Transfusão de sangue e a falência múltipla de órgãos


Ouça com atenção o que disse recentemente  o Dr. José Henrique Silveira a respeito do sangue doado, de acordo com novas pesquisas. Não subestime o que este áudio diz pensando que é “argumento de testemunha de Jeová”. Deixe de ser preconcebido e veja o perigo que corre todos os que se submetem à transfusões de sangue.

Clique neste link para ouvir

Ou

Clique na imagem para ouvir o áudio e depois CLIQUE EM OUÇA AGORA

Doação de sangue: Médico aponta métodos alternativos para substituir a transfusão de sangue

ALTERNATIVAS  no tratamento de hemorragias:

CRIADA geleia produzida a partir de algas…VÍDEO:

 

 

Novo tipo de doença transmitida por mosquito, a Zika é transmitida também por meio de transfusões de sangue

 Por que são permitidas as chamadas “frações de sangue”?

 

 

Atos 15:29 ´abstende-vos de sangue` e a Terminologia Grega Sobre Abstinência

 

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • Patcharro Espanhol  On 3 de fevereiro de 2015 at 20:22

    Muito Boa a Entrevista. É interessante que uma das ouvintes disse que precisa doar sangue mesmo. Agora eu me pergunto: Será que ela pelo menos estava disposta a ouvir os nossos motivos de não aceitar transfusões baseado em Atos 15:28,29 que foi mencionado logo no início? E , Será que ela procurou entender que existem tratamentos que não precisem usar o sangue? E se o sangue acabar? Daí ninguém vai fazer nada? Sim, vai. A ciência médica está muito avançada. Mas infelizmente aqui no Brasil, as pessoas preferem tratar a religião ao invés do paciente! Parabéns a esses irmãos e ao médico por mostrar que existem alternativas às transfusões!

    Curtir

  • Espectador  On 3 de fevereiro de 2015 at 22:00

    Ao ouvir essa entrevista e durante minhas pesquisas me surgiu uma dúvida, espero que alguém consiga me ajudar:

    Embora doar sangue esteja aparentemente ligado ao fato de armazenar seu sangue em uma bolsa para injetá-lo posteriormente em outra pessoa, acarretando em pecado grave segundo explicitado pelos princípio bíblicos, existe a possibilidade de um irmão doar sangue, destinando-o exclusivamente para seu fracionamento proteico e barrando seu uso para injeção direta em outras pessoas?

    Curtir

  • Queruvim  On 3 de fevereiro de 2015 at 22:23

    As Testemunhas de Jeová procuram ajuda médica? VEJA A RESPOSTA NA PÁGINA OFICIAL DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

    Curtir

  • Victor DB  On 4 de fevereiro de 2015 at 12:10

    O Pai diz:”Filho, não faça isso porque não me agrada, além de fazer-lhe mal. Note esses exemplos…”
    O filho interrompe dizendo:” Não quero saber! A maioria dos meu amigos fazem… Eu vou fazer mesmo e pronto!”

    Esse comportamento dessa mulher é o mesmo de um adolescente rebelde que confronta o pai, que quer fazer o que acha certo porque os amiguinhos da escola não aprovariam, desconsiderando todas as nuances que envolve a questão, se vai ou não fazer-lhe mal e etc…

    O Pai Jeova, não deseja o mal para seus “filhos” humanos. Prefere evitar trazer a punição, antes trazendo o aviso. (2 Pedro 3:9) Mas as pessoas preferem agradar aos “amiguinhos” da sociedade em vez de a Deus. Então que sejam diciplinadas por tal, que como Pai Criador dos pais, tem todo o direito sobre os “filhos da humanidade.” – Ecle 3:18-20; 2 Cor 6:17,18; 7:1

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 4 de fevereiro de 2015 at 13:45

    Espectador, andei fazendo algumas pesquisas bíblicas sobre sua dúvida e entendo que é uma questão de decisão pessoal. Abaixo vou colar algumas matérias da Associação e depois analisaremos por que cheguei a essa conclusão.

    Por que alguns procedimentos médicos que utilizam o próprio sangue do paciente são assunto de decisão pessoal? (Km 03/7, 5)

    “Embora os cristãos não doem sangue nem o armazenem para seu próprio uso em transfusões, certos procedimentos ou exames envolvendo o sangue da pessoa não entram tão claramente em conflito com princípios bíblicos. Por essa razão, cada um deve tomar uma decisão consciente quanto a se aceitará ou não certos procedimentos médicos que envolvam o uso de seu próprio sangue.
    Ao tomar essas decisões, pergunte-se: Se parte de meu sangue for desviado do meu corpo e sua circulação for interrompida, minha consciência ainda assim me permitirá encará-lo como parte de mim, não sendo necessário ‘derramá-lo no chão’? (Deut. 12:23, 24) Minha consciência treinada pela Bíblia ficaria perturbada se durante um procedimento médico parte de meu sangue fosse retirado, modificado e colocado novamente em meu corpo? Tenho consciência de que ao recusar todo procedimento médico que envolva meu próprio sangue também estarei rejeitando tratamentos como a diálise ou o uso da máquina coração-pulmão? Considerei com oração esse assunto antes de tomar uma decisão?”

    Então abaixo o escravo passa a citar alguns tratamentos médicos que envolvam o uso do sangue da própria pessoa. Vou citar um exemplo.

    GEL DE PLAQUETAS AUTÓLOGAS (QUE SIGNIFICA “FEITO DE SEU PRÓPRIO SANGUE”)

    O sangue é retirado e concentrado em uma solução rica em plaquetas e glóbulos brancos. Essa solução é aplicada nos locais de cirurgia ou ferimentos.
    Observação: Em algumas fórmulas usa-se um fator de coagulação do sangue de bovinos.

    Bom Espectador, creio que esse tratamento é o que mais se aproxima daquilo que você perguntou: “existe a possibilidade de um irmão doar sangue, destinando-o exclusivamente para seu fracionamento proteico e barrando seu uso para injeção direta em outras pessoas?”

    Bom, pra se fazer o gel, como vimos, é necessário o paciente doar sangue e armazena-lo em concentrações até chegarmos a formar o gel. Como a Associação comenta, essa é uma decisão pessoal, visto que não é especificado diretamente na bíblia.

    Um outro caso parecido seria o próprio exame de sangue. Veja abaixo o comentário que o escravo dá pra esse assunto.

    É errado submeter-se a um exame de sangue? (W 01/12/78)

    Baseadas no seu conhecimento das Escrituras, a maioria das Testemunhas de Jeová, se não todas elas, não objetam a tal exame. A pequena quantidade de sangue tirada do corpo não é comida, nem injetada em outra pessoa. É apenas examinado ou testado, antes de ser eliminado. — Deu. 15:23.

    Bom, da mesma forma que um exame de sangue, parece que sua pergunta se adequa nessa questão.

    O seu sangue vai ser injetado em outra pessoa ou em você? Não.

    O que será usado é o sangue em si ( ou os 4 componentes primários) ou frações? Se for pra fracionamento, a associação diz que é assunto de decisão pessoal.

    Enfim, espero ter ajudado. Abraço, que Jeová e Jesus nos iluminem.

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 4 de fevereiro de 2015 at 14:09

    Espectador ainda comentando sobre sua dúvida, tem uma matéria da Associação que responde de forma direta sua dúvida. Segue abaixo.

    IV 216-218: “O cristão precisa decidir por si mesmo como permitirá que seu sangue seja manuseado durante um procedimento cirúrgico. O mesmo se aplica a exames médicos e terapias modernas que envolvem tirar uma pequena quantidade de sangue, talvez o modificando de alguma forma, e depois o injetando novamente no corpo.”

    Curtir

  • Espectador  On 4 de fevereiro de 2015 at 16:46

    Muito bom Daniel Oliveira, essa matéria IV 216-218 eu não tinha visto e realmente ajuda a ter um campo maior de observação. De fato, em minha consciência a conclusão que tinha chegado era exatamente essa: Algo que vai da consciência de cada cristão. E de fato as similaridades da minha dúvida com outros procedimentos que você referenciou são evidentes.

    Obrigado pela ajuda, e que a luz de Jeová nos ilumine a cada dia mais!

    Curtir

  • Nick  On 4 de fevereiro de 2015 at 17:05

    Fala galera do TNM defendida!!! Sou estudante e tenho uma questão a levantar aqui, eu não sou a favor da transfusão de sangue, sei que há métodos melhores de tratamento como disse o Doutor, sei também que há riscos com o tratamento com sangue e sei que nem sempre pode resolver o problema então não precisam explicar isso para mim .

    primeira pergunta vcs poderiam me dar uma proporção de quantas pessoas que recebem transfusão de sangue e pegaram alguma doença?
    por exemplo 1 em cada 10 pessoas pega alguma doença por receber transfusão de sangue, dessas 10 três morreram mesmo aplicando transfusão de sangue, e vamos supor que as ultimas 6 tiveram suas vidas salvas por receber transfusão de sangue. logo 60% das pessoas que recebem transfusão são salvas, 30% não adiantou de nada e 10% contraria alguma doença. Mesmo não sendo o melhor tratamento ele ainda salva 60% das pessoas ok?

    Observação: Os dados são hipotéticos a proporção pode ser maior ou menor.
    eu levanto essa questão porque o meu instrutor falou ( na verdade ele me garantiu) que muito mais pessoas que recebem transfusão de sangue pegam doenças ou morrem porque o sangue não salva vidas do que as que são supostamente salvas, depois disso ele falou que o mundo esconde isso porque o mundo está no poder do íniquo então ele (o Diabo) quer quer que pensamos que o sangue salva vidas mesmo sendo que ele na verdade não salva nenhuma (isso me pareceu um pouco de teoria da conspiração) porque se fosse assim haveria protestos contra o uso do sangue por causar males e não adiantar coisa nenhuma mas em fim pode ser que ele esteje certo se alguém souber me dar as estatisticas eu agradeço.

    Segunda Questão
    No ano passado na aula de Filosofia meu professor estava ensinando Moral e Ética, e nós os alunos estavamos com dificuldade para entender a diferença entre um e outro, então ele Fez a seguinte ilustração para que nós entendessemos.
    Se uma mãe tentar de várias maneiras conseguir um emprego mas não consegue e o filho dela começa a passar fome e ela rouba para dar o que comer para o filho, ela não irar agir moralmente pois quebrou a lei que está na constituição mas agiu Éticamente por não ter deixado o filho passar fome.
    daí ele pergunta o que seria mais errado ela roubar ou deixar o filho passar fome?

    Quando ele fez esta ilustração eu lembrei das TJS.
    se o meu instrutor estiver certo e o tratamento não vale de nada então essa questão também não vale de nada mas se eu estiver certo com a primeira questão levantada então é considerável.

    Uma mãe que não permite transfusão de sangue no filho age Moralmente mas não age Éticamente, isso é fato ( a menos que o meu intrutor esteje certo e o tratamento com sangue não vale de nada).

    então não seria relevante permitir a transfusão em um filho (caso seje o único tratameto disponível e se minha primeira questão dos 60% estiver correta)
    poís pense bem se a mãe negar a transfusão no filho sendo que esse poderia ter sido salvo não estaria dando motivo para o mundo e o seu lider escarnecer ao nosso Deus Jeová por ela ter feito isso por ele?

