Uma avaliação de João 1:1 no texto Copta Saídico


Em relação ao copta de João 1: 1c, que conclusões podem ser tiradas de um estudo de vários anos da língua copta saídica, incluindo um estudo detalhado de todo o Novo Testamento copta saídico?

1- Que a tradução do copta ΝЄΥΝΟΥΤЄ ΠЄ ΠϢΑϪЄ neunoute pe pShaje para o inglês [ou português] padrão como “a palavra era um deus” é literal, precisa e inatacável. É simples, mas não simplista. É o que o texto copta realmente diz e literalmente transmite. Qualquer outra tradução disso equivale a interpretação ou paráfrase.

2- Que a tradução de um substantivo comum (“contável”) em copta saídico, como noute, deus, quando interligado ao artigo copta indefinido, “um”+ substantivo, é tão comum que isso é indiscutível, como por exemplo na Tradução do Novo Testamento para o copta Saídico de 1911 do erudito em copta George Horner. Um exemplo textualmente próximo disso encontramos depois de João 1: 1c em João 1: 6. Aqui temos o artigo copta indefinido ligado ao substantivo comum copta rwme, homem:

ΑϤϢѠΠЄ ΝϬΙΟΥPѠΜЄ ЄΑΥΤΝΝΟΟΥϤ ЄΒΟλ ϨΙΤΜ ΠΝΟΥΤЄ.

aFSwPe nCi ourwme eautnnoouF ebol Hitm pnoute.

Na tradução inglesa de Horner, lemos: “Houve um homem que foi enviado por Deus”. Essa é a tradução simples, literal e precisa. Da mesma forma, “um deus” é a tradução simples, literal e precisa de ou.noute em João 1: 1c, o mesmo artigo indefinido copta + construção de substantivo comum como encontrado em João 1: 6 e em outros lugares. Apenas com relação a substantivos coptas “massivos” ou abstratos, não há necessidade de traduzir o artigo indefinido para o português, mas esta não é a situação em copta em João 1: 1c, porque noute, deus, é um substantivo copta comum ou “contável” .

3 – Que, enquanto alguns gramáticos do copta sustentam que ou.noute também pode ser traduzido para o inglês (ou português) como “divino”, eles não dão exemplos favoráveis ​​a esse uso no próprio Novo Testamento copta saídico. Ou.noute não é usado adjetivamente ou “qualitativamente” no Novo Testamento copta Saídico. Eruditos em copta investiram pesado em obras publicadas tais como os “evangelhos” coptas gnósticos de Nag Hammadi e o de Tomé, Filipe e Judas. Talvez a tradução de ou.noute como “divino” se encaixe no contexto esotérico ou filosófico dos “evangelhos” gnósticos. Mas não há exemplos no Novo Testamento copta canônico que justifiquem uma tradução adjetiva de ou.noute como “divino”, enquanto uma tradução literal de ou.noute como “um deus” é uma tradução muito boa. Embora “divino” não seja totalmente objetável, uma vez que um deus é divino por definição, uma paráfrase é desnecessária quando uma tradução literal adequada e compreensível está disponível.

4- Que todas as objeções são primordialmente baseadas numa tendência em favorecer a Trindade ao traduzir ou.noute como “um deus” em copta João 1: 1c são nada mais do que pressupostos ou apelos especiais. Embora essas objeções superficiais e defeituosas tenham sido cortadas e coladas frequentemente na Internet, elas são mal pesquisadas e muitas vezes enganosas. Em uma dessas revelações apologéticas e promissoras do que alguns acadêmicos coptas “realmente disseram”, a conclusão sobre ou.noute em João 1: 1 permanece a mesma, isto é, “poderia significar que era um deus, era divino, era um exemplo de ‘deus’, era um deus (não dois, três, etc.) “; “Em Copta,”ounoute” pode ​​significar” um deus “ou” um com natureza divina “;”Então, literalmente, os textos Saídico e Boáirico dizem “um deus” nos mss existentes. … Uma leitura bastante desajeitada pode ser: O Logos estava no começo. O Logos estava com Deus. O Logos era como Deus (ou divino, ou divino) com ênfase em sua natureza; não a sua pessoa “. Nenhum dos eruditos procurados pelos apologistas trinitários [de língua inglesa] disse que o texto Copta de  João 1: 1 deveria ser traduzido por “A Palavra era Deus”. Nenhum. Nenhum disse que “um deus” estava incorreto. De fato, na leitura interlinear do Copta Saídico de John 1: 1c no texto copta do erudito Bentley Layton em 20 lições especificamente lê-se “um-deus é a palavra.” O texto copta de João 1: 1c foi feito antes da adoção da doutrina da Trindade pelas igrejas egípcias e outras, e é uma erudição pobre tentar “reinterpretar” uma tradução como “a Palavra era Deus” em qualquer exegese do texto copta. Tal interpretação é estranha ao copta de João 1: 1c, que diz clara e literalmente: “a palavra era um deus”.

5- Isso, dito de maneira sucinta, traduzir neunoute pe pSaje do Cóptico Saídico literalmente para o português “e a palavra era um deus” tem um sólido fundamento gramatical e contextual.

by Memra with some changes to adapt to portuguese readers


 

O Texto Copta de João 1:1-14 traduzido para o Português

Colossenses 1:15 no Manuscrito Copta

Anúncios
Os comentários estão desactivados, mas pode deixar um trackback: URL do Trackback.