2 Timóteo 3:4 “mais amantes de prazeres do que amantes de Deus” – Respondendo Dúvidas de Leitores


filédonoi

 

Pergunta feita pelo leitor Rafael:

Dentre os sinais das profecias para o fim do sistema iníquo, está: “…mais amantes de PRAZERES que amante de Deus…”. Certo?

A palavra PRAZERES aí não significa somente coisas ‘sexuais’. Refere-se a tudo que envolve prazer: jogatina, sexo, bebedeira, etc… É isso, não é??

 

 

Resposta:

φιλήδονοι  μᾶλλον    φιλόθεοι

filédonoi mallon  e  filótheoi

Filédonoi contém duas palavras, um prefixo e um sufixo. Filé provém de phílos que se refere a afeição entre amigos e é uma das 4 palavras gregas para amor, ao passo que donoi é o plural de hedoné.

ἡδονή (hedoné) nos lembra a palavra hedonismo, definida como a busca incessante de prazeres. Falando sobre hedoné alguns comentários bíblicos sugerem que se refere “aquilo que é agradável aos sentidos físicos”. É uma palavra empregada comumente ao se referir a prazeres sensuais. Tanto é assim que a Concordância de Strong lista como uma das definições de hedoné “prazeres especialmente sensuais”. Portanto, o texto inspirado de 2 Timóteo 3:4 descreve uma das características das pessoas nos “últimos dias” do atual sistema de coisas. Paulo escreveu que estas seriam “mais amantes de prazeres” físicos, tais como sexo imoral, bebedeira e glutonaria. Em Lucas 8:14 na parábola do semeador, Cristo Jesus falou de certas pessoas que ao receberem a mensagem da Bíblia são semelhantes a um tipo de solo cheio de espinhos. Cristo disse que estes “são os que tem ouvido, mas por serem arrebatados pelas ansiedades, e riquezas, e prazeres da vida (αἱ ἡδοναι τοῦ βίου hai hedonai tou bíou) ficam sufocados e não trazem nada à perfeição.” Emprega-se aqui mais uma vez o substantivo grego hedoné com um sentido não especifico de prazer sensual. O substantivo feminino ocorre no plural, indicando que são várias tipos de prazeres. Isto indica que “mais amantes de prazeres” pode envolver muito mais. Poderíamos mencionar a acomodação e vícios modernos como parte dessa descrição. Muitos hoje em dia não querem mais trabalhar e ficam somente nos vícios modernos, seja internet em excesso, vendo filmes e ouvindo musica como parte essencial de suas vidas. A preguiça juntamente com a busca da auto satisfação constante prejudica a relação da pessoa com Jeová Deus. Sem dúvida, você se apercebe de que vivemos num mundo inebriado de amor pelos prazeres, mas sem amor à bondade. É assim que a Bíblia descreve as atitudes que prevaleceriam nos “últimos dias”.

Sugerimos a seguinte leitura para todos os que tem alguma dúvida sobre se estamos ou não nos “últimos dias” deste mundo perverso:

Estamos nos últimos dias?

Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • ...  On 22 de janeiro de 2015 at 13:10

    Gratidão!!!

    Respondido e MUITÍSSIMO bem respondido!! Eu imaginava que pudesse ter referência somente com prazeres sexuais, mas não, envolve TODOS os prazeres. Esses, por sua vez, se tornam mais fortes e ‘atraentes’ para alguns do que o próprio amor de Deus.

    Entendi!!

    Muito obrigado.

    Curtir

  • PríncipeDeJah!  On 25 de janeiro de 2015 at 17:34

    Sim, envolvem todo tipo de prazeres mundanos.
    Principalmente o SEXUAL. Se observarmos o mundo de hoje, veremos como os “prazeres sexuais” tem aumentado cada vez mais em um nível sem precedentes. Aqui no Brasil por exemplo, nem se fala, não é atoa que nosso país é considerado o mais promíscuo do planeta. Com o surgimento desses estilos musicais como o “Funk” que tem atraído jovens desde cedo(12,13 anos) a se poluírem, não só com prazeres SEXUAIS, mas também com os prazeres das DROGAS, fazendo ostentações a: Sexo, Drogas, Trafico, Etc… vejo Jovens nas ruas de 12,13 anos, falando palavras obcenas, fumando maconha, andando com armas pelas ruas como se fossem os “bandidões”. Tudo isso é parte das profecias, são tudo PRAZERES mundanos !

