Jesus ( A Palavra) “se fez carne” ALMEIDA ou “se tornou carne” TNM?


Embora pareça uma diferença insignificante, os que distorcem as Escrituras Sagradas de seu sentido original, ou seja, eu me refiro aos teólogos, pastores, padres, Bispos e outros tradutores dos idiomas originais da Bíblia, costumam alterar o sentido para fazer as pessoas acreditarem que Jesus é o próprio Criador e Ser Supremo em forma humana. É isto que estes pregam em sua vasta maioria. São, muitos deles, impostores e adulteradores profissionais de documento. (Isto é da Bíblia Sagrada).

São muitos exemplos desta adulteração descarada. Alguns textos são sutilmente distorcidos quando vertidos para o português. É o caso do texto de João 1:14.

A frase grega encontrada em João 1:14 και ο λογος σαρξ εγενετο (Kai ho Logos sarx egeneto) literalmente “e a palavra  virou/tornou carne” é diferente de “se fez carne” comumente encontrada na maioria das traduções da Bíblia Sagrada. “Se fez carne” se diz em grego  σαρξ ἐποίησεν εαυτον  e não é assim que está no grego do Novo Testamento. Não existe “se fez” nesta passagem. Não temos um pronome reflexivo “se”, “a si mesmo”, “a si próprio”.

A frase “se fez carne” transmite a ideia enganosa de que Jesus, por ele mesmo, independente de Jeová Deus, o Pai, e pelo seu próprio poder, fez de si mesmo homem. É uma opção que não é exata. Não podemos condenar, mas também não podemos afirmar que é a melhor forma de se traduzir. E devido ao conceito trinitário e as repetidas falsificações dos trinitários, decidi chamar atenção deste detalhe.

Jesus vivia no céu como criatura espiritual antes de nascer em Belém, Israel. Jesus foi a primeira criação de Deus e o único criado diretamente por ele. É por isso que é chamado de Filho unigênito de Deus. Quando estava no céu, Jesus muitas vezes falou como representante de Deus. Assim, ele é chamado de a Palavra.

O próprio Jesus disse em João 6:38:

pois desci do céu não para fazer a minha própria vontade, mas a vontade daquele que me enviou. ”

 

Anúncios
Both comments and trackbacks are currently closed.

Comentários

  • NOÉ  On 8 ago 2017 at 17:45

    Irmão Queruvim, me tira uma dúvida sobre esse assunto, por favor…
    Eu fui verificar no dicionário grego da Biblehub.com esse versículo e lá é informado que uma das definições de GINOMAI é NASCER.

    ENTÃO ESSE VERSÍCULO PODERIA SER TRADUZIDO CORRETAMENTE ASSIM ? :

    “E O LOGOS NASCEU EM CARNE” ?

    A sua argumentação quer dizer que o erro das traduções da cristandade é da mesma natureza caso eles traduzissem da seguinte forma ? :

    “E O LOGOS SE FEZ NASCER EM CARNE” ?

    SERIA ESSE A SUTILEZA DO ERRO QUE VOCÊ QUER NOS EXPLICAR, O QUAL AS TRADUÇÕES TENDENCIOSAS PROPAGAM ???

    Me desculpe perguntar, mas é que pra mim é uma nuance muito sutil.
    Obrigado.

    Curtir

  • Queruvim  On 8 ago 2017 at 18:01

    Noé, existe um verbo grego específico para “nascer” que é τίκτω. Este é empregado por exemplo em Lucas 2:11.
    ὅτι ἐτέχθη ὑμῖν σήμερον Σωτήρ “porque nasceu para vocês hoje salvador”.

    Curtir

  • Queruvim  On 8 ago 2017 at 18:03

    Eu diria que a tradução “se fez carne”para sarx egeneto, é uma tradução inexata. Me parece bastante sugestiva e comporta melhor pensamento trinitário.

    Curtir

  • NOÉ  On 8 ago 2017 at 18:08

    Sim, mas o centro da minha dúvida é saber se é tão incorreta a tradução da Cristandade como seria uma tradução que diz:

    “E o Palavra SE NASCEU em carne”

    Porque é isso o que eu entendi do seu texto, quando você diz que no grego não há nenhum sentido reflexivo, como se o Palavra tivesse causado o próprio nascimento como ser humano.

    Então é esse o erro das traduções que dizem que
    “O Palavra SE FEZ carne” ?

    Curtir

  • Queruvim  On 8 ago 2017 at 18:15

    Exatamente isso!

    Curtir

  • NOÉ  On 8 ago 2017 at 18:18

    SÓ PRA CONSTAR, COLOCO A SEGUIR AS DEFINIÇÕES DO DICIONÁRIO DE STRONG’ LOCALIZADO NO BIBLEHUB.COM, O QUAL DIZ QUE UMA DAS DEFINIÇÕES DE “EGENETO” SERIA “TO BE BORN”, ISTO É, NASCER:

    “Strong’s Concordance
    ginomai: to come into being, to happen, to become
    Original Word: γίνομαι
    Part of Speech: Verb
    Transliteration: ginomai
    Phonetic Spelling: (ghin’-om-ahee)
    Short Definition: I come into being, am born
    Definition: I come into being, am born, become, come about, happen.”

