É Jesus o “Eu Sou” de ” Êxodo 3:14 e João 8:58″? DEBATE on line.


Recebemos um e-mail recentemente defendendo que Jesus é chamado “Eu Sou” numa suposta ligação entre Êxodo 3:14 e João 8:58. O responsável pelo e-mail aceitou o convite para debater este assunto on line, a ser postado aqui nesta página para o proveito de todos os que pesquisam este tema. Ficará surpreso com o que verá no desenrolar deste debate. Este deverá seguir o princípio de respeito e consideração. 1 Pedro 3:15

 

Queruvim, defenderá o entendimento (das Testemunhas de Jeová) de que “Eu Sou” não existe, nem como título, nem como tradução literal. O que desmontaria toda o conceito trinitário.

Ao passo que o visitante , um Evangélico de nome Willian, defende o conceito de que Jesus “usou a frase EU SOU como título” identificando-se como sendo o próprio Deus em forma humana.

 

    Neste debate não é permitido desviar-se  desnecessariamente do tema. Nem fazer acusações que estejam fora do tema considerado. Os visitantes da página servirão de moderadores e sinalizarão os desvios. Mesmo que o assunto pareça distante, por exemplo falando sobre Abraão ou outro servo de Deus, desde que o tema seja seguido, não há problema. Mas falar sobre “dízimos” ou ” profecias” etc, ou ainda desviar-se para discussão de textos não pertinentes  não são aceitos nesta discussão. Este procedimento é importante a fim de sermos organizados e apresentarmos um registro fiel e descomplicado a respeito do tema: É Jesus o “Eu Sou” de ” Êxodo 3:14 e João 8:58″?  É evidente que surgirá um assunto paralelo inevitável, que será a respeito da verdadeira natureza de Deus.  Este será apreciado visando responder o tema proposto. Mas não será aceito aprofundamentos exaustivos em textos não relacionados ao assunto. CUIDADO para não girar o debate em torno de textos que supostamente apoiam ou não a doutrina trinitária, desviando-se do tema proposto. Sejamos objetivos. Cada postagem deve ter no máximo em torno de 50 linhas. Quando alguém sinalizar> DESVIO DO TEMA o comentário do debatedor provavelmente será sinalizado também como desvio do tema. Se isso acontecer 3 vezes, está encerrado o debate e aquele que vandalizou o debate terá demonstrado incapaz em provar sua proposição. Não é permitido postar links. Nem colar artigos previamente escritos.     eu sou

Início do debate TEMA:  É Jesus o “Eu Sou” de ” Êxodo 3:14 e João 8:58″?

INTRODUÇÃO:

Quanto ao meu nome, é Willian. Prefiro não mencionar a igreja onde congrego, para que eu não seja associado a qualquer denominação; Creio nas escrituras, que é inspirada por Deus, creio na veracidade das palavras da bíblia, das palavras de Deus através dos profetas e de todos os homens de Deus e creio nas palavras de Jesus Cristo, que são dignas de aceitação; Creio que Ele é exatamente quem afirmou ser. Aliás, em minha opinião, todo aquele que se diz cristão deveria crer também nas palavras de Jesus Cristo, independente da denominação, pois se alguém não ouve e não permanece nas palavras de Cristo, este tal não é discípulo do Mestre. “Portanto, o que desde o princípio ouvistes permaneça em vós. Se em vós permanecer o que desde o princípio ouvistes, também permanecereis no Filho e no Pai.” (I João 2 : 24) Grato,

 

Queruvim responde:

 

Seja bem vindo à página. Saiba que ambos estaremos agora sob o escrutínio dos moderadores, que são tanto Testemunhas de Jeová, que ocasionalmente acessam esta página, bem como evangélicos e outros que usando a Bíblia Sagrada e o bom senso, deliberam em conversas em tempo real e opinam a respeito daquilo que lerão aqui. Quanto ao propósito do debate, faço minha as palavras do ultimo debatedor deste blog, o Apologista da Verdade, que disse:

“…expor e não impor; apresentar os conceitos de cada lado e deixar ao leitor que tire suas conclusões. O objetivo não é medir forças, humilhar outros, e sim fornecer as bases para os conceitos de cada lado”.

Começo por perguntar ao William, o que o faz crer que em Êxodo 3:14 a frase “Eu Sou” empregada em diversas versões da palavra de Deus identifica Jesus como sendo o próprio Deus?

 

RESPOSTA do William:

R.: Na verdade, a bíblia afirma, de Gênesis a Apocalipse, que existe
somente um Deus;
E foi este Deus o único criador (Isaías 40 : 26), que apresentou-se
como 'EU SOU' para Moisés e creio que isto esteja bem evidente pelo
texto bíblico já mencionado.

A questão fundamental aqui, é, Jesus Cristo apresenta-se como Deus, e
só existe um único Deus.

O próprio Jesus Cristo, quando usa a frase 'EU SOU' em João 8:58,
causa uma reação tão forte em seus interlocutores, judeus zelosos, que
estes pegam em pedras para apedrejá-lo, exatamente porque entenderam
que Jesus Cristo afirmava ser o próprio Deus.

O único motivo para querer apedrejar a Jesus Cristo, é porque
entenderam que Jesus Cristo aplicou a si um atributo que pertence tão
somente ao único e verdadeiro Deus, que criou os céus e a terra.

Os próprios judeus revelam que este é o motivo pelo qual queriam matar
Jesus Cristo:

"Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma
obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a
ti mesmo." (João 10 : 33)

Na verdade, a base da fé Cristã é justamente crer que Jesus Cristo é
exatamente que afirmou ser.

Observe a seguinte imagem, rica em referências bíblicas, que mostra
estes atributos de Jesus Cristo, que são exclusivos do único e
verdadeiro Deus e que são aplicadas à pessoa de Jesus Cristo:
 [ATENÇÃO: A IMAGEM ABAIXO FORNECIDA PELO WILLIAM FOI CONSIDERADA UM "DESVIO DO TEMA" PELOS MODERADORES ..por isso removida] 

------------------------------
---------------------------
------------------------------
------------------------------
---------------------------------

 

 

 

Queruvim>   Foi acordado logo no início do debate para que não se poste links. E o Sr postou um link com esta imagem.  Mas vou deixar para os moderadores decidirem. (Devido a quantidade enorme de informações contidas em um link).Vamos ao assunto…

 

 

Sr William, tu disseste que segundo a Bíblia “existe somente um Deus”. Isso é errado, visto que a palavra “Deus” usada nas Escrituras Sagradas, não é exclusiva mas assume o caráter de um substantivo comum. Claro que o Ser Supremo e Criador de tudo é um só, contudo, anjos são chamados de “deuses” legítimos  no Salmo 8:5. Moisés foi chamado de “Deus/deus” não importa se com letra maiúscula ou não visto que no hebraico não se faz esta diferenciação. Era ele um Deus falso? Claro que não! Mas foi chamado de Elohim ou Deus devido ao poder que recebeu de seu Deus Jeová. Deus disse a Moisés em Êxodo 7:1: “Vê, eu te fiz Deus (Elohim: אֱלֹהִים) para Faraó, ao passo que Arão teu irmão te servirá de profeta”. Sua premissa inicial William,  já é claramente equivocada e baseia-se numa repetição popular e tradição religiosa.  Além disso, Jeová Deus, o único Criador do Universo jamais se revelou como sendo “EU SOU” visto que em Êxodo 3:14 não ocorre a frase hebraica “Eu Sou” que em hebraico é “Ani Hu”. A maioria das versões da palavra de Deus preferem traduzir este texto desta forma, seguindo uma paráfrase, a saber a LXX. Os tradutores judeus da versão dos setenta parafrasearam o texto de  Êxodo 3:14 onde ocorre a frase  “ego Eimi” . Contudo, esta não é exatamente a frase usada por Deus ao se dirigir a Moisés.

De fato o verbo hebraico  אֶהְיֶה (Eh-yéh) usado em Êxodo 3:14 significa “virei a ser”, “tornar-me-ei” e não ” eu sou”. A versão Americana Rei Jaime foi baseada na Vulgata latina e durante séculos perpetuaram este desvio sutil. ( lat.: é·go sum ). ’Eh·yéh deriva do verbo hebr. ha·yáh, “vir a ser; tornar-se; mostrar ser”. Em Êxodo 3:14 , ’Eh·yéh está no imperfeito, na primeira pessoa sing., significando “virei a ser; tornar-me-ei”; ou: “mostrarei ser”. Portanto, a ligação entre Êxodo 3:14 e qualquer outro texto onde se use a expressão “Eu Sou” não passa de perpetuação de equívoco. Um exame mais detido revela uma flagrante adulteração do texto de Êxodo, visto que além de parafrasearem a fim de criarem esta “ligação” fantasiosa, removem o Nome de Deus no verso seguinte e o substituem pela palavra “Senhor” que não ocorre no texto da Bíblia Hebraica.

Em vista disso, sua própria interpretação William,  a respeito da reação dos judeus ao Jesus usar a palavra “Eu Sou” demonstra ser  baseado numa premissa inexistente.  Observe o que o versículo 24 de João 8 diz: 

“Por isso, eu vos disse que morrereis nos vossos pecados; porque, se não crerdes que EU SOU, morrereis nos vossos pecados.” (Versão Almeida)

Os judeus não associaram Jesus a Jeová, apesar dele usar a expressão “ego eimi”, pois não houve intenção da parte dos judeus em apedrejar Jesus, além de que, perguntaram sobre a verdadeira identidade de Jesus, e o próprio Jesus ainda disse que foi enviado por “aquele” e que recebia orientação “d’aquele”, revelando assim que ele não tinha vontade soberana. (Compare com João 6:38) No vers. 28 e 29 diz: “Disse-lhes, pois, Jesus: Quando levantardes o Filho do homem, então conhecereis que EU SOU, e que nada faço por mim mesmo; mas isto falo como meu Pai me ensinou.” Observe que novamente Jesus diz “EU SOU” (EGO EIMI), e qual foi a reação dos judeus? Pegaram em pedras para apedreja-lo? Veja o que versículo 30 revela:“Ditas estas coisas, muitos creram nele.” Então a reação dos judeus comprova que eles não encararam como blasfêmia o fato de Jesus ter usado a expressão “Eu Sou”, nem existe uma evidencia nestes versículos de que eles associavam tal expressão a Jeová. 

Outros motivos, (que não a afirmação de ser o próprio Deus) que poderiam levar ao apedrejamento são: Violar o Sábado, Adultério – Deu 22:23-24 Blasfémia – Lev 24:10-16 Idolatria ou a afirmação de ser o Messias. De fato,  Jesus esteve perto de ser apedrejado por ter admitido ser o Messias ( CONFIRME ISSO Veja Mat. 26:59-68 Abraão era uma figura de elevada estima na tradição judaica e quando Jesus afirmou ser “antes de Abraão” isso foi considerado sacrilégio e um motivo para eles o apedrejarem.
Portanto, não há motivo para imaginar que Jesus foi ameaçado de morte por apedrejamento somente porque estaria se identificando com Jeová.
===================================
Réplica de William

Queruvim [disse]:

” Foi acordado logo no início do debate para que não se poste links. E o Sr postou um link com esta imagem. Mas vou deixar para os moderadores decidirem. (Devido a quantidade enorme de informações contidas em um link).Vamos ao assunto… Sr William, tu disseste que segundo a Bíblia “existe somente um Deus”. Isso é errado, visto que a palavra “Deus” usada nas Escrituras Sagradas, não é exclusiva mas assume o caráter de um substantivo comum”.

Ok, vamos primeiramente nos ater a este argumento inicial visto que é a base de toda a argumentação que vem em seguida e por não corresponder ao que realmente quis dizer: Quando me referi ao termo ‘Deus’ não estava me referindo simplesmente à palavra elohim, mas ao nome do único e verdadeiro Deus, o tetragrama, assim como utilizado em diversas passagens bíblicas, por exemplo:

ORIGINAL – HEBRAICO: “Ouve, Israel, YHWH nosso Deus é o único YHWH.” (Deuteronômio 6 : 4)

TRADUÇÕES BRASILEIRAS: “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus é o único SENHOR.” (Deuteronômio 6 : 4)

OU COMO ESTAS OUTRAS PASSAGENS: “Eu, eu sou YHWH, e FORA DE MIM NÃO HÁ SALVADOR .” (Isaías 43 : 11) “Assim diz YHWH, Rei de Israel, e seu Redentor, o SENHOR dos Exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus.” (Isaías 44 : 6) Isaías 45 : 22, Isaías 42 : 8, Isaías 45 : 21, Isaías 45 : 18, e inúmeras outras..

Existe uma que é muito conveniente neste momento: “Vós sois as minhas testemunhas, diz YHWH, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.” (Isaías 43 : 10)

Eu confio nas palavras do Senhor, que são fiéis e verdadeiras, por isso creio que existe somente um Deus. De fato, quem conhece a tradição judaica ou ao menos conhece o suficiente da bíblia sabe o quanto de zelo os judeus têm, os quais defendem a ‘unhas e dentes’ que há somente um Deus. O próprio Senhor, único e verdadeiro Deus, fala sobre isto, a respeito dos judeus: “Não vos assombreis, nem temais; porventura desde então não vo-lo fiz ouvir, e não vo-lo anunciei? Porque vós sois as minhas testemunhas. Porventura há outro Deus fora de mim? Não, não há outra Rocha que eu conheça.” (Isaías 44 : 8)

O MAIOR EXEMPLO deste zelo judaico, está na própria bíblica, seu nome é SAULO: Suas cartas foram eternizadas na bíblia sagrada; Este mesmo Saulo que era judeu EXTREMAMENTE zeloso a ponto de perseguir os cristãos para matá-los ou lançá-los na prisão e acreditava estar fazendo a vontade de Deus. E não é para menos, quando entendemos que Saulo fora educado aos pés de Gamaliel, um grande fariseu e doutor da lei, como ele mesmo testifica: “Quanto a mim, sou judeu, nascido em Tarso da Cilícia, e nesta cidade criado aos pés de Gamaliel, instruído conforme a verdade da lei de nossos pais, zeloso de Deus, como todos vós hoje sois.” (Atos 22 : 3)

Segundo toda a tradição judaica, a lei, os profetas, somente poderia haver um único e verdadeiro Deus, O SENHOR (YHWH), e este SAULO sabia muito bem disto, e quando ele perseguia os cristãos acreditava estar fazendo a vontade do SENHOR ao matá-los, pois sob sua visão farisaica todos aqueles cristão não passavam de hereges.

MAS, depois de ter visto e ouvido o SENHOR que lhe apareceu em visão na estrada de DAMASCO converteu-se de maneira radical ao cristianismo logo após ouvir o SENHOR identificar-se como: “EU SOU JESUS A QUEM TU PERSEGUES”. “E ele disse: Quem és, Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões.” (Atos 9 : 5) A partir de então, houve uma mudança radical em SAULO, que transfere todo aquele zelo que demonstrava do judaísmo ao cristianismo e começa a aplicar a Jesus Cristo de Nazaré, passagens bíblicas e atributos únicos do único e verdadeiro Deus! Até mesmo seu nome, passou a ser PAULO, depois daquele encontro com Jesus Cristo!

Agora, vejamos como este zeloso Paulo passa a citar escrituras do velho testamento que falam de YHWH, aplicando-as a JESUS CRISTO, o que evidencia sua crença que JESUS CRISTO É O SENHOR. Ex.: . Romans 10:13 cf. Joel 2:32 Romanos 10:13 “ Porque todo aquele que invocar o nome do SENHOR será salvo.” Referenciando: Joel 3:5 – “então todo aquele que invocar o nome DO SENHOR (tetragrama) será salvo” – No original, YHWH! Mais um: 1B. 1 Corinthians 1:31 cf. Jeremiah 9:24 “Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor.” (I Coríntios 1 : 31) Referenciando: “Mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em me entender e me conhecer, que eu sou YHWH, que faço beneficência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz YHWH.” (Jeremias 9 : 24) Mais alguns: 1 Corintios 10:26; cf. salmos 24:1 ||| 2 Corintios 10:17 cf. Jeremias 9:24 ||| 1 Corintios 2:16 cf. Isaias 40:13 -> EXISTE UM ÚNICO DEUS! <- “Ao único Deus sábio, Salvador nosso, seja glória e majestade, domínio e poder, agora, e para todo o sempre. Amém.” (Judas 1 : 25) “Porque se introduziram alguns, que já antes estavam escritos para este mesmo juízo, homens ímpios, que convertem em dissolução a graça de Deus, e negam a Deus, único dominador e Senhor nosso, Jesus Cristo.” (Judas 1 : 4)

ORÁCULO DE YHWH: “Por mim mesmo tenho jurado, já saiu da minha boca a palavra de justiça, e não tornará atrás; que diante de mim se dobrará todo o joelho, e por mim jurará toda a língua.” (Isaías 45 : 23)

NOVO TESTAMENTO: “E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o SENHOR, para glória de Deus Pai.” (Filipenses 2 : 11) Refiro-me portanto, ao único e verdadeiro Deus, e não ao substantivo elohim, como equivocadamente entendeu. Como todos os argumentos que você construiu, pelo que entendi, baseiam-se na premissa que eu estava me referindo à palavra elohim, o que não é o caso, já que eu estava referindo-me a YHWH, o único e verdadeiro Deus, acredito que não haja mais margens para dúvidas. Aliás, qualquer que analisar a bíblia com sinceridade e cuidadosamente baseando-se nela como um todo e não apenas em textos isolados, chegará a esta mesma conclusão, que só existe um Deus. Paulo e os demais cristãos, acreditavam haver um único Deus já que o próprio Deus afirma isto através dos profetas, segundo as referências bíblicas que demonstrei, e muitas outras. E veja a importância deste assunto: “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17 : 3)

==============================================================

Queruvim>

William, visto que decidiu ater-se a este argumento inicial, onde afirmas que só existe “um único Deus”, também acho importante vincular este assunto, antes de prosseguirmos. Apesar de que isto margeia o tema e poderia se distanciar do tema do debate. Não há dúvida de que “há um só Deus” ( 1 Cor. 8:5,6) que é o Criador e originador da vida, o Ser Supremo, Jeová (IHVH). Nos textos que tu mencionas William, tais como Isaías 44:6 onde Deus diz “e fora de mim não há Deus”, O Deus Todo-poderoso Jeová contrastava a si mesmo com os ídolos de fabricação humana das nações em volta de Israel. Qualquer texto onde Jeová ou algum de seus servos inspirados afirmem que Deus é um só, tal afirmação enfatiza justamente a ideia de que o Ser Supremo é um só. Não existem vários seres supremos e criadores. Apenas Jeová Deus é o Criador. A ideia é a de que o Criador é um só. E não que só “existe um Deus”. Use de raciocínio objetivo e preste mais atenção no seguinte texto e nos destaques que faço nestes: 1 Cor. 8:5 diz assim:

“Pois, embora haja os que se chamem “deuses”, quer no céu, quer na terra, assim como há muitos “deuses” e muitos “senhores”“.

