Dúvida de Leitores: 2 Tessalonicenses 1:9 “ruína eterna”, “perdição eterna” ou “destruição eterna” ?


Certo leitor postou a seguinte pergunta: 
 
Estava fazendo algumas comparações entre traduções da bíblia e fiquei em duvida qual é a tradução certa para 2 Tessalonicenses 1:9. A TNM (Tradução do Novo Mundo)  reza :
 
“Estes mesmos serão submetidos à punição judicial da DESTRUIÇÃO eterna de diante do Senhor e da glória da sua força,”
 
ALMEIDA FIEL : “Os quais, por castigo, padecerão eterna perdição, longe da face do Senhor e da glória do seu poder”
 
BIBLIA DA CNBB : ” O castigo deles será a ruína eterna, longe da face do Senhor e longe do esplendor da sua majestade”
 
 A maioria das traduções evangélicas usam  o termo perdição eterna ou eterna perdição como ex: ALMEIDA CORRIGIDA,ATUALIZADA etc…TNM, NVI E NTLH traduzem por destruição eterna e bíblias católicas como a JERUSALÉM e CNBB traduzem por “ruína eterna”. Qual é a maneira correta de traduzir esses textos? Como é no grego? O termo perdição usado na almeida está de acordo com o original grego? A mesma pergunta vale para Filipenses 3:19 onde a a maioria traduz que “quanto a estes o destino é a perdição”  mas TNM e a [Bíblia de] JERUSALEM traduzem por destruição.
Seria a palavra no grego a mesma que 2 tessalonicenses 1:9?
 
RESPOSTA BÍBLICA:
 
Nos mais respeitados manuscritos em grego e nos textos padrões provenientes do texto crítico encontramos nestes versos que citas, a palavra grega ὄλεθρος. 
 
A palavra grega ὄλεθρος (ólethros) provém de ollumi que significa “destruir”. # ( όλεθρος < αρχαία ελληνικά, ὄλεθρος < όλλυμι και ολλύω) Veja também a definição no Thayer’s Greek Lexicon:
olethros
 
 A acepção literal e significado básico de  ὄλεθρος é “destruição”. (FONTE PERSEUS) É verdade que alguns léxicos apresentam a definição de “ruína” ou “perdição”. Entendemos que esta seja uma acepção derivada da primeira. Certos eruditos chegam até mesmo a afirmar que ὄλεθρος “não implica em extinção ou aniquilação”, Contudo, não apresentam nenhuma evidência textual para tal afirmação. Em alguns textos o substantivo pode significar “ruína” como no caso de uma ruína nas finanças de alguém. Mas como veremos, ὄλεθρος é empregada majoritariamente em contextos de guerra onde se fala de “destruição”. Poderá checar os escritos de Flavio Josefo, onde observará o emprego que faz desta palavra em contexto de guerras do seus dias. O que contradiz claramente a afirmação dos defensores de um tormento eterno após a morte. Podemos afirmar então, que até mesmo léxicos respeitados não estão isentos de tendência ou influência visando favorecer teologia particular em detrimento da objetividade que se exige no meio acadêmico. Antes de fazermos uma avaliação do emprego deste substantivo nas Escrituras, observe como a mesma palavra grega é vertida em outro texto nas versões comumente aceitas aqui no Brasil. 
 
 Versão: Português: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

1 Tessalonicenses 5:3 Quando andarem dizendo: Paz e segurança, eis que lhes sobrevirá repentina destruição, como vêm as dores de parto à que está para dar à luz; e de nenhum modo escaparão.  

   Versão: Português: João Ferreira de Almeida Atualizada

1 Tessalonicenses 5:3 pois quando estiverem dizendo: Paz e segurança! então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida; e de modo nenhum escaparão.     

   Versão: Português: João Ferreira de Almeida Corrigida e Revisada, Fiel

1 Tessalonicenses 5:3 Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobre-virá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.  

Como podem ver nestas versões, a significação de “aniquilação” é clara e contradiz as próprias conclusões dos lexicógrafos que preferem a acepção secundária do substantivo ólethros. Seus próprios irmãos de fé em países de língua inglesa verteram da mesma forma que a TNM em diversas passagens onde ocorre o substantivo. 

