Datas Fundamentais na Bíblia Sagrada


datas

 

 

A Organização de Jeová certa fez afirmou:

Datas Fundamentais.

A fidedigna cronologia bíblica baseia-se em certas datas fundamentais. Uma data fundamental é uma data calendar na história que tem firme base de aceitação e corresponde a um evento específico relatado na Bíblia. Pode então servir de ponto de partida para localizar com certeza no calendário uma série de eventos bíblicos. Uma vez estabelecida esta data fundamental, os cálculos para frente ou para trás a partir dessa data são feitos com base nos relatos exatos da própria Bíblia, como a declarada duração da vida de pessoas ou a dos reinados dos reis. Assim, partindo de um ponto fixo, podemos usar a fidedigna cronologia interna da própria Bíblia para datar muitos dos relatados eventos bíblicos.

Data Fundamental Para as Escrituras Hebraicas.

Um evento proeminente relatado tanto na Bíblia como na história secular é a queda da cidade de Babilônia diante dos medos e persas sob o comando de Ciro. A Bíblia relata este evento em Daniel 5:30. Diversas fontes históricas (incluindo Deodoro, Africano, Eusébio, Ptolomeu e as tabuinhas babilônicas) confirmam 539 AEC como o ano da queda de Babilônia diante de Ciro. A Crônica de Nabonido dá o mês e o dia da queda da cidade (o ano não aparece). Os cronologistas seculares estabeleceram, pois, a data da queda de Babilônia em 11 de outubro de 539 AEC, segundo o calendário juliano, ou 5 de outubro no calendário gregoriano.

Após a queda de Babilônia, e durante seu primeiro ano de domínio sobre a vencida Babilônia, Ciro emitiu seu famoso decreto que autorizava os judeus a retornar a Jerusalém. Em vista do relato da Bíblia, o decreto foi promulgado provavelmente em fins de 538 AEC ou perto da primavera de 537 AEC. Isto daria ampla oportunidade para os judeus se restabelecerem na sua terra e ir a Jerusalém para restaurar a adoração de Jeová no “sétimo mês”, tisri, ou por volta de 1.o de outubro de 537 AEC. — Esd. 1:1-4; 3:1-6.

Data Fundamental Para as Escrituras Gregas Cristãs.

Determina-se uma data fundamental para as Escrituras Gregas Cristãs pela data da sucessão de Tibério César ao imperador Augusto. Augusto morreu em 17 de agosto de 14 EC (calendário gregoriano); Tibério foi nomeado imperador pelo Senado romano em 15 de setembro de 14 EC. Declara-se em Lucas 3:1, 3, que João, o Batizador, começou seu ministério no 15.o ano do reinado de Tibério. Se os anos foram contados a partir da morte de Augusto, o 15.o ano se estendeu de agosto de 28 EC a agosto de 29 EC. Se foram contados a partir de quando Tibério foi nomeado imperador pelo Senado, o ano transcorreu a partir de setembro de 28 EC até setembro de 29 EC. Logo após isso, Jesus, que era uns seis meses mais novo do que João, o Batizador, apresentou-se para ser batizado, quando “tinha cerca de trinta anos”. (Luc. 3:2, 21-23; 1:34-38) Isto concorda com a profecia de Daniel 9:25, de que 69 “semanas” (semanas proféticas de 7 anos cada uma, perfazendo assim 483 anos) passariam “desde a saída da palavra para se restaurar e reconstruir Jerusalém” e sua muralha até o aparecimento do Messias. (Dan. 9:24, nota) Essa “palavra” foi promulgada por Artaxerxes (Longímano) em 455 AEC, e foi executada em Jerusalém por Neemias no fim daquele ano. E, 483 anos mais tarde, em fins de 29 EC, quando Jesus foi batizado por João, Jesus foi também ungido por Deus com espírito santo, tornando-se assim o Messias, ou Ungido. Que Jesus foi batizado e começou seu ministério no fim daquele ano, está de acordo com a profecia de que ele seria cortado “na metade da semana” de anos (ou depois de três anos e meio). (Dan. 9:27) Visto que morreu na primavera, seu ministério de três anos e meio deve ter começado perto do outono de 29 EC. Incidentalmente, estas duas linhas de evidência provam também que Jesus nasceu no outono de 2 AEC, visto que Lucas 3:23 mostra que Jesus tinha cerca de 30 anos quando começou seu serviço.

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s