Deus criou o mal? Isaías 45:7 “…crio o mal; eu o Senhor” ?


O Que a Bíblia REALMENTE Diz?

Good_VS_Evil_by_kweku

Observe a opção de tradução de Isaías 45:7 em algumas das principais versões da Bíblia.

Versão: Português: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

Isaías 45:7 Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas.

Versão: Português: João Ferreira de Almeida Atualizada

Isaías 45:7 Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu sou o Senhor, que faço todas estas coisas.   

Versão: Português: João Ferreira de Almeida Corrigida e Revisada, Fiel

Isaías 45:7 Eu formo a luz, e crio as trevas; eu faço a paz, e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas.

Versão: English: King James Version

Isaías 45:7 I form the light, and create darkness: I make peace, and create evil:(EVIL= MAL) I the LORD do all these things.

Versão: English: King James Version with Strongs

Isaías 45:7 I form<Dic> the light<Dic>, and create<Dic> darkness<Dic>: I make<Dic> peace<Dic>, and create<Dic> evil<Dic>: I the LORD<Dic> do<Dic> all these things .

Versão: English: Darby Version

Isaías 45:7 forming the light and creating darkness, making peace and creating evil: I, Jehovah, do all these things.

Diversos eruditos e teólogos desrespeitam a Deus ao traduzirem a palavra hebraica de uma maneira que demonstra desrespeito ao Criador e falta de harmonia com o restante das Escrituras. Tiago 1:13 diz na    Versão: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada :

Tiago 1:13 Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta.

Por coisas más, Deus não pode ser provado (ou tentado). Jeová Deus é santo, puro e limpo. Não pode ser induzido por qualquer espécie de mal, ou por qualquer situação ou circunstância indesejável, a cometer o mal. Não há maneira de se fazerem que coisas erradas sejam atraentes para o Altíssimo, pondo-o à prova por meio delas.
nem prova ele a alguém
Assim como Jeová não pode ser induzido ao pecado, assim ele não coloca diante de nós coisas para nos incentivar a violar suas ordens ou para enfraquecer nossa resistência à transgressão. Não nos coloca numa situação em que algo de que definitivamente precisamos só possa ser obtido pela violação de sua lei. Embora Deus permita a vinda de provações, ele não prova seus servos com má intenção. Procura o nosso bem, nosso aperfeiçoamento, nunca nosso dano. Satanás, porém, pode usar a prova como tentação, para que a pessoa faça o mal. Mas, quanto ao cristão fiel, Deus prevalece sobre os esforços de Satanás e usa a prova como disciplina e para aperfeiçoamento, a fim de que o cristão seja abençoado por ela. (Heb. 12:7, 11)

O que diz o hebraico?

יוֹצֵר אוֹר וּבוֹרֵא חֹשֶׁךְ, עֹשֶׂה שָׁלוֹם וּבוֹרֵא רָע

Isaías 45:7 na tão criticada TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO DAS ESCRITURAS SAGRADAS, diz sobre Jeová:

“Formando a luz e criando a escuridão, fazendo paz e criando calamidade , eu, Jeová, faço todas estas coisas.”

Em primeiro lugar não aparece a palavra “Senhor” neste versículo inspirado ( que em hebraico seria Adon), mas sim um nome próprio, a saber, o Nome de Deus, JEOVÁ. A frase hebraica vertida por muitas traduções por “criando o mal” foi rejeitada por muitos eruditos de outras comissões de tradução. Por exemplo:

Versão: Português: Nova Versão Internacional

Isaías 45:7 Eu formo a luz e crio as trevas, promovo a paz e causo a desgraça; eu, o Senhor, faço todas essas coisas.

A Versão Padrão em Inglês (ESV) optou por verter “crio a calamidade”(também outras versões, tais como a  NASB e a  KJB 2000). A palavra hebraica רָע (se lê rá´) que pode ser um adjetivo, substantivo masculino ou feminino, é definida da seguinte forma:

CONCORDÂNCIA DE STRONG: “adversidade”

Léxico Brown-Driver-Briggs : “mau, maldesagradável, infeliz, que causa dor…II  > sofrimento, miséria, ferimento, calamidade” entre outras definições.

