Criança pergunta ao Papa algo que ele não sabe – Mas o que a Bíblia diz?


Glyzelle Palomar, agora com 12 anos, passou anos de sua vida sofrendo e coletando comida no meio do lixo de Manila, capital das Filipinas. Agora na frente do Francisco a quem chamam de “Papa”, ela pergunta emocionada ao Papa:

“Por que Deus permite que tais coisas aconteçam, ainda que não seja culpa das crianças?”

O Papa responde apenas com um abraço e logo depois observa: “Ela é a única que colocou tal pergunta, pela qual não há uma resposta e sequer conseguiu se expressar em palavras, mas em lágrimas”. PapabentoXIVfilipinas   Sugerimos que acesse AGORA MESMO os links abaixo a fim de obter respostas diretamente da Bíblia a esta pergunta.

Pessoas boas sofrem — por quê?

Por que Deus permite o sofrimento?

Interessa-se Deus realmente pelas crianças?

Peça um estudo bíblico

Tenha aulas da Bíblia gratuitas no horário e local de sua preferência.

Anúncios
Both comments and trackbacks are currently closed.

Comentários

  • Renato Russell  On 19 jan 2015 at 11:03

    Eu achei um pouco inapropriado a imagem do Francisco se quem falou foi o Bento.

    Embora nenhum dos dois iria saber mesmo a resposta. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  • ...  On 19 jan 2015 at 11:51

    Isso me faz lembrar o relato de um irmão, senhor de idade da minha antiga congregação:

    Quando mais jovem ele estudava em um colégio de padre, para se tornar um. Um dia, no pátio do colégio, ele estava sentado no banco em frente à capela lendo a bíblia e se deparou com um texto que dizia algo que contradizia o que a Igreja Católica prega (não lembro se foi algo sobre imagens).

    Ele nos contou que no mesmo instante, estupefato, levantou e foi ter com o padre, líder de sua capela:

    -Como a igreja pode ensinar tal coisa sendo que a bíblia está dizendo isso? – Indagou o Irmão João Alexandre.

    -Pára, você não pode ler isso!!! – Gritou o padre.

    Naquela mesma noite, nos altos falantes da capela que fazia transmissão das missas para o exterior do prédio, o mesmo padre disse que ‘havia pessoas na igreja que só queriam causar contendas e divisões’ e que ‘não deviam ler a bíblia sem a presença de um ‘superior”.

    Não preciso continuar o relato e dizer que o irmão João deixou seus estudos ‘religiosos’, encontrou as T.J’s e começou estudar, não é mesmo?

    Isso, somando ao que Queruvim postou acima, ilustra bem a fome espiritual e a falta de alimento provindas da babilônia!!!!

    Louvado seja Jeová por nunca nos deixar passar ‘fome’.

    🙂

    Curtir

  • ...  On 19 jan 2015 at 11:54

    Me refiro a fome ESPIRITUAL, claro!! (Ainda assim Ele nos tem suprido materialmente)

    😉

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 19 jan 2015 at 12:16

    Curtir

  • Queruvim  On 19 jan 2015 at 15:32

    Este Papa também não sabia!

    Curtir

  • Queruvim  On 19 jan 2015 at 15:36

    Eu escrevi Bento mas foi o Chico. Arrumei agora.

    Curtir

  • DREJAH  On 19 jan 2015 at 21:37

    Deste eu sabia mas do Francisco não !!! kkkkkkkkkkkkkk

    Curtir

  • Guest  On 20 jan 2015 at 2:07

    Excelente vídeo. Gostei do gostinho de quero mais no final. O vídeo não respondeu à pergunta, mas quem estiver com fome, irá querer descobrir.

    Curtir

  • iranilson Lima dos Santos.  On 20 jan 2015 at 10:57

    Isso deveras, é uma pergunta que eu não me atreveria a responder.

    Curtir

  • Victor DB  On 20 jan 2015 at 12:22

    Você é Padre?

    Curtir

  • Davi  On 20 jan 2015 at 15:57

    Isso é uma resposta muito simples se recorremos a palavra de Deus a bíblia acharemos a resposta a pergunta dessa menina.

    A Bíblia diz claramente: “O mundo inteiro jaz no poder do iníquo.” (1 João 5:19) Pensando bem, não faz sentido isso? Este mundo reflete a personalidade da criatura espiritual invisível que está “desencaminhando toda a terra habitada”. (Revelação [Apocalipse] 12:9) Satanás é odioso, enganador e cruel. Portanto, o mundo, sob sua influência, está cheio de ódio, engano e crueldade. Essa é uma das razões de existir tanto sofrimento.

