144.000 – Por que é literal e não simbólico?


 

Estudo dos números na bíblia.

 

144.000 – Por que é literal e não simbólico?

  • Os números simbólicos de Apocalipse sempre são números baixos. Não existe nenhum número simbólico na casa dos 6 dígitos. Os números simbólicos são resumidamente:

 

  • 2, 3, 4, 6, 7, 10, 12, 24.

Agora veja esse número: 144.000. Esse número foge do padrão de números simbólicos. Isso é um forte indicativo (embora não uma prova) de que tal número não é simbólico.

 

  • A apresentação do “número simbólico específico” com função adjetiva em vez de numérica.

Todas as vezes que um número simbólico específico aparece no livro de Apocalipse, ele aparece sem a palavra “número” antes dele. (Menos uma que será explicada a seguir)

Apocalipse 7:1 “Depois disso vi quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra”.

  

   Perceba que aqui o número simbólico específico “quatro” tem função adjetiva em vez de função numeral, pois a Terra é de aspecto esférico, não quadrado. Assim sendo, “os quatro cantos da Terra” significa “por toda” a Terra. Agora, contraste isso com a menção dos 144.000.

 

Apocalipse 7:4 “E ouvi o número dos selados: cento e quarenta e quatro mil, selados de toda tribo dos filhos de Israel”.

 

        Nenhuma das vezes em que um número simbólico específico aparece no livro de Apocalipse tal número é descrito como sendo um “número”. (Com a exceção que veremos no próximo ponto) Então aqui nós temos um bom indicativo de que o número 144.000 é literal, isto é, a palavra “número” aparece logo antes de 144.000 o identificando não como um adjetivo, mas como um número – diferente do que acontece com os números simbólicos específicos.

  • A única vez que o apóstolo João usa a palavra “número” antes de um número simbólico específico, o apóstolo João explica abertamente que esse número é um enigma, isto é, um número simbólico.

 

  • Apocalipse 13:17, 18 “o nome da fera ou o número do seu nome… Quem tiver inteligência calcule o número da fera, pois é número de homem; e o seu número é seiscentos e sessenta e seis.

 

Apocalipse 15:2 “da fera, e da sua imagem, e do número do seu nome”.

 

      O apóstolo João usa uma fraseologia similar à fraseologia dos 144.000 para falar da fera – usando a palavra “Número” antes de um número simbólico específico. Mas é interessante notar que o próprio João declara abertamente que o número da fera é um enigma a ser desvendado, isto é, um número simbólico. (O apóstolo João não faz esse tipo de explicação quanto aos 144.000).

      Então aqui nós temos outra razão, em complemento à anterior, para pensarmos que os 144.000 são um número literal: O apóstolo João diz abertamente que o número específico é simbólico quanto à fera, mas não faz isso quanto aos 144.000.

 

 

  • A unicidade do número 144.000.

 

Os números simbólicos específicos são repetidos com função adjetiva sempre (pelo menos até onde eu consegui encontrar) a mais de uma entidade diferente. Veja só:

 

Número “2”

 

Apocalipse 11:3, 4  “E concederei às minhas duas testemunhas que, vestidas de saco… Estas são as duas oliveiras e os dois candeeiros que estão diante do Senhor da terra.

 

 

Número “3”

Apocalipse 16:13 “E eu vi três impuras expressões inspiradas”

Apocalipse 8:13 “toques de trombeta dos três anjos”

 

 

Número “4”

Apocalipse 4:8 “E quanto às quatro criaturas”

Apocalipse 7:1 “Depois disso vi quatro anjos em pé nos quatro cantos da terra”

 

 

Número “7”

 

Apocalipse 1:4 João, às sete congregações… e da parte dos sete espíritos”.

 

 

Número “10”

 

Apocalipse 2:10 “tribulação por dez dias”

Apocalipse 13:1 “com dez chifres e sete cabeças, e nos seus chifres, dez diademas”.

 

 

Número “12”

 

Apocalipse 21:12 “e tinha doze portões, e, junto aos portões, doze anjos…  os quais são os das doze tribos dos filhos de Israel.”

 

 

Número “24”

 

Apocalipse 4:4 “Havia também ao redor do trono vinte e quatro tronos; e sobre os tronos vi assentados vinte e quatro anciãos”.

 

É interessante notar que, em contraste com os números simbólicos específicos, o número 144.000 nunca, em hipótese alguma, é aplicado a qualquer outra entidade a não ser àqueles que reinarão com Cristo nos céus. Isso é um robusto indicativo de que o número 144.000 é literal.

 

 

  • O contraste entre o número “144.000” e a “Grande Multidão”.

