Arqueólogos fazem ‘a primeira descoberta’ de cemitério filisteu em Israel


 

cemitério Filisteu

FOTO DE TSAFRIR ABAYOV para a equipe de expedição de  LEON LEVY

Restos humanos enterrados a quase 3000 anos no sul de Israel finalmente ajudará pesquisadores a obter informação sobre a origem dos filisteus. Pesquisadores em Israel descobriram um cemitério dos antigos filisteus  fora dos muros da antiga Ascalom  (אַשְׁקְלוֹן‎ em hebraico;  Isqalluna, em acadiano) segundo eles, o primeiro a ser encontrado na história.  O achado, ocorrido em 2013 e tornado público neste domingo (10), pode trazer respostas sobre a antiga teimosia  em torno da origem do povo filisteu. A Bíblia já fala sobre este assunto apesar da descrença e apatia dos que acreditam que a Bíblia é um livro de mitos. Ascalom era um porto significativo na região do Mediterrâneo e era conhecido por uma feira bastante procurada no mundo antigo.

 

Filisteus

A descoberta marcou o fim da escavação realizada pela Expedição Leon Levy na região do Parque Nacional de Ashkelon 

(Tel Ashqelon), situada a cerca de 19 km ao NNE de Gaza.

 

cemitério Filisteu de Ascalom

 

A descoberta marcou o fim da escavação realizada pela Expedição Leon Levy na região do Parque Nacional de Ashkelon, no sul de Israel. Os trabalhos duraram 30 anos. Os líderes da pesquisa dizem ter encontrado 145 conjuntos de restos mortais em várias câmaras fúnebres, algumas cercadas por perfume, comida, joias e armas. As ossadas são originárias do período compreendido entre os séculos 11 a.C. e 8 a.C.

 

Kathryn Marklein na foto ao lado, articula que o cemitério filisteu de Ascalom é do IX ao X século A.E.C

 

 

 

 

 

 

 

Os arqueólogos encontraram muitos utensílios e mais de 200 indivíduos. Abaixo vemos um frasco de perfume ao lado dos restos mortais de uma pessoa sepultada.

restos mortais Ascalom e perfume

Povo migrante

Os filisteus são mencionados na Bíblia como arqui-inimigos dos antigos israelitas. Acredita-se que eles tenham migrado para as terras de Israel por volta do século 12 a.C, vindos de áreas do oeste. Ascalom foi designada à tribo de Judá  por ocasião da tomada da terra prometida e foi capturada por esta, mas, aparentemente, não permaneceu sujeita a Judá por muito tempo. (Jz 1:18, 19)

O filisteu mais conhecido nos dias atuais é Golias, guerreiro gigante que, o relato inspirado por Deus diz que foi derrotado por Davi. Alguns afirmam de modo equivocado que “todos os filisteus eram gigantes”. O relato da Bíblia demonstra claramente que isso é errado. VEja o artigo sobre Golias

“Após décadas estudando o que os filisteus deixaram para trás, nós finalmente ficamos cara a cara com essas pessoas”, afirmou Daniel M. Master, um dos líderes da escavação. “Com essa descoberta, nós estamos próximos de desvendar o segredo em torno de suas origens.”

A Bíblia em Amós 9:7 diz:

‘Não são vocês para mim como os filhos dos cuchitas, ó povo de Israel?’ diz Jeová.‘Por acaso não tirei Israel da terra do Egito, Os filisteus de Creta,+ e a Síria de Quir?’+

Jeremias 47:4 diz sobre as origens dos Filisteus:

  “Porque o dia que destruirá todos os filisteus está chegando,E eliminará de Tiro e Sídon todos os aliados que restarem. Pois Jeová destruirá os filisteus, Aqueles que restaram da ilha de Caftor.”
 A ilha de Creta (considerada Caftor),  não foi necessariamente o lar original dos filisteus, mas o lugar de onde migraram para a costa de Canaã. (Je 47:4;Am 9:7; veja CAFTOR, CAFTORINS; CRETA, CRETENSES.) Ao estudar estes links observará que um dos filhos de Noé teve uma descendência que passou a residir perto do mar mediterrâneo, justamente o local de acesso até Caftor. E deste local para a margem ocidental de Israel com o mediterrâneo. Não é de admirar que a mais antiga civilização , com zonas urbanas e cidades sejam confirmadamente proveniente da Mesopotâmia. A Mesopotâmia é considerada um dos berços da civilização e a Bíblia já aponta que foi desta região que surgiram antigas civilizações, não em algum lugar onde arqueólogos encontraram algum esqueleto perdido na Africa. 
A Obra Estudo Perspicaz das Escrituras, publicada pelas Testemunhas de Jeová falando sobre a origem e procedência dos Filisteus, afirma:
“Não há certeza quando esta migração ocorreu. Todavia, já no tempo de Abraão e de seu filho Isaque, havia filisteus morando em Gerar, na parte meridional de Canaã. Eles tinham um rei, Abimeleque, e um exército sob o comando de certo Ficol. — Gên 20:1, 2; 21:32-34; 26:1-18“.

resto humano em Ascalom

Segredo de três anos

O achado foi mantido em segredo por três anos até que os trabalhos fossem finalizados. O objetivo era evitar atrair a atenção de ativistas judeus ultraortodoxos, que já haviam feito atos contra escavações. Estes não raro acusam os arqueólogos de perturbar locais de sepultamento. “Nós tivemos que segurar as nossas línguas por um longo tempo”, disse Master.

