Proscrição do Evangelismo na Rússia– Agora não são somente as Testemunhas de Jeová!


evangelismoproibidonarussia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin sancionou no início deste mês um projeto de lei da parlamentar Irina Yarovaya contendo um “pacote de medidas de combate ao terrorismo”. Neste há vários incisos que causaram espanto internacional.

Apresenta-se a exigência  de uma “autorização do governo” para qualquer pessoa que desejar compartilhar sua fé com outros.

 Segundo eles, o objetivo é “proteger os cidadãos dos terroristas no país e punir severamente aqueles que estejam financiando ou auxiliando o terrorismo”.

A princípio as autoridades russas intensificaram seus esforços para dissolver as  associações jurídicas das Testemunhas de Jeová e em muitas partes da Rússia as autoridades insistem que a adoração pacífica das Testemunhas de Jeová é “atividade extremista”. No mundo inteiro houve instituições evangélicas que até mesmo comemoraram em suas postagens tais incidentes. Se esqueceram que em 1933 assim que Hitler subiu ao poder, a primeira coisa que fez foi enviar as Testemunhas de Jeová para campos de concentrações. Além disso, não nos esquecemos que na primavera e no verão de 1918 houve uma ampla perseguição contra as Testemunhas de Jeová tanto na América do Norte como na Europa proveniente de líderes religiosos juntamente com políticos.

Entre os instigadores estavam clérigos batistas, metodistas, episcopais, luteranos, católico-romanos e de outras religiões. Publicações bíblicas foram confiscadas por autoridades sem mandado de busca e apreensão, e muitos Estudantes da Bíblia, como eram chamadas então, foram postos na cadeia. Outros foram perseguidos por turbas, espancados, açoitados, cobertos de alcatrão e penas, ou sofreram fraturas de costelas ou cortes na cabeça. Alguns ficaram aleijados para sempre. Muitos foram jogados na cadeia e mantidos ali sem acusação ou sem julgamento. Mais de cem casos específicos desse tratamento abusivo foram relatados na revista The Golden Age, conhecida hoje como Despertai!,  de 29 de setembro de 1920.

Agora, porém, na Rússia qualquer  pregação, atividade evangelística de quaisquer pessoas que desejam compartilhar sua fé com os outros, deve primeiro receber uma autorização do governo por meio de uma organização religiosa registrada.

“Mesmo em uma casa particular, a adoração e a oração só serão permitidas se não houver incrédulos presentes”, descreve certo movimento ‘cristão’ chamado ‘Fundo Barnabé’. “As igrejas também serão consideradas responsáveis pelas atividades de seus membros. Assim, se, por exemplo, um membro da igreja mencionar sua fé em uma conversa com um colega de trabalho, não só o membro da igreja, mas também a própria igreja dele poderão ser punidos …” Os que violarem a nova lei serão multados em até 780 dólares (para o indivíduo) ou 15.500 dólares (para uma organização). Os missionários estrangeiros poderão enfrentar a deportação.

“Isso pode parar a atividade missionária de qualquer pessoa, exceto os representantes, organizações e grupos registrados. Será necessário que todo missionário tenha documentos com informações específicas, provando ligações a um grupo religioso registrado pelo governo”, disse Joel Griffith da Associação Evangelística ‘Slavic’ à agência ‘Mission Network News’.

 

ONU declara que a Rússia faz das Testemunhas de Jeová o principal alvo da lei contra o extremismo

 

Promotor russo entra com pedido para declarar extremista a Bíblia

RUSSIA RELIGION NEWS Monitoring news media reports about religion in Russia and other countries of former USSR


Website  maintained by Emeritus Professor Paul D. Steeves of Stetson University

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • phanegomes  On 19 de julho de 2016 at 12:31

    Pois é, e pensar que tinha gente comemorando isso. A propósito viu como anda a comunista China?

    Curtir

  • Queruvim  On 19 de julho de 2016 at 13:13

    Que informação tem sobre a China ?

    Curtir

  • francisco silva  On 19 de julho de 2016 at 17:04

    se é assim graças ao DEUS todo poderoso e ao seu filho senhor JESUS DE NAZARE, acaba de se comprir as ultimas professias e advertencias do nosso senhor, que diz nos ultimos dias os verdadeiros crentes, sofrerao perseguiçoes e afrontas de todos os lados, so aqueles crentes mornos ou frios, teram aceitaçao neste seculo, entao agora so falta, os açoites o filho da perdiçao e o anti-cristo, pra sela o fim.