    Curtir

  • Queruvim  On 8 ago 2017 at 18:28

    Sim, pode até ser, mas não é a acepção PRIMÁRIA da palavra. Como é o caso do verbo ESPECÍFICO τίκτω. Eu comparo γίνομαι: ginomai em grego com get em inglês. No sentido que assume diversas traduções . Mas apesar disso tem um sentido básico.

    Curtir

  • Louvado seja YehowaH  On 9 ago 2017 at 0:12

    Queruvim, qual a diferença entre “se fez” para “se tornou”? Ambas não parecem significar a mesma coisa, ou seja, que Jesus tornou a si mesmo carne?

    Desculpe-me pela minha ignorância, mas a primeira vista não parece fazer muita diferença para mim! :/

    Curtir

  • Queruvim  On 9 ago 2017 at 0:46

    “Se fez” é um verbo causativo que exigiria no grego um pronome reflexivo e “tornou-se” não emprega um pronome reflexivo e nem tem sentido causativo. Em grego “tornou-se” está mais como paciente da ação. A ideia em grego é que ele “veio a ser” carne, ou seja o sujeito é agente passivo, bem diferente do sentido causativo. “Vir a ser” é uma das definições de gínomai que é o verbo raiz empregado no texto grego. Ou seja, a texto pode ser corretamente traduzido “e a palavra veio a ser carne”. Este é um sentido mais exato do que o apresentado na Tradução do Novo Mundo.A Tradução do Novo Mundo em Hebraico verteu mais exatamente por “veio a ser” הַדָּבָר נִהְיָה בָּשָׂר.

    Curtir

  • Denis  On 9 ago 2017 at 6:29

    Bom dia,

    Analizando o texto de salmos 68:11, fala que “as mulheres são um grande exercito”( TNM).

    Mas nas outras traduções a palavra “mulheres” é omitida, com exeção da NTLH. Por que?

    Abç

    Denis

    Curtir

  • Fernando Silva  On 9 ago 2017 at 17:10

    Não entendi esta sua frase:

    “…Este é um sentido mais exato do que o apresentado na Tradução do Novo Mundo.A Tradução do Novo Mundo em Hebraico verteu mais exatamente por “veio a ser”…”

    Quer dizer que você achou que a TNM não traduziu da maneira “mais exata” este trecho?

    Curtir

  • Queruvim  On 9 ago 2017 at 22:11

    Eu estou falando do ponto de vista “hiper literal”. O que não é mais a forma de verter da Comissão de Tradução da Tradução do Novo Mundo. O que a Organização fez em matéria de tradução está maravilhoso. Mas do ponto de vista interlinear, que não é o caso, em português a opção “veio a ser” é mais apropriada ao meu ver.

    Curtir

  • Queruvim  On 9 ago 2017 at 22:44

    Acabei de postar uma resposta a esta indagação. Qualquer dúvida pode falar que se estiver ao meu alcance, responderei prontamente. Há poucos dias me fizeram a mesma pergunta e fui até o texto hebraico e percebi que o sufixo é feminino.

    Curtir

  • NOÉ  On 9 ago 2017 at 23:35

    Dúvida:
    Mas será que o sufixo feminino está lá apenas para fazer a concordância com a palavra “boas novas”, que seria feminina, mas sem fazer referência subentendida a “mulheres” ???

    Curtir

  • Queruvim  On 9 ago 2017 at 23:58

    A forma feminina singular seria מְבַשֶּׂרֶת (mevasereth)com o artigo, literalmente “a que anuncia bons relatos” ou “a que anuncia boas novas”
    A forma feminina plural é מְבַשְּׂרוֺת(mevaseroth) com artigo, literalmente “as que anunciam boas novas”.
    Então o sufixo em alguns casos quando temos um substantivo plural masculino terá um sufixo plural feminino e vice-versa. No caso do Salmo temos um sufixo plural feminino. Se fossemos falar “os[homens]que anunciam boas novas” em hebraico se diz

    הַֽ֝מְבַשְּׂר֗ים

    “HaMevaserim” que não é o caso. O sufixo indica o gênero do sujeito. Caso resolvido.

    Curtir

  • Denis  On 10 ago 2017 at 6:49

    Muito obrigado pela sua disposição!!!

    Denis

    Curtir

  • Fernando Silva  On 10 ago 2017 at 9:18

    Entendi. Mas realmente, colocarem “se fez carne” dá a ideia realmente que o próprio cristo teve esta ação, corroborando com a “teoria” da trindade. Mas se colocarmos o sentido mais básico da palavra, “veio a ser carne”, isto sim corrobora, não com o “nosso ensino” mas com a bíblia, como em textos como 1 Timóteo 3:16, por exemplo, onde Jesus não “SE MANIFESTOU EM” mas sim “FOI MANIFESTADO NA”. Correto?

    Curtir