ” VÓS ESTAIS OLHANDO O FILHO DO HOMEM E ISTO É SÓ O EXTERIOR, PORÉM DENTRO DE MIM ESTA O PAI.” AO LERMOS MATEUS, MARCOS, LUCAS E JOÃO VEMOS JESUS MUITAS VEZES CURANDO ENFERMOS,ENTRE OUTRAS SITUAÇÕES ELE É MOSTRADO SUANDO, CHORANDO, SOFRENDO… VEMOS O EXTERIOR, JESUS EM SUA CARNE SUJEITO A TODAS AS COISAS QUE AS PESSOAS ESTÃO SUJEITAS, MENOS AO PECADO EVIDENTEMENTE […] TODAS AS MANIFESTAÇÕES DE DEUS SE ENCERRARAM EM JESUS. ISTO QUER DIZER QUE ELE ERA O DEUS ABSOLUTO. NO ANTIGO TESTANENTO, JEOVÁ SE MANIFESTAVA DE MUITAS FORMAS, SOB VARIOS TÍTULOS, MAS ERA SÓ UM SENHOR.[…] QUANDO DIZEMOS JESUS CRISTO É O SENHOR, ESTAMOS MENCIONANDO TODOS OS NOMES PELOS QUAIS DEUS SE MANIFESTOU NO PASSADO. A PRIMEIRA MANIFESTAÇÃO DE DEUS EM CORPO CARNAL FOI EM MELQUISEDEQUE, REI DE SALÉM. ESTE TEXTO BÍBLICO É POR DEMAIS MARAVILHOSO: HEBREUS 7:1 -4 “… REI DE SALÉM OU SEJA, REI DA PAZ; SEM PAI, SEM MÃE, SEM GENEALOGIA: QUE NÃO TEM PRINCIPIO DE DIAS, SEM FIM DE EXISTÊNCIA ENTRETANDO, FEITO SEMELHANTE AO FILHO DE DEUS.” POR ESTA REVELAÇÃO ENTENDEMOS QUE JESUS É MELQUISEDEQUE.
    […] JOÃO 14:23 “… E VIREMOS PARA ELE E FAREMOS NELE MORADA.” SOMOS TEMPLO DO ESPÍRITO SANTO: “FAREMOS NELE MORADA”. QUEM ESTÁ NA DOUTRINA DA GRAÇA DE DEUS TEM O PAI E O FILHO, PORQUE O PAI E O FILHO SÃO, NA VERDADE UM. […] PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO SÃO MANIFESTAÇÕES DE UM ÚNICO DEUS […] O PROBLEMA DA FALTA DE CONHECIMENTO NÃO É SÓ DOS DIAS DE HOJE. OS JUDEUS TIVERAM O MESMO PROBLEMA. TANTO É QUE ELES NÃO RECEBERAM JESUS COMO SALVADOR. ELES SENDO ADORADORES DE UM SÓ DEUS – JEOVÁ – FICARAM CHOCADOS QUANDO JESUS, O MESSIAS PROFETIZADO, DIZIA SER DEUS. […] NA BÍBLIA SAGRADA DEUS É MOSTRADO COMO SOBERANO, REI, SUPREMO E SENHOR, E JESUS SEMPRE MOSTROU SUA DEIDADE NÃO PODIA SER QUESTIONADA. JOÃO 8: 56-58 “ EU SOU” ÊXODO 3:13-14 “ EU SOU O QUE SOU… EU SOU.” A INCOMPREENSÃO DOS JUDEUS É A MESMA DOS CRISTÃOS DE HOJE[…] ”

    Notem que a pergunta não foi respondida (até porque a passagem de 1 Cor 15:27 em seu contexto não tem nada a ver com a época em que Cristo Jesus estava em carne, mas é sobre a situação do Cristo como o rei nos céus). O que foi perguntado é se existe ALGUÉM que não foi sujeito ao Filho, quem não está sujeito à ele e por que não está?

    Curtir

    • GIBE TJ  On 16 nov 2013 at 11:20

      Saga, este é o procedimento dos que se consideram conhecedores da Bíblia na cristandade. Quantos deste tipo já não encontramos no serviço de casa em casa? Desviam do assunto, falam, falam, e não dizem nada significativo ao assunto em questão. Mas agradeço a tais por hoje eu ser TJ. Pois foi por comparar as crenças e o modo de respondê-las que eu não quis mais fazer parte da cristandade e me tornei TJ.

      Curtir

    • FERNANDES  On 20 dez 2013 at 20:41

      Este texto, à luz do contexto, nos informa que depois do Milênio, bem como depois do Juízo Final, quando o novo Céu e a nova Terra forem estabelecidos, Cristo entregará a Deus o Reino que lhe será conferido no início do Milênio e se sujeitará a Deus. Certa religião pensa que isto prova que Jesus não é Deus. O raciocínio é: se Jesus é igual ao Pai, por que se sujeitará a Ele? Mas desde quando “sujeição” é sinônimo de inferioridade?

      EF 5:21 – Sujeitando-vos uns aos outros no temor de Deus.

      Em efésios se aconselha à sujeição entre um e outro. Neste caso, quem é o maior?

      O Senhor Jesus se sujeitava a José e à Maria:

      LC 2:51 – E desceu com eles, e foi para Nazaré, e era-lhes sujeito. E sua mãe guardava no seu coração todas estas coisas.

      Eram eles maiores do que Ele?

      A referência de 1CO 15:25 não pode ser interpretada à parte do contexto geral das Escrituras. Se o testemunho de toda a Bíblia é que Jesus é igual ao Pai, por que alguns textos isolados diriam o contrário?

      QUERO RESPOSTA SENHOR DANTAS?

      Curtir

      • Queruvim  On 20 dez 2013 at 22:41

        EXISTE UMA “SUJEIÇÃO FUNCIONAL” DE CRISTO A DEUS?

        Outro ponto… …

        Fernandes comentou:

        Este texto, à luz do contexto, nos informa que depois do Milênio, bem como depois do Juízo Final, quando o novo Céu e a nova Terra forem estabelecidos, Cristo entregará a Deus o Reino que lhe será conferido no início do Milênio e se sujeitará a Deus

        1 Cor 15:27 está falando de um evento no passado e não no futuro. Lemos em 1 Cor 15:27:

        “Deus lhe SUJEITOU todas as coisas debaixo dos pés”

        Ou seja sua introdução me parece claramente meio que equivocada. A não ser que o comentário fosse a respeito do verso 28 onde lemos que o próprio Cristo se “SUJEITARÁ” (NO FUTURO) aquele que lhe sujeitou todas as coisas”.

        Sujeição é o mesmo que estar subordinado ou dependente de alguém.O Dicionário Caldas Aulete define “sujeição” como:

        Estado de pessoa ou coisa sujeita ou subordinada a outra por certas necessidades ou obrigações; DEPENDÊNCIA; SUBMISSÃO

        Paulo quando fala em “sujeitar-se uns aos outros” cita exemplos. E quais são? As “esposas sujeitas a seus maridos” e os maridos “sujeitos ao Cristo”. Da mesma forma podemos afirmar que Cristo está sujeito a Jeová Deus. Quem argumentaria que o marido e a esposa estão no mesmo pé de igualdade ou que são um “em essência”? A Bíblia não ensina nada disso. Pelo contrário:

        “a cabeça da mulher é o homem; por sua vez, a cabeça do Cristo é Deus” 1 Cor 11:3

        Apesar de sua tentativa de responder a pergunta proposta por esta página, me pareceu claro que não respondeu. De acordo com 1 Cor. 15:27 existe alguém que NÃO ESTÁ SUJEITO A CRISTO. E se não está POR QUE não?

        A pegunta é dupla:

        1º Quem não está sujeito a Cristo
        2º Por que Ele não está sujeito a Cristo?

        Sinceramente, eu tento me imaginar crendo na trindade e tentando achar uma resposta a esta pergunta. Sabe o que acontece? Esta mulher abaixo sabe dizer!

        frustração

        Curtir

      • Marcelo  On 20 dez 2013 at 22:56

        Que texto diz que Jesus é igual?

        Curtir

      • Jeosadá  On 21 dez 2013 at 0:59

        Já olhou o que diz Mateus 28:18?

        “E Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: “Foi-me DADA toda a autoridade no céu e na terra.”

        Se foi dado é porque antes ele não tinha!

        Simples!

        Agora, é claro que esta autoridade se excetua Deus. É só ler 1 Coríntios 15:27 e 28…

        Curtir

      • Marcelo  On 21 dez 2013 at 15:03

        Já que o Jeosadá citou Mat 28:18, certamente virá o argumento “Batizando em nome… Pai… Filho… ES”

        Então me adiantando:

        Louvem eles o nome de Jeová, Porque excelso só é o seu nome, A sua majestade é acima da terra e dos céus. Salmos 148:13, Sociedade Bíblica Britânica

        Curtir

      • Saga  On 21 dez 2013 at 21:00

        “Certa religião pensa que isto prova que Jesus não é Deus. O raciocínio é: se Jesus é igual ao Pai, por que se sujeitará a Ele? Mas desde quando “sujeição” é sinônimo de inferioridade?”

        Se sujeitar ao Pai, ou se sujeitar a Deus? Existe uma diferença entre dizer uma coisa e outra.

        “Se o testemunho de toda a Bíblia é que Jesus é igual ao Pai, por que alguns textos isolados diriam o contrário?”

        Que testemunho de toda Bíblia onde?

        Não seria:
        Se o testemunho de toda a Bíblia é que Jesus é inferior ao Pai, por que alguns textos isolados diriam o contrário?