    Curtir

  • Pedro Filho  On 19 de julho de 2016 at 18:08

    Tenho que dizer uma coisa…! Vi recentemente uns vídeos no YouTube de um opositor, apóstata, que estava fazendo apologia à perseguição contra as Testemunhas de Jeová na Rússia! Realmente não costumo ver coisas relacionadas a apóstatas, mas dessa vez não teve jeito, porquê o sujeito diz ter sido Testemunha de Jeová por 20 anos, e ancião por 10!
    Mesmo que ele tenha decidido abandonar a organização, e fazer oposição aos ensinos nossos, não poderia imaginar que apoiaria descaradamente a perseguição física que o governo russo impõe aos nossos irmãos! Mesmo sabendo que nossas irmãs sofrem constrangimentos, filhos são separados de pais e mães, pessoas inocentes vão para a prisão e ficam fichados como criminosos, esse acefalado fala com alegria sobre esses ocorridos, veste inclusive uma camisa com as cores da bandeira da Rússia, em franco apoio às atrocidades cometidas lá!
    Eu fico me perguntando…! Como uma pessoa dessa pôde pertencer ao povo de Jeová, pregar o amor, a tolerância e a paz…por 20 anos?
    Faz parecer o próprio Judas!!!
    Tem coisas que acontecem nesse sentido que nos levam a crer que Jeová quer expor essas pessoas, e mostrar “o que” são os apóstatas!

    Curtir

  • phanegomes  On 19 de julho de 2016 at 22:37

    Crianças proibidas de ir em igrejas, mas só vi em sites “gospel”, não achei nem um outro “neutro”.

    Curtir

  • Queruvim  On 20 de julho de 2016 at 0:48

    Aqui no Brasil a mídia bastante comunista não se agrada de falar mal deles mesmos, por isso somente alguns sites “gospels” deram esta informação, entre outros. Mas em sites de língua inglesa, a notícia aparece amplamente divulgada, inclusive no The Washington Post.

    Curtir

  • Caique  On 20 de julho de 2016 at 11:15

    Realmente, é incrível como alguém bom e justo pode se tornar tão corrompido, como é o caso dessa pessoa que você citou Pedro Filho. Como disse o apóstolo João, “saíram do nosso meio, mas não eram dos nossos, pois, se fossem dos nossos, teriam permanecido conosco.” Infelizmente, foi isto que aconteceu também com Satanás. Isso apenas mostra como devemos cuidar para que nosso coração não nos leve ao mesmo erro!

    Curtir

  • Luan  On 20 de julho de 2016 at 20:02

    Olá!!
    Eu queria q falasse sobre duas coisas q me afligi. Primeiro é sobre o erro de ter dado uma data para o “fim”. Eu sei q as TJs anunciaram q em 1914 o Cristo se tornou Rei do Reino de Deus, só q naquela época eles acreditavam tbm q haveria um ajuntamento dos ungidos para governar cm Cristo no Céu, mas o ajuntamento ñ aconteceu nessa época, e vcs reconhecem q foi um erro terem dado data. Só q ouço fala q houve outras datas, inclusiva uma antes de 1914. Que são: 1875, 1914, 1935,1975 e 2000. Queria saber se é verdade e pq deram tantas, e tbm queria saber sobre o q alguns dizem q por causa desses erros, vcs não podem ser levados a sério pois são falsos cristàos

    Outra coisa q eu queria pedir pra vc falar é sobre o q eu li na net no site q questiona se Paulo espalhou ou deturpou a Palvra de Deus, lá duz q o que existi hoje não é um cristianismo, mas sim PAULINISMO

    Super.abril.com.br/historia/o-homem-que-inventou-cristo

    Curtir

  • Rfl  On 21 de julho de 2016 at 10:55

    “…é incrível como alguém bom e justo pode se tornar tão corrompido…” – É sim, meu caro. Ver uma pessoa que antes caminhava conosco e, com certeza, até daria sua vida por seus co-adoradores, agindo dessa maneira é realmente muito triste.

    O Queruvim escreveu que pessoas de outras religiões ao redor do mundo comemoraram a decisão russa de nos impedir. Mas, quanto a isso, tudo bem. É normal que Satanás comemore um “breque” na organização do Deus Vivente aqui na Terra. Mas, mais dolorido que isso, é realmente ver os nossos (ou que eram nossos, talvez), fazerem isso.

    Trágico…trágico..

    Curtir

  • Queruvim  On 21 de julho de 2016 at 12:35

    Luan, no lado esquerdo desta página, em assuntos, vá em PROFECIAS. encontrará os seguintes artigos que já coloco o link aqui para você:

    As Testemunhas de Jeová e as acusações de “falsas profecias”.

    As Testemunhas de Jeová afirmaram que o “fim do mundo” viria em 1975?

    Espero que avalie com atenção e tire tempo para ler calmamente estes artigos.

    Curtir

  • Caio Cajazeira  On 21 de julho de 2016 at 13:29

    Sobre isto, o Portal Portas Vivas, parceria de igrejas evangélicas minoritárias perseguidas, abordou sobre este assunto no site deles, e lá afirmaram que a “liberdade religiosa está ameaçada [na Rússia]”. Parece que até pouco tempo somente as Testemunhas de Jeová foram colocadas na gangorra pela mídia da oposição da cristandade (evangélica e católica) e por apóstadas pífios. Infelizmente a mídia brasileira esconde as decisões da Rússia. Isto demonstra manipulação de informações e omissão, mas pelo menos o que sites “gospel” confirmam apostam a mangueira contra aqueles que apoiavam o governo daquele país. Com isso tais grupos “cristãos” sofrem redução, mas as Testemunhas de Jeová progridem pelo espírito santo.

    Curtir

  • Davi  On 22 de julho de 2016 at 8:54

    Olá Luan,

    Agradecemos por ter se expressado, mas o que é realmente um “falso cristão”?
    Aqueles que tem atos de pedofilia (nos meios evangélico e católico),ou que ficam extorquindo dinheiro das pessoas em nome da fé para que os próprios clérigos da cristandade ficam ricos e seus fieis pobres, e que apoia partidos políticos afim de interesses egoístas?
    Ou são aqueles que pregam de casa em casa, nos parques e em lugares públicos conforme os cristãos do primeiro século? Que sempre tentam viver de acordo com o que a bíblia ensina? E que Durante a Segunda Guerra Mundial, foram perseguidos pelo partido nazista por sua neutralidade cristã?
    Peço que por favor reflita nestas perguntas.
    Realmente, sobre 1914, nós se equivocamos que poderia vir o fim nesta data, mas porque a luz da verdade ainda não estava tão clara para nós, mas teve acontecimento significativos que mudaram o mundo a partir de então, que foi a primeira guerra mundial (A grande Guerra).
    Luan, você sabia que antes da primeira guerra mundial, as pessoas viviam em paz e segurança e nunca imaginaram que haveria um guerra?
    Mas as Testemunhas de Jeová, predisseram que alguma coisa marcante iria acontecer nesta época, e aconteceu.
    Agora em relação as outras datas, isso só foi especulação por parte das pessoas em nosso meio (e que não estão mais ), e também que nenhuma publicação afirmou que tais datas poderia vir o fim.

    Espero ter ajudado.

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 22 de julho de 2016 at 21:53

    Luan

    Quanto a questão das datas, elas devem ser entendidas no seu contexto.

    1874 – NÃO FOI PREDITO O FIM – Entendíamos que havia iniciado a “parousia” invisível de Cristo (Mateus 24:3) mas como o texto mesmo diz: “ainda não é o fim” – Mateus 24:6.
    Essa cronologia não era de Russell. embora os Estudantes da Bíblia a tenham adotado ela foi divulgada a Russell por Nelson Barbour, que foi seu associado até 1878.
    Isso foi influenciado pela crença de que o sétimo milênio da história humana começara em 1873 e que um período de desfavor divino (de duração igual ao período anterior considerado ser de favor) sobre o Israel natural terminaria em 1878. A cronologia estava errada por se basear numa tradução inexata de Atos 13:20, na King James Version, crendo-se que havia um erro de transcrição em 1 Reis 6:1, e por não se levar em conta os sincronismos bíblicos na datação dos reinados dos reis de Judá e de Israel. Um entendimento mais claro da cronologia bíblica foi publicado em 1943 no livro “A Verdade Vos Tornará Livres” e refinado no ano seguinte no livro “Está Próximo o Reino”, bem como em publicações posteriores.

    1914 – Esse tema foi amplamente divulgado como sendo sim o possível ano do Armagedom baseado na profecia de Daniel acerca dos 7 tempos. as expectativas erradas dos estudantes da Bíblia apenas mostrara que sua interpretação quanto ao EVENTO não estava correta, com o tempo foi-se tendo mais conhecimento e entendimento sobre o real significado dessa profecia.
    Hoje sabemos que na verdade, essa profecia é que marca o inicio da “parousia” de Cristo.

    1920 e 1925 – No discurso “Milhões Que Agora Vivem Jamais Morrerão”, proferido por J. F. Rutherford em 21 de março de 1920 no Hippodrome, na cidade de Nova Iorque, dirigiu-se atenção ao ano de 1925. Em que base se pensava ser este significativo? Num folheto publicado naquele mesmo ano, 1920, foi dito que, se 70 plenos jubileus fossem calculados a partir da data em que Israel, segundo se entendia, entrou na Terra Prometida (em vez de começar depois do último jubileu típico ocorrido antes do exílio babilônico e daí contar até o início do ano do jubileu no fim do ciclo de 50 anos), isso poderia apontar para o ano de 1925. À base do que se dizia ali, muitos esperavam que talvez os remanescentes do pequeno rebanho recebessem sua recompensa celestial em 1925. Esse ano também era relacionado com expectativas de ressurreição de fiéis servos de Deus pré-cristãos com o fim de servirem na Terra como representantes principescos do Reino celestial. Se isso realmente ocorresse, isso significaria que a humanidade havia entrado numa era em que a morte deixaria de ser dominadora, e milhões que então viviam podiam ter a esperança de nunca desaparecer da Terra por causa da morte. Que feliz perspectiva! Embora equivocada, eles ansiosamente partilharam-na com outros.
    Mais tarde, durante os anos de 1935 a 1944, uma revisão do esquema geral da cronologia bíblica revelou que uma má tradução de Atos 13:19, 20 na King James Version, junto com certos outros fatores, causara um erro de mais de um século na cronologia. Isto mais tarde levou ao conceito — às vezes declarado como possibilidade, às vezes mais firmemente — que visto que o sétimo milênio da história humana começaria em 1975, os eventos associados com o início do Reinado Milenar de Cristo poderiam começar a ocorrer então.
    Eram corretas as crenças das Testemunhas de Jeová nesses assuntos? Elas certamente não erraram em crer que Deus sem falta faria o que prometera. Mas alguns de seus cálculos de tempo e as expectativas que ligavam a estes causaram sérios desapontamentos.

    1975 – Depois de 1925, a assistência às reuniões caiu drasticamente em algumas congregações na França e na Suíça. De novo, em 1975, houve desapontamento quando as expectativas sobre o início do Milênio não se concretizaram. Em resultado, alguns se afastaram da organização. Outros, porque tentaram subverter a fé de associados, foram desassociados. Sem dúvida, o desapontamento com relação à data era um fator, mas, em alguns casos, as raízes eram mais profundas. Alguns indivíduos também argumentavam contra a necessidade de participar no ministério de casa em casa. Alguns não escolheram simplesmente seguir o seu próprio caminho; tornaram-se agressivos na sua oposição à organização com a qual outrora se associavam, e serviram-se da imprensa e da televisão para divulgar seus conceitos. Não obstante, o número dos dissidentes foi relativamente pequeno.
    Embora esses testes resultassem numa peneiração e alguns fossem levados como a palha ao se joeirar o trigo, outros permaneceram firmes. Por quê? Sobre sua própria experiência e a de outros em 1925, Jules Feller explicou: “Os que haviam depositado a sua confiança em Jeová permaneceram firmes e continuaram a sua atividade de pregação.” Eles reconheceram que se havia cometido um equívoco, mas que de modo algum a Palavra de Deus falhara, e, assim, não havia razão para deixar que a sua esperança minguasse ou de esmorecer na obra de apontar para as pessoas o Reino de Deus como a única esperança da humanidade.
    Algumas expectativas não se haviam cumprido, mas isso não significava que a cronologia bíblica fosse sem valor. A profecia registrada por Daniel a respeito do aparecimento do Messias 69 semanas de anos depois da “saída da palavra para se restaurar e reconstruir Jerusalém” se cumpriu na hora certa, em 29 EC. (Dan. 9:24-27) O ano de 1914 também foi marcado na profecia bíblica.

    2000 – Essa FALÁCIA se baseia na fraseologia de alguns livros e revistas que afirmavam que a obra de pregação terminaria no século 20.
    “Dentro em breve, no nosso século vinte, começará a “batalha no dia de Jeová” contra o antítipo moderno de Jerusalém, a cristandade.” – “As Nações Terão de Saber que Eu Sou Jeová” — Como?, 1973, p. 200, parágrafo 9.
    Todas as citações dessa natureza deram-se ANTES de 1975 e na verdade apontavam para 1975 que ainda pertencia ao século 20, e não para o ano 2000. portanto NUNCA HOUVE tal afirmação.

    Sobre a questão de Paulo, isso me cheira a Fábio Sabino. Alguns trinitários também passaram a apoiar essa ideia uma vez que não conseguem consolidar essa crença Diabólica nas cartas Paulinas.

    O ponto é que Paulo possuia a “mente de Cristo” (1 Corínitos 2:16) Ele era IMITADOR de Cristo (1 Coríntios 11:1) em outras palavras, Paulo acreditava nas MESMAS COISAS que JESUS ACREDITAVA e ensinava,

    No que se refere a Deus por exemplo:
    Jesus havia ensinado que o ÚNICO DEUS VERDADEIRO é o Pai (João 4:22-24; 17:3; 20:17) e Paulo pregava isso – 1 Coríntios 8:6; Efésios 1:3; 1 Timóteo 2:5.

    Muitos outros paralelos como por exemplo sobre o fato de humanos serem juízes junto com Cristo. – Mateus 19:28; Lucas 22:29 compare com 1 Coríntios 6:2.

    A importância e ligação entre o sacrifício de Jesus e de sua futura vinda qual executor. – Mateus 24:30; Lucas 22:19, 20 compare com 1 Coríntios 11:23-26.

    A importância da sua morte e ressurreição. – Mateus 16:21 compare com Atos 17:2, 3; 1 Coríntios 15:14.

    O apóstolo Paulo sempre sofreu muita perseguição e seus escritos também. Isso ocorre desde a época dos apóstolos, e não nos deve admirar que também ocorra nos nossos dias. ‘Tenham em mente que a paciência de nosso Senhor significa salvação, como também o nosso amado irmão Paulo lhes escreveu, com a sabedoria que Deus lhe deu.Ele escreve da mesma forma em todas as suas cartas, falando nelas destes assuntos. Suas cartas contêm algumas coisas difíceis de entender, as quais os ignorantes e instáveis torcem, como também o fazem com as demais Escrituras, para a própria destruição deles.” – 2 Pedro 3:15,16.

    Curtir

  • NOÉ  On 24 de julho de 2016 at 12:15

    SOBRE O APÓSTATA QUE FICA FELIZ COM A AGRESSÃO AOS SEUS ANTERIORES IRMÃOS, JÁ FOMOS AVISADOS QUE ISSO ACONTECERIA COM OS VERDADEIROS CRISTÃOS E TAMBÉM O QUE ACONTECERÁ COM OS APÓSTATAS AGRESSORES:

                                          Mateus 24:32,33
    

    És trabalhador sábio e fiel ao Senhor? Confiei-te a administração da minha casa, a alimentação dos meus filhos dia após dia? Portanto abençoado serás se, quando voltar, te encontrar a fazer sempre fielmente o teu trabalho. Tais trabalhadores porei eu sobre o que tenho
    Mas se fores mau e disseres contigo próprio que o Senhor não há-de voltar tão depressa e começares a maltratar os teus companheiros, fazendo uma vida de luxo e libertina, o teu Senhor, quando chegar sem aviso e sem que o esperes, castigar-te-á severamente e te dará a condenação reservada aos fingidos, mandando-te para onde haverá choro e lamentos de desespero.

    SOBRE A ALEGRIA QUE NOSSOS INIMIGOS DEMONSTRAM QUANDO SOMOS ATACADOS PELOS GOVERNOS, TAMBÉM FOI PROFETIZADO QUE ISSO ACONTECERIA COM O ÚNICO POVO DE DEUS HOJE:

                                          Apocalipse 11:7-9
    

    E quando terminarem o seu testemunho, o monstro que sai do insondável abismo virá fazer-lhes guerra, e há-de vencê-los e matá-los;
    e por três dias e meio os seus corpos estarão expostos nas ruas da grande cidade que simbolicamente se chama Sodoma ou Egipto, aí mesmo onde o seu Senhor foi crucificado! Ninguém terá licença de os levar para uma sepultura; e gente de muitas origens e línguas se concentrarão ali para os ver.
    E por toda a Terra haverá uma onda de regozijo pela sua morte, e até se mandarão presentes uns aos outros, felicitando-se entre si pelo desaparecimento dessas duas testemunhas de Deus que tanto os tinham atormentado.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s