“Se Jesus é parte de um Trindade, então como entenderiamos o texto de Gálatas 3:20 que diz: “Não há mediador onde apenas uma pessoa está envolvida, mas Deus é apenas um.”, visto que Hebreus 12:24 diz que Jesus é ‘o mediador dum novo pacto’?


“Se Jesus é parte de um Trindade, então como entenderiamos o texto de Gálatas 3:20 que diz: “Não há mediador onde apenas uma pessoa está envolvida, mas Deus é apenas um.”, visto que Hebreus 12:24 diz que Jesus é ‘o mediador dum novo pacto’?

Existem dois Jesus, o Trino e o Intermediador? (Pergunta proposta por Jeosadá

Todos estão convidados a responderem esta pergunta, contudo, sem se desviar do assunto. Evite pular para outro tema ou texto. Use textos bíblicos para apoiar suas conclusões. Releia o que respondeu e veja se tem sentido. 

 

 

VEJA TAMBÉM:

 

O que diziam os Pais pré Nicéia e o que afirmam vários eruditos trinitários a respeito da “Sabedoria” de Provérbios 8:22 ?

 

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Nilson Rocha  On 8 de outubro de 2013 at 11:12

    É porque o papel de Jesus como é mediador é em sua natureza humana,como homem…ou seja o jesus homem é mediador entre o ser humano e o jesus Deus!

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 8 de outubro de 2013 at 11:16

    Essa é a resposta que geralmente os trinitaristas me dão!

    Curtir

  • Jonatan Almeida  On 8 de outubro de 2013 at 11:21

    Onde na bíblia afirma sobre essa dupla natureza de jesus? Como se ele na terra fosse um e no céu se transformasse em outro?

    “Jesus Cristo é o mesmo, ontem, hoje e para sempre”(Heb 13:8) Sempre foi o mesmo, sempre teve a mesma natureza.

    Curtir

  • foxhound  On 8 de outubro de 2013 at 17:55

    quando questionados desta maneira eles não conseguem ter respostas.eles só conseguem tentar debater ou explicar algo quando podem fazer as misturebas e os loucos raciocinios deles, do mais, pode esquecer.

    Curtir

  • jocelyn cabo  On 8 de outubro de 2013 at 23:48

    Prezado Jeozad:O autor da Bblia tem uma linguagem peculiar e precisa ser entendida sem presunosas interpretaes. Alguns tem associado a declarao final em Atos 15:29: “Boa sade para vs”, com obedincia a observncia de abster-se do uso do sangue. Nesta questo agora proposta, Paulo diz: “Ora, no h mediador onde apenas uma pessoa est envolvida”. Isto evidente. Como estar “no meio”ou mediar onde no aja confronto ou disputa? Contudo, h um confronto. Satans e Jeov disputam sobre o valor da criao humana. . O primeiro dizendo que o homem uma criao de segunda classe. Jeov provando, com Jesus como humano, que esta criao maravilhosa. Penso, portanto, que seria um equivoco associar a declarao de Paulo neste texto, como segue: “mas Deus apenas um”, com a mesma uma pessoa citada anteriormente. A ltima declarao to somente acertiva.Valeu me fazer pensar e usar meu tempo e maneira produtiva e edificante.Um abrao Date: Tue, 8 Oct 2013 13:39:51 +0000 To: jocelyn.cabo@hotmail.com

    Curtir

  • Jeosadá  On 8 de outubro de 2013 at 23:51

    Afirmação: “Jesus homem é mediador entre o ser humano e o Jesus Deus!”

    [Afirmação referente ao textos de Gálatas 3:20 e Hebreus 12:24]

    Jesus Homem (Carnal) é o mediador? Será? (Apegarei-me a regra dos quatro textos. Uma sequencia de versículos juntos será considerada um só texto.)

    “Carne e sangue não podem herdar o reino de Deus”. (1 Coríntios 15:50)

    “Pois, onde há um pacto, precisa ser provida a morte do pactuante [humano]. Porque um pacto é válido baseado em [vítimas] mortas, visto que nunca está em vigor enquanto o pactuante humano está vivo. ” (Hebreus 9:16 e 17)

     ”Outrossim, muitos se tinham de tornar sacerdotes [em sucessão], por serem impedidos pela morte de continuarem como tais,  mas ele, por continuar vivo para sempre, tem o seu sacerdócio sem quaisquer sucessores.  Por conseguinte, ele é também capaz de salvar completamente os que se aproximam de Deus por intermédio dele, porque está sempre vivo para interceder por eles.” (Hebreus 7:23-25)

    “Semeia-se corpo físico, é levantado corpo espiritual. Se há corpo físico, há também um espiritual.” (1 Coríntios 15:44)

    Conclusão:

    O Jesus que age como mediador é aquele que foi ressuscitado com um corpo ESPIRITUAL. O mesmo Jesus que existia em sua vida pré-humana. (Filipenses 2:7; João 1:14) Não uma ‘suposta’ fração de três terços, mas um único indiviso Jesus.

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 9 de outubro de 2013 at 9:07

    Jonatan você tem toda razão essa ideia de que jesus era na terra 100 por cento Deus é heresia pura pois paulo em Filipenses afirma que ele “esvaziou-se” da sua natureza divina,mesmo que ele fosse Ho Deus todo poderoso ( o que não é isso que o texto quer dizer com a afirmação que ele existia em forma de deus) ao ser enviado a terra ele veio “esvaziado” dessa condição,não um falso esvaziamento como sugere os trinitaristas..mas ele era um humano como Adão era pois precisa pagar um preço “EQUIVALENTE”,o que não seria possível se ele fosse 100 por cento Deus.