        Tenho outra paródia:

        Ele disse: “Mas desde quando “sujeição” é sinônimo de inferioridade?” ”

        -Mas desde quando “maior do que eu” (Jo 14:28) é sinônimo de igualdade?”
        -Mas desde quando “um só Jeová” (Dt 6:4) é sinônimo de triunidade?
        -Mas desde quando “único Deus verdadeiro” (Jo 17:3) é sinônimo de triplicidade?
        -Mas desde quando “um só Deus, o Pai” (1 Cor 8:6) é sinônimo de “Um só Deus, Pai, Filho e Espirito Santo” ?
        -Mas desde quando “nem o Filho, mas unicamente o Pai” (Mt 24:36) é sinônimo de “nem o lado humano da natureza do Filho, mas unicamente o Pai, a natureza divina do Filho e o Espírito Santo” ?

        Etc, etc, etc.

        Se o testemunho de toda a Bíblia é que o Pai é o único, singular, altíssimo e verdadeiro Deus, porque alguns textos isolados diriam o contrário?

        Curtir

  • Queruvim  On 16 nov 2013 at 0:33

    Quando eu tiver tempo, desculpem mas vou ter que deletar quem não responde as perguntas específicas. Procuremos nos ater ao tema, para organizar a página e servir de referência considerável para outros estudiosos da Palavra de Deus.

    Curtir

  • Fabiano Dantas  On 16 nov 2013 at 23:51

    Acho que a pergunta tem sua resposta no próprio que lhe serve por base. O Pai não está sujeito ao filho; isso está claro no texto.

    Porém, se esta pergunta estiver sendo usada como uma forma de sofisma para contradizer a doutrina da Trindade, devo dizer que não vejo nada no fato de Cristo está sujeito ao Pai que vá de encontro a tal conceito. A doutrina cristã da Trindade alega que o Pai, o Filho e o Espírito Santo são um mesmo Deus em essência, poder, glória etc., ou seja, Cristo e o Espírito são Deus em seu ser. Contudo, há diferentes funções nesta relação — o que chamamos de economia da trindade — e de um ponto de vista funcional Cristo está sujeito ao Pai e Espírito ao Pai e ao Filho. É neste aspecto que Cristo está subordinado ao Pai e lhe é inferior.

    Curtir

    • Marcelo  On 17 nov 2013 at 11:02

      Oba! Resposta direta, respeitosa e não desvia do assunto! 😀

      Mas Fabiano, isto não contradiria o conceito de onipotência/onipresença/onisciência?

      É curioso como alguém que é onipotente e onipresente tem desvios de função. Por quê? Não é porque ele não pode, pois ele é onipotente. E não é porque ele não está no lugar certo, porque ele é onipresente.

      E se cristo é superior [subordinação] ao Espirito Santo, por que a bíblia diz que o pecado contra o filho é perdoado, mas contra o ES não?

      Curtir

    • Saga  On 17 nov 2013 at 15:12

      – Trindade e a questão da hierarquia divina –

      Se o Pai tem poder sobre todas as coisas, incluindo o Filho e o Espírito. Não estando sujeito a ninguém.

      Se o Filho tem poder sobre praticamente todas as coisas, inclusive sobre o Espírito. Mas exceto sobre o Pai. Estando sujeito apenas ao Pai.

      Se o Espírito Santo tem poder sobre quase todas as coisas, mas exceto sobre o Pai e sobre Cristo. Estando sujeito ao Pai e ao Filho.

      Se conclui que, apenas o Pai é Todo Poderoso e Altíssimo, tendo uma posição de autoridade que é sem maior e sem igual. É o cabeça sobre todos, e este todos é realmente sem exceção, todos incluindo ao seu Filho e ao espírito santo, é TODOS mesmo.

      O Fabiano diz que essa situação referida em 1 Cor não repercute em nada no tema da Trindade, mas repercute sim, pois esta requere que existam mais duas pessoas divinas que sejam todo poderosas e mais duas que tenham a posição altíssima. Se mostrando que eles não tem autoridade coigual e ainda se negando que textos como Mt 28:18 tenham o sentido de que Jesus era um ser todo poderoso. (Na verdade tudo que eleve mais ao Pai e que lhe de exclusividade e proeminência vai contra a coigualdade necessária para uma Trindade, OU se defende a coigualdade trina OU se defende a supremacia do Pai, não dá pra ter ambas as coisas ao mesmo tempo, quem ensinar a coigualdade tem de negar que Jeová Deus Pai tenha a supremacia universal).

      Curtir

  • Paulo  On 17 nov 2013 at 19:33

    É verdade, Gibetj, é difícil obtermos uma resposta objetiva dos religiosos a perguntas tão claras como a do desafio de 1 Cor 15:27. Vemos como são dissimulados em suas respostas, com exceção de alguns poucos sinceros que admitem o erro no ensino da trindade.
    É lamentável que tentem esconder o ‘sol com a peneira’, mas sempre tem um lado bom nessa relutância em aceitar a verdade. Os sinceros vão notar a falta de argumento convincente e procurarão a verdadeira explicação para 1 Cor. 15:27 e os muitos outros textos que refutam a doutrina antibíblica da trindade.
    Sou o Karmo da Raidcall, um abraço!

    Curtir

    • GIBE TJ  On 17 nov 2013 at 22:38

      Muito obrigado, Paulo. E que continuemos no intercÂmbio no raidcall

      Curtir

  • FERNANDES  On 7 jan 2014 at 21:26

    QUANDO JESUS ESTAVA NO CEU ELE ERA IGUAL OU INFERIOR A JEOVA?

    Curtir

    • Queruvim  On 7 jan 2014 at 22:46

      Em João 6:38 Jesus disse que desceu do céu não para fazer sua vontade, mas a vontade daquele que o enviou. Ou seja, ele foi enviado por Deus. Portanto, ele era subordinado a Deus e apesar de todo o poder que recebeu de Jeová Deus, o Ser Supremo, ele ainda continua subordinado ou obediente a Ele. (Veja João 6:38)

      Observe o que diz o Salmo: “Tu, cujo nome é Jeová, somente tu és o Altíssimo sobre toda a terra.” — Salmo 83:18. Isto foi escrito antes de Cristo vir a terra. A Brochura “Deve-se crer na Trindade?” afirmou:

      Jesus, na sua existência pré-humana, era “o Primogênito de toda criatura”. (Colossenses 1:15, BJ) Era “o princípio da criação de Deus”. (Revelação [Apocalipse] 3:14, Bíblia Vozes [BV]) “Princípio” [grego: arkhé] não pode corretamente ser interpretado para significar que Jesus era o ‘principiador’ da criação de Deus. Em seus escritos bíblicos, João usa diversas formas da palavra grega arkhé mais de 20 vezes, e estas sempre têm o significado comum de “princípio”. Sim, Jesus foi criado por Deus como o princípio das criações invisíveis Deste.

      Em João 20:17 ele disse a Maria Madalena: “Subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.” (Soares [So]) Em 2 Coríntios 1:3 o apóstolo Paulo confirma essa relação: “Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.” Visto que Jesus tinha um Deus, seu Pai, ele não podia ao mesmo tempo ser esse Deus.

      O apóstolo mostra essa distinção ao usar a expressão “diante de Deus, de Cristo Jesus e dos anjos eleitos”. (1 Timóteo 5:21, BV) Assim como Paulo fala de Jesus e dos anjos como sendo distintos uns dos outros no céu, assim também o são Jesus e Deus.

      “Desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.” (João 6:38) “O que eu ensino não é meu, mas pertence àquele que me enviou.” (João 7:16) Não é aquele que envia superior ao que é enviado?
      Essa relação fica clara na ilustração de Jesus a respeito de um vinhedo. Ele assemelhou Deus, seu Pai, ao dono do vinhedo, que viajou para o exterior e arrendou o vinhedo a lavradores, que representavam o clero judaico. Quando o dono do vinhedo mais tarde enviou um escravo para obter alguns frutos do vinhedo, os lavradores espancaram o escravo e o despacharam de mãos vazias. Daí o dono enviou outro escravo, e depois um terceiro, ambos os quais receberam o mesmo tratamento. Por fim, o dono disse: “Enviarei o meu filho [Jesus], o amado. É provável que respeitem a este.” Mas, os lavradores corruptos disseram: “‘Este é o herdeiro; matemo-lo, para que a herança se torne nossa.’ Com isso lançaram-no fora do vinhedo e o mataram.” (Lucas 20:9-16) Jesus ilustrou assim a sua própria posição como alguém que fora enviado por Deus para fazer a vontade deste, assim como um pai envia um filho submisso.
      Os seguidores de Jesus sempre o encararam como servo submisso de Deus, não como igual a Deus. Eles oraram a Deus a respeito de “teu santo servo Jesus, a quem ungiste . . . para se operarem curas, milagres e prodígios em nome do teu santo servo Jesus”. — Atos 4:23, 27, 30, MC.

      Fica claro portanto que Jesus antes de vir a terra sempre foi menor que Jeová Deus e teve princípio.

      Curtir

    • Paulo Roberto  On 9 jan 2014 at 16:33

      Fernandes

      Com todo o respeito leia em sua bíblia os textos abaixo e ore a Deus pedindo sabedoria sobre o que está lendo e pergunte-se:

      Se Jesus é Deus quem o ressuscitou?

      Será que Jesus poderia ressuscitar a si mesmo?

      Veja o que a bíblia diz: em Atos: 2:24-28:

      24 Mas Deus o ressuscitou por afrouxar as ânsias da morte, porque não era possível que ele continuasse a ser segurado por ela. 25 Pois, Davi diz com respeito a ele: ‘Eu tinha constantemente a Jeová diante dos meus olhos; porque ele está à minha direita, para que eu nunca seja abalado. 26 Por esta razão, meu coração ficou animado e a minha língua se alegrou muito. Além disso, até mesmo a minha carne residirá em esperança; 27 porque não deixarás a minha alma no Hades, nem permitirás que aquele que te é leal veja a corrupção. 28 Fizeste-me saber os caminhos da vida, encher-me-ás de boa animação com o teu rosto.’

