Por que adorar apenas ao Pai e não a “trindade toda”?


MAIS UMA PERGUNTA AOS TRINITÁRIOS

Jo 4:23: Contudo, vem a hora, e agora é, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai com espírito e verdade. Pois, realmente, o Pai está procurando a esses para o adorarem.

Ro 15:5,6: Que o Deus que dá perseverança e consolo lhes conceda terem entre si a mesma atitude que Cristo Jesus teve, para que, unidos e com uma só voz, vocês glorifiquem ao Deus e Pai do nosso Senhor Jesus Cristo.

2Co 11:31: O Deus e Pai do Senhor Jesus, Aquele que deve ser louvado para sempre, sabe que não estou mentindo.

Ef 5:20: dando sempre graças por todas as coisas ao nosso Deus e Pai, em nome do nosso Senhor Jesus Cristo.

Col 1:3: Sempre agradecemos a Deus, o Pai do nosso Senhor Jesus Cristo, quando oramos por vocês

Fil 2:11: e toda língua reconheça abertamente que Jesus Cristo é Senhor, para a glória de Deus, o Pai.

Fil 4:19,20: Meu Deus, por sua vez, lhes suprirá plenamente todas as necessidades segundo as Suas gloriosas riquezas, por meio de Cristo Jesus. Ao nosso Deus e Pai seja dada a glória para todo o sempre. Amém.

Tg 3:9: Com ela louvamos a Jeová, o Pai, e com ela amaldiçoamos homens que vieram a existir “à semelhança de Deus”.

Ju 25: ao único Deus, nosso Salvador, por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor, seja a glória, a majestade, o poder e a autoridade desde toda a eternidade, agora e por toda a eternidade. Amém.

 

VEJA OUTRAS PERGUNTAS AOS TRINITÁRIOS!

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • Alexandre  On 21 de agosto de 2015 at 19:14

    Coleção ótima de textos .. Se Jesus veio ensinar a adorar o Pai e Deus dele,que são os trinitarianos para “querer mudar isso?

    Curtir

  • Olicio Vieira Ferraz  On 21 de agosto de 2015 at 20:29

    todo primeiro versículo das cartas dos apóstolo mostra que eles não acreditavam em uma trindade.

    Curtir

  • Fabio  On 22 de agosto de 2015 at 1:37

    A pergunta do leitor ”Kyo” transmite a ideia de que ser louvado e ser glorificado envolve, intrinsecamente, ser adorado. Não sei se estou enganado, mas me parece que a resposta no artigo acima publicado vem claramente endossar este entendimento, já que os textos citados atribuem tais prerrogativas única e exclusivamente ao Pai. Ser for assim mesmo, como eu deveria entender a letra do cântico 99, do atual cancioneiro, cujo tema é: “Louvem o novo rei da terra” que trás em seu refrão as orações: ”Louvem a Jeová e Louvem o seu Filho, Cristo, Que veio nos resgatar.”???
    Será que não se trata de um erro conceitual dos sentidos de louvar, glorificar e,
    porque não, adorar ???

    Curtir

  • Marcelo  On 22 de agosto de 2015 at 3:23

    Mais uma:

    17 Então, se somos filhos, somos também herdeiros — herdeiros de Deus, mas co-herdeiros+ com Cristo —, desde que soframos com ele,+ para que também sejamos glorificados com ele.+ Ro 8:17

    Porque herdeiros de DEUS mas CO-HERDEIRO de Cristo? Ao Ser glorificado com Cristo aqueles a quem se aplica o texto serão parte da divindade ?

    Curtir

  • Edir M. Zucolli  On 22 de agosto de 2015 at 7:29

    Equação para explicar a trindade pagã: 1x1x1=3

    Equação para explicar a trindade “cristã”: 1+1+1=1

    Curtir

  • Alex  On 22 de agosto de 2015 at 11:57

    Que confusão mental que eles fazem na cabeça das pessoas e pior que ainda relutam a verdade.

    Curtir

  • Saga  On 22 de agosto de 2015 at 16:20

    Fábio, não é isso, é que a forma de se expressar dos escritores bíblicos sugerem certa irreverência em relação as pessoas da Divindade ao se escolher voluntaria e conscientemente de maneira proposital exaltar apenas uma das múltiplas pessoas em Deus. Se eu fosse trinitário, sempre estaria preocupado em não ser injusto, parcial ou demonstrar algum favoritismo a respeito de alguma pessoa de Deus em relação a outra, senão estarei desonrando a coigualdade da Santíssima Trindade. Não posso escolher cultuar uma pessoa da Trindade em detrimento de outras

    Curtir

  • kl  On 22 de agosto de 2015 at 18:25

    Fabio não sei se você sabe mais os conceitos de “glória” “adora/adoração tem suas particularidades que após adoção da doutrina da trindade eles foram sutilmente exploradas a fim promover a ideia que os “santos” deveriam ser representados por imagens e estes deveriam ser venerados. “São”João Damasceno em seu Escrito “Apologia Conta os que Condenam as imagens sagradas ” defendeu tal ideia. Enquanto que a defesa desta doutrina que diferenciou os conceitos de “prestar serviço sagrado nomeando de “latria” e presta homenagem nomeando de dulia ou culto de dulia; para promoção de sua ideia errada ;representou um mergulho nas trevas quanto ao entedimento; os novos cânticos que estão em harmonia com o atual entendimento representam um claricíssima compreenção dessas particularidades. Basta para comprovar isso ver a letra do cântico 109 refletir na letra e no texto base(Hebreus1:6) já virá as notas na Rbi8(edição com referências) sobre o texto ?