    Curtir

  • Marcelo  On 9 de outubro de 2013 at 15:02

    Jocelyn

    Fico feliz de ver pessoas de ponto de vista diferentes defender suas crenças de maneira educada, e tu tem feito isto. Obrigado!

    Mas sinceramente, acho que não vi lógica no que tu disse, ou não entendi. Um texto diz que quando é só um não precisa mediador, ao passo que o outro diz que Jesus é mediador de um pacto. Pergunta: Pacto entre que duas partes?

    Curtir

  • Saga  On 9 de outubro de 2013 at 23:38

    “Nilson Rocha Em 8 de outubro de 2013 às 11:12 É porque o papel de Jesus como é mediador é em sua natureza humana,como homem…ou seja o jesus homem é mediador entre o ser humano e o jesus Deus!”

    Seguinte….
    Essa resposta é unicista (sabeliana), não é trinitarista (atanasiana).

    Se Jesus está mediando entre os homens e Ele Mesmo, então não existe mediador, o mediador não pode ser uma mesma pessoa que precisa de mediação. Essa resposta das duas naturezas sugere que Jesus é DUAS PESSOAS, uma das pessoas em Jesus atua como Deus e a outra pessoa em Jesus atua como a mediadora, mediando entre Deus e a humanidade.

    Essa ideia de que Cristo seja duas pessoas em uma, é outra das chamadas heresias segundo os Credos da Cristandade.

    Quanto a passagem em questão, quando se escreve “Deus” se está falando do Pai e não da “Natureza Divina de Cristo”. E inclusive está escrito que o Pai é o “um só Deus”, e que Cristo é o “um só mediador”, assim como o Pai [Deus] não é o “um só mediador”, também o Filho [Cristo] não é o “um só Deus”, fugir disso é confundir as pessoas e cair em Unicismo, quebrando a Trindade.

    Curtir

  • Saga  On 9 de outubro de 2013 at 23:41

    “Nilson Rocha Em 8 de outubro de 2013 às 11:12 É porque o papel de Jesus como é mediador é em sua natureza humana,como homem…ou seja o jesus homem é mediador entre o ser humano e o jesus Deus!”

    Seguinte….
    Essa resposta é unicista (sabeliana), não é trinitarista (atanasiana).

    Se Jesus está mediando entre os homens e Ele Mesmo, então não existe mediador, o mediador não pode ser uma mesma pessoa que precisa de mediação. Essa resposta das duas naturezas sugere que Jesus é DUAS PESSOAS, uma das pessoas em Jesus atua como Deus e a outra pessoa em Jesus atua como a mediadora, mediando entre Deus e a humanidade.

    Essa ideia de que Cristo seja duas pessoas em uma, é outra das chamadas heresias segundo os Credos da Cristandade.

    (1 Timóteo 2:5-6) 5 Pois há um só Deus e um só mediador entre Deus e homens, um homem, Cristo Jesus, 6 o qual se entregou como resgate correspondente por todos

    Essa passagem de 1 Timóteo 2:5, quando se escreve “Deus” se está falando do Pai e não da “Natureza Divina de Cristo”. E inclusive está escrito que o Pai é o “um só Deus”, e que Cristo é o “um só mediador”, assim como o Pai [Deus] não é o “um só mediador”, também o Filho [Cristo] não é o “um só Deus”, fugir disso é confundir as pessoas e cair em Unicismo, quebrando a Trindade.

    Curtir

  • Anthony  On 10 de outubro de 2013 at 7:21

    Nilson Rocha, Você esta certo em dizer que Jesus não podia estar na condição Deus para pagar o preço, mas esta equivocado em relação a Filipenses.

    Em Filipenses o texto não se trata da natureza e sim da FUNÇÃO (propósito) de Jesus aqui na terra
    Vamos analisar o texto

    Filipenses 2:6-8
    o qual, embora existisse em forma de Deus, não deu consideração a uma usurpação, a saber, que devesse ser igual a Deus. 7 Não, mas ele se esvaziou e assumiu a forma de escravo, vindo a ser na semelhança dos homens. 8 Mais do que isso, quando se achou na feição de homem, humilhou-se e tornou-se obediente até à morte, sim, morte numa estaca de tortura.

    Diz que ele existia em forma de Deus antes de sua vinda na terra e na terra não usurpou o lugar de Deus, pois tinha que ser homem como você mesmo disse

    Aqui NÃO trata da natureza de Jesus e sim de sua FUNÇÃO, seu PROPÓSITO

    A palavra USURPAÇÃO já deixa claro que se trata de se colocar na POSIÇÃO (lugar, cargo) de outra pessoa, não fala de natureza e sim POSIÇÃO e também diz que ele tomou forma de ESCRAVO, novamente se trata de POSIÇÃO (cargo) e não de natureza

    Quando diz que ele se ESVAZIOU esta tratando que ele deixou sua POSIÇÃO de Deus e tomou POSIÇÂO de escravo e não NATUREZA DE ESCRAVO
    Escravo é uma POSIÇÃO (cargo) e não uma natureza

    Este texto é claro em se referir ao PROPÓSITO e NÃO a NATUREZA

    Em relação a natureza de Jesus basta você ler João 5:18
    …….chamava a Deus de seu próprio Pai, fazendo-se IGUAL a Deus. (afirmação)