      Veja ainda Atos: 2:31,33

      31 previu e falou a respeito da ressurreição do Cristo, que ele nem foi abandonado no Hades, nem viu a sua carne a corrupção.+ 32 A este Jesus, Deus ressuscitou, fato de que todos nós somos testemunhas. 33 Portanto, visto que ele foi enaltecido à direita de Deus e recebeu do Pai o prometido espírito santo, derramou isto que vedes e ouvis. “A este Jesus, Deus ressuscitou, fato de que todos nós somos testemunhas.”

      Os grifos são meus.

      Percebeu?

      Quem ressuscitou a Cristo foi Deus uma vez que Eclesiastes 9:5 diz que ‘os mortos não estão cônscios de absolutamente nada” olha o contexto bíblico!

      Logo ele não poderia ressuscitar a si mesmo, crer que Cristo é Deus e logo não estava completamente morto é desacreditar o valor de sua morte sacrificial, ou seja, a crença na trindade desonra a Deus e o sacrifício de seu filho Jesus Cristo.

      Veja ainda: Lucas 22:42:

      Pai, se tu quiseres, remove de mim este copo [ou seja, uma morte desonrosa]. Não obstante, ocorra não a minha vontade, mas a tua.”

      Se Jesus e Deus são um na sua essência, como poderia a vontade de um diferir da do outro?

      Se você fosse chamado para comparecer perante a pessoa da presidente da republica significaria que você é a mesma pessoa que a presidente?

      Veja Hebreus 9:24:

      Porque Cristo entrou não num lugar santo feito por mãos, que é uma cópia da realidade, mas no próprio céu para aparecer agora por nós perante a pessoa de Deus.

      Espero sinceramente que reflita nestes textos e chegue à sensata conclusão de que a doutrina da trindade não é nem de longe bíblica, antes é doutrina de homens insensatos que se desvirtuarão completamente da verdade.

      Curtir

      • Alexandre  On 29 mar 2014 at 1:27

        Veja Paulo.
        “Se Jesus é Deus quem o ressuscitou?”

        Já ouvi dizerem que a bíblia fala que Jesus ressuscitou a si mesmo naquele texto onde Jesus diz:

        “Derrubem esse templo, e EU o levantarei em 3 dias”

        Se Jesus falava do templo como sendo o seu cordo, e ELE o levantará, então isso mostra que Jesus ressuscitou a si mesmo.

        Curtir

        • Marcelo  On 30 mar 2014 at 12:02

          Alexandre

          Se Jesus falava do templo como sendo o seu corpo, e ELE o levantará, então isso mostra que Jesus ressuscitou a si mesmo.

          Interpretar assim este texto coloca a bíblia e até mesmo a trindade em contradição, para variar. Compare com Atos 2:32 e Gálatas 1:1.

          Além do mais, eu posso levantar o meu corpo hoje, pois estou vivo. Se eu soubesse que estaria prestes a morrer, mas soubesse que Deus me ressucitaria em 3 dias, eu certamente poderia dizer “levantarei o meu corpo em 3 dias”.

          Os trinitários precisam abrir um pouco a mente e tentar enxergar os textos de outro ponto de vista e não apenas do ponto de vista deles, pois facilmente vemos que existem outras possibilidades, e não somente a possibilidade de existir um Deus trino.

          Curtir

  • marcelo marcos  On 14 mar 2014 at 19:18

    Esqueceram de mencionar o verso 28? pelo que entendi e de acordo com a linha de raciocínio de vocês Cristo não estaria Sujeito ao Pai Hoje?

    Curtir

    • Marcelo  On 17 mar 2014 at 23:25

      Marcelo Marcos

      1 Coríntios 15:28

      “Mas, quando todas as coisas lhe tiverem sido sujeitas,+então o próprio Filho também se sujeitará Àquele que lhe sujeitou todas as coisas, para que Deus seja todas as coisas para com todos.”

      De acordo com o texto citado “é evidente que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas“, ou seja, Jesus está sujeito sim ao pai.

      Jesus vai se sujeitar “quando ele entregar o reino ao seu Deus e Pai” porque ele vai entregar o reino, ora!

      Dizer que vou me sujeitar amanhã a Deus significa que não estou sujeito a ele hoje?

      Curtir

    • Saga  On 20 mar 2014 at 3:52

      “marcelo marcos On 14 de março de 2014 at 19:18 Esqueceram de mencionar o verso 28? […] Cristo não estaria Sujeito ao Pai Hoje?”

      1 Cor 11:3 Falando sobre o principio da chefia diz: Deus é o chefe de Cristo. Você está sujeito ao seu chefe? Sim? Então Paulo escreve que sim, Cristo está sujeito.

      Quando Paulo diz: “é evidente que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas“ ele está falando do fato de Deus ter sujeitado todas as coisas ao seu Filho, exceto ele mesmo, porém se Deus – O Pai é a única exceção, se deduz que o espírito santo também está incluído em “todas as coisas” que estão “sujeitas” ao Filho. A comparação destes textos coloca o Pai como sendo o único cabeça sobre todos, de forma suprema, merecedor dos títulos de Altíssimo e Todo Poderoso, pois não tem iguais, não se sujeita a ninguém.

      Curtir

  • Saga  On 31 mar 2014 at 5:43

    “Alexandre On 29 de março de 2014 at 1:27 […] Já ouvi dizerem que a bíblia fala que Jesus ressuscitou a si mesmo naquele texto onde Jesus diz: “Derrubem esse templo, e EU o levantarei em 3 dias” ”

    Jesus levantou seu corpo mesmo, tava deitado (morto) e ficou de pé (vivo). Quero dizer, entenda assim….
    ENTENDA : Eu levantarei meu corpo três dias depois dele ser derrubado
    …não como Eu ressuscitarei a mim mesmo três dias depois da minha morte
    …mas literalmente falando como o mesmo ato que você faz quando levanta da sua cama, o que você faz? Você LEVANTA SEU CORPO!

    PS1: Alguns já sugeriram que o corpo de Cristo e o templo em questão era a Congregação (Igreja) e não a carne de Jesus. No terceiro dia, o corpo de Cristo (A Igreja Cristã) seria levantada, esta é o Templo de Deus.

    Mas o que eu disse sobre o ato de Jesus literalmente se levantar é bem mais simples.

    PS2: A sugestão muito pertinente do Raciocínios é válida, comparando com quando Jesus dizia as pessoas que “A tua fé te curou”, colocando a pessoa curada como responsável por sua própria cura. Assim a fidelidade de Jesus foi responsável por sua própria ressurreição. Isso é verdade, mas ainda se mantem a verdade do que eu disse, que no terceiro dia, Cristo literalmente levantou o seu corpo da tumba, seu corpo mortal foi levantado da morte por Jeová Deus obviamente, mas quanto seu Pai operou este milagre de ressurreição, Jesus teve de literalmente se levantar do tumulo como ser glorificado para sair e aparecer aos discípulos.

    Curtir

  • Alexei  On 31 mar 2014 at 9:35

    Quando Jesus disse: “Tua fé te fez ficar boa”. Ele na realidade disse à certa mulher que a confiança que ela tinha a fez agir, entretanto, fora Deus que, percebendo tal fé, faria o milagre.
    Repetindo: Deus faria a mulher ficar boa!

    Curtir

  • Asaph  On 15 jul 2015 at 0:08

    O primeiro ponto que deve ser colocado em questão é que a trindade é uma e as três personificações ao mesmo tempo. Isto é uma questão de fé.

    Segundo ponto é que a passagem tem um contexto que não foi colocado em discussão. A passagem não anula a trindade, pelo contrário, a explica. E além disto, tem poder nas palavras deste capítulo que diz um dos motivos pelo qual Deus se manifestou como homem, Cristo Jesus, e veio a terra.

    Caso queira reabrir a discussão posso citar os versículos. Basta responder, pois estou recebendo em meu e-mail.

    Curtir

    • Queruvim  On 15 jul 2015 at 1:56

      Asaph apenas perpetua equívocos e distorções.Começando pela definição básica do que é fé. A palavra fé do grego “pístis” significa “certeza” de algo baseado em evidências demonstráveis e lógicas. Não tem nada haver com a forma deturpada que os pastores evangélicos e padres usam esta palavra. O correto entendimento do significado de fé foi alterado e distorcido pelos líderes religiosos e outros. Fé hoje em dia é entendida como sendo algo em que alguém acredita sem base alguma, mas apenas crê porque crê. Ou seja uma credulidade! A Bíblia não diz nada disso. Teólogos e outros estão repetindo estereótipos difundido pelo inimigo da vida eterna, Satanás o Diabo. A fé, diferente do que pregam, baseia-se em evidência concreta

      Estudemos com responsabilidade…não uma leitura rápida ,sem PONDERAÇÃO com oração.

      Sugiro que não simplesmente leiam, mas estudem com mente aberta e sem preconceito os seguintes temas relacionados:

      O que significa REALMENTE fé?

      Curtir

    • Queruvim  On 15 jul 2015 at 2:00

      Dizer que o espírito santo é alguma vez “personificado” nos leva a outro tema já desmontado como erro teológico e desvio da Bíblia. Foi amplamente considerado aqui:

      O espírito santo – Pessoa ou Energia?

      Curtir

    • Queruvim  On 15 jul 2015 at 13:02

      Asaph afirmou a respeito de I COR 15:27:

      A passagem não anula a trindade, pelo contrário, a explica.

      O Sr não respondeu a pergunta proposta no artigo. Não respondeu especificamente o que lhe foi perguntado. Eu poderia queimar este post sem problema. Até quando os Srs trinitários continuarão nessa enganação? Parece até político na hora de eleição, nunca responde as perguntas de modo específico. Além de correr delas, fazem afirmações sem apoio de textos na Bíblia e em contradição com ela! Pára… e vê se toma um chá e leia novamente a pergunta proposta no artigo e sua resposta.