    Curtir

  • Felipels  On 22 de agosto de 2015 at 22:03

    Não há nenhuma objeção quanto a louvar a Jesus. Pois (Filipenses 2:9-11) diz:

    “Deus o enalteceu a uma posição superior e lhe deu bondosamente o nome que está acima de todo outro nome, a fim de que, diante do nome de Jesus, se dobre todo joelho — dos que estão no céu, na terra e debaixo do chão — e toda língua reconheça abertamente que Jesus Cristo é Senhor, para a glória de Deus, o Pai.”

    Mas a glória ou louvor dado a Jesus não é o mesmo dado a Jeová! (Isaías 42:8) diz que Jeová não dá a glória que pertence a ele a mais ninguém!

    O próprio Jesus sempre direcionou a glória de suas ações para o seu pai!

    Lemos em Marcos 10:17, 18:
    “Quando ele estava saindo, um homem chegou correndo, pôs-se de joelhos diante dele e lhe perguntou: “Bom Instrutor, o que devo fazer para herdar a vida eterna?” Jesus lhe disse: “Por que você me chama de bom? Ninguém é bom, a não ser um só, Deus.”

    Embora Jesus fosse com certeza “Bom” ele não procurou ter reconhecimento. Humildemente ele direcionou a glória a seu pai Jeová.

    Quanto a questão da Adoração, devemos imitar a Jesus que mesmo no céu adora a Jeová como mostra (João 20:17 e 1 Coríntios 15:28)

    Curtido por 2 pessoas

  • Freitas  On 23 de agosto de 2015 at 0:19

    Acho que a pergunta deve ser melhor formulada.

    Curtir

  • Kyo  On 23 de agosto de 2015 at 2:09

    Olá, Fabio. Eu acho que a pergunta não foi bem entendida. Gostaria de tentar esclarecer.

    ADORAR

    Em João 4:23 Jesus está mostrando que o Pai será adorado e que ele, o Pai, é que quem está procurando esses adoradores. Re 4:11 diz: “Digno és, Jeová, nosso Deus, de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas vieram à existência e foram criadas.” O texto diz que Deus deve ser adorado porque criou todas as coisas. A bíblia diz que Jeová, o Pai, foi quem criou todas as coisas (Gen 2:4; Is 64:8; Mt 23:9) por meio de Jesus (Jo 1:3; Col 1:16; 1Co 8:6) Portanto, apenas Jeová é digno de receber adoração por ser o Deus Todo-poderoso e Criador de tudo. (Is 42:8) Em Re 5:14 também apenas o Pai é adorado (https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2014/03/27/quem-foi-adorado-em-apocalipse-514/)

    Ai fica a pergunta: por que adorar apenas ao Pai e não a trindade em conjunto?

    LOUVAR

    O objetivo dos cristãos é santificar o nome de Jeová, o Pai, e enaltece-o como Soberano universal. (Ez 38:23; Ez 39:13; Mat 6:9; Lu 11:2) Tudo que Cristo fez não foi para a sua própria glória mas para a glória de seu Pai. (Jo 17:1, 4 [compare com Fil 2:11]; Ro 15:7-9) Mt 5:16 diz: “Do mesmo modo, deixem brilhar sua luz perante os homens, para que vejam suas boas obras e deem glória ao seu Pai, que está nos céus.” 1Co 10:31 diz “Portanto, quer vocês comam, quer bebam, quer façam qualquer outra coisa, façam todas as coisas para a glória de Deus.”, ou seja, tudo que fizermos é para a santificação do nome de Jeová.

    Por que nossas ações devem ser para glorificar apenas ao Pai e não a trindade toda?

    Re 7:10 diz: “Clamavam em alta voz: ‘Devemos a salvação ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro.’” Aqui, tanto o Pai como o Filho estão sendo louvados por terem salvado a humanidade. Mas note o que diz 1Pe 1:3: “Louvado seja o DEUS E PAI DO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, pois, segundo a SUA grande misericórdia, ELE nos deu um novo nascimento para uma esperança viva POR MEIO da ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos” (destaque acrescentado) Aqui apenas o Pai é louvado por ser a fonte da salvação, ele foi quem determinou nossa salvação. (1Co 8:6) Note agora Ju 25: “ao ÚNICO Deus, NOSSO SALVADOR, POR MEIO de Jesus Cristo, nosso Senhor, seja a glória, a majestade, o poder e a autoridade desde toda a eternidade, agora e por toda a eternidade. Amém.” (destaque acrescentado) Novamente, apenas o Pai de Jesus foi glorificado. Veja também Fil 4:19,20.

    Pergunta: Por quê essas passagens glorificam apenas o Pai como sendo a fonte dá salvação e único Deus se Deus é uma trindade? Não será porque essa glória cabe apenas a Ele? (Is 42:8)

    AGRADECIMENTOS

    A pergunta não tinha o enfoque apenas na adoração ou louvor, mas em outros aspectos também. Um exemplo é a quem os discípulos agradeciam pelas bênçãos. Note os textos abaixo:

    Ef 5:20 dando sempre graças por todas as coisas AO NOSSO DEUS E PAI, em nome do nosso Senhor Jesus Cristo.

    Fil 1:2-4 Que vocês tenham bondade imerecida e paz da parte DE DEUS, NOSSO PAI, e do Senhor Jesus Cristo. EU SEMPRE AGRADEÇO A MEU DEUS quando me lembro de vocês, 4 em todas as minhas súplicas a favor de todos vocês. Eu faço cada súplica com alegria,

    Col 1:3 Sempre agradecemos A DEUS, O PAI DO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, quando oramos por vocês,

    Col 1:12 ao passo que AGRADECEM AO PAI, QUE OS HABILITOU para participar na herança dos santos na luz.

