Gênesis 3:15 “Ele te machucará” ou “Ela te machucará a cabeça”? Resolvida uma controvérsia!


Certo leitor fez a seguinte pergunta:

Estava fazendo um pesquisa quando me deparei com o texto de Gênesis 3:15 na Bíblia de Jerusalém onde reza:
“. . .
Ela te machucará a cabeça
e tu lhe ferirás o calcanhar.”

Na TNM encontrei:
. . .
“Ele te machucará a cabeça
e tu lhe machucarás o calcanhar.”

Segundo a nota na Bíblia de Jerusalém verifica-se que o pronome “Ele” é de uma tradução grega.
Uma vez que o pronome no feminino (Ela) implica numa interpretação de que a mulher machucaria a cabeça da serpente e que no masculino (Ele) implica na interpretação messiânica de que um herdeiro da mulher o faria (posso estar equivocado), gostaria de saber se assim puder me ajudar em por quê que eles colocam o pronome no feminino e no que isso implica…

Agradeço desde já sua disposição e que Jeová continue lhe abençoando,
Atenciosamente,

 T. G

Resposta:

Paulo em Romanos 16:20 afirma que quem “esmagaria” a cabeça da serpente é Deus por meio de Cristo. Lemos:

“O Deus que dá paz,  por sua parte, esmagará em breve a Satanás debaixo dos vossos pés. A benignidade imerecida de nosso Senhor Jesus seja convosco”.

הוּא יְשׁוּפְךָ רֹאשׁ

“Ele te machucará a cabeça”

O texto hebraico afirma em Gên. 3:15b “Ele (hebr.: hu’) te machucará a cabeça e tu lhe machucarás o calcanhar.” O pronome na terceira pessoa do singular usado (hu`) é ambíguo e pode significar “ele” “ela” ou ainda ser vertido por um pronome neutro em outros idiomas. Contudo, o verbo hebraico que segue (יְשׁוּפְךָ translitera-se  y´shufkha) não permite uma ambiguidade e identifica o pronome que o antecede como sendo masculino, removendo assim a ambiguidade. Em hebraico os verbos são conjugados de acordo com o gênero. Jerônimo, ignorou isso, ao traduzir o texto hebraico para o latim verteu o pronome hebraico hu´por ipsa ou “ela”. Algumas versões da Vulgata, se apercebendo deste equívoco, empregam ipsum (ele). Por exemplo a Nova Vulgata reza:

ipsum conteret caput tuum,
et tu conteres calcaneum eius

Alguns tem argumentado que Jerônimo na tradução de sua Vulgata Latina (FOTO) empregou o pronome feminino ipsa, e que por isso devemos empregar um pronome feminino.Exemplos são a  Bíblia de JerusalémDouay-Rheims Bible, entre  outras versões católicas, optaram por verter Gên. 3:15b por “ela te machucará a cabeça”.  Jerônimo, por ser católico e ter sido influenciado a reverenciar Maria empregou ipsa . 1280px-Bible.malmesbury.arp

A Bíblia Sacra Vulgata reza em Gên. 3:15b:

ipsa conteret caput tuum et tu insidiaberis calcaneo eius

Fica claro que a maioria dos eruditos inclusive católicos estão abandonando a ideia de que o pronome a ser empregado deve ser feminino, assim como fez Jerônimo no 4º século.

A Septuaginta Grega (ou LXX) uma tradução do texto hebraico do V.T para o Grego, verte  o pronome hebraico hu´ por  “ele” em seu texto grego. Observe com atenção o emprego do genitivo masculino na terceira pessoa(autou). Caso os judeus entendessem que seria “Ela” teriam empregado o genitivo feminino αὐτῆς. Em sua pergunta, prezado leitor, sugeriu que o pronome feminino é uma tradução grega, contudo, no texto da LXX encontramos a forma pronominal masculina aplicada ao descendente (ou semente) da mulher.