A Nova Versão Internacional:

“Eles sofrerão a penada destruição eterna…”

American Standard Version verteu:

“Os quais sofrerão até mesmo a punição da destruiçao eterna…”

John Nelson Darby:

“os quais pagarão a penalidade da destruição eterna”

A King James Version:

“que serão punidos com a destruição eterna…”

New International Version:

“eles serão punidos com a destruição eterna…”

Webster:

“que serão punidos com a destruição eterna…”

Acompanhe uma tradução do texto do Salmo para o grego, onde os judeus de Alexandria usaram ὄλεθρος  em grego, como  equivalente da palavra hebraica “decepamento”.

“Pois os próprios malfeitores serão decepados, Mas os que esperam em Jeová são os que possuirão a terra”   .

ὅτι οἱ πονηρευόμενοι ἐξολεθρευθήσονται οἱ δὲ ὑπομένοντες τὸν κύριον αὐτοὶ κληρονομήσουσιν γῆν (Septuaginta Grega ou Versão dos Setenta também conhecida como >LXX)

Decerto, os judeus ao traduzirem o texto hebraico entenderam da mesma forma que os tradutores da TNM e empregaram uma palavra que indica o decepamento ou morte. Não há nada que aponte para uma punição pós morte uma vez que “os mortos não estão cônscios de absolutamente nada” Eclesiastes 9:5.

Definições de Liddell-Scott-Jones 

ὄλεθρος, ὁ,

Ruína, destruição, morte…igual a  τέλος θανάτοιο consumação da morte. Equivalente ao hebraico 

חֶרֶם “algo devotado a destruição”. fonte ****

Ocorrências de ólletron no N.T

 
 Para maior compreensão, sugerimos que estudem o artigo:
 

Mateus 25:46 e o significado de “Kolasin”.

A Obra Estudo Perspicaz das Escrituras diz:

Destruição Eterna. 

A Bíblia não indica que todos os mortos serão ressuscitados. Jesus deu a entender isso ao falar sobre “os que têm sido contados dignos de ganhar aquele sistema de coisas e a ressurreição dentre os mortos”. (Lu 20:35) A possibilidade da destruição eterna de alguns é também indicada pelas palavras de Jesus em Mateus 10:28: “Não fiqueis temerosos dos que matam o corpo, mas não podem matar a alma; antes, temei aquele que pode destruir na Geena tanto a alma como o corpo.” Sobre este texto diz The New International Dictionary of New Testament Theology (O Novo Dicionário Internacional da Teologia do Novo Testamento; editado por C. Brown, 1978, Vol. 3, p. 304): “Mat. 10:28 não ensina a potencial imortalidade da alma, mas a irreversibilidade do julgamento divino dos impenitentes.” Também, o Greek-English Lexicon of the New Testament (Léxico Grego-Inglês do Novo Testamento; de Bauer, revisado por F. W. Gingrich e F. Danker, 1979, p. 95) dá o sentido de “morte eterna” à frase grega de Mateus 10:28, traduzida por “destruir na Geena tanto a alma como o corpo”. Assim, ser consignado à Geena refere-se à total destruição, da qual a ressurreição é impossível. FONTE

 

Por que tradutores católicos e evangélicos preferem verter ὄλεθρος por “ruína”, “perdição” se a acepção e raiz básica desta tem a clara significação de “destruição”? 

A resposta pode ser encontrada na tendencia teológica de crer no ensino do tormento eterno num inferno de fogo. Um exame detido da Palavra de Deus revela que não existe tal local de tormento.

Ademais, constatamos que a palavra grega ὄλεθρος não é usada na literatura grega com o sentido de “perdição” ou algo assim, mas de “destruição” mesmo. Por exemplo, Dionísio de Halicarnasso foi um erudito , historiador e crítico literário grego da Ásia Menor, nascido por volta da metade do século I a.C. Em seus escritos, ele emprega ὄλεθρος 28 vezes sempre com a significação de “destruição”. Em seu Livro I capítulo 48 ele fala da “aproximação da destruição da cidade” ou  σημείων τὸν μέλλοντα ὄλεθρον τῆς πόλεως . (fonte: Antiquidades Romanas em Grego) Confira abaixo como literatura não bíblica emprega o substantivo ὄλεθρος.

Documento em Grego.

Dionysius of Halicarnassus, Antiquitates Romanae, Books I-XX Less
 
 
Livro 1 capítulo 48: … ἀπὸ τῶν νεωστὶ γενομένων περὶ τοὺς Λαοκοωντίδας σημείων τὸν μέλλοντα ὄλεθρον τῆς πόλεως (destruição da cidade)συντεκμηραμένου. ἔχει δ᾽ ἐναὐτῷ τὰ ἰαμβεῖα
Livro 3 capítulo 24: … ἣν οὐ μόνον ἔσωσε τὴν Ῥωμαίων στρατιὰν εἰς προὖπτον κατακεκλειμένην ὄλεθρον, ἀλλὰ καὶ τὰ τῶν πολεμίων πράγματασύμπαντα συνέτριψέ τε
Livro 3 capítulo 41: … γῆν ἐμβαλόντες καὶ πολλὰς μὲν ἁρπαγὰς χρημάτων, πολὺν δὲ ἀνθρώπων ὄλεθρον ποιήσαντες: στρατιᾶς δὲ πολλῆς παρὰ τῶνΟὐιεντανῶν ἐξελθούσης (lemos nesta frase “tomaram muitas propriedades e mataram (lit> destruiram ) muitos habitantes (lit> homens) 

Livro 4 capítulo 52: … ἐστρατοπεδευκότας τῶν Σαβίνων, οἷς οὔπω δῆλος ἦν ὁ τῶν σφετέρων ὄλεθρος. (lit>os quais  não estavam cientes da destruição de seus companheiros) ἔτυχον δὲ κἀκεῖνοι προεξεληλυθότες ἐκ τοῦχάρακος καὶ ἤδη

O interessante no relato acima é que logo após falar na “destruição deles” ou “destruição de seus companheiros” o relato conta que estes foram encontrados mortos e suas cabeças em estacas. Ou seja, a palavra ὄλεθρος foi usada numa acepção de destruição e não apenas metaforicamente “perdição”. Foi morte mesmo! Destruição, aniquilação. 

Livro 4 capítulo 57: … δὲ διεφθαρκὼς αὐτοῦ τῶν θεραπόντων τινὰς ἀργυρίῳ τὰς ἐπὶ τὸν ὄλεθρον τοῦ Πέτρωνος κατασκευασθείσας ἐπιστολὰς  (…para levar a carta preparada para a destruição de Pedro) σεσημειωμένας τῇ τοῦ πατρὸς σφραγῖδι

No mesmo capítulo fala da carta como tendo a mensagem de cortar a cabeça de Pedro e levá-la embora consigo. Você diria que isso era a “destruição de Pedro” ou a “perdição de Pedro”? Perdição transmite uma ideia que possibilita conjecturar a continuação da vida de uma pessoa. Algo que tal palavra não infere de forma alguma nestes textos antigos. A ideia sempre presente é a de morte, execução, destruição completa. Ruína é apenas uma alternativa não tão exata quanto “destruição”. 

Livro 5 capítulo 42: … μὲν οὖν τινος ἐλάνθανε τοὺς ὑστέρους προσιόντας ὁ τῶν προηγουμένων ὄλεθρος: (A destruição daqueles que seguiam não era percebida pelos seus companheiros de retaguarda ***)   ἐπεὶ δὲ φῶς ἐγένετο σελήνης ἀνισχούσης οἱπλησιάζοντες τῇ

No texto acima, vemos a descrição de um incidente de guerra onde os mortos são citados como vítimas de uma matança ou destruição. Não há nada que sugere que o erudito empregasse tal palavra numa acepção diferente. Isto vindica a forma como a TNM verteu ὄλεθρος. 