    Col 3:17 O que for que fizerem, em palavras ou em ações, façam tudo em nome do Senhor Jesus, AGRADECENDO A DEUS, O PAI, por meio dele.

    1Te 1:2,3 Sempre AGRADECEMOS A DEUS ao mencionar todos vocês nas nossas orações, POIS, NA PRESENÇA DO NOSSO DEUS E PAI, nos lembramos constantemente do seu trabalho fiel, do seu esforço motivado por amor e da sua perseverança em razão da sua esperança no nosso Senhor Jesus Cristo.

    2Te 1:2,3 Que vocês tenham bondade imerecida e paz da parte de DEUS, O PAI, e do Senhor Jesus Cristo. Temos a obrigação de sempre AGRADECER A DEUS por vocês, irmãos. Isso é apropriado, porque a sua fé está crescendo extraordinariamente, e o amor de todos vocês uns pelos outros está aumentando.
    (destaques acrescentados)

    A pergunta é: por que agradecer apenas ao Pai, por meio de Jesus, como se ele fosse a fonte de tudo? Deus não é uma trindade? Então por que não agradecer aos três?

    Há ainda outros pontos que poderiam ser abordados. Mas o ponto é: por que se enfatiza tanto o Pai e não a suposta trindade em conjunto? Por que nós devemos santificar apenas o nome do Pai, adorar apenas ao Pai, glorifica-lo como sendo fonte de tudo mas não a trindade toda?

    Gostaria também de pedir desculpas pela confusão.

    Curtir

  • Fernando Carmo  On 23 de agosto de 2015 at 5:35

    Vejam que interessante o argumento de Tiago, que era meio irmão de Jesus, inspirado pelo espírito de Deus ele escreveu:

    “Tenham isto em mente, meus amados irmãos: todos devem ser prontos para ouvir, mas devem demorar para falar+ e demorar para ficar irados;+ 20 pois a ira do homem não produz a justiça de Deus.+ 21 Portanto, abandonem toda imundície e todo vestígio de maldade,+ e aceitem com brandura a implantação da palavra que é capaz de salvar vocês.22 Contudo, tornem-se cumpridores da palavra,+ e não apenas ouvintes, enganando-se com raciocínios falsos. 23 Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não cumpridor,+ é semelhante a um homem que olha seu próprio rosto* num espelho. 24 Pois ele olha para si mesmo, vai embora e logo esquece como ele é. 25 Mas aquele que examina com cuidado a lei perfeita+ que pertence à liberdade, e continua nela, tornou-se não um ouvinte que facilmente se esquece, mas um cumpridor da obra; e ele será feliz no que faz.+26 Se alguém acha que adora a Deus,* mas não domina* a língua,+ ele está enganando seu próprio coração, e a sua adoração é fútil. 27 A forma de adoração* que é pura e imaculada do ponto de vista de nosso Deus e Pai é esta: cuidar dos órfãos+ e das viúvas+ nas suas dificuldades,+ e manter-se sem mancha do mundo.+
    Meus irmãos, será que vocês estão se apegando à fé no nosso glorioso Senhor Jesus Cristo e ao mesmo tempo usando de favoritismo?+ 2 Pois, se um homem com anéis de ouro nos dedos e com roupa magnífica entra na sua reunião, mas entra também um pobre, com roupa imunda, 3 será que vocês olham com favor para aquele que usa roupa magnífica e dizem: “Sente-se aqui, num lugar de honra”, mas dizem ao pobre: “Fique de pé”, ou: “Sente-se ali no chão, ao lado do apoio para os meus pés”?+ 4 Se isso acontece, não é verdade que vocês fazem distinções de classe entre si+ e se tornaram juízes que tomam decisões perversas?+5 Escutem, meus amados irmãos. Não é verdade que Deus escolheu os que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos na fé+ e herdeiros do Reino que ele prometeu aos que o amam?+ 6 Mas vocês desonram o pobre. Não são os ricos que oprimem vocês+ e os arrastam perante os tribunais? 7 Não são eles que blasfemam o nome honroso que vocês levam? 8 Se vocês cumprem a lei régia,* segundo a passagem das Escrituras: “Ame o seu próximo como a si mesmo”,+ fazem muito bem. 9 Mas, se vocês continuam mostrando favoritismo,+ estão cometendo um pecado e são condenados* pela lei como transgressores”.+.

    O nosso conceito de adoração envolve atitude, ação positiva para com o próximo seja ele rico ou pobre, você perceberá por exemplo no seio do povo de Jeová um homem que serve a Jeová que é um zelador de prédio, ou um faxineiro, pedreiro que são considerados pela sociedade em geral como alguém iletrado, mas tal homem se esforçou estudou com afinco e seriedade a palavra de Deus, e a maneja com sabedoria recebe designações de serviço igual a um irmão que teve o privilégio de cursar uma escola superior, procedente de uma família abastada, o que conta é o grau de humildade e esforço de ambos no serviço de Jeová. A nossa adoração pura e essa atitude.

    Curtir

  • Antonio Lima  On 24 de agosto de 2015 at 14:43

    Em complemento ao exelentes textos: segue mais alguns p/ a coletânia:

    João 20:17. Jesus disse-lhe: “Pára de agarrar-te a mim. Porque ainda não ascendi para junto do Pai. Mas, vai aos meus irmãos e dize-lhes: ‘Eu ascendo para junto de meu Pai e vosso Pai, e para meu Deus e vosso Deus.’”