Observou como esta porção inspirada não apoia o que defende? Precisa harmonizar toda a Bíblia como o que crê. Estes deuses que há no céu, são os anjos fiéis de Jeová. Devido ao poder deles, eles são deuses legítimos. Afirmar que “só existe um Deus” contradiz este texto, quer goste quer não. Você está ignorando também os textos que citei antes, onde anjos fiéis são mencionados como sendo “deuses”, ou seja, eles são deus/Deus. (Salmo 8:5).

Raciocine: A Bíblia diz que apenas Deus é Pai. (Mateus 23:9) Então o pai do Neymar é um “FALSO pai”? Claro que a frase usada por Jesus em Mateus 23:9 onde ele diz que temos “somente um pai, o celestial” não exclui outros de serem chamados de pais legítimos. Eles também são pais. Só falta você defender a tese de que “só existe um pai” e que os outros são “falsos pais”.
Isso explica por que Satanás é chamado de “Deus” (grego: THEÓS) em 2 Cor. 4:4. Ele é de fato um THEÓS. Os léxicos concordam com o que entendemos a este respeito. Se não admite isso jamais irá entender porque João 1:1 chama Jesus de THEÓS. Ele é THEÓS, contudo não o Deus Supremo (Ho THEÓS). É incrível como parece aos leigos que eu e você William, entendemos da mesma forma, contudo, existe uma sutileza de engano, justamente por rejeitar textos como o Salmo 8:5, 1 Cor 8:5 e muitos outros!
A Concordância Analítica de Young da Bíblia, Eerdmans , 1978 Reprint , ” Dicas e ajuda a Interpretação da Bíblia” explica sobre a palavra Deus:

“Deus – . É usado referente a qualquer um ( professadamente ) PODEROSO , sendo verdadeiro ou não , e é aplicada não somente ao verdadeiro Deus , mas aos falsos deuses , magistrados , juízes , anjos , profetas, etc , por exemplo – Ex. . 7:1 , 15:11 , 21:6 , 22:08 , 9; … Sal 8:5 ; . 45:6 , 82:1 , 6; 97:7 , 9 … João 1:1 , 10:33 , 34, 35 ; 20:28 …”

A Bíblia trinitária de Estudo NIV Study Bible , Zondervan , 1985 diz-nos :

“Na linguagem do AT … governantes e juízes, como agentes do Rei celestial ,podem receber o título honorífico de” Deus ” … ou ser chamado de ‘ filho de Deus ‘ . “ – Nota de Sal. 82:1 E , na nota de Salmo. 45:6 , o mesmo estudo da Bíblia nos diz : “Neste salmo, que elogia o Rei[ israelita ] … , não é impensável que ele seja chamado de ” deus ” como um título de honra (cf. Is 9. : 6)”.

Querendo ou não, sua frase inicial, a saber:

“A questão fundamental aqui, é, Jesus Cristo apresenta-se como Deus, e só existe um único Deus”.

Ignora tudo isso e comete erro de entendimento deste assunto a despeito de sua tentativa de criar uma enganosa diferenciação entre a palavra Elohim e a palavra Deus, que na verdade não existe. É a mesma coisa. Só basta substituir uma palavra por outra. Afirmo com certeza, sua premissa inicial é equivocada e enganosa. É a forma como pensam todo mundo até mesmo os que nem sequer leem a Bíblia, pregam naturalmente este engano. Engano sutil dos despreocupados e desatentos. 

 

Postagem do William>

 

Pelo que estou percebendo, apesar da riqueza e clareza das passagens
bíblicas que mostram claramente QUE JESUS CRISTO É O SENHOR e de tudo
o que mencionei vocês simplesmente ignoram como cegos e insistem em
torcer as escrituras;
Vós sois livres para aceitar ou rejeitar a salvação do Senhor! Mas
sabei, que de modo nenhum escaparão, os que rejeitam tão grande
salvação! (Hebreus 2 : 3) Pois Deus não poupou nem mesmo os anjos
quando pecaram, antes os encerrou em prisões eternas, os quais estão
destinados ao fogo eterno (Judas 1 : 6); Tampouco poupou Sodoma e
Gomorra, e na verdade haverá menos rigor com Sodoma e Gomorra naquele
grande dia! (II Pedro 2 : 6) [ SINALIZADO COMO DESVIO DO TEMA; deixe o julgamento para Jesus Cristo]
Se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova. (Mateus 15 : 14)
(Mateus 11 : 21)
Será que estas passagens não são claras o suficiente? É difícil
entender passagens como:
– “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus
verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17 : 3)
“E eu lancei-me a seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não
faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de
Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de
profecia.” (Apocalipse 19 : 10)
“E disse-me: Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus
irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. ADORA
A DEUS.” (Apocalipse 22 : 9)
“E clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está
assentado no trono, e ao Cordeiro.” (Apocalipse 7 : 10)
“Que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de
receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória,
e ações de graças.” (Apocalipse 5 : 12)
“Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e
que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.” (Apocalipse 1 : 8) [SINALIZADO COMO DESVIO DO TEMA; I.E O SUBLINHADO Este tema já é considerado aqui]
“E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio
e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da
água da vida.” (Apocalipse 21 : 6)
*”Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não
vejam com os olhos, e compreendam no coração, E se convertam, E eu os
cure.” (João 12 : 40)*

*”Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da
verdade.” (II Timóteo 3 : 7)*
*”E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8 : 32)*
*”Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a VERDADE e a vida; ninguém vem
ao Pai, senão por mim.” (João 14 : 6)*
“E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para
CONHECERMOS O QUE É VERDADEIRO; e no que é verdadeiro estamos, isto é,
em seu Filho *JESUS CRISTO. ESTE É O VERDADEIRO DEUS E A VIDA
ETERNA.*” (I João 5 : 20) [ SINALIZADO COMO DESVIO DESNECESSÁRIO DO TEMA; 1 João 5:20 já é considerado aqui]
A bíblia é muito clara. Quem crer será salvo, quem não crer será condenado!

“Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será
condenado.” (Marcos 16 : 16)
“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos
filhos de Deus, aos que crêem no seu nome;” (João 1 : 12)
Peçam a Deus que remova as escamas dos vossos olhos, humilhai-vos e
arrependei-vos antes que seja tarde de mais!
“Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado,
porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” (João 3 : 18)
Sabei que é chegado a vós o reino de Deus!

Queruvim>  Antes de prosseguir, quero ver o que os moderadores irão dizer depois deste  seu ultimo post desastroso…

…Bem, já se passaram mais de 12 horas e os moderadores se pronunciaram, fico pensando, porque o William se precipitou tanto. Na verdade William poderia demorar até 2 ou 3 dias para postar suas respostas ou até mais. Este espaço também é aberto a todos, sejam evangélicos ou não. Infelizmente, seus irmãos de pensamento não se manifestam e poucos ousam em ter um diálogo agregado com uma boa pesquisa da palavra de Deus neste site. Infelizmente mais uma vez! Tivemos aqui  a chance de aprender uns com os outros e se aprofundar num tema tão interessante. Como nos outros debates neste site, tanto o debate sobre O que é a Alma e sobre o Paraíso na Terra, ou ainda no debate com o Adventista do Sétimo dia,  todos os convidados a defenderem seu entendimento falharam ao se desviarem  radicalmente do tema. Vou prosseguir com minhas considerações finais…

Se não fosse a obsessão pela frase EU SOU, a frase prin Abraam genesthai ego eimi, seria naturalmente vertida por “Tenho existido desde que Abraão nasceu”. É claro que se considerarmos a frase grega em seu sentido natural, isso já seria chocante para um Judeu na época. Eles consideravam Abraão um profeta e antepassado altamente abençoado, de forma que uma declaração dessas já seria de causar um grande espanto, sem a necessidade de recorrermos à ideia fantasiosa e forçada de que Jesus citava Êxodo 3:14. Não se pode negar que o tempo presente em grego pode ser corretamente traduzido pelo perfeito. No relato de João 14:8,9 onde Jesus responde a Felipe ““Tenho estado tanto tempo convosco e ainda não vieste a conhecer-me, Filipe?” A frase “tenho estado”, no perfeito, ocorre no tempo presente EIMI em grego. Podemos afirmar com boa segurança, portanto que verter EGO EIMI em João 8:58 por EU SOU, não é somente forçado, mas visa fabricar doutrina, ignorando que o verbo Eimi está no presente, mas o contexto circundante, não está. Isto é o presente de uma ação passada. Eruditos reconhecem isso (PPA). Em plena harmonia com isso diversas escolas de tradução verteram assim tal passagem;

The Unvarnished New Testament-A.Gaus: “”Eu já tenho sido”

New American Standard Bible em suas edições de 1963-1970 : “Eu tenho sido”-

Noyes, G.R. N.T. (1878) O Novo Testamento de Noyes: “Antes que Abraão era , eu tenho sido”

“O presente que indica a continuação de uma ação durante o passado até o momento da fala é virtualmente o mesmo que Perfectivo, a única diferença sendo que a ação é concebida como estando ainda em progresso (Ernest De Witt Burton 17). É freqüente no Novo Testamento: Luke 2:48; 13:7;15:29;Jn 5:6; 8:58;14:9;15:27;Acts 15:21;26:31;2 Cor.12:19,2 Ti.3:18;2 Pt.3:4;1 Jn 2:9;3:8.”
McKay afirmou em seu livro “A New Syntax of the Verb in New Testament Greek, An Aspectual Approach”;

“Tempos verbais…4.2.4.Extensão do passado. Quando usado numa expressão seja do passado ou numa extensão de tempo com implicações do passado…o tempo presente aponta para uma atividade que se iniciou no passado e que continua até o tempo presente : Lucas 13:7…Lu 15:29….João 14:9 [Tosouton khronon meth muoon eimi]..tenho estado a tanto tempo..? ; Atos 27:33…João 8:58 [prin Abraam ego eimi], Tenho existido desde que Abração nasceu….”
Portanto as Testemunhas de Jeová e diversos eruditos de mente aberta, optaram por uma tradução de João 8:58 cujas  regras gramaticais os apoiam solidamente, uma vez que se ajusta melhor à declaração feita por Jesus quando vertida para outros idiomas. Enganam-se os que pensam que doutrinas serviram de guia para as Testemunhas de Jeová ao  verterem João 8:58. Ocorre justamente o contrário! Doutrinas guiaram a forma como os acusadores vertem tradicionalmente João 8:58.
Tínhamos muito mais a abordar sobre este tema, mas o Sr. William pode não ser muito aprofundado neste assunto, contudo, é um modelo ou exemplo de como pensam os defensores da teoria fantasiosa do EU SOU. Plantam doutrinas humanas no texto da palavra de Deus por meio de adulterações do texto que eles mesmos creditam a outros.
=================================================================
=================================================================
Anúncios
Both comments and trackbacks are currently closed.

Comentários

  • Karmo  On 31 de maio de 2014 at 9:39

    Quem bom! Mais um debate sobre um
    tema que deve interessar a todos os que se denominam cristãos.
    Que tiremos pleno proveito das palavras de pessoas que se debruçam sobre as Escrituras para ensiná-la de modo correto.
    Aguardo, então, com muito interesse, as considerações sobre o assunto que gira em torno da verdadeira identidade de Jesus Cristo.

    Curtir

  • Anônimo  On 31 de maio de 2014 at 9:50

    Fiquei feliz ao saber desse debate com esse tema,(A Bíblia ensina com muita simplicidade quem realmente é Jesus Cristo,mas……….2Cor.4:4)

    Curtir

  • josue oliveira  On 31 de maio de 2014 at 11:59

    QUERUVIM. PRIMEIRO QUERIA PARABENIZAR PELO SITE! POIS TEM ASSUNTOS MUITO ESCLARECEDORES PARA MIM E CREIO QUE PARA OUTROS TAMBEM E [GOSTARIA DE] PERGUNTAR SE EM EXODO 3;14 QUANDO DEUS FALA A MOISES ”EU SOU O QUE SOU” SE SERIA ESTA A VERDADEIRA TRADUÇÃO DO SIGNIFICADO DO NOME DIVINO REPRESENTADA NO TETRAGRAMA ”YHVH”. ABRAÇOS SEMPRE A TODOS!

    Curtir

  • Ada Divo  On 31 de maio de 2014 at 19:57

    Tomará o William siga com todas regras ,Nem faca
    acusações que estejam fora do tema
    considerado.

    ESTOU LIGADO NESSA

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 31 de maio de 2014 at 22:32

    Achei muito boa a pergunta introdutória do irmão Queruwim, essa pergunta deveria ser até mesmo frisada, pois ela na verdade possui uma pergunta oculta que é: “Foi Jesus quem falou com Moisés em Exodo 3:14?”
    Uma resposta impensada aqui poderia colocar o debatedor em XEQUE!

    Curtir

  • August Dickmann  On 1 de junho de 2014 at 2:53

    O testemunha de Jah boa observação!

    Se fosse Jesus o que falou com Moisés cairíamos no “Unicismo” pois lá é o Pai quem fala, ou seja é Jeová, basta ver que já no vers 15 tem o Nome divino.

    Sabemos que para os trinitários a palavra “Deus” se refere a qualquer uma das 3 pessoas da Trindade, mas o “Eu Sou” não é aplicado assim! Por exemplo onde é aplicado ao Espírito Santo???

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 1 de junho de 2014 at 3:50

    Essa imagem foge muito do tema e não terá como abranger tudo nela para o debate. O tema é EU SOU e não as outras 8 expressões. Eu consideraria Desvio desnecessário do tema e uma Infração de regra do debate que reza “Não é permitido postar links. Nem colar artigos previamente escritos.” Pois se trata das 2 coisas, de um artigo pré escrito e de um link de imagem.

    Curtir

  • Espectador  On 1 de junho de 2014 at 11:54

    Com todo o respeito, foi acordado que links não seriam permitidos. Muitos dos temas da imagem fogem do assunto por si só, e o assunto é o “EU SOU” associado a estes versículos. Qualquer texto texto que diga as características de Jeová podem claramente ser associadas ao seu Filho Jesus, afinal, há vários versículos que se pode citar que Jesus é a cópia perfeita de seu Pai, como ele mesmo dizia. Um deles é João 8:28,29: “Disse-lhes, então, Jesus:
    “Quando tiverdes elevado o filho do homem, então sabereis que eu sou e que NADA faço por mim mesmo, mas falo como me ensinou o Pai. E quem me enviou está comigo. Não me deixou sozinho, porque faço SEMPRE o que LHE agrada.””
    Então, pode-se concluir com base bíblica que o Jeová é, Jesus também é. Mas como o próprio Jesus costumava informar vez após vez, ele apenas é o que é porque seu Pai o concede ser.

    Curtir

  • Solista S  On 1 de junho de 2014 at 14:55

    Olá a todos,

    Ótima introdução do William e também a resposta do Queruvim, quem focou unicamente no tema proposto que é “Eu sou” dos versículos bíblicos mencionados.

    Sobre a figura, acredito que, do ponto de vista de entender a verdadeira identidade de Deus, ela seria muito útil, por apresentar muitos textos bíblicos!

    Porém, acredito que, para não perdemos o FOCO a que este debate foi estabelecido, não seria útil ter postado a figura. Assim, sugiro ao William que remova a figura e que se quiser provar que Jesus é o próprio Jeová, que o faça em um debate COM ESTE TEMA. Foquemos no TEMA; acredito que ninguém quer fugir de dar respostas, mas se não FOCARMOS não chegamos a lugar nenhum, apenas a reflexões.

    Curtir

  • Juan Mateos  On 1 de junho de 2014 at 15:15

    Diferente dos Evangelhos Sinóticos, o Quarto Evangelho faz citação direta às Escrituras Hebraicas, apenas 13 vezes: 1:23; 2:17; 6:31; 6:45; 7:38; 7:42; 10:34; 12:38; 13:18; 15:25; 19:24; 19:28; 19:36. Nessas passagens a citação é sempre precedida com uma indicação: “como está escrito…”; “assim como disse…”; “a fim de que se cumprisse a escritura…”, etc. O apóstolo João ao fazer tais citações em algumas parece ter usado a Septuaginta em outras parece ter feito uma tradução do texto hebraico.

    O ponto em questão é: se em Jo 8:58 houve uma referência a Êx 3:14, por qual motivo o apóstolo não indicou, como sempre fazia, que estava citando um trecho das Escrituras Hebraicas? Por que ele não disse, por exemplo: “como está escrito em Moisés…”? Isso é relevante tendo em vista a importância da declaração de Jesus se esta fosse uma afirmação solene da sua identidade com o Deus que falou a Moisés, Jeová.

    Se João citava a Septuaginta, qual a razão dele não ter registrado a expressão completa ἐγώ εἰμι ὁ ὤν (ēgo eimi ho ōn)? Desta forma não haveria dúvida quanto a identificação de Jesus como sendo o próprio Jeová.

    Curtir

  • Queruvim  On 1 de junho de 2014 at 17:34

    Recebi um e-mail perguntando qual a forma literal de verter Ehyéh Asher Ehyéh para o grego, uma vez que a LXX verteu de forma parafraseada. De fato, encontramos a forma literal de se verter Ex. 3:14 na versão grega de Áquila e Teodósio, entre outras obras. Áquila foi quase contemporâneo do apóstolo João e viveu apenas uns 30 anos depois. Em sua versão ele usa uma tradução literal de EX. 3:14 onde reza: “esomai ho esomai” e não “Ego Eimi“. Esta é a forma exata de verter a expressão hebraica ouvida por Moisés.

