Dúvidas de leitores: ARREBATAMENTO (1 Tessalonicenses 4:13-18) e TRINDADE (João 2:18-21)


Readers-Questions

Não são poucas as perguntas de leitores desta página sobre assuntos vários. Portanto, estou abrindo um espaço para responder perguntas ou dúvidas de leitores sinceros da Palavra de Deus. Esta semana recebi diversos e-mails e um dizia:

“Quero aproveitar essa ocasião e atrapalhar-lhe um pouco mais
> para mais algumas questões que me assolam.
>
> 1 – 1 Tessalonicenses 4: 13-18 e 1 Coríntios 15: 51,52: soa uma
> situação meio fantasiosa. Muitos usam esses textos para defender a
> ideia de que serão arrebatados, o que seria impossível (1 Cor. 15:
> 35,36,44,50). Como posso me defender de forma lógica e racional, sem
> sair muito do foco da questão ?
>
> 2 – Tive problemas com a Trindade no passado, mas hoje reconheço a
> origem dessa crença. Porém, existe um texto que eu ainda não
> compreendo muito bem: João 2: 18-21. Por que Jesus disse que ele mesmo
> levantaria o templo, que era ele mesmo, sendo que foi Deus quem o fez
> (Atos 2: 24) ?”

 

RESPOSTA Bíblica: 

O ponto principal na avaliação de 1 Tessalonicenses é o uso da palavra “parousia” que significa “presença” e não “vinda”. A forma como a TNM verteu a palavra grega é o ponto central nesta discussão. Isto se dá visto que a questão não se torna mais complexa quando sabemos realmente “quando” se dará este arrebatamento  e não “como” se dará. De fato a presença de Cristo já está em andamento. Poderá considerar o assunto na própria página da Tradução do Novo Mundo Defendida nos links abaixo. 

ou este aqui:
A respeito de João 2:18-21, observe que Cristo afirmou ” demoli este templo” …se entendermos ao pé da letra , significava isto que ele seria responsável pela sua própria execução ou “demolição”? Claro que tal raciocínio não é correto. Como podemos observar com mais atenção o verbo grego Λύσατε está no imperativo na segunda pessoa do plural. Jesus está dizendo que se eles demolirem  seu templo, a saber : seu próprio corpo, ainda assim ele se levantaria. De modo similar dizer que ele “o levantou” , isto é,  a si mesmo literalmente, também não é correto. Da mesma forma que na profecia Jesus foi “mordido no calcanhar” pela inimigo significando sua morte às mãos de humanos sob influência do inimigo, sabemos que não foi o próprio Jesus que “demoliu” a si próprio,tampouco ele ressuscitou a si próprio.  Pode ser que Cristo tenha usado esta expressão ao se referir a sua obediência que por fim resultou de fato em sua ressurreição. São frases que o próprio Cristo disse que foram coisas que seu Pai dizia que ele devia proferir. Ou seja, Jeová Deus sabendo da tendencia do ser humano de deificar pessoas e objetos, usou de linguagem misteriosa justamente para enlaçar os que não pesquisam a Bíblia com amor. COMPARE COM João 10:18
Lembre-se de que Jeová logra humanos para que caiam em seus próprios erros sórdidos. “Quem logrará a Acabe para que suba e caia em Raamote Gileade?” …foi então que os anjos deliberaram entre si e um deles se locomoveu e postou-se diante de Jeová e disse: “EU MESMO O LOGRAREI”. 1 Reis 22:20,21
Temos que ter em mente que Jesus não estava respondendo alguma indagação sobre quem ele é ou sua natureza. Entendo que a ênfase foi no que lhe ocorreria, a saber, sua ressurreição. Ao mesmo tempo que usava de uma metáfora que propiciava aos seus observadores externarem o que havia de fato em seus corações. Os opositores de Cristo estava a procura de algo para o condenarem, isto explica o porque de declarações que abrem margem a um entendimento ambíguo. Não podemos levar ao pé da letra ilustrações e cair no mesmo erro dos que tomam a parábola do Rico e o Lázaro de forma literal. Quando Jesus como que disse: ´ Vai, destrua este templo mas eu o levanto em três dias` era uma isca para que opositores externassem o que havia neles. A frase de Cristo não se focava em dar explicações sobre quem ele era.
 
