“Deus unigênito” em João 1:18 – um dilema para os trinitaristas! (Parte 1)


Este artigo é a primeira parte de uma série especial sobre como o texto de João 1:18 constitui uma situação extremamente embaraçosa para os que defendem  a doutrina trinitária. A série destina-se a servir de importante material de apoio para todos os que desejam defender a verdade bíblica sobre a real identidade do Deus Todo-poderoso.  CLIQUE AQUI PARA VER O ARTIGO

 

FONTE: O Apologista da Verdade

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • claudio camargo  On 15 de maio de 2016 at 21:09

    Boa noite Grato pela postagem Saudações Claudio Camargo

    Curtir

  • Jose Roberto de Araujo  On 17 de maio de 2016 at 17:26

    Excelente artigo, aguardando as partes seguintes, tudo para a glória e honra de Jeová , e em defesa da verdade. ( Apocalipse 4;11) ( 1 Timoteo 2;3,4).
    Que bom que , podemos comentar novamente ! Está pesquisando no momento algum assunto Bíblico , Queruvim ? “

    Curtir

  • Marcelo O Lira  On 18 de maio de 2016 at 1:04

    ótimo artigo.

    Curtir

  • Marcelo O Lira  On 18 de maio de 2016 at 1:05

    Gostei muito do tópico, abrange muito bem o conteúdo.

    Curtir

  • Davi  On 18 de maio de 2016 at 9:53

    Muito bom esse artigo, no ministério de campo encontrei uma pessoa que argumentou justamente isso (e diga de passagem, sem educação, pois ele agiu com pré-conceito que eu já estava errado com minhas crenças, se mesmo ter falado nada) dizendo que Jesus era “O Deus unigênito” João 1:18.
    Mas se for verificar isso é um tiro no pé da trindade, porque se for neste pressuposto que existe o “Deus único, Jesus” então o Pai e o Espirito Santo que também são Deus são menores que Jesus?
    Estou aguardando mais artigos! um Abraço Queruvim.

    Curtir

  • ibis  On 24 de maio de 2016 at 15:26

    Diante do exposto responda a questão: Deus não pode morrer. Jesus morreu por nós. Nenhum homem, ser celestial ou anjo poderia morrer por nossos pecados.Então, quem ou o que é Jesus?

    Curtido por 1 pessoa

  • Davi  On 25 de maio de 2016 at 10:30

    ibis,

    Essa pergunta é muito importante, pois João 17:3 fala: “Isto significa vida eterna:que conheçam a ti, o único Deus verdadeiro,e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo”
    Então para ter vida eterna precisamos conhecer Jesus Cristo, e por isso muito antes de Jesus nascer, Deus disse que viria o “Messias” em Hebraico ou Cristo em Grego que significa “Ungido” e ungido significa designado por Deus (que seu nome Singular é Jeová) para uma designação muito especial.
    E como sabemos que Jesus é o Messias? Porque a muitas profecias que indicava que Jesus é o Messias.
    Vejamos duas profecias que indica que Jesus é o Messias prometido, a primeira é que com 700 anos de antecedência Miqueias 5:2 fala que o Messias viria a nascer na cidade de belém, e a profecia se cumpriu em Mateus 2:1.
    Em Daniel 9:25 predisse que Jesus seria o Cristo no final de 25 EC.
    Agora onde ele veio? Como ele mesmo disse em João 3:13 “Além disso, nenhum homem subiu ao céu,+ a não ser aquele que desceu do céu, o Filho do Homem.”

    Veja outras passagens:

    João 6:38 – “pois desci do céu+ não para fazer a minha própria vontade, mas a vontade daquele que me enviou”

    João 6:62 – “O que aconteceria então se vocês vissem o Filho do Homem subir para onde estava antes?”

    Como Criatura espiritual ele tinha uma relação bem próxima de Jeová e como Sabemos disso? Novamente a Bíblia explica em Colossenses 1:15 diz que é o “primogênito de toda a criação ” ou seja, ele foi o primeiro a ser criado por Jeová que é o Criador, ou seja, o Pai conforme Isaías 64:8.E visto que ele foi Criado por Jeová então ele é Chamado de Filho de Deus.De modo que como os anjos também foi criado por Jeová então eles também são chamados de filho de Deus.