    Curtir

  • Karmo  On 1 de junho de 2014 at 20:04

    Aconteceu mais cedo do que eu esperava, quebra das regras do debate. Mas tudo bem, estamos acostumados a ver isso da parte de quem é convidado.

    O que eu acho muito interessante sobre a identidade do “EU SOU”, foi que Jesus também quis saber de seus discípulos quem eles e a multidão que viam Jesus todos os dias achavam que ele era. Vejamos Mateus 16:13-20:

    “Tendo então chegado às regiões de Cesaréia de Filipe, Jesus foi perguntar a seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do homem?” Disseram: “Alguns dizem João Batista, outros, Elias, ainda outros, Jeremias ou um dos profetas.” Disse-lhes ele: “Vós, porém, quem dizeis que EU SOU?” Em resposta, Simão Pedro disse: “Tu és o Cristo, o FILHO do Deus vivente.”  Jesus lhe disse, em resposta: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque [isso] não te foi revelado por carne e sangue, mas por meu Pai, que está nos céus.  Também, eu te digo: Tu és Pedro, e sobre esta rocha construirei a minha congregação, e os portões do Hades não a vencerão.  Eu te darei as chaves do reino dos céus, e tudo o que amarrares na terra, será a coisa amarrada nos céus, e tudo o que soltares na terra, será a coisa solta nos céus.”  Advertiu, então, severamente os discípulos que não dissessem a ninguém que ele era o Cristo.”

    Ora, vemos do texto, que a multidão não achava que Jesus fosse o próprio Deus, mas um dos profetas! Mas e os discípulos, achavam que Jesus fosse o próprio Deus todo-poderoso? Não!!!

    Eles achavam que Jesus era o FILHO do Deus vivente! Jesus elogiou a resposta de Pedro, que se caso estivesse errada, teria corrigido. Ele até mesmo usou a tão badalada expressão “EU SOU”, na pergunta. “Vós, porém, quem dizeis que EU SOU?” Eles teriam perdido uma oportunidade de ouro se Jesus tivesse ensinado pra eles que era o próprio Deus. Mas não, Jesus os advertiu severamente que não dissessem a ninguém que ele era o CRISTO!

    Há o enorme absurdo teológico de dizer que Jesus é o próprio Deus, quando esse texto que apresentei e diversos outros textos mostram que Jesus tem um Deus sobre si. Nenhuma figura ou gráfico poderá explicar o contrário. Não tem como ir contra a verdade das escrituras. Só Jeová Deus é o Todo-poderoso e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

    Curtir

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 1 de junho de 2014 at 20:44

    Queruwim veja por favor se a resposta do Wiliam não foi uma cola desse site inglês http://carm.org/paul-think-jesus-was-god
    Percebi isso por que achei estranho essa parte na argumentação dele “1B. 1 Corinthians 1:31 cf. Jeremiah 9:24 ” que estava em inglês e com um 1B na frente indicando que era uma cola de um ponto que iniciava no 1, 1A, 1B etc e esse site é assim.
    Caso seja considero mais uma infração de colar artigos pré-escritos.

    Curtir

  • Queruvim  On 1 de junho de 2014 at 20:49

    Realmente há alguma cola. Mas o importante é que não se cole textos enormes. Os moderadores podem opinar a respeito. (Drejah, Gibe, e outros)

    Curtir

  • Apolo  On 2 de junho de 2014 at 2:10

    Vejamos o que pude apurar do debate até agora (2/06/14, às 2h06min):

    1 – a afirmação de William de que Deus “apresentou-se
    como ‘EU SOU’ para Moisés” foi rechaçada pela apresentação por parte do Queruvim do original hebraico e do desvio (má tradução) feito por traduções posteriores.

    2 – a afirmação de William de que a reação dos judeus ao Jesus usar a expressão “Eu Sou” comprovaria que ele estava se identificando com Jeová também foi claramente refutada pela apresentação de outras passagens em que Jesus usa a mesma expressão e não houve tal reação.

    Na retomada por William, ele divaga largamente sobre o termo elohim, sobre o Tetragrama, mas não refuta as colocações linguísticas sobre Êx 3:14 e contextuais (Evangelho de João) feitas por Queruvim. Entendo isso como falta de argumentos por parte de William.
    Queruvim refuta por mostrar o uso bíblico do termo “Deus” (ou deus”).

    Na terceira entrada de William, ele, vergonhosamente, passa a agredir verbalmente Queruvim e a organização que este representa. Curiosamente, William cita João 17:3, que claramente separa o “único Deus verdadeiro” do enviado “Jesus Cristo”, e também cita Apoc. 7:10, que distingue o “nosso Deus” do Cordeiro, Jesus Cristo. Mas parece que não enxerga isso!
    Para piorar, faz uma citação equivocada de 1Jo 5:20 e absurdamente cita o texto espúrio de Marcos 16:16!
    Tudo isso demonstra total falta de preparo para o debate em questão por parte de William.

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 2 de junho de 2014 at 2:51

    Queruvim e amigos.

    Will se desviou do tema, mas como introdução seria perdoável, pra ele apresentar sua linha de raciocínio, mas então ele postou de novo e parece que falou de tudo, tudo mesmo, mas do tema do Eu Sou que é sobre João 8 e Êxodo 3:14 ele fugiu.

    Embora ele tenha citados uns trocentos textos em seguida, ele ainda não fez a devida hermenêutica e exegese em êxodo 3:14 e em João 8:58 que seriam os textos principais. Ele tem de mostrar que Jesus afirmou ser o “EU SOU”, que afirmou ter o mesmo “nome” do Deus de Êxodo 3:14. Eu teria ignorado essa questão sobre o termo “Deus/Elohim/Theos”, porque o foco aqui é em “eu sou”.

    O resto fica pra depois.

    Curtido por 1 pessoa

  • Juan Mateos  On 2 de junho de 2014 at 8:01

    Começo a perceber que o debate está tomando um rumo no qual não se focalizará o tema proposto. Esperaríamos que tema, a saber, “É Jesus o “Eu Sou” de Êxodo 3:14 e João 8:58?”, implicasse em uma defesa cabal das evidências exegéticas que indicasse que Jesus estava solenemente indicando sua identificação com o Deus que se apresentou a Moisés como o Ehyéh Asher Ehyéh. Entretanto, o Williams até o presente momento não comentou absolutamente nada que comprovasse que a declaração de Jo 8:58 era uma referência a Êx 3:14. Até agora ele simplesmente está apresentando uma sequência de textos que, segundo seu entendimento, provam que Jesus é Deus. O problema é que tais passagens, se forem ser analisadas uma por uma, irá invariavelmente causar um desvio do tema. E o que é mais importante: muitos dos textos bíblicos citados já forma tratados aqui mesmo no site.

    Outro ponto. O William, em vez de se concentrar em apresentar argumentos pertinentes a sua visão, entremeia seus “argumentos” com frases tais como:

    “vocês simplesmente ignoram como cegos e insistem em torcer as escrituras”

    “Peçam a Deus que remova as escamas dos vossos olhos, humilhai-vos e
    arrependei-vos antes que seja tarde de mais!”

    Ora, que tipo de argumentação é essa? Onde após dizer que nós torcemos as Escrituras (e sua afirmação deveria estar relacionada ao tema do debate) ele demonstra que isso acontece? Na realidade o que vemos é que ele não esperava ter seus “argumentos” demolidos deste o princípio de suas postagens, e como não tem mais nenhuma base argumentativa para continuar a discussão, começou a apelar para a falácia do apelo à consequência:

    “Vós sois livres para aceitar ou rejeitar a salvação do Senhor! Mas
    sabei, que de modo nenhum escaparão, os que rejeitam tão grande
    salvação!”

    Sinceramente não creio que o debate vá muito longe.

    Curtido por 1 pessoa

  • Marcelo  On 2 de junho de 2014 at 8:51

    Moderadores

    Este debate saiu do assunto original já no primeiro post. O tema do debate não é “É Deus uma Trindade?”

    E sim somente ‘É Jesus o “Eu Sou” de ” Êxodo 3:14 e João 8:58?’

    Já foi usado o argumento do salvador, do alfa e omega, primeiro e último.. já está virando bagunça. Não se pode ficar pulando de argumento em argumento. Pelo menos não neste debate! Ele tem um tema!

    Não sei se é permitido se dirigir aos debatedores, se for possível, eu suplico:

    William, atenha-se ao tema por favor. Não tente usar outros argumentos, pois outros argumentos tem seus espaços em outras páginas. Se você não tem base para discutir estes textos APENAS, convide alguém para ajudá-lo.

    Curtido por 1 pessoa

  • Marcelo  On 2 de junho de 2014 at 9:06

    Foi falado no início do debate sobre “Expor, e não Impor”. Percebo que quem vem aqui defender a trindade tem dificuldades de se colocar na perspectiva do oponente, por exemplo:

    O único motivo para querer apedrejar a Jesus Cristo, é porque entenderam que Jesus Cristo aplicou a si um atributo que pertence tão somente ao único e verdadeiro Deus, que criou os céus e a terra.

    Como assim o único? Ora, se é único, não existe razão para este debate. Procure se colocar no lado do oponente e procure defender o ponto de vista dele, para entender como ele pensa. Neste caso perceberá que não é o único. Não IMPONHA seu ponto de vista. Exponha-o.

    Os próprios judeus revelam que este é o motivo pelo qual queriam matar
    Jesus Cristo

    “Os judeus responderam, dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma
    obra boa, mas pela blasfêmia; porque, sendo tu homem, te fazes Deus a
    ti mesmo.” (João 10 : 33)

    Que feio, utilizado a motivação de uma outra “briga” entre os judeus e Jesus para justificar uma “briga” anterior. Leia os versículos seguintes ao seu argumento e alí o próprio Jesus argumenta que ele não é O Deus, citando outros que foram legitimamente chamados de Deuses e não eram o Todo Poderoso.

    Daí cita Romans 10:13 e outros textos argumentando que Jesus é Jeová (DEUS). Veja o que diz Romanos 10:9 (contexto imediato) que foi DEUS quem levantou Jesus cristo.

    E depois nós somos os que “ignoram como cegos e insistem em
    torcer as escrituras”…

    Curtido por 1 pessoa

  • Freitas  On 2 de junho de 2014 at 9:42

    Uma frase muito relevante do Willian foi esta:

    ” A questão fundamental aqui é: Jesus Cristo apresenta-se como Deus, e só existe um Deus”

    A seguir observei que o texto citado por ele, João 10:33 o contradiz do Oiapoque ao Chuí. Primeiro porque foram as palavras dos OPOSITORES de Jesus que ele parafraseou e depois porque no versículo seguinte, cap 10: 36, Jesus se apresenta como tendo dito APENAS “sou filho de Deus”. Então, se a questão fundamental é que Jesus se apresenta como Deus deveria ser algo claríssimo e objetivo e o que notei é o velho argumento da construção aleatória da teoria da trindade e vai ficar nisso até o fim, como é de costume.. daí o porquê das condenações finais dele do tipo: “Quem não crê será condenado” etc..

    Faltou ao Willian resolver primeiro a questão da frase “Eu sou”, acho que queruvim deveria desconsiderar o resto e nós também.

    Darei uma ajudinha: Willian o que entendeu dos argumentos dele a respeito do “EU SOU”?.Já pesquisou por aí se o que ele disse está correto?

    Abraço em todos!

    Curtir

  • Gibe  On 2 de junho de 2014 at 9:55

    Queruvim, eu respondo: o Sr William já tem duas infrações, a primeira por postar o link, isto foi contra a regra e a segunda o conteúdo do arquivo colado pois o mesmo DESVIOU DO TEMA e começou a nos atacar. Veja o que ele disse: “vocês simplesmente ignoram como cegos e insistem em torcer as escrituras;” Ele deveria apenas ter replicado os argumentos que você apresentou como a tua explicação do texto de 1Cor 8:5 e salmo 8:5.

    Curtido por 2 pessoas

  • Daniel Oliveira  On 2 de junho de 2014 at 10:03

    Falando sobre as regras quebradas do debate:

    01 – Queruvim violou as regras duas vezes: em duas postagens violou o limite máximo de linhas propostos, em cada caso com um texto com 60 linhas aproximadamente, excedendo assim em 10 linhas o limite. Ele não se desviou do tema ao tentar responder ao desafiante a questão de Deus/Deuses citados na bíblia, pois é uma pergunta pertinente.

    02 – Wilian não se desviou do tema ao começar sua indagação citando que existe apenas um Deus verdadeiro na bíblia e que Jesus possuí alguns desses atributos, mas postou um link com uma foto o que não era permitido nas regras do debate.

    Depois postou dois textos excedendo o limite máximo de linhas, um com aproximadamente 90 linhas e o outro com 55 linhas.

    Na última postagem, não excedeu o número de linhas, mas também não respondeu em nada o que Queruvim disse sobre a questão de Deuses citados na bíblia, em vez disso colocou centenas de versos bíblicos em nada a ver com o tema, para tentar defender a ideia de que Cristo é Deus igual ao seu Pai, Jeová, versos esses que em sua maioria estão falando de Jeová e não Jesus, mas enfim.

    Houve “acusações” de ambos os lados, como o Queruvim dizer, por exemplo, que Wilian e os demais são “desatentos”, o que em si não é uma ofensa, mas sim que está algo passando despercebido. OK.

    Do lado do Wilian, ele usou palavras como Queruvim estando “cego e torcendo as escrituras”, o que é uma acusação mais forte. Também citou que as Tjs não aceitarem esse ensino, não escaparão da punição judicial de Deus e isso é um CLARO DESVIO DO TEMA, pois o debate se refere a uma elucidação de um verso, e não falar sobre salvação ou destruição.

    Assim, em face dos fatos, está claro que o Senhor Willian se excedeu em mais de 3 vezes o número permitido de desvios do debate. Então este deve ser encerrado.

    Curtido por 1 pessoa

  • Daniel Oliveira  On 2 de junho de 2014 at 10:18

    Corrigindo um erro:

    O senhor Willian excedeu o número de linhas apenas uma vez, e não duas como eu havia comentado. Usei o mesmo critério para os dois, então percebi que errei em dizer que o texto do Willian tinha 55 linhas. Ele se excedeu somente na postagem com 90 linhas aproximadamente.

    Entretanto, desrespeitou mais que 3 vezes as regras do debate, a saber: 1 – texto com 90 linhas; 2 – textos em nada respondendo ao tema; 3 – acusação de Queruvim estar cego e deturpar as escrituras e 4 – desvio do tema falando sobre salvação/destruição.

    SINALIZADO DEVIDO A DESVIO DE TEMA

    Curtir

  • Thales  On 2 de junho de 2014 at 12:32

    “Pelo que estou percebendo, apesar da riqueza e clareza das passagens
    bíblicas que mostram claramente QUE JESUS CRISTO É O SENHOR e de tudo
    o que mencionei vocês simplesmente ignoram como cegos e insistem em
    torcer as escrituras”

    Quem fez isso foi o Willian.

    Estava ansioso com o debate, a tempos não tinha um debate por aqui, e o tema é muito interessante. Mas o rapaz Willian esqueceu rapidamente das regras. No seu ultimo Post não disse nada sobre o tema proposto. Sobre os textos que ele citou de Revelação, ele precisa saber diferenciar o cordeiro do todo poderoso, o que está sentado no trono. Para tal, tem um artigo aqui na página pronto para ser lido:

    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2014/03/27/quem-foi-adorado-em-apocalipse-514/

    Queruvim, obrigado pelas explicações, tais como:
    “Any Hu”
    “Eh-yéh”

    Explicações assim, eram pra bater e valer, mas 2 Cor 4:4 nos explica porque isso não acontece sempre.

    Curtido por 1 pessoa

  • Juan Mateos  On 2 de junho de 2014 at 12:56

    O problema principal não é se se excedeu ou não o número de linhas, mas se o tema está sendo desenvolvido ou não. A maioria dos debates propostos aqui no site sempre acaba em desvio de tema e até agora isso ocorre sempre da parte dos opositores das Testemunhas de Jeová. Quando são acuados ou quando acaba os argumentos eles usam todo tipo de subterfúgio. Pelo que vejo o William não tem mais capacidade de continua o debate.

    Curtir

  • Espectador  On 2 de junho de 2014 at 13:02

    Desvio de tema por parte do William!
    Com todo o respeito William, chamou as TJs de cegas e que elas estão condenadas… Cadê os argumentos? Achar sites de pastores, padres, etc, falando várias coisas todo mundo acha… mas a substância bíblica não está no que os outros acham e sim no que está escrito NELA e para saber o que está escrito nela é preciso dar atenção ao que se diz quanto a maneira com a qual ela foi traduzida. É preciso saber que a tradução mal feita abre espaços para ambiguidades e que bíblias que ainda tem SENHOR ao lugar de IAVÉ, JAVÉ, JEOVÁ, não prestam, não mais para nossa era de tecnologias aperfeiçoadas de tradução. Além do mais, em vez de argumentos, eu senti falta deles e pra mim fica claro que quem diz acreditar em Trindade não sabe exatamente no que que está acreditando, ou está acreditando com conjeturas elaboradas por líderes religiosos. Vale lembrar que elaborar conjeturas e fazê-las parecerem convincentes qualquer um com um pouco de astúcia faz, e o pior é que elas podem fazer MESMO sentido. Entretanto, acima disso, BÍBLIA, apenas ela no seu teor, com sua tradução O MAIS EXATA POSSÍVEL. Percebi que o que o Queruvim colocou não são conjeturas, e sim fatos, com detalhes da tradução hebraica e grega e por isso os argumentos não só fazem sentido como são apoiados de fato pela bíblia segundo o tema e é o apoio dela que importa.
    Talvez, me corrija se eu estiver errado, o termo deus está sendo usado pelo William segundo o que alguns dicionários vertem, a saber:

    1. deus: Perfeição, soberania, UNICO, eterno, imutável, incontestável, inquestionável, palavra, puro, verdade, imaculado, Criador, oniciente, onipresente, oniparente.