Livro 5 capítulo 43: … τε καὶ ἀνδραπόδων καὶ ὁ τῶν κατὰ τὴν μάχην ἀπολομένων ὄλεθρος: τοῦ δὲ μὴ προχείρως ἔτι τοὺς ἑαλωκότας ἐπὶ τὰ
Livro 7 capítulo 1: … ἀναλαβεῖν αὐτὴν ἔτι ῥᾴδιον εἶναι δούλων τ᾽ ἀποστάσει καὶ κτηνῶν ὀλέθρῳ, μεθ᾽ ὧν αὐτὴν ἔμελλον ἐργάζεσθαι κεκακωμένην,ἀφορμῆς τ᾽ οὐ
Livro 7 capítulo 6: … λόγῳ μὲν ἐπὶ συμμαχίαν αὐτὸν ἀποστέλλουσιν, ἔργῳ δ᾽ εἰς προὖπτον ὄλεθρον, δέχεται μὲν τὴν στρατηγίαν, ἀναχθεὶς δ᾽ ἅμα τοῖςπρέσβεσι
Livro 7 capítulo 7: … οἱ τὴν στρατηγίαν αὐτῷ παραδόντες καὶ τἆλλα τὰ πρὸς τὸν ὄλεθρον μηχανησάμενοι, πονηροὺς ὑπὲρ τοῦ μέλλοντος εἶχονδιαλογισμούς. ὁ δὲ
Livro 7 capítulo 14: … εἰς νοσερὰ χωρία, ἐκβολὴν ἀποφαίνοντες εἰς προφανῆ καὶ μακρῷ χείρονα ὄλεθρον, αὔξοντες ὡς μάλιστα δυνατοὶ ἦσαν τῷ λόγῳτὰ δεινά,
Livro 7 capítulo 25: … ὑπάτων: ἐβόων τε καὶ ἤσπαιρον καὶ τὸν Μάρκιον λυμεῶνα καὶ ὄλεθρον τῆς πόλεως ἀπεκάλουν πονηροὺς διεξιόντα κατὰ τοῦδήμου λόγους,
Livro 7 capítulo 42: … εἶναι τῶν καταλαμβανόντων κακῶν τὰς πόλεις, καὶ τοῦ ταχίστου τῶν ὀλέθρων αἴτιον, ἆρ᾽ οὐχὶ τὴν διχοστασίαν εἴποιτ᾽ ἄν; ἐμοὶγοῦν
Livro 8 capítulo 21: … προσγένοιτο. Ῥωμαῖοι δὲ τῶν τε κεκρατημένων ἤδη πόλεων τὸν ὄλεθρον ἀκούοντες καὶ τῶν προσθεμένων τῷ Μαρκίῳ τὴνἀνάγκην, ταῖς
Livro 8 capítulo 32: … ὑμεῖς μὲν κάθοδον καλεῖτε, ἐγὼ δὲ ταχεῖαν ὁδὸν ἐπὶ τὸν ὄλεθρον, οὐ πολλῶν οἴομαι δεῖν ἔτι λόγων: ὅτι δ᾽ οὐδὲ
Livro 9 capítulo 6: … τῇ στρατιᾷ τοῦ χάρακος ἔκλειψιν βίᾳ κρατηθέντος καὶ τῶν ἐπιφανεστάτων ὄλεθρον. εἰ μὲν οὖν, ἔφασαν, ἔμειναν ἐν ᾧ κατέσκηψεχωρίῳ… σημεῖα ὡς τοὺς ἑτέρους, μιᾶς τε παρεμβολῆς ἁλώσει καὶ ἑνὸς ὀλέθρῳ στρατοῦ τὸ νεμεσῶν αὐτοῖς δαιμόνιον ἀπεπλήρωσεν ἂν τὸν χόλον:
Livro 9 capítulo 27: … εὐτυχὲς οὔτ᾽ εὐπρεπὲς λαβούσης, μάλιστα δὲ διαβαλλόμενος ἐπὶ τῷ Φαβίων ὀλέθρῳ καὶ τῇ Κρεμέρας ἁλώσει, δικάζοντος τοῦδημοτικοῦ ὄχλου κατὰ
Livro 9 capítulo 28: … δι᾽ ἀφροσύνην τε καὶ τοῦ στρατηγεῖν ἀπειρίαν εἰς πρόδηλον ἄγων ὄλεθρον τὰς δυνάμεις ἀπώλεσε τῆς πόλεως τὴν κρατίστηνἀκμήν, καὶ
Livro 9, capítulo 31: … τις ὑμῶν αἰτιάσασθαί με, ὅτι προβαλὼν τοὺς ἄλλους εἰς προὖπτον ὄλεθρον, αὐτὸς ἔξω τοῦ κινδύνου τὸ σῶμα εἶχον. εἰ δὲ
Livro 10, capítulo 4: … μέρους τῶν ἐν ταῖς πόλεσιν οἰκούντων. τοῦ τε πονηροτάτου ὀλέθρου καὶ ἀνηκέστου καὶ οὐδ᾽ εὐσχήμονος ἀρχὴν ἀπέφαινον εἶναιπόλεσί
Livro 10 capítulo 54: … λαὸς χέρσου τῆς γῆς ἀφειμένης διὰ τὰς νόσους καὶ τὸν ὄλεθρον τῶν γεωργῶν. ἐν δὲ τῷ αὐτῷ καιρῷ παρεγένοντο ἀπό
Livro 11, capítulo  17: … , ἅπαντα ἐκ τοῦ δικαίου διαλύσατε. τὸν δὲ τῶν γεωργῶν ὄλεθρον οὐχ ὑπολογιούμεθα ὑμῖν, οὐδ᾽ εἴ τινα γύναια ἐλεύθεραὕβρεως
Livro 11 capítulo 24: … καταπλήξεως ἕνεκα τῶν ἄλλων ἀπώλλυντο. ἐγίνετο δὲ διχόθεν τῶν στρατιωτῶν ὄλεθρος, τῶν μὲν οἰκείων τῆς ὀλιγαρχίας ἐνταῖς πρὸς τοὺς
Livro 11, capítulo 25: … θατέρου τῶν ὑπάτων ἐπὶ τὸ στρατόπεδον τῶν πολεμίων εἰς πρόδηλον ὄλεθρον, ὡς πᾶσιν ἐδόκει, τοῦ τε χάρακος ἐκράτησε καὶτῆς
Livro 11 , capítulo 43: … ἔτι δεδοικέναι τοὺς ἡγεμόνας αὐθαδέστερον αὐτῶν καθήπτετο λυμεῶνας τε καὶ ὀλέθρους τῆς πατρίδος ἀποκαλῶν καὶ παραινῶντοῖς λοχαγοῖς ἅπασιν ἀραμένους
Livro 12, capítulo 6: … μένη: πάθος ἐλεεινὸν ἐν τοῖς πάνυ καὶ τοῦ ταχίστου τῶν ὀλέθρων αἴτιον. Ambr. οὐκ ἐδόκει τοῖς προεστηκόσι

