Silas Malafaia, Pastor Evangélico no Brasil se contradiz


Um pastor evangélico no Brasil, bastante conhecido, desafia as pessoas a demonstrar que ele está errado ao promover a chamada “Teologia da Prosperidade”. Ocorre porém, que este mesmo indivíduo pregava justamente contra esta teologia. Observem o vídeo e postem seus comentários! Apreciaria que os defensores desta teologia “da pro$peridade” se manifestassem. Afinal é bíblica a doutrina que sugere que dando bastante dinheiro para a igreja você prosperará economicamente? Procurem respeitar o pastor e todos os que pregam igual ou não a ele. Boa pesquisa!

 

Anúncios
Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • Kleo  On 23 de novembro de 2016 at 15:27

    Primeiro erro da doutrina da prosperidade: Cobrar dízimo baseado em Malaquias 3:10. O dízimo fazia parte de um conjunto de leis única e exclusivamente de uma nação, “Israel”.
    Os CRISTÃOS não tem obrigação de dar dízimo. Se algum dizimista se opõe a isso,mostre nas Escrituras Gregas ( novo testamento) uma ordem aos cristãos de dar dízimos na congregação cristã.
    Isso em si já basta para mostrar que esses charlatães querem.
    Mas, sabendo que é tipo uma oferta que essas pessoas dão, para poderem como que EXIGIR a Deus algo de volta, vamos ver o que a Bíblia diz sobre tal doutrina.
    Bases bíblicas contra essa doutrina da prosperidade :
    Mateus 6:19-21- Parai de acumular para vós TESOUROS sobre a terra…;
    Mateus 6:24,25-… Não podeis servir a Deus e as riquezas… ;
    Lucas 12:15-… porque a vida de um homen não consiste na abundância dos “BENS” que possui;
    Marcos 12:25- é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um RICO entrar no Reino dos céus.

    Vejamos os contrastes entre a doutrina da prosperidade e os ensinamentos de Cristo :

    -Jesus ensinou aos seus seguidores :
    Não acumulem bens na terra,a não ser para repartir com os necessitados.

    -Ensino da doutrina da prosperidade :Quanto mais bens você acumular para si mesmo, maior será o sinal da bênção de Deus na sua vida.

    Jesus prega:
    Devemos viver contentes com o que temos.
    Doutrina da prosperidade :

    Não devemos nos contentar com pouco.

    Jesus:
    Os pobres são bem aventurados Lucas 6:20,Tiago 2:5.
    Pobreza é escravidão e ser pobre é pecado.
    O interessante é que só os líderes é que enriquecem kkkkkk.
    Serumaninhos inocentes kkkk.

    Curtir

  • Jones Kecio  On 25 de novembro de 2016 at 10:03

    What are the supposed bases of the theology of prosperity? What do their proponents argue? And what do their critics say?

    Curtir

  • Lucia  On 25 de novembro de 2016 at 12:15

    Sou evangélica, e não vou defender e nem atacar a teologia da prosperidade, e também não vou atacar a religião do autor desse artigo.

    Mas quero lembrar-lhes que não há nada de errado em mudar de opinião, nada de errado em ensinar uma coisa, descobrir que está errado e depois ensinar outra. VOCÊ faz isso, SUA religião FEZ isso.

    Portanto, antes de criticar um cisco nos olhos dos outros, tire a trave do seu.

    Curtir

  • Pragal TNM  On 25 de novembro de 2016 at 14:06

    Parabéns pela suas palavras “não há nada de errado em mudar de opinião, nada de errado em ensinar uma coisa, descobrir que está errado e depois ensinar outra”.
    Mudar pra corrigir um erro, e não absorver outro erro.

    Eu devolvo a pergunta a você: Onde está escrito que temos que cobrar de Deus uma possivel ‘PROSPERIDADE’?..

    Essa é uma das propagandas dessa ideologia:
    ‘Deus quer ver você rico — carros na garagem, negócios prosperando.
    Basta que você acredite, abra a carteira e ofereça a Deus tudo o que puder.’

    Essa é a mensagem difundida pela maioria dos religiosos no Brasil, que está proliferando nos países da América Latina e da Africa. As pessoas vão às igrejas com a promessa que Deus as abençoará em sentido material. Mas será que Deus realmente promete dar riquezas aos que o servem? Todos os servos de Deus no passado eram ricos?

    Curtir

  • Queruvim  On 25 de novembro de 2016 at 14:40

    Lucia disse:

    não há nada de errado em mudar de opinião, nada de errado em ensinar uma coisa, descobrir que está errado e depois ensinar outra. VOCÊ faz isso, SUA religião FEZ isso.