αυτος σου τηρησει κεφαλην και συ τηρησεις αυτου πτερναν

autos sou thrhsei kefalhn kai su thrhseis autou pternan

FONTE: http://spindleworks.com/septuagint/Genesis.htm

A serpente a que Jeová dirigiu as palavras registradas em Gênesis 3:15 não era o animal rastejante. Obviamente, este era incapaz de entender uma questão tal como a envolvida aqui, um desafio à soberania de Jeová. Portanto, conforme desenvolvimentos posteriores revelaram, Deus falou a um indivíduo inteligente, a seu arquiinimigo, Satanás, o Diabo. Revelação 12:9 afirma que a “serpente original é o chamado Diabo e Satanás”.

Assim como a serpente a que Deus se referiu não era literal, tampouco a “mulher” era uma mulher literal, fosse Eva ou outra mulher. Algumas versões católicas propensas a imaginarem que a mulher mencionada em Gênesis 3:15 se refere a “virgem Maria” optaram por se aproveitar da aparente ambiguidade do pronome hebraico hu´a fim de enxertarem doutrinas tradicionais no texto da palavra de Deus. Citam Tertuliano em seus escritos, onde fala Sobre o Aparato das Mulheres e diz que a mulher cristã “colocará seu calcanhar sobre a cabeça do demônio”. Devemos recorrer a própria Bíblia a fim de interpretar as Escrituras Sagradas e não a escritores do tempo do início da predita apostasia, como base para formular nossas convicções doutrinais. Paulo em seus escritos identifica Cristo como aquele que machucaria a cabeça da serpente.

Certo defensor da doutrina Católica de que Maria é quem esmaga a cabeça da serpente, afirma que “não nos preocupamos se “Ela” é incompatível com o texto Hebraico de Gênesis 3:15, visto que podemos deduzir o papel de Maria sem forçar a tradução”. Quase que confessando uma tradução forçada cujo pronome não concorda com o gênero expresso na frase e que  comete erro elementar de concordância verbal, este apologista não demonstra ter profundo respeito pela palavra de Deus. Confunde hermenêutica com tradução. Sua admiração pela doutrina tradicional apela com mais vigor que o apreço pelos escritos sagrados. Obscurecer o sentido original de um texto a favor de teologia é uma prática comum da cristandade. Nós afirmamos, por outro lado, que a estranheza que assola seus sentidos ao se depararem com textos na Tradução do Novo Mundo, não se deve a “erros” de tradução na Versão das Testemunhas de Jeová, não, mas antes,  devido à exatidão dela. Ao passo que as Testemunhas de Jeová possuem um zelo e profundo cuidado para não se adulterar o texto, o clero da Cristandade, pastores, teólogos e Padres, tem feito o oposto. Alteram o texto a fim de acomodarem doutrinas tradicionais e “invalidam a palavra de Deus por causa” de sua tradição, assim como disse Cristo. Mateus 15:6.

Ser Jesus ferido no calcanhar significaria que ele sofreria apenas um golpe temporário quando fosse morto na Terra, pois Jeová o ressuscitaria para a glória celestial. Mas o ferimento da serpente na cabeça significaria que o Diabo receberia um golpe mortal do qual jamais se recuperaria. — Leia Atos 2:31, 32; Hebreus 2:14.

Anúncios
Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • Lucas  On 25 de janeiro de 2015 at 16:50

    “Segundo a nota da Bíblia de Jerusalém verifica-se que o pronome “Ele” é de uma tradução grega.”

    Amado… recentemente adquiri a Bíblia de Jerusalém (Nova Edição Revista e Ampliada), mas não encontrei nada apoiando a idéia de que no hebraico antigo ou que o certo é rezar ‘Ela’, pelo que pude entender, a nota diz que ‘a tradução em grego deste versículo apóia que aqui deve rezar ‘Ele’, e não ela’…

    (Bíblia de Jerusalém Revista e Ampliada) Nota do vss 3.15:
    ‘Este versículo constata a hostilidade fundamental a serpente e a humanidade, mas deixa entrever a vitória final da humanidade: é um primeiro clarão de salvação, ou Protevangelho. A tradução grega, começando a última frase com um pronome masculino, atribui essa vitória não a linhagem da mulher em geral, mas a um dos filhos da mulher; dessa forma é estimulada a interpretação messiânica já presente na tradição judaica antiga, depois retomada e explicitada por muitos Padres da Igreja. Com o messias, sua mãe é implicada, e a interpretação mariológica da tradução latina ipsa conteret tornou-se tradicional na Igreja.

