Protótokos – “primeiro criado” ou “primogênito”?


Os líderes religiosos que perseguiam a Cristo certa vez fizeram a seguinte afirmação:  “Pesquisa e vê que nenhum profeta há de ser levantado da Galileia.” (João 7:52) Eles imaginavam que Jesus não era de Belém, de onde a profecia dizia que viria o Messias. (Miq. 5:2) Esta ideia preconcebida de que Jesus era “da Galileia” era alimentada por meio de repetições provenientes dos líderes dentre os Fariseus.

Falácia do homem de palha (também Falácia do espantalho) é um argumento em que a pessoa ignora a posição do adversário no debate e substitui por uma versão distorcida e exagerada.

Atualmente, de maneira similar, muita ideia preconcebida ou estereótipos tem sido repetidos  contra as Testemunhas de JEOVÁ. Uma delas é a afirmação de que as “Testemunhas de Jeová dizem” que protótokos significa “primeiro criado”. As Testemunhas de Jeová não afirmam isso. Como assim?

Em Colossenses 1:15 Cristo é chamado de o “primogênito” de toda a criação.

O Léxico Grego de Thayer define a palavra grega usada  protótokos, da seguinte maneira:

πρωτότοκος, πρωτότοκον (πρῶτος, τίκτω), A Sept. para בְּכור, primogênito;

A Concordância de Strong 4416 define protótokos de maneira similar ao dizer:

“prototokos: primogênito

Palavra original: πρωτότοκος, ον
Parte do discurso: Adjetivo
Transliteração: prototokos
Soletração fonética: (pro-tot-ok’-os)
Definição curta: primeiro-nascido
Definição: primeiro-nascido, o mais velho”.

Em alguns poucos lugares a bíblia emprega este substantivo de forma metafórica, com o significado de “herdeiro” ou “preeminente”.  Mas em quase todas as suas ocorrências não é empregada assim, antes, se refere ao filho mais velho de uma família ou ao primeiro nascido de uma prole ou descendência.

Certas páginas na internet, repetindo quase sempre baboseiras provenientes de sites evangélicos americanos, afirmam que se Paulo quisesse dizer que Jesus é o “primeiro criado” teria empregado a palavra grega “protoktíses“.

É bom salientar antecipadamente, que as Testemunhas de JEOVÁ, não dizem que protótokos significa “primeiro criado” como dá a entender esta afirmação enganosa feita por leigos em grego. As TJ afirmam que protótokos significa “primogênito” exatamente como definido pelos melhores léxicos acima.

Além de colocar palavras na boca das Testemunhas de Jeová, muitos estão repetindo um argumento que aparece em um site tido como de “hermêutica Cristã”, o seguinte texto:

A palavra protoctisis é usada na Bíblia para o primeiro filho que nasce:

  • GN 25:25 – Saiu o primeiro(protoctisis), ruivo, todo ele como um vestido de pelo; e chamaram-lhe Esaú.
  • NM 18:15 – Todo primogênito(protoctisis) de toda a carne, que oferecerem ao Senhor, tanto de homens como de animais, será teu; contudo os primogênitos dos homens certamente remirás; também os primogênitos dos animais imundos remirás.
  • LC 2:7 – e teve a seu filho primogênito(protoctisis); envolveu-o em faixas e o deitou em uma manjedoura, porque não havia lugar para eles na estalagem.
  • HB 11:28 – Pela fé celebrou a páscoa e a aspersão do sangue, para que o destruidor dos primogênitos(protoctisis) não lhes tocasse.

Porém o primogênito de (CL 1:15) é usado a palavra prototokos, esta expressão não significa que Cristo foi um ser criado. Pelo contrário, ‘primogênito’ tem o significado que frequentemente lhe é atribuído no AT: ‘O primeiro quanto à posição; ‘herdeiro’, ou ‘preeminente…’”.

Eu gostaria muito de saber de onde o autor destas declarações tirou a ideia de que todos os textos citados acima empregam a palavra grega “protoctisis”

Este autor atrapalhado até mesmo risca a palavra inventada por ele! Todos os textos citados por ele emprega em grego tanto na LXX como no N.T a palavra protótokos e jamais protoktíses.

O Novo Léxico Grego-Inglês The Thayer em Colossenses 1:15 sob a palavra “prototokos diz: 

“Cristo é chamado [prototokos pases ktiseos] (partit [ivo] gen [tivo] … como em Gen IV.4; .. . Deut.XII.17; Ex.XXII.29 … .. “Então, gramaticalmente, prototokos pases ktiseos ,” primogênito de toda a criação “pode significar” que Cristo está no ápice da criação, mas ainda um ser criado. … Assim, “toda a criação” seria a totalidade de que o Filho é o primogênito, o genitivo seria então partitivo ou de qualificação. “-As epístolas de Paulo aos Colossenses e Filemom, introdução e comentários, o Rev. HMCarson, Tyndale Press, 1 ª Edição, 1960, página 42

Para uma consideração mais ampla de protótokos veja este artigo.

 É correta a afirmação de que se Paulo quisesse dizer que Jesus foi o “primeiro criado, teria empregado a palavra grega protoktísis?

A Bíblia em diversas passagens ao se referir ao primeiro filho de uma família emprega protótokos. * A palavra protoktísis não ocorre na bíblia Sagrada, mas não seria correto dizer que na Bíblia não houve ninguém que foi o primeiro criado por alguém. Sempre que a Bíblia se refere a tais não emprega esta palavra usada por escritores pagãos e outros, emprega porém protótokos. Veja este artigo para referências adicionais. 