    Mas filha, no caso do Malafaia, no que se refere à Teologia da Prosperidade, ele ensinava o certo e depois passou a ensinar o errado. Foi o contrário do que a você afirma. Sobre este assunto de dinheiro, não conheço nenhuma TJ que enriqueceu pregando a Bíblia. Inclusive, um dos principais organizadores da adoração de Jeová, Russell era rico e no final de sua vida, ao contrário do que acontece com líderes evangélicos, morreu pobre em uma viagem de pregação no Texas.

    Quanto à “trave” no olho das Testemunhas de Jeová…eu não vejo nada de “trave”. Vejo sim uma trave em outros grupos auto intitulados “cristãos”,quando lemos coisas como esta, reportada por um respeitado historiador:

    O livro History of Christianity, de Paul Johnson, diz:

    “Dentre 17.000 pastores evangélicos, nunca houve mais de cinqüenta que cumprissem longos termos de prisão [por não apoiarem o regime nazista] em qualquer época.”

    Contrastando tais pastores com as Testemunhas de Jeová, Johnson escreveu:

    “Os mais valentes eram as Testemunhas de Jeová, que proclamavam a sua inequívoca oposição doutrinal desde o início e sofreram em conseqüência disso. Recusaram qualquer cooperação com o Estado nazista.”

    A Igreja Batista e o Nazismo

    Curtir

  • francisco  On 25 de novembro de 2016 at 18:08

    OLA, EM NOME DO SR. JESUS DE NAZARE, NEM PRECISO ENTRA NO MERITO DO ASSUNTO, PARA AFIRMA, QUE QUALQUER UM QUE SE DIGA OU SE ENTITULE, POR SERVO DO ALTISSIMO, OU DE SEU UNICO FILHO, QUE PREGA PROSPERIDADE, ESTA PREGANDO DE SE MESMO, POIS O SR. JESUS É INFATICO EM MOSTRA AS CONDIÇOES DOS QUE QUEREM SERVILO E ENTRAR NO REINO, E JUSTO DESFAZER DE TUDO E SEGUILA, DEPOIS, ELE DIZ QUE O QUE AGUARDO SEUS SERVOS NESTE MUNDO, É SOMENTE, FADIÇAO E FADIGA, CREU, NAO SER PRECISZO CITAR AS PASSAGENS, POIS QUALQUER, SERVO GENUINO DE JEOVA SABERA SEM GAGUEIJAR AS DITAS PASSAGENS, POIS OS PREGADORES DE PROSPERIDADES TODOS ELES SEM EXERÇOES SAO LOBOS DEVORADORES, DESCULPE-ME MAIS E PORQUE SOU RIGOROSO COM OS ENSINAMENTOS DE JESUS MEU SR. E MEU SALVAODR, MUITOS ATE ME CHAMAM DE CRENTE RADICAL, E LOINHA DURA, MES É PORQUE LENDO E RELENDO A PALAVRA, NAO ACHO NEM UM PONTO, PRA FALSIFICAR OS ENSINAMWENTOS DE MEU SR. SEM SE FALAR NO RIGOROSO JUIZO QUE AGUARDA, AQUEM SE ATREVER A ISTO. APAZ DO SR. ESTEJAM COM VOSCO. ( esqueçamos pontos e os erros de portugues que nao fazem parte da salvaçao ).

    Curtir

  • Queruvim  On 25 de novembro de 2016 at 20:51

    Francisco, obrigado por expressar o que pensa.

    Curtir

  • Queruvim  On 25 de novembro de 2016 at 21:02

    Jones Kecio, it is remarkable that none of the proponents of this theology come here to post a comment supporting their understanding!

    Curtir

  • Denis  On 26 de novembro de 2016 at 6:38

    No passado muitas pessoas quiseram acompanhar Cristo não pelo seus ensinamentos mais sim pelo o que ele poderia fazer por eles em sentido físico e material, e Jesus os reprendeu por isso, pois não queriam aprender sobre Jeová mais sim ter benefícios.

    Hoje os lideres aproveitam de da ignorância do povo, mais em contrapartida, as pessoas não querem saber o que a bíblia ensina, mais sim ter “bênçãos” imediatas.

    “Acumularam para si instrutores para fazerem cócegas em seus ouvidos”

    Att

    Denis

    Curtir

  • jonasfontinele  On 6 de dezembro de 2016 at 18:42

    Queruvim, todas as religiões tem trave no olho, menos as Testemunhas de Jeová? Dá pra explicar melhor isso?