    E essa tradução não é correta e sim preguiçosa, pois falta muito para uma clareza mais apropriada.
    Entretanto, preste atenção, tanto a forma capitalizada do termo Deus, quanto seu diminutivo, vem a simbolizar divindades e deidades em geral. Exemplo disso é a cultura grega, berço do termo deus(como conhecemos hoje), onde tinham VÁRIOS deuses sendo o deus dos deuses, Zeus.(Apenas para ilustrar o que se quer dizer). E apenas você admitindo esse fato que o debate pode ser lúcido e produtivo. Só basta você querer. Tanto o Queruvim como o William não podem querer entrar no debate apenas querendo vencer nos argumentos, mas tendo a consciência e humildade de que podem estar errados em algo cujas perspectivas não foram outrora vistas e que, se assim o for, precisarão mudar para adorar esse Deus da bíblia de maneira mais lúcida do que antes, já que esse é o propósito… não é?.

    Curtido por 1 pessoa

  • DREJAH  On 2 de junho de 2014 at 13:03

    Amigos e irmãos esse Debate já acabou. O Sr. Willian já se desviou do tema mais de três vezes!!! Começou até calmo, mas agora já está muito nervoso. Por que será que ficou assim ??? Acho que foi porque descobriram de onde ele estava COLANDO a matéria dele. Queruvim não vale mais a pena continuar esse Debate. O rapaz aí só vai falar agora por pura emoção julgando os irmãos e não vai se ater ao tema proposto.

    Curtido por 1 pessoa

  • Marcelo  On 2 de junho de 2014 at 13:07

    Eu concordo, mas gostaria de que ele tivesse mais uma chance de focar no tema, pra não ficar dizendo que não deixaram ele se expressar depois…

    Curtir

  • Juan Mateos  On 2 de junho de 2014 at 13:27

    Concordo plenamente. É isso que dá se propor a debater um assunto sem não dominá-lo. O William é o típico debatedor Ctrl C – Ctrl V. Vem com argumentos pré-fabricados pensando que ninguém nunca os considerou e quando os vê sendo demolidos fica no desespero e começa a desconsiderar a responsabilidade que assumiu em obedecer as regras antecipadamente propostas para a boa condução do debate

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 2 de junho de 2014 at 13:38

    Eu lamento muito, pois tínhamos tanta coisa boa para falar sobre o tema e inclusive sobre o Nome Divino. Uma consideração sobre Áquila e Teodósio ao verter Ehyeh Asher Ehyeh por “esomai ho esomai” (uma é tradução literal) e não a paráfrase feita pela LXX! Havia muito o que falar sobre Ego Eimi (Eu Sou) e se realmente os eruditos seculares enxergam um “Título” nesta fraseologia. Contudo, o espaço está aberto para considerar este assunto nesta página. Seria interessante deixar esta página para focar este assunto.

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 2 de junho de 2014 at 13:43

    Josué, tu disseste corretamente “SIGNIFICADO DO NOME DIVINO”. De fato, a expressão hebraica usada em Ex. 3:14 sequer é o Nome de Deus, mas a explicação do SIGNIFICADO deste. O que foi abordado em parte acima no debate, pelo menos enquanto durou. Sendo assim, a expressão Ehyeh Asher Ehyeh não se apresenta como um Nome ou Título para Deus, conforme sugerem alguns.

    Curtir

  • Thales  On 2 de junho de 2014 at 13:49

    Também estranhei ele citando João 17:3, logo este que é a pedra no sapato dos trinitários.

    Curtido por 1 pessoa

  • Marcelo  On 2 de junho de 2014 at 13:59

    Falou tudo.

    Curtir

  • Marcelo  On 2 de junho de 2014 at 14:00

    Como ficou a moderação Queruvim? O debate acabou ou o Wiliam ainda tem o direito de tentar defender a idéia, se estiver dentro do tema?

    Curtir

  • nicinho  On 2 de junho de 2014 at 14:04

    Eu acho que esse debate ja deve ser finalizado o willian ja demonstrou que não tem capacidade de levar esse debate a serio independente do que se dizer ele vai vim com inumeros textos colados de site que nem ele mesmo parou para ler tudo e totalmente fora de contexto ou seja vai ficar rodando ate não parar em lugar nenhum acho que o queruvim deveria encerrar o debate

    Curtido por 1 pessoa

  • Alex Martins  On 2 de junho de 2014 at 14:13

    Se o irmão estiver aberto a sugestões gostaria de lhe dar uma. Que tal transformar o espaço para a troca de fontes (livros, revistas, vídeos) de assuntos que apoiem os conceitos bíblicos sobre este e outros assuntos? Eu tenho uma biblioteca na qual reuni muitos livros nos quais contêm muitas informações úteis sobre o assuntos em debates. Daí criaríamos um banco de dados que seria útil para qualquer um que quisesse pesquisar.

    Curtido por 1 pessoa

  • foxhound  On 2 de junho de 2014 at 14:38

    concordo plenamente.

    Curtir

  • foxhound  On 2 de junho de 2014 at 14:46

    Queruvim espero que se caso já decidiu parar com o debate que possa terminar com suas palavras finais com as coisas boas citada no seu último comentário.

    Queruvim On 2 de junho de 2014 at 13:38
    Eu lamento muito, pois tínhamos tanta coisa boa para falar sobre o tema e inclusive sobre o Nome Divino. Uma consideração sobre Áquila e Teodósio ao verter Ehyeh Asher Ehyeh por “esomai ho esomai” (uma é tradução literal) e não a paráfrase feita pela LXX! Havia muito o que falar sobre Ego Eimi (Eu Sou) e se realmente os eruditos seculares enxergam um “Título” nesta fraseologia.

    Curtido por 1 pessoa

  • Gibe  On 2 de junho de 2014 at 15:11

    Queruvim, concordo com o Marcelo, vamos ser tolerantes e dar mais uma (e última) chance do Willian responder desde que não fuja do tema.

    Curtir

  • Celow-TJ  On 2 de junho de 2014 at 15:16

    Não entendi porque ele citou “João- 17: 3”, visto que, claramente, o texto mostra que o único e verdadeiro ali é Deus, O Pai e não Jesus. este texto é um assombro na mente dos trinitários, ele foi bem ousado ao cita-la, Depois as Testemunhas de Jeová é que são os “cegos”.

    Curtido por 1 pessoa

  • Ada Divo  On 2 de junho de 2014 at 17:00

    Nunca vamos ter um debate caloroso e respeitoso, sabem porque ? Porque satanas tem cegado 2cor 4:4. As pessoas que quiserem debater e fazer argumentos contra as Tj, na verdade estao mostrando ser pessoas fracassadas.O rapaz ai, digo o Wiliam acabou mostrando pra gente que nao tem a minima capacidade pra debater aqui.

    Queruvim foste o melhor ai

    Curtido por 1 pessoa

  • Sergio Lemos  On 2 de junho de 2014 at 18:17

    “Os judeus responderam-lhe: ‘Nós te apedrejamos, não por uma obra excelente, mas por blasfêmia, sim, porque tu, embora seja um homem, te fazes um deus. ’” – João 10:33, NM.
    As traduções em geral vertem a parte final do texto acima por: “Te fazes Deus a ti mesmo”. – ACRF, Al, ALA.
    Muitos líderes religiosos nominalmente cristãos criticam a NM por usar a expressão “um deus”. Atentam para o fato de que, no texto grego, “não tem nenhum ‘um’ na frente de Deus”, que o grego usado na Bíblia ‘não tem artigo indefinido’; mas se esquecem de que, nas próprias traduções que eles usam, ocorre a expressão “um deus” quando o tradutor julga necessário verter assim a passagem para dar o sentido correto do texto original. (Veja Atos 28:6 nas versões Al, ALA, ACRF e IBB.) Embora o grego koiné não possua artigo indefinido, os substantivos gregos anartros (sem artigo) podem ter um sentido indefinido, como mostra, por exemplo, a passagem de Atos 28:6.
    A fim de defender a expressão “te fazes Deus” como sendo a tradução correta, um cristão nominal afirmou que “os judeus esperavam que o Messias fosse o Filho de Deus (não um Filho de Deus) e sabiam que Ele teria a divindade”. Bem, se os judeus realmente sabiam que o Messias teria divindade no sentido de ser o próprio Deus, eles não teriam tentado apedrejar Jesus quando supostamente entenderam – segundo os trinitaristas – que o Filho ‘se fazia Deus’. Pelo contrário, teriam aceitado Jesus como o Messias!
    Mas o ponto crucial é que, novamente, os cristãos nominais que usam João 10:33 para alicerçar suas crenças estão, na verdade, TOMANDO O LADO DOS INIMIGOS DE JESUS! Estão compactuando com a opinião DELES – com as conclusões a que ELES chegaram!
    Certo cristão nominal afirmou sobre o texto: “Nas versões respeitáveis fica claro que Jesus estava afirmando ser Deus, não um deus qualquer.” Lamentavelmente, na ânsia de tentar endossar suas próprias crenças, tal religioso colocou irrefletidamente que o texto de João 10:33 era uma afirmação de Jesus Cristo, quando na realidade ERA UMA AFIRMAÇÃO DOS INIMIGOS DE CRISTO!
    O próprio Jesus Cristo replicou o entendimento equivocado dos seus opositores com a cristalina explicação que fez sobre a sua própria identidade:
    “Jesus respondeu-lhes: ‘Não está escrito na vossa Lei: “Eu disse: ‘Vós sois deuses’”?” Se ele chamou “deuses” aos contra quem se dirigia a palavra de Deus, e, contudo, a Escritura não pode ser anulada, dizeis a mim, a quem o Pai santificou e mandou ao mundo: “Blasfemas”, porque eu disse: Sou Filho de Deus?’” – João 10:34-36, NM.
    É lamentável que tais preconceituosos sigam este caminho: focam a conclusão errada dos judeus (em João 10:33) e não a explicação cristalina de Cristo (nos versículos 34-36), onde ele afirma claramente ser, não Deus, mas sim “Filho de Deus”. Os trinitaristas, não tendo mesmo em que se ancorar, precisam colocar-se ao lado dos judeus OPOSITORES de Cristo, aceitando a opinião equivocada deles como se fossem pontos de fé! É muito triste que tais cristãos professos prefiram dar valor à opinião totalmente equivocada dos judeus acusadores de Jesus e não à clara e abalizada explicação de Cristo. Por outro lado, merecem elogios os que, ao contrário, ficam do lado de Cristo e das explicações dele, e que as tomam como pontos de fé, pois são fiéis e verdadeiras.
    Portanto, fica aqui a pergunta: Você é a favor de Jesus Cristo ou dos inimigos dele?
    (parte de estudo de Apologista da verdade de 25/07/2013)

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 2 de junho de 2014 at 20:39

    Resumo da atuação de William

    WILLIAM, o tema era; DEBATE on line: É Jesus o “Eu Sou” de ” Êxodo 3:14 e João 8:58″?

    Em Êxodo 3:14, Jeová aparece a Moisés e em hebraico afirma ser o
    “Ehyéh Asher Ehyéh”, já Jesus em alguns momentos quando esteve na Terra usou a expressão grega “Ego eimi”, em especial em João 8:58, dizem os trinitários que Jesus dizia ser o grande “Eu Sou”, o “Ehyéh Asher Ehyéh” de Êxodo 3:14, pois a tradução de Almeida e outras dizem que o Deus de Moisés afirmou ser o “Eu Sou O Que Sou”, então “Eu Sou” seria um nome do SENHOR
    Deus e de Jesus Cristo.

    O que resulta nas seguintes perguntas:
    – Então, Jesus disse que o nome dele era Eu Sou (Ehyéh Asher Ehyéh) ?
    – Jesus fez referência ao texto de Êxodo 3:14?
    – “Ego eimi” é um dos nomes gregos do Deus de Israel?
    – “Ehyéh Asher Ehyéh” significa “eu sou o que sou”?
    – O uso da expressão “eu sou” é afirmação de que a pessoa é Deus?
    – Em João 8:58 será que Jesus estava dizendo ao judeus”Antes que Abraão existisse Eu sou Deus” ?

           Essas eram as regras:
    

    REGRAS:
    “ É Jesus o “Eu Sou” de ” Êxodo 3:14 e João 8:58″?

    É evidente que surgirá um assunto paralelo inevitável, que será a respeito da verdadeira natureza de Deus. Este será apreciado visando responder o tema proposto.
    Mas não será aceito aprofundamentos exaustivos em textos não relacionados ao assunto.
    CUIDADO para não girar o debate em torno de textos que supostamente apoiam ou não a doutrina trinitária, desviando-se do tema proposto.
    Sejamos objetivos. Cada postagem deve ter no máximo em torno de 50 linhas. Quando alguém sinalizar> DESVIO DO TEMA o comentário do debatedor provavelmente será sinalizado também como desvio do tema.
    Se isso acontecer 3 vezes, está encerrado o debate e aquele que vandalizou o debate terá demonstrado incapaz em provar sua proposição.
    Não é permitido postar links.
    Nem colar artigos previamente escritos ”

    Agora vejamos um apanhado e analise do que William disse em suas postagens.

    Início do senhor William: “Início do debate TEMA: É Jesus o “Eu Sou” de ” Êxodo 3:14 e João 8:58″? INTRODUÇÃO: Quanto ao meu nome, é Willian. Prefiro não mencionar a igreja onde congrego, para que eu não seja associado a qualquer denominação; Creio nas escrituras […] e creio nas palavras de Jesus Cristo […] que Ele é exatamente quem afirmou ser […] todo aquele que se diz cristão deveria crer também nas palavras de Jesus Cristo […] Grato”

    Não disse nada sobre o “eu sou”.

    Segunda postagem do senhor William: “RESPOSTA do William:
    R.: Na verdade, a bíblia afirma, de Gênesis a Apocalipse, que existe
    somente um Deus; E foi este Deus o único criador (Isaías 40 : 26), que apresentou-se como ‘EU SOU’ para Moisés e creio que isto esteja bem evidente pelo texto bíblico já mencionado. A questão fundamental aqui, é, Jesus Cristo apresenta-se como Deus, e só existe um único Deus. O próprio Jesus Cristo, quando usa a frase ‘EU SOU’ em João 8:58,[…] afirmava ser o próprio Deus […] Na verdade, a base da fé Cristã é justamente crer que Jesus Cristo é exatamente que afirmou ser. Observe a seguinte imagem, rica em referências bíblicas, que mostra estes atributos de Jesus Cristo, que são exclusivos do único e verdadeiro Deus e que são aplicadas à pessoa de Jesus Cristo”

    William usou “Eu sou” duas vezes, fazendo uma menção a Jo 8:58 na sua segunda resposta.

    Terceira postagem do senhor William : “Réplica de William [….] Ok […] Quando me referi ao termo ‘Deus’ não estava me referindo simplesmente à palavra elohim, mas ao nome do único e verdadeiro Deus, o tetragrama, assim como utilizado em diversas passagens bíblicas, por exemplo: […] (Deuteronômio 6 : 4) […] (Deuteronômio 6 : 4) OU COMO ESTAS OUTRAS PASSAGENS […] (Isaías 43 : 11) […] (Isaías 44 : 6) Isaías 45 : 22, Isaías 42 : 8, Isaías 45 : 21, Isaías 45 : 18, e inúmeras outras.. […] (Isaías 43 : 10) Eu confio nas palavras do Senhor, que são fiéis e verdadeiras, por isso creio que existe somente um Deus. De fato, quem conhece a tradição judaica ou ao menos conhece o suficiente da bíblia sabe o quanto de zelo os judeus têm, os quais defendem a ‘unhas e dentes’ que há somente um Deus. […] (Isaías 44 : 8) O MAIOR EXEMPLO deste zelo judaico, está na própria bíblica, seu nome é SAULO […] que era judeu EXTREMAMENTE zeloso a ponto de perseguir os cristãos para matá-los ou lançá-los na prisão e acreditava estar fazendo a vontade de Deus. E não é para menos, quando entendemos que Saulo fora educado aos pés de Gamaliel, um grande fariseu e doutor da lei […] (Atos 22 : 3) Segundo toda a tradição judaica, a lei, os profetas, somente poderia haver um único e verdadeiro Deus, O SENHOR […] e quando ele perseguia os cristãos acreditava estar fazendo a vontade do SENHOR ao matá-los […] todos aqueles cristão não passavam de hereges.
    MAS, depois de ter visto e ouvido o SENHOR que lhe apareceu em visão na estrada de DAMASCO converteu-se […] (Atos 9 : 5) A partir de então […] SAULO, […] começa a aplicar a Jesus Cristo de Nazaré, passagens bíblicas e atributos únicos do único e verdadeiro Deus […] o que evidencia sua crença que JESUS CRISTO É O SENHOR. Ex.: . Romans 10:13 cf. Joel 2:32 Romanos 10:13 “ […] Referenciando: Joel 3:5 […] 1 Corinthians 1:31 cf. Jeremiah 9:24 […] Mais alguns: 1 Corintios 10:26; cf. salmos 24:1 ||| 2 Corintios 10:17 cf. Jeremias 9:24 ||| 1 Corintios 2:16 cf. Isaias 40:13 -> EXISTE UM ÚNICO DEUS! Pelo que estou percebendo, apesar da riqueza e clareza das passagens bíblicas que mostram claramente QUE JESUS CRISTO É O SENHOR e de tudo o que mencionei vocês simplesmente ignoram como cegos e insistem em torcer as escrituras;
    Vós sois livres para aceitar ou rejeitar a salvação do Senhor! […] (Hebreus 2 : 3) Pois Deus não poupou nem mesmo os anjos […] (Judas 1 : 6); Tampouco poupou Sodoma e Gomorra […] (II Pedro 2 : 6) […] Se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova. (Mateus 15 : 14) (Mateus 11 : 21) Será que estas passagens não são claras o suficiente? É difícil entender passagens como:
    – “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus
    verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17 : 3) […] (Apocalipse 19 : 10) […] (Apocalipse 22 : 9) […] (Apocalipse 7 : 10) […] (Apocalipse 5 : 12) […]
    (Apocalipse 1 : 8) […] (Apocalipse 21 : 6) ”Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração, E se convertam, E eu os cure.” (João 12 : 40) ”Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.” (II Timóteo 3 : 7)
    ”E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” (João 8 : 32) […] (João 14 : 6)* […] (I João 5 : 20) […] A bíblia é muito clara. Quem crer será salvo, quem não crer será condenado! […] (Marcos 16 : 16) […] (João 1 : 12)
    Peçam a Deus que remova as escamas dos vossos olhos, humilhai-vos e
    arrependei-vos antes que seja tarde de mais! […] (João 3 : 18) Sabei que é chegado a vós o reino de Deus!”