    E outra Jeová faz diferenciação entre Ética e Moral?, pois se para ele tentar salvar a vida do filho com o seguinte tratamento pode levar ambas as pessoas( Mãe e Filho) a destruição quer dizer que ele não olha para ética da pessoa e simplismente temos de ser legalistas a todo o custo.

    Observação: eu sei que todo aquele que tentar salvar sua vida irar perder e todo aquele que perder sua vida por causa de Cristo irar ganha-la, a questão principal não é lealdade está bem? a questão é se não estamos dando motivo para escarnecer nosso Deus? se ele pensa como na ilustração do meu professor? e se realmente temos que ser legalistas a todo custo?

    Espero que possam me ajudar meus queridos.

    Curtir

  • Queruvim  On 4 de fevereiro de 2015 at 21:15

    Nicholas, quando alguém atira em outra pessoa e mata, isto é culpa de sangue. Quando alguém aborta um embrião, tem culpa de sangue. Quando alguém usa sangue também é culpa de sangue. Não existe essa de “salvar” neste assunto. O tempo passa bem rápido e quem usa sangue em alguns poucos minutos irá morrer assim como o que não usa o sangue.(Estou falando do ponto de vista Daquele que para Ele mil anos são como um só dia) A diferença é que um é maldito e outro não. A ficha ainda não caiu para muita gente, usar o sangue é selar sua própria destruição.

    Curtir

  • Jeosadá (Ele mesmo)  On 5 de fevereiro de 2015 at 1:34

    Pela milésima vez!!!

    Parem de inverter as coisas e achar que a transfusão de sangue é a certeza e o tratamento alternativo é a ‘duvida mortal’.

    ISSO NÃO EXISTE!

    A morbidade é maior pra quem usa sangue.
    PONTO.

    Pare de cair na armadilha da ‘ética médica x eutanásia’.
    NÃO é esse o ponto MEU DEUS DO CÉU!!!

    Se trata unicamente de um direito garantido por lei e convenções internacionais: LIBERDADE DE ESCOLHA DE TRATAMENTO.

    Será que os médicos vão parar de lavar as mãos porque isso é uma ‘prática judáica? ‘
    Será que os urologista vâo interromper as cirurgias de remoção de fimose porque isso é dogma Judaico????

    Ai meu saco!!!

    Você tá com as artérias do coração intupida. Seu médico diz: “Olha meu amigo, eu posso fazer uma cirurgia do tipo anos 50. Faço uma incisão do teu umbigo até o seu pescoço e limpo a artéria.
    Ou insiro um pequeno catetér pela virilha e a desobstruo. Qual vai querer?”
    É claro que vocé vai escolher o mais segura e moderna. A segunda opção.

    E porque não escolher os modernos ‘Tratamentos Alternativos á Transfusão de Sangue’?

    Mais moderno, mais seguro…
    Vai trocar por um tratamento arriscado da década de 40???

    O que existe, principalmente no SUS, é desinformação e ignorância.
    O médico pra tratar um paciente sem sangue precisa de mais treinamento e assistência ao paciente.
    Já com sangue não. É só seguir a tabelinha do percentual de hemoglobina perdida e a quantidade correspondente de bolsas de sangue pra elevar esse nível a um dado ‘padrão normal’ (10g/dl? 7g/dl? Isso é cada vez mais questionado).

    Se um paciente morre em decorrência de uma transfusão de sangue, ok, ele teve uma ‘reação qualquer’. Era a hora do coitado. “Tentamos ‘de tudo'”.

    Maaaaaaaaass, se um paciente que não recebe sangue e principalmente se for TJ, morrer nas mãos dele, daí até a licença de Medicina ele pode perder. Até porque ele “não tentou de tudo” (Leia-se Transfusão de Sangue).

    Então é isso meu amigo.
    IGNORANCIA E ARROGÂNCIA.
    Nada de conspiração.
    Bem vindo ao SAMU.
    Bem vindo ao SUS.
    Bem vindo ao Brasil.

    Grave uma coisa na sua cabeça:
    NÃO EXISTE NENHUM QUADRO CLÍNICO QUE A TRANSFUSÃO DE SANGUE SEJA O MELHOR E/OU UNICO TRATAMENTO POSSÍVEL PRA SE SALVAR UMA VIDA.

    Nem Hemofilia, nem Leucemia, nem Anemia Aguda Normovolemica…

    Em QUALQUER CASO, a transfusão pode SIM ser dispensada e substituída por um tratamento alternativo superior.

    Nós fazemos uma campanha pela ‘informação de práticas médicas modernas’.
    E os sanguinários (quem gosta de sangue é o quê?) pelo preconceito médico e religioso.

    “Há! Mas você tá sendo egoísta. Num quer dar nem um pinguinho do teu sangue. Quanto ódio! Quanto preconceito! Cadê Gisuis no teu coração? Cadê o amor ao próximo? MIMIMIMIMI… ”

    Eu aprendi do Mestre o seguinte:
    “O PRIMEIRO grande mandamento é amar a Deus de todo coração.”
    Depois vem o amor ao próximo.
    Então: “É aceitável a Deus?”
    Se não, nada feito.

    Porque se não fossem assim, eu fazia ritual espírita pra curar um doente.
    Seria um ato de amor a ao próximo não é mesmo???
    Entendeu o ponto em questão?

    Então pare de dar ouvidos a bazófias de quem é leigo no assunto.

    Outra coisa, eu não to acreditando nessa de chegar aqui e vim dizendo que é estudante, ocultar o nome e vim incutindo mentira no meio. Não aceito isso. “Há, eu concordo com tudo, massa as com isso aqui… ”
    Não da pra engolir essa conversa. Isso tava acontecendo cada vez com mais frequência.

    Me desculpem a sinceridade, mas chega!!!

    Minha mente não é pinico pra ficar entrando esses argumentos puerís.

    Curtir

  • Jeosadá (Ele mesmo)  On 5 de fevereiro de 2015 at 1:42

    Cara, eu penso como seria maravilhoso se isso fosse dito num PODCAST. Bem que podia ter um por aqui…

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 5 de fevereiro de 2015 at 2:10

    Respondendo suas questões:

    (1) Quanto a dados entendo que seria melhor solicitar esses dados a seu instrutor que fez tal afirmação, o que na verdade não sei se há.

    O ponto é que não importa o percentual de pessoas que são vítimas ou beneficiadas com transfusões Atos 15:28, 29 deixa claro que não devemos usar sangue ainda que 100% das pessoas submetidas a transfusão sejam bem sucedidas em “prolongar” sua vida curta nesse sistema. Ou você desobedeceria a lei de Deus baseado em uma estatística? Podemos suplantar a BÍBLIA nos valendo de uma estatística?

    (2) “O coração é traiçoeiro” e não deve ser um guia ao tomar decisões.Todo pai e mãe querem o melhor para seus filhos e não há nada melhor de garantir a vida eterna por não desobedecer as leis de Jeová.

    Ceder é o mesmo que escarnecer de nosso Deus e não o oposto como você sugere. “Tudo que o homem tem dará pela sua alma” ou “vida” disse satanás, em outras palavras satanás espera que os servos de Jeová cedam as leis de Deus quando sua vida estiver em risco. – Jó 2:4; Provérbios 27:11.

    Para ilustrar imagine que alguém aponte uma arma para sua cabeça e lhe peça para adorar uma imagem, Você (a) tomaria um tiro e permaneceria leal a Deus ou (b) adoraria a imagem para “não morrer” naquele momento?

    Nesse caso a estatística seria de 100% de mortes para os leais e 100% de “sobrevivência” para quem descumprisse a lei de Deus, então quer dizer que poderíamos descumprir tal lei devido ao seu resultado?

    (3) Nesse caso do sangue creio que a pergunta é do ponto de vista de Jeová, então: você age “moralmente” errado por desrespeitar a lei de Jeová sobre o sangue e “Eticamente” errado por não confiar na esperança que ele oferece e em seu papel como “criador” e “originador e dador da vida”, bem como desconhece o papel de Jesus de resgatar a humanidade da morte.

    A questão principal nesse caso é lealdade sim caro Nick, não há nada de diferente envolvido.

    O ponto não está em ser legalista ou não, mas em não buscar subterfúgios com o intuito de descumprir uma clara ordem da parte de Jeová. – Isaias 5:20.

    Para melhor entender a questão envolvendo o “sangue” e as razões de Jeová considerá-lo tão importante, sugiro que leia a revista A Sentinela, edição de estudo, de 15 de Novembro de 2014, o estudo é: “Por que devemos ser santos”; pg 8-12.

    Curtir

  • karmo2010  On 5 de fevereiro de 2015 at 9:18

    Muitas pessoas infelizmente ainda não perceberam que as decisões judiciais de Jeová Deus estão acima da nossa compreensão sobre ética e moral. Ele é o Legislador Supremo, não temos de contestar sua ordens, apenas obedece-las. Obedecer suas ordens significa vida eterna de ótima qualidade.

    Quanto às transfusões de sangue, além de não garantir a sobrevivência do paciente, ainda lhe dá uma sobrevida com muitas sequelas… Esse paciente, movido pela suposta “importância” em doar sangue, incentiva outras pessoas com problemas de saúde não detectáveis pelos exames rotineiros e talvez desconhecidos pela ciência, a doar sangue como ato de caridade. Assim, prossegue surgindo novas doenças, tais como a Aids, desconhecida até algumas décadas atrás pela comunidade médica. Assim, prossegue o circulo vicioso de novas epidemias, novos agentes patológicos.

    Assim caminha a humanidade, confiando em planos humanos, na salvação provinda dos descendentes de Adão, e se esquecendo do último Adão, Jesus, o único que salva as vidas por meio de seu sangue derramado.

    Curtir

  • Nick  On 5 de fevereiro de 2015 at 14:03

    Gostei mais do seu comentário oTESTEMUNHAdeJÁH vc respondeu minhas questões com mais educação do que o senhor Jeosadá e gostei da sua resposta para mim está plausível não há mais o que discutir esse assunto com meu instrutor.
    Eu tinha levantado essa questão para meu instrutor e ele não soube responder de uma maneira que satisfazesse minha dúvida então ele pediu que eu orasse para Jeová para que com o tempo eu tivesse uma resposta as minhas questões.
    Eu gostei da sua ilustração, se apontassem uma arma para nós para adorar imagens não poderíamos adorar pois realmente não estaríamos sendo leais, e perdoe-me se eu estiver apelando e se fosse no caso de apontarem uma arma para um filho ou a sua família inteira para que vc adorasse a imagem não poderia apenas fingir que estava apenas adorando (ou prestando homenagem) para salva-los? poís a adoração vem do coração não adianta de nada eu me curvar para uma imagem se ela não representa nada para mim assim como não adianta servir a Jeová se não for de coração.

    Curtir

  • ...  On 5 de fevereiro de 2015 at 14:05

    Jeosadá:

    P-A-R-A-B-É-N-S!!!!

    É isso que o Jeosadá falou e ACABOU!! PONTO FINAL!! CHEGA.

    Com relação às coisas que ainda não estão esclarecidas, ou mesmo dependem de nossa consciência, tudo bem. Mas se Jeová, o Soberano Universal, Rei para todo o sempre, Dador da vida e DONO de TUDO, diz CLARAMENTE que não devemos fazer alguma coisa, ENTÃO NÃO DEVEMOS FAZER E PRONTO, UAI!!

    As vezes estamos dirigindo e um policial pede para pararmos. Obedecemos porque trata-se de uma autoridade. Um simples humano, obedecemos. O que dizer Daquele que é o SOBERANO UNIVERSAL PARA TODO O SEMPRE??!!

    Toda ordem que Jeová nos dá, TODA, é para nosso benefício. Ou envolve questão de limpeza, ou mesmo vida ou morte. Enfim, toda ordem Dele é benéfica de alguma maneira. Mesmo que não fazer transfusão de sangue não trouxesse benefício algum. Mesmo que nunca soubéssemos que as transfusões são procedimentos arcaicos, arriscados, sujos e MILIONÁRIOS, mesmo assim, obedeceríamos a Jeová e PONTO FINAL.

    Portanto, se alguém perguntar: POR QUE VOCÊS NÃO TOMAM SANGUE?
    Primeiro respondo que NÃO SOMOS MORCEGOS e segundo que BÍBLIA DIZ QUE É PROIBIDO, É ERRADO, E NÓS A OBEDECEMOS COMO PALAVRA DE DEUS.

    Uffa, falei também!! Obrigado Jeosadá pelo incentivo!!

    Abraços queridos.

    Vos amo!!
    🙂

    Curtir

  • Nick  On 5 de fevereiro de 2015 at 14:14

    E também não sou mentiroso BLZ, acho que vc não devia sair julgando as pessoas tudo que eu falei é verdade, se eu falei que eu não concordo eu não concordo!!! não gosto disso eu tento ser ao máximo sincero e vc vem me acusar de estar mentindo não gostei. se eu falei que não sou a favor de transfusão de sangue é verdade só estou compartilhando um raciocinio por esse tratamento ser o único que o nosso governo disponibiliza capiche!!!!

    Curtir

  • ...  On 5 de fevereiro de 2015 at 14:19

    Yes!!!

    Era isso que eu queria dizer:

    “O ponto não está em ser legalista ou não, mas em não buscar subterfúgios com o intuito de descumprir uma clara ordem da parte de Jeová. – Isaias 5:20.” – By oTESTEMUNHAdeJAH.

    É isso, isso, isso!!!

    Normalmente, encontramos apoio na ciência ou mesmo nas experiências da vida sobre quão benéfico é obedecer a Jeová. De fato, isso nos é um incentivo! Claro!

    Mas mesmo que NUNCA tivéssemos encontrado NADA que “favorecesse” a ordem de Jeová em não usar o sangue, ainda assim, obedeceríamos. É uma Lei, vem de Jeová e obedecê-lo significa viver eternamente e COM SAÚDE!

    Eu, sinceramente, não tenho muita paciência mais hoje em dia de ficar explicando cada detalhe do malefício das transfusões. Como eu disse no comentário acima, ou eu digo que não uso sangue porque não sou morcego ou porque estou obedecendo a ordem de Jeová!!
    😉

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 5 de fevereiro de 2015 at 15:19

    Vamos lá Nick, vou tentar responder sua questão. Medite também nas colocações dos outros irmãos.

    Nick, a moral envolve as regras que temos de seguir para vivermos em sociedade, regras estas determinadas pela própria sociedade. Quem segue as regras é uma pessoa moral e quem as desobedece, uma pessoa imoral. Cito como exemplo, a monogamia dentro do Brasil. Quem tem apenas uma esposa é moral, quem tem várias é imoral. Já essa definição em outros países não é tão certeira , visto que tem outros países que aceitam a poligamia, ou seja, quem tem várias mulheres pode ser ainda visto como um homem moral.

    Já a ética é uma crítica, uma reflexão, um juízo sobre essa normas criadas pela sociedade. Enquanto o critério da Moral é a norma, a lei, o critério da Ética é a integralidade humana e a justiça. A Moral segue a legalidade, o que está de acordo com a lei, o que está “normatizado” pela sociedade ou por um grupo social. Já a Ética faz a pergunta: a lei é justa?

    A Moral tem caráter obrigatório. Ética é a forma que o homem deve se comportar no seu meio social pra garantir o bem estar dessa sociedade.

    Enfim, sobre as questões levantadas por você, é necessário nós esclarecermos alguns pontos. O que é moral e ético pra um CRISTÃO? Quem tem o direito de decidir o que é certo e errado pra um servo de Deus? No próximo comentário vamos analisar essa questão.

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 5 de fevereiro de 2015 at 15:21

    Essa pergunta sobre quem deve decidir o certo e o errado surgiu no começo da história humana amigo Nick. Segundo o livro bíblico de Gênesis, Deus escolheu certa árvore no jardim do Éden para representar o “conhecimento do que é bom e do que é mau”. (Gênesis 2:9) Deus instruiu o primeiro casal humano a não comer o fruto daquela árvore. No entanto, o inimigo da verdade insinuou a Adão e Eva que se eles comessem o fruto seus olhos ‘forçosamente se abririam’ e eles ‘forçosamente seriam como Deus, sabendo o que é bom e o que é mau’.

    Adão e Eva tinham de tomar uma decisão Nick: aceitariam as normas de Deus sobre o que é bom e o que é mau ou seguiriam as suas próprias? Eles escolheram desobedecer a Deus e comer do fruto da árvore. O que significava esse simples ato? Por se recusarem a respeitar os limites estabelecidos por Deus, Adão e Eva afirmavam que eles e seus descendentes se sairiam melhor se estabelecessem as suas próprias normas do que é certo e do que é errado.

    Fica a pergunta Nick: Será que a humanidade tem sido bem-sucedida em tentar agir como Deus, estabelecendo seus próprios padrões?

    A opinião popular Nick, sobre qualquer assunto que seja, ainda mais num tema tão importante como esse, que é a transfusão de sangue, não é um guia confiável pra um cristão. A popularidade de uma prática não a torna certa amigo. A Bíblia advertiu contra essa armadilha, dizendo: “Não deves acompanhar a multidão para maus objetivos.” — Êxodo 23:2.

    Por exemplo, se você fizesse parte de uma sociedade onde a maioria acreditasse que o sacrifício de crianças é aceitável, como foi o caso de algumas sociedades no passado, isso tornaria essa prática certa? E se tivesse nascido numa sociedade onde as pessoas achassem que o canibalismo é uma virtude? Significaria isso que comer carne humana não seria realmente errado?

    Jesus Cristo identificou outro motivo para tomarmos cuidado com a influência que as opiniões populares sobre o que é certo e o que é errado podem ter em nós. Ele expôs Satanás como “o governante do mundo”. ( João 14:30; Lucas 4:6) Satanás usa sua posição para desencaminhar “toda a terra habitada”. (Revelação 12:9) Portanto, se você estabelecer as suas próprias normas do que é certo e do que é errado à base daquilo que é popular, poderá estar adotando o que Satanás considera ser moral e ético, e isso obviamente seria desastroso.

    Então, será que cada um deveria decidir por si mesmo o que é certo e o que é errado? A Bíblia diz: “Não te estribes na tua própria compreensão.” (Provérbios 3:5) Por que não? Porque todos os humanos herdaram uma falha básica, que pode distorcer seu bom critério. Quando Adão e Eva se rebelaram contra Deus, eles adotaram as normas do traidor egoísta, Satanás, e o escolheram como seu pai espiritual. Depois transmitiram aos seus descendentes uma característica: um coração traiçoeiro, com a capacidade de reconhecer o que é certo, mas com a tendência de escolher o que é errado.

    No próximo comentário respondo efetivamente suas perguntas.

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 5 de fevereiro de 2015 at 15:23

    Então amado Nick, depois de consideramos estes pontos podemos responder suas perguntas, baseado num conceito cristão e ainda sim dentro do conceito de moral e ética.

    Você disse: “Uma mãe que não permite transfusão de sangue no filho age Moralmente mas não age Éticamente, isso é fato “.

    Você está certo em afirmar que ela agiu moralmente diante de Jeová, mas erra quando ela não foi ética. Porque digo isso? Nós vimos que a ética pergunta se a lei moral é justa, visando o bem estar da sociedade. Se essa mãe considera que essa lei é justa e ela busca o melhor pro seu Filho, no caso a vida eterna, ela esta sendo ética sim. Afinal ela quer que ela e seu filho ganhem a vida eterna, será que isso não é ser ético? Ela pode não ser pra sociedade em geral, mas para os cristãos verdadeiros e pra Jeová ela está agindo com moral e ética.

    Nick diz: a questão é se não estamos dando motivo para escarnecer nosso Deus? se ele pensa como na ilustração do meu professor? e se realmente temos que ser legalistas a todo custo?

    Se nós falharmos e desobedecermos a Jeová, aí sim Satanás vai escarnecer de Jeová, dizendo pra Jeová assim: “viu Jeová, eu disse que o homem daria tudo pra salvar sua vida”.

    É isso que nós cristãos queremos?

    Curtir

  • Espectador  On 5 de fevereiro de 2015 at 15:43

    Nick, eu entendo que muitas coisas (se não tudo) na nossa sociedade são concluídas por número, e quanto maior o percentual de sucesso de algo, maior a chance desse postulado ser considerado um “fato”. Mas seguindo este termo na filosofia o que seria um fato? O que é exatamente um fato, para ser indiscutível e que não levantem questões não é mesmo? Entretanto se você está em dúvida com as informações garantidas por aquele que gasta tempo da própria vida para te ajudar a conhecer a bíblia e seus caminhos, cujo assunto é para seu próprio interesse primeiramente e depois o nosso por querermos ver todos tendo a perspectiva exata da salvação, não seria melhor tentar pedir paciência a ele e fazê-lo entender exatamente o ponto que quer chegar e que você precisa entender para seguir adiante?
    Entretanto, dados como este que você procura saiba de antemão que você não encontrará. Como citado em algum dos comentários, pessoas que morrem por rejeição do sangue são considerados “fatalismos”, “casualidades” e não se incorpora dados jurídicos a respeito destes porque, também como indicado, é o extremo das tentativas médicas para salvar uma vida. Parece engraçado esses argumentos? Pra mim sim, mas é a nossa realidade.
    Em contrapartida, provavelmente você encontre um percentual que indique as pessoas que morreram por abstenção de sangue, mas a menos que tenha algum contato profissional com alguém que tenha acesso a esses tipos de informação, não encontrará. E acredite: Se houver no google, não encontrará sem antes ouvir acusações insensatas sobre nossa sociedade. E se o fizer, estará recebendo um desserviço à sua pessoa com mentiras e meias verdades.
    Portanto quanto a esta pergunta, não tente levantar números, tente absorver as evidências. Sinta a essência desse exemplo:
    Há muito tempo atrás, não havia geladeira. Como sabemos, a um elevado preço as pessoas compravam sal para conservar seus alimentos, e, obviamente até mesmo médicos da época faziam isso nestas regiões onde este proceder era costume para preservar os alimentos. Entretanto, podemos dizer que este era um procedimento… saudável? Longe disso, nos dias de hoje percebemos que isso realmente fazia muito mal às pessoas elevando seus níveis de pressão arterial. Entretanto isso era menos prejudicial que comer o alimento podre não? Nos dias de hoje, temos a geladeira para garantir uma conservação menos prejudicial dos alimentos. O mesmo se dá com o sangue, desde que se tem conhecimento de seres humanos pisando na terra e reinando sobre homens o sangue tinha uma utilidade medicinal. E até os dias de hoje a humanidade usa e muito o sangue por ser tão fantástico. Mas será que só porque foi sempre usado isso é sinônimo de qualidade? Qualidade ou comodismo? .

    Os próprios médicos tenha certeza que digam ou não a verdade na sua frente, não aceitarão como recurso imediato o sangue e esse doutor explicou um dos vários motivos para se recusar.

    Quanto ao assunto sobre moral e ética, eu convido você a seriamente iniciar questionando o que você está aprendendo na escola ao invés de questionar a bíblia, com esta mesma coragem e atividade. Entenda que Ética e Moral nestas concepções acadêmicas não são sinceras. A Ética nem sempre é Ética, e a Moral nem sempre é moral. Portanto, dentro deste campo da Ética e Moral, poderiam haver filósofos bons o suficiente para usar estes mesmos seus argumentos da mãe coitadinha tentando salvar o filho a favor dos dois campos. Digo coitadinha porque este argumento tenta levar o assunto ao coração e se isenta da razão que é o centro (mesmo que discutível) da filosofia humana. Não confunda e Ética e Moral do homem, que é mais corrupta do que possa imaginar, com a ética e Moral de Deus cujo nível é elevado e difícil alcançar por conta da imperfeição que a bíblia informa que temos, mas que está isenta de dor e frustrações.
    Veja este texto bíblico para ter uma ideia de como ele aprecia que o homem primeiro realize as suas leis, acima da emoção que alguns de nós possamos ter por perdas:
    Colossenses 2:8, Lucas 9:59-62 (Leia)

    Você disse:
    “eu sei que todo aquele que tentar salvar sua vida irar perder e todo aquele que perder sua vida por causa de Cristo irar ganha-la, a questão principal não é lealdade está bem?”

    Mas eu te convido a avaliar aiiiiiinda mais essa informação, porque acho que você ainda não sabe como está afirmando saber, principalmente no sentido do sangue que de fato não é nem nunca foi simples. E te convido ainda mais a se concentrar em compreender os princípios profundamente e não superficialmente antes de questioná-los, assim seu campo visual poderá aumentar. Espero que tenha ajudado em algo.

    Que Jeová te leve luz proporcional a sua sinceridade e predisposição mental.

    Curtir

  • vinicius  On 5 de fevereiro de 2015 at 16:36

    por mais dificil que seje passar por essa cituaçao da transfunçao de sangue, é bom termos em mente um coisa>> morrer sendo obediente a jeova, significa VIDA ETERNA. essa vida que temos agora nao se compara a vida que vamos ter no novo mundo ser obedeçermos a Jeova!
    nessa mundo temos
    1-morte >> no novo mundo VIDA ETERNA
    2-dor, cançasso>> no novo mundo VIGOR FIÇICO SEM IGUAL
    3-sofrimento>>no novo mundo ALEGRIA INIMAGINAVEL
    4-pressão.. e etc.>> NO novo mundo PAZ E ETC..

    TODOS NÓIS SABEMOS OQUE PODEMOS PERDER POR DESOBECER A JEOVA, EU PARTICURLAMENTE QUERO TA NO NOVO MUNDO ,me erforço cada vez mais pra alegrar a jeova Deus! >> isso é oque eu acho do assunto.. sou estudante vou me esforça pra fazer progresso espiritual, dia após dia!
    abraços queridos irmaos

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 5 de fevereiro de 2015 at 16:55

    Bem prezado Nick quanto a sua nova questão levantada repito aquilo que o …On também salientou:

    Não devemos buscar subterfúgios com o intuito de descumprir uma clara ordem da parte de Jeová. – Isaias 5:20.

    Se levarmos em conta que o que vale é o que está no coração com respeito a adoração então será que poderíamos nos curvar diante de uma imagem “fingindo” ou participar em uma reunião espírita ou em algum ritual de umbanda apenas de modo fingido sem desagradar a Deus apenas por que estamos sendo obrigados por alguém ou por estarmos sendo ameaçados com risco de morte para nós ou familiares?

    Recapitulando, lembra do que Jó 2:4 diz? “Tudo que o homem tem dará pela sua alma” ou “vida” disse satanás, em outras palavras satanás espera que os servos de Jeová cedam as leis de Deus quando sua vida estiver em risco.

    É comum Nick levarmos as coisas para o lado sentimental, afinal somos humanos, porém é exatamente a nossa vida que está em jogo, tanto a atual quanto a futura.

    Um dos cânticos de batismo diz: “Por ti decidimos Santo Pai, viver ou então morrer”, se você tem o desejo de agradar a Jeová e servi-lo plenamente saiba que isso incorre em risco de morte, o próprio Cristo disse a seus seguidores, “Vos matarão” (Mateus 24:9), então não podemos temer a morte se queremos a vida eterna!

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 5 de fevereiro de 2015 at 17:16

    Nick, dessa vez não vou responder diretamente tua pergunta, sobre se curvar diante de imagem de “mentirinha” pra salvar a vida da família. Vou deixar que você analise e pense.

    Em Romanos 10:4 diz que tudo que está escrito na bíblia é pra nossa instrução, ou seja pra sermos guiados por ela.

    Leia lá no livro de Daniel o relato dos 3 hebreus diante da fornalha de fogo de Nabucodonosor e depois refaça pra você mesmo a pergunta que você fez pra nós. Valeu Nick.

    Curtir

  • Saga  On 5 de fevereiro de 2015 at 18:03

    Com mais educação que o senhor Jeosadá! kkkKKKKKkkkkkkkkkkKKKKkkkk.

    Curtir

  • Saga  On 5 de fevereiro de 2015 at 18:07

    O comentário do Jeosadá foi um dos mais contundentes e de fácil compreensão, direto e com objetividade.

    Curtir

  • Nick  On 5 de fevereiro de 2015 at 18:15

    Nilson se observar meu comentário verá que eu não afirmei que o filho da TJ teria morrido por falta de transfusão de sangue!!! sempre usei palavras como, TENTAR SALVAR, PODE DAR CERTO,SUPOSTAMENTE,SE EU ESTIVER CERTO,HIPOTETICAMENTE etc…

    Curtir

  • Queruvim  On 5 de fevereiro de 2015 at 20:18

    Me lembrei de uma coisa. Joseph Franklyn Rutherford em certa ocasião disse algo interessate, ele falou sobre alguns que compareciam às reuniões dos Estudantes da Bíblia e faziam parecer que concordavam com as nossas crenças e atividades. Mas, depois de ganhar a confiança de alguns, eles lançavam sementes de dúvida. Se alguém sugerisse uma ruptura com a Sociedade, eles hipocritamente desencorajavam isso — até que a lealdade do grupo estivesse totalmente minada. Por meio de correspondência, e até mesmo viagens pessoais, muitos tentavam influenciar os irmãos não apenas nos Estados Unidos, mas também no Canadá, Jamaica, Europa e Austrália. Cientes deste tipo de coisa, não é de admirar que não confiamos plenamente nos homens que não tenham demonstrado claramente seu amor a Jeová Deus e sua força em prol da verdadeira adoração.

    Eu não estou entendendo uma coisa. A meses atrás chovia de apóstatas aqui.Eu tinha muito trabalho em enviar para “caixa de spams” ou “lixeira” evitando que os leitores desta página tivesse acesso a este tipo de gente. (Rom 16:17). Hoje porém não os vejo mais! É raro alguém que é opositor e cheio de ódio postar aqui. Antes eles postavam todos os dias! Os últimos que eu ví postarem aqui para se oporem e zombarem, fingiram ser mulher, fizeram questionamentos que por detrás havia inferência de ideías, iguais a Satanás…que disse: “È realmente assim????” e coisa do tipo.

    Curtir

  • Jeosadá (Ele mesmo)  On 6 de fevereiro de 2015 at 2:19

    Veja bem Nick, eu dirigi este comentário de uma maneira aberta para todos aqueles que questionam nossa crença de se abster de sangue com intuito de fazer oposição. Em momento algum citei seu nome ou Nick. Eu tô comentando o assunto em pauta.

    Vc pode achar que a maneira como eu falei foi uma ofensa, mas esses opositores vem até nós nos acusando de querer matar nossos filhos, de ser suicidas, de seita maluca…
    Veja só a reportagem ali da rádio. O Doutor explicando com toda paciência do mundo, é ao invés do camarada dizer: “Meu Deus! Que incrível!!!”
    Não, manda a mensagem: “Tem que doar sangue sim!!!”.
    Isso é puro fanatismo.

    Talvez poucos saibam, mas muitos de nós são zombados constantemente. Eu ja passei por zombarias na escola, na pregação, com amigos. Você tenta explicar ai vem o cara e te chama de fanático.

    Se você acha que o comentário foi uma ofensa dirigida pra vc, me desculpe, mas ficar citando supostos casos em que nos estaríamos tratando a vida de nossos filhos como um jogo de dados é uma tremenda falta de respeito. Como seres humanos nossa escolha tem que ser respeitada.

    Não podemos dar corda pra argumentos de opositores (não é o seu caso Nick). Se vc estiver num tribunal e dizer que caso seu filho morra Jeová ressucitara, pode ter certeza que o Juiz vai autorizar a transfusão de ainda pode tirar a Guarda do filho.
    Antes de entrarmos numa discussão como essa, é preciso remover o ardil psicológico.
    Já pensou Paulo pregando pra as autoridades romanas: “Olha, vocês são tudo idólatras. Eu prefiro morrer do que parar de pregar!”
    Seria jogado no coliseu no mesmo instante!

    As pessoas do mundo NÃO querem medir nosso grau de fidelidade a Jeová e nem querem saber de interpretação bíblica. Elas partem da premissa que nós somos suicidas.
    Ai vamos rebater dizendo que “Preferimos morrer do que tomar sangue”?

    Não, antes de mais nada devemos deixar claro que o que está em pauta é a LIBERDADE DE ESCOLHA DE TRATAMENTO.

    PONTO!

    Violar esse direito e forçar uma transfusão é uma forma de estupro! Sim, pois o corpo foi violado sem o consentimento do indivíduo.

    E por ultimo caro Nick, peço que não leve pro lado pessoal. A idéia É atacar argumentos. Eu também poderia me ofender por entender que vc nos acusou de ser assassinos por achar que uma recusa de sangue é sinônimo de querer a morte.

    “(… ) pense bem se a mãe negar a transfusão no filho sendo que esse poderia ter sido salvo não estaria dando motivo para o mundo e o seu lider escarnecer ao nosso Deus Jeová por ela ter feito isso por ele?”

    Se vc diz ser estudande, tudo bem, eu acredito.

    E sobre julgar pessoas, bem vc também fez um tremendo dum julgamento sobre aqueles que recusam sangue.

    Mas vamos deixar isso de lado e agir de maneira cristã.

    Espero que vc entenda o que eu disse é não leve pro lado pessoal.

    Abraços!!!

    Curtir

  • ...  On 6 de fevereiro de 2015 at 7:40

    Ué, querido Queruvim, esqueceu-se do ‘leão que ruge”???

    Lembre-se que ele jamais vai mostrar que está chegando. Ele fica ali em volta e solta um rugido para o alto ou para baixo que faz com que nos confundamos de onde está vindo o rugido, para em seguida atacar… Sei que a ilustração “leão que ruge” refere-se a Satanás que fica ao nosso redor, mas creio que pode-se aplicar ao mesmo com seus ‘filhos’ aBÓSTAtas, não??

    Lembro de uma vez, há 14 anos (ou mais), eu estava no campo e tinha um morador, evangélico, membro da CCB, que constantemente nos xingava, ficava feroz, sim, FEROZ!! Na verdade ele era um jovem senhor, tinha seus 40 anos! Toda vez que íamos aquele território os irmãos já pensavam em como seria, pois ele simplesmente ia até o final da rua alardeando, nos xingando e tentando nos atrapalhar de falar com seus vizinhos.

    Um dia, ele sumiu!! Ahhh, que alívio, pensamos. Que nada. Estava eu, pregando em uma determinada casa, falando tranquilamente com um morador e de repente: PLAFT!! Sim, ele ME AGREDIU FISICAMENTE. Não sei se alguém aqui já passou por isso no serviço de campo!! Ele me chutou e começou esbravejar que eu saísse da casa do vizinho, que nem era dele!!

    O próprio morador me ‘amparou’, veio em minha defesa e disse: eles estão falando sobre Deus e na minha casa. Retire-se daqui!!

    Eu resolvi contar tudo isso, Queruvim, porque fiquei pensando em suas palavras e lembrei desse episódio ocorrido comigo. Eles FINGEM que somem e, como um ‘leãozinho, filhos do ‘leão’ maior, aparecem para nos atacar. O que me atacou me ‘mordeu’ mesmo…rsrsrsrs.

    Usamos essa página, TNM DEFENDIDA, para nos aprofundarmos em conhecimento exato da verdade e/ou, muitos, como EU, para fortalecer mais a fé, etc. Confiamos que Jeová continue te guiando e abençoando para usar de discernimento e não permitir JAMAIS nem uma faísca de contato com os ‘aBÓSTAtas’.

    Abraço!!
    🙂

    Curtir

  • Queruvim  On 6 de fevereiro de 2015 at 10:37

    Quero alertar a todos que nem todos os comentários serão publicados. Já postei antes dizendo que não quero transformar esta página em um FÓRUM ou algo assim, mas um local de pesquisa mais aprofundada DA BÍBLIA e assuntos relacionados. Me incomoda ver alguns transformarem este espaço em lugar para se se ofender, se melindrar e levar assuntos para o campo pessoal. Peço a todos que evitem o EU e vamos pensar no coletivo, sempre colocando Jeová Deus e sua leis acima de nossas preferências pessoais “achismo” etc. Caso não entendamos plenamente algum assunto, vamos ter paciência e com o tempo, se tivermos uma dúvida e formos sinceros, esta se dissipará.

    Curtir

  • Daniel Oliveira  On 6 de fevereiro de 2015 at 10:44

    Que belas palavras do Jeosadá. Realmente o mundo não entende nossos motivação sincera em querer adorar Jeová. Pra eles somos fanáticos religiosos,a pior seita do mundo. Entendo que um estudante vai se adaptando aos poucos e entender realmente o que é ser uma TJ.

    A experiência do irmão em ser agredido é uma pena. Mas quem sabe um dia esse opositor não mude de opinião. Saulo era assim também, mas depois virou a pessoa com mais cartas escritas na bíblia e uns dos maiores evangelistas dos tempos bíblicos.

    Fico fortalecido com o que os irmãos dizem aqui. Parabéns. Abraço a todos

    Curtir

  • Alexei  On 6 de fevereiro de 2015 at 12:10

    Excelente a comparação com os 3 hebreus. As pessoas reproduzem aquela ideia que ouviram e repetem as mesmas coisas, porém, não conseguem se colocar nessas situações em que os servos de verdade passaram. Imagine os 3 hebreus. Imagine Abraão!!! Abraão não pestanejou. Mas porque Abraão ia sacrificar seu filho??? Hebreus 11:19 “Mas ele achava que Deus era capaz de levantá-lo dentre os mortos”!!!!
    Abraão tinha fé!!! Os opositores levantam tantas questões pq nunca terão ética ou lei que os impeça de fornicar, adulterar, roubar, mentir ( e até se fingir de mulherzinha!). Mas Jesus disse que quem é fiel no mínimo é também fiel no muito. Então à partir desse ponto podemos perceber que a questão é um tanto mais séria!
    Reconhecer que a questão do sangue é correta implica em dizer que todas as outras coisas que Jeová pede são corretas. Questionar o assunto das transfusões é questionar a moralidade por trás dessa questão, ou seja, é admitir que se é um fraudador de outras leis e princípios.
    Difícil achar entre os questionadores alguém com a dignidade para isso!!!

    Curtir

  • Nick  On 6 de fevereiro de 2015 at 13:16

    Caro Jeosadá eu não quis ofender as TESTEMUNHAS DE JEOVÁ COM MINHAS QUESTÕES essa era uma dúvida que tinha algum tempo, eu tentei explanar minhas questões de uma maneira que não fosse rude, eu não coloquei como sendo verdade absoluta eu coloquei em um caso hipotetico, não quis acusá-los de infanticidas, Eu disse:

    ”pense bem se a mãe negar a transfusão no filho sendo que esse poderia ter sido salvo não estaria dando motivo para o mundo e o seu lider escarnecer ao nosso Deus Jeová por ela ter feito isso por ele?”

    eu não levantei essa questão para ofender, é uma dúvida minha mesmo poís por negarmos a transfusão muitos (principalmente os Ateus) podem chamar nosso Deus de mau, Cruel e compara-lo ao deus islâmico.

    vc disse:
    Se você acha que o comentário foi uma ofensa dirigida pra vc, me desculpe, mas ficar citando supostos casos em que nos estaríamos tratando a vida de nossos filhos como um jogo de dados é uma tremenda falta de respeito. Como seres humanos nossa escolha tem que ser respeitada.

    primeiro eu achei que era direcionado a mim poís se era comigo que vc estava falando foi isso que deu a entender, mas se eu interpretei mal eu é que pesso desculpas por ter teclado que vc foi sem educação.
    Da minha cosmovisão não é falta de respeito querer saber as estatisticas de quantas pessoas morreram, ou pegaram alguma doença, ou tiveram êxito no tratamento, é só uma forma mais calculista de ver as coisas mas comparado aos seus opositores que querem vos caluniar eu não faltei com respeito aliás eu procurei ler meu texto várias vezes antes de posta-lo para ver se não desrespeitava vcs.

    quando eu falei em julgar quis dizer em relação se vc estivesse me acusando de mentiroso, poís vc não tinha base para isso, então por isso falei para vc não sair julgando as pessoas, no meu caso eu estava fazendo a analise de uma suposta cituação em que uma mãe ao negar o tratamento com sangue poderia deixar o filho morrer, nós julgamos o mundo ao nosso redor a todo momento, se um mendingo entrar em um restaurante 5 estrelas ele será arrancado de lá na hora, agora se for um Play Boy milionário o negócio é diferente, a questão é julgar o que a pessoa fez sem ter provas ou fundamento, ou melhor acusar a pessoa.
    mas entendo a sua preocupação.

    Curtir

  • Hernan  On 6 de fevereiro de 2015 at 15:54

    Entendo a frustração do Jeosadá e a preocupação do Queruvim e me desculpe, caro Nick, mas seus comentários são contraditórios – ou a forma como os formula.
    Ex: Hora você se inclui como Tj, dizendo “nosso Deus Jeová” e “por negarmos” ,então, hipoteticamente, você é um de nossos irmãos falando, mesmo como estudante, já se inclui e se considera uma Testemunha de Jeová. No entanto, mais adiante, lemos “seus opositores que querem vos caluniar …procurei ler meu texto várias vezes antes de posta-lo para ver se não desrespeitava vcs.”
    Ora, é um dos nosso ou não Nick ? Afinal, quem se opõe a um de nós, opõe-se a todos nós,a Jeová, Jesus e seus anjos. Pra mim, a desconfiança/preocupação destes irmãos dedicados e defensores da verdade é justificada pela sua falta de critério ao usar as palavras.
    Diz-se estudante ? Esperamos sinceramente que considere o assunto com oração e de coração aberto. Jeová, examina o que somos no íntimo. Esteja certo que, se suas dúvidas são realmente sinceras, Ele o abençoará.

    Curtir

  • Jalmeida PG  On 6 de fevereiro de 2015 at 15:59

    Ola Nick,

    Você levantou uma questão que levou a essa enxurrada de repostas (não li todas), o qual alguém contra argumentou o que o Queruvim falou sobre os apostatas e opositores não estarem mais entupindo a caixa de e-mail dele com lixo.
    O contra argumento foi bem feliz, pois disse que o leão que ruge está bem a espreita, e nós entendemos muito bem que as duvidas podem surgir na mente de qualquer um que se diz irmão. Veja o caso de Pedro (Mar 8:27-33).

    Quando o seu instrutor disse pra você orar sobre e assunto e pesquisar, é simples, 1- a oração é fundamental. 2-A Associação tem uma gama de matéria pra pesquisa e meditação sobre a questão do sangue
    ,, pois é a sua vida.
    Se você é um estudante, quando for fazer a consideração pra ser um publicador vai se deparar com essa questão, quando você se qualificar para o batismo irá novamente se deparar com essa questão.

    Depois do batismo você irá ter um documento para ter ao lado do seu RG com firma reconhecida que a sua posição neste assunto terá que ser respeitada.

    Esse documento é assinado por 2 testemunhas que irão te perguntar se é realmente dessa maneira que você encara e entende o assunto.

    Hoje eu não entro mais no mérito da questão com ninguém que me aborda sobre a questão do sangue.
    Peço pra pesquisar o assunto do ponto de vista dos mais conceituados médicos no mundo. E olha que não são poucos.

    Todos nós TJs que acessamos esse site do TNMDEFENDIDA conhece experiencias muito positivas de pessoas que os médicos disseram
    que só o sangue que iria salvar, e o paciente e/ou a família conseguiram o tratamento sem sangue ou a transferência para um hospital colaborador.

    Então Nick quando você levantar alguma questão, pense, medite e ORE a JEOVÁ pra que aquilo que você falar ou redigir não tenha duplo entendimento.

    Abraços

    Curtir

  • Nick  On 6 de fevereiro de 2015 at 16:17

    Queruvim eu fiz uma pergunta interessante sobre alguém que recebe transfusão de sangue contra a vontade, por que vc não postou? edite o texto se achar necessário mas por favor poste, quero ver o que os irmão tem a dizer.

    Curtir

  • Marcelo  On 7 de fevereiro de 2015 at 8:43

    Muito bom!

    Curtir

  • Marcelo  On 7 de fevereiro de 2015 at 12:16

    Nick. Lembre-se dos 3 jovens hebreus do livro de Daniel. foram parar na fornalha por nao se curvarem a imagem do rei, embora eles pudessem talvez, “fingir adoracao, mas nao adorar de coracao”. Sera que este relato nao esta na biblia para ser um exemplo a ser imitado?

    Curtir

  • Queruvim  On 7 de fevereiro de 2015 at 17:46

    Desculpe, estou sendo sincero, mas eu não postei porque achei a pergunta simplesmente fora da realidade,utópica e ridícula.Até eu já devo ter dito ou pensado algo assim tão sem noção. Afinal todos somos imperfeitos não? Minha sugestão é que avalie com atenção o que escreve, leia várias vezes e assim que estiver satisfeito, por favor, leia novamente e pondere. Bom, essa foi minha opinião, mas em consideração a sua pessoa, vou postar sua pergunta aqui abaixo para que outros possam tirar suas conclusões. Sua pergunta foi:

    Olá gente tenho uma nova questão a salientar aqui, se um médico aplicar transfusão de sangue em uma irmã sem que ela tivesse permitido ela perderia a vida eterna? poís em um dos comentários falaram que forçar a transfusão de sangue é a mesma coisa que estupro então as irmãs que foram estupradas nos campos de concentração perderam a vida eterna?

    O pessoal não sou apóstata!!! eu já falei com o queruvim falar comigo para ver se ele quer o telefone do meu instrutor. se ele quiser e o meu instrutor deixar passo o telefone dele sem problema.

    Curtir

  • Nick  On 7 de fevereiro de 2015 at 18:56

    Caro Hernan eu falei ”nosso Deus Jeová, negarmos a transfusão” no plural não porque me considero um TJ, mas sim porque compartilho da crença no mesmo Deus entendeu? e quando falei ”Vos caluniar” se referindo a vcs e não a mim foi para deixar claro que não estava me fazendo um de vcs e isso não tem contradição nehuma, a não ser para os revoltados é claro que ficam querendo achar contradições em meu texto, engraçado que seus odiados apóstatas que vcs tanto temem fazem a mesma coisa.
    então quando eu falo no plural é porque compartilho da mesma crença e não porque já me considero um de vcs !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Queruvim não vou me dar ao trabalho de te responder e eu coloquei irmãs por compartilhar da Fé no mesmo Deus e tambám por ter que digitar menos mas devia ter colocado MULHERES TJS assim estaria bom para vcs. ,DESCULPE O MEU ERRO GRAVÍSSIMO!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  • Nick  On 7 de fevereiro de 2015 at 18:59

    E só para constar eu não faço questão nenhuma de considerar ninguém como irmão só foi jeito de falar, mesmo que eu me batize eu não quero saber de vcs, vou fazer minha parte para Jeová e o resto que se dane!!!!!

    Curtir

  • Queruvim  On 7 de fevereiro de 2015 at 21:30

    Nick, não mais postarei seus comentários nesta página. Por enquanto não. Poderíamos estar discutindo temas complexos envolvendo ciência e a questão do sangue, mas estamos confabulando para nada. Romanos 16: 17 fala para “evitar” opositores, não temos medo de nada! Se fôssemos medrosos teríamos feito como o clero e seus seguidores fizeram na frente da SS nazista, se curvar e apoiar o nazismo.

    Curtir

  • vinicius  On 7 de fevereiro de 2015 at 22:16

    Nick, quanto a tua frase »VOU FAZER MINHA PARTE PRA JEOVA E O RESTO QUE SE DANE!« voce deveria usa-la quando tiver lendo Atos 15:29 que em partes dis PERSISTIR EM ABSTER-SE DE SANGUE, ja que vc disse que quer fazer sua parte para agradar a jeova, entao leia esse texto e depois diga pra vc mesmo»vou obedecer essa ordem de jeovao E O RESTO QUE SE DANE!! Essas estatisticas que pode levar alguns a achar que NUMEROS pode ser mais importantes doque PRINCIPIOS (oque nao deve ser o teu caso)

    Curtir

  • Vini  On 7 de fevereiro de 2015 at 22:58

    Pessoal, acho que entendo um pouco o que o Nick esta sentindo. Eu também sou estudante e tal. Eu sempre determinei que eu deveria ser sincero, independemente do que fosse ter remanejar em minha vida. Mas algumas questões, ainda ficavam na minha cabeça. Só que tinha que esclarecer, então eu ia fundo perguntando para os irmãos, mesmo quando eles me respodiam, se houvesse ainda dúvida eu insistia até esclarecer tudo. GIBE e Drejah (grande Drejah) que o digam. rsrs. Lembro-me uma vez, que fiquei com um certo medo de que o Gibe estivesse pensando que eu fosse um apóstata (no raidcall), eu estava com dúvidas sobre ter esse contato com Tjs online. Meu instrutor, era contra. Mas eu estava aprendendo muito aqui. Fora, o prazer de conversar com outros irmão (ainda não sou batizado). Mas só quero dizer que ainda tem muita gente sincera querendo sanar sua dúvidas. De tão sicera talvez pareça opositora, mas talvez não seja. Abraços

    Curtir

  • Nick  On 7 de fevereiro de 2015 at 23:10

    Sem problema Queruvim realmente eu estou fazendo comentàrios contraproducentes tendo que ficar explicando meu texto e acabo levando para o lado pessoal. A verdade é uma só e não adianta eu querer ficar inventando moda para descumprir uma ordem da palavra de Deus. Eu paro por aqui.

    Curtir

  • Saga  On 8 de fevereiro de 2015 at 4:07

    Valeu.

    Esse Nick continuava suspeito, esse tipo que só tenta fazer pegadinhas e vai tentando fazer questões mais difíceis e mais emocionais, tentando criar dilemas morais, é respondido e tenta outra logo em seguida…não parece ser dos nossos, nós não temos essa intenção de ficar testando os concrentes, quando fazemos uma pergunta sincera, lemos a[s] resposta[s] e meditamos nela[s], em outra ocasião talvez tragamos outra questão, do contrário é como se fossemos um opositor seguidamente argumentando contra Jeová e tentando colocar os irmãos em “saia justa”, neste caso falta a sinceridade da boa-fé, o interesse é de formular questões cada vez mais difíceis e mais comprometedoras até que os irmãos se atrapalhem em responder.

    Curtir

  • Saga  On 8 de fevereiro de 2015 at 4:12

    QUERUVIM,

    A NVI verte Daniel 7:13,14 assim:
    13 “Na minha visão à noite, vi alguém semelhante a um filho de um homem, vindo com as nuvens dos céus. Ele se aproximou do ancião e foi conduzido à sua presença. 14 A ele foram dados autoridade, glória e reino; todos os povos, nações e homens de todas as línguas o adoraram. Seu domínio é um domínio eterno que não acabará, e seu reino jamais será destruído.

    Não preciso dizer que a TNM verte diferente, o caso aqui é que eu desconhecia esse termo “p´elach”, talvez até por não ser nem grego e nem hebraico. O que se acusa é que esta palavra aramaica é diferente de outras (como proskyneo) e não admite outro entendimento além do usado acima na NVI.

    Curtir

  • Saga  On 8 de fevereiro de 2015 at 4:40

    Strong’s Concordance
    pelach: to pay reverence to, serve
    Original Word: פְּלַח
    Part of Speech: Verb
    Transliteration: pelach
    Phonetic Spelling: (pel-akh’)
    Short Definition: serve

    Word Origin (Aramaic) corresponding to palach
    Definition to pay reverence to, serve
    NASB Translation servants (1), serve (9).

    see HEBREW palach

    Strong’s Concordance
    palach: to cleave
    Original Word: פָּלַח
    Part of Speech: Verb
    Transliteration: palach
    Phonetic Spelling: (paw-lakh’)
    Short Definition: forth

    http://messiahtruth.yuku.com/topic/3715#.VNb-z-bF_o8
    “Many of these missionaries love the King James (KJV) so you might mention to that the KJV NEVER translates p’lach as “worship.” Once it translates it as “minister” and 9 times as “serve” or “served.” NEVER worshiped.
    Ezra 7:24 = ministers
    Daniel 3:12 = serve
    Daniel 3:14 = serve
    Daniel 3:17 = serve
    Daniel 3:18 = serve
    Daniel 3:28 = serve (BTW, Daniel 3:18 and 3:28 do contain the word translated as “worship” and it is NOT pelach but rather nisgud)
    Daniel 6:16 = servest
    Daniel 6:20 = servest
    Daniel 7:14 = serve
    Daniel 7:24 = serve
    […]
    In Hebrew, the root עבד means to work, and the corresponding Aramaic root is פלח.
    In Aramaic, the root עבד means to do or to make, and the corresponding Hebrew root is עשה.
    […]
    All this confusion concerning the verb “to serve” is a direct result of the use of antiquated translations such as KJPV, and the insistence of even modern Jewish translations on continuing to use the old-fashioned terms invariably employed by christians”

    Bem, acredito que uma pesquisa sua trará mais resultados que a minha.

    Curtir

  • Hernan  On 8 de fevereiro de 2015 at 13:01

    Desculpe-me Nick,mas se não quis ser contraditório, pelo menos ao meu ver, você foi. Não ficamos “buscando” contradições em seu texto Nick, apenas levamos a cabo a orientação dada por Jeová de “evitar” apóstatas e isso exige sermos cautelosos com “possíveis lobos em pele de cordeiros”. Se não é o seu caso, me perdoe. Se compartilha da mesma crença que nós, ou se tornará um de nós, se lapidando e se reajustando assim como todos nós fizemos. Ou abandonará a verdade. Jesus foi claro. Não existem outros caminhos ou meios. É verdade e mentira. Caminho que leva a destruição e caminho que leva a vida eterna. Não existem outras denominações dentro das Testemunhas de Jeová.Não existem outras opções Apostólica, missão, ou nada do gênero.Portanto você não encontrará outro lugar que “partilha” das mesmas crenças que nós e recebem as mesmas bênçãos que nós. A verdade é uma só caro Nick.
    Desejamos sinceramente que continue assimilar conhecimento de Jeová, e esteja certo que estes que não deseja chamar de irmãos atualmente, são os que mais se importam com vc e farão de tudo para te ajudar em seu progresso espiritual.

    Curtir

  • Queruvim  On 9 de fevereiro de 2015 at 15:40

    Então, prezado Nilson, quando lemos que o inimigo da vida eterna ´acusava` dia e noite os seres espirituais no domínio celestial (Rev. 12:10) fica claro que ele fazia acusações ´perante Deus. Seu objetivo era dar uma impressão negativa a respeito das motivações dos anjos fiéis. Mesmo no ambiente entre criaturas perfeitas Satanás achava motivos para criticar os santos anjos de Jeová e chegou ao ponto de ter apoio partidário de anjos críticos e orgulhosos. Encontrou apoio da parte de um grande número de seres perfeitos! Olhando deste prisma, a terra é um campo fértil para o demônio induzir humanos a maximizarem o que consideram erros das Testemunhas de Jeová. Esta tática é a mesma usada pelo Diabo desde a antiguidade quando seduziu com suas falácias e arrogância, motivado por um espírito de oposição, os santos anjos de Deus. Observe e verá que a mesma tática suja é usada pelos apóstatas. Ao invés de destacarem o lado majoritariamente bom e positivo do povo de Jeová, se concentram em erros e supostos erros. A pessoa pode até dizer que não é “apóstata” ou “opositor”, mas é “da abundância do coração que a boca fala” disse nosso mestre.Qualquer um de nós temos que vigiar sobre o que falamos porque assim como o Apóstolo Pedro certa vez falou irrefletidamente e deu margem ao inimigo, nós também podemos agir sem querer, mas da mesma maneira!

    Mateus 16:23 nos conta a respeito deste episódio envolvendo Pedro, o Apóstolo:

    “Em vista disso, Pedro, tomando-o à parte, principiou a censurá-lo, dizendo: “Sê benigno contigo mesmo, Senhor; não terás absolutamente tal [destino].” 23 Mas ele, voltando-lhe as costas, disse a Pedro: “Para trás de mim, Satanás! Tu és para mim pedra de tropeço, porque não tens os pensamentos de Deus, mas os de homens.”*

    Curtir

  • Hernan  On 9 de fevereiro de 2015 at 17:09

    Perfeito !

    Curtir

  • Queruvim  On 9 de fevereiro de 2015 at 19:32

    Acabei de colocar um link no artigo em uma pesquisa que fiz a respeito da terminologia grega empregada na Bíblia em Atos 15:29, espero que quem não leu leia e tire bom proveito.

    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2014/01/15/atos-1529-abstende-vos-de-sangue-e-a-terminologia-grega-sobre-abstinencia/

    Boa saúde para Vós! rsrsrsrsrs srrsrsrsr

    Curtir

  • Saga  On 10 de fevereiro de 2015 at 0:17

    Não esqueça de fazer uma consideração sobre isso em algum momento, pois é um dos argumentos usados a favor da Trindade no próprio “Antigo Testamento”

    Curtir

  • Jeosadá  On 11 de fevereiro de 2015 at 2:42

    Olá Pessoal!

    Apesar de todos os ‘desentendimentos’ e ‘desvios do foco’ a cerca do tema em questão, acredito que a ‘Questão do Sangue’ foi bem elucidada para aqueles ‘sinceros’ que não são Testemunhas de Jeová.

    Acredito que ao comentarmos deveríamos visar um espaço mais padronizado e fácil de se obter ‘conhecimento exato da verdade’ (1 Tim 2:4).

    Reparem como a Organização vem utilizando o conceito de Flat Design. Esse conceito Minimalista tem um efeito BEM prático porque ele é capaz de fazer mais com menos. (http://www.printi.com.br/blog/6-coisas-que-voce-deve-saber-sobre-flat-design)

    O nível de atenção e concentração das pessoas hoje é muito baixo. As pessoas estão sem tempo. O NOSSO ‘tempo está reduzido’ (Cor. 7:29)

    Nas palavras do Queruvim:

    “(…) não… transformar esta página em um FÓRUM ou algo assim, mas um local de pesquisa mais aprofundada DA BÍBLIA e assuntos relacionados.”

    Por isso vou novamente abordar este assunto. Mas agora de uma maneira diferente.

    POR MEIO DE UM DIÁLOGO.

    Ficará mais fácil de absolver informações.

    E é por isso que esta ‘maneira de ensinar’ está sendo usada na versão para o publico de ‘A Sentinela’.

    ATÉ O PRÓXIMO COMENTÁRIO!

    Curtir

  • Jeosadá  On 11 de fevereiro de 2015 at 2:43

    UMA CONVERSA SOBRE A BÍBLIA — A BÍBLIA É CONTRA TRANSFUSÕES DE SANGUE?

    (Leia a seguir uma típica conversa que uma Testemunha de Jeová pode ter com uma pessoa. Imaginemos que Carlos questiona seu colega de trabalho, Pedro, sobre algo que ele ouviu a respeito das Testemunhas de Jeová.)

    CARLOS – Bom dia Pedro!

    PEDRO – Bom dia Carlos! E ai, como foi seu final de semana?

    CARLOS – Tranquilo. Eu fui passear com minha família e aproveitamos pra fazer uma visita ao meu sogro.

    PEDRO – Que bom!

    CARLOS – Estivemos conversando bastante. Mas teve uma coisa sobre o qual nós conversamos que me deixou chocado. Me diz uma coisa Pedro, aquela vez que você disse que ia se ausentar por causa de um Congresso; bem… você disse que era… Testemunha de Jeová não é?

    PEDRO – Isso. É como eu te expliquei, é um evento que acontece uma vez por ano em todo mundo.

    CARLOS – Certo. Era sobre isso que eu e meu sogro estávamos conversando. As Testemunhas de Jeová. Bem, eu não conheço muito bem a sua religião. Já ouvi falar que elas pregam de porta em porta. Como eu moro em um condomínio fechado eu nunca as vejo. Achei que era só mais uma religião evangélica. Mas dai o meu sogro que é Evangélico estava me contando que as Testemunhas de Jeová não doam sangue e nem recebem transfusão de sangue. Ele me disse que elas preferem morrer do que tomar sangue. Ele até me contou um caso em que uma mãe deixou a filha morrer porque ela disse que Deus não queria que sua filha recebesse sangue. Eu fiquei revoltado com isso! Ele me disse que vocês na verdade são uma seita e que a bíblia não fala nada sobre transfusão de sangue. Eu fiquei confuso. Pedro, porque vocês são contra Transfusões de Sangue? Qual o problema em querer salvar um vida? Será que Deus é tão cruel assim?

    PEDRO – Bem Carlos, antes de eu te explicar nossa posição com relação ao sangue, eu gostaria de fazer algumas observações. Infelizmente existe um histórico grande de oposição á nossa religião em diversos lugares por onde nós pregamos. Às vezes esta oposição vem em forma de boatos e calunias. E em alguns lugares nós sofremos até violência física. Acredito que a informação que chegou até o seu sogro está incompleta e foi distorcida. Mas eu quero agradecer por você sinceramente vim até a mim pra entender mais sobre essa questão. Eu percebo sua boa motivação.

    CARLOS – Acho importante ouvir os dois lados. Talvez uma Testemunha de Jeová explique melhor o assunto.

    PEDRO – Pois bem. Quero deixar claro que do ponto de vista médico, isso é apenas uma questão de LIBERDADE DE ESCOLHA DE TRATAMENTO. Nós não somos suicidas. Não queremos morrer nem deixar nossos filhos morrerem. A prova disso é que nós procuramos ajuda médica sempre que ficamos doentes, mesmo quando acontece uma doença grave ou um acidente. Nós amamos a vida e queremos continuar vivendo. Eu gostaria até de te contar COMO nós somos tratados sem sangue. Mas antes deixe eu te explicar o PORQUE nós não fazemos uso do sangue.

    CARLOS – Tudo bem. Faz sentido. Agora fiquei curioso. Continue.

    PEDRO – Tudo o que as Testemunhas de Jeová procuram fazer está baseado na Bíblia. Nós procuramos harmonizar todos os aspectos de nossa vida com o ponto de vista bíblico. E por isso nós estudamos constantemente a bíblia. Se nós evitamos transfusão de sangue, é porque há algo na bíblia que indica isso. Deixe eu te mostrar um texto bíblico aqui no meu celular. Veja aqui, Atos 15:29;
    Diz assim: “(…) de persistirdes em abster-vos de coisas sacrificadas a ídolos, E DE SANGUE, e de coisas estranguladas, e de fornicação. Se vos guardardes cuidadosamente destas coisas, prosperareis. Boa saúde para vós!”
    Neste texto há uma ordem clara de se ABSTER de sangue. Carlos, você sabe o que significa a palavra ‘ABSTER’?

    CARLOS – Não usar. Não utilizar algo.

    PEDRO – Exatamente!

    CARLOS – Mas isso não faz sentido. Naquela época nem existia transfusão de sangue. Nem hospital existia. Como é que Deus estaria proibindo um procedimento médico? Faz mais sentido acreditar que não era pra comer sangue.

    PEDRO – Novamente é preciso entender o significado da palavra ABSTER. Deixe eu te dar um exemplo. Se um médico disse-se para você se abster de álcool, você injetaria ele na veia?

    CARLOS – Com certeza não! Ninguém faria isso.

    PEDRO – Isso também se aplica à outras coisas. Por exemplo, se abster de cigarro: você não vai fumar, evitará sempre que possível ser um fumante passivo, nem mascar tabaco, nem inala-lo sob qualquer forma.
    Lembre-se TUDO que nós comemos e introduzimos via oral ou nasal vai para nossa corrente sanguínea. Injetar na veia é apenas uma maneira de encurtar o caminho.
    Já sobre a sua afirmação de que a ordem de Atos 15:29 teria apenas uma implicação nutricional de ‘não comer’ mas não teria uma relação médica como ‘transfusão de sangue’, saiba que desde antes do primeiro século o sangue humano já era usado como tratamento. Os médicos egípcios usavam sangue para tratar lepra. Existiam até médicos romanos do primeiro século que utilizavam o sangue de gladiadores mortos para tratar epiléticos. O escritor do livro de Atos também sabia disso, porque ele era médico.
    O fato de que algo passou a ser utilizado de uma maneira diferente não remove a restrição de seu uso. Sempre existe um principio por trás de uma ordem ou uma proibição.
    Se você se abstêm de drogas é porque elas causam dependência e graves problemas de saúde. Estará seguindo o principio do respeito a vida.
    Nós evitamos transfusões de sangue pelo mesmo motivo que não usamos sangue como alimento e não comemos carne de animais não-sangrados. Há um principio por detrás dessa ordem.

    CARLOS – E que princípio é esse?

    PEDRO – O principio da santidade do sangue. A bíblia deixa evidente esse princípio em diversas partes. Por exemplo, ela relaciona o sangue com a vida. (Lev. 17:11). Ela ordenou há muito tempo que Noé não deveria utilizar sangue. O sangue deveria ser derramado. Havia apenas um único uso do sangue aprovado por Deus, e era para sacrifícios. Mas para os cristãos não existe mais esta obrigação.
    Porém, quando um cristão se abstém de sangue, ele está, na verdade, expressando sua fé em que APENAS o sangue derramado de Jesus Cristo pode realmente redimi-lo e salvar a sua vida. (Ef. 1:7).

    CARLOS – Mas então COMO um cristão vai ter sua vida salva se precisar de uma transfusão de sangue?

    PEDRO – Essa é uma pergunta interessante. Mas lembre-se que, como criador, Deus sabe melhor do que ninguém o que nos prejudica e o que nos beneficia. E as pesquisas médicas tem mostrado que quem evita transfusão de sangue, também evita diversas complicações. Por exemplo, nenhuma transfusão de sangue está 100% isenta do risco do vírus da AIDS, da Hepatite e de incompatibilidades.

    CARLOS – Mas é melhor correr o risco do que a certeza da morte.

    PEDRO – Não, porque como eu disse, o sangue não é nem a melhor, nem a unica alternativa. Por exemplo, existem maquinas chamadas cell-saver que dispensam bolsas de sangue. Isto porque ao invés de repor o sangue perdido, esta maquina lava e reinjeta o próprio sangue. Existem técnicas que fazem com que os glóbulos vermelhos surjam com mais rapidez, como o uso de eritropoietina e solução de ferro. E também já se descobriu que não existe um ‘mínimo’, que seria o limiar entre a vida e a morte. Por exemplo, ao invés de se determinar o mínimo de glóbulos vermelhos, é mais importante manter a pressão e o volume sanguíneo. Por exemplo, se a companhia de água fizesse um racionamento, o que você faria? Diminuiria o consumo de água e tentaria captar água de outras formas não é? Talvez coletando água da chuva. Da mesma forma isso é feito com relação aos sangue perdido. Como o mais importante é manter a pressão, o volume perdido é reposto com uma solução salina, um tipo de soro. Depois, pode-se reduzir o consumo de oxigênio por meio de coma induzido. E aumenta-se a demanda de oxigênio por meio de ventilação mecânica ou câmara de oxigenação hiperbárica – um ambiente de 100% oxigênio e duas vezes a pressão atmosférica. Nesse meio tempo, certos medicamentos vão entrar em ação pra restaurar os níveis dos fatores sanguíneos, por exemplo, a eritropoietina acelera a produção de hemácias. Também existem medicamentos que estimulam o surgimento de glóbulos brancos e plaquetas. E na verdade o nosso corpo resiste a ‘extremos’ mais do que se imaginava. Antes os médicos achavam que o numero de hemácias não podia cair para mais de 10dg/L. Mas já se sabe que quando esse nível cai bruscamente, o corpo usa mecanismos de compensação, como a aceleração dos batimentos cardíacos e diminuição da viscosidade do sangue. E isso faz com que o sangue circule bem mais rápido que o normal. Dai a importância de se manter o volume. Para que esse sangue possa chegar em todos os tecidos.
    Já quando o sangue é armazenado, para ser transfundido, as hemácias sofrem deformação e prejudicam a micro circulação. A consequência disso é que há o risco de derrame, falência hepática, falência renal ou embolia pulmonar.
    Também há o risco de um choque anafilático por incompatibilidade. Mesmo se o tipo ABO ou Rh forem compatíveis, ainda há este risco. Na verdade é mais fácil encontrar duas impressões digitais idênticas do que dois tipos sanguíneos idênticos.
    Há ainda o risco de uma reação transfusional como a TRALI, uma lesão pulmonar aguda com alta taxa de mortalidade. Pode ocorrer pelo contato do sangue com qualquer substância que contenha plasma.

    CARLOS – Puxa, nunca tinha ouvido falar disso na minha vida. Eu realmente achava que as transfusões de sangue eram a unica maneira de salvar uma vida. E também não sabia de todos estes riscos.

    PEDRO – Você também mencionou um suposto caso em que uma filha de Testemunha de Jeová morreu. Na verdade Carlos, ninguém morre porque não tomou sangue, assim como o sangue não é garantia de sobrevivência. Apesar das cirurgias sem sangue serem mais seguras, nenhum tratamento é isento de riscos. Mas o que geralmente acontece é a NEGLIGÊNCIA e INCAPACIDADE médica. Mas lhe garanto que casos como estes são isolados. Todos os dias, milhares de cirurgias sem sangue são feitas. Não há restrições pra isso. Pode ser realizadas tanto em um campo de batalha como em um campo de refugiados. Num pais de primeiro mundo até um pais de terceiro mundo. Não há limites pra estes procedimentos.

    CARLOS – Não tinha pensado neste ponto.

    PEDRO – E com relação a declaração da mãe desta menina que você citou, bem, posso lhe dizer que não passou de uma colocação indevida. Por exemplo, uma mãe pode afirmar que prefere morrer do que ver seus filhos indo para o tráfico. Mas isso não significa que esta mãe queira morrer. Apenas ela tem uma firme determinação de manter seus filhos longe do tráfico.
    Assim também se dá conosco, Apesar de ser indevido afirmar desta maneira, pois passa uma impressão errônea, nós estamos determinados a se manter fiéis ao nosso Deus Jeová, o dador da vida. Pode ter certeza que os mandamentos dele não são um fardo, pelo contrario, são uma PROTEÇÃO.
    Espero que você tenha entendi nossa posição. Lembre-se: Nós amamos a vida e não queremos perde-la. Por isso que escolhemos os MELHORES tratamentos para nós e nossos filhos.

    CARLOS – Olha, muito obrigado pela sua explicação. Quantas informações que eu não sabia! Depois eu vou querer saber mais sobre estes Tratamentos Alternativos.

    PEDRO – Claro, será um prazer! Você vai encontrar mais informações também no nosso site site: JW.ORG. Lá tem vários artigos interessantes que falam sobre isso.

    CARLOS – Tudo bem, eu vou acessar sim.

    (O que acharam?)

    Curtir

  • vinicius  On 11 de fevereiro de 2015 at 14:17

    PERFECT! Este método de DIÁLOGO realmente FOI BRILHANTE !

    Curtir

  • Queruvim  On 11 de fevereiro de 2015 at 22:44

    Não soube não! Obrigado por partilhar.

    Curtir

  • Jeosadá  On 11 de fevereiro de 2015 at 23:31

    Sei não…

    A noticia tá meio tendenciosa. Vai ver ela só é estudante da bíblia, ou desassociada. Porque com certeza num casos desse a COLIH intervem.

    E com um pouco de pressão ela aceitou transfusão de sangue.

    A maneira como a mídia trata este assunto é ALTAMENTE TENDENCIOSA.

    Porque eles não comentam: “Apesar dos membros da religião não aceitarem transfusões de sangue, eles afirmam utilizar métodos e medicamentos que dispensam sangue. O problema é que o SUS não disponibiliza este tipo de tratamento ao publico em geral.”

    Isto seria o mínimo de imparcialidade nos fatos. Mostrar a noticia como ela REALMENTE É, e não como eles acham que seja.

    Os caras já dão a noticia com um falso senso moral embutido. Digo falso porque é uma análise parcial.

    Curtir

  • Hernan  On 12 de fevereiro de 2015 at 9:51

    Penso a mesma coisa, aliás, é um absurdo afirmarem: “…Após perder muito sangue e ficar debilitada, ela se negou a fazer a transfusão, porque é da denominação religiosa Testemunha de Jeová, que não aceita alguns procedimentos médicos sejam feitos nos fiéis. ”
    Não é a DENOMINAÇÃO RELIGIOSA DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ que aceita ou não quais os procedimentos médicos serão usados nos fiéis ! Tal afirmação ofende o nosso direito/liberdade de escolha. Nossos cartões não foram assinados pelos anciãos sem o nosso consentimento. Até parece que nos é imposto goela abaixo. Sinceramente, me enoja tais notícias assim que não levam em conta a informação, mas sim a tendência a causar “polêmica” as custas de fé/posição religiosa.

    Curtido por 1 pessoa

  • Alexei  On 12 de fevereiro de 2015 at 11:26

    “No entanto, segundo a maternidade, o procedimento de transfusão não precisou acontecer”

    Jeosadá, não sei se peguei a notícia pela metade mais o trecho que publiquei acima do jornal, diz que embora fosse emitida a ordem judicial, o “procedimento não precisou acontecer”.
    Creio que, se for como entendi, toda a força com que os médicos agiram para infundir sangue na paciente mostrou-se desarrazoada visto que, conforme sempre falamos, os limites conhecidos por alguns médicos são distantes da realidade.
    Acho que é mais um argumento em favor da ordem de Jeová.

    Curtir

  • Lucas  On 12 de fevereiro de 2015 at 14:17

    puxa! como esse assunto acerca de sangue rende…na minha concepção é um assunto claro e direto, as Testemunhas tinham todos os motivos para não seguir esse mandamento bíblico, enquanto os Protestantes tinham todos os motivos para seguirem, mesmo assim não seguem… pois mtos aqui já ouviram aquela famosa expressão né… “o sangue de Cristo tem poder!”….mas eles não fazem juz ao que dizem, já cansei de vê-los promovendo campanhas de doação de sangue…para mim é um MANDAMENTO, sim, e não um conselho…pois quando diz: ”pois, pareceu bem ao espírito santo, e a nós mesmos…”, ou seja, tanto o Espírito santo, tem autoridade hoje na congregação cristã, como os apóstolos tinham plena autoridade sobre a primitiva congregação cristã…pois foi concedido diretamente pelo Senhor Jesus, e este pelo próprio Deus…para mim é um assunto mto claro… pois há uma vasta concordância tanto no A.T. como no N.T.
    o interessante é que uma vez eu expliquei nossas crenças para um idoso judeu, ele ficou mto interessado, visto que os judeus tem o sangue como algo sagrado, por isso ele quis saber mais sobre o assunto…mas infelizmente perdi o contato com ele…

    bom… digo por mim mesmo agora…Os maiores motivos de Eu ter me tornado Testemunha de Jeová, são: trindade (nunca conpreendi, nem concordava), pregação (os verdadeiros díscipulos de Cristo são reconhecidos por fazerem a obra do Senhor, e só as Testemunhas estão ativas em 239 países pregando a palavra) … a outra é o SANGUE (sempre levei mto à sério e valorizo mto o que o Senhor fez na minha vida, deu Seu sangue perfeito derramando por mim, por isso Deus por meio de Sua Palavra tinha todos os motivos para nem explicar mto este assunto, mas explica por que é misericordioso…

    textos que ajudam a entender melhor esse assunto…

    Transfusões de sangue violam a santidade da vida: Gn 9.4,16 / Lv 17.14; 7.26,27 / At 15.28,29; 21.25

    Questão de salvar vida não justifica violar a lei de Deus: 1 Sa 15.22 / Mc 12.33 / Mc 8.35,36

    A mensagem que eu deixo é: Reconheçam somente a Jesus como único, suficiente e exclusivo Salvador…Ele deu Seu sangue perfeito por todos vós…portanto quem aceita uma transfusão com o sangue de outra pessoa, estará assim rejeitando o sangue de Cristo, nosso Senhor!

    Curtir

  • foxhound  On 12 de fevereiro de 2015 at 14:20

    É isso mesmo Alexei o tratamento com sangue não precisou ser concluído, ainda bem.
    Esse assunto nos deixam indignados pelo fato de não vermos honestidada em tudo que envolve nós tjs.
    Por exemplo nunca vai ser noticiado em meios jornalísticos que testemunhas de Jeová sobreviveram sem sangue ou, mesmo recebendo sangue testemunha morreu.não sei se alguns de vocês já precenciaram uma noticia como esta.
    Ouçam essa história que absurda, dias atrás conversando com uma irmã que esta se formando como enfermeira em um hospital famoso e conceituado aqui em são paulo , hospital com nome alemão, disse que presenciou o acolhimento de sangue e logo em seguida após armazenamento enfermeiras pegaram as bolsas de sangue par transfundir em outras pessoas inclusive crianças sem nem mesmo o ter submetido ao exames completos.Dai a irmã chamou a atenção de que aquilo era errado e até mesmo perigoso que poderia estar transmitindo doenças as pessoas.
    Sabem o que ela houviu das enfermeiras? Um belo não estou nem ai quero é que se dane.
    Fala, daria para confiar em um tramento desses aonde o perigo não é só o sangue mais pior ainda o ser humano por de trás da aplicação.

    Curtir

  • Antonio Lima  On 2 de setembro de 2015 at 12:54

    “Se uma mãe tentar de várias maneiras conseguir um emprego mas não consegue e o filho dela começa a passar fome e ela rouba para dar o que comer para o filho, ela não irar agir moralmente pois quebrou a lei que está na constituição mas agiu Éticamente por não ter deixado o filho passar fome.
    daí ele pergunta o que seria mais errado ela roubar ou deixar o filho passar fome?”

    Se a mulher da ilustração fosse nossa irmã fiel, será que ele passaria realmente fome por se manter leal a Jeová? Ela nem roubaria e nem passaria fome!!!

    Pergunta: Jeová, sempre demonstra lealdade para com seus servos fiéis e, como ele é perfeito, a intensidade dessa leldade diminui?. “Eu era moço, também fiquei velho, e, no entanto, não vi nenhum justo completamente abandonado, nem a sua descendência procurando pão.

    Porque Jeová ama a justiça e ele não abandonará aqueles que lhe são leais.” Salmo 37:25, 28

    Nem, nessa vida (passar fome) nem na que há de vir ( não aceitar sangue)

    Curtir

  • Nelson da Cunha  On 29 de novembro de 2016 at 0:52

    http://bloodless.com.br/pt/ …achei esta matéria interessante e gostaria de compartilhar com os irmãos.

    Um forte abraço
    Fique com Jeová.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s