Museu do Holocausto se pronuncia a favor das Testemunhas de Jeová


 O MUSEU em MEMÓRIA DO HOLOCAUSTO, NOS ESTADOS UNIDOS, FAZ UM ALERTA SOBRE O PERIGO DE NOVO GENOCÍDIO EM RELAÇÃO À PROIBIÇÃO DE TESTEMUNHAS DE JEOVÁ NA RÚSSIA

 O Museu do Holocausto (EUA) expressou em uma declaração especial sua profunda preocupação em relação a relatos recentes sobre a opressão das Testemunhas de Jeová na Rússia e as tentativas do Ministério da Justiça russo de proibir esta religião por causa de “atividade extremista” de seus membros.

  “O Holocausto nos alerta sobre os perigos da perseguição do Estado a qualquer grupo“, observou a diretora do museu, Sarah Blumfield. “É claro que o que está acontecendo na Rússia não é comparável com os acontecimentos na Alemanha nazista, mas é importante lembrar que o Partido Nacional Socialista considerou as Testemunhas de Jeová como uma ameaça para o Estado e as submeteu a duras perseguições“.  

Os nazistas oprimiram as Testemunhas de Jeová pelo fato de que, por causa de suas crenças religiosas, as Testemunhas de Jeová não estavam de acordo com as exigências do estado nazista“, lembra o site do museu. “Eles não fazem promessas de lealdade a nenhum estado e não servem no exército. Essas convicções e também as conexões internacionais de crentes (a sede está localizada nos EUA e algumas Testemunhas tiveram de ir para o exterior) muito desagradou os nazistas. De 25 a 30 mil testemunhas de Jeová na Alemanha, no período do governo nazista, cerca de metade foram condenadas e de 2.000 a 2.500 acabaram em campos de concentração, sem contar outras 700-800 Testemunhas de Jeová que eram cidadãos de outros países. Cerca de 1000 Testemunhas de Jeová alemãs e 400 de outros países morreram nesses campos.   O Museu do Memorial do Holocausto é um memorial vivo de uma tragédia histórica.

Convocamos os cidadãos de todos os países e seus líderes para se oporem ao ódio e prevenir outro genocídio“, diz a declaração do museu. “Para isso, é necessário apoiar a dignidade humana, nossos patrocinadores financiam ativamente uma rede de programas educacionais e outros projetos internacionais, e você encontrará mais informações sobre nossa atividade em ushmm.org“. (Por PDS, publicado em 29 de abril de 2017)

Jehovah’s Witnesses: Victims of the Nazi Era

Anúncios