    ???esta bíblia quase que diz: ”com a tradução original ‘Ele te machucará a cabeça’, a doutrina em maria é contestada ou implicada aqui neste verso, por isso tornou-se comum ou tradicional, que posteriormente,(no caso, como fez Jerônimo no 4º século) fosse inserido a tradução latina ipsa conteret, ou ‘Ela lhe machucará a cabeça’.

    Ou seja… pelo que pude entender, a nota quase que afirma que a tradução “ELA te machucará a cabeça” é uma mudança posterior, e que a tradução em grego não concorda com tal coisa, mas antes com a tradução original ‘ELE te machucará a cabeça’.

    OBS: é digno de nota que a Bíblia de Jerusalém, página 13, diz que a base para sua tradução do Antigo Testamento é o texto hebraico estabelecido nos séculos VIII-IX d.c (E.C.)por sábios judeus, que fixaram sua grafia e vocalização…

    Caso vc possua uma Almeida Revista e Corrigida (revisão de 2009) poderá verificar que esta tradução usa no texto principal: “E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; ESTA te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.”
    …a nota deste versículo reconhece que no texto hebraico original está ‘Ele’ e não ‘ela’…
    (nota: Hebr. ele)

    Curtir

  • T.G  On 25 de janeiro de 2015 at 23:47

    Agradecido e honrado por ver minha pergunta publicada!
    Isso foi muito instrutivo e pontualmente valioso.

    Quanto ao Lucas, também agradecido pelas informações adicionais sobre as referências da AL 2009. Ainda não tenho essa tradução mas irei verificá-la quando possível.
    De fato a interpretação inicial da minha leitura foi equivocada conforme sua cota.
    Apenas para deixar claro, quando me deparei com esta pequena diferença percebi que esta também é usada por alguns clérigos para defender a ideia de que Maria era a referida da profecia ao invés de Jesus Cristo. Portanto minha pergunta foi objetivando saber exatamente os detalhes históricos dessas nuâncias uma vez que ela dava luz, segundo a nota, a ‘interpretações mariológicas’.

    Curtir

  • Saga  On 26 de janeiro de 2015 at 0:55

    Queruvim, você falava desse padre?


    Certo defensor da doutrina Católica de que Maria é quem esmaga a cabeça da serpente, afirma que “não nos preocupamos se “Ela” é incompatível com o texto Hebraico de Gênesis 3:15, visto que podemos deduzir o papel de Maria sem forçar a tradução”.

    Vou assistir agora pra conferir.

    Curtir

  • Saga  On 26 de janeiro de 2015 at 1:09

    DEUS ETERNO, mas que absurdo esse video, kkkk

    Acho útil pra exemplificar a loucura das “hermenêuticas” católicas em suas leituras da Bíblia.

    Curtir

  • ...  On 26 de janeiro de 2015 at 9:23

    Queruvim ‘matou dois coelhos numa tacada só’, ou mais!!

    Que esclarecimento! Gente, pior que trata-se de algo tão simples, tão natural, que torna-se quase insuportável ver a cristandade vertendo em erros a tradução bíblica somente para apoiar suas ideias. Isso me irrita profundamente!! Temo uma palavra em outro idioma e sua tradução significa uma coisa, então pra que traduzir de um outro jeito?? Bando de fariseus, hipócritas!!!

    É a mesma coisa a palavra DOG, em inglês, que significa CACHORRO em português (fato!!). Mas como eu gosto mais de gatos então traduzo DOG para GATO!?

    Olha, não vejo a hora de Jeová destruir Babilônia e EXPÔR ao mundo sua podridão!!!

    Desculpem o desabafo, mas é irritante essa mania deles de deturpar as coisas, principalmente as coisas mais SIMPLES de Jeová!!!