    Nenhuma menção ao tema de “eu sou”. Dessa vez foram feitas 20 citações bíblicas, mas nenhuma referente a Êxodo 3:14 ou a João 8:58.

    Se o proposito do debate era discutir o tema da Trindade, que fossemos avisados, assim falaríamos sobre isso, pois em vez de falar sobre se Jesus é o “Eu sou o que sou” ele começou a atirar para todo o lado querendo forçar a conclusão de que Jesus é Deus. As falas e replicas do William nada diziam sobre o que o Queruvim dizia, não houve dialogo praticamente.

    Comparação com as postagens do Queruvim

    Primeira postagem do Queruvim: “Queruvim responde:
    Seja bem vindo à página. Saiba que ambos estaremos agora sob o escrutínio dos moderadores […] faço minha as palavras do ultimo debatedor deste blog, o Apologista da Verdade, que disse: “…expor e não impor; apresentar os conceitos de cada lado e deixar ao leitor que tire suas conclusões. O objetivo não é medir forças, humilhar outros, e sim fornecer as bases para os conceitos de cada lado”. Começo por perguntar ao William, o que o faz crer que em Êxodo 3:14 a frase “Eu Sou” empregada em diversas versões da palavra de Deus identifica Jesus como sendo o próprio Deus?”

    Queruvim usou “eu sou” e citou o texto tema de Êx 3:14, começando com uma pergunta que por sinal não foi respondida.

    Segunda postagem do Queruvim: “Queruvim> Foi acordado logo no início do debate para que não se poste links. E o Sr postou um link com esta imagem. Mas vou deixar para os moderadores decidirem. (Devido a quantidade enorme de informações contidas em um link).Vamos ao assunto… Sr William […] visto que a palavra “Deus” usada nas Escrituras Sagradas, não é exclusiva mas assume o caráter de um substantivo comum […] anjos são chamados de “deuses” legítimos no Salmo 8:5. Moisés foi chamado de “Deus/deus” […] foi chamado de Elohim ou Deus devido ao poder que recebeu de seu Deus Jeová […] Êxodo 7:1: “Vê, eu te fiz Deus (Elohim: אֱלֹהִים) para Faraó […] Sua premissa inicial William, já é claramente equivocada e baseia-se numa repetição popular e tradição religiosa. Além disso, Jeová Deus, o único Criador do Universo jamais se revelou como sendo “EU SOU” visto que em Êxodo 3:14 não ocorre a frase hebraica “Eu Sou” que em hebraico é “Ani Hu” [..]. A maioria das versões […] preferem traduzir este texto desta forma, seguindo uma paráfrase, a saber a LXX. Os tradutores judeus da versão dos setenta parafrasearam o texto de Êxodo 3:14 onde ocorre a frase “ego Eimi” . Contudo, esta não é exatamente a frase usada por Deus ao se dirigir a Moisés. De fato o verbo hebraico אֶהְיֶה (Eh-yéh) usado em Êxodo 3:14 significa “virei a ser”, “tornar-me-ei” e não ” eu sou”. […] ’Eh·yéh deriva do verbo hebr. ha·yáh, “vir a ser; tornar-se; mostrar ser”. Em Êxodo 3:14 , ’Eh·yéh está no imperfeito, na primeira pessoa sing., significando “virei a ser; tornar-me-ei”; ou: “mostrarei ser”. Portanto, a ligação entre Êxodo 3:14 e qualquer outro texto onde se use a expressão “Eu Sou” não passa de perpetuação de equívoco. Um exame mais detido revela uma flagrante adulteração do texto de Êxodo, visto que além de parafrasearem a fim de criarem esta “ligação” […], removem o Nome de Deus no verso seguinte e o substituem pela palavra “Senhor” […] Em vista disso, sua própria interpretação William, a respeito da reação dos judeus ao Jesus usar a palavra “Eu Sou” demonstra ser baseado numa premissa inexistente. Observe o que o versículo 24 de João 8 […] Os judeus não associaram Jesus a Jeová, apesar dele usar a expressão “ego eimi”, pois não houve intenção da parte dos judeus em apedrejar Jesus, além de que, perguntaram sobre a verdadeira identidade de Jesus, e o próprio Jesus ainda disse que foi enviado por “aquele” e que recebia orientação “d’aquele” […](Compare com João 6:38) No vers. 28 e 29 […] novamente Jesus diz “EU SOU” (EGO EIMI), e qual foi a reação dos judeus?[…] Veja o que versículo 30 revela:“Ditas estas coisas, muitos creram nele.” Então a reação dos judeus comprova que eles não encararam como blasfêmia o fato de Jesus ter usado a expressão “Eu Sou”, nem existe uma evidencia nestes versículos de que eles associavam tal expressão a Jeová. […] Deu 22:23-24 […] – Lev 24:10-16 […] De fato, Jesus esteve perto de ser apedrejado por ter admitido ser o Messias ( CONFIRME ISSO Veja Mat. 26:59-68) Abraão era uma figura de elevada estima na tradição judaica e quando Jesus afirmou ser “antes de Abraão” isso foi considerado sacrilégio e um motivo para eles o apedrejarem”

    Queruvim mencionou Êx 3:14, e fez várias citações do contexto de Jo 8:28. Citou uns 10 textos, sendo que citou repetidamente Êx 3:14 uma meia dúzia de vezes. Continuamente Queruvim falou sobre eu sou, ehyeh, ani hu e ego eimi, confome se vê no resumo acima ele fala em “eu sou” mais de sete vezes.

    Terceira postagem do Queruvim: “Queruvim> William, visto que decidiu ater-se a este argumento inicial, onde afirmas que só existe “um único Deus”, também acho importante vincular este assunto […] Apesar de que isto margeia o tema e poderia se distanciar do tema do debate. Não há dúvida de que “há um só Deus” ( 1 Cor. 8:5,6) que é o Criador e originador da vida, o Ser Supremo, Jeová […]Nos textos que tu mencionas William, tais como Isaías 44:6 onde Deus diz “e fora de mim não há Deus”, O Deus Todo-poderoso Jeová contrastava a si mesmo com os ídolos de fabricação humana das nações em volta de Israel. […] 1 Cor. 8:5 diz assim: “Pois, embora haja os que se chamem “deuses”, quer no céu, quer na terra, assim como há muitos “deuses” e muitos “senhores”“ […] Você está ignorando também os textos que citei antes, onde anjos fiéis são mencionados como sendo “deuses”, ou seja, eles são deus/Deus. (Salmo 8:5).
    Raciocine: A Bíblia diz que apenas Deus é Pai. (Mateus 23:9) Então o pai do Neymar é um “FALSO pai”? Claro que a frase usada por Jesus em Mateus 23:9 onde ele diz que temos “somente um pai, o celestial” não exclui outros de serem chamados de pais legítimos. Eles também são pais. Só falta você defender a tese de que “só existe um pai” e que os outros são “falsos pais”. Isso explica por que Satanás é chamado de “Deus” (grego: THEÓS) em 2 Cor. 4:4. Ele é de fato um THEÓS […] Se não admite isso jamais irá entender porque João 1:1 chama Jesus de THEÓS. Ele é THEÓS, contudo não o Deus Supremo (Ho THEÓS). É incrível como parece aos leigos que eu e você William, entendemos da mesma forma, contudo, existe uma sutileza de engano, justamente por rejeitar textos como o Salmo 8:5, 1 Cor 8:5 e muitos outros! […] Ignora tudo isso e comete erro de entendimento deste assunto”

    Queruvim se absteve de falar sobre “Eu Sou” para responder ao que William falava sobre “Deus”, no que citou seis textos. No entanto a tréplica do William na sua quarta postagem não apenas não comentouNADA sobre “eu sou”, Jo 8:58 e Êx 3:14 como também N-A-D-A falou sobre 1 Cor 8:5,6, Salmos 8:5 ou 2 Cor 4:4.

    Curtir

  • Saga  On 2 de junho de 2014 at 20:55

    ERRATA: Acima , numa falha minha a terceira a quarta postagem do William acabaram se misturando e se fundindo por eu ter acidentalmente deletado parte da terceira postagem sem perceber.

    Pelo que estou percebendo, apesar da riqueza e clareza...
    Aqui começava a QUARTA postagem do William

    Para evitar confusão, conserto :

    Terceira postagem do senhor William : “Réplica de William [….] Ok […] Quando me referi ao termo ‘Deus’ não estava me referindo simplesmente à palavra elohim, mas ao nome do único e verdadeiro Deus, o tetragrama, assim como utilizado em diversas passagens bíblicas […] confio nas palavras do Senhor, que são fiéis e verdadeiras, por isso creio que existe somente um Deus. De fato, quem conhece a tradição judaica […] sabe o quanto de zelo os judeus têm, os quais defendem a ‘unhas e dentes’ que há somente um Deus. […] (Isaías 44 : 8) O MAIOR EXEMPLO deste zelo judaico, está na própria bíblica, seu nome é SAULO […] que era judeu EXTREMAMENTE zeloso a ponto de perseguir os cristãos para matá-los ou lançá-los na prisão […] (Atos 22 : 3) […] MAS, depois de ter visto e ouvido o SENHOR que lhe apareceu em visão na estrada de DAMASCO converteu-se […] (Atos 9 : 5) A partir de então […] SAULO, […] começa a aplicar a Jesus Cristo de Nazaré, passagens bíblicas e atributos únicos do único e verdadeiro Deus […] o que evidencia sua crença que JESUS CRISTO É O SENHOR. Ex.: . Romans 10:13 cf. Joel 2:32 Romanos 10:13 “ […] Referenciando: Joel 3:5 […] 1 Corinthians 1:31 cf. Jeremiah 9:24 […] Mais alguns: 1 Corintios 10:26; cf. salmos 24:1 ||| 2 Corintios 10:17 cf. Jeremias 9:24 ||| 1 Corintios 2:16 cf. Isaias 40:13 -> EXISTE UM ÚNICO DEUS!” <- […] (Judas 1 : 25) […] (Judas 1 : 4) […] (Isaías 45 : 23) […] (Filipenses 2 : 11) […] Paulo e os demais cristãos, acreditavam haver um único Deus […] veja a importância deste assunto: “E a vida eterna é esta: que te conheçam, a ti só, por único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.” (João 17 : 3)"

    De toda forma, nada falava sobre "Eu Sou", Êx 14 e nem Jo 8:58.

    Quarta postagem do senhor William:

    "Pelo que estou percebendo, apesar da riqueza e clareza das passagens bíblicas que mostram claramente QUE JESUS CRISTO É O SENHOR […] vocês simplesmente ignoram como cegos […] Vós sois livres para aceitar ou rejeitar a salvação do Senhor! […] (Hebreus 2 : 3) Pois Deus não poupou nem mesmo os anjos […] (Judas 1 : 6); Tampouco poupou Sodoma e Gomorra […] (II Pedro 2 : 6) […] Se um cego guiar outro cego, ambos cairão na cova. (Mateus 15 : 14) (Mateus 11 : 21) Será que estas passagens não são claras o suficiente? É difícil entender passagens como: […] (João 17 : 3) […] (Apocalipse 19 : 10) […] (Apocalipse 22 : 9) […] (Apocalipse 7 : 10) […] (Apocalipse 5 : 12) […] (Apocalipse 1 : 8) […] (Apocalipse 21 : 6) ”Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração, E se convertam, E eu os cure.” (João 12 : 40) ”Que aprendem sempre, e nunca podem chegar ao conhecimento da verdade.” (II Timóteo 3 : 7) […] (João 8 : 32) […] (João 14 : 6)* […] (I João 5 : 20) […] A bíblia é muito clara. Quem crer será salvo, quem não crer será condenado! […] (Marcos 16 : 16) […] (João 1 : 12) Peçam a Deus que remova as escamas dos vossos olhos, humilhai-vos e arrependei-vos antes que seja tarde de mais! […] (João 3 : 18) Sabei que é chegado a vós o reino de Deus!”

    E a quarta postagem do senhor William, também nada fala sobre "eu sou", "Jo 8:58 ou Êx 3:14.

    Curtido por 1 pessoa

  • João Kunga  On 2 de junho de 2014 at 22:26

    Pude notar com base comportamental das palavras de William que é um debatedor que não tem habilidade para debate formal,técnica de argumentativa inteligente ou seja de disposição , ficou levantando questões irrelevantes para o tema em focus, usou um discurso prolixo e até se contradizeu, vê so isso dai:

    ¤¤¤
    “Quem crê nele não é condenado;
    mas quem não crê já está
    condenado,
    porquanto não crê no nome do
    unigênito Filho de Deus.” (João 3 :
    18)

    CRÊ NO FILHO UNIGENITO DE QUEM SENHOR WILLIAM? POR QUE PERGUNTAR!? VOCÊ MESMO RESPONDEU, FILHO UNIGENITO DE DEUS…
    ENTÃO, NESTA ORDEM DE IDEIA VOCÊ RECONHECE QUE JESUS É FILHO UNIGENITO DE DEUS…

    Que falta de retórica é essa!

    ”¤¤¤ NOVO TESTAMENTO: “E toda a
    língua confesse que Jesus Cristo é
    o SENHOR, para glória de Deus
    Pai.” (Para glória de quem? Dele?) (Filipenses 2 : 11) Refiro-me
    portanto, ao único e verdadeiro
    Deus, e não ao substantivo elohim,
    como [equivocadamente entendeu].
    Como todos os argumentos que
    você construiu, pelo que entendi,
    [baseiam-se na premissa que eu
    estava me referindo à palavra
    elohim], o que não é o caso, já que
    eu estava referindo-me a YHWH, o
    único e verdadeiro Deus, acredito
    que não haja mais margens para
    dúvidas. Aliás, qualquer que
    analisar a bíblia com sinceridade e
    cuidadosamente baseando-se nela
    como um todo e não apenas em
    textos isolados, chegará a esta
    mesma conclusão, que só existe um
    Deus”.¤¤¤

    EU ESTAVA ME PERGUNTANDO, WILLIAM ENTENDE O QUE É UMA PREMISSA PARA DIZER QUE O QUERUVIM EQUIVOCADAMENTE ENTENDEU?

    Tá aí então:

    © Na lógica, uma premissa é uma
    fórmula considerada
    hipoteticamente verdadeira,
    dentro de uma dada inferência .
    Esta constitui-se de duas partes:
    uma coleção de premissas, e
    uma conclusão. Premissa
    significa a proposição, o
    conteúdo, às informações
    essenciais que servem de base
    para um raciocínio, para um
    estudo que levará a uma
    conclusão. (Wikipédia) ¤¤¤

    Foi com base em seu raciocínio Senhor William.

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 2 de junho de 2014 at 22:35

    Sobre o tema proposto até agora, o nosso coleguinha William demonstrou que pensa assim:

    P. Jesus é o Eu Sou?
    R= Sim!
    P. Por que?
    R= Porque Jesus é Deus.
    P. Por que Jesus é Deus?
    R= Porque ele é o Eu Sou.

    Jesus ser o Eu Sou prova que ele é Yahweh Deus
    E que Jesus é o Eu Sou é provado pelo fato dele ser Yahweh Deus.

    Ele lê os textos com esse tipo de raciocínio circular. Então o sentido de João 8:58 pra ele é autoevidente, assim ele evita de falar dele e pula pra vários outros, pois ele pra ele já está claro e evidente, sem necessidade de comprovações de nada, William acha o seguinte: “Jesus é o EU SOU e pronto, agora mostrarei a vocês que ele é o Senhor, o Primeiro e o Último, o Alfa e o Omega, o verdadeiro Deus etc e etc e se vocês não aceitarem o que estou dizendo é porque vocês são cegos e não irão se salvar, estão todos condenados, seus descrentes! Quem não crê será condenado!”

    Curtido por 1 pessoa

  • Alexei  On 2 de junho de 2014 at 22:41

    Por favor Queruvim, dê mais detalhes sobre as versões de Teodósio.
    Agora está ficando interessante. Acho que esses detalhes sobre seus escritos juntos com o de Áquila podem ser muitos úteis para nós.
    E quanto ao debatedor, confesso que fiquei muito decepcionado. Ele partiu para as agressões muito rápido. Creio que já chegou o tempo de parar com o debate por falta de um posicionamento sério do sr. William. Penso que foi mais rápido que um tal professor que, anteriormente, perdeu as estribeiras ao não conseguir emplacar conceitos montados de forma suspeita.
    Lamento verdadeiramente e espero que apareçam, de fato, homens distintos, dignos de respeito, para apresentarem ideias plausíveis e acrescentarem algo realmente relevante para estes debates.
    Obrigado.

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 2 de junho de 2014 at 22:55

    No final o tom do William foi de acusação aos seus leitores Testemunhas de Jeová.

    William disse: “Pelo que estou percebendo, apesar da riqueza e clareza das passagens bíblicas que mostram claramente QUE JESUS CRISTO É O SENHOR e de tudo o que mencionei vocês simplesmente ignoram como cegos e insistem em torcer as escrituras….”, o resto dos textos com que William completou sua ultima postagem teve esse sentido:

    _ Vocês são cegos, gente que torce as Escrituras, percebo que apesar da riqueza e da clareza de tudo o que mencionei com tantas passagens bíblicas você continuam a ignorar o fato de que Jesus Cristo é o Senhor! Vós sois livres para rejeitar a salvação do Senhor, mas lembro que no passado ele não poupou nem os anjos e nem Sodoma, a punição virá, vocês não se salvarão senão crerem no Senhor, pois quem crer será salvo, mas quem não crer será condenado! Deixem de ser cegos, amoleçam seus duros corações e deixem a verdade os libertarem, verdade esta que é Jesus! Do jeito que estão cegos agora, guiarão e serão guiados por outros cegos e todos terminarão caindo na cova! Cegos retirem dos olhos essas escamas que os impedem de ver a verdade, Jesus é o Senhor! Arrependam-se antes que seja tarde demais! Creiam para serem salvos. Vejam a verdade! __

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 3 de junho de 2014 at 1:20

    Como exatamente seria isso Alex?