      De acordo com 1 Cor. 15:27, existe alguém que não está sujeito a Cristo, se não está sujeito, por que então?

      São duas perguntas, responda a primeira e depois a segunda!

      Curtir

  • Queruvim  On 15 jul 2015 at 2:15

    Asaph afirmou que “a trindade é uma e as três personificações ao mesmo tempo” Contudo, Jesus Cristo afirmou que “Há outro que dá testemunho de mim” (João 5:32) Ele mesmo diz quem é esse “outro” quando acrescenta:

    “E o próprio Pai, que me enviou, deu testemunho de mim. Vocês jamais ouviram a voz dele nem viram a sua forma, e a palavra dele não reside em vocês, porque vocês não acreditam naquele que ele enviou”

    Portanto, sua afirmação de que há “três personificações’ não tem apoio bíblico e pior ainda, contradiz este texto claro. Jesus não somente é “outro” mas foi “enviado” por Aquele. Sem falar que sequer existe a palavra “trindade” nas Escrituras. Tal ensino se vale de argumentos filosóficos estranho à palavra de Deus e em contradição a ela.

    Talvez não tenha percebido, mas tu afirmas que a trindade é uma personificação e três ao mesmo tempo, assumindo raciocínio modalista. Pois sem querer infere que uma “pessoa” é ao mesmo tempo as supostas “três”. Que eu saiba, os defensores de tal doutrina afirmam que Deus é “um Deus em três pessoas distintas”. Ou seja, vocês são confusos e enganadores. Agradeça que eu ainda tenho paciência de postar este tipo de enganação aqui nesta página. Esta doutrina trinitária é entendida e adotada pela lei do menor esforço. Abasta ser estuprador, ladrão ou assassino e levantar a mão em uma igreja, com uma dose de remorso… que na outra semana, sem estudo e sem dedicação alguma (como a Bíblia diz que deveria ser para se entender e se chegar e ter “o conhecimento de Deus” Prov. 2:4) e logo estará disseminando esta mesmo teologia em praça pública e templos de arrecadação de dinheiro.

    É fácil se tornar pastor! E isso tem acontecido de fato, com muitos dos chamados evangélicos. Notórios criminosos que dentro de poucos dias, sem esforço algum no estudo correto da Bíblia, já são doutores da enganação. Eu vou mais longe….afirmo sem medo de errar, que há igrejas que só dá ex criminosos, ex prostitutos, estupradores, ladrões e assassinos que se gabam de sua suposta conversão, quando na verdade ainda estão levando as pessoas à morte sem perceberem. Não odeio pessoas, mas esta enganação de muitos destes chamados “evangélicos”. Estão escravizando as pessoas e levando muitas delas a se desligarem por completo da religião e até mesmo se revoltarem contra Deus. (Vigílias forçadas, aparência de santimônia mas falta de exemplo dos líderes, enriquecimento ilícito, cultos pagos à grande somas ou bagatelas, envolvimento com política partidária, corrupção) O amor que identifica os verdadeiros cristãos é algo inexistente no meio destes. João 13:34,35.

    Curtir

  • neuza maria  On 15 jul 2015 at 2:38

    Queruvim, tudo bem:
    por favor, como fazer entrar na cabeça destes trinitários que a palavra ou o título [deus] não é de uso exclusivo para o Deus Todo-Poderoso JEOVÁ?

    Curtir

    • Queruvim  On 15 jul 2015 at 2:43

      Só se estes desejarem estudar, algo que colocam em ultimo plano em muitos casos. E quando estudam, procuram preencher seus conceitos antecipados ao fazerem a leitura a partir de uma interpretação pré-concebida. O certo é esvaziar os odres de água lamacenta e colocar água limpa e pura. Mas isso, querida, poucos, sim pouquíssimos estão desejosos de fazer.

      Sua colocação me lembra deste artigo, a respeito do uso e significado correta da palavra Deus nas Escrituras Sagradas.

      Curtir

  • oms  On 15 jul 2015 at 9:14

    ’32 Por exemplo, quem falar uma palavra contra o Filho do Homem será perdoado;+ mas quem falar contra o espírito santo não será perdoado, não, nem neste sistema de coisas,* nem no que virá.” (TNM Mateus 12.32). Obviamente, o Espírito Santo é uma pessoa, porque não se fala com um objeto ou uma suposta força ativa, não é mesmo?

    Curtir

    • Queruvim  On 15 jul 2015 at 12:48

      Ah é OMS??? Em Tiago 3:14 encontramos a seguinte expressão: “Não mintais contra a verdade” Concluiremos que a verdade é alguém ?

      Podemos citar a personificação do amor feita pelo apóstolo Paulo, em 1 Coríntios 13:4-7. Observe quantas atribuições pessoais são feitas a essa qualidade:
      (1) é longânime
      (2) benigno
      (3) não é ciumento
      (4) não se gaba
      (5) não se enfuna
      (6) não se comporta indecentemente
      (7) não procura os seus próprios interesses
      (8) não fica encolerizado
      (9) não leva em conta o dano
      (10) não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com a verdade
      (11) suporta todas as coisas
      (12) acredita todas as coisas
      (13) espera todas as coisas
      (14) persevera em todas as coisas

      Usando o mesmo argumento que o Srº usa, todos concluiriam que agápe é uma pessoa. Mas entendemos claramente que Paulo usou um recurso literário – a prosopopeia.

      Afirmar que o espírito santo é uma pessoa não tem apoio nas Escrituras. A tentativa de citar textos com aplicação figurativa só reforça isso. Se observar uma lista de nome de pessoas na Bíblia na obra A Concise Greek-English Dictionary of the New Testament,publicado pela Sociedades Bíblicas Unidas de 1971, verá que os nomes de pessoas sempre seguem um artigo de acordo com o gênero destes nomes. Contudo, a Bíblia não apresenta em lugar algum um “nome” para o espírito santo. E o argumento dos trinitários de que o nome do “espírito santo” é espírito santo, a lista do Dicionário demonstra que os nomes sempre seguem o gênero dos substantivos. A palavra grega “espírito” PNEUMA é neutra.Ou seja a Bíblia não apresenta este como sendo um nome.

      Curtir

  • karmo2010  On 15 jul 2015 at 12:26

    oms diz:

    32 Por exemplo, quem falar uma palavra contra o Filho do Homem será perdoado;+ mas quem falar contra o espírito santo não será perdoado, não, nem neste sistema de coisas, nem no que virá.” (TNM Mateus 12.32). Obviamente, o Espírito Santo é uma pessoa, porque não se fala com um objeto ou uma suposta força ativa, não é mesmo?*

    Interessante que nesse texto não se mencionou o Pai. Será que o Pai não é um espírito santo? Claro que sim! Jeová é a Fonte de todo espírito santo. Por que Jesus deixaria de mencionar o Pai em um assunto tão importante, um assunto envolvendo a blasfêmia contra o espírito santo? Não deixaria jamais de mencionar.

    Blasfemar contra o espírito santo é ir contra toda força ativa provinda de Deus, seja através de anjos, de Jesus ou seres humanos. Os fariseus fizeram isso ao atribuir motivação incorreta a Jesus ao expulsar os demônios. Não era o caso de eles não saber o que estavam falando, eles propositalmente disseram que Jesus expulsava os demônios através do chefe dos demônios, ou seja, chamaram Jeová Deus, o Pai, de demônio. Eles blasfemaram contra o espírito santo que atuava em Jesus, nos anjos fiéis, e em todos servos dedicados de Deus. Eles blasfemaram contra o universo santo de Jeová. Blasfemaram contra a força ativa provinda do nosso único Deus, e tragicamente foram esmagados pela “Rocha” que os “construtores” rejeitaram, Jesus.

    Ir contra o espírito santo é como pular de um avião sem pára-quedas, é como ir contra a força da gravidade. O fim é trágico!

    Curtir

  • PG Almeida  On 15 jul 2015 at 12:59

    Sr oms –
    Sabes o que significa prosopopeia? sugiro que veja num dicionário.
    Partindo dessa premissa, irá aparecer varias passagens que se dissermos que se trata de uma pessoa, os textos não terão respostas lógicas pra sua indagação.
    Sugiro que veja essa matéria abaixo:

    O Conceito da Bíblia

    O espírito santo é uma pessoa?

    Curtir

  • Saga  On 15 jul 2015 at 13:37

    Sugiro que algum trinitário me explique porque o espírito santo está sujeito ao Filho e o Pai não está, pois a passagem diz que todas as coisas foram sujeitas a Cristo, e curiosamente não se exclui o espírito santo dessa sujeição.

    Curtir

  • SemQI  On 15 jul 2015 at 14:06

    Lembrando ao OMS que, a Bíblia fala de pecado e Blasfêmia contra “Coisas” que de longe não são Pessoas!

    -ROMANOS 2:24 “”PORQUE, COMO ESTA ESCRITO, O NOME DE DEUS É BLASFÊMADO ENTRE OS GÊNTIOS POR CAUSA DE VÓS”” -JFA ((Seria o nome de Deus uma pessoa?? ))

    -APOCALIPSE 13:6 “”E ABRIU SUA BOCA EM BLASFÊMIAS CONTRA DEUS, PARA BLASFÊMAR DO SEU NOME, E DO SEU TABERNÁCULO E DOS QUE HABITAM NO CÉU”” – JFA

    -LUCAS 15:18 “”LEVANTAR-ME-EI, E IREI TER COM MEU PAI E DIDIR-LHE-EI: PAI, PEQUEI CONTRA O CÉU EPERANTE TÍ”” – JFA (Parabola)

    -TIAGO 3:14 “”MAS, SE TENDES AMARGA INVENJA E SENTIMENTO FACCIOSO EM VOSSO CORAÇÃO, NÃO VOS GLORIEIS, NEM MINTAIS CONTRA A VERDADE”” – JFA

    Ou seja, nem sempre mentiras ou blasfêmia tem de ser contra pessoas, mas, pode ser contra algo que tem um dono. No caso o NOME e também o ESPIRITO SANTO, cujo detentor é JEOVÀ!