    Pelo costume Judaico Filho significa ter a mesma natureza e Jesus como judeu conhecia os costumes e mesmo assim afirmou que Deus era seu próprio pai sabendo o que iriam pensar em relação a essa afirmação

    Jesus também é chamado de Filho do Homem, tendo o mesmo significado, de ter a mesma natureza do homem
    Ele é chamado Filho de Davi, isso significa que tem a mesma natureza (LINHAGEN) de Davi

    Perceba que Jesus possui muitas funções, isso não significa que possui varias naturezas e sim muitas POSIÇÕES

    Ex:
    Sacerdote, messias, profeta, salvador, mediador, forma de Deus, Forma de escravo, DONO DE TODA CRIAÇÂO (CL1:16 , Judas 4 ) etc…….

    Lembre-se de Salmos 49:15
    No entanto, o PRÓPRIO Deus remirá a minha alma da mão do Seol, Pois ele me receberá. Selá.

    A profecia dizia que seria o PRÓPRIO Jeová que resgataria a alma do Homem

    Me responde uma coisa, o que significa O PRÓPRIO?
    Significa ELE MESMO

    E sabemos que foi Jesus quem nos resgatou e é tido como o salvador

    Ex:
    Quando um bombeiro salva alguém, quem leva o crédito de Salvador??
    O bombeiro que salvou ou o chefe que ordenou sua ida para a ocorrência??
    Vemos nos noticiários que sempre é o bombeiro, a não ser que seja o próprio chefe que salvou aquela vida

    Vocês precisão entender e conhecer os PROPÓSITOS de Jesus

    Analisar em que FASE de seu propósito ele estava

    Quando Satanás o tentou ele estava em que fase de seu proposito?
    Ele sentiu fome? Homens sentem fome?
    Portanto ele estava na condição de homem
    Homens são tentados??
    Sim

    Entendam uma coisa, Jesus como homem, tinha que receber poder, autoridade e tudo que recebeu vindo do céu, pois o homem não pode receber nem uma única coisa a menos que lhe seja dada do céu (Jo3:27)

    Portanto, mesmo se Jeová vier a terra como HOMEM, ele precisa receber do céu a provisão ( segundo o que esta escrito em João 3:27 ) para não contradizer as escrituras.

    Curtir

  • Marcelo  On 10 de outubro de 2013 at 11:36

    Por favor leia o contexto de João 5:18. Não foi Jesus que disse que ele se fazia igual a Deus, foram os acusadores.

    Eles também entenderam que Jesus violou o sábado, o que não era verdade. Mas se tu quiser basear a tua fé naqueles a quem Jesus chamou de hipócritas, é escolha tua.

    Aproveitando o teu exemplo dos bombeiros:

    Se o CHEFE do corpo de bombeiros tivesse dito “Eu mesmo vou tomar as devidas providências para que fulano seja salvo”, e então ele organiza os soldados para o local de resgate. Daí o SOLDADO X é o que tira vítima do perigo. O SOLDADO X recebe todo o crédito da mídia. É verdade.

    Significa isto que o SOLDADO X é o seu CHEFE? Ou que o CHEFE não tem mérito algum?

    Curtir

  • Queruvim  On 10 de outubro de 2013 at 12:18

    Em Fil 2:6-8 lemos:

    “o qual, embora existisse em forma de Deus, não deu consideração a uma usurpação, a saber, que devesse ser igual a Deus. 7 Não, mas ele se esvaziou e assumiu a forma de escravo, vindo a ser na semelhança dos homens. 8 Mais do que isso, quando se achou na feição de homem, humilhou-se e tornou-se obediente até à morte, sim, morte numa estaca de tortura”.

    Anthony comentou:

    Aqui NÃO trata da natureza de Jesus e sim de sua FUNÇÃO, seu PROPÓSITO
    A palavra USURPAÇÃO já deixa claro que se trata de se colocar na POSIÇÃO (lugar, cargo) de outra pessoa, não fala de natureza e sim POSIÇÃO e também diz que ele tomou forma de ESCRAVO, novamente se trata de POSIÇÃO (cargo) e não de natureza

    O contexto dos versículos circundantes (3-5, 7, 8) esclarece como o versículo 6 deve ser entendido. O versículo 3 destaca a “humildade mental” e apresenta como prova de tal humildade duas coisas: ‘Considerar os outros superiores’ e ‘visar, em interesse pessoal, também os assuntos dos outros’. A seguir, o versículo 5 introduz a pessoa de Cristo como sendo notável exemplo dessa atitude, dizendo: “Mantende em vós esta atitude mental que houve também em Cristo Jesus”. O texto aconselha os cristãos a imitar a Cristo no assunto considerado aqui. Agora, poderiam os cristãos ser instados a não considerar o “ser igual a Deus” como “uma usurpação”, mas como um direito que lhes cabe? Não, isso seria exatamente o contrário do argumento que estava sendo apresentado! Mas os cristãos podem imitar aquele que “não deu consideração a uma usurpação, a saber, que devesse ser igual a Deus”. Aliás, quem disse que alguém poderia ser ‘igual a Deus’ foi Satanás. – Gn 3:5. O texto portanto não está falando de PROPÓSITO mas sim ATITUDE. Atitude esta que temos que imitar. Ser humildes na mente. Jesus foi um exemplo para nós neste sentido por se sujeitar a Jeová Deus e não procurar tomar a posição do Ser Supremo, Jeová. Jesus existia em forma de Deus no sentido de que tinha poder nos céus. Os anjos são chamados de “Deuses” (Salmo 8:5) quanto mais o primeiro de todos que veio a existir! Sim, Jesus foi o “princípio da criação de Deus” (REv. 3:14) o “primogênito de toda a criação” (Col 1:15) e foi por meio dele que Jeová fez todas as coisas. (João 1:3 Heb 1:1-3) é por isso que Jesus existia “em forma de Deus”. Não que ele fosse O DEUS, mas por ser poderoso nos céus. O verso 8 diz que Cristo Jesus se tornou “obediente”. Pode imaginar Deus obedecendo a alguém?Isso não tem sentido!

    Isso contradiria Daniel 4:35 que diz a respeito de Jeová: “e ele age segundo a sua própria vontade* entre o exército dos céus e os habitantes da terra.

    Fará sentido se aceitarmos que Jesus é um MEDIADOR entre Jeová Deus, o Pai e os homens. Você Anthony afirma que Jesus “Não se coloca na POSIÇÃO (lugar , cargo)” de Jeová,por estar em uma POSIÇÃO humana? Isso contradiz Galatas 3:20 onde mostra que a POSIÇÃO DELE É DE MEDIADOR. Este sim fala de POSIÇÃO! Ao passo que Fil. 2:6 fala de ATITUDE MENTAL. Sim, atitude de um ser sujeito a Deus e exemplo para nós. É claro que você está forçando sua teologia por distorcer o texto, inferindo idéias filosóficas na palavra de Deus.Este tipo de doutrina confusa não é nem mesmo entendida pelos pastores evangelicos que estão divididos em diversas vertentes de entendimento. Uma verdadeira Babel ou confusão.

    E mais Sr “Anthony” não vai pensando que vou postar tudos os seus comentários aqui não! Em um ultimo post seu atacou a organização de Jeová perguntando:

    “vc cha que sua organização é perfeita”? Nenhuma Testemunha de Jeová acha isso!

    Qual é a posição oficial das Testemunhas de Jeová sobre o assunto?

    A Sentinela, expressou-se várias vezes sobre este assunto.Por exemplo, afirmou em janeiro de 1883, página 425:

    “Não temos o dom da profecia.” (A Sentinela de Janeiro de 1883)

    A Sentinela de 15 de dezembro de 1896, página 306 diz:

    “Não desejamos que os nossos escritos sejam reverenciados ou considerados infalíveis.”

    Acrescentou em 15 de agosto de 1950, página 263:

    “A Sentinela não se diz inspirada em suas pronunciações nem é dogmática.”

    Mais recentemente, em 15 de agosto de 1981, página 19, reconheceu:

    “Os irmãos que preparam essas publicações não são infalíveis. Seus escritos não são inspirados assim como eram os de Paulo e dos outros escritores bíblicos. (2 Timóteo 3:16) E assim, às vezes, tornou-se necessário corrigir conceitos, conforme o entendimento se tornou mais claro (Provérbios 4:18).”
    (Clique aqui e veja como tentou descaracterizar o que As TJ REALMENTE PENSAM)

    Curtir

  • jocelyn  On 10 de outubro de 2013 at 14:34

    Não vejo como associar duas declarações diferentes, feitas em momentos e circunstancias diferentes, a pessoas diferentes, com nível de conhecimento completamente diferentes. Em Gálatas 3:20, em uma só frase, Paulo faz duas declarações distintas, separadas uma da outra, pelo alvo que Paulo sempre buscou, o esclarecimento objetivo do papel de Jesus no propósito do seu Deus e Pai, sem a preocupação com a verdadeira identidade do Pai,pois, com a relação a este assunto, nem êle nem seus leitores tinham a menor dùvida. Estas, só surgiram após o terceiro século,e , foram criadas pelos inimigos da Verdade.

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 10 de outubro de 2013 at 16:25

    Olá Anthony para mim é prazer trocar umas idéias a respeito desse tema no clima de respeito.Em primeiro lugar antes de considerar a sua afirmação sobre o texto de Filipenses gostaria de dar atenção a sua declaração sobre o texto de João 5:18.
    Você declarou:…….chamava a Deus de seu próprio Pai, fazendo-se IGUAL a Deus. (afirmação)
    A pergunta que lhe faço é : onde se diz no contexto que Jesus se fez igual a Deus? Tem alguma declaração do próprio cristo afirmando ser ele Deus?
    Não ,não tem! Então a que conclusão podemos chegar?bem analisemos o contexto e vejamos o que na verdade aconteceu.
    O contexto mostra que Jesus havia realizado uma cura no sábado e para os judeus tal atitude era uma violação da lei de Deus referente a guardar semanalmente o sábado.
    Por essa razão ELES ACUSARAM a Jesus de ser um violador do sábado.
    Note a parte A do vesiculo: “ Por essa razão,todos os lideres judeus ficaram ainda com mais vontade de matar a Jesus porque, além de desobedecer ás leis a respeito do sábado….”( Nova bíblia viva)
    Eu te pergunto essa afirmação era verdadeira? Jesus realmente violava a lei de Deus sobre o sábado?
    Vejamos: gálatas 4:4 declara: “vindo,porém ,a plenitude do tempo,Deus enviou seu filho ,nascido de mulher,nascido sob a lei.”
    Mateus 5:19: referente a lei de Moises Jesus declara:” aquele,pois que violar um destes mandamentos,posto que dos menores,e assim ensinar aos homens,Será considerado mínimo no reino dos céus;aquele, porém, que os observar e ensinar ,esse será considerado grande no reino dos céus.”
    Mateus 23:23 sobre a lei encontrada em levitico 27:30,Numeros 18:12;deuteronômio 14:22-23.referente ao pagamento dos dízimos de diversas ervas Jesus afirma na parte final do versículo: “Deveis,fazer estas cousas,sem omitir aquelas”.
    Conclusão: Jesus jamais violou o sábado..Só que ele guardava o sábado de acordo com a lei amorosa de Jeová e não segundo os preceitos farisaicos. Enquanto a lei vigorasse ela era o padrão a ser obedecido qualquer que insinuasse que ela não deveria ser obedecida era considerado apostata.
    Mas o Judeus viam nisso uma violação da lei..então eu te pergunto: Se eles concluíram ERRONEAMENTE que cristo violava o sábado não estavam também errados quanto a declaração que ele se fazia igual a Deus?