    Curtir

  • Alex Martins  On 3 de junho de 2014 at 7:23

    A sugestão é criar um banco de dados contendo informações sobre assuntos que interessariam os que visitam o site e que poderia servir como material de apoio à pesquisa. Por exemplo, caso algum irmão possua algum livro no qual há uma informação sobre a doutrina trinitária, ele poderiam enviar a citação acompanhada das referências (título, autor, editora, local, ano, volume, página(s)) a qual seria por você avaliada e se aprovada incluída no banco. No caso você terá que estudar como organizar tais informações por tópicos (Trindade, Imortalidade da alma, Inferno, Tradução, etc.). Creio que isso nos ajudaria a aprofundar nossos estudos e nos colocaria em contato com informações as quais não temos acesso.

    Vou citar um exemplo de um livro que possuo, Os Perigos da Interpretação da Bíblia, de D. A. Carson (não irei fazer a citação direta pois o mesmo está emprestado) que está esgotado. Neste livro o autor, que é considerado um dos maiores eruditos do protestantismo, trata de falácias específicas relacionadas à exegese. Em certo capítulo ele trata de falácias gramaticais e declara abertamente que as Regras de Colwell e Sharpe não absolutas e não servem como parâmetro para determinar a tradução de João 1:1 e Tito 2:13. Creio que seja uma informação útil para os que estão pesquisando tais passagens com o intuito de refutar o posicionamento trinitário.

    Curtido por 1 pessoa

  • Alexei  On 3 de junho de 2014 at 17:23

    Excelente ideia Alex Martins!!!

    Se cada um de nós compartilhar um pensamento, uma ideia, uma experiência, uma matéria de revista ou jornal que reforcem os temas citados, poderemos contribuir para algo muito produtivo. Os debates parecem acabar da mesma maneira sempre, visto que alguns debatedores não parecem prontos para avaliar seus conceitos de acordo com as Escrituras.
    Tenho em minhas mãos, por exemplo, um desses folhetinhos evangélicos que adota uma postura contrária a medicina. Podemos tomar esse ponto para mostrar que nós TJ estamos de acordo com determinados procedimentos médicos e procuramos os doutores para nos tratarmos enquanto muitos religiosos perdem a vida por se recusarem a tomar remédios prescritos visto que foram profetizados em suas igrejas que estavam “curados” e que não deveriam tomar mais medicamentos.
    Da mesma forma existem outras informações, de vários outros assuntos, na mãos dos irmãos que precisam ser compartilhadas com todos.
    Obrigado pela oportunidade.

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 3 de junho de 2014 at 18:16

    Estou curtindo muito esse “site/blog” aqui,me ajudou bastante a tirar algumas dúvidas que absorvi em videos de apóstatas um tempinho atrás.Enfim,quanto ao tema,William deveria reservar um pouquinho de tempo para ler e ESTUDAR mais a bíblia,para depois vim discutir o tema,rsrsrs

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 3 de junho de 2014 at 18:20

    pior,o texto é tão claro.

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 3 de junho de 2014 at 19:45

    Eu Sou

    Em Êxodo 3:14, de acordo com a tradução de Almeida, Jeová Deus se identifica a Moisés como sendo “Eu Sou O Que Sou”. Onde a mesma passagem no grego da antiga tradução chamada LXX se diz “Ego Eimi Ho On”, nesta ocasião Deus se utiliza de “Ho On” como um tipo de título.

    Muitos cristeístas afirmam confiantemente que Jesus fazia um uso rotineiro do nome divino “Eu Sou”, que cada vez que Jesus usava “Eu Sou” (Ego eimi) era uma autoafirmação de identidade divina, em especial dizem que em João 8:58 Jesus fazia menção a passagem de Êxodo 3:14, afirmando ser aquele mesmo Deus que apareceu a Moisés.

    No QUADRO do rapaz William, se citam alguns textos bíblicos onde a tradução de Almeida usa o termo “eu sou”, tanto textos em que o falante é Deus, quanto textos em que o falante é o próprio Jesus, são estesos textos usado no QUADRO:

    Jesus Cristo – Yahweh Deus
    João 8:24 – Isaías 43:10
    João 8:58- Deuteronômio 32:39
    João 13:19 – Êxodo 3:13,14
    João 18:5

    Também se afirma que Yahweh (Jeová) significa EU SOU, o que é falso, o tetragrama divino não é meramente uma afirmação de autoexistência, de fato não existe nenhuma base para se dizer que “ego eimi” é a forma em grego de se dizer “Jeová”. Se Jesus quisesse dizer que era Jeová ele poderia dizer isto literalmente. Ego eimi não é um nome nem um título, nem nos evangelhos e nem na LXX.

      Agora vejamos os textos escolhidos pela imagem linkada
    

    (João 8:24) Portanto, eu vos disse: Morrereis nos vossos pecados. Pois, se não acreditardes que sou eu, morrereis nos vossos pecados.”
    (João 8:58) Jesus disse-lhes: “Digo-vos em toda a verdade: Antes de Abraão vir à existência, eu tenho sido.”
    (João 13:19) Deste momento em diante, digo-vos antes que ocorra, para que, quando ocorrer, acrediteis que sou eu.
    (João 18:5) Responderam-lhe: “A Jesus, o nazareno.” Disse-lhes ele: “Sou eu.” Então Judas, quem o traía, estava também parado com eles.

    (Isaías 43:10) “Vós sois as minhas testemunhas”, é a pronunciação de Jeová, “sim, meu servo a quem escolhi, para que saibais e tenhais fé em mim, e para que entendais que eu sou o Mesmo. Antes de mim não foi formado nenhum Deus e depois de mim continuou a não haver nenhum.
    (Deuteronômio 32:39) Vede agora que eu — eu é que o sou, E não há [outros] deuses comigo. Eu entrego à morte e eu vivifico. Feri seriamente, e eu — eu vou curar, E não há quem arrebata da minha mão.
    (Êxodo 3:13-14) Não obstante, Moisés disse ao [verdadeiro] Deus: “Suponhamos que eu vá ter com os filhos de Israel e deveras lhes diga: ‘O Deus de vossos antepassados enviou-me a vós’, e eles deveras me digam: ‘Qual é o seu nome?’ O que hei de dizer-lhes?” Então disse Deus a Moisés: “MOSTRAREI SER O QUE EU MOSTRAR SER.” E acrescentou: “Isto é o que deves dizer aos filhos de Israel: ‘MOSTRAREI SER enviou-me a vós.’”

    Em João 8:24 e 13:19, Jesus está falando que as pessoas acreditarão que ele é o Messias. Em João 18:5, os soldados estavam querendo saber qual deles era Jesus de Nazaré, ao que Jesus disse “sou eu”, ou seja, que ele era Jesus, o Nazareno. E em João 8:58 Jesus disse aos judeus que ele já existia antes de Abraão. Nenhuma dessas passagens dizem que “EU SOU” é O Nome de Jesus.

    Da mesma forma que em João 18:5 perguntaram quem deles era Jesus, e ele disse “sou eu”, em João 9:8,9 questionam se um certo homem era o mendigo cego, e o mesmo responde que sim, “sou eu”.

    (João 9:8-9) Portanto, os vizinhos e os que anteriormente costumavam ver que ele era mendigo, começaram a dizer: “Não é este o homem que costumava estar sentado e mendigar?” Alguns diziam: “É ele.” Outros diziam: “Absolutamente não, mas é semelhante a ele.” O homem dizia: “Sou eu.”

    Com certeza esse homem cego não era “Yahweh”.

    Sobre os textos de Isa 43:10, Deu 32:39 e Êxo 3:13,14, aconteceu um erro muito grave, que demonstrou ignorância do original hebraico ou então forte desonestidade em querer forçar um paralelo que não existe. Enquanto que Êxodo 3:14 se usa o termo hebraico Eh-yéh (אֶהְיֶה), essa expressão não aparece nos outros textos, de fato, o que se deve concluir é que Êxodo 3:14 NÂO USA “eu sou”! As palavras hebraicas “Ani Hu” e “Eh yeh” são muito diferentes, e não devem ser igualdas, e mesmo que fosse em grego, na LXX o título divino seria “Ho On” e não “Ego eimi”, e o título “Ho On” não aparece nos textos de Deuteronômio 32:39 e Isaías 43:10, por sinal também não aparece nas passagens de João 8:24,58, 13:19 e 18:5.

    Sobre eu sou Paulo diz:
    (1 Coríntios 15:10) Mas, pela benignidade imerecida de Deus, SOU O QUE SOU
    (Gálatas 4:12) Irmãos, rogo-vos: Tornai-vos assim como EU SOU, porque eu também costumava ser assim como vós.
    (Filêmon 9) exorto-te antes à base do amor, visto que EU SOU o que sou, Paulo, homem idoso, sim, agora também prisioneiro pela causa de Cristo Jesus.

    Será que os trinitários acham que é porque ele era Deus e tava citando Êxo 3:14

    Outros Títulos e Expressões
    E tem outras expressões no QUADRO além de “EU SOU”, são elas:
    Salvador, Rei dos Reis, Luz, Juiz, Deus, Criador, Rocha e Primeiro e Último.

    Sobre elas, William disse o seguinte: “Observe a seguinte imagem, rica em referências bíblicas, que mostra estes atributos de Jesus Cristo, que são exclusivos do único e verdadeiro Deus e que são aplicadas à pessoa de Jesus Cristo”.

    William afirma que esses rótulos em questão são “exclusivos do único e verdadeiro Deus”… (sobre o termo “único e verdadeiro Deus”, é sempre bom frisar que é um título exclusivo do Pai – NOTEM JOÃO 17:3) … então ele está dizendo que Salvador, Rei dos Reis, Juiz, Deus, Luz são exclusivos do verdadeiro Deus.

    SALVADOR

    Vejamos, “Salvador” em hebraico se diz “Yasha” (יָשַׁע) e em grego se diz “Soter” (σωτήρ), sobre o uso que a Bíblia faz dessa palavra temos:

    (Juízes 3:9) E os filhos de Israel começaram a clamar a Jeová por socorro. Jeová suscitou então um SALVADOR para os filhos de Israel, para que os salvasse: Otniel, filho de Quenaz

    (Juízes 3:15) E os filhos de Israel começaram a clamar a Jeová por socorro. Portanto, Jeová lhes suscitou um SALVADOR: Eúde, filho de Gera

    (1 Samuel 23:5) Por conseguinte, Davi foi com os seus homens a Queila e lutou contra os filisteus, e conduziu embora seu gado, mas a eles golpeou com uma grande matança; e Davi veio a ser O SALVADOR dos habitantes de Queila.

    (2 Reis 13:5) 5 Por conseguinte, Jeová deu a Israel um SALVADOR, de modo que saíram de debaixo da mão da Síria

    (Isaías 19:20) E terá de mostrar ser como sinal e como testemunha para Jeová dos exércitos na terra do Egito; pois clamarão a Jeová por causa dos opressores, e ele lhes enviará um SALVADOR

    (Neemias 9:27) Por causa disso os entregaste na mão dos seus adversários, os quais lhes causavam aflição; mas no tempo da sua aflição clamavam a ti e tu mesmo os ouvias desde os próprios céus; e segundo a tua abundante misericórdia lhes davas SALVADORES que os salvavam da mão dos seus adversários.

    (Obadias 21) E certamente subirão SALVADORES ao monte Sião para julgar a região montanhosa de Esaú; e o reinado terá de tornar-se de Jeová.

    (Notem também Juízes 2:16, 6:14-15, 1 Coríntios 9:22 e 1 Timóteo 4:16)

    Otniel, Eúde e Davi eram o único e verdadeiro Deus também?

    O QUADRO cita Judas 25, que diz assim :
    (Judas 25) Ao único Deus, nosso Salvador, POR INTERMÉDIO DE Jesus Cristo

    (Que mostra que Deus nos salva, por intermédio de Jesus, por sinal no texto acima o “único Deus” não é o Pai, ao contrário do que erradamente diz o quadro)

    Vemos que a parte do “Eu Sou” estava errada, e a parte do “Salvador” também está falha.

    REI DOS REIS
    NABUCODONOSOR: (Daniel 2:36-37) “Este é o sonho, e nós diremos a sua interpretação perante o rei. Tu, ó rei, rei de reis, tu, a quem o Deus do céu deu o reino, a potência, e o poderio, e a dignidade,
    NABUCODONOSOR: (Ezequiel 26:7) Pois assim disse o Soberano Senhor Jeová: ‘Eis que trago contra Tiro a Nabucodorosor, rei de Babilônia, desde o norte, um rei de reis, com cavalos, e carros de guerra, e cavalarianos
    ARTAXERXES: (Esdras 7:12) “Artaxerxes, rei de reis, a Esdras, o sacerdote, copista da lei do Deus dos céus.

    Em grego Rei dos Reis se diz “βασιλευς βασιλεων”, e na LXX os textos acima usam a mesma expressão usada em Apocalipse 17:14 e 19:16.

    JUIZ
    Existe um livro na Bíblia chamado de Juízes, quem são? Ora, são os mesmos salvadores que citei acima em textos como Juízes 2:16, e vejam esses outros exemplos:

    (Deuteronômio 17:9) E tens de dirigir-te aos sacerdotes, aos levitas e ao JUIZ que estiver em exercício nesses dias, e tens de fazer uma consulta, e eles têm de transmitir-te a palavra da decisão judicial.

    (João 19:13) Portanto, Pilatos, depois de ouvir estas palavras, trouxe Jesus para fora e se assentou numa cadeira de JUIZ

    (Atos 25:10) 10 Mas Paulo disse: “Estou perante a cadeira de JUIZ de César.

    Ora, todo mundo que julgar ou que tenha o cargo de juiz, é o próprio Deus?

    PRIMEIRO E ÚLTIMO
    Também existem erros na parte do quadro que fala da expressão “PRIMEIRO E ÚLTIMO”, Apocalipse 22:13 por exemplo, é um texto não se refere a Jesus Cristo mas ao Pai. Mas analisemos se João em Apocalipse 1:17 estava fazendo menção a Isaías 44:6 igual implica o Quadro.

    O grego de Apo 1:17 demonstra João escrevendo que Jesus é “εγω ειμι ο πρωτος και ο εσχατος”, mas uma olhada em grego mostra que Isaías chamou Jeová de “εγω πρωτος και εγω μετα ταυτα”.

    Vejam que direitinho que ….
    εγω ειμι ο πρωτος και ο εσχατος
    εγω πρωτος και εγω μετα ταυτα
    …. são bem diferentes entre si!

    Quem montou o quadro parece simplesmente lê a Bíblia em português, cometendo erros básicos! O Quadro só é efetivo como um combo bonito para quem não analisar caso a caso e texto a texto, contexto a contexto o seu conteúdo.

    _ O CURIOSO CASO DA ESTRELA DA MANHÃ_
    Quer ver uma coisa? Em Isaías 14:12 vemos o famoso texto de “Lúcifer”, a Almeida diz:

    Isa 14:12 – ​Como caíste do céu, ó ESTRELA DA MANHÃ, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!
    E a Almeida diz também sobre Jesus:
    Apo 22:16 – ​Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas. Eu sou a Raiz e a Geração de Davi, a brilhante ESTRELA DA MANHÃ

    Comparem Isaías 14:12 e 2 Pedro 1:19 em latim:
    Isaías 14:12 – quomodo cecidisti de caelo LUCIFER qui mane oriebaris corruisti in terram qui vulnerabas gentes
    2 Pedro 1:19 – et habemus firmiorem propheticum sermonem cui bene facitis adtendentes quasi lucernae lucenti in caliginoso loco donec dies inlucescat et LUCIFER oriatur in cordibus vestris

    O que os trinitários concluirão então sobre Lúcifer – a estrela da manhã? Que Satanás e Cristo são a mesma pessoa, a mesma estrela da manhã, o mesmo Lúcifer? Não? Bem conveniente então.

    CONCLUSÃO
    Falha a afirmação de William que disse que “estes atributos…são exclusivos do único e verdadeiro Deus e que são aplicadas à pessoa de Jesus Cristo”, dizendo que apenas Deus e Cristo são chamados por essas designações de Juiz, Salvador, Rei dos Reis, etc.

    Sobre este tipo de argumentação

    O livro Raciocínios dá o seguinte aviso ao leitores da Bíblia
    *** rs p. 406 par. 1 Trindade *** Se se encontrar um título ou uma frase descritiva em mais de um lugar nas Escrituras, não se deve jamais concluir precipitadamente que tem de referir-se sempre à mesma pessoa. Tal raciocínio levaria à conclusão de que Nabucodonosor era Jesus Cristo, porque ambos foram chamados de “rei dos reis” (Dan. 2:37; Rev. 17:14); e de que os discípulos de Jesus eram na verdade Jesus Cristo, porque tanto os discípulos como ele foram chamados “a luz do mundo”. (Mat. 5:14; João 8:12) Devemos sempre considerar o contexto e quaisquer outras ocorrências na Bíblia onde aparece a mesma expressão.

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 3 de junho de 2014 at 20:06

    O QUADRO trazido pelo William também usa o termo “LUZ”, dizendo que é EXCLUSIVO DO ÚNICO E VERDADEIRO DEUS, será que é mesmo exclusivo de Deus?

    LUZ
    Para demonstrar que Jesus é chamado de Luz, o quadro cita o texto de João 8:12, ora este texto diz:

    (João 8:12) Jesus falou-lhes novamente, dizendo: Eu sou A LUZ DO MUNDO

    Mas lemos em Mateus:
    (Mateus 5:14-16) 14 “Vós sois A LUZ DO MUNDO. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte. 15 As pessoas acendem uma lâmpada e a colocam, não debaixo do cesto de medida, mas no velador, e ela brilha sobre todos na casa. 16 Do mesmo modo, deixai brilhar a vossa luz perante os homens, para que vejam as vossas obras excelentes e dêem glória ao vosso Pai, que está nos céus.