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 15 jul 2015 at 14:09

    Os trinitários dizem que essa sujeição é apenas funcional, ou seja, todos tem poderes iguais, mas os membros decidiram entre si ter funções diferentes, sendo assim o Pai a ter a função de líder e o Filho com a função de servo.

    Mas o dogma cai por terra ao se analisar 1 Cor 11:3, onde diz que Cristo é o cabeça do homem. Ora, seria o homem sujeito funcionalmente ao Cristo? Ou seria o homem sujeito justamente por ele não ter autoridade e nem pode querer legitimar igualdade com Cristo? Seria a mulher sujeita ao homem funcionalmente ou ela não tem autoridade dada por Deus pra querer ter igualdade com o homem na congregação e em casa?

    Os trinitários então se valem da dupla natureza de Cristo pra dizer que ele é o eterno mediador, o Deus – homem, por isso é sujeito ao Pai funcionalmente. Dizem também que o homem, apesar de ser cabeça, não é superior em natureza à mulher, assim explicando a relação Pai e Filho da trindade.

    Mas se o homem não é superior em natureza, em autoridade dada por Deus o é e isso é o que vale. Igualmente, ter Cristo natureza divina igual à do Pai não legitima pra ele autoridade ou poder igual ao Pai.

    O próprio texto de 1 Cor 15:27 explica isso. Não foi escolha de Cristo escolher se sujeitar ao Pai, e sim é de direito do próprio Pai, por ser o Todo-Poderoso, ser maior que Cristo e decidir escolher o que sujeitar ao Cristo.

    Aí os trinitários se valem de Filipenses 2:5-11, que diz que Cristo escolheu se esvaziar, ou seja, foi opção dele. Mas o mesmo texto diz que Cristo não quis usurpar a posição de seu Pai, ou seja, ela sabia da sua limitação, mesmo obedecendo por vontade própria pra agradar ao Pai.

    E João 16:13 é enfático ao mostrar que Cristo não tem autoridade pra se igualar ao Pai, visto que ele foi enviado do céu, onde supostamente era Deus. Ora, Cristo diz que o enviado não é maior do que o que envia. Então Cristo é igual ao Pai?

    Deixo os trinitário meditarem nessas considerações.

    Curtir

  • SemQI  On 16 jul 2015 at 0:11

    Daniel Oliveira
     On 15 de julho de 2015 at 14:09
    “” E João 16:13 é enfático ao mostrar que Cristo não tem autoridade pra se igualar ao Pai, visto que ele foi enviado do céu, onde supostamente era Deus. Ora, Cristo diz que o enviado não é maior do que o que envia. Então Cristo é igual ao Pai?””

    Os mais assanhandos vão dizer “”MAS O TEXTO NÃO DIZ QUE O [ENVIADO] É MENOR DO QUE AQUELE QUE ENVIOU””

    Mas, esse argumento iria igualar os discipulos a Jesus e a Jeová! Note joão 20:21 “”Assim como o Pai me enviou, eu também vos envio””(Palavras de Jesus para seus discipulos).. SE O PAI ENVIOU ALGUEM IGUAL A ELE, ENTÃO JESUS TAMBÉM ENVIOU PESSOAS IGUAIS ELE, CONSEQUENTEMENTE SERIAM IGUAIS A JEOVÁ…

    Tem os mais otimistas que dizem que a palavra DEUS no versículo 28 esta se referindo a Trindade… Mas, péra lá. A TRINDADE não é formada por 3PESSOAS?? Então, Jesus vai se Sujeitar a Jesus??… mas, Jesus ta excluido gramaticalmente de ser “Deus”, visto que ele vai se sujeitar a Tal, então só teriamos Duas pessoas ai! Oque chega a ser Ridiculo. Como sabemos, É O Pai que se refere o texto, apenas UMA PESSOA(no singular, numero 1, antes do 2 e 3)

    Curtir

  • Asaph  On 16 jul 2015 at 0:14

    Primeiro gostaria de colocar alguns pontos para a discussão:
    1) Vamos responder a pergunta e uma pergunta de de cada vez. Posso responder uma pergunta por pessoa, se não vira bagunça.

    2) Respeito as opiniões e crenças, posts com insultos nem termino de ler. Falei sobre o tema proposto no tópico ou da pergunta em aberto.

    3) “destes trinitários”, meu nome é Asaph, sou cristão protestante. Estudo a palavra de Deus desde pequeno. Não sou de nenhuma igreja ou denominação. Acredito que Deus Pai, Filho e Espírito Santo seja um e não três deus. Não coloquem crenças em minhas palavras me pergunte.

    Para responder o primeiro questionamento, o que é fé:
    Esta é a definição informal da palavra no português
    http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/definicao/fe%20_965095.html

    Na palavra de Deus em 1 Co 12:7-12 no v9 a fé é um dom.
    E em Ef 2:8 relata que isso é um dom que vem de Deus.

    Amanhã respondo as outras perguntas.

    Curtir

  • Kyo  On 16 jul 2015 at 1:07

    Dizer que Jesus era inferior a Jeová apenas no sentido funcional é apenas para justificar a trindade.

    Heb 2:9 diz: “Mas vemos a Jesus, que havia sido feito um pouco menor que os anjos, coroado agora de glória e honra por ter sofrido a morte, para que, pela bondade imerecida de Deus, provasse a morte por todos.” O texto diz que Jesus foi feito “um pouco menor que os anjos”. Será que essa inferioridade era meramente funcional? Obvio que não. É só pensar no que aconteceria se Jesus não tivesse cumprido sua designação aqui na Terra – a profecia central da bíblia (de gen 3:15) não poderia se cumprir e o cristianismo nem existiria! Portanto, funcionalmente, Jesus era superior aos anjos.

    Isso nos leva a concluir que Jesus era “um pouco menor” porque, aqui na Terra, ele era um ser humano de carne e osso, apesar de ser perfeito, e anjos são maiores que humanos. Agora pense: se Jesus era inferior à anjos quando estava na Terra, por que ele seria maior que Jeová? (Jo 14:28; compare Jo 7:16 e Jo 8:26 com Jo 13:16)

    Curtir

  • PG Almeida  On 16 jul 2015 at 12:40

    Olá Asaph,

    Compreendo o seu conceito de fé, só que temos que lembrar e analisar o que o próprio Apóstolo Paulo falou do significado de Fé em He 11:1:
    Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem. Almeida
    A fé é a firme confiança de que virá o que se espera, a demonstração clara de realidades não vistas. TNM
    Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. NVI
    Pela sua lógica, seria o exemplo de uma pessoa que diz “tenho fé que o meu parente irá se curar de uma doença em estado terminal”. Não é pq ela tem fé que a pessoa irá se curar, e se a pessoa não se curar será que ela não tinha fé?/. Jesus disse em certo momento que seus discípulos tinha pouca fé.
    Então meu camarada, isso não quer dizer que só pq vc acredita, tem fé que a trindade é uma doutrina bíblica que ela é verdadeira.
    Estou no aguardo das outras suas repostas

    Curtir

  • Saga  On 16 jul 2015 at 22:23

    Sugiro que algum trinitário me explique porque o espírito santo está sujeito ao Filho e o Pai não está, pois a passagem diz que todas as coisas foram sujeitas a Cristo, e curiosamente não se exclui o espírito santo dessa sujeição.

    `”Os trinitários então se valem da dupla natureza de Cristo pra dizer que ele é o eterno mediador, o Deus – homem, por isso é sujeito ao Pai funcionalmente. ”

    “Tem os mais otimistas que dizem que a palavra DEUS no versículo 28 esta se referindo a Trindade”`

    Trinitários famosos com formação acadêmico já disseram que no Novo Testamento existem três personagens, que são o Pai, chamado de HO THEOS, o Filho chamado de HO KYRIOS e o Espírito Santo chamado de PNEUNMA, isso quer dizer que eles admitem que quando os apóstolos falam de Deus estão se referindo especificamente a primeira pessoa e não a Trindade, é gente que admite que nenhum texto usa THEOS como referência a Trindade.

    Sobre a natureza dupla, o espírito santo não tem natureza humana e está sujeito ao Pai e ao Filho, segundo o próprio 1 Cor 15:27, por que? Decidam como desenrolar isso daí.

           Trinitários vem para confundir e não para explicar
    

    Curtir

  • Asaph  On 16 jul 2015 at 23:43

    Queruvim On 15 de julho de 2015 at 2:15
    Como já respondido no outro posto esta passagem fala do homem e não de Deus. Refere-se a João.
    Creio que aqui não é para debate entre religiões, então não coloque doutrinas pagã na interpretação bíblica. As outras doutrinas e crenças tentam simular a trindade, mas sempre três pessoas ou personificação e nunca existiu e nem existirá uma crença, a não ser a Bíblia que diga que que Deus Ele é o único Deus e que estas personificações e para o cumprimento da palavra.
    Não vou delongar aqui, pois as palavras colocadas são ofensas.

    oms On 15 de julho de 2015 at 9:14
    Ignorando os comentários anteriores.
    Peço que leia minha respostas em:
    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/10/07/se-deus-e-uma-trindade-porque-jesus-disse-que-deveria-adquirir-conhecimento-do-pai-e-do-filho-mas-nao-do-e-s-joao-173/
    Assim podemos alinhar os pensamentos e você verá um pouco no que creio.

    karmo2010 On 15 de julho de 2015 at 12:26
    Blasfemar contra o Espírito Santo e diferente de blasfemar contra o homem.
    Creio que isso seja tema para outro debate e foge do que está proposto aqui.
    Mas leia o link que deixei e retomamos a partir deste ponto.

