Comprovação Arqueológica da existência de Ezequias, Rei de Judá?


=======================================================

=======================================================

 

 

ASSISTA AQUI  >>>  Filme sobre o Rei Ezequias!

 

Saiba detalhes sobre este Rei na Obra Estudo Perspicaz das Escrituras

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • KL  On 31 de outubro de 2016 at 12:14

    Queruvim Por que esse vídeo mostra esse objeto com os dizeres “pertencente a Ezequias “com a Cruz egípcia da vida e disco com asas?Esses não seriam símbolos pagãos o que eles estariam fazendo associados a figura de Ezequias?E é dito pela Arqueóloga o seguinte “É claro que este é o selo particular do Rei que era carregado por ele mesmo e mais ninguém “

    Curtir

  • Queruvim  On 31 de outubro de 2016 at 12:33

    Realmente isso dá o que pensar. Há uma discussão sobre isso neste link.

    Curtir

  • Rafael  On 31 de outubro de 2016 at 20:51

    Por isso você colocou um ponto de interrogação no nome do artigo, certo Queruvim?

    Realmente, eu cheguei compartilhar essa notícia na minha página do face quando a soube a primeira vez, daí agora vendo a foto do “selo” mais de perto e as explicações da profissional, as imagens mostram símbolos pagãos no artefato. Isso de modo algum pode ter pertencido a algum servo de Jeová do passado. Certo?

    Você alguma opinião já formada sobre isso, irmão?

    Curtir

  • Queruvim  On 1 de novembro de 2016 at 1:58

    Coloquei uma interrogação justamente devido à discussão envolvendo a cruz ansata ou Ankh, (pronuncia-se “anrr”). Alguns afirmam que tais símbolos possivelmente não tinham uma conotação religiosa na cultura ou local de residência dos judeus em Jerusalém. Teorizam que pode ser que tais símbolos tenham tido um significado secular. De fato a própria Associação usa moedas com símbolos pagãos, que faz parte do dia a dia de todo cidadão e organização. Isso não implica que sejam “idolatras”. Talvez Reis anteriores em seus tratos com o Egito tenham empregado símbolos de forma secularizada e não com conotação religiosa. Eu particularmente não tenho uma opinião formada sobre o assunto. Se alguém achar alguma coisa que possa esclarecer, então fique a vontade para comentar. Não descarto que a bula ou “Selo Real” apresentada no artigo seja uma falsificação ou algo assim.

    Leitura adicional em Inglês>> http://phys.org/news/2015-12-israelite-judean-king-exposed-situ.html

    OUTRAs DESCOBERTAs:

    Ancient Golden Treasure Found at Foot of Temple Mount

    Fragmentos de um Pote com a possível inscrição “VINHO INFERIOR”.

    Curtir

  • NOÉ  On 1 de novembro de 2016 at 11:18

    Já a conclusão que eu cheguei foi a seguinte:
    Considerando que o selo seja verdadeiro, eu pude ver uma semelhança entre a “cultura” do Rei Ezequias, na época, e “cultura” que prevalecia entre as primeiras testemunhas de Jeová do século 20, na época do irmão Russel. Digo isso porque quando vi o símbolo do sol com asas eu lembrei na hora da capa do livro “O mistério consumado”, que causou tanto impacto na época! A capa do livro possui justamente o mesmo sol com asas!! Não chega a ser “O MESMO”, MAS É MUITO SEMELHANTE! E a cruz egípcia que aparece no selo também me lembrou que nas primeiras décadas do renascimento da verdade os irmãos também usavam uma cruz dentro de uma coroa para ilustrar as publicações.
    O que nos quer dizer tudo isso?
    Que da mesma forma que Jeová não rejeitou Ezequias por usar esses símbolos, Jeová também não rejeitou seu povo que usava esses símbolos QUANDO AINDA ESTAVAM NA IGNORÂNCIA E AINDA TINHAM MUITOS ENTENDIMENTOS PARA SEREM PURIFICADOS!
    Portanto, a mensagem que nos passa tudo isso é que Jeová é muito mais tolerante com certas coisas que nós, humanos imperfeitos, poderíamos ser sensíveis em nossas consciências, ou “superfinos”! Parece que Jeová “não leva em conta o tempo da ignorância de alguns”, É CLARO, ATÉ QUE CHEGUE O TEMPO EM QUE ELE DIGA “BASTA! CHEGOU A HORA DO REFINAMENTO!”

