O Nome de Deus “Jeová” em textos gregos e semíticos primitivos


Pistis Sophia

Idioma original GREGO

Os gnósticos e praticantes de magia do segundo século visando seus objetivos espancionistas tinham o hábito de citar deuses pagãos e até mesmo o Nome de Deus em seus escritos. Podemos ver um exemplo claro no uso que fizeram do tetragrama na forma IAO, uma forma grega do Nome, usada por diversos escritores antes e depois de Cristo, no mundo grego. (Por exemplo, por Alexandre , o Polimata, Diodoro Sículo, Celsus  que ligaram o Nome com a pessoa de Moisés e muitos outros) 

[Papiro Grego CXXI ” PISTIS SOPHIA”  (do 3º séc.), Biblioteca do Museu Britânico.] 

Datado como sendo de 200-255 E.C

pap_greek_iewa

O Nome de Deus,  amplamente usado hoje e pronunciado JEOVÁ, certamente era usado pelos primitivos cristãos. Assim como hoje pronunciamos o nome “Antonio”  de diferentes maneiras em diferentes países, por exemplo,  “Antony” nos Estados Unidos, o mesmo ocorreu com o Nome de Deus. Dependendo do local geográfico, este era pronunciado de modo diferente. Por exemplo,  os judeus que falavam grego pronunciavam IAO, outros no passado o pronunciavam de acordo com a facilidade fonética pertinente a seu próprio idioma. O que importa não é a exata pronúncia, (veja isto aqui)  mas usar o Nome que identifica o Verdadeiro Deus. Em 1952,  fragmentos de um rolo dos 12 profetas, em grego,   foram encontrados em uma caverna em Nahal Hever no deserto da Judéia.  Père D. Barthelemy em 1953 anunciou a descoberta que foi publicada anos depois e datada como sendo do início do primeiro século. Este padrão indica que o Nome de Deus não era substituído pela palavra “Senhor” nos mais antigos mss tanto da LXX e  evidentemente nos autógrafos do “Novo Testamento”. Apesar destes fortes  indícios , os teólogos e críticos da TNM persistem em afirmar de modo teimoso que os escritores do N.T não usaram o Nome de Deus. Isto está na contra mão de claros indícios, devido a  hostilidade religiosa e interpretação tendenciosa. Abandonam o bom senso e  atribuem contra as Testemunhas de Jeová a acusação de tendencia ou bias, algo que eles mesmos praticam. O método científico de investigação é simplesmente abandonado a favor de “religião”. São tão descuidados, que se juntam aos apóstatas, ou ex Testemunhas de Jeová e acabam se esquecendo que há centenas de versões do N.T que sequer são das “Testemunhas de Jeová”, que também decidiram com base no bom senso e nas evidências sugeridas pela pesquisa do acervo textual, que o Nome de Deus deve constar no N.T principalmente em passagens do N.T onde se fazem citações de textos do V.T onde ocorre O Nome.  

Lxx_minor_prophets

Charles William King escreveu em 1887 falando sobre um escrito antigo intitulado “Sobre Interpretações”, escritos estes produzidos no segundo século, menciona o Nome de Deus, o “Ser Supremo”, como sendo pronunciado pelos egipcios pelas sete vogais gregas IEEOOYA. Como pode ver na página 319 de sua obra na figura abaixo .^ Charles William King, The Gnostics and their remains: Ancient and Mediaeval (1887), pp. 199-200.

O vídeo abaixo, do Discovery Channel, apresenta a partir dos 35 min. e 40 seg. UMA INSCRIÇÃO que parece apresentar claramente o Nome de Deus. Apesar disso cada dia aparece mais um “entendido” tentando de todas as maneiras, confundir o assunto e sepultar novamente qualquer menção desta possibilidade. 

Dê uma olhada no vídeo abaixo no 38:20 min. ONDE OCORRE O NOME DE DEUS (ainda em discussão pelos eruditos)

No vídeo o narrador chega ao absurdo de dizer que “O Nome Jeová não deveria estar ali” . Existe uma clara HOSTILIDADE CONTRA  O NOME. Contudo, se os críticos   estiverem equivocados quanto a inscrição do tetragrama no túmulo de talpiot, e espero que estejam, então, esta inscrição seria uma prova de que os primitivos cristãos de fato usavam o Nome de Deus como  já era costume entre os judeus a milênios. (São convincentes os motivos apresentados para não se usar o Nome de Deus? )

Dioscorides que viveu entre os anos 40-90 E.C, implora a Deus da seguinte maneira: “Onde quer que eu esteja  no cosmos, que é assunto para mim, sê comigo, Senhor Deus IAO, IAO  ‘(edn. Zuretti 1934, 166).