    O ponto em questão é que tal passagem descreve a opinião dos inimigos de Jesus! Foram ELES que concluíram ERRONEAMENTE que Jesus se fazia “igual a Deus”, do mesmo modo como concluíram ERRONEAMENTE que Jesus “violava o sábado”.

    Não vejo aqui como você ver uma prova de que ele fosse o próprio Deus todo poderoso.
    Por sinal o que ele declara no versículo 19 é esclarecedor:

    “O Filho não pode fazer nem uma única coisa de sua própria iniciativa, mas somente o que ele observa o Pai fazer. Porque as coisas que Este faz, estas o Filho faz também da mesma maneira.” – João 5:19, NM
    Depois trataremos da sua alegação sobre Filipenses !

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 10 de outubro de 2013 at 16:49

    Bem,queruvim se o camarada não sabe “discutir ” com respeito e elegância( como diz um irmão amigo meu) não adianta mesmo estar postando os comentários dele e tão pouco estarmos respondendo!

    Curtir

  • Jeosadá  On 10 de outubro de 2013 at 16:51

    Jocelyn Cabo disse:

    “Nesta questão agora proposta, Paulo diz: “Ora, não há mediador onde apenas uma pessoa está envolvida”. Isto é evidente. Como estar “no meio”ou mediar onde não haja

    confronto ou disputa? Contudo, há um confronto. Satanás e Jeová disputam sobre o valor da criação humana. O primeiro dizendo que o homem é uma criação de segunda

    classe. Jeová provando, com Jesus como humano, que esta criação é maravilhosa. Penso, portanto, que seria um equivoco associar a declaração de Paulo neste texto, como

    segue: “mas Deus é apenas um”, com a mesma uma pessoa citada anteriormente. A ultima declaração é tão somente acertiva.”

    —————————————–

    Sintetisando o seu comentário:

    1 – Mediar só é possivel se há confronto ou disputa.
    2 – O confronto no qual Jesus esta mediando é entre Satanás e Jeová.
    3 – Há um confronto que gira em torno da questão sobre o valor do Homem.
    4 – Jesus provou que o valor do Homem é mais elevado do que Satanás alega ser.
    5 – A frase “Deus é apena um” é apenas uma afirmação que não se relaciona com o contexto do versiculo.

    Vamos agora analizar mais a fundo suas afirmações.

    * Sobre a afirmação 1:

    Uma definição melhor para “Mediador” (Estudo Perspicaz -> http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200002957): Alguém que atua entre duas partes discordantes para

    reconciliá-las; intercessor; intermediário ou medianeiro.

    * Sobre a afirmação 2:

    O objetivo de haver um mediador, como explicado acima, é para RECONCILIAR ‘duas partes discordantes’.

    Acha mesmo que Jeová usa Jesus para se reconciliar com Satanás? Será que poderiamos entender então que a mediação é apenas para se ‘comunicar’? Não, visto que em Jó

    1:6 e 7 Satanás aparece para tomar sua posição perante Jeová.

    Mas será que Jeová falou diretamente com Satanás?
    Bem o profeta Micaías teve uma visão na qual ele viu um anjo se comunicando com Jeová diretamente. (1 Reis 22:14, 19-23) Então nada impede que Jeová tenha falado com

    Satanás sem intermediário, visto que ele tambem é uma criatura espiritual.

    Então quem é que Jesus está mediando? De um lado está Jeová. E do outro? o Israel de Deus, cristãos ungidos pelo espírito. (Galatas 6:16, 1 Pedro 2:9) Estes fizeram um

    pacto; o Novo Pacto Hebreus 12:24 (Para saber mais clique aqui http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200001054)

    * A afirmação 3 e 4 não se relacionam com o texto em questão (Vide resposta a afirmação 2).

    * A afirmação 5 se relaciona SIM com o contexto do versiculo. Veja como é Galatás 3:20 em outra traduções:

    Nova Versão Internacional:
    Contudo, o mediador representa mais de um; Deus, porém, é um.

    Portuguese New Testament: Easy-to-Read Version
    Mas um mediador não é necessário quando existe apenas um lado, e Deus é um só.