    “No entanto alguns cristãos não compreendem isso. Durante toda a sua vida habituaram-se a pensar que a comida oferecida aos ídolos é realmente consagrada a deuses reais. E agora ao comerem tais alimentos isso perturba-os e fere a sua consciência sensível.
    É verdade que não alcançamos o favor de Deus por aquilo que comemos. Não nos tornamos piores por não comermos, nem melhores por comermos.
    Mas tenham cuidado ao usarem dessa liberdade de comerem seja do que for, para que não levem a pecar algum irmão cristão cuja consciência seja mais fraca.
    Vejam o que pode acontecer se um crente fraco, que pensa ser mal comer desse tal alimento, vos vir a comer num templo de ídolos. No fundo vocês sabem que não há mal nisso, mas ele será encorajado a violar a sua consciência, comendo aquilo que foi dedicado a um ídolo, embora continuando a sentir que está a fazer mal.
    Dessa maneira vocês, que sabem não haver mal nisso, tornam-se responsáveis pelo dano espiritual causado a esse irmão cuja consciência é fraca, mas por quem Cristo, afinal, também morreu.
    E pecar contra um irmão vosso, dando-lhe ocasião de fazer algo que ele pensa ser errado, é pecar contra Cristo.
    Portanto, se o comer carne que tenha sido consagrada aos ídolos fizer com que o meu irmão em Cristo venha a pecar, nunca mais tomarei desse alimento para não ser uma razão de ele cair.”_1 Coríntios 8:7-13

    “No passado Deus não levou em conta essa ignorância, mas agora ordena que todos, em todo lugar, se arrependam.”_Atos 17:30

    Curtir

  • Nilton Duarte  On 1 de novembro de 2016 at 16:40

    Gostaria que voces me ajudassem da seguinte forma. A na Traduçäo do Novo Mundo um texto que menciona a palabra “espiritismo” como sendo condenado por Jeová. Poderia me dizer qual o texto?

    Enviado pelo meu Windows Phone
    ________________________________

    Curtir

  • Queruvim  On 1 de novembro de 2016 at 19:42

    Em Deuteronômio capítulo 18:10-12 lemos o seguinte na Tradução João Ferreira de Almeida revisada :

    “Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; Nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador,[OU COMO VEMOS PELA DEFINIÇÃO em um DICIONÁRIO, UM PRATICANTE DE ESPIRITISMO] nem mágico, nem quem consulte os mortos; Pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti.”

    A palavra grega pharmakia usada em Apocalipse 21:8 é usada em Miquéias 5:12 na versão Lxx para descrever os que praticavam artes mágicas ou “espiritismo”. Apoclipse 21:8 diz:

    “Mas os covardes, os que não têm fé, os que são repugnantes na sua sujeira, os assassinos, os que praticam imoralidade sexual, os que praticam ocultismo, os idólatras e todos os mentirosos terão a sua parte no lago que queima com fogo e enxofre. Esse representa a segunda morte.” A nota ao pé da página a respeito da palavra “ocultismo” na TNM Revisada diz:

    Ou: “feitiçaria; espiritismo”. Veja o Glossário.
    Glossário
    Ocultismo.
    Crença na ação ou influência de poderes sobrenaturais ou ocultos. A palavra grega para ‘prática de ocultismo’ é farmakía, que significa literalmente “drogaria”. Nos tempos antigos, drogas eram usadas na invocação do poder de demônios a fim de praticar feitiçaria. Por isso, o termo grego passou a ser relacionado com ocultismo. (Gál 5:20; Ap 21:8) — Veja ESPIRITISMO.

    Curtir

  • Queruvim  On 1 de novembro de 2016 at 19:44

    Noé, Obrigado por sua colocação e sua pesquisa. Muito interessante.

    Curtir

  • NOÉ  On 3 de novembro de 2016 at 12:16

    PREZADO QUERUVIM, AQUI ESTOU ENVIANDO UM VÍDEO QUE TORNA EVIDENTE O PORQUÊ GÊNESIS DESCREVE QUE QUANDO JEOVÁ CRIOU A EXPANSÃO ELE FEZ ISSO PARA COLOCAR UM ESPAÇO ABERTO ENTRE AS ÁGUAS QUE FICARIAM POR BAIXO DA EXPANSÃO E AS ÁGUAS QUE HAVERIAM DE FICAR “POR CIMA”. NESTE VÍDEO FICA EVIDENTE COMO AS NUVENS SE COMPORTAM COMO VERDADEIRAS ONDAS DO MAR, COMO SE FOSSE MESMO UM OCEANO PAIRANDO SOBRE NOSSAS CABEÇAS!!

    “Disse também Deus: Faça-se um firmamento no meio das águas, e haja separação entre águas e águas.
    Fez, pois, Deus o firmamento, e dividiu as águas que estavam debaixo do firmamento das águas que estavam por cima do firmamento; e assim se fez.”
    Gênesis 1:6,7

    Curtir

  • KL  On 3 de novembro de 2016 at 20:38

    Noé acrescente isso o fato de as nuvens serem consideradas água em estado líquido de forma especial mas são classificadas sim como estando no estado líquido.

    Curtir

  • KL  On 3 de novembro de 2016 at 20:40

    https://vimeo.com/11149473 Veja a explicação desse professor de física.