Devemos focar-se com apreço  no que a Bíblia diz, não no que ela não diz.

*Nas Escrituras Hebraicas e nas Escrituras Gregas Cristãs, a palavra “primogênito” ocorre 112 vezes no sentido de ser o primeiro nascido em Gn 10:15; 22:21; 25:13, 31, 33; 27:19, 32; 35:23;36:15; 38:6, 7; 41:51; 43:33; 46:8; 48:14, 18; 49:3;Êx 4:22, 23; 6:14; 11:5; 12:12; 12:29; 13:2, 13, 15; 22:29; 34:20; Le 27:26; Núm 1:20; 3:2, 13; 8:17; 18:15, 17; 26:5; De 15:19; 21:15, 16, 17; 25:6; 33:17; Jos 6:26; 17:1; Jz 8:20; 1Sa 8:2; 17:13;  2Sa 3:2; 1Rs 16:34; 2 Rs 3:27; 1Cr 1:13, 29; 1Cr 2:3, 13, 25, 27, 42, 50; 3:1, 15; 4:4; 5:1, 3; 6:28; 8:1, 30, 39; 9:5, 31, 36; 26:2, 4, 10; 21:3; Jó 1:13, 18; Sal 105:36; Miq 6:7; Za 12:10; Lu 2:7; Ro 8:29.

ESTE FOI O COMENTÁRIO QUE ENVIEI PARA alguém que discutia a muitos dias com um trinitário que afirmava que ARKHE quer dizer “principal” e PROTÓTOKOS quer dizer “mais excelente”:

A continuação de Colossenses 1:15 confirma que a interpretação dos trinitários  é errada, visto que o texto prossegue dizendo que ” mediante ele” isto é o Cristo, foram criadas todas as coisas. O texto não diz “por ele” mas “mediante ele, por intermédio dele”. Uma declaração despercebida, ignorada e não entendida pelos que atropelam verdades simples, estatisticamente comprovadas, a favor de preferências teológicas.  A aplicação da preposição diá tanto em Colossenses 1:16 como em João 1:3 não se dá na forma acusativa, mas genitiva, o que indica que Jesus é o agente passivo no ato de criar todas as coisas. (Para confirmar isso veja este artigo) A TNM verteu exatamente como deveriam ter traduzido as versões feitas por pessoas que realmente entendem o grego.Como pode ver este texto é o contexto imediato do argumento sobre protótokos, oferecendo uma conclusão claramente contrária a tese absurda dos trinitários, ao mesmo tempo que demonstra que a “estatística” do uso de arkhe e seu uso majoritário está alinhado com o entendimento de que Jeová Deus criou o mundo “mediante” Cristo.  Quem crê na trindade dilui verdades simples tais como a proferida por João Batista que disse que “eu vi e dei testemunho de que este é o filho de Deus”.(João1:34) Ele não testificava uma trindade, mas que Cristo é o filho de Deus. Dizer que arkhe tem amplitude semântica para favorecer uma significação de “principiador ou causa primária” é falso. A construção genitiva limita o uso de arkhe como sendo princípio. Onde que esta contrução indica outra coisa a não ser na cabeça dos propensos a apoiar a posterior doutrina da trindade? Ora, as próprias versões católicas e evangélicas da Bíblia vertem a palavra arkhe por “princípio”. Se fosse outra coisa, teriam usado outra palavra. E se tem outra “semântica” envolvida por que os tradutores a ocultaram a favor da significação majoritária. Observe que o debatedor apelou para  a discussão sobre o Alfa e o ômega (que pensa ser irrefutável) , como se este fosse elucidar a problemática semântica de Apocalipse 3:14. Não há como escapar disso a não ser que eu recorra a escritos de filósofos gregos ( como fez o debatedor) e outros que usaram arkhe com um sentido filosófico estranho às escrituras Sagradas. Já não basta e já não foram longe demais ao removerem o Nome de Deus de suas traduções da palavra de Deus a fim de pavimentarem o caminho para uma confusão entre Jeová Deus e o seu santo “servo” Jesus? (Mat 12:18)

 
Minha sugestão é que não perca tempo com gente que faz todo esforço para rejeitar o que a Bíblia diz, ao empregar de maneira esmagadora uma palavra com um dado sentido, a favor de outro sentido predileto. Tais grupos de trinitários e a forma como se comportam no meio do mundo fala muito alto e nos dá uma visão suficientemente clara de que tipo de pessoas eles são. A igreja evangélica é uma vergonha coletiva e a postura deles frente ao monstro nazista por exemplo, de apoio e conivência fala por si. Não demonstraram ter o Deus Vivo em suas vidas ou em seus templos de barulho e arrecadação. 
Se eu quiser ver pastores trinitários nem preciso ir a Igreja deles! Basta num momento de fraqueza, ligar a TV e cair no laço de assistir programas cheios de sem-vergonhice de teatro e prostitutas seminuas nos palcos do mundo de Satanás. Parte destes animadores de palco e homens imorais são membros da religião que prega um deus trinitário. Não dê ouvidos a este tipo de gente. Fale e pronto. Não fale duas vezes. Não dê o que é sagrado a este tipo de gente. 
 
 
Queruvim
Anúncios