    Dai , os teologos defesensores da trindade, talvez digam: “E porque Jesus ainda estava na terra!”

    Talvez não saibam que 26 anos já no céu, Jesus, fez João registrar o texto de Apocalipse 3:12: “‘Aquele que vencer — eu o farei coluna no templo do meu Deus, e ele, de modo algum, jamais sairá [dele], e escreverei sobre ele o nome do meu Deus e o nome da cidade do meu Deus, a nova Jerusalém, que desce do céu da parte do meu Deus, e aquele meu novo nome.

    Jesus, lá no seu diz, que tem um Deus, o pai!

    Obs: apagar o outro post que teve erros*

    Curtir

  • epistolas  On 24 de agosto de 2015 at 15:23

    Esse é o grande problema do trinitariano. Teologicamente, afirmam que Deus é um conjunto de três pessoas distintas. Mas, na hora de cultuar dirigem-se como se fosse somente uma pessoa. Geralmente, escolhem uma das pessoas, invocando-a na segunda pessoa do singular. E comumente misturam as pessoas, numa salada só. Muito diferente da relação dos adoradores pré-cristãos e cristãos de Jeová, que é uma só pessoal e não uma corporação de pessoas.

    Curtir

  • Queruvim  On 24 de agosto de 2015 at 20:14

    Este Pastor Valdemiro diz que sua igreja deve dar 30% ; 10% para o Pai , 10% para o Filho e 10% para o espírito santo!

    https://www.facebook.com/1510939675787472/videos/1513382135543226/

    Curtir

  • Fabio  On 24 de agosto de 2015 at 22:18

    Ok! Ok! Confesso que não ‘captei a vossa mensagem’ ou a intenção do post. Associando os esclarecimentos a uma releitura do texto, o objetivo, agora, me pareceu mais claro. Obrigado ”Kio”, eu é que peço desculpas pela confusão.

    Curtir

  • Alexandre  On 24 de agosto de 2015 at 23:38

    Tridizimo kkkkkk é d mais

    Curtir

  • Kyo  On 25 de agosto de 2015 at 1:39

    Ok, Fabio!

    JESUS NO SERMÃO DO MONTE

    Mt 5:43-48: “Vocês ouviram que se disse: ‘Ame o seu próximo e odeie o seu inimigo.’ No entanto, eu lhes digo: Continuem a amar os seus inimigos e a orar pelos que perseguem vocês, para que vocês MOSTREM SER FILHOS DE SEU PAI, QUE ESTÁ NOS CÉUS, visto que ele faz o seu sol se levantar sobre os maus e sobre os bons, e faz chover sobre os justos e sobre os injustos. Pois, se vocês amarem aos que os amam, que recompensa terão? Não fazem a mesma coisa os cobradores de impostos? E, se cumprimentarem somente os seus irmãos, o que fazem de extraordinário? Não fazem a mesma coisa as pessoas das nações? Portanto, sejam perfeitos, ASSIM COMO O SEU PAI CELESTIAL É PERFEITO.”- compare com Le 19:2; De 18:13

    Jesus nos incentivou a sermos imitadores do Pai. Mas por que só do Pai e não do Filho e do espírito santo também? E verdade que Jesus estabeleceu um modelo para seguirmos (Jo 13:15). Mas esse modelo foi determinado pelo Pai de Jesus, Jeová.(Jo 7:16; 8:28) Mas porque as coisas que Jesus ensinou não pertencem a ele também e ao espírito santo mas só ao Pai?

    Curtir

  • Kyo  On 25 de agosto de 2015 at 1:40

    (continuação)

    Mt 6:3,4: “Mas, quando você der algo a um pobre, não deixe a sua mão esquerda saber o que a direita está fazendo, para que suas dádivas fiquem em segredo. ENTÃO O SEU PAI, QUE OBSERVA EM SECRETO, O RECOMPENSARÁ.”- compare com Pr 19:17

    Mt 6:6: “Mas, quando você ORAR, entre no seu aposento reservado e, depois de fechar a porta, ore a seu Pai, que está em secreto. ENTÃO O SEU PAI, QUE OBSERVA EM SECRETO, O RECOMPENSARÁ.” – compare com Sal 65:2; Pr 15:29; Jo 14:13,14

    Mat 6:10: “Portanto, OREM do seguinte modo: PAI NOSSO, QUE ESTÁS NOS CÉUS, santificado seja o teu nome.”

    Mt 7:7-11: “Persistam em pedir, e lhes será dado; persistam em buscar, e acharão; persistam em bater, e lhes será aberto; pois todo aquele que pede, recebe; e todo aquele que busca, acha; e a todo aquele que bate, se abrirá. Realmente, quem de vocês, se o seu filho lhe pedir pão, lhe entregará uma pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe entregará uma serpente? Portanto, se vocês, embora maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, QUANTO MAIS O SEU PAI, QUE ESTÁ NOS CÉUS, DARÁ BOAS COISAS AOS QUE LHE PEDIREM!”

    Por que Jesus nos ensinou a orar apenas para o Pai e não para ele e o espírito santo também? Eles não “ouvintes de oração” assim como Jeová? (Sal 65:2)
    Por que apenas o Pai dá as bênçãos, atendendo as orações?

    Curtir

  • Kyo  On 25 de agosto de 2015 at 1:43

    (continuação)

    Mt 6:14,15: “Pois, se vocês perdoarem aos homens as falhas deles, O SEU PAI CELESTIAL TAMBÉM PERDOARÁ VOCÊS; ao passo que, se não perdoarem aos homens as falhas deles, O SEU PAI TAMBÉM NÃO PERDOARÁ AS FALHAS DE VOCÊS.” compare com Sal 32:5; Dan 9:9.