 

Apocalipse 7:4 “E ouvi o número dos seladoscento e quarenta e quatro mil, selados de toda tribo dos filhos de Israel”;

 

Veja que João relatou um número contável relativo aos que ele chamou de “selados”. No entanto, veja o grandioso contraste entre esse número contável, e o modo como João apresenta a grande multidão:

 

Apocalipse 7:9, 10 Depois destas coisas eu vi, e, eis uma grande multidão, que nenhum homem podia contar… E gritavam com voz alta, dizendo: ‘Devemos a salvação ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro.’”

 

     Note que o apóstolo João deu um número específico aos selados, mas ele não deu um número específico à grande multidão – duas entidades apresentadas como distintas nesse capítulo de apocalipse. Agora, acompanhe esse raciocínio lógico:

 

Premissa 1: João contrastou dois grupos de naturezas distintas;

Premissa 2: João deu um número específico aos selados (144.000);

Premissa 3: João não deu um número específico à GM (Grande Multidão);

Premissa 4: João declara que a grande multidão não pode ser contada;

Premissa 5: Se a GM é dita como “não podendo ser contada” e é contrastada com os 144.000, segue-se logicamente que os 144.000 podem ser contados;

Premissa 6: Se os 144.000 podem ser contados, então o número é literal.

Conclusão: Os 144.000 compõem um número literal

        Esse é um indicativo lógico poderoso para se concluir que os 144.000 compõem um número literal.

 

  • A declaração explícita de um número exato para os selados:

 

Apocalipse 6:11 “E foram dadas a cada um deles compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda por um pouco de tempo, até que se completasse o número de seus conservos, que haviam de ser mortos, como também eles o foram.”

 

Romanos 11:25  “Porque não quero, irmãos, que ignoreis este mistério (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado;”

 

        Essa é sem dúvidas uma fortíssima razão para pensarmos que os 144.000 são um número literal.

        Aqui nós apresentamos 6 motivos que podem nos dar a certeza de que esse número é, de fato, literal. Cada um dos motivos apresentados, caso fossem expostos de modo isolado, teriam pouca força. Mas perceba que não há apenas 1 motivo, mas 6. E também não há apenas 6 motivos, há 6 motivos agregados, isto é: a medida que os motivos aumentam, as chances aumentam exponencialmente. Assim, temos a certeza lógica de que os 144.000 são um número literal.

 

Veja também:

SITE OFICIAL DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ>>>>

Perguntas dos Leitores

Por que as Testemunhas de Jeová acham que o número 144.000, mencionado no livro de Revelação (ou Apocalipse), é literal e não simbólico?

Anúncios
Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • francisco araujo  On 15 ago 2017 at 23:41

    lendo o vosso artigo de apocalipse 7 quero vos dizer que vois estais certos quando dizem que o numero de 144 mil e’ literal e nao simbolico. So uma resalva: este texto nao se aplica a batista, presbiteriano, assebleiano, nem a voces. apocalipse 7:4 e’ claro em afirmar que os escolhidos todos serao das tribos de Israel para uma missao temporaria . E’ SALUTAR nao excluiromos os judeus de certos cenarios da biblia, pois a alianca com Abraao ainda esta em voga.
    grato e que a boa mao do Senhor continue convosco
    francisco

    Curtir

    • Queruvim  On 16 ago 2017 at 0:04

      Paulo disse que “se pertencemos a Cristo somos realmente descendentes de Abraão”.“Nem todos os que procedem de Israel são realmente ‘Israel’.” “Porque não é judeu aquele que o é por fora, nem é circuncisão aquela que a é por fora, na carne. Mas judeu é aquele que o é no íntimo, e a sua circuncisão é a do coração, por espírito.” (Ro 9:6; 2:28, 29) Hoje O Israel é espiritual. Ainda assim obrigado por sua opinião. Sobre o Israel espiritual a obra Estudo Perspicaz das Escrituras diz:

      As 12 tribos mencionadas em Revelação (Apocalipse), capítulo 7, têm de referir-se a este Israel espiritual, por vários motivos válidos. A listagem não é igual à do Israel natural, em Números, capítulo 1. Também, o templo e o sacerdócio de Jerusalém, e todos os registros tribais do Israel natural, foram destruídos de forma permanente, sendo perdidos para sempre, muito antes de João ter tido sua visão, em 96 EC. Mais importante, porém, é que João obteve sua visão tendo por fundo os acontecimentos supracitados que ocorreram a partir de Pentecostes de 33 EC. À luz de tais eventos, a visão de João sobre os que estavam em pé no Monte Sião celestial, junto com o Cordeiro (a quem o Israel natural rejeitara), revelava que o número deste Israel espiritual de Deus era de 144.000 “comprados dentre a humanidade”. — Re 7:4; 14:1, 4. FONTE: JW.ORG sob o

      tópico Israel de Deus.

      Curtir

  • Fernando Silva  On 16 ago 2017 at 11:40

    Queruvim, parabéns pela matéria! Já a tinha lido antes mas esqueci de deixar o “joinha” aqui.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: