Lucas 23:43 e a Peshitta


1ho5.png

O Dr. Dr. Bruce M. Metzger,  um dos mais respeitados teólogos e erudito evangélico, escreveu a respeito de Lucas 23:43:

“O Siríaco Curetoniano rearranja a ordem das palavras juntando semeron [ hoje] não com met emou ese, [estará]  mas com amen soi lego[em verdade eu te digo]”Em verdade eu te digo hoje que comigo estarás…”

Confira esta versão nestes links

http://www.peshitta.org/

A  Peshitta  siríaca (Sy) entre outras versões antigas, foi usada para consulta pela Comissão de Tradução da Tradução do Novo Mundo. Sendo esta uma  tradução antiga da Bíblia no idioma síriaco baseada nos originais das Sagradas Escrituras é interessante notar a forma como verteu Lucas 23:43. Esta tradução da Bíblia Sagrada remonta ao segundo e terceiro século da era cristã. Há um consenso quase universal de que esta foi vertida dos textos mais antigos do “Novo Testamento” e que portanto, transmite um texto cuja conceituação é maior do que muitos mss posteriores. “Foi primeiro em Antioquia [Síria] que os discípulos, por providência divina, foram chamados cristãos.” (At 11:26)

Dentre as mais antigas versões do chamado “Novo Testamento” a Peshita figura entre os mais antigos, se não a mais antiga versão. E visto que Eusébio a citou, podemos datá-la como sendo de sua época ou anterior a ela. Eruditos calculam que já estivesse disponível entre 140-160 A.D

A maioria dos eruditos cristãos sírios afirmam que a Peshitta é uma tradução dos originais do “Novo Testamento”.

Para maiores detalhes sobre Luc.23:43 veja o artigo :

Lucas 23:43 “Estarás comigo no paraíso” Foi o malfeitor para o céu no mesmo dia? 

“Estarás comigo no paraíso” – Que paraíso? 

Artigo em inglês a respeito da cláusula e a correta pontuação de Lucas 23:43

Gênesis “força ativa” o que dizem léxicos e dicionários?

Anúncios