Novas informações a respeito do TETRAGRAMA 2017


Acabo de receber um comentário do apologista e leitor desta página cujo nick é NOÉ com a seguinte declaração interessante:

 

Prezado Queruvim!

Você escreveu no comentário de 5 de novembro de 2013 às 12:23:

“Aproveito para te pedir que rastreie todo tempo arqueologia a respeito do tetragrama. Caso souber de alguma novidade, informar pls! 🙂”

Por isso estou escrevendo para te informar dos trabalhos de uma Testemunha de Jeová francesa, um irmão chamado GERARD GERTOUX.  (Foto)

Esse irmão é praticamente um arqueólogo com Phd e historiador! Ele só não conseguiu o título definitivo de Phd por causa do MALDITO PRECONCEITO de autoridades acadêmicas contra Testemunhas de Jeová! O irmão não teve direito de defender sua tese que lhe daria o título de Phd só porque foi considerado adepto de um “grupo extremista”, de acordo com os acadêmicos que iriam julgar o trabalho do irmão Gerard. Mas nem por isso ele se deixou abater! Ele seguiu e segue publicando seus VALOROSOS trabalhos pela internet! E é sobre um desses trabalhos que eu gostaria de te falar: trata-se do livro “The Name of God Y.eH.oW.aH Which is Pronounced as it is Written I Eh oU Ah: Its Story” Neste livro o autor desenrola toda a história sobre a real pronúncia do nome de Deus! E sobre achado arqueológico, neste livro ele mostra uma descoberta no Egito que revela a pronúncia correta do nome de Deus: “YERRUÁ”. Link: http://www.divinename.no/archaeology.php

Esse irmão também é um profundo estudioso da cronologia, tanto bíblica quanto secular. E detalhe mais importante: Ele conseguiu chegar na harmonização da cronologia bíblica com a secular! E com isso ele resolve a aparente discrepância de 20 anos entre a cronologia absoluta e a cronologia das testemunhas. Tudo faz sentido e não muda nada de sério em nossa doutrina. Bastaria, é claro, um reajuste em um ponto aqui ou outro ali com respeito a datas e acontecimentos, mas nada que mude o fato de 1914 ter marcado o início do tempo em que ficou visível para todos que a atual civilização humana de fato entrou em seus últimos dias!

E sobre o Faraó do tempo do êxodo de Israel, esse irmão publicou uma pesquisa que informa o ano exato em que ocorreu o Êxodo e qual era o Faraó na época, apresentando inclusive sua múmia com sinais de ter tido uma morte violenta em batalha, seguido por ter ficado dias se decompondo ao ar livre para só depois ter tido o corpo resgatado e mumificado, detalhes que se harmonizam com as informações bíblicas! o Link do trabalho é: https://www.academia.edu/31803253/Absolute_chronology_of_Exodus

Uma amostra:
“Absolute chronology of Exodus
Gérard Gertoux
Abstract
“Chronology is the backbone of history” is usually taught in schools but what is very disturbing is the total absence of reliable chronology to fix the Exodus because the date goes from 2100 to 650 BC (Sparks: 2015, 60); such a 1500-year gap is not at all serious. Furthermore, Exodus pharaoh identifications and theories (page 61) are absurd because the pharaoh of the Exodus died suddenly in the Red Sea according to the biblical text (Ps 136:15) and it is easy to see that the state of the mummy of Seqenenre Taa (Cairo Museum, The Royal Mummies CG 61051) proves that his body received severe injuries and remained abandoned for several days before being mummified. In addition Crown Prince Ahmose Sapaïr (Musée du Louvre, Paris: statue E 15682), who was the eldest son of Seqenenre Taa (1543-1533), died shortly before his father (Ex 12:29), who himself died on May 10, 1533 BCE. According to the biblical chronology based on absolute dates, not to the scholarly chronology of Edwin R. Thiele, the pharaoh of the Exodus died on May 10, 1533 BCE (exactly the same day). Consequently Seqenenre Taa was the pharaoh of the Exodus, according to absolute chronology.”

É uma pena que seus livros estão disponíveis apenas em inglês e francês! Seria muito bom termos traduções para português!

 

link com todos os trabalhos de Gerard Gertoux:
https://univ-lyon2.academia.edu/GerardGERTOUX

 

Anúncios
Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • Queruvim  On 11 de março de 2017 at 21:29

    Muito agradecido pela contribuição querido apologista e guerreiro NOÉ!

    Curtir

  • Saga  On 11 de março de 2017 at 23:07

    Sobre Gerard, soubre que o ponto dele é que as letras do tetragrama tem pronuncia própria independente dos pontos vocálicos, Yh no ínicio dos nomes com som de Ie e WH no final dos nomes com som de Ua, resultando em algo falado tal como Ierrua.