… …
 
 
Agradeço pela consideração e desejo a ti progresso espiritual e cordiais saudações,
 
 
Atenciosamente,
 
 
Queruvim
Trackbacks are closed, but you can post a comment.

Comentários

  • Saga  On 28 de julho de 2014 at 15:49

    Primeiro que quem argumenta usando essa passagem, termina por falar de maneira UNICISTA e não trinitarista, ele pode achar que tá argumentando trinitaristicamene, mas ao confundir se foi o Pai, o Filho ou o Espírito Santo quem ressuscitou ao Cristo, você está é demonstrando que os três seriam a mesma pessoa.

    Mas o fato é que quando Jesus tivesse o “Templo de seu corpo derrubado”, três dias depois ele se reergueria, “levantando” literalmente seu corpo, sim, pois ele estava deitado, aí aconteceu o ato real de se erguer ou levantar.

    Quando Jesus chamou Lazaro pra fora, Lázaro literalmente se levantou do túmulo, mas quem o ressuscitou foi Jesus (Com o poder de seu Pai, Jeová).

    Curtido por 1 pessoa

  • Daniel Oliveira  On 29 de julho de 2014 at 8:35

    Sobre a ressurreição de Cristo, devemos ter em mente alguns textos:

    Atos 2:32 diz: “A este Jesus Deus ressuscitou”.

    Gálatas 1:1 atribui a ressurreição de Jesus ao Pai, não ao Filho.

    uma expressão similar ocorre em Lucas 8:48, onde Jesus é citado dizendo a uma mulher: “A tua fé te salvou.” Curou ela a si própria? Óbvio que não, foi o poder de Deus, por intermédio de Cristo, que a curou porque ela tinha fé.

    Da mesma forma, Jesus, pela sua perfeita obediência como homem, proveu a base moral para que o Pai o ressuscitasse dentre os mortos, reconhecendo assim a Jesus como Filho de Deus. Por causa de seu proceder fiel na vida, podia-se dizer corretamente que Jesus foi ele próprio responsável pela sua ressurreição.

    fonte: livro Raciocínios, tópico “Trindade”

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 29 de julho de 2014 at 16:43

    Legal,podia falar sobre curas e milagres nos dias de hoje…Vou citar um exemplo que eu li um tempo atrás,eu sei que não tem muito a ver com o assunto,mais enfim,olha se Jesus fosse O Deus como pregam,e Satanás segundo os seus desejos,no tempo que Jesus esteve na barriga da Maria,satanás podia ter tomado posse do céu e realizado a sua vontade,rsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

  • Marcos  On 30 de julho de 2014 at 15:38

    [Queruvim], sua explicação é muito interessante… Eu não sei grego muito bem [não sei nada mesmo], mas me parece que ‘demolí’ não é um verbo presente do indicativo na primeira pessoa do plural, mas imperativo na segunda pessoa do plural, por isso o acento na oxítona. Sem acentuação, você estaria correto, mas como existe um acento aqui o certo é demolí [vós]… Me ajuda com o grego aqui pq agora fiquei confuso…

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 30 de julho de 2014 at 16:36

    Realmente Marcos o verbo grego Λύσατε está no imperativo.Eu não cheguei a ler o texto grego antes de publicar este artigo. É obvio que o fato de se olhar o texto grego em alguns artigos não significa que SEMPRE consulto. Fui rever a passagem com mais atenção e percebi que sua observação está correta.No entanto, não entendo como necessitando de um acento visto que acentuam-se graficamente aqueles vocábulos que sem acento poderiam ser lidos ou então interpretados de outra maneira, tais como “Saí dela” que poderia ser confundido com “Sai dela” (Rev. 18:4), isto não ocorre com “demoli” que possui apenas uma forma de pronunciar.* Se eu estiver errado me corrija.

