Filipenses 2:6 “Harpazo” ἁρπάζω


ἁρπάζω

Este artigo demonstra como algumas traduções da Bíblia estão distorcendo o sentido correto de palavras gregas a fim de sutilmente promoverem a doutrina da trindade. (As adulterações sutís  podem ser atestadas ao se consultar, não a teologia de nossa preferência, mas léxicos e dicionários respeitados e fontes até mesmos trinitárias!)

The Expositor’s Greek Testament diz:

“Não conseguimos encontrar nenhuma passagem onde [har·pá·zo], ou qualquer palavra derivada dela [incluindo har·pag·món], tem o sentido de ‘ter posse’, ‘reter’. Parece significar invariavelmente‘apoderar-se’, ‘arrancar violentamente’. Portanto, não se pode transformar o verdadeiro sentido de ‘apossar-se’ para um totalmente diferente, para o de ‘apegar-se’.” — (Grand Rapids, Mich., EUA; 1967), editado por W. Robertson Nicoll, Vol. III, pp. 436, 437.

Observe como algumas versões da Bíblia em Inglês vertem a palavra grega harpágmos :

1 . ” Ele não pensou em arrebatar a[ harpagmos, ἁρπαγμὸς ] igualdade com Deus ” [1] – NEB .

2 . ” Ele não imaginou que pela força [ harpagmos ] devesse tentar tornar-se igual a Deus” – TEV (e GNB) .

Acreditamos que as traduções da Bíblia NEB e TEV, elas mesmas produzidas por trinitários, verteram esta parte de Fil.  2:6 com o significado pretendido pelo escritor original devido ao óbvio significado da palavra grega empregada.

Poderia haver alguma dúvida sobre o significado da palavra harpágmos se olhássemos apenas para as Escrituras do NT grego (uma vez que  harpagmos ocorre apenas em Fil . 2:6 em todo o Novo Testamento ). Teríamos, então, apenas uma referência para a pesquisa de  harpágmos para determinar seu significado pretendido.

 Ainda assim, a Concordância Exaustiva de Strong ( de um escritor trinitário e de uma editora trinitária) nos diz que harpagmos significa ” tomar ” e que deriva-se de harpazo que significa : “apoderar-se … arrebatar, arrancar, tomar (a força ) ” . – # 725 e 726, Abingdon Press, impressão de 1974. Ao recorrermos então a LXX observaremos que as 16 vezes em que harpagmos ocorre no texto grego do Velho Testamento em suas formas, jamais se refere a um ato passivo de obtenção de algo, mas sim a um ato forçado. Isto é o que afirma até mesmo uma obra trinitária,  A  Concordance of the Septuagint, de Zondervan, p. 32.

A  New American Standard Concordance of the Bible (também produzida por trinitários ) nos diz :

harpagmos, proveniente de[ harpazo ] , refere-se ao ato de apreensão ou a coisa apreendida. ” E , ” harpazo … apoderar-se, apanhar, arrebatar “.  – # 725 e # 726, Bíblia Holman Publ.  de 1981. Observe que tudo tem a ver com a tomada de algo pela força.

Mesmo o especialista em grego do Novo Testamento, o trinitário W. E Vine , teve que admitir que harpagmos é “semelhante a harpazo , apoderar-se, levar consigo à força. “ – P. 887, An Expository Dictionary of New Testament Words.

E o trinitário The New International Dictionary of New Testament Theology nos diz que a maioria dos eruditos da Bíblia ( obviamente trinitários fazendo aquilo em que são bons, a saber, distorcer sutilmente traduções do grego a fim de enxertar suas doutrinas tradicionais no texto da palavra de Deus):

” tomaram harpagmos como significando uma coisa saqueada ou apreendida … e assim espólio, montante ou um prêmio de guerra. ” – P. 604, vol . 3 , Zondervan, 1986.

A chave para ambas as palavras ( harpagmos e sua palavra de origem, harpazo ) é: tirar algo de alguém pela força e contra a sua vontade . E se empregássemos um eufemismo , como “prêmio” usado em uma Bíblia trinitária para harpagmos, tem que ser entendido apenas no mesmo sentido em que um navio pirata  apodera-se à força de outro navio como seu “prêmio”!

A NASB,e muitas outras versões inclusive de língua portuguesa, distorcem o sentido claro de harpagmos a fim de promover  o conceito da trindade. A NASB escolhe uma palavra em Inglês para harpagmos que claramente não carrega o seu pleno significado pretendido: ” [Jesus] não se prevaleceu de sua igualdade com Deus uma coisa que deve ser aproveitada [ harpagmos ]”, quando , é claro , deveria  ser: ” não considerou a igualdade com Deus uma coisa a ser tomada pela força [ harpagmos ] . “

Harpagmos deriva-se de harpazo.

O que podemos dizer sobre harpazo e seu significado?