Livro 20 capítulo 5: … μαθοῦσα τὰ περὶ τοὺς Ῥηγίνους πάθη παρὰ τῶν διαφυγόντων τὸν ὄλεθρον οὐδὲ τὸν ἐλάχιστον ἀναμείνασα χρόνον ἀποστέλλειστρατιὰν νεοσύλλεκτον ἄγοντα

Após uma consideração detalhada de todos os textos em grego acima, ficará mais do que evidente o uso do substantivo grego como significando indiscutivelmente “destruição”. Poderá encontrar farto material em grego neste link onde verá centenas de textos em grego, antiquíssimos, onde vemos a confirmação da exatidão da Tradução do Novo Mundo após consultarmos textos bíblicos e não bíblicos. Portanto, certos eruditos da cristandade, ao afirmarem  que ὄλεθρος “não implica em extinção ou aniquilação”, estão na verdade assustados com a significação desta palavra, que compromete sua visão teológica, de forma que se apressam em recorrer a uma denegação. Negam a realidade e na defensiva tentam proteger e promover ensinos tradicionais. 

LEITURA ADICIONAL:

ACESSE JW.ORG

Titãs no ramo de Tradução Multilíngue

Credenciais dos Tradutores da Tradução do Novo Mundo

Both comments and trackbacks are currently closed.