    Curtido por 1 pessoa

  • Marcos  On 30 de julho de 2014 at 23:35

    Queruvim… Acho que estava certo pelos motivos errados… De fato, oxítonas terminadas em i são acentuadas apenas quando antecedidas por outra vogal (Piauí) e não quando antecedidas por consoante (abacaxi, parati, demoli).

    Mas, agora fica a dúvida: “Demoli [este] templo,e em três dias [eu] [o] levantarei”. Parece que Jesus fala d[este] templo como aquele que ele mesmo levantaria. Se esse templo é uma referência ao corpo dele (v.21), fica a impressão de que o próprio Jesus iria se levantar depois de demolido, tipo, ressuscitar depois de morto… Será que estou entendendo o texto de modo errado?? Ainda estou confuso…

    Curtir

  • Victor DB  On 31 de julho de 2014 at 10:33

    Aêeee! Que bom que foi criado este espaço! Agora sim fica mais fácil consultar alguns assuntos que tenho duvida de forma mais objetiva. Sem mencionar que a sessão “Perguntas dos Leitores” considero um dos melhores espaços em A Sentinela, mas não tenho visto ultimamente. Fazendo algo parecido aqui ficará legal. Obrigado Queruvim.

    Curtir

  • Queruvim  On 31 de julho de 2014 at 13:45

    Temos que ter em mente que Jesus não estava respondendo alguma indagação sobre quem ele é ou sua natureza. Entendo que a ênfase foi no que lhe ocorreria, a saber, sua ressurreição. Ao mesmo tempo que usava de uma metáfora que propiciava aos seus observadores externarem o que havia de fato em seus corações. Os opositores de Cristo estavaM a procura de algo para o condenar, isto explica o porque de declarações que abrem margem a um entendimento ambíguo. Não podemos levar ao pé da letra ilustrações e cair no mesmo erro dos que tomam a parábola do Rico e o Lázaro de forma literal. Quando Jesus como que disse: ´ Vai, destrua este templo mas eu o levanto em três dias` era uma isca para que opositores externassem o que havia neles. A frase de Cristo não se focava em dar explicações sobre quem ele era.

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 31 de julho de 2014 at 19:16

    É mesmo,ia ser bém legal,se os artigos postado aqui no blog,tivesse perguntas que nem das Sentinelas,para os leitores responder,e o bom de se fazer isso,é que ajuda a pessoa a racíocinar e aprender mais enquanto ela estiver lendo procurando as respostas.seria tipo dahora rsrs

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 31 de julho de 2014 at 23:07

    Tentando explicar melhor:

    o comentário do Victor, surgiu uma idéia no meu cérebro rsrs,
    que podia,quando surgi um tema aqui no blog,tipo,sobre qualquér coisa relacionado a bíblia,fazer ‘tipo’ aquelas perguntas da Sentinela “como responderia?”,acho que quando tem perguntas ajuda a pessoa,como eu posso dizer,’raciocinar mais’,’ler melhor’,bom está entendendo o que eu estou tentando dizer? Espero que sim,wow pelo menos eu me entendi,isso já é uma boa coisa, 🙂 :D.

    Curtido por 1 pessoa

  • Alexei  On 2 de agosto de 2014 at 9:43

    Arrebatados? Quem?? Vejo pessoas arrogantes, contenciosas, cheias de orgulho presunçoso asseverando que vão ser arrebatados para o céu, para se encontrar com o Senhor nas nuvens…
    Sobre a questão do suposto arrebatamento, conforme entendido pelas igrejas, digo que as Escritras Sagradas falam, de fato, de um certo arrebatamento. Vejamos alguns trechos:

    Salmo 58:9
    Antes que as vossas panelas sintam o espinheiro-de-casca-branca [queimando], Tanto o verde como o que queima, ele (Deus) os arrebatará (aos iníquos) como um vento tempestuoso.

    Note que será uma ação rápida da parte do Todo-poderoso. Entretanto, ainda confirmando que quando os iníquos forem arrebatados, algumas pessoas permanecerão na Terra. Vejamos também o versículo seguinte:

    10 O justo se alegrará por ter observado vingança. Banhará seus passos no sangue do iníquo.

    Curtido por 1 pessoa

  • karmo2010  On 3 de agosto de 2014 at 16:06

    Provérbios 2:22 “Quanto aos iníquos, serão decepados da própria terra; e quanto aos traiçoeiros, serão ARRANCADOS dela.”

    As pessoas que vão desaparecer da terra, são justamente aquelas que estão arruinando o planeta. (Rev. 11;18)

    Tem pessoas se candidatando ao céu, sem o mínimo de credenciais para isso. Elas estão se convidando para ir ao céu, não estão querendo saber qual a vontade de Deus para elas.

    Concordo com seu comentário.

    Curtir

  • Alexei  On 3 de agosto de 2014 at 20:55

    As pessoas desaparecerão no Arrebatamento????

    Salmo 37:10
    Pois ainda um pouco, e o ímpio existirá; olharás para o seu lugar, e não aparecerá (é o arrebatamento dos iníquos)

    Jó 20:6-8
    6 Ainda que a sua altura suba até ao céu, e a sua cabeça chegue até às nuvens
    7 Como um sonho, VOA, E NÃO SERÁ ACHADO, e será afugentado como uma visão da noite.
    8 O olho que o viu JAMAIS O VERÁ, nem olhará para ele o seu lugar.

    Grifo meu.

    Como poderíamos assemelhar tais ímpios????

    Porque são como a palha diante do vento, e como a pragana, que arrebata o redemoinho. Jó 21:18
    Note Salmo 1:4

    Curtir

  • Marcelo  On 4 de agosto de 2014 at 10:03

    Exato. Tiro no pé do argumentador utilizando este texto.

    Paulo,+ apóstolo,+ não da parte dos homens, nem por intermédio dum homem, mas por intermédio de Jesus Cristo+ e de Deus, o Pai,+ que o levantou dentre os mortos – Galatas 1:1

    Entendendo da maneira trinitária, se prova que o Filho é o Pai. Mesma pessoa.

    Curtir

  • shinjimimura8  On 5 de agosto de 2014 at 9:16

    Bom dia galera… Eu tenho uma duvida com respeito mesmo o Arrebatamento… um questionamento que eu não consegui achar aqui quando estava estudando. É sobre Mateus 17:3.. na verdade o livro de Mateus 17 que fala sobre Jesus ter conversado com moises e Elias… Porem sabemos que eles não estavam realmente ali, eles nem haviam sido ressucitados porque Col. 1:15-18 fala que Jesus foi o primeiro a ser ressucitado.

    Eu vi no jw que eram visões, mas como eu explicaria isso?

    Outra duvida é:

    Jesus falava sobre seu corpo carnal ou era simbolico quando ele falou que ia demolir o templo e reconstrui-lo em 3 dias, sendo que esse templo era seu corpo?

    no mais um abraço… acho que esta no tema ae… arrebatamento… se não desculpe ae galera..

    Curtir

  • DREJAH  On 5 de agosto de 2014 at 22:39

    shinjimimura Dê uma olhada nesta matéria e nos comentários Será de grande ajuda. https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2014/02/28/possui-jesus-no-ceu-um-corpo-humano-e-jesus-homem-eternamente/

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 6 de agosto de 2014 at 11:25

    Oi Shinji,

    Para explicar que era uma visão basta ler o versículo 9 de Mateus 17, onde o próprio Jesus diz aos discípulos: “E, descendo eles do monte, Jesus lhes ordenou, dizendo: A ninguém conteis a VISÃO” (Almeida). Aí quem quiser refutar isso estará indo contra ao que o próprio Jesus afirmou ser, “UMA VISÃO.”

    Sua outra dúvida sobre o templo que Jesus se referiu, ele claramente usa de linguagem figurada para falar com os Judeus.
    O que o texto diz? Jesus estava expulsando os cambistas do templo e os judeus perguntaram a ele: “Que sinal miraculoso o senhor pode mostrar-nos como prova da sua autoridade para fazer tudo isso? Jesus lhes respondeu: “Destruam este templo, e eu o levantarei em três dias”.- João 2:18, 19 NVI.
    Os judeus não entenderam nada começaram a falar do templo que teria levado 46 anos para ser construído, porém João esclarece que: “o templo do qual ele falava era o seu corpo.” – João 2:21.

