Líder Religioso do Islã da Ordem Para “Esfaquear”, “Cortar em Pedaços” Todos os Judeus


Tenho observado de perto tudo o que está acontecendo em Israel a vários anos. Recentemente ficar vivo nas ruas de Israel pode ser um roleta russa, visto que os árabes da palestina estão atacando com pedras, facas, machados e até arma de fogo todo tempo. O número de mortes em diversas cidades israelenses tem aumentado. Até mesmo crianças participam do que chamam de “dever” de matar um judeu seja ele quem for, homem, mulher ou criança. Voltaram a lançar foguetes de Gaza novamente depois de um pouco de sossego.  A mídia ocidental demonstra sua indignação apenas quando policiais israelenses reagem e matam os agressores. Até mesmo a ONU tem ficado muda e ao invés de condenar os líderes do Islã por promoverem tal ódio e racismo sem limites, pede para ambas as partes “não escalarem mais a violência”. Países comunistas do mundo inteiro também se calam ao ver o sangue de judeus ser derramado. Por outro lado fazem um barulho ensurdecedor caso um judeu tente se defender e ceife a vida de um louco, principalmente se for um árabe da palestina e da região de Gaza. Ariel Sharon falecido Primeiro Ministro de Israel achava que ceder a faixa de Gaza iria acalmar os árabes e promover a “paz”. Cedeu aquela terra e desapropriou milhares de judeus e seus negócios. Mal sabia ele que Gaza seria uma plataforma de lançamento de mísseis e foguetes. Observe um acontecimento corriqueiro mas que tem ocorrido sem condenação alguma da parte da maioria dos países do mundo. Países onde predominam no meio artístico e universitário os que são simpatizantes do comunismo acolhem com indignação qualquer reação  da parte de Israel e até mesmo órgãos internacionais procurando impressionar por meio do que é “politicamente correto” se apressam em falar a favor dos “direitos humanos” e em condenar Israel favorecendo os “oprimidos palestinos”. Somente nas última horas já passa de 70 israelenses esfaqueados e um clima de caos toma conta de Israel. Os verdadeiros cristãos não tomam parte nos conflitos das nações. (João 17:16) Ainda assim não ficam insensíveis a injustiça. Sabem que por mais bem intencionados que sejam alguns governantes, não podem governar e ser bem sucedidos. Eclesiastes 8:9

Sabem também que todos os Governos humanos cometem erros graves e em uma hora ou outra da história acabam oprimindo os inocentes. Outros governos porem, são descaradamente perversos e promovem a violência e o ódio.

Há porém um elemento bastante negativo neste cenário- a religião falsa.

Um líder religioso islâmico convocando a todos para “esfaquearem” judeus é algo corriqueiro. Mas coincide com uma série de atentados recentes.

O Sheikh Muhammad Sallah “Abu Rajab” em uma Mesquita em Rafah , Gaza fez as seguintes declarações:

“Estamos impondo um toque de recolher  com daggas se Allah quiser !”

‘Formem esquadrões de esfaqueamento!”

“Não queremos apenas um atacando, mas 3 ou 4 …alguns segurem a vítima e os outros cortem-nas em pedaços com machado e faca de açougueiro… cortem-nos em pedaços!”

RESULTADO DA CONVOCAÇÃO DOS LÍDERES DO ISLÃ… IMAGENS FORTES! 

A raiz do problema parece ser a mesma que está transformando a Europa em uma “zona de guerra”

 

A causa básica de tudo isso não é disputa por terras. A prova está no que falei acima sobre o que os Palestino fizeram quando receberam a terra que tanto pediam. Além disso existe milhares de quilômetros de terras vagas no oriente médio. Então qual é A RAIZ OU CAUSA PRINCIPAL DO PROBLEMA PALESTINO???

 

ESTE ARTIGO LHE DARÁ A RESPOSTA!

Both comments and trackbacks are currently closed.