    Curtir

  • Wander  On 10 de fevereiro de 2015 at 16:07

    Olá. Sou estudante da bíblia, e gostaria de fazer uma pergunta que já há muito tempo me deixa curioso. Até hoje meu instrutor não me deu resposta,e não achei nenhuma pesquisando… Não sei se seu site já respondeu essa questão… mas la vai:
    Por que todos os batismos da bíblia, aparentemente contrariaram a ordem de Jesus em Mateus 28:19, sobre batizar em nome do pai do filho e do espírito? Pois todos os batismos na bíblia foram em nome de Jesus apenas. E tendo isso em mente, como a organização de Jeová escolhe qual seguir, as palavras de Jesus, ou o exemplo prático dos primitivos cristãos?
    Essa é a única grande dúvida que tenho e gostaria muito de uma resposta. Desde já, obrigado.

    Curtir

  • Queruvim  On 10 de fevereiro de 2015 at 16:27

    Há alguns pormenores escritos por Marcos mas omitidos por Mateus, Lucas e João. Há também pormenores escritos por João mas omitidos por Mateus, Marcos e Lucas. E poucos questionam um relato inspirado somente porque este omite uma informação que aparece em outro evangelho. Para os que defendem a Bíblia como a palavra de Deus, não procuram desculpas para suspeitar da canonicidade de certas passagens.Nenhum batismo conta todos os detalhes a repeito de local e nomes dos batizandos, muito menos como eram feitos tais batismo em todos os seus pormenores e discursos de preparação. A omissão de uma informação em um destes ou outro não deve servir para suspeita de outra parte da palavra de Deus. Afinal a Bíblia não se contradiz. Temos que juntar todas as partes e ao confrontar a Bíblia ela se harmonizará. Sabemos que muitos dos relatos de Reis e de Crônicas são diferentes nos detalhes, e se formos procurar uma desculpa para supor a ausência de canonicidade, certamente podemos encontrar muitas. Escrevi o artigo no link abaixo que poderá ajudar a tirar mais conclusões a respeito, contudo, jamais somos dogmáticos a respeito de nada. Sua indagação é válida, mas não acho que deve ser uma inferência dogmática em forma de pergunta.Não se deve afirmar com certeza que os primitivos cristãos “não evocavam o batismo em nome do Pai, filho e do espírito santo”. Também, não acho impossível que um manuscrito mais antigo mude todo o entendimento e até corrobore a ideia de que a “fórmula batismal tripartite” não é inspirada, contudo, acho que já se passaram muitos anos adentro no tempo do fim para questionarmos as palavras finais de Mateus 28…veja o artigo>

    Mateus 28:19 “batizando-as em o nome do Pai, e do Filho, e do espírito santo” inspirado por Deus ou adulteração posterior?

    Cabe uma indagação adicional, será que reconhecemos um grupo de cristãos como “o escravo fiel e prudente” (Mat 24:45) que está dando alimento espiritual e orientação no tempo certo, nos sujeitando aos arranjos daqueles que tomam a dianteira em questões de doutrina assim como era no primeiro século? (Atos 15)

    Curtir

  • karmo2010  On 11 de fevereiro de 2015 at 9:21

    Além de tudo que foi dito por você, Queruvim, tem a questão de que o batismo em nome do Pai já havia sido adotado pelos judeus ao se apresentarem no Rio Jordão para serem batizados por João, o batizador. O batismo em nome do Filho, estaria sendo ministrado depois pelos discípulos de Jesus, de forma que os discípulos de Jesus, ainda enquanto Jesus estava na Terra, já batizavam em nome do Pai e do Filho. (João 4:1, 2) Posteriormente, no Atos, vemos muitos judeus sendo batizados com espírito santo, como em Pentecostes, daí por diante o batismo com espírito santo ser também divulgado. Assim, gradativamente, o batismo foi se tornando tríplice.

    Talvez seja por isso que vemos muito a Bíblia falar do batismo em nome de Jesus somente, pois muitos fiéis já tinham sido batizados em nome do Pai, como judeus ou prosélitos através do batismo iniciado por João, o batizador. Sendo que o espírito santo não é uma pessoa, e sim a força ativa de Deus, dava-se destaque ao batismo em nome de Jesus, que era a maior novidade nas boas notícias do reino. Assim, o batismo em nome do Pai, do Filho e do espírito santo, foi necessário para os não-judeus, tais como Cornélio, que não havia sido batizado de nenhuma forma.

    Então temos primeiramente o batismo de João, depois o batismo em nome de Jesus, e por último o batismo com espírito santo.

    Para mais informações, o estudante sincero pode acessar:

    http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200000555

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s