Realmente o idioma hebraico permite, assim como o inglês, uma ampla gama de significado para algumas expressões. Faltou bom senso a muitos tradutores da Bíblia que verteram a palavra hebraica em suas versões de forma a dar combustível aos céticos, ateus  e a alta crítica. 

A palavra hebraica rá´(grego kakós) aplica-se (1) ao que é moralmente mal e (2) ao que é destrutivo, como no caso da calamidade para os ímpios. (Veja a obra Estudo Perspicaz das Escrituras, volume 2, p. 742, publicado pelas Testemunhas de Jeová.) Jeová Deus cria “o mal” no sentido de retribuir com calamidade os que praticam o mal.

Parafraseio aqui as palavras da organização de Jeová:

´Impor Jeová Deus a penalidade pelo pecado, a saber, a morte, mostrou ser um mal, ou uma calamidade, para a humanidade. Exemplos de males ou calamidades criadas por Jeová são o Dilúvio dos dias de Noé, a destruição das antigas cidades imorais de Sodoma e Gomorra e até mesmo as calamidades que infringiu ao antigo Egito . Mas, estes males não eram ações erradas. Antes, em ambos os casos estava envolvida a administração legítima da justiça contra transgressores. No entanto, ocasionalmente, Jeová, na sua misericórdia, refreou-se de causar a intencionada calamidade ou mal na execução do Seu julgamento justo, por causa do arrependimento dos envolvidos. (Jon 3:10) Além disso, por ter mandado dar um aviso, Jeová tem imerecidamente oferecido aos praticantes do mal a oportunidade de mudarem de proceder e assim continuarem vivos. — Ez 33:11`.

 

Também neste site:

APRENDA HEBRAICO, GREGO ou INGLÊS sem sair de casa!

 

Anúncios
Both comments and trackbacks are currently closed.

Comentários

  • Queruvim  On 2 fev 2015 at 15:25

    PREZADOS LEITORES, ESTAMOS COM QUASE 400 POSTAGENS E UMA VISUALIZAÇÃO EM MASSA NOS ESTADOS UNIDOS, ALEMANHA, JAPÃO, ANGOLA, PORTUGAL E MUITOS OUTROS PAÍSES!

    Houve dias em que tivemos mais de 14.000 visualizações! Em outras palavras, este site está bombando e está se tornando viral para os que estudam a Bíblia com seriedade!

    Monday, December 2, 2013

    Views: 14,436Help
    Visitors: 13,045
    Views per Visitor: 1.11

    TodayYesterdaySummaries

    Country Views
    Brazil 8000
    United States FlagUnited States 510
    Germany FlagGermany 111
    Portugal FlagPortugal 180
    Angola FlagAngola 600
    United Kingdom FlagUnited Kingdom 55
    Philippines FlagPhilippines 40
    Japan FlagJapan 102
    Suriname FlagSuriname 109

    Curtir

  • ...  On 2 fev 2015 at 15:47

    “Dai honra a quem merece honra”. Portanto:

    PARABÉNS QUERUVIM, SAGA E TODOS OS COLABORADORES DESSA PÁGINA QUE TEM ME AJUDADO MUITO A RESTABELECER E AUMENTAR MINHA FÉ, QUE ANDAVA ‘DOENTE’.

    P.S: Os ‘aBÓSTAtas’ piram… Hehehehe

    Curtir

  • vinicius  On 2 fev 2015 at 16:00

    parabens! e as visualizaçoes soh tem a crescer !

    Curtir

  • foxhound  On 2 fev 2015 at 16:17

    Parabéns pelos ótimos trabalhos queruvim e colaboradores, tenho certeza que isso irá aumentar e o mais importante é que irá ajudar a muitos, continuem com seus belos trabalhos.
    Um grande abraço de um irmão que esta sempre acompanhando.

    Curtir

  • José Roberto de Araujo  On 2 fev 2015 at 16:24

    Fico muito feliz, com a expansão do site ! Esperamos que as verdades esclarecidas aqui, ajude a muitos a sair do meio da Religião Falsa! (Apocalipse 18;1-4). Que o nome de Jeová continue a ser louvado , e magnificado em toda a Terra! (Apocalipse 4;11 ; Salmo 83;18).

    Curtir

  • Lucas  On 2 fev 2015 at 16:36

    É claramente reconhecível, em como Jeová Deus abençoa os esforços sinceros daqueles que defendem Sua Palavra, Seu Nome, e Sua Soberania…(Gn 12.2,3)

    Curtir

  • Lucas  On 2 fev 2015 at 17:03

    “Eu formo a luz e crio trevas, asseguro o bem-estar e CRIO A DESGRAÇA: sim eu, Iahweh, faço tudo isso.” _(Bíblia de Jerusalém)

    _Comentário meu: A opção de tradução da Bíblia de Jerusalém não foi a das melhores, tal como a Tradução do Novo Mundo, mas, creio que a tradução: ”crio a desgraça” em vez de ”crio o mal’, muda bastante a compreensão e a interpretação deste texto, pois Jeová não cria o MAL, que na verdade é mto relativo, e pode envolver TUDO aquilo que é mal inclusive o próprio Diabo…mas quando é traduzido ”crio a desgraça”, é outra coisa, pois Jeová como Deus de Amor (1Jo 4.16) não pretende criar a desgraça, mas pelo que entendo Jeová está nos dizendo que Ele tem o pleno poder para isso…visto que é o Deus Todo-Poderoso, porém evita ao máximo fazer uso de tal grandioso poder assim, mas quando Seu senso de Justiça lhe permite fazê-lo, Ele o faz, mas sempre visando o pleno bem estar de todas as Suas criaturas vivas e inteligentes.

    *** ip-2 cap. 6 pp. 81-82 par. 11 Jeová — “Deus justo e Salvador” ***

    “Formando a luz e criando a escuridão, fazendo paz e criando calamidade, eu, Jeová, faço todas estas coisas.” (Isaías 45:7) Tudo na criação — da luz à escuridão — e tudo na História — da paz à calamidade — está sujeito ao controle de Jeová. Assim como ele forma a luz do dia e cria a escuridão da noite, ele ‘faria’ a paz para Israel e a calamidade para Babilônia. Assim como teve o poder de criar o Universo, Jeová tem também o poder de cumprir suas profecias. Isso reanima os cristãos hoje, que estudam meticulosamente a palavra profética de Deus.

    *** it-2 p. 742 Mal *** (Estudo Perspicaz das Escrituras)

    O Significado de Deus Trazer o Mal. Justificadamente, Jeová trouxe o mal ou a calamidade sobre Adão pela desobediência dele. Por isso, Jeová é mencionado nas Escrituras como o Criador do mal ou da calamidade. (Is 45:7; veja Al.) Impor ele a penalidade pelo pecado, a saber, a morte, mostrou ser um mal, ou uma calamidade, para a humanidade. Portanto, o mal nem sempre é sinônimo de ações erradas. Exemplos de males ou calamidades criadas por Jeová são o Dilúvio dos dias de Noé e as Dez Pragas infligidas ao Egito. Mas, estes males não eram ações erradas. Antes, em ambos os casos estava envolvida a administração legítima da justiça contra transgressores. No entanto, ocasionalmente, Jeová, na sua misericórdia, refreou-se de causar a intencionada calamidade ou mal na execução do Seu julgamento justo, por causa do arrependimento dos envolvidos.

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 2 fev 2015 at 19:49

    Fico feliz,numa época em que já não tinha tanta certeza se de fato existia hoje uma “coluna e amparo da verdade”foi por causa desse site( como também o do apologista e o pedras que clamam…ai que saudade do antigo pedras que clama) que minha fé foi novamente restabelecida, e senti a necessidade de estudar profundamente a bíblia,serei eternamente grato! Que Jeová abençoe seus esforços como também o de todos nós que fazemos parte da organização e que juntos como uma equipe defendemos a verdade.

    Curtir

  • Saga  On 3 fev 2015 at 0:16

    Neste texto do profeta Isaías, a palavra que a maioria das traduções verte como “mal” significa a punição sobre os pecadores, o Dilúvio, o fogo sobre Sodoma e Gomorra, as Pragas do Egito são exemplos, Jeová traz a calamidade sobre aqueles que lhe desobedecem.

    O infortúnio que se abate sobre os pecadores é o que a Almeida chama de “mal”.
    Qual a diferença?
    “O Mal” enquanto mal moral seria um “mal absoluto”, envolvendo atos de maldade de um ser maligno, já o infortúnio (adversidade) é uma coisa diferente, quando um latrocida é preso, para ele a prisão é ruim, é um mal (uma calamidade), mas isso é relativo, pois para a vítima foi bom a justiça ter sido feita, foi um bem.

    Um exemplo bem óbvio seria que o placar de 7×1 para o Brasil foi um mal, mas a Alemanha foi um bem, hahahauhauhauaha.

    Como um ser perfeito, Jeová Deus é santo e incapaz de cometer um ato moralmente mal, seus julgamentos adversos por severos que sejam são moralmene justos.

    Curtir

  • GIBE  On 3 fev 2015 at 9:39

    Nilson, o problema é que o Pedras que Clamam seguiu outro rumo, desconsiderou o conselho do Escravo, e ficou lendo publicações apóstatas tentando refutá-las. Infelizmente acabou sendo contaminado pela apostasia. é uma pena, mas fazer o que. Temos que ser seletivos no que lemos e nos sites que navegamos para também não sermos presas fáceis dos apóstatas. Não devemos ler seus artigos muito menos perder tempo refutando-os. Eles não tem interesse na verdade. O único objetivo é desviar os servos de Jeová da adoração verdadeira

    Curtir

  • Alexei  On 3 fev 2015 at 14:45

    Firmes, pujantes, os servos do Senhor
    as novas do Reino defendem com ardor
    pois sabem que Deus os resguarda
    Seu poder contra Satanás não tarda!!!!

    Curtir

  • Victor DB  On 3 fev 2015 at 17:37

    Então fica aqui meu apelo para que reforçe e insentive esse seu trabalho de ensinar outras liguas, como hebraico, grego e inglês. Isso não pode cair no esquecimento! Na minha humilde opinião, entre o povo de Jeová, aqueles que pregam diariamente, deve existir alguém que pelo menos domine outra lingua. Pricipalmente se for hebraico e grego biblicos. Com a permissão de Jeová, logo vou iniciar este estudo com vocês.

    Curtir

  • Lazie Freitas Lopes  On 14 jan 2017 at 12:35

    O que eu acho interessante é o malabarismo que os religiosos fazem,na tola tentativa de atribuir texto de seus livros SANGRADOS , a uma DIVINDADE criada por ele mesmo… Kkkkk Não à deus ou deuses só à homens inventando deuses e outros acreditando em deuses inventados. O homem criou Deuses e se autoelegeram seus representantes, para disfarçar suas reais intenções GENOCIDAS e INSANAS… Só isso MAIS NADA.

    Curtir

  • Queruvim  On 14 jan 2017 at 22:07

    Lazie, sugiro que estude primeiro o básico. O Uso e significado da palavra “Deus”. Ademais, crer ou não crer em algo não torna o objeto de nosso estudo verdade ou não. Nossa opinião não é prova de que algo existe ou não. São as evidências e a lógica que devem apoiar nossa opinião.

    Deus existe?

    Criação ou Evolução?

    Curtir

  • KL  On 16 jan 2017 at 0:17

    Queruvim eu não entendi claramente .A palavra RÀ não pode em nenhuma circunstância significar ” mau “? E apenas ” mal ” o que quero dizer é que RÁ não engloba em nenhuma circunstância aquilo que é moralmente errado?A razão da minha dúvida é que a citação acima do Léxico Brown-Driver-Briggs aparece tanto “mau(moralmente errado)” e ” mal (calamitoso)” na definição.

    Curtir

  • Queruvim  On 16 jan 2017 at 1:38

    KL, em em lexicografia, uma palavra pode ter diferentes acepções, ou seja, cada um dos vários sentidos que uma palavra apresenta de acordo com cada contexto (ex.: ponto em pontuação, costura, geografia, geometria, jogos, rotina escolar etc.) De forma que a palavra hebraica ra’ pode significar uma coisa ou outra.

    Curtir

  • odirlei gimene santiago  On 16 jan 2017 at 16:27

    para os que amam a justiça e amam o que é certo, não há nada melhor do que ver Deus irado e causando o mal. eu quero é mais.kkk

    Curtir

  • NOÉ  On 18 jan 2017 at 1:56

    odirlei, FAÇO MINHAS AS SUA PALAVRAS, PORÉM DIGO DE OUTRA FORMA: ” NÃO HÁ NADA MELHOR DO QUE VER JEOVÁ FAZENDO OS MAUS BEBEREM DO PRÓPRIO VENENO! E VEJA QUE INTERESSANTE: O DEUS MESMO DIZ QUE VAI FAZER ISSO:

    “Pois os pecados da Babilônia acumularam-se até o céu, e Deus se lembrou dos seus crimes.
    Retribuam-lhe na mesma moeda; paguem-lhe em dobro pelo que fez; misturem para ela uma porção dupla no seu próprio cálice.
    Façam-lhe sofrer tanto tormento e tanta aflição como a glória e o luxo a que ela se entregou. Em seu coração ela se vangloriava: ‘Estou sentada como rainha; não sou viúva e jamais terei tristeza’.
    Por isso num só dia as suas pragas a alcançarão: morte, tristeza e fome, e o fogo a consumirá, pois poderoso é o Senhor Deus que a julga.”
    Apocalipse 18:5-8

    Curtir

  • glawber  On 22 abr 2017 at 18:34

    Qual Deus que vendo as diversas misérias que assolam a humanidade ficaria inerte?
    Ficaria ele de lá de cima ou de lá de baixo sentado em um maravilhoso trono, arrodeado de bilhões de anjos, que por 24 horas, clamam “santo, santo, santo”, sem nada fazer por seus míseros filhos mortais que foram feitos à sua imagem?
    Que Deus ficaria como que um deus feito de madeira, barro ou metal, enquanto milhões de índios eram exterminados pleos colonos ingleses, espanhóis e portugueses?
    Que Deus poderoso que vendo milhões sendo aniquilados por causa de sua palavra, não levanta sequer um dedo para mostrar que seus perseguidores estavam errados?
    Que Deus é este que não viu o quanto os negros africanos sofreram e até hoje sofrem pelo simples fato de terem a pele negra que Ele mesmo fez?
    Que Deus é esse que enfrentou os profetas de Baal diante de muitos, mas hoje não aparece a ninguém, tampouco dá sinal que está do lado daqueles que tanto seguem sua suposta palavra?
    Onde estava esse Deus que não agiu para defender Wiclife, John Hus, Tyndale e tantos outros que lutavam para dar a conhecer sua palavra?
    Onde estava esse Deus quando os coitados dos hebreus eram exterminados por assirios, babilônios, medo-persas, macedônios e romanos? E olhe que os judeus é o povo escolhido por Deus, imagine se não fosse!
    Os que não pensam, podem dizer que as maldades são feitas pelos homens, não por Deus. E eu respondo, se você visse uma mulher sendo estrupada, podendo você impedi-lo, ficaria inerte olhando? Se você não agisse seria conivente, e é isso que esse Deus da biblia é!
    Um Deus que se autoproclama de “Juiz de toda a Terra”, jamais soltaria um assassino, sanguinário de um ser maligno[Diabo] à solta pela Terra.
    Como é que um Deus misericordioso, sabendo que já somos pecadores por natureza, que travamos uma luta interna contra nossa má inclinação, coisa já sabida por Ele mesmo, antes e depois do dilúvio, solta o Diabo logo na Terra? Se o Diabo não servia para nada lá em cima, não era motivo de jogá-lo para cá. Se eu não quero o mal para mim, não posso desejá-lo para outros. Até porque diz a famosa oração “não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal”. É assim que Ele cumpre sua própria palavra, é?
    É esse Deus que vcs querem dar vida, é?
    Que Deus que deixaria tantas misérias deste tipo acontecerem apenas para provar aos seus próprios anjos que, por sinal, devem conhecê-lo muito bem, já que o conheciam há incontáveis milênios um outro anjo(diabo) está errado, e que em breve o mundo todo será um maravilha?
    Um câncer se cura quando se antecipa ao seu surgimento, e não quando o mesmo já está estabelecido e enraizado, não!

    Curtir