Rússia Deporta Testemunhas de Jeová de origem Filipinas


jehovahs-witnesses-in-russia

Notícias

CIDADE DE BAGUIO – As Testemunhas de Jeová (TJ) nas Filipinas pediram ao Departamento de Relações Exteriores (em inglês DFA) para interceder em nome de filipinos que enfrentam prisão ou deportação na Rússia por pertencer à sua fé. A Sociedade Torre de Vigia da Bíblia e Tratados das Filipinas, braço jurídico e corporativo das TJ, fizeram o apelo quando tiveram um encontro com funcionários do DFA nesta semana em nome de mais de 8.000 Testemunhas de Jeová filipinas na Rússia. Centenas de Testemunhas de Jeová na Rússia são afetadas por um aviso emitido pelo promotor-geral russo sobre o que ele descreveu como as “atividades extremistas” das TJ.  A lei, imposta em 2002, impede “as associações públicas e religiosas ou qualquer outra organização ou de meios de comunicação de massa, ou pessoas físicas [de realizar atividades] … visando a mudança forçada dos fundamentos do sistema constitucional e a violação da integridade da Federação Russa “. 

dfa

A proibição abrange as atividades religiosas que promovam “propaganda da exclusividade, superioridade ou deficiência dos indivíduos com base na sua atitude em relação à religião, à identidade social, racial, nacional, religiosa ou linguística”. A advertência foi dirigida ao Centro de Administração das Testemunhas de Jeová na Rússia, após a apreensão e dissolução de congregações menores das TJ recentemente. O centro serve como a sede nacional das TJ na Rússia. Dean Jacek, porta-voz das TJ nas Filipinas, disse que apresentou um protesto formal contra a Rússia junto ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos e ao Comitê de Direitos Humanos das Nações Unidas. Ele disse que a regra pode ser usada para “congelar os ativos da Watch Tower Society” e confiscar propriedades de escritórios e todos os Salões do Reino na Rússia. A Rússia proibiu recentemente publicações das TJ, incluindo Bíblias, que não incitam à violência, disse ele. “Não estamos envolvidos em nenhuma atividade extremista. Nós simplesmente queremos realizar pacifica e livremente nossa adoração e nosso trabalho de educação bíblica”, disse ele. –GOBLETH MOULIC

Este relato publicado nas Filipinas demonstra o que temos repetido nesta página: As Testemunhas de Jeová estão sendo duramente perseguidas na República Federativa Russa. E a pressão parece que só aumenta! Elas não são o único grupo religioso que está enfrentando deportações e perseguição. Contudo, devido ao método amplamente conhecido de sua pregação de casa em casa, as Testemunhas de Jeová são o alvo principal desde o começo. As leis aprovadas pelo poder legislativo na Rússia visando combater extremistas islâmicos, apanharam indevidamente grupos religiosos que não oferecem ameaça alguma ao Estado Russo.

Contribuído

Anúncios