    Para descobrirmos por que Deus permite o sofrimento, temos de voltar ao tempo em que o sofrimento teve início. Quando Satanás levou Adão e Eva a desobedecer a Jeová, surgiu uma questão importante. Satanás não questionou o poder de Jeová. Até mesmo ele sabe que o poder de Jeová é sem limite. Em vez disso, Satanás questionou o direito de governar de Deus. Por dizer que Deus é um mentiroso que nega o bem a seus súditos, Satanás acusou Jeová de ser um mau governante. (Gênesis 3:2-5) Ele deu a entender que a humanidade se sairia melhor sem o governo de Deus. Isso foi um ataque à soberania de Jeová, ao seu direito de governar.
    Adão e Eva se rebelaram contra Jeová. Na realidade, é como se tivessem dito: ‘Não precisamos de Jeová como Governante. Podemos decidir por nós mesmos o que é certo e o que é errado.’ Como Jeová poderia resolver essa questão? Como poderia ensinar todas as criaturas inteligentes que os rebeldes estavam errados e que Sua maneira de agir é realmente a melhor? Alguns talvez digam que Deus poderia simplesmente ter destruído os rebeldes e começado tudo de novo. Mas Jeová havia declarado seu propósito de povoar a Terra com os descendentes de Adão e Eva, e queria que eles vivessem num paraíso terrestre. (Gênesis 1:28) Jeová sempre cumpre seus propósitos. (Isaías 55:10, 11) Além disso, livrar-se dos rebeldes no Éden não teria solucionado a questão levantada quanto ao direito de Jeová governar.

    Vejamos uma ilustração. Imagine um professor explicando aos alunos como resolver um problema difícil. Certo aluno esperto, porém rebelde, afirma que a explicação do professor está errada. Insinuando que o professor não é capacitado, esse aluno rebelde afirma que conhece um modo muito melhor de resolver o problema. Alguns na classe acham que ele tem razão e também se rebelam. O que o professor deve fazer? Se expulsar imediatamente da sala os rebeldes, como isso afetará os outros alunos? Não acharão que o colega rebelde e os que o apoiam estão certos? Todos os outros alunos na classe talvez percam o respeito pelo professor, achando que ele teme que aqueles rebeldes possam provar algum erro. Em vez disso, porém, o professor decide deixar que ele, o rebelde, mostre à classe como resolveria o problema.
    Um professor permite que um aluno rebelde mostre à classe uma suposta solução para um problema difícil
    Será que o aluno é mais qualificado que o professor?
    Jeová fez algo similar ao que fez o professor. Lembre-se de que os rebeldes no Éden não eram os únicos envolvidos. Milhões de anjos observavam o que acontecia. (Jó 38:7; Daniel 7:10) O modo como Jeová lidaria com a rebelião afetaria muito a todos aqueles anjos e, por fim, a toda a criação inteligente. Assim, o que Jeová fez? Ele permitiu que Satanás mostrasse como governaria a humanidade. Permitiu também que os humanos governassem a si mesmos sob a direção de Satanás.
    O professor da ilustração acima sabia que o aluno rebelde e os que tomaram seu lado estavam errados. Mas ele sabia também que dar a eles a oportunidade de tentar provar sua alegação beneficiaria a classe inteira. Quando os rebeldes fracassassem, todos os alunos sinceros veriam que o professor era o único qualificado para ensinar a classe. Eles entenderiam quando o professor, depois disso, expulsasse da classe todos os rebeldes. Do mesmo modo, Jeová sabe que todos os humanos e os anjos sinceros se beneficiarão de constatar que Satanás e os outros rebeldes falharam e que os humanos não conseguem governar a si mesmos com êxito. Como Jeremias, na antiguidade, eles aprenderão esta verdade vital: “Bem sei, ó Jeová, que não é do homem terreno o seu caminho. Não é do homem que anda o dirigir o seu passo.” — Jeremias 10:23.

    Mas por que Jeová permite que o sofrimento continue por tanto tempo? E por que ele não impede que aconteçam coisas ruins? Bem, considere duas coisas que o professor na ilustração não faria. Primeiro, ele não impediria que o aluno rebelde apresentasse seus argumentos. Segundo, o professor não ajudaria o rebelde a provar sua alegação. De modo similar, considere duas coisas que Jeová decidiu não fazer. Primeiro, ele não impediu que Satanás e seus apoiadores tentassem provar que estão certos. Foi necessário, portanto, conceder tempo para isso. Nos milhares de anos de História, a humanidade tem tido a oportunidade de governar a si mesma, por meio de todo tipo de governo humano. A humanidade fez progresso na ciência e em outros campos, mas o quadro de injustiças, pobreza, crime e guerra piora cada vez mais. Já é evidente que o governo humano é um fracasso.
    Segundo, Jeová não tem ajudado Satanás a governar este mundo. Se Deus impedisse os crimes horríveis, por exemplo, não estaria ele, na realidade, apoiando a causa dos rebeldes? Será que não estaria levando as pessoas a pensar que os humanos podem governar a si mesmos sem resultados desastrosos? Se Jeová agisse assim, seria cúmplice duma mentira. No entanto, “é impossível que Deus minta”. — Hebreus 6:18.