    Por isso, se existisse mais de um Deus, Jesus poderia mediar duas partes (Dois Deuses). Mas para anular essa afirmação, Paulo deixa claro o ‘Lema’ Hebraico: “Jeová,

    nosso Deus, é um só Jeová.” (Deuteronomio 6:4)

    A lógica é a seguinte:

    Imagine que você fosse fazer uma conciliação na justiça (veja -> http://www.cnj.jus.br/programas-de-a-a-z/acesso-a-justica/conciliacao).
    Teria sentido haver uma mediador em uma audiencia onde você discordaria de você mesmo? (Isto na verdade seria uma evidência de dupla pesonalidade, um disturbio

    mental). Além do mais, a mediação, por definição, é uma forma de solução de conflitos por meio de uma terceira pessoa que não está envolvida com o problema.
    Se Jesus fosse Deus, como ele poderia mediar um pacto entre ele e outros? Isso não é mediação, pois ele estaria resolvendo o problema diretamente com a outra parte

    discordante.

    Conclusão:
    Jesus não pode ser Deus se ele for o mediador. Ou ele não pode ser o mediador se ele for Deus.

    Portanto temos duas opções:

    A)Jesus é Deus, logo não é o mediador.
    B)Jesus é o mediador, logo ele não é Deus.

    Escolha a alternativa.

    Resposta -> (Hebreus 12:24)

    Atenciosamente:
    Jeosadá

    Curtir

  • Marcelo  On 10 de outubro de 2013 at 16:54

    Detalhe:

    Se as declarações daqueles judeus fossem dignas de confiança, nós estariamos iguais aos atuais judeus, ainda aguardando o messias.

    Curtir

  • Jeosadá  On 10 de outubro de 2013 at 17:19

    Alguns podem afirmar que Deus não usou um mediador ao fazer um pacto com Abraão (Gênesis 12:1-3), logo, afirmando que nesse caso o mediador ‘Jesus’ estava embutido em Deus (uma alusão a Trindade).

    Mas, relativo ao Pacto Abraâmico, veja o que diz o Estudo Perspicaz das Escrituras (http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200001054)

    “Ao considerar os pactos abraâmico e da Lei, Paulo declarou o princípio de que “não há mediador onde apenas uma pessoa está envolvida” e então acrescentou que “Deus é apenas um”. (Gál 3:20; veja MEDIADOR.) Jeová fez o pacto com Abraão unilateralmente[Unilateral é um tipo de contrato em que só uma das partes se obriga para com a outra]. Tratava-se, na verdade, duma promessa, e Jeová não estabeleceu condições que Abraão tivesse de satisfazer a fim de que a promessa fosse cumprida. (Gál 3:18) Assim, não se usou nenhum mediador. Por outro lado, o pacto da Lei era bilateral. Foi feito entre Jeová e a nação de Israel, tendo a Moisés como mediador. Os israelitas concordaram com os termos do pacto, fazendo uma promessa sagrada de obedecer à Lei. (Êx 24:3-8) Este pacto posterior não invalidou o pacto abraâmico. — Gál 3:17, 19.”

    E deixo agora um recado a todos que postam comentários neste post:
    Comentem o texto de Gálatas 3:20. Por favor, não é necessário se desviar do tema.

    São perguntas simples:
    Existem dois Jesus, o Trino e o Intermediador?
    Se só há um, qual dos dois ele é?
    Jesus pode ser os dois ao mesmo tempo?

    RESPONDAM COM TEXTOS BÍBLICOS!

    Curtir

  • Jeosadá  On 10 de outubro de 2013 at 17:25

    Pessoal, eu estou um pouco confuso.
    Vamos ser todos sinceros uns com outros.

    Eu sei que o Queruvim e o Saga são Testemunhas de Jeová.

    Mas e o Marcelo, Givanilson, Nilson Rocha e o foxhound são Testemunhas de Jeová?

    (Eu não estou sugerindo nada! Eu só quero saber se SIM ou NÃO.)

    Eu sou Testemunha de Jeová há 19 anos.

    Curtir

  • Marcelo  On 10 de outubro de 2013 at 19:40

    Eu sou🙂

    Curtir

  • jocelyn  On 10 de outubro de 2013 at 21:39

    Prezado Jeosadá:
    A definição para Mediador encontra quatro definições. Felizmente a lingua portuguesa é riquíssima, e, embora algumas palavras sejam sinônimas, encerram diferenças sutis. Neste caso encontramos tambem como definição a palavra intermediário ,que se ajusta perfeitamente a questão, e nunca reconciliador. Jesus se apresenta como Reconciliador, entre Deus e o Homem.Assim, Êle, (Jesus) age como verdadeiro e ativo mediador, não como apaziguador, mas deixando claro quem está certo ou errado Entendi, se é que entendi, que a rica defesa que fez da identidade de Jesus e do seu Pai e Deus Jeová, teve como objetivo pessoas que ainda não entenderam, (e talvez nunca entendam) esta questão vital.
    Parabens!

    Curtir

  • GIBE TJ  On 10 de outubro de 2013 at 22:18

    Jeosadá, você não falou de mim, mas só pra saber também sou Testemunha de Jeová há 22 anos. E para provar isto, hoje nas necessidades locais da reunião, falou a respeito da segurança das pessoas nas assembleias e congressos.

    Curtir

  • Marcelo  On 10 de outubro de 2013 at 23:19

    Tenho sentido falta do “Protestante”, que pelo que lembro não era TJ, mas parecia entender a verdade clara da bíblia.