4 Regn. (2 Kings) xxiii. 21—24.

LXX. (Cod. B94). Aquila.

21καὶ ἐνετείλατο ὁ βασηλεὺς παντὶ τῷ λαῷ λέγων Ποιήσατε πάσχα τῷ κυρίῳ θεῷ ἡμῶν, καθὼς γέγραπται ἐπὶ βιβλίου τῆς διαθήκης ταύτης. 22ὅτι οὐκ ἐγενήθη τὸ πάσχα τοῦτο ἀφ᾿ ἡμερῶν τῶν κριτῶν οἳ ἔκρινον τὸν Ἰσραήλ, καὶ πάσας τὰ͟ς ἡμέρας βασιλέων Ἰσραὴλ καὶ βασιλέων Ἰούδα· 23ὅτι ἀλλ᾿ ἢ τῷ ὀκτωκαιδεκάτῳ ἔτει τοῦ βασιλέως Ἰωσεία ἐγενήθη τὸ πάσχα τῷ κυρίῳ ἐν Ἰερουσαλήμ. 24καί γε τοὺς θελητὰς καὶ τοὺς γνωριστὰς καὶ τὰ θεραφεὶν καὶ τὰ εἴδωλα καὶ πάντα τὰ προσοχθίσματα τὰ γεγονότα ἐν γῇ Ἰούδα καὶ ἐν Ἰερουσαλὴμ ἐξῆρεν Ἰωσείας, ἵνα στήσῃ τοὺς λόγους τοῦ νόμου τοὺς γεγραμμένους ἐπὶ τῷ βιβλίῳ οὗ εὗρεν Χελκείας ὁ ἱερεὺς ἐν οἴκῳ Κυρίου.

21καὶ ἐνετείλαπο ὁ βασιλεὺς σὺν παντὶ τῷ λαῷ τῷ λέγειν Ποιήσατε φέσα τῷ  θεῷ ὑμῶν κατὰ τὸ γεγραμμένον ἐπὶ βιβλίου τῆς συνθήκης ταύτης. 22ὅτι οὐκ ἐποιήθη κατὰ τὸ φέσα τοῦτο ἀπὸ ἡμερῶν τῶν κριτῶν οἳ ἔκριναν τὸν Ἰσραὴλ καὶ πασῶν ἡμερῶν βασιλέων Ἰσραὴλ καὶ βασιλέων Ἰούδα· 23ὅτι ἀλλὰ ἐν ὀκτωκαιδεκάτῳ ἔτει τοῦ βασιλέως Ἰωσιαοὺ ἐποιήθη τὸ φέσα τοῦτο τῷ  ἐν Ἰερουσαλήμ. 24καὶ καί γε σὺν τοὺς μάγους καὶ σὺν τοὺς γνωριστὰς καὶ σὺν τὰ μορφώματα καὶ σὺν τὰ καθάρματα καὶ σὺν πάντα προσοχθίσματα ἃ ὡράθησαν ἐν γῇ Ἰούδα καὶ ἐν Ἰερουσαλὴμ ἐπέλεξεν Ἰωσιαού, ὅπως ἀναστήσῃ τὰ ῥήματα τοῦ νόμου τὰ γεγραμμένα ἐπὶ τοῦ βιβλίου [οὗ εὗρεν] Ἑλκιαοὺ ὁ ἱερεὺς οἴκῳ Κυρίου95

 http://www.ccel.org/ccel/swete/greekot.iii.ii.html

ESTE ARTIGO ESTÁ SENDO ATUALIZADO COM REGULARIDADE, VOLTE MAIS VEZES AQUI NESTA PÁGINA! 

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Alexei  On 25 de outubro de 2013 at 23:42

    Onde está escrito que os seguidores de Jesus o chamavam pelo Nome de Deus? Os judeus dominantes abominavam usar o nome por alienação, mas os discípulos cristãos foram exortados por Jesus a santificar o Nome. Nos tempos após a morte do último apóstolo fiel a apostasia fez com que os professos cristão lutassem contra essa prática, impedindo, perseguindo, intimidando e até mesmo matando aqueles que se apegavam a algo tão belo.
    Sei que mais descobertas arqueológicas surgirão para comprovar isso, aí, nem mesmo essa ideia pré-concebida não mais terá desculpas para tentar tapar o sol com a peneira. A luz brilhará mas alguns ainda assim irão preferir a escuridão. Deus Jeová, levante!!!