    Por que Jesus nos ensinou pedir perdão apenas ao Pai?

    Mt 6:25-32: “Por essa razão, eu lhes digo: Parem de se preocupar tanto com a sua vida, quanto ao que comer ou quanto ao que beber, e com o seu corpo, quanto ao que vestir. Não significa a vida mais do que o alimento e o corpo mais do que a roupa? Observem atentamente as aves do céu; elas não semeiam nem colhem, nem ajuntam em celeiros, CONTUDO O PAI DE VOCÊS, QUE ESTÁ NOS CÉUS, AS ALIMENTA. Será que vocês não valem mais do que elas? Quem de vocês, por estar ansioso, pode acrescentar um só côvado à duração da sua vida? Também, com respeito à roupa, por que estão ansiosos? Aprendam uma lição dos lírios do campo, de como eles crescem; não trabalham nem fiam. Mas eu lhes digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestia como um deles. Então, se Deus veste assim a vegetação do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, não vestirá ele ainda mais a vocês, homens de pouca fé? Portanto, nunca fiquem ansiosos, dizendo: ‘O que vamos comer?’ ou: ‘O que vamos beber?’ ou: ‘O que vamos vestir?’ Pois todas essas são as coisas pelas quais as nações se empenham ansiosamente. O SEU PAI CELESTIAL SABE QUE VOCÊS NECESSITAM DE TODAS ESSAS COISAS.” – compare com Sal 36:9; Sal 107:8,9; At 14:17.

    Por que apenas o Pai é descrito como a fonte que sustenta a vida e fornece as coisas fundamentais para a humanidade?

    Mt 7:21: “Nem todo o que me disser: ‘Senhor, Senhor’, entrará no Reino dos céus, MAS APENAS AQUELE QUE FIZER A VONTADE DO MEU PAI, QUE ESTÁ NOS CÉUS.”- compare com Jo 6:40; 1Jo 2:17

    Por que para ser salvo é preciso fazer a vontade apenas do Pai mas não “ do Pai, do Filho e do espírito santo”?

    Curtir

  • Kyo  On 25 de agosto de 2015 at 1:59

    Mt 7:24-27: “Portanto, todo aquele que ouve essas minhas palavras e as pratica será como um homem prudente, que construiu sua casa sobre a rocha. E caiu a chuva, vieram as inundações, e os ventos sopraram com força contra aquela casa, mas ela não desmoronou, pois tinha sido fundada sobre a rocha. Além disso, todo aquele que ouve essas minhas palavras e não as pratica será como um homem tolo, que construiu sua casa sobre a areia. E caiu a chuva, vieram as inundações, e os ventos sopraram e bateram contra aquela casa, e ela desmoronou, e foi grande a sua queda.”

    Se Jesus nos ensinou assim que somos para mudar isso?

    Curtir

  • assis  On 25 de agosto de 2015 at 10:07

    As testemunhas de jeová podem e devem adorar Jesus (mesmo que relativamente) pois a própria publicação da torre de vigia declara:
    ” De modo que qualquer “adoração” que os anjos prestem ao Filho de Deus é relativa e, por intermédio dele, é dirigida a Jeová.” – A Sentinela de 15 de janeiro de 1992, página 23

    Curtir

  • Queruvim  On 25 de agosto de 2015 at 13:23

    A Adoração é dirigida a Jeová Deus, diz o artigo. Cristo é o meio pelo qual nos aproximamos. Observe também que a palavra “adoração” está entre aspas. O que significa isso? Que ela não está sendo usada em seu significado moderno. Durante séculos esta palavra significou “homenagear”. Não é incomum lermos diversos textos nos jornais do século 20 e principalmente no século XIX pessoas serem citadas como sendo “adoradas”. Atualmente não se usa esta expressão da mesma forma.

    Sugiro que observem o Webster Dicionário para verem se o que falou sobre a palavra inglesa “adorar” tem sentido ou não.

    Ou ainda este dicionários :

    http://www.thefreedictionary.com/worship

    Onde verá a definição: “often Worship Chiefly British Used as a form of address for magistrates, mayors, and certain other dignitaries”tradução:

    “Frequentemente, ADORAR principalmente britânico usado como uma forma de se dirigir a magistrados, Prefeitos, e outros dignitários”

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 25 de agosto de 2015 at 13:49

    Tenho raiva quando as pessoas não entendem o contexto de certa frase que dizemos. Veja o exemplo do Sr Assis. Novamente vem ele com a velha história que Tjs adoram/adoravam Jesus.

    Mas vejamos o que o artigo quer dizer num todo.

    Será que os Anjos Adoram a Jesus?

    CERTAS traduções de Hebreus 1:6 rezam: “Todos os anjos de Deus o adorem [a Jesus].” (Almeida; Soares)

    O apóstolo Paulo, pelo visto, citava a Septuaginta, que diz no Salmo 97:7: “Adorai-o [a Deus], todos vós, Seus anjos.” — C. Thomson.

    A palavra grega pro·sky·né·o, traduzida “adorar” em Hebreus 1:6, é usada em Salmo 97:7, na Septuaginta, para um termo hebraico, sha·hháh, que significa “curvar-se”. Este pode ser um ato aceitável de respeito por humanos. (Gênesis 23:7; 1 Samuel 24:8; 2 Reis 2:15)

    Ou pode relacionar-se com a adoração do Deus verdadeiro ou com a que é erroneamente dirigida a deuses falsos. — Êxodo 23:24; 24:1; 34:14; Deuteronômio 8:19.

    Em geral, a pro·sky·né·o que se presta a Jesus CORRESPONDE À HOMENAGEM QUE SE PRESTA A REIS E A OUTROS.
    (Compare com Mateus 2:2, 8; 8:2; 9:18; 15:25; 20:20 com 1 Samuel 25:23, 24; 2 Samuel 14:4-7; 1 Reis 1:16; 2 Reis 4:36, 37.)

    Fica claro em muitos casos que Jesus NÃO É HOMENAGEADO COMO DEUS, mas sim como o “Filho de Deus” ou o messiânico “Filho do homem”. — Mateus 14:32, 33; Lucas 24:50-52; João 9:35, 38.

    Hebreus 1:6 diz respeito à posição de Jesus abaixo de Deus. (Filipenses 2:9-11) Aqui, algumas versões traduzem pro·sky·né·o por “prestem homenagem” (The New English Bible [Nova Bíblia Inglesa]; Tradução do Novo Mundo) ou por “curvem-se diante” (An American Translation [Uma Tradução Americana]).

    SE ALGUÉM PREFERE a tradução “adorar”, tal adoração é relativa, pois Jesus disse a Satanás: “É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar [uma forma de pro·sky·né·o] e é somente a ele que tens de prestar serviço sagrado.” — Mateus 4:8-10.

    Embora o Salmo 97:7, que fala sobre adorar a Deus, tenha sido aplicado a Cristo em Hebreus 1:6, Paulo já havia mostrado que o ressuscitado Jesus é “o reflexo da . . . glória [de Deus] e a representação exata do seu próprio ser”. (Hebreus 1:1-3) De modo que qualquer “adoração” que os anjos prestem ao Filho de Deus é relativa e, por intermédio dele, é dirigida a Jeová.

    FIM DO ARTIGO

    Bom, o que o artigo quer dizer? Se alguma bíblia prefere traduzir a palavra proskynéo por “adorar”, é lógico que essa “adoração” dada à Jesus não é a mesma que se dá ao Pai.

    Essa “adoração” nada mais é do que uma homenagem ou respeito grande. Muitas pessoas dizem: “Eu adoro viajar”. Perguntamos: será que a pessoa que diz isso quer dizer que as viagens é O Deus dela?

    Não né. A pessoa diz simplesmente que gosta muito de conhecer novos lugares e relaxar. Da mesma forma é com a tal “adoração” a Jesus. Ela é “relativa” no sentido de não ser absoluta. É simplesmente um termo usado pra se dizer que devemos honrar Jesus, pois fazer isso, é também honrar o Pai Jeová. Isso não é uma LATRIA prestada a Deus.

    Veja a confusão que essa palavra “adoração” causa. É por isso que a TNM verte corretamente por homenagem agora. Justamente pra se evitar esses problemas de entendimento.

    Curtir

  • Saga  On 25 de agosto de 2015 at 17:51

    “assis On 25 de agosto de 2015 at 10:07”
    Responder a pergunta ninguém quer, mas ficar criando intrigas, é a especialidade dos nossos haters. A passagem mencionada traz o termo em aspas, por não considera-la no sentido de serviço sagrado a Deus.

    Curtir

  • Ada Divo Pandora  On 30 de agosto de 2015 at 7:06

    Muito boa pergunta ,, acredito que poucos dentre os trinitarios tentarao responder a pergunta feuta pelo kyo ….

    Curtir

  • Isaque  On 1 de setembro de 2015 at 0:07

    Tem essa:

    De acordo com as Escrituras conhecer o nome de Deus é um fator decisivo para alcançarmos a salvação (Romanos 10:13).

    De acordo com a doutrina da trindade o espírito santo é uma pessoa, sendo parte co-igual de Deus, equivalente ao Pai e ao Filho. Isso significa que precisamos conhecer o nome do espírito santo para sermos salvos.

    Então porque as Escrituras não revelam o nome do espírito santo, mas somente os nomes do Pai e do Filho ?

    Curtir

  • Francis  On 1 de setembro de 2015 at 13:55

    irmão Queruvim, viu o novo debate que saiu https://www.youtube.com/watch?v=AwEYHdzYdcU assisti e olha: quanto conhecimento!!!! é com os colegas da assembléia de Deus, tema trindade.

    Curtir

  • bca  On 1 de setembro de 2015 at 15:16

    Isaque, a resposta a sua questão está na tradução do novo mundo:
    11 Esse Jesus é ‘a pedra que não foi levada em conta por vocês, construtores, e que se tornou a principal pedra angular’.*+ 12 Além disso, não há salvação em mais ninguém, pois não há outro nome+ debaixo do céu, que tenha sido dado aos homens, pelo qual devamos ser salvos.” Atos 4.11,12

    Curtir

  • Kyo  On 1 de setembro de 2015 at 15:46

    Ef 3:14-16: “Por isso, eu me AJOELHO DIANTE DO PAI, A QUEM TODA FAMÍLIA NO CÉU E NA TERRA DEVE O SEU NOME. Oro para que ELE, por meio de SUA GRANDE GLÓRIA, lhes conceda serem fortalecidos na pessoa que são no íntimo, com poder, por meio de seu espírito” (destaque acrescentado)

    Por que ‘toda família no céu e na terra devem o seu nome’ apenas ao Pai e não a trindade em conjunto? As criaturas do Céu e da Terra não foram criadas pelas três pessoas da trindade?