    Então Será que Deus o Criador é Jesus como muitos acreditam?
    Não, conforme vimos ele é o Filho de Deus, ou seja, ele foi criado e teve principio. Ao contrario de Jeová que não teve nem Principio e não terá fim. Veja Salmos 90:2.
    E Jesus disse em João 14:28 que o Pai (Criador de Tudo) é maior do que ele.
    Concluindo sua pergunta, realmente como criatura espiritual ele não poderia morrer, mas ele voluntariamente decidiu vir para a terra e viver como Humano.
    Para que isso acontecesse Jeová milagrosamente transferiu ele para um ventre de uma virgem chamada Maria e ele nasceu como humano.
    E ele foi Fiel a Jeová até a sua morte, mesmo sendo acusado falsamente, ele continuou fiel a Jeová e com isso sua morte Deus oportunidade de Vida eterna, a todos que serão obedientes a ele.
    Espero ter ajudado.

    Curtir

  • Alexei  On 1 de junho de 2016 at 16:58

    Jesus morreu.
    Ele mesmo revelou isso.(Apoc 1:18, 2:8)
    Mas pela sua lealdade a morte não domina mais sobre ele, ele agora vive para Deus (Rom 6:9, 10).
    Foi ressuscitado pelo poder de Deus (1 Cor 13:4).
    Foi o primeiro a ressuscitar para a vida celestial (At 26:23; 1 Cor 15:20) Podemos afirmar também que nossa fé é igual a de Paulo visto que adoramos Aquele que ressuscitou a Jesus de entre os mortos (Rom 4:24, 8:11)

    Curtir

  • Wellington Luiz  On 6 de junho de 2016 at 13:59

    quem ressuscitou jesus??? foi Deus segundo atos 2:32… ou o proprio jesus segundo joao 2:19???
    jesus mentiu, ou a biblia estar errada ou jesus é o proprio DEUS???

    Curtir

  • A Serviço do Reino  On 6 de junho de 2016 at 15:54

    Wellington Luiz,

    Boa tarde. Bem, vc perguntou quem ressuscitou Jesus. Foi o Pai Jeová ou o próprio Jesus se auto ressuscitou?

    Bem, a bíblia não se contradiz e em diversos textos mostra que quem ressuscitou Jesus foi o Pai Jeová. (Atos 2:24; 10:40; 1Cor 6:14; Gal 1:1 etc)

    Então como entender João 2:19?

    Pra entender, basta comparar esse texto com Lucas 8:48. Jesus é citado dizendo a uma mulher: “A tua fé te salvou.”

    Curou ela a si própria? Ela mesma se salvou sem precisar de Deus?

    Não né? Entendemos que foi o poder de Deus, por intermédio de Cristo, que a curou porque ela tinha fé. (Luc. 8:46; Atos 10:38)

    Da mesma forma, Jesus, pela sua perfeita obediência como homem, proveu a base moral para que o Pai o ressuscitasse dentre os mortos, reconhecendo assim a Jesus como Filho de Deus.

    Por causa de seu proceder fiel na vida, Jesus podia corretamente dizer que foi ele próprio responsável pela sua ressurreição, visto que ele sabia que ia ser fiel, portanto, sendo assim merecedor da ressurreição da parte do Pai.

    Espero ter lhe explicado

    Curtir

  • cyell  On 14 de junho de 2016 at 14:58

    Disse jesus eu e o pai somos um

    Curtir

  • Queruvim  On 14 de junho de 2016 at 19:16

    O que Jesus queria dizer , ao falar conforme registrado em João 10:30, “Eu e o Pai somos um” ?

    Veja a resposta aqui

    Curtir

  • Davi  On 16 de junho de 2016 at 15:41

    Boa tarde Cyell,

    Quando Jesus disse em Mat 19:5 – ” ‘Por essa razão o homem deixará seu pai e sua mãe e se apegará à sua esposa, e os dois serão uma só carne’?+ 6 De modo que não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus pôs sob o mesmo jugo, o homem não deve separar”.

    Será que Jesus quis dizer que a Esposa e o Marido serão a mesma pessoa?

    Claro que não! Ele quis dizer que eles tem que ter o mesmo conceito, alinhados com o mesmo como casais.

    Com base no conceito dele sobre o casamento, será que ele quis dizer quando ele disse que “eu e o pai somos um”?

    O mesmo conceito do casamento!
    Pois, eles seriam “um só” do sentido que eles terem o mesmo conceito e pensamentos.

    A Bíblia responde a própria bíblia.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s