    Queruvim On 15 de julho de 2015 at 12:48
    Não entendo estas colocações que faz. É só pedir que eu falo o que penso.

    Queruvim On 15 de julho de 2015 at 13:02
    Por causa destes comentários que não levanto nenhuma resposta a pessoa.

    Saga On 15 de julho de 2015 at 13:37
    Sugiro que entenda meu pensamento no link e talvez entenderá minhas palavras.
    Caso ainda haja dúvida peço que a repita sua pergunta de forma mais clara.

    SemQI On 15 de julho de 2015 at 14:06
    Te respondo da mesma forma que OMS. Caso haja dúvida, cite o comentário que respondo cada uma.

    SemQI On 16 de julho de 2015 at 0:11
    A glória de Deus não pode ser manifesta na carne. Nenhum está sujeito ao outro nesta forma que está dizendo. Leia o link.
    Não somos Jeová, isto é uma expressão utilizada na Teosofia para dizer que somos todos deus ou também uma ideologia ocidental.
    Faça uma pergunta e aguarde que respondo, não coloque palavras no que diz.

    PG Almeida On 16 de julho de 2015 at 12:40
    Estão aí as outras respostas, espero que veja o que escrevi no outro post e só respondam aqui, pois a discussão lá segue calma e objetiva.
    Vou utilizar do que você mesmo disse. É um erro acreditar que alguém irá curar e dizer que isso é fé. Devemos nos apoiar em Cristo, e pedir a ele. Isto é a fé e um exercício da fé. Também não quer dizer que seja só isso.
    Em Hb 11 dá vários exemplos de fé.
    Minha fé está na volta de Cristo, não importando o tempo. Minha fé está em Deus que veio como Cristo para pagar o preço. Minha fé.

    Curtir

  • Saga  On 17 jul 2015 at 4:23

    "A passagem não anula a trindade, pelo contrário, a explica"

    Aparentemente esse tal de Asaph não crê na Trindade, ele chegou a falar que Jesus enviou a si mesmo e que não existem três pessoas, sendo que a Trindade é justamente a ideia de que Deus são três pessoas. Mas voltemos ao assunto, vou retomar o que dizíamos….

    Repito: Sugiro que algum trinitário me explique porque o espírito santo está sujeito ao Filho e o Pai não está, pois a passagem diz que todas as coisas foram sujeitas a Cristo, e curiosamente não se exclui o espírito santo dessa sujeição. [3]

    Então, Asaph tem a chance de explicar porque o Filho está sujeito ao Pai e porque o Espírito Santo está sujeito ao Filho, que tem tudo a ver com o tema do tópico referente a 1 Cor 15:27.

    O que a Teosofia tem a ver? Enfim…. o ponto ainda é a pergunta do texto tema
    [1] De acordo com 1 Cor. 15:27, existe alguém que não está sujeito a Cristo?
    [2] Se não está sujeito, por que então?

    Não é muito diferente do meu questionamento, a diferença do meu caso é que a minha dúvida incluiu o espírito santo também.

    Curtir

  • SemQI(17 anos)  On 17 jul 2015 at 12:59

    Sem rodeios…. Esquece os outros pontos levantados Asaph! Responde a pergunta do post. Fala oque você entende do texto. dê esse passo!

    Curtir

  • Asaph  On 18 jul 2015 at 14:29

    Não posso dizer algo que não conheço a definição. E não preciso de definição no creio.

    Deus, Cristo e o Espírito Santo tem o mesmo poder.

    A submissão é para o entendimento do homem no que Deus tem para cumprir na terra.

    Deus é conhecido como Pai, Senhor autoridade máxima.
    Cristo é o Filho, nosso irmão, nosso Pastos, Príncipe da Paz.
    o Espírito Santo, amigo e Consolador.

    Vieram nesta ordem por causa de muitas coisas, que não se remeta a discussão.

    Então:
    O home tem que ser submisso a Deus e isto é Cristo enquanto homem. Mas Cristo é o Pai são um (Jo 10:30).

    Como já havia dito, isto é a fé no plano de Deus para o cumprimento sua palavra no que há de vir.

    Os outros pontos respondo depois

    Curtir

  • SemQI (17anos)  On 18 jul 2015 at 23:42

    Fala no que tu crê amigo…

    Asaph disse:
    “A submissão é para o entendimento do homem no que Deus tem para cumprir na terra.”
    —Ta, ainda não respondeu.

    Asaph disse:
    “Deus é conhecido como Pai, Senhor autoridade máxima.
    Cristo é o Filho, nosso irmão, nosso Pastos, Príncipe da Paz.
    o Espírito Santo, amigo e Consolador.”
    —Ta, entendemos.

    Asaph prossegue afirmando:
    “O home tem que ser submisso a Deus e isto é Cristo enquanto homem. Mas Cristo é o Pai são um (Jo 10:30).”
    —Mas essa ???.. Jesus é o mesmo Deus que o Pai dele, agora ele também é o Pai?? Senão for, então , praque ta usando o texto?? Ele não ta provando nada! Quando citar um texto, diga oque entende dele..

    ::JOÃO 17:22 “EU LHES DEI A GLÓRIA QUE TU ME DESTE, A FIM DE QUE ELES SEJAM UM, [ASSIM COMO NÓS SOMOS UM]”(faz referência ao texto de João10:30)… Os Discipulos teriam que está nessa doutrina também!!

    Cite texto e defina tua crença! Trindade ou Unicismo???

    E responda a pergunta!

    Curtir

  • karmo2010  On 19 jul 2015 at 12:49

    Com todo respeito por sua pessoa Asaph, mas…

    Alguém que não sabe definir o que crê não conseguirá passar sua crença adiante, não vai poder ajudar outras pessoas pois não consegue compartilhar sua “crença”.

    Atenha-se, por favor, em explicar o motivo pelo qual o Filho está sujeito ao Pai e porque o Espírito Santo está sujeito ao Filho, que tem tudo a ver com o tema do tópico referente a 1 Cor 15:27.

    Aguardamos por sua definição. Posso estar errado, mas até agora entendi que você disse que o que está escrito ali é só para o entendimento do ser humano, mas que na verdade não é nada daquilo. Seria algum “teatro” encenado por Cristo?

    Curtir

  • SemQI (17anos)  On 19 jul 2015 at 14:22

    Boas palavras do KARMO2010::
    “” Alguém que não sabe definir o que crê não conseguirá passar sua crença adiante, não vai poder ajudar outras pessoas pois não consegue compartilhar sua “crença”. “”

    Sera que os apóstolos de Cristo tinham dificudade para definir sua crença?? Obvio que não!! Hoje a cristandade se contorce toda para explicar a trindade. É tão dificil para eles explicar a Trindade que parece que o CONHECIMENTO sobre quem é DEUS, está sendo BLOQUEADO para eles! Daí é só jogar na conta do MISTÉRIO DE DEUS!

    O estranho, é que eles definem oque é a ALMA, INFERNO, UNGIDOS, PARAISO Entre outras doutrinas.. Maaaaass, a Doutrina que significa VIDA ETERNA, OU seja, o conhecimento sobre o Pai(DEUS) e o Filho, eles não chega a uma conclusão definitiva! Sera que Deus não quer que saibamos quem ele é ou os trinitys estão complicando a Bíblia e falando que Deus não se esclarece nas escrituras???

    Curtir

  • Asaph  On 19 jul 2015 at 19:28

    Serei breve em responder algumas pessoas. Desanimei em participar do fórum, pois algumas não respeitam o direto de responda impondo doutrinas e até zombando da fé do próximo.

    karmo2010 On 19 de julho de 2015 at 12:49

    Se falto compreensão no que disse vai ficar para a próxima. Foi bem objetivo no último post. Não é teatro. Devemos imitar Cristo. Todos homem deve ser sujeitar a Deus.

    Não é minha crença, e assim que faz, batizando:
    E disse-lhes: Ide por todo omundo, pregai o evangelho a toda criatura.
    Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.
    Marcos 16:15,16

    Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue?
    E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.
    Romanos 10:14,15

    De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.
    Romanos 10:17

    Saga On 17 de julho de 2015 at 4:23

    O Espírito Santo é Deus.

    SemQI (17anos) On 18 de julho de 2015 at 23:42

    Se entendeu, porque diz que não respondi?! Esta é a minha resposta.

    Não preciso de definições e não existe somente estas duas definições, se não, não existiria outras religiões que se denominam cristão.

    Você está acompanhando os dois post, espero que tenha uma mente aberta para entender o que falei até agora. Nuca mudei de posição e nem precisei de outras coisas para responder a pergunta.

    Como expliquei no outro post o Verbo se fez carne (tornou-se).
    No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus
    João 1:1
    […]
    E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade
    João 1:14
    […]
    Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta.
    Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
    João 14:8,9
    […]
    E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre;
    João 14:16
    […]
    Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?
    1 Coríntios 3:16

    Até.

    Curtir

    • Queruvim  On 19 jul 2015 at 19:33

      espero que tenha uma mente aberta para entender o que falei até agora

      REALMENTE VOCÊ falou, porque a Bíblia não falou nada disso. Ter mente aberta para entender uma coisa que tu mesmo admites “não ter lógica”. Tu mesmo disse:

      Se fosse só uma questão de lógica, todos que já leram a Bíblia seria cristão

      Curtir

    • Queruvim  On 19 jul 2015 at 19:38

      O Espírito Santo é Deus.

      Esta é uma afirmação de pastores e padres. A Bíblia nunca diz isso, em parte alguma.