    Ap 19:4 “Os 24 anciãos e as quatro criaturas viventes se prostraram, ADORARAM A DEUS, QUE ESTÁ SENTADO NO TRONO, E DISSERAM: ‘AMÉM! LOUVEM A JAH!’ [ou, Aleluia!]” (destaque acrescentado)

    Jah é a forma abreviada do nome do Pai, Jeová. Mas por que os 24 anciãos e as quatro criaturas viventes estão adorando apenas a Jah, o Pai, e não o Pai, o Filho e o espírito santo? – compare com Ap 5:14 (https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2014/03/27/quem-foi-adorado-em-apocalipse-514/)

    Curtir

  • Isaque  On 1 de setembro de 2015 at 19:35

    bca, preste atenção

    Yehoshua (aportuguesado Jesus) é o nome do Filho.
    Yahweh (aportuguesado Jeová ou Javé) é o nome do Pai.
    Qual é o nome do espírito santo ?

    (lembrando que o termo “espírito santo” é apenas um título, assim como “Deus”, “Pai” e “Filho”)

    Romanos 10:13 diz que precisamos conhecer o NOME de Deus para sermos salvos. Se Deus é uma trindade de seres co-iguais, isso significa que nossa salvação depende de conhecermos o nome das três pessoas da trindade.

    Então qual é o nome do Espírito Santo ?

    Curtir

  • Saga  On 1 de setembro de 2015 at 23:53

    "bca On 1 de setembro de 2015 at 15:16
    Isaque, a resposta a sua questão está na tradução do novo mundo:
    11 Esse Jesus é ‘a pedra que não foi levada em conta por vocês, construtores, e que se tornou a principal pedra angular’.*+ 12 Além disso, não há salvação em mais ninguém, pois não há outro nome+ debaixo do céu, que tenha sido dado aos homens, pelo qual devamos ser salvos.” Atos 4.11,12"

    Existiu um homem chamado Jesus (Yehoshua) , ele foi o nosso salvador que morreu por nós no Calvário em 33 d.C na época do império romano.

    Como Jesus veio a Terra, é um nome de um homem, que foi ser humano como nós e habitou neste mundo…debaixo do céu!!! É por isso que se diz “nome DEBAIXO DO CÉU” e “nome…que tenha sido dado aos homens”, pois um homem, nosso salvador, recebeu o nome de Jesus quando morava aqui “debaixo do céu”.

    Jeová é o CELESTIAL nome de Deus, um nome sobre o céu, pois é lá onde Jeová habita e é de lá onde ele governa.

    E se o Espírito Santo fosse a terceira pessoa de Deus, também é verdade que seu nome não teria sido “nome debaixo do céu…dado aos homens”, pois o Espírito nunca foi um ser humano na Terra debaixo do céu e nem recebeu um nome de homem, seu “nome”, se ele tivesse um nome pessoal, também seria um nome divino e celestial, não humano sob o céu.

    Quer dizer que este texto de Atos 4:12 não está fazendo nenhum confronto entre o nome de uma “segunda pessoa da Trindade” com os nomes das “outras duas pessoas da Trindade”, pois não está falando do nome celestial DE DEUS e sim do nome terreno DE UM HOMEM. E os nossos opositores são culpados de inventar um inexistente e herético confronto entre o nome de Jesus contra o nome de Jeová, expressando assim sua jeofobia contra o nome de nosso Deus.

    Curtir

  • bca  On 2 de setembro de 2015 at 13:39

    Isaque, a nossa salvação não depende de conhecermos o nome do Espírito Santo, mas da nossa fé e confissão. Me mostre onde na Bíblia declara que a salvação depende de conhecermos o nome do Espírito Santo. Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo. Vejamos: ” Pois, se você declarar publicamente com a sua boca que Jesus é Senhor,+ e no seu coração tiver fé em que Deus o levantou dentre os mortos, você será salvo. 10 “ TNM Romanos 10.9

    Curtir

  • Saga  On 2 de setembro de 2015 at 18:57

    bca

    “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo”

    Qual é o nome do Senhor? E quem é o Senhor? O Senhor não é Deus? O Espírito Santo não é o Senhor também? O Espírito Santo não é o Senhor Deus? O Senhor Deus tem nome? E o Espírito Santo não tem?

    Curtir

  • Aadrian Andrew  On 13 de setembro de 2015 at 21:24

    Pra que demonstrar que ama deus se ele já sabe tudo que você sente?

    Curtir

  • Queruvim  On 13 de setembro de 2015 at 22:04

    A fé tem que ter obras de fé. Além disso a maioria estão adorando um deus que não é o Deus que projetou o Universo. Jesus disse na noite anterior a sua morte em João 17 que “o mundo não veio a conhecer a Deus”. Pode ter certeza que toda esta “crentaiada” que afirma servir a Deus não o faz. Estão enganando as pessoas com ensinos errados que desonram a Deus. Posso citar um aqui… a doutrina do tormento de fogo eterno

    Curtir

  • Isaque  On 14 de setembro de 2015 at 1:07

    De fato bca, não há nenhum texto na Bíblia que diga que nossa salvação depende de conhecermos especificamente o nome do espírito santo
    (se fosse assim estaríamos todos condenados).

    Entretanto a Bíblia é inconfundível ao afirmar que aqueles que invocam O NOME do Senhor Deus serão salvos (Joel 2:32, Atos 2:21, Romanos 10:13).