    Curtir

  • Queruvim  On 6 de dezembro de 2016 at 23:24

    Não… Eu apenas defendi as Testemunhas de Jeová da acusação de que elas possuem uma “trave” nos olhos. A história que mencionei apresenta sim algo de grande implicação na prejudicada visão dos chamados “evangélicos” e outros que se intitulam “cristãos”.

    Apenas os hipócritas estão com uma “trave” figurativa em seus olhos. As Testemunhas de Jeová são conhecidas, mas não por serem “hipócritas”. Veja o que outros dizem sobre elas:

    Itália

    “Trinta mil pessoas em silêncio no Estádio Olímpico. . . Nada de lixo no chão, barulho e gritaria. Foi isso o que se viu ontem no Estádio Olímpico . . . Nenhum gesto indecente, nenhum cigarro, nenhuma latinha [de bebida]. Apenas Bíblias abertas, pessoas fazendo anotações e crianças sentadas em silêncio.” — L’Unità, descrevendo um congresso das Testemunhas de Jeová em Roma.

    Brasil

    Um jornal comentou: “Realmente é impressionante a organização das Testemunhas de Jeová. Os locais onde se reúnem estão sempre limpos. Tudo é muito bem organizado . . . Quando seus eventos terminam, os locais que ocupam ficam mais limpos do que [quando os] encontraram. Durante as palestras o silêncio é de arrepiar. Ninguém fica se esbarrando ou empurrando. A educação prevalece. . . . É, realmente, uma religião ordeira. Sabem o que [é] adoração a Deus.” — Comércio da Franca.

    VEJA ESTE ARTIGO

    Com relação à capacidade de julgar de modo correto, os fariseus tinham uma “trave” nos olhos e eram totalmente cegos. Portanto, Jesus exclamou: “Hipócrita! Tira primeiro a trave do teu próprio olho, e depois verás claramente como tirar o argueiro [ou cisco] do olho do teu irmão.” (Mat. 7:5; Luc. 6:42) Não devemos ser críticos impiedosos, sempre procurando como que um cisco no olho de outros quando muitas vezes há um tampão em nossos olhos. Se alguém acredita que as TJ possuem uma doutrina específica que considera um erro gigantesco, que demonstre isso biblicamente. Não julgamos ninguém que é de outra religião, nem fazemos juízo de condenação.( VEja este artigo na página oficial) Sabemos que todos seremos julgados diante daquele com quem temos uma prestação de contas. (Mat. 7:1) O fato de pregarmos incessantemente demonstra que estamos a procura de pessoas que querem aprender da Bíblia e ser ensinado por ela.

    Curtir

  • jonasfontinele  On 6 de dezembro de 2016 at 23:52

    Realmente vc defendeu a acusação de que as TJs tem “trave” no olho, até mesmo disse que não vê “trave” nenhuma nas TJs. Então, não sou eu quem afirmei isso, e sim vc atraves de seus comentarios, de que as TJs não tem “trave” no olho, ou seja, de acordo cm vc, as TJs não possuem tal coisa. Assim, como eu perguntei, as outras religiões tem trave no olho, exceto as TJs. Eu poderia mostrar biblicamente um ensino TJ que considero errado, porém, se eu fizer isso aqui, fugirá do tema proposto no artigo. Mas se permitirem, o farei.

    Curtir

  • Queruvim  On 6 de dezembro de 2016 at 23:55

    Fale então…que ensino é este?

    Curtir

  • jonasfontinele  On 7 de dezembro de 2016 at 0:10

    É sobre os últimos dias, pois de acordo cm o ensino das Testemunhas de Jeová, este se iniciou em 1914. Porém Atos 2:17 declara:
    “E nos últimos dias” , diz Deus, “derramarei do meu espírito sobre toda sorte de carne, e vossos filhos e vossas filhas profetizarão, e os vossos jovens terão visões e os vossos anciãos terão sonhos. ”

    Neste vs, , o apóstolo Pedro aplica as palavras do profeta Joel a eventos que estavam ocorrendo bem naquele momento (a saber, os acontecimentos relacionados com o derramamento do espírito santo sobre os discípulos, durante as comemorações do primeiro Pentecostes após a ascensão de Cristo), e é interessante que ele usa a expressão “últimos dias”.

    Embora todos os principais verbos usados por ele (“derramarei”, “profetizarão” “terão”, “darei” etc) estejam no tempo futuro, isso é decorrente do fato de que estava sendo feita uma citação direta e na íntegra da profecia registrada em Joel 2: 28 – 32. O que importa é que a aplicação que Pedro deu, sugere fortemente que o apóstolo entendia que esses últimos dias estavam em curso naquela época. Ele não estava tratando de eventos que só ocorreriam em tempos posteriores.