    Mas uma vez, William está errado. (Na verdade, a cada paragrafo é difícil que ele diga algo que não tenha algum deslize)

    ROCHA
    Só pra constar um detalhe interessante, que o nome que Jesus deu ao seu apóstolo Simão foi CEFAS, sim Simão Pedro era conhecido como “Cefas”, nome que lhe foi dado pelo próprio Senhor Jesus, e Cefas quer dizer “Rocha”.

    (João 1:42) Conduziu-o a Jesus. Olhando Jesus para ele, disse: “Tu és Simão, filho de João; serás chamado Cefas”

    Será que já encontrei erros suficientes neste quadro e na aplicação que William fez dele?

    Curtido por 1 pessoa

  • Nilson Rocha.  On 4 de junho de 2014 at 8:33

    Tô aprendendo muito…parabens a todos!

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 4 de junho de 2014 at 11:16

    Sua sugestão enriqueceria sobremaneira o que já temos. Entendo que este blog com aspecto de site/FORUM é meio limitado, mas visto que optei pela simplicidade e objetividade, acho que há recursos suficientes para fazer o que idealizou. Minha sugestão é que se tenha uma página que poderá ser “linkada”com todas e que seja uma página dedicada somente a este BANCO DE DADOS seguindo o princípio arquivístico da pertinência poderíamos organizá-lo em ordem alfabética e por assuntos. Para tal objetivo porém, precisamos de uma contribuição regular da parte de alguns em rastrearem a fim de contribuírem com nosso “BANCO DE DADOS”. Se houver alguma sugestão específica, fiquem a vontade para falar sobre isso. Ao mesmo tempo acho importante que evitem um comprometimento demasiado em frente do computador. SE fizermos, façamos de forma ocasional e descomprometida. Não acho bom sacrificarmos o contato social a fim de se dedicar muito tempo à internet. De fato temos que “comprar tempo” para as coisas relacionadas com a adoração. (Efésios 5:16) Agradeço pela idéia e partilha de conhecimento, Saga, Alex e todos os que deixaram seus comentários.

    Curtido por 1 pessoa

  • Alex Martins  On 4 de junho de 2014 at 12:48

    Na Almeida Revista e Atualizada lemos em Êxodo 3:12:

    “Deus lhe respondeu: ‘EU SEREI contigo…”

    O trecho em destaque é a tradução de אֶֽהְיֶה (ehyéh). Vemos que neste versículo, os revisores da Almeida traduzem o verbo hebraico de forma correta, pois o mesmo está no futuro do singular da 1ª pessoa, a saber, “serei”. Dois versículos depois, na mesma versão, o verbo אֶֽהְיֶה (ehyéh), é traduzido por “EU SOU”. Qual a justificativa para tal mudança gramatical? Se houvesse um critério lógico permeando tal tradução, o correto seria que em Êxodo 3:14, o Ehyéh Asher Ehyéh rezasse “Eu Serei o que Serei” e não “Eu Sou o que Sou”.

    Na verdade, eles reproduzem o mesmo erro da Septuaginta, que no verso 12 de Êxodo 3, traduz ehyéh por ἔσομαι (esomai), futuro do singular de εἰμι (eimi), ou seja, “eu serei”, mais que posteriormente no versículo 14 o verte por eimi, “eu sou”.

    Exôdo 3:12: εἶπεν δὲ ὁ θεὸς μωυσεῖ λέγων ὅτι ἔσομαι μετὰ σοῦ καὶ τοῦτό σοι τὸ σημεῖον ὅτι ἐγώ σε ἐξαποστέλλω ἐν τῷ ἐξαγαγεῖν σε τὸν λαόν μου ἐξ αἰγύπτου καὶ λατρεύσετε τῷ θεῷ ἐν τῷ ὄρει τούτῳ [eipen de ho theos mōysei legōn hoti esomai meta su kai touto soi to sēmeion hoti egō se exapostellō em tō exagagein se ton laon mou ex aigyptou kai latreusete tō theō em tō orei toutō]

    Entretanto, há um outro importante detalhe que já foi comentado pelo Saga. Segundo a LXX, Deus, após se identificar como sendo o ἐγώ εἰμι ὁ ὤν (egō eimi ho ōn), diz depois: “Assim dirás aos filhos de Israel:

    ὁ ὢν ἀπέσταλκέν με πρὸς ὑμᾶς (Ho ōn apestalken me pros hymas)

    Ou seja: ‘HŌ ON me enviou a vós”, Jeová Deus não usa aqui a frase EU SOU: EGŌ EIMI, usada por Jesus conforme João 8:58.

    Na LXX, traduzido literalmente, Êxodo 3:14 seria: “E disse Deus a Moisés: ‘Eu Sou Aquele Que É (Egō eimi ho ōn). Assim dirás aos filhos de Israel: Aquele Que É me enviou a vós’.” (Ho ōn apestalken me pros hymas)

    Ou seja, muitos entendem erroneamente que Deus, no texto grego de Êxodo 3:14 da LXX, é identificado pelo nome egō eimi (“eu sou”), e sustentam que Jesus, ao usar esta mesma expressão em João 8:58, estava se identificando com o Deus Todo-Poderoso das Escrituras Hebraicas.

    Tal argumento, porém, é equivocado, pois, na realidade, Deus é identificado pelo nome ho ōn (“Aquele Que É”) no texto grego de Êxodo 3:14 da LXX. Ele não diz “Eu sou o egō eimi”; antes, ele diz “Eu sou ho ōn”. No Grego, é egō eimi ho ōn (“Eu sou Aquele Que É”), e não egō eimi ho egō eimi (“Eu sou o Eu Sou”).

    Algumas traduções até mesmo colocam a expressão egō eimi de Jesus em João 8:58 em letras maiúsculas (EU SOU), dando a indicação de que Jesus estava se identificando com o Deus Eterno de Êxodo 3:14.

    Mas, qual seria o verdadeiro sentido da expressão egō eimi (eu sou) usada por João, ao se referir as palavras hebraicas ou aramaicas que saíram da boca do Senhor Jesus?

    Como é notório no texto grego em questão, eimi está sem um complemento nominal e esta ausência indica que o verbo pode estar sendo usado de uma forma conhecida como uso existencial (temporal). Nestes caso, a ausência desse complemento significa que eimi está expressando existência por parte do sujeito. No uso existencial, eimi não é usado copulativamente, isto é, não liga o sujeito a um predicado (nominal); antes, eimi faz parte do predicado. Para exemplificarmos em nosso idioma. Na frase: “Saga é competente”, o predicado nominal é “competente”, que liga o verbo “é” com o sujeito “Saga”. No grego, a declaração egō eimi, não tem predicado. Neste caso, eimi tem o sentido de existência, de temporalidade. Um exemplo gramatical desse tipo é João 15: 27. Lemos em grego:

    καὶ ὑμεῖς δὲ μαρτυρεῖτε, ὅτι ἀπ’ ἀρχῆς μετ’ ἐμοῦ ἐστε. [kai hymeis de martyreite, hoti ap’ arkhēs met’ emou este]

    Traduzido literalmente reza:

    “e vós testemunhais porque desde [o] princípio comigo VÓS SOIS”.

    No texto grego a tradução “vós sois” é de ἐστε (este) que é a segunda pessoa do plural do presente indicativo de eimi. Como também nesse caso não há complemento predicativo nominal, o verbo expressa a ideia de temporalidade. tanto que o verso é traduzido:

    “E vós também testemunhareis, porque ESTAIS comigo desde o princípio” – Almeida Revista e Atualizada.

    Vocês também darão testemunho de mim, porque vocês ESTÃO comigo desde o começo”. – Novo Testamento, Edição Pastoral.

    “E vós também testemunhareis, pois ESTAIS comigo desde o princípio.” Novo Testamento, Alfalit

    “e vós, igualmente, haveis de dar testemunho, porque ESTIVESTES comigo desde que comecei.” – Tradução do Novo Mundo

    Como vemos acima as versões citadas entenderam que o verbo grego indicava não a identidade dos apóstolos, pois Jesus referia-se ao TEMPO com que eles estavam em atividade com ele. Daí, corretamente, traduziram o literal “comigo vós sois” por “comigo vós estais”.

    O mesmo ocorreu em João 8:58. A pergunta feita pelos opositores judeus foi:

    “Ainda não tens cinquenta anos e viste Abraão?”

    Ou seja, eles questionaram se Jesus com menos de cinquenta anos poderia ter visto Abraão morto há centenas de anos. A resposta de Jesus obviamente deveria ser relacionada a questão proposta. Que lógica teria Jesus responder sobre se ele era o Deus todo-poderoso, quando a questão levantada de relacionava com seu tempo de vida? É óbvio que a resposta de Jesus indicava corretamente sua pré-existência.

    Assim, a Tradução do Novo Mundo, junto com muitas outras versões, traduzem egō eimi em João 8;58, como “eu tenho sido”. Fiz um apanhado breve (o qual posteriormente ampliarei e compartilharei aqui no blog) de outras versões que acompanham a Tradução do Novo Mundo:

    “…before Abraham existed, I was”. – The New Testament, James Murdock, New York: Stanford and Swords, 1851.
    “…antes que Abraão existisse, eu era”

    “…before Abraham was, I was ”. – The New Testament, Samuel Sharpe, London: Thomas Hodgson, Paternoster. 1856.
    “…antes que Abraão existisse, eu era”

    “…before Abraham came into being, I was.” – The New Testament, H. T. Anderson, Louisville, KY: John P Morton & Company. 1866
    “…antes que Abraão existisse, eu era”.

    “…from before Abraham was, I have been.” – The New Testament, George R. Noyes, Boston: American Unitarian Association. 1869
    “…antes de Abraão existir, eu tenho sido.”

    “…I have existed before Abraham was born” – The New Testament – A New Translation, James Moffatt, New York: George H. Doran Company, 1922.
    “…Eu tenho existido antes de Abraão nascer”.

    E para provar que gramaticalmente tais versões não estão desvirtuando nenhuma regra gramatical, irei fornecer gradualmente fontes que confirmam isso:

    Blass, F. e DEBRUNNER, A. A Greek Grammar of the New Testament and Other Early Christian Literature, Chicago: Chicago University Press, 1961 p. 168.

    “The pres.[ent] is not perfective in the those cases where the duration or repetition of an act up to and including the present is to be designated (a temporal expression indicates the intended period of the past): Lk 15:29 τοσαῦτα ἔτη δουλεύω σοι, 13:7 ἰδοὺ τρία ἔτη ἀφ’ οὗ ἔρχομαι, Jn 5:58 εἰμι, 15:27 ἐστέ, 2 C[o] 12:19 πάλαι δοκεῖτε, and others; A [cts] 26:31 πράσσει without temporal designation (referring to Paul’s whole way of life, especially his Christianity).”

    Tradução:

    “O presente não é perfectivo nos casos onde a duração ou repetição de um ato até e incluindo o presente há de ser designado (uma expressão temporal indica o período intencionado do passado): Lc 15:29 τοσαῦτα ἔτη δουλεύω σοι [tosauta etē douleuō]; 13:7 ἰδοὺ τρία ἔτη ἀφ’ οὗ ἔρχομαι [idou pria etē aph’ hou erkhomai]; Jo 8:58 εἰμι [eimi]; 15:27 ἐστέ [este]; 2 Cor 12:19 πάλαι δοκεῖτε [palai dokeite]; e outros. Atos 26:31 πράσσει [prassei] sem designação temporal (referindo-se ao inteiro modo de vida de Paulo, especialmente ao seu Cristianismo).”

    Assim, irmãos e amigos, creio que o principal motivo do William ter desistido do debate foi sua incapacidade de enfrentar com argumentos lógicos sem precisar apelar para subterfúgios. Desde o início ele percebeu que os argumentos opostos não seriam fáceis de refutar.

    Curtir

  • Thales  On 4 de junho de 2014 at 13:04

    Tenho dezenas de artigos do seu site salvos nos meus favoritos, mas, sempre vejo um que ainda não tinha visto. Sou da área de sistemas, logo, querendo ou não, minha jornada de trabalho é toda de frente um computador e vez por outra fico mais tranquilo aqui, posso contribuir com os links que tenho.

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 4 de junho de 2014 at 13:10

    Este assunto parece simples, mas fica complicado quando alguns eruditos tendenciosos e predispostos a defenderem ehyeh como sendo EU SOU a qualquer custo, argumentam que Hayah é explicado corretamente como tendo acepção do verbo SER com atributo de indefinição quanto ao tempo. Eu prefiro ficar com a interpretação alicerçada na maneira em que ehyeh é empregado nas Escrituras da Bíblia Hebraica.

    Curtido por 1 pessoa

  • Sergio Lemos  On 4 de junho de 2014 at 20:38

    Sei que vcs não gostam de links mas por favor veja este…. http://www.mechon-mamre.org/p/pt/pt0203.htm veja a tradução do hebraico para o ingles e após use o tradutor e traduza direto do hebraico para o portugues. É UM ABSURDOOOO!! VERSOS Ex. 3:12 E 14

    Ex.3:12 – e disse que – eu serei contigo, e isso é – você carta que eu te enviei: Bhutziac o – o povo do Egito, servireis – Deus neste monte.- Trad. Hebraico
    12 E Ele disse: “Certamente eu serei contigo; e este será o sinal de ti, o que te enviou: quando tiveres tirado o povo do Egito, servireis a Deus sobre esta montanha “.trad. ingles.

    Ex.3:14 – E Deus disse ao – Moisés, eu vou ser quem eu serei; E ele disse: Assim dirás a Israel, ser, me enviou a vós. Trad. do hebraico
    14 E disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE EU SOU “; e Ele disse: “Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a trad. do ingles.

    Curtir

  • Saga  On 4 de junho de 2014 at 23:23

    É a JPS, e daí?

    Curtir

  • Shinji Mimura  On 5 de junho de 2014 at 16:15

    Opa, boa tarde ae galera… Gosto muito do Site, tem pesquisas otimas… Sou estudante, virei publicador a pouco tempo, gostei muito do livro Raciocinios mas outro dia se não me engano foi o Saga que disse que existem conhecimentos mais Profundos que esse… Enfim, se a grande maioria dos Evangelicos não conseguem lidar com o Raciocinios que eu ja achei fornidavel imagine contra esses conhecimentos mais profundos…

    Olha inclusive algumas perguntas que fiz no Yahoo Resposta que frequento e olha a reação de alguns:
    https://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20140526045855AAWYxBh

    Olha o comentario de alguns que não tem argumentos…

    veja aqui tambem:
    https://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20140521132734AAqfiqQ

    minha resposta esta nos comentarios do MR.

    Mas enfim… a minha duvida é a seguinte… Sabemos que Jesus não é o Alfa e o Omega, como tem até em um artigo muito interessante aqui no Site. Mas apesar de não podermos associar todos Jeová e Jesus com apenas por Titulos, como eu explicaria sobre quando Jesus é chamado de Primeiro e Ultimo em Revelação 2:8?

    Alguem poderia esclarecer ae pra mim por favor… Uma abraço ae galera;;;

    Curtir

  • Queruvim  On 5 de junho de 2014 at 22:20

    O Yahoo Respostas tem alguns usuários que vivem de plantão e nem dormir sequer dormem, com o objetivo SOLO de perseguir, ridicularizar e difamar as Testemunhas de Jeová. Eu o usei por um tempo, mas devido a gangrena da apostasia eu não uso mais tal canal. Até mesmo o YOUTUBE ta ficando altamente contaminado com nudez, pornografia e apostasia. Sem falar que os comentários destes canais é o paraíso dos TROLLs e dos apóstatas, sim…inimigos da adoração verdadeira. Algumas pesquisas revelam que existe uma porcentagem de pessoas que tem problemas mentais. Muitos não são detectados numa conversa, a menos que você seja um neurologista. Em outras palavras, podemos estar teclando com “doidos” sem saber! Junte estes aos que mencionei anteriormente…assim ninguém merece! Isso não é de admirar visto que sob inspiração a palavra de Deus diz que “o Mundo inteiro jaz no poder” de Satanás. (1 João 5:19)

    Curtido por 1 pessoa

  • GIBE TJ  On 5 de junho de 2014 at 22:26

    Shinji, tem um artigo que em síntese já explica a tua pergunta:

    e esta sentinela: w09 15/1 p. 30 Destaques do livro de Revelação — I

    Ali, falando sobre Jesus diz o seguinte: “Ele foi o primeiro humano ressuscitado à vida espiritual imortal e o último ressuscitado assim por Jeová pessoalmente. “— Col. 1:18.

    Espero ter de modo resumido te esclarecido este ponto

    Curtido por 1 pessoa

  • lais  On 5 de junho de 2014 at 22:59

    eu não acho legal vc ficar pregando nesse yahoo ae,é cheio de apostasia e pode te prejudicar.

    Curtido por 1 pessoa

  • oTESTEMUNHAdeJAH  On 6 de junho de 2014 at 0:49

    De acordo com Provérbios 8:24; Colossenses 1:15; e Apocalipse 3:14 Jesus não pode ser eterno, então temos que encontrar uma referencia na vida de Jesus para podermos aplicar a ele o termo “Primeiro e Último” de forma que não se refira a eternidade e assim não contradizendo as escrituras nos textos acima. O próprio Jesus disse certa vez que “a escritura não pode ser anulada” (João 10:35) então não podemos nos esquecer dessas referencias ao explicar o termo “Primeiro e Último” em Apocalipse 1:17.
    Sempre que um adjetivo é aplicado a alguém sem que haja uma explicação, logicamente esse adjetivo deve se enquadrar no contexto de vida da pessoa a quem o adjetivo foi dirigido.
    Em que Cristo é o “Primeiro e Último” segundo a Bíblia? A Bíblia indica que ele é o “Primeiro e Último” em pelo menos dois aspectos:
    1- Cristo é o “Primeiro e o Último” ser do universo a ter sido criado DIRETAMENTE e UNICAMENTE por Jeová.
    A Bíblia mostra que JEOVÁ sempre existiu, ele é eterno (Salmo 90:2) E também mostra que a PRIMEIRA criação feita por ele foi Jesus Cristo (Apocalipse 3:14) no entanto a Bíblia indica que após criar Jesus Cristo, Jeová passou a usá-lo como intermediário, passando, a partir daí, a criar todas as “outras” coisas “por” ele ou “por intermédio dele” (João 1:3; Colossenses 1:16)

    2- Jesus foi o “Primeiro e o Último” ser a ter sido ressuscitado DIRETAMENTE e EXCLUSIVAMENTE por Jeová.
    Em todos os relatos de ressurreição registrados na Bíblia Jeová usou profetas, Jesus ou apóstolos para fazê-los, mas na ressurreição de Nosso Senhor JESUS CRISTO Jeová fez isso de maneira que não usou intermediador. – Atos 2:24; 3:26; 4:10; 5:30; 10:40; 13:30, 33; 17:31; 1 Corintios 6:14; 15:15; 2 corintios 4:14; Gálatas 1:1; Efésios 1:20; Colossenses 2:12; Hebreus 13:20; 1 Pedro 1:21.