Strong 726
14 Ocorrências

ἁρπαγησόμεθα — 1 vez.
ἁρπαγέντα — 1 vez.
ἁρπάσαι — 2 vezes
ἁρπάσει — 1 vez.
ἁρπάζει — 2 vezes
ἁρπάζειν — 2 vez
ἁρπάζοντες — 1 vez
ἁρπάζουσιν — 1 vez
ἡρπάγη — 1 vez
ἥρπασεν — 1 vez
ἡρπάσθη — 1 vez

harpazo greek

harpazo grego

harpazo grego harpazo

Em vista destas observações fica claro que em muitos casos, as Igrejas Evangélicas e muitas outras que promovem a doutrina da trindade, ao mesmo tempo criticando a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, estão eles mesmos de forma sutil e enganosa “pervertendo” textos a fim de apoiar suas doutrinas tradicionais.  Veja como traduziram Fil. 2:6 de modo enganoso conforme os textos abaixo:

 Nova Versão Internacional:

Filipenses 2:6  “embora sendo Deus , não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se”

(Obs. o texto original não reza “sendo Deus”, além disso “apegar-se” não é o sentido da palavra grega usada)

Versão : João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

Filipenses 2:6  ” pois ele, subsistindo em forma de Deus, não julgou como usurpação o ser igual a Deus”

Infelizmente muitos  teólogos mudam o sentido da palavra, de ‘usurpar’ ou ‘arrebatar violentamente’, para “aferrar-se”.

( O texto literalmente diz “Não considerou usurpando o ser igual a Deus” ou ainda “Não considerou arrebatar o ser ingual a Deus”) Este texto na Almeida se choca com o contexto, onde lemos que devemos ter humildade mental e considerar os outros como “superiores a nós” (verso 3) e em seguida apresenta-se  o exemplo de Jesus. A Bíblia indica claramente um subordinacionismo de Cristo a Jeová Deus.

Longe de provar que Jesus é Deus, Filipenses 2:6 corretamente traduzido apresenta o contrário!

Quando lemos que Cristo “existia em forma de Deus” isto se dá por que Jesus era, é  e continua sendo muitíssimo poderoso. A Bíblia usa a palavra Deus, em grego theós não de modo exclusivo, se referindo apenas ao Ser Supremo, Jeová Deus. (Para entender isto leia este artigo)

Portanto a forma correta de verter o texto de Fil. 2:6 pode ser vista em algumas versões, felizmente!

1869: “o qual, sendo em forma de Deus, não achou que ter igualdade com Deus fosse algo de que devesse apossar-se.” – The NewTestament, de G. R. Noyes.
1965: “Ele — realmente de natureza divina! — nunca se fez, com auto-confiança, igual a Deus.” Das Neue Testament, edição revisada, de Friedrich Pfäfflin.
1968: “o qual, embora sendo em forma de Deus, não achou que ser igual a Deus fosse algo do que gananciosamente se apoderar.” La Bibbia Concordata.
1970: “Ele não julgou que a igualdade com Deus fosse algo de que se devia apoderar.” Nova Bíblia Americana, edição católica inglesa.
1973: “Ele sempre teve a mesma natureza de Deus, mas não tentou ser, pela força, igual a Deus.” A Bíblia na Linguagem de Hoje.
1985: “O qual, sendo em forma de Deus, não achou que a igualdade com Deus fosse algo do que se apossar.” The New Jerusalem Bible.
1986: “o qual, embora existisse em forma de Deus, não deu consideração a uma usurpação, a saber, que devesse ser igual a Deus.”Tradução do Novo Mundo.

Artigos adicionais a respeito de Filipenses 2:6:

“Direito” ou “usurpação” em Filipenses 2:5, 6? 

É a Tradução do Novo Mundo uma “paráfrase” das Escrituras?  e uma análise de Fil 2:6

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Saga  On 11 nov 2013 at 21:43

    1973: “Ele sempre teve a mesma natureza de Deus, mas não tentou ser, pela força, igual a Deus.” A Bíblia na Linguagem de Hoje.

    1965: “Ele — realmente de natureza divina! — nunca se fez, com auto-confiança, igual a Deus.” Das Neue Testament, edição revisada, de Friedrich Pfäfflin.

    Embora não tenhamos nada contra o termo “natureza divina” em si. há de se lembrar que quando um trinitário fala em “natureza divina” em relação a Cristo ele está se referindo ao conceito trinitário da Dupla Natureza, onde Jesus é 100% Homem e ao mesmo tempo 100% Deus, então “natureza divina” pra eles dá na mesma que dizer que Cristo era Deus Todo Poderoso, a segunda pessoa da Trindade Divina. As traduções acima como teriam sido feitas por trinitários tem essa intenção por trás ao falar em natureza divina/natureza de Deus.

    Curtir

    • Marcelo  On 12 nov 2013 at 10:35

      É engraçado este conceito de 100% Homem e 100% Deus. Eles dizem isto mesmo?

      Alguém já viu uma roupa que é “100% algodão e 100% poliester”?

      Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s