Testemunhas de Jeová na Crimeia ‘recebem ordens de renunciar a fé para se alistarem no exército russo’


175.000 adoradores foram criminalizados quando os juízes russos decidiram em tribunal que sua religião viola a lei anti-extremismo (Em Abril).

De acordo com um monitor de direitos humanos, as autoridades da Crimeia podem ter violado as leis internacionais quando ordenaram que uma Testemunha de Jeová ‘provasse que tinha abandonado sua fé’ antes de ser recrutada para o exército russo ocupante. Os membros desta denominação cristã, que se opõe profundamente ao serviço militar, anteriormente podiam se inscrever para um serviço civil alternativo na Rússia, onde os homens deveriam completar um contingente ficando um ano no exército com idades compreendidas entre os 18 e os 27 anos. Mas há vários relatos das Testemunhas de Jeová sendo impedidas do direito de prestação de serviço civis depois que a religião foi banida pelo Supremo Tribunal em abril. 

Oficiais militares russos na Crimeia já exigiram às Testemunha de Jeová que forneçam provas de que mudou sua fé antes de poder se juntar às suas fileiras, de acordo com as Testemunhas de Jeová na Rússia. Foi emitido um Documento por um centro militar na região onde lemos que as Testemunhas de Jeová podem iniciar o serviço civil “apenas com a condição de renunciar às suas crenças religiosas”.

Considera-se que a ordem viola a Convenção de Genebra, que impede os exércitos de recrutar cidadãos nos territórios ocupados, afirmando: “O Poder de Ocupação não pode obrigar as pessoas protegidas a servir nas suas forças armadas ou auxiliares. “Não é permitida nenhuma pressão ou propaganda que visa garantir o alistamento voluntário”. A Rússia continuou a recrutar soldados da Crimeia para o seu exército, apesar das Nações Unidas reconhecê-los como uma força de ocupação na região na sequência de uma resolução aprovada em dezembro de 2016. Os conscritos da Crimeia são implantados em toda a Rússia, o que parece violar outro artigo da Convenção de Genebra que exclui “transferências forçadas individuais ou em massa, bem como deportações de pessoas protegidas do território ocupado para o território da força ocupante”.

Oficiais do exército russo caminham em uma estação de trem como tanques ucranianos prontos para partir para a Ucrânia, no assentamento de Gvardeyskoye, perto da cidade de Simferopol, Crimeia, 31 de março de 2014. YANNIS BEHRAKIS / REUTERS
Vladimir Putin tem sido chamado atenção pelo Ministério das Relações Exteriores da Ucrânia, a fim de  parar com  o recrutamento na Crimeia de acordo com a Newsweek. As Testemunhas de Jeová relataram outras violações dos direitos humanos, incluindo casos de autoridades russas invadindo reuniões pacíficas,logo após a decisão do Supremo Tribunal, que será apelada em julho. Um membro dinamarquês foi detido e relata-se que pegou 10 anos de prisão.
Fonte>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> 
 ===================================================================================================
Anúncios
Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • ARAÚJO  On 9 jul 2017 at 21:28

    Percebe-se que em meio à proscrição e perseguição, as autoridades russas estão fazendo de tudo para erradicar de uma vez por todas a verdadeira adoração naquele País. O cerco vem se intensificando cada vez mais. Nem sequer reunir-se em lares cristãos em pequenos grupos é aceitável para as autoridades russas. É um verdadeiro absurdo tudo isso; um chefe de família cristão não ter autoridade dentro de seu próprio lar.

    Satanás procura usar todas as táticas e meios para impedir a adoração pura aqui na terra, e sabemos que ele jamais terá êxito.

    Renunciar a fé e forçar os verdadeiros cristãos ao alistamento militar é uma estratégia diabólica que já foi adotada no passado, envolvendo o período negro da era Nazista. É óbvio que aqueles que mantém a lealdade plena à Jeová jamais renunciarão a sua fé.

    Vamos, portanto, aguardar o resultado da apelação na Rússia previsto para este mês vigente. O que nos resta agora é continuarmos orando à Jeová em favor de nossos irmãos e irmãs naquele País.

    Que Jeová Deus os proteja.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s