    Curtir

  • Jeosadá  On 10 de outubro de 2013 at 23:36

    “Eis que agora eu creio Senhor!”
    kkk…

    Quando o ancião da minha congregacão disse que era um anuncio importante eu pensei que fosse sobre a Nova TNM revisada. Eu acho que eles ainda vão esperar sair em Portugues para anunciar em todas as congregações do Brasil.

    Engraçado, quando eu era criança e ouvia falar de um anuncio “muito importante” eu achava que era para anunciar uma perseguição ou proscrição, ou ate a grande tribulação.

    Mas essa questão da segurança em congressos e muito importante. Aqui na minha região os congressos acontecem em um ginasio com muitas arquibancadas e escadas. Vez por outra alguem torce o pe….

    Tem mais alguma TJ por ai?

    Curtir

  • Jeosadá  On 10 de outubro de 2013 at 23:54

    Minha querida Jocelyn, não se trata de quem esta certo ou errado. Debates dificilmente terminam em conciliação ou um entendimento correto do assunto.
    So deixam pessoas sinceras magoadas e frustadas. Nunca tive isso como alvo em minhas conversas com outras pessoas.
    O “X” da questão é entender o que a Biblia realmente ensina.
    Doutrinas vão e doutrinas vem, mas o mais importante é se apegar a uma que se baseia na Biblia como autoridade.
    As Testemunhas de Jeová tem se esforçado em fazer isso.

    Obrigado por expressar aquilo que pensa e ter tirado tempo para meditar no assunto.

    Atenciosamente:
    Jeosadá

    Curtir

  • Queruvim  On 11 de outubro de 2013 at 0:10

    Ele não logou nem mesmo no raidcall. Ele é muito dedicado aos estudos e é um rapaz bastante inteligente. É de surpreender o tanto que ele vai fundo em sua pesquisa.

    Curtir

  • Saga  On 11 de outubro de 2013 at 0:47

    Não deve sair num Congresso ou Assembleia?

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 11 de outubro de 2013 at 7:27

    Jeosáda para confirmar que de fato eu (Givanilson,que é o mesmo Nilson Ro0cha) sou tj veja a minha pagina no face procure Nilson Rocha e verá,um grande abraço!

    Curtir

  • jocelyn  On 12 de outubro de 2013 at 12:07

    Meu QUERIDO JEOSADÁ, o nome JOCELYN, de origem teutônica, é usado para identificar pessoas de ambos os sexos. No meu caso, o masculino.
    Obrigado.
    Sem ressentimentos.

    Curtir

  • Jeosadá  On 12 de outubro de 2013 at 16:38

    Só pra ratificar:
    Um dos problemas do Debate é que GERALMENTE se encarar o outro lado como adversário. O objetivo final acaba sendo apenas de derrotar o outro, fazendo ambas as partes se hostilizarem. O objetivo na verdade deveria ser um ‘afunilamento de ideias’, uma conclusão correta do assunto. Mas DIFICILMENTE isso acontece…

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 14 de outubro de 2013 at 12:42

    Bem, gostaria de fazer uma abordagem sobre Filipenses e o argumento proposto por Antony sobre a divindade de Jesus,mas só pretendo fazer isso se ele se pronunciar sobre a minha explicação de João 5:18 estou no aguardo!

    Curtir

  • Queruvim  On 14 de outubro de 2013 at 13:16

    Prezado, este Anthony não é bem vindo aqui. Pelo seguinte. Rejeita textos bíblicos claros a fim de ficar nesta discussão infindável. Sem chance. Não vou mais postar argumentos dele aqui. Já há material suficiente para ele perceber que está errado. Cegueira a gente até entende mas teimosia junto, não! O objetivo de alguns é simplesmente o de debater e tentar confundir até mesmo os que tem um claro entendimento da verdade sobre a natureza de Deus. A causa de alguns não é promover o conhecimento exato, mas idéias pessoais e atrair a sí os verdadeiros discípulos de Cristo para uma vida de inatividade segregada e fora do grupo de adoradores genuínos. Veja o que aconteceu com os que persseguiram o irmão Rutherford, se espalharam e no fim não produziram nada que preste. Totalmente infrutíferos. Mas pode ter certeza que alguns deles, até o tempo da velhice morreram tentando debater ou discutir com uma Testemunha de Jeová. A organização de Jeová por meio de Rutherford os convidou a se “retirarem de Betel” nos Estados Unidos e foi a melhor coisa que ele fez. O mesmo eu peço aos trinitários que sequer possuem argumentos coerentes. A pessoa fica se achando inteligente e escrevendo asneiras sem fundamento e sem apoio das Escrituras visando obviamente desviar alguns da adoração de Jeová.Fazem uso de linguagem aparentemente persuasiva, mas cheia de engodos e embustes satânicos, provenientes de idéias pessoais ou tradição religiosa com suas teologias inspiradas por demônios. Atendo-so a textos seletivos e fora do contexto geral da Bíblia, que em sua simplicidade demonstra o óbvio, a saber, que Jesus foi criado por Deus (Apoc 3:14) e ocupa a posição de Rei desingnado por Jeová,(Salmo 110:1,2) estes opositores exalam apostasia e sentimento de rivalidade que os cega de tal maneira que sequer percebem as coisas que dizem. Recusam teimosamente e recorrentemente aceitar textos simples da palavra de Deus.João 14:28) Não é mais bem vindo aqui.(Rom 16:17) Os trinitários que insistirem em defender suas teses mesmo depois de serem esclarecidos, naõ tem mais vez aqui.(Atos 20:30) Hoje tudo que é fé herética prega a trindade. Pastores já estão mostrando os frutos de sua forma de adoração. Ao passo que alguns consideram o título “pastor” como sinônimo de destaque e poder sobre membros devotos desta confusão religiosa, eu considero o título nada mais que representantes do Diabo em sua maioria, principalmente os violadores da lei do silêncio, charlatões, pastores maçonicos, os envolvidos com a política corrupta, os que apoiam orações no mundo esportivo, (como se Deus fosse só dos brasileiros, ou São paulinos…povinho sem noção! ) os inúmeros pastores batistas que estão apoiando integralmente casamento gay, os que enriquecem as custas da Bíblia Sagrada ou ainda os que escrevem em franca revolta contra Jeová, por atacar as Testemunhas de Jeová, sem ter moral alguma para isso. É o que mais tem, charlatão com o nome de pastor. Hoje estou certo, de que a pedofilia no meio das igrejas chamadas evangélicas supera em muito os escândalos de outrora advindos da Igreja Católica. É só digitar “Evangélicos e a pedofilia- Assustador” e temos uma demonstração da situação em que a Igreja evangélica se encontra. Se vc visita esta pagina, e está lendo isso, e é evangélico, saiba que não estou generalizando, mas uma olhada na página que escrevi sobre estes assuntos deixa a questão bem claro para todos.