    Veja 2Tessalonicenses 1:7-9 : “e a vós, que sois atribulados, alívio juntamente conosco, quando do céu se , manifestar o Senhor Jesus com os anjos do seu poder em chama de fogo, e TOMAR VINGANÇA DOS QUE NÃO CONHECEM A DEUS e dos que não obedecem ao evangelho de nosso Senhor Jesus; OS QUAIS SOFRERÃO, COMO CASTIGO, A PERDIÇÃO ETERNA, banidos da face do Senhor e da glória do seu poder” (Almeida Revisada)

    Mas como conhecer bem uma pessoa sem conhecer antes o nome dela ?
    Quando conhecemos alguém não é o nome da pessoa uma das primeiras coisas que desejamos saber ?

    Aí é que entra o problema bca. O ensino da trindade diz que Deus é um ser composto de três pessoas CO-IGUAIS, co-eternas e CO-DIVINAS: Pai, Filho e Espírito Santo.
    Se esse ensino é verdadeiro então chegamos à conclusão lógica que conhecer o nome de cada uma das três pessoas que fazem parte da santíssima trindade é igualmente importante e imprescindível para sermos salvos.

    Então porque a Bíblia não mostra que o espírito santo tenha um nome próprio e pessoal ?
    Se as três pessoas da trindade são co-iguais, porque a Bíblia revela os nomes pessoais do Pai e do Filho, mas não o do espírito santo ?

    Perceba que o problema não está na Palavra de Deus, mas sim no ensino confuso da trindade.

    Curtir

  • Isaque  On 14 de setembro de 2015 at 12:33

    bca disse “Isaque, a nossa salvação não depende de conhecermos o nome do Espírito Santo, mas da nossa fé e confissão”

    Mas “como depositarão fé NAQUELE DE QUEM NÃO OUVIRAM FALAR ?” (Romanos 10:14)

    A trindade não ensina que Deus é composto de três pessoas CO-IGUAIS ?
    Então como podemos ter fé em Deus se não conhecermos os nomes de cada uma da três pessoas que fazem parte dele ?

    Curtir

  • BCA  On 14 de setembro de 2015 at 13:45

    Caro Isaque, nós, pertencentes à turma da “crentaiada” , temos somente um Deus e, logicamente, um único Salvador. Portanto, óbvio, só temos um nome: JESUS.

    Curtir

  • neuza maria  On 14 de setembro de 2015 at 14:15

    BCA, a que nome JESUS fazia manifesto
    JOÃO 17:6

    Curtir

  • Isaque  On 14 de setembro de 2015 at 15:07

    bca nós, Testemunhas de Jeová, acreditamos também em um único Deus.

    O nome desse Deus é Jeová (Salmos 83:18).
    Jeová é o Deus Todo Poderoso (Êxodo 6:2, 3).

    Nós também acreditamos que Jesus Cristo é o Salvador que Deus providenciou para que humanidade pecadora fosse salva (João 3:16).

    Mas nós não acreditamos que Jesus Cristo seja o Deus Todo Poderoso.
    Jesus Cristo foi claro ao afirmar que o Pai o tinha enviado (João 12:49), mostrando assim a autoridade que o Pai exerce sobre o Filho.

    De fato, “o Pai é maior do que eu” disse Jesus (João 14:28).

    Portanto Jesus Cristo é o MEIO através do qual Jeová salva a humanidade.
    Por isso a fonte da Salvação não é Jesus Cristo, mas sim Jeová, o Pai de Jesus Cristo.

    “para nós, porém, há um único Deus, o Pai, de quem vêm todas as coisas e para quem vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, por meio de quem vieram todas as coisas e por meio de quem vivemos” (1 Coríntios 8:6 – Nova Versão Internacional)

    Curtir

  • Paulo Silva  On 14 de setembro de 2015 at 16:16

    Caro BCA,

    O mais interessante é que a Bíblia nos fala de um mediador entre Deus e os homens – Cristo Jesus. (1 Timoteo 2:5) Já em Gálatas 3:20 nos diz que não há mediador onde uma pessoa apenas está envolvida, mas Deus é apenas um (e não três como querem os confusos trinitários).

    Para “crentaiada” esses versículos são mais alguns para esconder embaixo do “tapete” da teologia trinitária, ou teria uma explicação plausível?

    Não estamos desmerecendo os crentes, pois nós mesmos também somos crentes em Deus. Queremos ou que vocês nos expliquem a trindade, ou que vocês admitam que estão crendo em algo que as Escrituras não ensinam.

    No aguardo.

    Curtir

  • Saga  On 14 de setembro de 2015 at 16:38

    O único Deus e salvador se chama Jesus?

    Então Jesus é o nome do espírito santo? Ou o espírito santo não é Deus e salvador? O Pai se chama Jesus?

    Favor deixarem ele responder.

    Curtir

  • BCA  On 14 de setembro de 2015 at 16:55

    Analogamente, essa questão é a mesma proposta na seguinte frase: “…..batizando-as em o nome do Pai (Jeová), e de Jesus e do Espírito Santo”. Bem, se a questão é saber o nome, então, não devemos batizar em nome do Espírito Santo. Ficaria assim: “batizando-as em o nome do Pai e no nome de Jesus (somente).” As testemunhas de jeová são batizadas assim?

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 14 de setembro de 2015 at 17:26

    O que significa ser batizado em nome do Pai, Filho e espírito santo?

    É reconhecer o “nome”, ou posição e autoridade, do Pai e o “nome”, posição e autoridade do Filho Jesus Cristo e o “nome”, ou função da atividade do espírito santo na nossa vida.

    Dessa forma nós TJs somos batizados em nome do Pai, Filho e espírito santo.

    Curtir

  • Queruvim  On 14 de setembro de 2015 at 18:53

    BCA COMO SE BATIZA no “nome”? Este artigo ajuda a entender.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s