    Mas a qual das duas ocorrências se refere o texto de Revelação 1:17?
    Em Revelação 1:17, 18 O “Primeiro e Último” é a mesma pessoa que “E o que vivo e fui morto”, o mesmo que “aqui estou vivo para todo o sempre”.e o mesmo que tem “as chaves da morte e do inferno.(HADES)”

    “Eu que vivo e fui morto” – Cristo se referindo a ele ter sido ressuscitado.
    “aqui estou vivo para todo o sempre” – Cristo se referindo a sua condição de ressuscitado para a vida eterna celestial. -Romanos 6:9 diz “Cristo não morre mais, agora que tem sido levantado dentre os mortos; a morte não domina mais sobre ele.”
    “tenho as chaves da morte e do inferno [hades]” – Jesus se referindo a seu poder de ressuscitar os mortos da sepultura. – Note Apocalipse 20:13.

    TODOS esses adjetivos se referem a RESSURREIÇÃO tanto de Cristo quanto do poder que ele terá em ressuscitar os mortos, por tanto NESSE contexto onde essa expressão foi citada a explicação mais coerente somada ao contexto Bíblico é a de que o termo “Primeiro e Último” em Apocalipse 1:17 se refere ao fato de Jesus ter sido o “Primeiro e o Último” a ser ressuscitado DIRETAMENTE por Jeová sem intermediadores.

    Agora veja a explicação dada pelo site oficial das Testemunhas de Jeová:
    “Mesmo mencionando Jeová como “o primeiro e o último” em Revelação 22:13, indicando que não há ninguém antes ou depois dele, o contexto no primeiro capítulo de Revelação mostra que o título “o Primeiro e o Último” ali se aplica a Jesus Cristo.
    Ele foi o primeiro humano ressuscitado à vida espiritual imortal e o último ressuscitado assim por Jeová pessoalmente. Colossenses 1:18 nos diz: “E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência.”, portanto de acordo com esse contexto podemos entender por que o termo “Primeiro e Último” se aplica a Jesus nesse sentido.” – jw.org

    Espero ter ajudado.

    Curtido por 1 pessoa

  • Shinji Mimura  On 6 de junho de 2014 at 10:23

    é verdade Queruvin, pelas respostas do “RENOVADO” e do Alan, se nota total devoção a calunias e uma absurda aversão a Fatos ou a Biblia que é o que mais importa. O Fato de eles só inchergarem apenas o que querem enchergar é bem Irritante tambem. Mas que tenham por suas escolhas por merito do que receberão.
    Obrigado ae Gibe TJ, o paralelo com Col. 1:18 foi perfeito, e ao Testemunha de Jah que mostrou uma bateria de textos que me ajudou muitissimo.

    é verdade Lais, apesar de ser legal ver esses professos Cristãos tentando de maneira debil defenderem um assunto indefensavel e se atrapalhando todo tentarei voltar para a categoria que pertenço… Quadrinhos e Animações… embora agora parei um pouco de ler quadrinhos pra focar principalmente na leitura e estudo da Biblia.

    Um otimo dia a todos… e muito obrigado ae galera… aguardando o proximo debate… Sobre a trindade novamente com outro Evangelico seria muito legal, ou sobre o inferno de fogo ou Dons de cura e profecias… NO aguardo

    Curtido por 1 pessoa

  • vagner  On 6 de junho de 2014 at 10:52

    joão 8:58 não prova que jesus é Deus. Temos de observa o contexto, notem:
    VERSÃO ALMEIDA

    “E, se na verdade julgo, o meu juízo é verdadeiro, porque não sou eu só, mas eu E o Pai que me ENVIOU.
    E na vossa lei está também escrito que o testemunho de dois homens é verdadeiro.
    Eu sou o que testifico de mim mesmo, e de mim testifica TAMBÉM o Pai que me ENVIOU.”
    João 8:16-18

    “Muito tenho que dizer e julgar de vós, mas aquele que me ENVIOU é verdadeiro; e o que DELE TENHO OUVIDO, isso falo ao mundo.
    Mas não entenderam que ele lhes falava do Pai.
    Disse-lhes, pois, Jesus: Quando levantardes o Filho do homem, então conhecereis que eu sou, e que nada faço por mim mesmo; mas isto falo como MEU Pai me ENSINOU.E aquele que me enviou está comigo. O Pai não me tem deixado só, porque eu faço sempre o QUE LHE AGRADA.”
    João 8:26-29

    “Ora o servo não fica para sempre em casa; o Filho fica para sempre.
    Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.”
    João 8:35-36
    “Eu falo do que VI JUNTO DE MEU PAI, e vós fazeis o que também vistes junto de vosso pai.”
    João 8:38

    “Mas agora procurais matar-me, a mim, homem que vos tem dito a verdade que de Deus TEM OUVIDO; Abraão não fez isto.”
    João 8:40

    “Disse-lhes, pois, Jesus: Se Deus fosse o vosso Pai, certamente me amaríeis, pois que eu saí, e VIM DE Deus; não vim de MIM MESMO, mas ELE ME ENVIOU.”
    João 8:42

    “Jesus respondeu: Eu não tenho demônio, antes HONRO A MEU PAIi, e vós me desonrais.”
    João 8:49

    “Jesus respondeu: Se eu me glorifico a mim mesmo, a minha glória não é nada; QUEM ME GLORIFICA É MEU PAIi, o qual dizeis que é vosso Deus.”
    João 8:54

    Louvado seja Jeová! Pai de nosso senhor Jesus Cristo!

    Curtido por 1 pessoa

  • Celow-TJ  On 6 de junho de 2014 at 18:20

    É interessante notar bem este texto de Romanos, pois diz: “Romanos- 6: 9: “Cristo NÃO MORRE MAIS, agora que tem sido levantado dentre os mortos; a MORTE NÃO DOMINA MAIS sobre ele.”

    Ou seja, antes ele era alguém que sempre foi sujeito à morte então, ela dominava sobre ele? como os trinitaristas explicam isto? Deus estava sujeito à morte antes de vir a terra, só se tornou eterno depois de ressuscitar? ……….. São coisas tão simples, que eles não enxergam!

    Curtido por 1 pessoa

  • Celow-TJ  On 6 de junho de 2014 at 18:28

    Poisé Vagner, é muito simples quando se usa o contexto e deixa a própria Bíblia ensinar por si só.

    João- 17: 3: “Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de TI, o ÚNICO Deus Verdadeiro, e daquele que ENVIASTE, Jesus Cristo.”

    Quem ENVIOU Cristo de acordo neste texto? Resposta da Bíblia: “O PAI”- João- 8: 16. Mas quem é o PAI? Resposta da Bíblia: “o Deus Único e Verdadeiro”- João- 17: 3; 1ª João- 5: 20.

    A Bíblia é tão clara quanto a luz da lua, como ainda não perceberam isso? Satanás realmente cega as pessoas de um modo sem igual.

    Curtido por 1 pessoa

  • Celow-TJ  On 6 de junho de 2014 at 18:33

    O texto de João- 17: 3, faz uma distinção enorme entre o que ENVIOU e o que foi ENVIADO, mas somente aquele que ENVIOU é que foi chamado de Único e Verdadeiro, deixando claro que Cristo não é este Único e Verdadeiro, mas é alguém à parte dele.

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 6 de junho de 2014 at 19:15

    Pastores são notícias todo tempo e isso tem que ser divulgado para as pessoas entenderem que os líderes da IGREJA EVANGÉLICA sempre estão no noticiário de uma forma mui negativa.

    Pastor simula próprio sequestro para tentar esconder traição da esposa

    http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2014/06/pastor-simula-proprio-sequestro-para-tentar-esconder-traicao-da-esposa.html

    Curtir

  • Saga  On 6 de junho de 2014 at 21:02

    Cria outra página além da dos escanda-los sexuais, pra colocar outros tipos de escândalos e crimes.

    Curtir

  • Saga  On 6 de junho de 2014 at 21:04

    Eu acho o Yahoo Respostas Brasileiro uma perda de tempo grande. E o youtube tem o problema, que é o das indicações, quando você digita ou posta um assunto ele busca e relaciona outros junto, e no caso de Jeová e das TJs, vai acabar indicando um monte de opositor e apostasia.

    Curtir

  • Saga  On 6 de junho de 2014 at 21:05

    Se você prestar atenção verá que a JPS é incrivelmente similar a KJV

    Curtir

  • Euclides  On 6 de junho de 2014 at 21:37

    shinji sabe de uma coisa que eu percebi, o melhor lugar para pregar as pessoas é de casa em casa, aqui na internet, ninguém está disposto a abdicar de suas crenças, a admitir que esta errado (salva guardo algumas excessões) no campo, ali sim se acham pessoas sinceras, que querem realmente ouvir o que nós temos a dizer, a internet para nós serve mesmo como intercambio de conhecimento e encorajamento, prossiga seguindo o caminho da verdade… ^^

    Curtir

  • João  On 6 de junho de 2014 at 22:19

    É Queruvim, uma vez eu te falei disso, lembra!? (sobre doentes mentais),melhor, se ter cuidado mesmo há bastante psicose sintomática, Distúrbios maníaco-
    depressivos, Psicopatias ou esquizofrenia por aí … A net está cheia de hebefrênicos e hebóides.

    Curtir

  • Queruvim  On 7 de junho de 2014 at 0:36

    O certo mesmo é fazer como a Organização diz. Nem sequer conversar com outra pessoa na internet e que não conheçamos no mundo real.

    Curtir

  • Queruvim  On 7 de junho de 2014 at 0:43

    Já tive muita vontade de fazer isso. Mas acho que esse povo evangélico tem tanta sujeira que falar mal deles e citar os podres pode acabar fedendo no final de alguma forma. Acho que quem está no meio evangélico e é amante da verdade e da justiça, já deve estar por demais ciente de toda essa podridão que permeia este mundo hipócrita. Está na hora de “sair do meio” da religião falsa. Apoc. 18:4

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 7 de junho de 2014 at 4:55

    Euclides,
    Eu acho que é possível sim ter efeito, inclusive acho que em, pessoas presunçosas e arrogantes tem em todo lugar, a diferença é que as pessoas que vem postar aqui ou se prestam ao papel de debatentes, estão de mente fechada pois já estão mal intencionados previamente, não é difícil com quem vem debater no campo. Os leitores dessa página que estiverem em processo de transição, devem prefere repensar o que creem sozinho, sem se expor, esses que ficam tentando nos combater, fazer pegadinhas e etc, em geral são aqueles que não estão dispostos a admitir qualquer erro.

    Curtir

  • lais  On 7 de junho de 2014 at 19:18

    (deicha eu dar uma corrigida aqui )concordo com Euclides,quando eu ia no campo(obs:não sou desassociada) era tão bom,e vale muito mais a pena do que pregar pela internet com pessoas que vc não tá vendo,com pessoas que vc nem sabe se tão ‘realmente’ interessadas em ‘ouvir’ o que vc tá dizendo, e entre outras coisas…(nuss falei ‘bunito’agora hehe :D)

    Curtir

  • Euclides  On 7 de junho de 2014 at 21:08

    Pelo que eu vejo aqui na página é isso o que você disse, eles vem ja com seus PREconceitos e não dispostos a ouvir nada novo, mas é claro que tem alguns sinceros, mas sao alguns

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 8 de junho de 2014 at 0:05

    TEm gente nadando no dinheiro. Enquanto estas instituições roubam desta forma, o povo sofrendo para pagar as contas. Imagine que instituições de ensino até mesmo Metodista, Católicos e outros! De fato como lemos da palavra de Deus Satanás é realmente o “Governante deste mundo” como Jesus alertou. João 14:27-30; 1 João 5:19 e Luc 4:4. Obrigado por partilhar…esta informação é de doer… mas demonstra que o Governo humano é uma incompetência total e não impedem estas roubalheiras. Pelo contrário, estou começando a achar que o Brasil é governado por uma ditadura oculta sob o disfarce de uma “democracia”. Os impostos e os privilégios do executivo, a ineficácia deles em mudar a lei para punir criminosos, me fazem pensar que há algo maquiavélico por detrás de tudo isso que eu sinto até o cheiro de carniça.

    Curtido por 1 pessoa

  • Solista S  On 8 de junho de 2014 at 0:16

    Achei interessante essas dicas sobre um debate útil:(OBS. moderação REMOVEU LINK devido a conteúdo inapropriado nos links adjacentes)

    1. Evite irrelevância tendenciosa
    Exemplos: ataques pessoais, alegações sobre a motivação do oponente, explicar razões para uma discussão.

    1. Evite citações tendenciosas
      Citações não devem ser alteradas em favor do assunto em debate.
    2. Evite ambiguidades tendenciosas
      Ambiguidades podem usadas para apoiar críticas.
    3. Evite o uso da falácia do espantalho
      Atribuição de pontos de vista ao adversário que este não tem.

    4. Evite afirmações tendenciosas sobre fatos
      Informações passadas adiante nunca devem ser falsas ou incompletas e não se deve omitir informações relevantes.

    5. Evite tons de voz tendenciosos na sua apresentação
      Exemplos: ironia, sarcasmo, pejorativos, exageros, ameaças sutis (ou explícitas).

    Apenas como uma observação, particularmente eu não acho que deveríamos ser muito restritos, sérios, duros, formais com isso tudo. O ponto é conseguirmos cultivar um espaço amigável, onde todos possam se sentir confortáveis pra falar, participar, compartilhar. É só que, ainda assim, saber que estes métodos existem e tentar minimamente aplicá-los pode nos ajudar muito a fazer isso, e também a melhorar as nossas relações no dia a dia – e mesmo nosso rendimento no trabalho, nos estudos, em reuniões diversas. A conversa flui melhor, a comunicação se estabelece de um jeito bem mais fácil (ou menos penoso), as pessoas são ouvidas e consideradas. E se aproximam.

    Que outras dicas práticas você adicionaria à esta pequena lista? Do que sente falta quando participa de conversas e discussões? FONTE: Arne Naess.

    Curtido por 1 pessoa

  • O Protestante ™  On 8 de junho de 2014 at 12:41

    Muito bom o debate, gostei!

    Falando nisso Queruvim, acho que seria bom se o sr. tivesse mencionado que na Peshitta, a mesma passagem é traduzida como “eu era”, ao invés de “eu sou”, já que ela é uma das traduções mais antigas do NT, se não a mais antiga.

    E, mudando um pouco de assunto, só um recado pro pessoal que aparece lá no chat: eu não morri não! Estou sem fone de ouvido, e então não estou podendo aparecer lá. Mas, assim que eu conseguir um, eu volto! 😀

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 8 de junho de 2014 at 18:17

    Eu fui prestar concursos e nunca mais loguei. Mas assim que alguém for me dá um toque.

    Curtido por 1 pessoa

  • Saga  On 8 de junho de 2014 at 20:17

    Sobre pessoas que entram em campo para discutir com TJs, argumentar ou contrargumentar um assunto referente a elas:

    1. Evite irrelevância tendenciosa Exemplos: ataques pessoais, alegações sobre a motivação do oponente, explicar razões para uma discussão.
      É uma das coisas que mais fazem, o debate é sobre X, mas começam a falar de coisas que nada tem a ver com X, como Russel, Corpo Governante e tudo mais, além de acusar Tj de serem pessoas robotizadas que não pensam por si mesmas tendo de seguir tudo que a Torre de Vigia diz. Sem contar as rotulações de seita, heresia de arianismo e blá blá blá.

    “Evite citações tendenciosas
    Citações não devem ser alteradas em favor do assunto em debate”
    Também bem usado, em especial com citações até de publicações de 100 anos atrás.

    “Evite ambiguidades tendenciosas
    Ambiguidades podem usadas para apoiar críticas”
    Existem muitas formas de ser ambíguo, como dizer que as Testemunhas de Jeová não crêem na divindade de Cristo, ou que elas não creem que Jesus é o Senhor. Essas duas afirmações se baseiam na ambiguidade das palavras “divindade” e “Senhor”, sim, pois “divindade” pro opositor significa que Jesus é o segundo membro eterno e todo poderoso da Trindade, e “O Senhor” pra ele é um substituto do nome de Jeová, então dizer que Jesus é o Senhor, é o mesmo que dizer que Jesus é Jeová. Ou a ambiguidade em cima do termo “profeta”, pois as publicações negam que as TJ sejam profetas, no sentido de terem o inspirado dom da profecia sobre o futuro, recebendo revelações, sonhos e visões da parte de Deus, mas afirmam ser profetas no sentido de proclamarem a mensagem publicamente de Deus.

    “Evite o uso da falácia do espantalho
    Atribuição de pontos de vista ao adversário que este não tem”
    Como por exemplo “creem que apenas 144 000 pessoas serão salvas”? Ou que não aceitaram a Jesus?

    “Evite afirmações tendenciosas sobre fatos
    Informações passadas adiante nunca devem ser falsas ou incompletas e não se deve omitir informações relevantes”
    Como os avisos de Russel e de seus sucessores na Watchtower de que não são infalíveis, que suas datas eram cálculos e estimativas e não profecias?

    “Evite tons de voz tendenciosos na sua apresentação
    Exemplos: ironia, sarcasmo, pejorativos, exageros, ameaças sutis (ou explícitas)”
    Mas aí os opositores não iam conseguir nem introduzir seus discursos, que é todo pautado em tom pejorativo, ameaçador, exagerado e irônico. Sempre desafiando, criticando ou ameaçando beliciosamente as TJs.

    Curtido por 1 pessoa