EUA lista a Guarda Revolucionária do Irã como sendo uma organização terrorista


A Administração Trump rotula A Guarda Revolucionária Iraniana como uma ‘organização terrorista estrangeira’ no mais recente movimento para pressionar a República Islâmica.

Os Estados Unidos listaram oficialmente a Guarda Revolucionária do Irã como sendo uma organização terrorista nesta segunda-feira 08 de Abril de 2019. A administração Trump rotulou a Guarda Revolucionária de uma ‘organização terrorista estrangeira’. Boatos sobre este assunto por vários meses já eram ouvidos nos EUA para colocar na lista negra a IRGC (Corpo da Guarda Revolucionária Iraniana)  como organização terrorista. A República Islâmica prometeu uma resposta “esmagadora” se os Estados Unidos continuarem com este objetivo.

As tensões entre os EUA e o Irã já são altas após a retirada de Trump em maio passado do acordo nuclear entre o Irã e as potências mundiais. Trump mais tarde impôs duas rodadas de sanções ao Irã, a última das quais entrou em vigor em novembro de 2018. A Arábia Saudita, rival regional do Irã, e Bahrein, já colocaram na lista negra o Corpo da Guarda Revolucionária e oficiais superiores de sua Força Quds. O presidente dos EUA, Donald Trump, fez da contenção da agressão iraniana um foco de sua política externa. Em maio de 2018, ele se retirou do acordo nuclear de 2015 com o Irã e, desde então, voltou a impor sanções à República Islâmica. Na semana passada, uma autoridade dos EUA declarou que o governo está considerando sanções adicionais contra o Irã que visam áreas de sua economia que não foram atingidas antes, segundo a Reuters.

“Nós só queremos um efeito que os deixem temerosos”, disse o funcionário à Reuters. “Queremos que as empresas continuem a pensar que fazer negócios com o Irã é uma ideia terrível neste momento. O primeiro-ministro Binyamin Netanyahu agradeceu ao presidente Trump pela decisão.

“Obrigado, meu querido amigo, o presidente dos EUA, Donald Trump, por ter decidido declarar a Guarda Revolucionária do Irã uma organização terrorista. Obrigado por responder a outro importante pedido meu, que atende aos interesses de nossos países e dos países da região. Continuaremos a trabalhar juntos de todas as maneiras contra o regime iraniano, que ameaça o Estado de Israel, os EUA e a paz mundial “, disse Netanyahu.

Os trackbacks estão desactivados, mas pode publicar um comentário.

COMENTÁRIOS sob moderação aberto temporariamente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s