    Curtir

  • Jeosadá (Ele mesmo)  On 4 de novembro de 2016 at 8:17

    Já viram que no Google Maps, quando voce localiza a sede mundial em Warwick NY e clica no local aparece uma foto 360 graus do saguão do novo betel?

    Curtir

  • Nilson G  On 10 de novembro de 2016 at 18:51

    Quanto ao filme do Rei Ezequias…. por acaso eu trocava de canal na tv e vi aquele que tal do Valdomiro da Igreja Mundial fazendo propaganda do uma campanha deles chamada Clamor de Ezequias… para meu espanto eles usavam todo o tempo imagens desse filme da Sociedade… só que sem áudio e ao som daquela locução sensacionalista e barata…
    Só que se alguém ouvir o filme com audio vai ver que se fala de Jeová o tempo todo… e quem leu a biblia vai saber que decadas depois da morte do Rei Ezequias Jerusalém foi julgada infiel e condenada a ser destruida pelos Babilônios. E que Jerusalém infiel da antiguidade lembra muito a Cristandade que mentirosamente se diz num pacto como Deus da Biblia que ela e “apostolos” da mentira como Valdomiro vituperam as vezes de modo bem grotesco como faz a Igreja Mundial do Valdomiro. Jerusalém antiga deveria servir de aviso para ele.

    É curioso que justamente simbolos do Egito antigo apareçam nesse selo.

    Nilson G

    Curtir

  • Patcharro Espanhol  On 22 de novembro de 2016 at 0:00

    Muito bom o vídeo. Mas é um pouco difícil encontrar em outras fontes seculares que o ano de destruição de Jerusalém pelos babilônios foi em 607 AEC. No vídeo a pesquisadora diz que foi em 586 AEC. É aquela coisa de sempre, a diferença da cronologia dos estudiosos e da nossa cronologia, conforme aprendemos nas publicações. Queruvin (e outros) conhece ou já assistiu algum outro vídeo secular que fala 607 AEC como sendo o ano da queda de Jerusalém?

    Curtir

  • Isaias Cesaretti de Freitas  On 27 de novembro de 2016 at 23:35

    A poucos minutos atrás, assisti à reportagem do Domingo Espetacular junto de minha esposa referente ao selo descoberto contendo informações que comprovariam a existência do Rei Ezequias. Confesso que assim como vocês, os símbolos pagãos nos chamaram bastante atenção. Particularmente falando, questionaria a autenticidade do artefato levando em consideração o que diz a revista A Sentinela 1/05/2011 em Você sabia ?. Sob a pergunta : Como os nomes em antigos selos de argila confirmam nomes que aparecem na Bíblia ?, o artigo mencionava ; “Os pesquisadores descobriram centenas de impressões antigas de sinetes, conhecidas como bulas. Em algumas delas aparece o nome de pessoas mencionadas na Bíblia. Por exemplo, alguns arqueólogos encontraram impressões feitas com o que SUPOSTAMENTE era o sinete pessoal de dois reis judeus. Um dos textos diz: “Pertencente a Acaz [filho de] Joatão [Jotão], rei de Judá.” Outros textos dizem: “Pertencente a Ezequias [filho de] Acaz, rei de Judá.” (2 Reis 16:1, 20) Acaz e Ezequias reinaram no oitavo século AEC.”
    Notaram a expressão SUPOSTAMENTE ?????? Tratar o achado como uma prova definitiva não seria prudente !

    Curtir

  • Isaias Cesaretti de Freitas  On 28 de novembro de 2016 at 0:03

    Embora seja pouco provável, há uma outra teoria que poderia ser analisada. Em determinado momento do filme sobre Ezequias, um dos seus conselheiros sugere uma aliança com o Egito na tentativa de escapar da fúria do Rei Assírio.(Corrijam-me se eu estiver errado) É lógico que Ezequias recusa terminantemente pois confia na salvação por Jeová. Mas, como a Bíblia é um resumo inspirado contendo os fatos mais importantes para nós humanos, não faria sentido Ezequias ter enviado algum mensageiro ao Egito, não para fazer aliança militar contra a Assíria, mas sim para evitar problemas adicionais? Não seria uma forma de mostrar respeito, ou bandeira branca a um futuro inimigo em potencial, registrando em seu anel um símbolo que seria rapidamente reconhecido e aceito como uma massagem no ego de faraó ? Hoje, não somos incentivados a achar pontos em comum com os moradores e a elogiar a religiosidade deles para evitarmos confrontos ?

    Curtir

  • Pragal TNM  On 28 de novembro de 2016 at 8:26

    Matéria jornalistica do Programa Domingo Espetacular da Rede Record de Televisão.

    http://noticias.r7.com/domingo-espetacular/videos/arqueologos-encontram-selo-que-comprova-veracidade-de-historias-da-biblia-27112016

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s