    Curtir

  • NOÉ  On 11 de março de 2017 at 23:58

    É UMA GRANDE FELICIDADE VER QUE MINHA CONTRIBUIÇÃO FOI VISTA COMO ALGO ÚTIL POR PARTE DE UM IRMÃO TÃO VALOROSO E ESPECIAL QUANTO VOCÊ, QUERUVIM! OBRIGADO DIGO EU!

    Curtir

  • Fábio  On 13 de março de 2017 at 8:19

    Bom dia!
    Estou fazendo uma pesquisa sobre o palavra unigenito
    pq não se aplica unigenito, quando Jesus veio a terra… na verdade seria mal aplicado também aplicar essa palavra a esse momento?

    Curtir

  • Fábio s.s  On 13 de março de 2017 at 8:19

    Muito Obg

    Curtir

  • KL  On 13 de março de 2017 at 10:31

    É muito interessante essa conclusão dele sobre o nome divino ,que ele seja pronunciado Yehua(YERRUÁ) isso me deixa feliz porque no meu entender não é muito diferente do que nós já “temos” ,visto que a primeira ocorrência do nome divino no texto hebraico é Yehva. Lembro-me que a gramática de Thomas lambdin faz um esforço em sugeri ao estudante de hebraico uma pronuncia que ele julga mais próxima possível da que os massoretas usavam; , ela diz que o vav tanto pode ser pronunciado como /v/ como /w/=U .Por se julgar que o som de “U” era o som que vav originalmente tinha .Ou seja se adotarmos esse entendimento de que vav tinha o som de “U” a fonética do nome divino em Gêneses 2:4 é a mesma da que é indicada pela pesquisa de GERARD GERTOUX. Eu não sabia muito sobre ele e não imaginava que ele tinha sido vítima de tamanha injustiça.Caro Queruvim muito obrigado por compartilhar a alegria de ler/saber isso.Sinto-me grato a Jeová por todo o conhecimento que tem nos dado!Se eu estiver cometendo enganos ao dizer o que digo corriji-me!

    Curtir

  • KL  On 14 de março de 2017 at 0:38

    NESTE VÍDEO O ISRAELENSE/ BRASILEIRO YAIR ALON REVELA DE FORMA DIRETA QUE É FALSA A IDEIA DE QUE A PRONÚNCIA CORRETA DO NOME DE DEUS SE PERDEU.

    Curtir

  • Juliano Reis  On 16 de março de 2017 at 14:43

    Perdão mandei link errado do trabalho de Sha’ul Bentsion é esse http://www.judeu.org/pdfs/nomeyhwh.pdf

    Menciona as varias pronuncias existentes do tetragrama e menciona os estudos do erudito Gertoux e concluiu: “Curiosamente, se fôssemos fazer uma referência cruzada entre a conclusão de
    Gertroux e o Texto Massorético, a forma favorecida seria Yehwah, e não Yehowah.”

    Curtir

  • Queruvim  On 20 de março de 2017 at 14:02

    Neste artigo escrevi algo a respeito.

    Curtir

  • Marcelo O Lira  On 21 de março de 2017 at 22:16

    Eu fico mais feliz quando vejo esses irmãos se empenhando mais em trazer conteúdo para ajudar-nos a saber mais.

    Curtir

  • Queruvim  On 21 de março de 2017 at 22:21

    Sim Marcelo, inclusive ainda sobre o Nome…
    Charles William King citando a obra “Na interpretação” (do 2º século) encontra o Nome na forma ΙΕΗΩΟΥΑ que segundo Charles… “se cada vogal grega for lida com o verdadeiro som grego” veremos o que ele chama de ” a correta representação da pronúncia hebraica da palavra Jeová“. Charles William King, The Gnostics and their remains: Ancient and Mediaeval (1887), páginas: 199-200.

    O texto original de Pistis Sophia, escrito em Grego se perdeu. A mais antiga versão que temos está em uma tradução antiga para o idioma Copta. O códice que a contém foi levado para a Inglaterra em 1772 e posteriormente vendido ao Museu Britânico. ( Veja o TEXTO COPTA DE PISTIS SOFIA) O texto completo foi depois traduzido para o latim por volta da metade do século 19 por M. G. Schwartze, mas somente um século depois foi vertido para línguas da Europa, tais como o Frances (É. Amélineau, 1895), Alemão (Carl Schmidt, 1905) e Inglês (G. R. S. Mead, 1921). Uma tradução mais recente foi feita por Violet MacDermot e publicada em 1978.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s