    Curtir

  • vinicius  On 21 jan 2015 at 17:06

    Aproveitando o temaa: Gostaria de fazer uma pergunta. sabe essas mortes que acontece quando alguem de certa forma ridiculariza Deus por exemplos: caso TITANIC, JOHN LENON e a famosa historia da caxa de ovo do porta marlas (bom,vcs devem conhecere ssa historia).. Entao a e pergunta é :ESSAS MORTES QUE ACONTECERAM E PODE VIM A ACONTECER, É A JUSTIÇA DIVINA DE JEOVA OU EH SATANAS APROVEITANDO AS BREXAS PARA SUJAR O NOMEE JEOVA,??visto que todo mundo fala que é a justiça de Deus ,entao eu passei a imaginar que poderia ser satanas que ecessta passando essa imagen ao mundo, mais nao sei ao certo… Pesso a ajuda de voces. E eu pesso descupa pela pergunta .
    Nunca tive coragem de falar com algum irmao sobre isso e nunca ouvi ninguem comentar sobre isso

    Curtir

  • Victor DB  On 21 jan 2015 at 20:32

    A boa e simples verdade biblica. Porque os papas em seus famigerados discursos anuais não passam isso para o povo? “Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”, pois é evidente que a maioria da humanidade estão presas a incertezas e duvidas promovidos pelo arqui-inimigo de Deus. Inimigo este que mantém seus “representantes papais” semelhantes aos lideres religiosos do 1º século, que estavam ali só para manter as aparencias enquanto a nação escolhida de Jeová sofria com sede espiritual. Igual a inocente Glyzelle. Felizmente, Jesus Cristo ja reina e as Testemunhas de Jeová estão em toda parte ensinando a verdade aos sinceros.

    Curtir

  • Nilson Rocha.  On 22 jan 2015 at 12:59

    Vinicius eu pessoalmente acredito que se trata de mera conicidência ,visto que já ouve inumeros outros casos de pessoas que também fizeram “desafios” parecidos e não aconteceu nada.

    Curtir

  • vinicius  On 22 jan 2015 at 16:51

    sim, essa é outra linha de raciocinio que eu tenho em mente .. creio que as pessoas criam uma historia muito grande encima desses casos. imagina uma cena dentro de um onibus lotado dai alguem dis NEM DEUS PODE TOMBAR ESSE TRÉCO ,ai tudo oque acontecesse com o onibus as pessoas iria pensar que é Deus..
    mais sua resposta eh muito significativa, faz sentido.. brigado

    Curtir

  • Jalmeida PG  On 23 jan 2015 at 8:37

    O interessante é que esse Papa está deixando os cardeais no Vaticano em pavorosa. Todas as vezes que ele da uma entrevista de assuntos dogmáticos ele mesmo se confunde, depois tem que ir tentar corrigir o que disse.

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 23 jan 2015 at 9:42

    Sobre o tema em questão como poderia um líder catolico explicar de forma bíblica o assunto tendo em vista que eles nem se quer acreditam no relato de Gênesis sobre Adão e Eva? Para eles tais personagens não existiram e que o relato é uma ficção…fica dificil explicar a razão do sofrimento levando em conta o que diz a palavra de Deus como fazem as Tjs não fica? por sinal uma vez no ministério de casa em casa encontrei um Teólogo catolico que disse que “caim” não existiu,segundo ele existia um povo que era ferreiro(trabalhava com ferro) o som do ferro sendo trabalhado foi que deu origem ao nome “caim”.Já tinha ouvido essa?

    Curtir

  • Queruvim  On 23 jan 2015 at 22:22

    Jogaram uma pedra em um cachorro aqui perto de casa e ele saiu gritando o nome “caim”. Mas isso não influenciou meu conceito sobre Caim 🙂

    Curtir

  • Wander  On 12 fev 2015 at 10:54

    Essas mortes não são obra do nosso Deus Jeová, pois ele não é um Deus vingativo. No mais aparentemente seria muito injusto, pois uma meia dúzia de mundanos perderia a vida enquanto milhares de outros que incorrem nos mesmos erros, continuam vivendo tranquilamente. Um exemplo disso é Marilyn Manson, que desde a década de 90 fala bobagens contra Deus, e já até mesmo rasgou e defecou em bíblias nos seus shows. Manson continua vivo até hoje, e outros de ofensas menores pagaram com a vida?
    Além do mais a bíblia diz que Deus espera que todos alcancem o arrependimento, então por que Deus tiraria a vida dessas pessoas, sendo que elas poderiam um dia se arrepender de suas palavras?
    Esses vídeos que os evangélicos propagam é mais uma coisa que denigre a imagem do criador.
    Pode perguntar sobre o assunto a qualquer ancião. Se quiser não precisa ser tão especifíco, apenas pergunte se Deus tira a vida de pessoas que o ofendem verbalmente nos dias de hoje, por exemplo
    ..
    Só tentei ajudar. Abraço fraterno.

    Curtir