    Curtir

  • Victor DB  On 26 de janeiro de 2015 at 11:50

    Cara é vivendo e aprendendo, ou melhor, é PESQUISANDO e aprendendo! Por causa de um simples “ele” ou “ela” pode ser alterado toda uma base doutrinal. É por isso que é importante pesquisar com as ferramentas certas. O que adimiro no queruvim em suas matérias é que são apoiadas sempre com base estrutural linguistica, dicionários e tudo mais. Brevemente vou agendar uma aula com vocês!

    Curtir

  • Queruvim  On 26 de janeiro de 2015 at 13:30

    Segundo o Padre neste vídeo, “a mulher” de Revelação 12:13 é Maria. A organização de JEOVÁ diz o seguinte sobre esta “mulher”:

    ” Sara, esposa de Abraão, diz Paulo, corresponde à “Jerusalém de cima”, que é a mãe espiritual de Paulo e dos seus associados gerados pelo espírito. Esta “mãe” celestial seria também a “mãe” de Cristo, que é o mais velho dentre os seus irmãos espirituais, que têm todos a Deus como pai. — He 2:11, 12; veja LIVRE, MULHER.
    Segue-se de forma lógica e em harmonia com as Escrituras que a “mulher” de Gênesis 3:15 seria uma “mulher” espiritual. E, correspondendo a que a “noiva”, ou “esposa”, de Cristo não é uma mulher individual, mas uma composta, constituída de muitos membros espirituais (Re 21:9), a “mulher” que dá à luz os filhos espirituais de Deus, a ‘esposa’ de Deus (profeticamente predita nas palavras de Isaías e Jeremias, conforme já citadas), é constituída de muitas pessoas espirituais. É um corpo composto de pessoas, uma organização, sim, uma celestial”.

    FONTE#

    O que este Padre ignora é que esta visão refere-se a um acontecimento que teria de ocorrer no futuro. (Rev. 1:1,10) foi dada a João muito depois do nascimento humano de Jesus e também depois da unção dele como o Messias de Deus. Tendo uma aplicação futura.

    Curtir

  • Queruvim  On 26 de janeiro de 2015 at 13:32

    Não me referí a este Padre, e sim a um teólogo Católico Americano que usou esta defesa.

    Curtir

  • Saga  On 26 de janeiro de 2015 at 17:36

    Mas que o Padre Paulo é um exemplo vivo de que as interpretações “bíblicas” dos católicos não tem pé nem cabeça, ele é. Comprometidos com o marianismo simplesmente lhes basta apoiar este ponto, aí chega ao absurdo de dizer que : “A Mulher simboliza….Israel…a Igreja…mas é Maria….que representa,,,”, alto lá, ou a mulher representa a nação de “Israel”, ou representa “Maria” ou representa “A Igreja”, não pode ser tudo ao mesmo tempo, isso é sinal de que na verdade não sabem o que o texto quer dizer e como interpreta-lo coerentemente então atiram para todo o lado.

    Mas o mais interessante foi que o estudo puramente linguístico e hermenêutico da Escritura usando o grego e o hebraico levaram a uma conclusão….ok….porém o Padre tentou ir em outra direção usando de que?….Da TRADIÇÃO católica. Aí quando a tradição eclesiástica entra no meio ela consegue fazer de tudo, até mesmo desdizer as Escrituras, de modo que tenhamos de “reinterpretar” as coisas segundo o ideal do catolicismo. É por isso que usam de passagens de Judite para aplicar a quem…a virgem Maria, WHT? Pois é. E tem passagens de Cantares também usados dentro da “teologia mariana”, estes exemplos demonstram a indiferença que o catolicismo demonstra em seu “estudo” da Bíblia, “espiritualizam” demais a passagem até sumir com o sentido pretendido pelo autores sacros.

    Curtir

  • sandeidiaz  On 26 de janeiro de 2015 at 18:51

    O MACHUCAR A CABEÇA NA LOGICA REFERE-SE A JESUS, DEVIDO AOS INUMEROS TEXTOS QUE SE REFERE A ELE…JESUS MACHUCAR A CABEÇA DE SATANAS SIGNIFICA POR FIM A TODA ATUAÇÃO DELE…o Diabo,* porque Com este objetivo foi manifestado o Filho de Deus,+ a saber, para desfazer as obras do Diabo.+ 1ª JOÃO 3:8

    Curtir

  • Lucas  On 27 de janeiro de 2015 at 0:44

    Para quem gosta de se aprofundar mesmo na Palavra, assim como eu, mas não possui o texto hebraico impresso para o Novo Testamento, e quer saber mais a respeito de Gn 3.15 por exemplo, indico para que estudem online:

    http://www.scripture4all.org/OnlineInterlinear/Hebrew_Index.htm

    Este site possui o texto de: Westminster Leningrad Codex, um códice bastante antigo e bem respeitado, em meio aos principais peritos em exegese bíblica… (possui o Nome de Deus ְיהָוה claramente 6.828x), mas… para lê-lo mesmo diretamente do hebraico, indico que primeiro procurem ao Queruvim…para aprenderem o Hebraico bíblico…ou o Grego para o Novo Testamento…rsrsrsrss, aí não tem erro… portas se abrem quando se sabe ler a palavra de Deus diretamente dos idiomas originais…

    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2015/01/16/aprenda-hebraico-grego-ou-ingles/

    Curtir

  • Erivelton  On 26 de julho de 2015 at 22:30

    Existe alguma refutação do Padre Paulo sobre este assunto de Genesis 3:15 para me fornecerem?

    Curtir

  • Vieslau  On 6 de agosto de 2015 at 11:00

    Ajudem aprofundar o sentido do texto Gn.3.15. Para mim a tradução de Jerônimo tem o seu sentido. “Então o Senhor Deus disse à serpente: Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te massacrará a cabeça, e tu morderás o seu calcanhar. ”
    Deus avisa o demônio, que vai existir um ódio entre ele e uma Mulher. Esta Mulher não é Eva, pois ela passou para o lado do demônio obedecendo a ele e comendo o fruto da árvore proibida por Deus. Eva tornou-se amiga do demônio. Então quem é esta Mulher, que vai viver no ódio do demônio? Esta é a Mulher que nunca viveu na amizade com o demônio, nunca passou para o lado dele, pois nunca teve algum pecado, sempre era cheia de graça. É fácil constatar que esta Mulher cheia de graça, é Maria. O ódio que Deus prometeu ao demônio não só fica entre ele e a Mulher-Maria, mas fica também entre a descendência dele e dela.
    O demônio venceu a primeira mulher, então é justo, que Deus dê o troco ao demônio por meio também, da mulher. A segunda Mulher com a sua descendência o derrotará. A vitória vai ser completa. Pois massacrar a cabeça significa a vitória total. O principal descendente de Maria é Jesus Cristo. Então é óbvio, que o principal vencedor do demônio seja Jesus Cristo. Mas também, é óbvio que como o ódio é de toda a descendência do demônio contra toda a descendência de Maria, também a vitória sobre demônio terá participação de Maria e de toda a sua descendência. E de descendência de Maria, são todos os devotos dela, são os seus filhos e filhas espirituais.
    Quando Jesus estava na cruz entregou todos os seus amigos e amigas aos cuidados maternais de Maria: “Vendo a mãe e, perto dela o discípulo a quem amava, Jesus disse para a mãe: “Mulher, aí está o teu filho”. Depois disse para o discípulo: “Aí está a tua mãe”. E desde aquela hora o discípulo tomou-a sob seus cuidados.” Jo.19.26-27. Jesus Cristo falando com Maria, usa a expressão “Mulher” para lembrar-Lhe que Ela é aquela “Mulher”, que derrotará o demônio com a sua descendência.
    É justo perceber que o texto bíblico não diz: Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e ao Filho dela. Mas fala da sua descendência. A descendência da mesma não é só o seu Filho Jesus, mas todos os seus filhos e as filhas espirituais. Obrigado!
    Abraços de Vieslau
    06.08.2015

    Curtir

  • Saga  On 6 de agosto de 2015 at 23:16

    "Para mim a tradução de Jerônimo tem o seu sentido. “Então o Senhor Deus disse à serpente: Porei ódio entre ti e a mulher, entre a tua descendência e a dela. Esta te massacrará a cabeça, e tu morderás o seu calcanhar. ”"

    [1] Quem esmaga a cabeça da serpente não é a Mulher e sim a Semente dela.
    O Catolicismo não crê na destruição de Satanás, a Serpente não é morta na doutrina católica, inclusive, o que a Igreja Romana ensina é que Satanás já está no inferno desde sempre sua queda quando era chamado Lúcifer, então a vitória do Cristo Católico envolve apenas deixar a serpente viva no inferno pra sempre. Esmagar cabeça é dar um golpe mortal, matar.