Gil Cohen Magen/Xinhua

arqueologia filisteus ashkelom

O achado foi descoberto em 2013, mas só divulgado neste domingo

Especialistas que estudaram o período divergem sobre a origem geográfica dos filisteus – Grécia, sua ilha Creta, Chipre ou Anatólia, na Turquia, são apontados devido a similaridade entre estas nações ao sepultar seus mortos.  Muitos eram enterrados em covas de formato ovalado. A equipe da expedição está agora fazendo exames de DNA, de datação por radiocarbono e outros testes nos restos mortais em uma tentativa de apontar sua ascendência.
ashkelon-cemetery-skeleton
Adam Aja, (Curador Assistente de Coleções do Museu Semítico de Harvard e Diretor Assistente da expedição) Sherry Fox, Antropologista Forense e Daniel Master, Professor de Arqueologia na Faculdade Wheaton. Photo: ©Tsafrir Abayov/Leon Levy Expedition.

A maioria dos corpos não foi enterrada com itens pessoais, afirmam os pesquisadores, mas perto de alguns havia utensílios onde eram guardados perfumes, jarras e pequenas tigelas. Poucos indivíduos foram sepultados com pulseiras e brincos. Outros, com armas.

“É assim que filisteus tratavam seus mortos, e esse é o ‘livro de códigos’ para decifrar tudo”, disse o arqueólogo Adam Aja, um dos participantes da escavação.

Cemitério Filisteu de Ascalom traducaodonovomundoDefendida

Câmaras tumulares de Ashlar no Cemitério de Ascalom. Foto: Megan Sauter.

Muitos dos frascos decorados do cemitério foram importados da Fenícia. Isto não é surpreendente, pois os filisteus tinham laços estreitos com cidades fenícias da costa libanesa central, como Tiro, Sidon e Biblos. Esta relação de proximidade reflete-se na Bíblia hebraica (vide, por exemplo, Jeremias 47: 4). De outras áreas escavadas em Tel Ashkelon datadas dos séculos 12 ao 7ª A.E.C (Idade do Ferro), observou-se que a maior parcela das importações  vieram da Fenícia.

Sherry Fox Antropologista e Patologista Ascalom

Aguardamos com atenção o que as pesquisas a respeito deste achado arqueológico trará a tona. Estamos certos de que a Bíblia já possui tudo o que precisamos para termos fé. A arqueologia das terras bíblicas sempre trará novas confirmações adicionais de que a Bíblia sempre tem razão.

 

Ascalom_Panorama_Image

Moderna Ascalom

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • Davi  On 15 de julho de 2016 at 8:49

    Muito Bom o Artigo!! Isso mostra a Bíblia ela é historicamente autêntica.
    Isso é mais uma prova para os ateus de que a bíblia não é uma livro de mitos e lendas.

    Curtir

  • Ivan Oliveira  On 15 de julho de 2016 at 9:51

    Pelo que sabemos os israelitas,sob Josué chegaram em Canaã no século XV AEC e os cananeus já estão lá,pois precisavam ser desalojados, esta data século XII AEC para a chegada dos cananeus, está correta, Queruvim?

    Curtir

  • Ivan Oliveira  On 15 de julho de 2016 at 9:57

    Queruvim, por favor, me ajuda, se possível, quando os israelitas dominaram parcialmente Canaã, sob Josué,no ´século 15 aec os cananeus, já não estavam lá?

    Curtir

  • Queruvim  On 15 de julho de 2016 at 23:51

    Filisteus não é sinônimo de Cananeus. Os Filisteus não eram originalmente cananeus. Gênesis 10:13 diz:

    “Mizraim tornou-se pai de Ludim,+ de Anamim, de Leabim, de Naftuim,+ 14 de Patrusim,+ de Casluim (de quem se originaram os filisteus+) e de Caftorim.”
    A Obra Estudo Perspicaz das Escrituras diz o seguinte:

    O território de Canaã, conforme prometido à nação de Israel, acha-se delineado em mais pormenores em Números 34:2-12. Evidentemente começava mais ao N de Sídon e se estendia ao S até o “vale da torrente do Egito” e Cades-Barnéia. Os filisteus, que não eram cananeus (Gên 10:13, 14), tinham ocupado a região costeira ao S da planície de Sarom, mas esta, também, tinha sido anteriormente “considerada” como terra cananéia. (Jos 13:3) Outras tribos, tais como os queneus (uma família deles sendo mais tarde associada com Midiã; Núm 10:29; Jz 1:16) e os amalequitas (descendentes de Esaú; Gên 36:12) também haviam penetrado neste território. — Gên 15:18-21; Núm 14:45.

    Curtir

  • Kyo  On 18 de julho de 2016 at 11:31

    Queruvim, e o tal manuscrito do primeiro século. Notícias dele?

    Curtir

  • Queruvim  On 18 de julho de 2016 at 13:11

    Ainda não, mas está na hora de checar novamente. vou ver.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s