      O espírito santo é DE DEUS. “Todos eles ficaram cheios do espírito santo.” – Atos 2:4, NM.
      “A este Jesus, Deus ressuscitou, fato de que todos nós somos testemunhas. Portanto, visto que ele foi enaltecido à direita de Deus e recebeu do Pai o prometido espírito santo, derramou isto que vedes e ouvis.” – Atos 2:33, NM.
      O raciocínio é o seguinte: visto que o “Espírito Santo” encheu cerca de 120 discípulos ao mesmo tempo, como poderia tal espírito ser uma pessoa? E o fato de o espírito santo ser derramado faria dele “algo” e não “alguém”, visto que uma pessoa não poderia ser derramada.

      Minha sugestão é que apague este HD doutrinal e comece a estudar tudo do zero. Estude a Bíblia do ponto de vista de uma pessoa que está formando suas opiniões A PARTIR DELA e não DE FORA DELA.

      Curtir

  • SemQI (17 anos)  On 19 jul 2015 at 20:41

    Sobre joão 14:9..
    Porquê ver Jesus era ver seu Pai 16 Deixa pro16??
    Porque Jesus fazia a vontade deste(João6:38)
    Porque Ele falava oque o Pai mandou(João12:49,50)
    E Porque ele, Jesus, Veio revelar o Pai(Mateus11:27 e João1:18)
    …Quem recebece um Disci e 1°pulo de Jesus, Recebia a Jesus e por concordancia, O Pai(João13:20)

    Sobre joão14:16 e 1°Corintios3:16 ((Deixa pro Saga, você Respondeu ele, sobre o E.S)

    E sobre joao1:1 deixa pro queruwim ou alguém que conheça do Grego..

    ((to na rua, posso errar nas citaçoes))

    Curtir

  • kl  On 19 jul 2015 at 22:47

    É interessante nota que o termo “Deus ” e “filho de Deus” é aplicado nas escrituras sagradas tanto a Jesus como aos Anjos. Porém nunca chegou ao meu conhecimento que defesores da doutrina trinitária tenham defendido que os anjos tenham a mesma essência que Jeová assim como defendem que Jesus tem!

    Curtir

  • Saga  On 20 jul 2015 at 2:37

    Asaph

    Pergunta:
    Saga On 15 de julho de 2015 at 13:37
    Saga On 16 de julho de 2015 at 22:2
    Saga On 17 de julho de 2015 at 4:23
    Sugiro que algum trinitário me explique porque o espírito santo está sujeito ao Filho e o Pai não está, pois a passagem diz que todas as coisas foram sujeitas a Cristo, e curiosamente não se exclui o espírito santo dessa sujeição. [3] Então, Asaph tem a chance de explicar porque o Filho está sujeito ao Pai e porque o Espírito Santo está sujeito ao Filho

    Resposta:
    Asaph On 19 de julho de 2015 at 19:28
    O Espírito Santo é Deus.

    Quatro dias para me responder e quando vai responder não diz nada.

    Essa o Daniel Oliveira vai printar e colocar no site dele.

    Curtir

  • Marcelo  On 20 jul 2015 at 3:49

    O Asaph parecia promissor. Deu resposta objetiva. Mas sem base biblica para apoiar seu ponto. Mas dai fez como todo o trinitario. Rodeou usou de emoção e todos os seu argumentos pro-trindade (inclusive jo 1:1) mas se esqueceu da pergunta.

    Trinitarios se embarassam vez após vez aqui. Eu tava com vontade de pedir ao queruvim que filtrasse os comentários sem Pé nem cabeça mas no fim acho que não é tão ruim pois mostra claramente a confusão que eles acreditam.

    O que sugiro é que agente não entre nesta de refutar argumentos que ja tem artigo pra isto mas que agente apenas lembre eles de RESPONDER as perguntas OBJETIVAMENTE e COM BASE BIBLICA, pois eles não gostam de ouvir apenas de falar e metralhar o velho repeteco de sempre.

    Curtir

  • Saga  On 20 jul 2015 at 14:26

    Pergunta do Saga em 15 de julho de 2015 at 13:37:
    Sugiro que algum trinitário me explique porque o espírito santo está sujeito ao Filho e o Pai não está, pois a passagem diz que todas as coisas foram sujeitas a Cristo, e curiosamente não se exclui o espírito santo dessa sujeição. (Asaph tem a chance de explicar porque o Filho está sujeito ao Pai e porque o Espírito Santo está sujeito ao Filho…)

    Resposta do Asaph em 19 de julho de 2015 at 19:28:
    O Espírito Santo é Deus

    Então, me lembra aquele pastor baiano do vídeo batistas vs TJ, os irmãos notem que alguns trinitários que se julgam esclarecidos simplesmente gravam algumas frases prontas para repetir repetidamente como se fossem esclarecimentos, quando não deixam de correr em círculos, exemplos no questionário abaixo:

    Unitário: P – Como podemos a aprender mais sobre Deus?
    Trinitário: R= Jesus é Deus.

    Unitário: P – Segundo diz João 14:28, o Filho é menor ou igual ao Pai?
    Trinitário: R= .Jesus é Deus!

    Unitário: P – Como Jesus pode ter morrido se Deus é imortal?
    Trinitário: R= .Jesus é 100% homem e 100% Deus.

    Unitário: P – Quem é Deus segundo a Bíblia?
    Trinitário: R= A Santíssima Trindade são três pessoas em um só Deus, como unidade, não são três deuses. Deus é uno e trino.

    Unitário: P – Mas a Bíblia diz que Jeová é um só! (Dt 6:4 . Mc 12:29)
    Trinitário: R= A são três pessoas em um só Deus, em unidade, não são três deuses. então Deus continua sendo uno, um em Divindade mas é trino também, trino em pessoa.

    Unitário: P – Há lógica nisso, como Deus poderia ser três e ser um?
    Trinitário: R= A Trindade é um mistério:. Três pessoas e um só Deus.

    Unitário: P – Como João 17:3 pode dizer que só o Pai é único Deus verdadeiro?
    Trinitário: R= É que o Pai é Deus. O Filho é Deus. O Espírito Santo é Deus. Três pessoas, um Deus, único e verdadeiro e não três deuses.

    Unitário: P – Jesus diz que Jeová é um, o escriba reafirma que Jeová é um e não existe outro senão ele, e Jesus concorda, não há espaço para Trindade neste texto, Jeová Deus é descrito como uma só pessoa (Marcos 12:29-34)
    Trinitário: R= Mas Deus é um só, é único em natureza, mas três em pessoas, a Trindade é um só Deus e não três deuses.

    Unitário: P – Por que Jesus reprendeu um homem que o chamou de bom dizendo que apenas Deus era bom? (Marcos 10:18)
    Trinitário: R= Porque Jesus é Deus.

    Unitário: P – Por que é dito que o pecado contra o espírito pode ser perdoado se o pecado contra Cristo pode? (Mateus 12:32)
    Trinitário: R= Porque o Espírito Santo é Deus.

    Unitário: P – Se Jesus é Deus, como pode dizer Deus meu por que me abandonaste? Teria Jesus abandonado a si mesmo?
    Trinitário: R= Jesus é Deus e Homem.

    Unitário: P – Jesus é realmente onisciente? Pois ele disse em Mateus 24:36 que apenas o Pai sabia o dia e a hora de sua vinda.
    Trinitário: R= É. Pois Jesus é Deus.

    Unitário: P – Mateus 24:36 que nem o Filho sabia o dia e a hora de sua vinda, unicamente o Pai, mas e o Espírito Santo, sabia ou não sabia? .
    Trinitário: R= Sabia. Porque o Espírito Santo é Deus.

    Unitário: P – A palavra grega proskyneo pode ser aplicada a reverência prestada a reis, governantes e autoridades e também a adoração de deuses. No caso dos magos que trouxeram presentes a Jesus, dos soldados romanos que zombavam dele e do cego que se curvou diante dele, qual era o sentido da palavra, reverência ou adoração? Por que? Como saber qual o sentido pretendido?
    Trinitário: R= Adoração porque…. Jesus é Deus.

    Unitário: P – Ainda sobre proskyneo. Vocês dizem que Jesus está sendo adorado quando referido com a palavra proskyneo porque acham que ele é Deus ou querem comprovar que ele é Deus porque é supostamente adorado através dessa palavra? Qual a conclusão e qual a premissa que vocês usam para traduzir a palavra proskyneo corretamente já que ela tem vários sentidos?
    Trinitário: R= Jesus é Deus, e deve ser adorado.

    Unitário: P – Jesus ensinou a orar ao Pai, por isso nós TJs, oramos ao Pai em nome de Jesus Cristo. Qual base bíblica de vocês para orarem ao espírito santo?
    Trinitário: R= O Espírito Santo é Deus, a Terceira Pessoa da Trindade.

    Vocês entenderam o que eu quis dizer?

    Independente do que você pergunte as respostas robotizadas não variam, sempre andam em círculos e retornam a mesma premissa preconcebida.

    Curtir

  • Isaque  On 20 jul 2015 at 17:28

    Outro ponto interessante que algum trinitário poderia explicar é o seguinte:

    Segundo Salmos 90:2 Deus é incriado, ou seja, sempre existiu, não teve princípio.

    Em Colossenses 1:15 lemos que Jesus Cristo é “o primogênito de toda a criação”, ou seja, o Filho TEVE UM COMEÇO, FOI CRIADO, TEVE UM PRINCÍPIO.

    Isso significa que houve um período no qual o Filho não existia. O Filho só passou a ganhar existência a partir da sua criação pelo seu Pai, Jeová Deus.

    Então como Deus e Cristo podem ser a mesma pessoa se Deus sempre existiu enquanto o Filho sem sempre existiu ?