    [2] A doutrina da imaculada conceição de Maria no ventre de Sant´ana e São Joaquim não tem nenhuma base na Escritura Sagrada.

    [3] Se Maria só gerou um filho, não cabe dizer que ela tem uma grande descendência de filhos, ou tomamos a coisa no sentido literal, de ficar grávida e gerar um filho, ou então tomamos em sentido alegórico, não nos cabe misturar as duas coisas dentro da mesma profecia.

    [4] A profecia referente a Mulher, a semente e o dragão, encontrada em Apocalipse 12, não se encaixa com Maria, e a Mulher de Apocalipse 12:1 é a mesma Mulher de Gênesis 3:15. Os detalhes da profecia são melhor compreendidos no contexto de mulheres serem um simbolo de entidades religiosas, como a própria Babilônia é. Temos a Mulher de Deus Pai, a Noiva de Cristo e a prostituta montada na Besta. Não cabe nenhuma mulher literal dentro dessas profecias.

    [5] Os filhos de Deus são, filhos do Pai do Céu, Jesus Cristo é um deles. Estes filhos são também filhos da mesma Mãe. Como Jeová não tem nenhuma esposa literal e nem poderia ter, então sua mulher tem de ser simbólica, assim como a noiva do Cordeiro é simbólica. Mesmo os católicos que ousam dizer que Maria [sic] seria esposa de Deus [!], dizem que é porque ela seria a esposa do espírito santo [!?], o que não encaixa aqui, pois estamos falando do Pai, o Pai de Jesus Cristo, e de todos filhos celestiais de Deus.

    PS: Se Jeronimo escreve algo fora do que diz o texto hebraico e da LXX então ele NÂO ESTÁ TRADUZINDO e sim inventando.

    Curtir

  • JOÃO TAVARES DE LIRA  On 24 de novembro de 2016 at 13:31

    Ela esmagará a cabeça, como se pode ler em Gn 3,15, a tradução não é um erro de jerônimo e nem muito menos uma hermenêutica forçada. O “ipsa” se refere na própria tradução/versão hebraica -se numa exegese correta – à linhagem e não à mulher, mas a linhagem de mulher. outra observação pertinente é que, se a linhagem é Jesus e Jesus é filho de Maria, qual a mente tola que não consegue entender que a Mulher é a mãe de Jesus? A unilaterização e o questionamento infundado, simbolizam um sintoma de rejeição, cuja hermenêutica representa uma esquizofrenia na leitura do texto sagrado da perícope Gn 3,15.

    Curtir

  • Queruvim  On 24 de novembro de 2016 at 16:21

    João Tavares, por acaso não observou o artigo onde lemos que “o verbo hebraico que segue (יְשׁוּפְךָ translitera-se y´shufkha) não permite uma ambiguidade e identifica o pronome que o antecede como sendo masculino, removendo assim a ambiguidade”? Os verbos hebraicos são conjugados de acordo com o gênero. No caso temos um sufixo pronominal masculino na segunda pessoa do singular. Isso é elementar no hebraico da Bíblia! Portanto, qualquer tradução da Bíblia que apresentar o pronome como sendo “Ela” não se baseia no texto da Bíblia Hebraica,( que é o mais antigo e mais autoritativo) mas em traduções posteriores dela. Jerônimo traduziu errado sim senhor! Não observou que a Nova Vulgata não concorda com Jerônimo nem com sua opinião? Por que? Simples, em hebraico não temos um pronome feminino. Desculpe, mas quem será que está apresentando uma “hermenêutica esquizofrênica”?

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: