Donald Trump: ‘Considero seriamente’ fechar as Mesquitas


Donald Trump speaks during the Freedom Summit, Saturday, Jan. 24, 2015, in Des Moines, Iowa. (AP Photo/Charlie Neibergall)

Donald Trump candidato à presidência dos Estados Unidos afirmou esta semana em entrevista a MSNBC que se eleito “considera seriamente fechar as Mesquitas muçulmanas nos Estados Unidos” em resposta aos ataques terroristas cometidos em nome do Islã. “Odeio pensar nisso, mas é algo que considero seriamente ter que fazer” disse Trump. Ele acrescentou que “Algo de um tipo de ódio absoluto provém dessas áreas…o ódio é incrível. É inerente. O ódio é inacreditável. O ódio é maior do que qualquer pessoa possa compreender.” Tal declaração veio depois do Ministro de interior da França afirmar que “dissolveria as Mesquitas muçulmanas que pregam ódio”. Trump foi recentemente a uma reunião  em Nova York reconsiderar com o prefeito da cidade o fato de ter desistido do sistema de monitoramento dos muçulmanos na cidade. “Teremos que vigiar e estudar as Mesquitas” afirmou. De fato o clima hostil entre políticos e a religião tem sido algo recorrente. A China proibiu este ano o ritual do Ramadã na região de Xinjiang sob a alegação de “proteger os estudantes” e “evitar o uso de escolas e escritórios do Governo para promover religião”. ** 

Também neste ano foram fechadas 80 Mesquitas muçulmanas na Tunísia por incitação ao Terror. #

 

O FIM DA RELIGIÃO FALSA FOI PREDITO POR DEUS 

Both comments and trackbacks are currently closed.