    Talvez aqui esteja a dúvida. Se o corpo era o templo então ele estava dizendo que ressuscitaria com o mesmo corpo? Não. Por que? Vejamos:
    Primeiro o que significam cada uma das palavras de Jesus.
    1- Demolí o templo = Matar Jesus
    2- Levantar o templo = Jesus Ressuscitar
    3- o Templo = João 2:21 se refere ao “corpo de Jesus” como sendo o templo citado, isso significa que Cristo era simbolizado pelo templo que seria Derrubado (MORTO) mas que se levantaria (RESSUSCITARIA).

    Marcos 14:58 diz: ““Nós o ouvimos dizer: ‘Derrubarei este templo feito por mãos e em três dias construirei outro, não feito por mãos.’”

    Obviamente se o antigo templo fosse destruído, somente poderia ser reerguido se fosse usado material novo e diferente isso também se deu no caso de Jesus. – 1 Pedro 3:18.

    Mas o FOCO da questão não está na PALAVRA “DEMOLIR” ou “LEVANTAR” o templo e sim no contexto de que o SINAL pedido pelos judeus, seria sua RESSURREIÇÃO.

    DAI PODEMOS ENTENDER A CONCLUSÃO DOS DISCIPULOS QUE LEMOS:
    “Depois que ressuscitou dos mortos, os seus discípulos lembraram-se do que ele tinha dito. Então creram na Escritura e na palavra que Jesus dissera.” – João 2:22

    O GRANDE sinal que Jesus disse que daria aos judeus era sua ressurreição, Isso está em harmonia com outras vezes que os judeus pediam sinais a Jesus, ele sempre se referia a sua ressurreição, por exemplo veja outro caso:

    “Então alguns dos escribas e dos fariseus tomaram a palavra, dizendo: Mestre, quiséramos ver da tua parte algum sinal. Mas ele lhes respondeu, e disse: Uma geração má e adúltera pede um sinal, porém, não se lhe dará outro sinal senão o sinal do profeta Jonas; Pois, como Jonas esteve três dias e três noites no ventre da baleia, assim estará o Filho do homem três dias e três noites no seio da terra.” – Mateus 12:38-40. Almeida RCF

    Um abraço e fique com Jeová.

    Curtir

  • Marcelo  On 6 de agosto de 2014 at 14:26

    Nunca havia me dado conta de que Mat 17:9 fala VISÂO. Queruvim, tem como mostrar a definição da palavra visão em em Mat 17:9 e responder uma dúvida, se ela significa algo estritamente irreal, como sonho, delírio, na mesma idéia que temos quando lemos “VISÃO”?

    Curtir

  • Queruvim  On 6 de agosto de 2014 at 14:39

    A palavra grega ὅραμα hórama ou “visão” provém de horáo que se refere a “ver” de modo metafórico. O verbo “ver” neste sentido em grego, não se refere a visão normal que temos ao enxergar alguém. Mas se refere antes a visão que temos quer mental ou por meios sobrenaturais. hórama é a mesma palavra usada em Atos 10:17 referente a visão que o Apóstolo Pedro teve dos gentios. Foi uma visão representativa e não literal de algo real. (Compare com Atos 11:5 onde se emprega a mesma palavra hórama)

    Em Atos 16:9 quando lemos que Paulo teve uma “visão” onde viu um homem dizendo “passa na Macedônia e ajuda-nos” emprega se a mesma palavra ou substantivo hórama.

    A Concordância Exaustiva de STRONG define hórama da seguinte maneira:

    vista, visão.
    De horao; algo observado, i.e. Um espetáculo (especialmente sobrenatural)

    Curtir

  • Marcelo  On 6 de agosto de 2014 at 14:47

    Obrigado pela resposta Queruvim. Aqui todos os exemplos de uso são neste sentido que tu comentou. E todas as traduções parecem usar a palavra neste sentido.

    No entando na definição existe “that which is seen”, que parece deixar ambíguo.

    Será que existe algum uso da palavra que não é no sentido metafórico?

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 6 de agosto de 2014 at 14:54

    Nas 7 ocorrências do substantivo grego no texto das Escrituras Gregas cristãs, notamos que se refere sempre a algo sobrenatural ou visionário. Há ferramentas de estudo on line onde pode-se pesquisar também como tal substantivo era usado em obras seculares e não religiosas no tempo em que o grego era a língua viva ha 2000 anos. O léxico Grego de Thayer citado no link que nos forneceu, apresenta a palavra hebraica equivalente, a saber HAZON que tem o mesmo significado. É emprega por exemplo na frase: “A visão que veio a haver para Isaías filho de Amós”.

    Vale mencionar para nossa avaliação deste assunto que se eu quero dizer “eu vejo” em grego Coiné emprego a palavra βλέπω (se lê : blepo) e não Hórama.

    Curtido por 1 pessoa

  • Marcelo  On 6 de agosto de 2014 at 15:04

    Boa!

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 6 de agosto de 2014 at 15:08

    Em outras palavras, não são as Testemunhas de Jeová que afirmam que na transfiguração os que ali aparecem foram visto numa “visão”, mas a própria Bíblia é que diz isso.

    Curtido por 1 pessoa

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 6 de agosto de 2014 at 18:40

    Queruwin, na verdade esse seu dialogo com o Marcelo poderia virar um post sobre A transfiguração e o fato de Jesus afirmar que aquilo se tratou de uma “VISÃO” trazendo um estudo da palavra grega e sua aplicação nas escrituras.

    Um abraço e fique com Jeová

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 6 de agosto de 2014 at 22:21

    Pensei isso também! Obrigado pela sugestão!

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 12 de agosto de 2014 at 0:55

    Aproveito para DEIXAR BEM CLARO QUE NÃO LEIO NEM RESPONDO DIRETAMENTE A APÓSTATAS (ex Testemunhas de Jeová expulsas por causa de transgressões graves e que fazem de tudo para ridicularizar ou denegrir as TJ, seus anteriores irmãos de fé, a quem juraram falsamente ter como irmãos de fé) Tenho RECEBIDO E-MAILS de pessoas que me indagam se estou “respondendo” a algum opositor ou apóstata. Não leio sites de apóstatas nem dou atenção alguma a tais pessoas. Se já o fiz foi no passado distante , talvez por uma falta de atenção ou lapso momentâneo. Não perco meu tempo com isso. EVITEM AO MÁXIMO DAR ATENÇÃO PARA OPOSITORES. SÃO PESSOAS doentes espiritualmente com gangrena e ebola que se propaga na mentira e difamação.

    Curtir

  • Fabiano  On 16 de agosto de 2014 at 14:27

    Queruvin,

    Gostaria que me tirasse uma dúvida com
    respeito ao uso da palavra “injusto”.
    Em Atos 24:15 diz que vai haver uma ressurreição de justos e de injustos.
    Também 1 Pedro 3:18 que Jesus morreu pelos injustos. Como diferenciar injustos como sendo injustiçado dos injustos praticantes da injustiça,como
    em 1 Coríntios 6:9?

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 16 de agosto de 2014 at 19:02

    “O quê! Não sabeis que os injustos (grego: ἄδικος ádikos “não justo”) não herdarão o reino de Deus?”

    Tenhamos em mente que “ádikos” não é especificamente “iníquos”. Podendo ser ou não um pecador incorrigível ou impenitente. Paulo logo em seguida apresenta o tipo de pessoa que ele tinha em mente. Ele se referia aos praticantes de injustiça. Não as que porventura estiveram na ignorância. O contexto elucida. A Bíblia sempre tem que ser entendida de maneira contextual e sem dogmatismo. É fato que em Atos 24 :15 diz que haverá uma ressurreição tanto de “justos como de injustos”. Contudo não são textos seguidos e 1 Coríntios 6:9 não está imediatamente contextualizado com as declarações de Atos que ocorrem em outra ocasião e em outro período de tempo e se refere a uma explicação que Paulo dava a um governante sobre eventos DO FUTURO. Temos que recorrer a inteira palavra de Deus para entender Atos 24:15. Jesus também citou “os justos e os injustos” fazendo um contraste entre os que tem o favor de Jeová e os que não tem tal favor, ele disse no sermão da montanha:

