Por que algumas versões da bíblia omitem a frase “As mulheres ” que anunciam as boas novas? (Sal.68:20)


Pergunta feita por um de nossos estimados leitores: 

Por que algumas traduções não trazem que “as mulheres” são um grande exército? (Salmo 68:11)

Essas são diferenças causadas pelo texto hebraico fonte da TNM?

NTLH – 11 O Senhor deu uma ordem, e muitas mulheres levaram esta notícia:
TB – 11 O Senhor expede o decreto; grande é a companhia das mulheres que publicam as boas-novas.
CNBB – O Senhor anuncia uma notícia, as mensageiras de vitória são uma grande fileira:
ARA – 11 ​O Senhor deu a palavra, grande é a falange das mensageiras das boas-novas.

ARC – 11 O Senhor deu a palavra; grande [era] o exército dos que anunciavam as boas-novas.
NVI – . 11 O Senhor anunciou a palavra, e muitos mensageiros a proclamavam

A questão do Salmo 68:11 é de crítica textual (manuscritos diferentes como texto padrão) ou de tradução (uma palavra que pode ou não ser lida como feminina)?

RESPOSTA:

הַמְבַשְּׂרוֹת literalmente “as que anunciam as boas novas” um plural no gênero feminino do participio de PIEL. A maioria dos comentários da Bíblia em diversos idiomas reconhecem que o texto se refere a mulheres. O substantivo plural “mulheres” está claramente implícito na frase acima, não acha? Pois então, é assim entendido por muitos eruditos. O problema é de tradução mesmo, uma vez que o texto hebraico que serviu de base para tal tradução é unânime, tanto nos textos da Bíblia Rabínica de Jacob ben Chayyim, publicada em 1524-25, o erudito italiano J. B. de Rossi publicou variantes de mais de 800 manuscritos e todos concordam com tal passagem. Sem falar na nova edição do texto hebraico, a saber, Biblia Hebraica Stuttgartensia, datada de 1977, que também apresenta a mesma leitura.

O versículo 12 ao falar sobre tais “mulheres”,subentendidas no verso 11, diz:

“Quanto àquela que permanece em casa, ela participa no despojo”.

Isto é interessante pois, em hebraico observamos, por exemplo na frase “ela participa” uma tradução de um verbo prefixado no feminino. Isto significa que gramaticalmente existe uma concordância de gênero ignorada por alguns tradutores/traduções produzidas por pessoas que não possuem um conhecimento ou zelo devido à palavra de Deus. 

Observo que enquanto a Comissão de Tradução da Bíblia usada pelas Testemunhas de Jeová fazem de tudo para entender o que o texto massorético hebraico está dizendo e se preocupa em captar o sentido PLENO do texto original, muitos tradutores, nem todos é claro, evangélicos e católicos, fazem de tudo para verter de acordo com o que querem e sem dar nenhuma consideração para com a literalidade do texto. Não parecem em muitos casos que consideram a Bíblia como sendo a palavra de Deus. Não me fazem acreditar em suas afirmações. Não enganam os que fazem escrutínio das ações deles.É como se estivessem traduzindo um jornal de outra língua para o nosso idioma. Não procuram a melhor exatidão possível, o que seria de se esperar dos que professam que a Bíblia é de Deus.

Anúncios
Both comments and trackbacks are currently closed.