O Exército de Israel atacou alvos em Gaza em resposta a ataques


Dois mísseis foram lançados de Gaza contra Israel nas últimas horas. Isso não acontecia desde 2014. Um dos mísseis foi interceptado. Israel pode responder com uma ataque em massa.

O Exército de Israel anunciou que atacou “bases terroristas” na Faixa de Gaza na noite desta quinta-feira (14). A ofensiva, segundo as forças israelenses, é uma retaliação ao disparo de dois mísseis em direção à cidade de Tel Aviv.

As Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla em inglês), acusaram o grupo Hamas pelo ataque, que, no entanto, negou ter atacado Israel, de acordo com a agência France Presse. A cidade de Tel Aviv fica a cerca de 70 km de Gaza. O Hamas controla a Faixa de Gaza, povoada por palestinos.

O grupo Hamas afirmou que não está por detrás dos ataques e que irá tomar providências contra os que iniciaram o ataque sem “o consentimento nacional”. 





NOTA DO GOVERNO BRASILEIRO feita pelo Itamaraty

"O governo brasileiro condena, nos termos mais veementes, o lançamento de mísseis desde a Faixa de Gaza 
contra a região central de Israel, onde se localiza a cidade de Tel Aviv.
Nada pode justificar o disparo indiscriminado de foguetes contra centros urbanos, 
em ataques que têm como alvo a população civil.O governo brasileiro destaca a eficácia
 do sistema “Iron Dome” de Israel, que interceptou um dos projéteis 
(o outro caiu em área despovoada), e insta os grupos que controlam a
 Faixa de Gaza a colocarem fim aos ataques."

 





 

Os trackbacks estão desactivados, mas pode publicar um comentário.

Comentários

  • nestor ,bouhoris neto  On 15 mar 2019 at 7:03

    Israel tem de se contentar em atacar Gaza ,com o S300 operante acabou a brincadeira na Síria, se o Irã que sitiou as fronteiras atacar é o fim de Telaviv pois o sistema de defesa israelenses e extremamente falho.. como se vê neste caso apenas dois foguetes e…50%passaram pelo sistema.

    Curtir

  • Queruvim  On 15 mar 2019 at 11:28

    Discordo que seja “extremamente falho”. Ao contrário, em 2014 foram lançados 400 mísseis contra Israel em apenas poucas horas, chegando a 3500 mísseis. Contudo, Israel abateu 90% … e os 10% que passaram pela defesa do Iron Dome, foram alguns deles permitidos, pois percebeu-se que cairiam em zonas despovoadas. A Empresa Rafaelis tem os melhores do mundo em defesa anti aérea para mísseis e/ou rockets de curto alcance. A defesa russa é quem provou ser “frágil” com os recentes ataques feitos por Israel em território Sírio, sendo que as defesas russas falharam totalmente.

    Curtir

COMENTÁRIOS sob moderação aberto temporariamente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s