    “Continuai a amar os vossos inimigos e a orar pelos que vos perseguem; para que mostreis ser filhos de vosso Pai, que está nos céus, visto que ele faz o seu sol levantar-se sobre iníquos e sobre bons, e faz chover sobre justos e sobre injustos.” (Mateus 5:43-45)

    É óbvio que Jesus usou a palavra “injustos” para englobar a todos os que não eram pessoas semelhantes a ovelhas, algo que cabe somente a ele julgar.

    Há diversos textos, como o Salmo 1:5 lemos:
    “É por isso que os iníquos não se levantarão no julgamento,+
    Nem os pecadores na assembléia dos justos.” Neste texto não se usa a expressão “injustos” mas “iníquos”

    Vemos aqui um contraste entre os justos e os “iníquos”. O que nos faz entender que os impios ou aqueles que são declarados assim , não serão ressuscitados. A Tradução do Novo Mundo realmente usou o equivalente vernáculo para cada uma destas palavras, se o que tem em mente é uma indagação a respeito dos termos nos idiomas originais. Temos que usar de bom senso e comparação de textos em toda a Bíblia a fim de entender corretamente este assunto. Depois do Armagedom, multidões de injustos ressuscitados precisarão ser instruídos nos caminhos de Jeová. (Atos 24:15) Terão de aprender sobre o sacrifício de resgate de Jesus; mais do que isso, precisarão ser ensinados a exercer fé nesse sacrifício a fim de receberem seus benefícios. Precisarão rejeitar seus antigos conceitos religiosos e abandonar o modo de vida que levavam antes. Terão de aprender também a se revestirem da nova personalidade, que identifica os cristãos verdadeiros. Eles incluem milhões, ou talvez bilhões que faleceram sem ter tido a oportunidade de aprender e aplicar a verdade bíblica.
    (Efé. 4:22-24; Col. 3:9, 10)

    Curtir

  • Saga  On 17 de agosto de 2014 at 1:39

    "Em Atos 24:15 diz que vai haver uma ressurreição de justos e de injustos"

    Em Atos 24:15 poderíamos entender o sentido assim: É uma ressurreição “de pessoas que servem a Jeová tendo sido justificadas pela fé em Jesus” e de “pessoas que não serviram Jeová por meio de Jesus alcançando a justificação cristã por não ter tido oportunidade ou ter morrido antes da vinda de Jesus a Terra”. De toda forma o sentido de “Pessoas que viveram e morreram como servos de Deus” e “Pessoas que morreram em ignorância ou sem ter essa oportunidade” não pode ser descartado.

    "Também 1 Pedro 3:18 que Jesus morreu pelos injustos. Como diferenciar injustos como sendo injustiçado dos injustos praticantes da injustiça,como
    em 1 Coríntios 6:9?"

    Em 1 Pedro 3:18, o contraste é entre “aquele que não tem pecados” (Cristo) e “pecadores” (A humanidade em geral).

    Em 1 Corintios 6:9 os injustos são aqueles que praticam os pecados enumerados. De fato nenhum injusto herdará o Reino de Deus, e isso não é uma contradição com 1 Pedro 3:18 e Atos 24:15, no fim todos que herdarem o Reino estarão justificados pelo sacrifício de Cristo e aprovados no último teste no fim dos mil anos. Uma coisa é um injusto ser ressuscitado, outra diferente é ele herdar o reino de Deus, e mesmo assim, quando se herda o reino de Deus já está sendo considerado “justo”, então houve uma mudança de condição, no caso da morte de Jesus Cristo, quando ele morreu todos eram considerados injustos diante de Deus e a salvação ainda não era possível, foi seu sangue que trouxe a possibilidade verdadeira de JUSTIFICAÇÃO.

    O ponto de 1 Cor 6:9 é que ninguém pode ser considerado justificado diante de Deus se continuar nas práticas descritas, assim será reprovado por Ele.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s