Criada no Iraque a primeira brigada “cristã” para combater Estado Islâmico


cristãos do iraque(araque)

Grupo com 600 voluntários de Nínive recebeu treinamento físico e militar.
Objetivo principal é recuperar cidades cristãs tomadas pelos jihadistas.

Foi criada ontem  oficialmente, uma brigada  que se intitula “cristã” com a tarefa de retomar as cidades e localidades “cristãs” das mãos dos jihadistas do grupo Estado Islâmico. Segundo a Agência de notícias AFP, a  maioria dos cristãos iraquianos vivia na planície de Nínive, uma região que se estende da capital do Curdistão iraquiano, Erbil, até Mossul, segunda cidade do Iraque, tomada pelo EI em junho, mas o avanço dos jihadistas em agosto fez fugirem dezenas de milhares deles.

“Uns 600 irmãos cristãos da planície de Nínive participaram da formação, que consistia principalmente de um treinamento físico, cursos de arte militar e exercícios de tiro”, explicou o comandante da academia militar, general Abu Baker Ismail. “Todos os participantes são voluntários, querem libertar sua terra dos jihadistas e depois protegê-la”. Muito embora não respondam ao comando militar dos peshmergas, um grupo que auxilia no combate aos terroristas do ISIS,  são apoiados pelas autoridades do Curdistão. Veja abaixo Clérigos que professam ser cristãos participando da cerimônia de formatura da primeira brigada cristã criada para combater o Estado Islâmico, em Fishkhabur, no Iraque, na quinta (12 de Março de 2015) (Foto: AFP Photo/Safin Hamed)

cristãos e a guerra

 

 

Por que os verdadeiros cristãos não participam das guerras?

A igreja Evangélica e o massacre em Ruanda

Quem são os verdadeiros cristãos?

Both comments and trackbacks are currently closed.