    Curtir

  • karmo2010  On 20 jul 2015 at 17:44

    Saga, dessa forma como tu expõe o assunto, se abre o precedente para pessoa criar qualquer doutrina e dizer que se baseia na Bíblia, pois daí descartam a lógica como desnecessária para o entendimento das declarações divinas. E acredito que é justamente isso o que acontece nas religiões do mundo.

    As pessoas pegam aquilo que lhes agrada como crença e tentam enxertar dentro do conjunto dos ensinos bíblicos. Desse forma há aqueles, por exemplo, que justificam a crença na reencarnação dizendo-se basear na Bíblia, apesar do fato que a Bíblia não sustenta tal crença.

    E temos os trinitários, que como você diz, só sabem repetir roboticamente que Jesus é O Deus todo-poderoso, sem embasar suas crenças na lógica e nas próprias declarações de Jesus.

    Seria cômico um trinitário se deparar com Jesus e teimar com Cristo de que o Pai é maior do ele, que temos de adorar o Pai, e que não existe uma suposta terceira pessoa duma fictícia trindade.

    Curtir

  • karmo2010  On 20 jul 2015 at 17:51

    Caro Asaph, tu disseste:

    Se falto compreensão no que disse vai ficar para a próxima. Foi bem objetivo no último post. Não é teatro. Devemos imitar Cristo. Todos homem deve ser sujeitar a Deus.

    Entendi que você disse que todo homem deve imitar a Cristo, pois todo homem deve se sujeitar a Deus. Cristo então se sujeita a Deus, não é isso?

    Parece que estamos chegando perto da questão de 1 Cor 15:27. Se Cristo se sujeita a Deus, então ele não é o próprio Deus a quem se sujeita. E se a sujeição não é teatro, conforme você mesmo reconheceu, então existe uma hierarquia.

    Agora só falta você responder: Neste texto de 1 Cor 15:27, quem é o único que não está sujeito a ninguém?

    Curtir

  • Wagner  On 20 jul 2015 at 23:10

    Realmente Saga isso e verdade tive recentemente uma palestra com um evangélico pentecostal e quando ele disse que acreditava na trindade eu ja conhecendo a confusao doutrinaria acerca dessa crença lhe pedi que a definisse para mim fiquei surpreso quando ele disse o espirito santo “é o poder de Deus e não uma pessoa”.Mas quando perguntei sobre Jesus ele disse que era igual ao pai e todo texto que eu usava que mostrava o contrario ele sempre dizia: “Jesus é o verbo”, “Jesus é o verbo” … … e quando eu perguntei o que isso significa ele disse: “Jesus é Deus”.

    Depois alguns ainda dizem que nós e que sofremos lavagem cerebral.

    Curtir

    • Queruvim  On 20 jul 2015 at 23:24

      🙂 🙂 Essa foi boa Wagner! Ele contradisse todos os outros de sua Igreja! 🙂 🙂

      É todo um contexto geral das Escrituras e avaliações de todos eles JUNTOS além de um estudo gramatical que pesam claramente em desacordo com a interpretação trinitariana. Como ficariam os diversos textos que indicam que o espírito santo “borbulha” Provérbios 1:23 que este foi retirado de Moisés e distribuído sobre 70 homens ? (Números 11:17 ) Será que eu diria que “alguém (i.e a Pessoa do Espírito Santo) foi retirado de Moisés, e distribuído para 70 homens e não estava mais em Moisés? Ou foi retirado APENAS UM POUCO desta suposta “pessoa” ficando parte em Moisés e parte distribuída entre 70 homens? Este texto é um desafio intransponível para os fantasiosos trinitários. Ademais, borbulhar este espírito(Prov. 1:23) “Derramar” a este (Atos 2) não são expressões empregadas com referência a pessoas, mas a coisas impessoais.

      Curtir

  • Kyo  On 21 jul 2015 at 0:00

    “Nenhuma afirmação acerca de Deus pode fazer sentido, isso para não entrar no mérito da sua veracidade, se não estiver de acordo com as leis irrevogáveis do raciocínio.”
    – Norman L. Geisler

    Curtir

  • cleyton  On 21 jul 2015 at 9:57

    já que as pessoas que defendem a trindade não se manifestaram,vou dizer porque: é porque ele o próprio jesus cristo está em sujeição ao pai e todo poderoso Jeová Deus. 1 coríntios 11:3

    Curtir

  • Saga  On 21 jul 2015 at 11:10

    WAGNER:

    "Realmente Saga isso e verdade tive recentemente uma palestra com um evangélico pentecostal [...] ele disse que acreditava na trindade [mas] ele disse o espirito santo “é o poder de Deus e não uma pessoa” [...] sobre Jesus ele disse que era igual ao pai [...] “Jesus é Deus”.

    A Trindade para este pentecostal se resumia a Jesus ser Deus, ele até aceitava abrir mão do espírito santo, que como pentecostal é algo que eles mencionam bastante por estarem sempre envolvidos com os dons, mencionam bastante e ligam sempre com fogo e poder. É interessante que não negociam que Jesus é Deus e nem o uso da palavra Trindade, mesmo que não creiam na mesma Trindade criada pela teologia dos credos. Veja o caso de gente como Asaph, que continua fazendo uso da palavra, embora no fim das contas creia diferente de como ela é ensinada.

    Curtir

  • cleyton  On 21 jul 2015 at 15:00

    Ô doutrina confusa essa, se os três são um, porque eles nunca dizem que Jesus é o espírito santos? é de dá nó no cérebro .

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 21 jul 2015 at 16:00

    Domingo no campo encontrei uma senhora da Igreja de Deus, daquelas que pregam a Deusa Mãe Celestial…(dos chineses) disse que sua família tinha muitos Tjs, inclusive já estudou muito, mas nunca obteve as respostas e sentia uma vazio, vazio esse preenchido com essa nova Igreja.

    Como eles pregam de casa em casa também (embora bem menos que nós) ela quis pregar pra mim, e eu deixei só pra ver o que ela diria (já que meu parceiro foi entregar o convite pra ela e já foi logo cortando o assunto).

    Ela disse que Deus é trino. E citou como exemplo dizendo que eu sou marido, pai e filho…kkkkk mas eu refutei ela dizendo que isso é unicismo, não trindade.

    Mas eles mesmos não creem na trindade. Eles creem no Deus Pai (Jesus) e na Deusa Mãe. Jesus tem até um novo nome, citando ela Apocalipse 3:12…Jesus não sei o quê lá. (Algo como Jesus oschalan)

    Após ela me ler Apocalipse 3:12, eu lhe perguntei se Jesus era Deus? Resposta: “Sim”…

    Depois mencionei que no texto Jesus chama alguém 04 vezes de “Meu Deus”…lhe perguntei: “Qual é o nome do Deus de Jesus”? Resposta: “Deus”

    Lhe perguntei de novo: “Esse Deus tem nome”? Depois de muita relutância e insistência na mesma pergunta de minha parte, ela disse “Jeová”.

    Então conclui: “Obviamente, Jesus não é O Deus Todo – Poderoso, segundo ele mesmo diz e pra confirmar, queria que você lesse o também o verso 14”.

    Depois de ela ler, raciocinei: “Novamente, aqui vemos que o próprio Cristo diz que ele é o princípio da criação de Deus, portanto, teve início e não é eterno, mostrando que ele não O Deus”.

    Sabe o que ela me disse? “É, vocês interpretam de uma forma viu” (e balançando a cabeça negativamente)… continua ela: “Jesus é Deus sim e é eterno”.

    Lhe disse: “Não foi o que o próprio Jesus disse nos dois versos que lemos, então eu prefiro crer nele. Leiamos também Colossenses 1:15.”

    Depois de ler, aí ela fez uso de um artifício que eu descobrir que ela sempre usa quando o tiro sai pela culatra: ela diz que é recém convertida e por isso não sabe explicar tudo (eu contei pra alguns irmãos e eles já me disseram que ela sempre prega a mesma coisa e quando refutada diz isso).

    No final, ela disse que ia perguntar pro pastor o que significa Apocalipse 3:14 e depois me dava a resposta. Vamos ver o que ele diz.

    Agora estou estudando sobre a tal da Mãe Celestial. Vou lá ajudar essa senhora, porque sinceramente, nunca ouvi tanta bobagem a esse respeito.

    Só Jeová mesmo pra ajudar essas pessoas com conhecimento verdadeiro.

    Curtir

  • Isaque  On 22 jul 2015 at 0:52

    Hahahaha, poxa vida, nunca ri tanto com um comentário.
    Não sei se sinto pena ou se fico rindo mesmo.
    É cada um que aparece.

    Curtir

  • cleyton  On 22 jul 2015 at 11:29

    o grande problema dos trinitários é que não leem a bíblia
    como um todo e com lógica. por exemplo: se apegam a Mateus 10:20
    para apoiar sua crença que o espírito santo é uma pessoa à parte de Deus.
    só que não usam a mesma lógica para com o restante das escrituras.
    exemplo: compare mateus 10:20( onde eles veem o espírito santo como
    uma pessoa)com Gálatas 4:6.seguindo a mesma linha de raciocínio o espírito do filho
    teria de ser TAMBÉM uma pessoa à parte do filho.
    CONCLUSÃO: NÃO SÃO MAIS TRÊS, MAS SIM QUATRO PESSOAS.

    Curtir

  • Luciano  On 24 maio 2017 at 21:52

    Isaias 42:1 – Jeová põe ALGO em Jesus;
    Isaias 61:1 – Jesus recebe ALGO e confirma;
    Lucas 1:15 – O anjo confirma que Jesus foi cheio de ALGO;
    Lucas 4:1 – ALGO age em Jesus;
    João 20:21,22 – Jesus repassa ALGO aos 11;
    Atos 2:2-4,33 – Jesus derrama ALGO a mais discípulos;
    Atos 2:38 – ALGO é reconhecido como dádiva;
    Atos 15:8 – Paulo confirma que ALGO vem de Deus.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s