O Nome de Deus em Textos Gregos Antigos


No papiro Grego CXXI nas linhas 528-540,(C. 200 E.C) guardado na Biblioteca do Museu Britânico, observamos o Nome de Deus na forma equivalente a “Jehovah” em Inglês ou Jeová em português, como pode ver em uma cópia da imagem abaixo:


Os papiros mágicos Gregos (do latim Papyri Graecae Magicae – PGM; em grego: Ελληνικοί Μαγικοί Πάπυροι) são um conjunto de textos escritos primordialmente em grego antigo (mas também em copta e egípcio demótico), encontrados no deserto do Egito. Muitos dos pedaços do papiro são páginas ou trechos fragmentários de livros de encantamentos. Curiosamente neste papiro encontramos o Nome de Deus.

Não são poucas as páginas que afirmam de modo enganoso que o nome “Jeová” surgiu “tardiamente”. Certa página na internet fez o seguinte comentário:

“A partir do ano de 1514 depois de Cristo, começaram a usar o nome JEOVÁ” .

Fica ainda mais duvidosa a ideia de que a vocalização Yehowáh seja as vogais de “Adonai” combinadas com as consoantes do Tetragrama.

A pergunta que fazemos é: Como seria isso possível, se “as vogais de Adonay”  apresentam como primeira sílaba um Hataf patah e não um shewá como observamos no texto tanto do Códice de Alepo e no Códice de Leningrado? Até mesmo Martilho Lutero comentou que a forma “Yehowah” foi uma adaptação de Adonay com as Consoantes do Tetragrama. Como vimos, este parece claramente não ter sido o caso.

As vogais de Adonay são a, o, a, Obviamente não e, o, a, e as vogais de Yehowah são e, o, a  e não a, o, a. Falando sobre o Nome de Deus, o erudito  GERARD GERTOUX  em seu livro recente em inglês intitulado Conhecia Jesus “Jeová é Salvação” o Nome de Deus? afirmou  :

"O nome de Deus é realmente um
paradoxo surpreendente, porque apesar de ser
um dos nomes mais fáceis para
se ler, uma vez que é pronunciado como está,
Teólogos com a ajuda de
gramáticos conseguiram
Convencer os leigos que
a pronúncia havia se perdido e que eles
através do seu grande conhecimento,
tinham conseguido reencontrar aprovável
pronúncia do Nome de Deus: Yahweh
(baseado em um Testemunho samaritano posterior 
como sendo Ιαβε) ou
Yahwoh (de um papiro grego da
Septuaginta como sendo Ιαω em Qumran).
Embora o estudo da língua hebraica tenha 
passado por um enorme progresso,
livros acadêmicos continuam
a espalhar os erros grosseiros de
Teólogos do século 16."

 

Portanto a forma Yehowáh não surgiu na “idade média” como dizem alguns. Veja outro exemplo…

Severo de Antioquia, Patriarca de Antioquia , nascido por volta de 465 em Sozópolis, na Pisídia, assumiu a vida monástica em um mosteiro perto de Gaza. Ele foi um escritor muito prolífico, mas atualmente possuímos pouco mais que fragmentos. Um número maior de textos existe apenas em siríaco, cuja melhor fonte é o catálogo do Museu Britânico. Em seus escritos a respeito do Evangelho de João capítulo 8 ele se referiu a I’oa como sendo o nome de Deus em Hebraico. Podemos ver na imagem abaixo seus escritos em latim e grego onde o Nome de Deus aparece.

 

 

Juntamente com o erudito George Howard, David Trobisch e Rolf Furuli,  sugeriram que o Tetragrama pode ter sido removido dos manuscritos gregos.  David Trobisch, The First Edition of the New Testament (Oxford University Press: 2000) 

No livro Arqueologia e o Novo Testamento, John McRay escreveu a respeito da possibilidade de os autógrafos do Novo Testamento terem conservado o nome divino em citações do Antigo Testamento. McCray, John, Archaeology and the New Testament Baker Academic (1 February 2008) 

Robert Baker Girdlestone afirmou em 1871 que se a Septuaginta usasse “uma palavra grega para Jeová e outra para Adonai, tal uso sem dúvida teria sido retido nos discursos e argumentos do NT. Assim, nosso Senhor ao citar o  Salmo 110 … Poderia ter dito “disse Jeová a Adoni”. Synonyms of the Old Testament p.43

Desde o tempo de Girdlestone, tem sido apresentado evidência e tem sido  demonstrado que a Septuaginta continha o Tetragrama, mas que foi removido em edições posteriores. 

The New International Dictionary of New Testament Theology (1984, Volume 2, page 512) diz: 

“Recentes descobertas textuais lançam dúvidas sobre a ideia de que os compiladores da LXX [Septuaginta] traduziram o tetragrama YHWH por kyrios. Os MSS da LXX mais antigos (fragmentos) agora disponíveis para nós trazem o tetragrama escrito em caracteres [ hebraico dentro do texto Grego]. Este costume foi retido por tradutores judaicos posteriores do V.T nos primeiros séculos AD “

Por exemplo, o manuscrito 8HevXII gr datado do 1º século  E.C contém o Tetragrama em escrita hebraica ou  paleo-hebraico. Wolfgang Feneberg comenta na revista jesuíta Entschluss / Offen (abril de 1985):

“Ele [Jesus] não reteve o nome de seu pai YHWH de nós, mas ele nos confiou. De outra forma seria inexplicável porque a primeira petição na Oração do Pai Nosso rezaria: “Santificado seja o seu nome!”

Feneberg observa ainda que “nos manuscritos pré-cristãos para os judeus de língua grega, o nome de Deus não foi parafraseado como kýrios [Senhor], mas foi escrito na forma do tetragrama em hebraico ou caracteres hebraicos arcaicos … Encontramos citações do Nome nos escritos dos Pais da Igreja “.

Embora Albert Pietersma, juntamente com a maioria dos eruditos, não aceite a teoria de Howard, Pietersma afirmou sobre a Septuaginta:

“Talvez ainda seja discutido se as cópias palestinas, com as quais os autores do NT estavam familiarizados, traziam sem sua leitura alguma forma do tetragrama”. Al. Pietersma“Kyrios or Tetragram: A Renewed Quest for the Original LXX”

O Nome de Deus no Novo Testamento em várias traduções da palavra de Deus!

Um Novo Testamento BATISTA com o nome JEOVÁ!

 

UM AVISO PARA OS DA IGREJA BATISTA>>>  

Novo Testamento de Pablo Besson, Verdades esquecidas!

Anúncios
Both comments and trackbacks are currently closed.

Comentários

  • hacatdejah  On 21 jul 2017 at 0:20

    Os inimigos do Reino e da verdade vão ao delírio com isso!

    Curtir

  • NOÉ  On 23 jul 2017 at 18:42

    VEJAM NESSE VÍDEO UM JUDEU BRASILEIRO REVELANDO QUE É UMA TEORIA INFUNDADA A IDEIA DE QUE A PRONÚNCIA DO NOME DE DEUS TERIA SE PERDIDO!

    ELE REVELA QUE O NOME DE DEUS ESTÁ CORRETAMENTE REPRESENTADO POR “JEOVÁ”!



    Curtir