    Curtir

  • Saga  On 26 de outubro de 2013 at 22:19

    Queruvim

    Eu tenho uma sugestão de tópico, esse pode demorar, mas valeria a pena.

    A Bíblia diz que Deus iria separa um povo para seu nome certo?
    Então o tópico falaria sobre como as religiões e igrejas veem o nome de Deus.

    – O nome de Deus e a Igreja Católica (Vaticano, os Papas, os membros que conhecemos nesse país mais católico do mundo, a JMJ que teve esse ano, etc)
    A instrução recente do Vaticano para abandonar o crescente costume que tava se criando no meio católico de ser usar “Javé”.

    – O nome de Deus e os Evangélicos, a justificativa da tradução evangélica NVI para omitir o nome de Jeová (O fracasso da antiga Tradução Brasileira?). Como num certo canal que pertence a uma igreja evangélica são feitas “séries bíblicas” que excluem o nome de Deus. A confusão que se faz no culturalmente protestante EUA com LORD e GOD como se fossem sinônimos, assim criando uma confusão entre Deus e Jesus. A insistência evangélica que na verdade o nome de Deus é “Eu Sou”, sendo que esse “grande eu sou” é Jesus Cristo.

    -O nome de Deus e o Islamismo. (Se o Corão é o livro de Deus porque não diz o nome dele? Alá é nome?)

    -O nome de Deus e o Espiritismo (Os espíritas falam tanto em Jesus, gostam de apelar a passagens bíblicas dos evangelhos, muitos se denominam cristãos ou sincretizam com católicos, mas e qual seu conceito sobre “JEOVÀ” ? Seria um Deus bárbaro e irado, o Deus cruel do AT criado pela imaginação de hebreus ignorante?)

    – O nome de Deus e o Judaísmo

    -O nome de Deus e o ecumenismo (O fato de ter um Deus anônimo não é para tentar facilitar o interconfessionalismo onde pessoas de diferentes religiões dizem que estão seguindo a “DEUS” ? Assim hindus, islâmicos, maçons, católicos e espíritas dizem que estão seguindo o mesmo Deus, apesar dos diferentes rótulos, Brahma, Krishna, Alá, Gadu, Dominus…que por sinal devem ser evitados ao máximo em favor de termos neutros como Deus, Senhor, Criador, Força Maior e etc)

    NOTA:
    Perceba que a IASD coloca tanta ênfase no lance do Sábado mas é totalmente tímida na defesa do nome de Deus. Por que será????? Será pelo mesmo motivo que consentiram com as outras igrejas na questão da Trindade? (Os adventistas não eram trinitários, mas uma virada estratégica aconteceu para se afastarem ao máximo das odiadas TJs e não mais serem consideradas uma “seita” e sim serem aceitos como parte dos chamados “evangélicos”). Com certeza serve como mais uma forma prática de afastar-se da imagem de “seita semelhante a TJs”, adventistas falam muito da profética expressão “Assim diz o SENHOR”, expressão essa que obviamente não está nas Escrituras é claro….mas demonstra que nosso amigos são ainda subservientes a tradições eclesiásticas

    Percebam no nosso dia dia, na pregação, que é difícil desvincular o nome “Jeová” com as “Testemunhas de Jeová”. A aversão é grande.

    Curtir

  • Queruvim  On 26 de outubro de 2013 at 22:48

    Can you write?

    Curtir

  • Queruvim  On 26 de outubro de 2013 at 22:49

    Apreciei a idéia.

    Curtir

  • Saga  On 27 de outubro de 2013 at 15:33

    Seria possível, mas eu ia demorar bastante fazendo por pedaços, pois ia exigir as referências. É diferente do que se faz na área de comentários onde a gente vai escrevendo o que vem na cabeça.

    Curtir

  • Eduardo Andrade  On 31 de outubro de 2013 at 2:42

    Certos doutrinadores e (in)pastores protestantes têm criticado a Tradução do Novo Mundo das escrituras Sagradas porque o Nome de Deus, Jeová ,está incluído nas escrituras gregas cristãs ou novo testamento,mas que nos manuscritos gregos o Nome de Deus não ocorre.Só que eles não sabem que esses manuscritos são cópias e não os originais que eram de uso comum na igreja cristã primitiva no tempo dos apóstolos.Certamente que nesses manuscritos gregos originais,o Nome de Deus estava incluído por dois motivos:1.°) Mesmo que alguns israelitas não pronunciassem o Nome de Deus por seguir tradições e filosofias de homens,eles não o retiraram dos seus manuscritos e isso pode ser confirmado nos dias de hoje. 2.°) Os cristãos,seguindo o exemplo de Jesus Cristo e inspirados por Deus,o Pai jamais seguiriam tradições e doutrinas de homens,no entanto,devido a apostasia que passou a ocorrer depois do segundo século E.C.,houve pessoas que desviaram-se da fé e seguiram tradições e filosofias de homens e o Nome de Deus foi retirado dos manuscritos gregos do novo testamento e isso foi confirmado mostrando-se textos da septuaginta em que o Nome de Deus estava incluído,antes da vinda de Jesus Cristo à Terra,e nos mesmos textos da septuaginta feitos a depois do segundo século E.C,o Nome de Deus foi retirado mostrando um forte indício da atuação dos apóstatas e que seguiam o paganismo e acreditavam em vários deuses e que esse paganismo é a base da igreja de Roma nos dias de hoje.Esse fato que o nome de Deus,Jeová,é citado em textos gregos é uma forte evidência que o Santo Nome de Deus estava incluído nos textos do novo testamento e pode haver descobertas arqueológicas que encontrem manuscritos gregos do novo testamentos que incluem o Nome de Jeová Deus,assim dessa forma,a verdade silenciará esses falsos doutrinadores e (in)pastores que não conhecem a verdade.

    Curtir

  • Marcelo  On 31 de outubro de 2013 at 12:27

    Excelente defesa. Discordo de um ponto, porém:

    “assim dessa forma,a verdade silenciará esses falsos doutrinadores e (in)pastores que não conhecem a verdade”.

    A verdade não silencia estes sujeitos, pois eles não estão interessados na verdade e sim em fazer terrorismo com a verdade.

    Curtir

  • Lyhmah  On 15 de fevereiro de 2014 at 13:44

    Bem, eu li tudo direitinho, pois ando a procura do verdadeiro nome de Deus,e do que eu sei,no teta-grama a sua leitura é da esquerda para a direita,logo os nomes Javé,jeová,ya,yod,yavé,e por ai fora ,não são correctos,alem de que a letra “J” não existe nas línguas antigas, nenhuma religião ou org. ou pessoa,pode afirmar “assim é o nome”,agora a pergunta surge, o porquê de esse nome ter sido modificado e retirado,e criando assim cada vez mais confusão nas pessoas?
    Porquê, de se adorar mais a Cristo,ou a Marias, ou a trindades,ou a profetas, do que a Deus?
    Porquê tantas interpretações de vários credos, e tudo retirado da bíblia?
    Porquê,que só estes 66 ou 70 livros escolhidos?
    Bem, uma resposta me surgiu depois de muitos dias de pesquisa e estudo e reflexão, não vou ser complicado na resposta,pois quanto mais simples melhor.
    Tudo por causa da futura nova ordem mundial, que os políticos (governantes) e (religiosos),estão preparando a centenas de anos. (centenas de anos?) Sim, desde a escravatura de negros que a cristandade fala de enviar escravos para o novo mundo (agora Nova ordem mundial).
    E nada melhor que vir alguém no futuro (o falso jesus),juntamente com o falso profeta,resolver de uma vez por todas (juntar todas as religiões numa só e obrigar todos a aceitar as suas doutrinas.) a dar exemplo o ajuntamento de todas as religiões para orarem pela paz no mundo feita em Assis e gerida pela igreja Católica à já alguns anos atrás.

    Curtir

  • Lyhmah  On 15 de fevereiro de 2014 at 13:49

    Errata:onde eu escrevi a leitura do tetagrama do nome de Deus,a sua leitura é e deve ser feita da direita para a esquerda,assim como a sua língua original Hebraico é feita mesmo em nossos dias.
    As minhas desculpas pelo lapso. lyhmah

    Curtir

  • Queruvim  On 15 de fevereiro de 2014 at 22:31

    Sua opinião de que o J “não existe em hebraico” é algo, ao meu ver sem sentido. Até porque os Escritores do N.T não preservaram a pronúncia exata de nomes de cidades ou pessoas ao escreverem o texto do N.T. Nem tampouco os judeus de Alexandria ao produzirem a LXX.

    Curtir

  • Jeosadá  On 15 de fevereiro de 2014 at 23:02

    Lyhmah, as Testemunhas de Jeová não estavam presentes em Assis. Elas não praticam o Ecumenismo.

    Elas mantem total neutralidade para com a política e para com as guerras.

    Identificam corretamente a Grande Meretriz, Babilônia A Grande como o Império Mundial da Religião Falsa.

    Sugiro a leitura do seguinte artigo:
    “http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2012681?q=Babil%C3%B4nia+a+grande&p=par”

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s