Médiuns Espíritas – Comunicação com os mortos ou com demônios ?


Principal médium do país psicografa diante das câmeras do Fantástico

É a primeira vez que Divaldo Franco autoriza gravação de uma reunião mediúnica completa. Médium é considerado o sucessor de Chico Xavier.

Este foi um artigo apresentado no site da Globo e no programa Fantástico.

Os médiuns espíritas alegam comunicar-se com os mortos. Pregam a paz , caridade e o amor. Mas uma pergunta que vem a mente é: por que os que consultavam os mortos eram executados no antigo Israel no tempo de Davi? De fato não havia um médium sequer nos dias do Rei Davi. Jeová o Deus de Israel deu a seguinte lei:

“Não se deve achar em ti alguém que . . . vá consultar um médium espírita . . . ou alguém que consulte os mortos. Pois, todo aquele que faz tais coisas é algo detestável para Jeová.” (Deuteronômio 18:10-12) A Bíblia também afirma que os que praticam qualquer forma de espiritismo “não herdarão o Reino de Deus”. — Gálatas 5:19-21.

Os defensores da doutrina espírita alegam que a Bíblia não emprega a terminologia “espiritismo”. Este artigo demonstra claramente que tal afirmação é totalmente equivocada.

De acordo com a Bíblia a comunicação com os mortos não é possível

“Os viventes estão cônscios de que morrerão; os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada. . . . Seu amor, e seu ódio, e seu ciúme [que sentiam quando estavam vivos] já pereceram.” (Eclesiastes 9:5, 6) A Bíblia ensina que os mortos estão mortos mesmo, ou seja, eles não podem pensar, agir, nem mesmo adorar a Deus. “Os próprios mortos não louvam a [Deus], nem quaisquer dos que descem ao silêncio [da morte]”, diz o Salmo 115:17.

Veja o artigo a este respeito na página oficial dedicada a pesquisa da Bíblia Sagrada!

A ressurreição é a esperança que a Bíblia apresenta para os que amamos e que já morreram.

A comunicação com os mortos era punida com a morte e Deus ordenava a execução dos praticantes do espiritismo visto que na verdade este tipo de comunicação coloca a pessoa em contato com anjos rebeldes, apóstatas opositores do domínio espiritual, chamados na Bíblia de anjos que pecaram ou demônios.

Se quiser ver o seu fim, de acordo com a Bíblia, é somente se envolver com práticas espíritas em suas variadas formas. Perderá o favor de Deus e selará a calamidade para ti e para os que se juntarem a ti nestas práticas “detestáveis para Jeová”. Não é de admirar que quando colocados “na parede” os apoiadores da doutrina espírita não raro ridicularizam a Bíblia ou a apresentam como nada mais que mitos. Tudo isso para abocanhar os incautos. São levados ao engano como peixes que são alimentados pela boca.

Both comments and trackbacks are currently closed.