    Um dos vs mais utilizados pelas TJs em apoio a sua doutrina é 2 Timóteo 3:1-5 que diz:
    ” Sabe, porém, isto, que nos últimos dias haverá tempos críticos, difíceis de manejar. 2 Pois os homens serão amantes de si mesmos, amantes do dinheiro, pretensiosos, soberbos, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, desleais, 3 sem afeição natural, não dispostos a acordos, caluniadores, sem autodomínio, ferozes, sem amor à bondade, 4 traidores, teimosos, enfunados [de orgulho], mais amantes de prazeres do que amantes de Deus, 5 tendo uma forma de devoção piedosa, mostrando-se, porém, falsos para com o seu poder; e destes afasta-te . ”

    Esta passagem afirma que a vida seria difícil nos “últimos dias” por causa do comportamento que as pessoas teriam. E de acordo cm as TJs, esse vs dá-se a entender que os “tempos críticos, difíceis de manejar” caracterizam apenas o período histórico atual e que os homens com as características alistadas nestes versículos estariam em grande evidência somente a partir daquele ano do século 20, e não antes.

    Mas, se é assim, por que então o apóstolo Paulo mandou Timóteo
    ‘afastar-se’ de pessoas assim (como diz o final do versículo 5)? Seria possível Timóteo ‘afastar-se’ de certos tipos de homens que só viveriam dezenove séculos depois do tempo dele?

    Então é lógico supor que homens desse tipo existiam no tempo em que estas palavras foram escritas. Só assim é que a exortação de Paulo a Timóteo (quanto a ficar longe deles) teria sentido. Se Paulo descreveu as pessoas de forma tão detalhada e deu a entender que isso servia para pessoas daquela época, isso é sinal de que ele também acreditava e sabia que os últimos dias já estavam em progresso.

    Portanto, essas referencias biblicas quanto aos “ultimos dias” estão de pleno acordo, tanto Atos 2:17 quanto 2 Timoteo 3:1-5. Se fossemos levar em conta o ensino das Testemunhas de Jeová a respeito dos “últimos dias”, teriamos que forçar uma interpretação arbitrária para encaixar as peças, como as TJs fazem no livro Perspicaz sobre Atos 2:17, afirmando ali que os “ultimos dias” eram da nação judaica, ao passo que a Biblia não da essa ênfase, ela não de dois tipos de “últimos dias”, então o que acredito é que os últimos perduram desde o 1° século, pode parecer grande o tempo, mas pra Deus não, pois para ele “um dia é mil anos”.

    Enfim, era isso. Espero que apenas compreendam e não que concordem comigo. Agradeço ao Queruvim por permitir que eu colocasse esse ponto no site dele, obrigado!!

    Curtir

  • Queruvim  On 7 de dezembro de 2016 at 0:23

    Como sempre divergências teológicas! Não é um ensino básico, tais como “Quem é Deus”, ” O que acontece na morte”, “Quem é Jesus Cristo” etc. Enquanto muitos ficam discutindo com as TJ sobre 1914, nem sequer entendem a diferença entre Jesus e Jeová Deus, o Ser Supremo. Este entendimento que você questiona não fazem parte de doutrinas básicas ou elementares para a prática da fé ou a salvação. Ou seja, muitos ficam procurando cisco nos olhos das TJ. Será que este não é seu caso? Chafurda a procura de um ensino ou divergência teológica que julga ser um “tampão” nos olhos das Testemunhas de Jeová” quando não observa o básico? Por exemplo, você prega as boas novas do Reino em associação com cristãos que também fazem o mesmo? (Mateus 24:14; Heb. 10:24,25) Aceita que Jeová é Deus e Jesus foi criado por Ele? (Apoc. 3:14) Entende que o INFERNO é a sepultura figurativa para onde vão os que morrem?

    Quanto às palavras de Paulo, de Cristo, e outros escritores inspirados, tiveram cumprimento TAMBÉM no primeiro século. Jesus mesmo falando no início de Mateus 24 falou sobre eventos que se cumpriram no ano 70 na destruição de Jerusalém. Ainda assim o que ele falou terá um cumprimento ainda maior no futuro. Não vejo problema algum no entendimento de uma aplicação naquele tempo e uma ampliação se referindo à acontecimentos em nossos dias. Após um exame da profecia de Jesus, passamos a entender que uma parte dessa profecia sobre os últimos dias tem dois cumprimentos. (Mat. 24:4-22) Houve um cumprimento inicial na Judeia no primeiro século EC e haveria um cumprimento mundial em nossos dias. Essa compreensão levou a vários esclarecimentos.

    Curtir

  • jonasfontinele  On 7 de dezembro de 2016 at 0:35

    A questão Queruvim, não é pq o ensino é básico e importante pra salvação. A questão é que ele é ensinado pelas Testemunhas de Jeová, inclusive no livro de estudo, “Biblia Ensina”, então para uma Testemunha de Jeová ser aceita na Organização, é preciso aceitar esse ensino e usa-lo na pregação. Se não fosse um ensino importante na prática da fé e salvação como dizes, não faz sentido colocar ele em um capitulo do livro em que os iniciantes cursam.

    Curtir

  • Queruvim  On 7 de dezembro de 2016 at 0:42

    Eu não disse que “não é importante”. Eu afirmei que não é um dos ensinos básicos, elementares. Não entender o básico e criticar outros em coisas não elementares é similar àqueles que acusam outros de terem um trave nos olhos, quando estes mesmos não entendem o principal e ainda procuram algum pormenor supostamente defeituoso na visão dos outros.

    Você sem perceber, sugere que cada um deve aceitar as coisas de seu próprio modo dentro de uma irmandade religiosa. Faz isso ao questionar a unidade de entendimento que ocorre entre as TJ. Nunca leu 1 coríntios 1:10?

    “Eu os exorto, irmãos, pelo nome do nosso Senhor Jesus Cristo, que todos falem de acordo e que não haja divisões entre vocês, mas que estejam completamente unidos na mesma mente e na mesma maneira de pensar”.

    2 Coríntios 13:11

    Finalmente, irmãos, continuem a se alegrar, a ser reajustados, a ser consolados, a pensar do mesmo modo, a viver pacificamente; e o Deus de amor e de paz estará com vocês.

    Filipenses 2:2

    tornem plena a minha alegria por terem o mesmo modo de pensar e o mesmo amor, sendo plenamente unidos, tendo o mesmo pensamento.

    Romanos 15:5, 6

    Que o Deus que dá perseverança e consolo lhes conceda terem entre si a mesma atitude que Cristo Jesus teve, 6 para que, unidos e com uma só voz, vocês glorifiquem ao Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo.

    Curtir

  • Lucia  On 7 de dezembro de 2016 at 8:43

    Toda essa discussão aconteceu porque eu mencionei uma frase de Jesus sobre alguém que tem uma “trave” no olho e mesmo assim quer ajudar outras pessoas a tirar um “cisco” do olho delas.

    Senhor Queruvim,
    se ler de novo o meu comentário verá que eu NÃO me referia às Testemunhas de Jeová quando disse isso.

    Eu me referia ao autor desse artigo, e agora aplico a você também que por não saber nem interpretar um texto básico (o meu comentário), demonstrou ter uma “trave” gigante no olho.

    Curtir

  • O SERVO DO REINO  On 7 de dezembro de 2016 at 10:22

    Queruvim,

    Gostei muito do seu comentário ao Jonas. Realmente as pessoas se apegam a “detalhes”, ou a ensinos elementares comparados a “ciscos” (ainda sim passível de discussão se é um cisco mesmo) e se esquece dos ensinos básicos errados (comparados a uma “trave”) que ele mesmo seguem, como por exemplo, a Trindade, alma imortal, inferno de fogo, destruição da terra etc etc etc.

    Jonas,

    Estou falando de todo o coração e com sinceridade: VOCÊ ME PARECE UMA PESSOA SINCERA E ZELOSA EM ADORAR A DEUS!

    Então amigo, ANTES de analisar os ensinos comparáveis a ciscos, faça um estudo cabal da bíblia com as TJs e veja se você consegue enxergar a verdade bíblica sobre os assuntos básicos, como por exemplo, Jeová Deus ser o único Deus verdadeiro, não uma Trindade. Ou então a real condição dos mortos etc etc.

    Não sei se vc já crê nestes ensinos ou não, mas eu te dou meu conselho de todo o coração a estudar isso. Eu mesmo aqui no site, bem como outros irmãos, podemos te ajudar nestes assuntos se você quiser. Valeu.

    Curtir

  • Queruvim  On 7 de dezembro de 2016 at 21:23

    Lucia, fui ler com mais atenção seu comentário, e realmente eu entendi mal. Agora minha trave saiu! Que alívio! Talvez seja por isso que eu estava me sentindo com a cabeça tão pesada! 🙂 🙂 🙂

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s