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 14 de outubro de 2013 at 14:02

    Ok,estou de acordo!

    Curtir

  • jocelyn  On 14 de outubro de 2013 at 23:15

    Sou um profundo apreciador dos que se apegam a princípios bíblicos. 1 Tim. 3:13

    Curtir

  • Ivone Pinheiro  On 15 de outubro de 2013 at 14:42

    amigo queruvin nao tenha medo de falar a verdade, estudante da bibia
    ,

    Curtir

  • foxhound  On 15 de outubro de 2013 at 20:10

    sim sou tj. um abraço.

    Curtir

  • Thiago Farias  On 15 de outubro de 2013 at 21:54

    Olá sou estudante das testemunhas de Jeová..e gostaria de participar dos debates🙂

    Curtir

  • Jeosadá  On 17 de outubro de 2013 at 13:48

    Tem algum Trinitario por ai que sabe responder ou vão apelar pro “MISTÉRIO”?

    Acordem e abram os olhos.

    A trindade é um ensino pagão.

    Ensinos de demônios.

    Não acrescente e adulterem a palavra de Deus.

    Apegue-se a verdade CLARA da Biblia e entenderá qualquer ensino biblico duma maneira simples.

    Só não vale apelar pro Mister M…
    (Kkk…)

    Atenciosamente
    Jeosadá, (Rei da Pavéia né Queruvim? Kkkkk….)

    Curtir

  • Queruvim  On 17 de outubro de 2013 at 14:01

    Estou preparando um artigo. Vai ser um daqueles bem elaborados.

    Curtir

  • Saga  On 17 de outubro de 2013 at 21:30

    O Botafogo praticamente não participou em responder essas perguntas, sendo que algumas delas são ótimas para ele. Ele comentou na pergunta que falava sobre Estevão, que era uma pergunta para Trinitaristas, que podiam comentar porque o Espírito Santo não tinha um trono junto de Deus, não era uma pergunta própria para Unicistas, pois bem, tem outras perguntas que servem para Unicistas, como essa do mediador, tanto trinitários como unicistas deveriam responder, se Jesus é o mesmo que Deus, então como ele é o mediador? Ele media com ele mesmo?

    Curtir

  • TNM(R)  On 19 de outubro de 2013 at 20:50

    Sobre Mateus 24:36:

    “O fato de Jesus não saber o dia e a hora, não tem nada a ver em ele estar em corpo terreno. Mesmo depois que ele se esvaziou (Filipenses 2:7) ele ainda sabia e lembrava das coisas que tinha aprendido antes de vir à terra:

    João 3.12 (lembrava das coisas celestiais)
    João 8.28 (lembrava do ensino do Pai)
    João 6.62 (lembrava de sua antiga posição)
    João 12.49 (lembrava dos mandamentos do Pai sobre o que falar)
    João 17.5 (lembrava da glória que tinha, antes mesmo do mundo existir)
    João 18.36 (lembrava os motivos que o fizeram vir ao mundo)
    Lucas 13.43 (lembrava das tentativas de resgate de seu povo)

    Se lembrava de todas estas coisas, por que somente o dia do fim ele não sabia?

    Então se Jesus disse que não sabia nem a hora e nem o dia, significa que ele também não sabia disso nem antes de vir a terra, porque mesmo depois que ele se esvaziou, ele continuou com suas lembranças das coisas que via, fazia, sabia e aprendia enquanto estava no céu. Então logo, Jesus não é onisciente igual ao Pai.”

    Fonte: http://www.forumevangelho.com.br/t1170-jesus-e-onisciente

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 20 de outubro de 2013 at 22:31

    tai gostei desse comentário,parabéns “TNM “

    Curtir

  • Queruvim  On 21 de outubro de 2013 at 0:13

    Este comment foi profundo!

    Curtir

  • jocelyn  On 23 de outubro de 2013 at 16:40

    Por muito tempo tem sido entendido que a declaração de Jesus em Mateus 24:36, refere-se a êle não saber a data e momento em que “aquele dia” ocorrerá. Entretanto,já lhes ocorreu, que êle não fazia referência nem a dia, mês ou hora, mas, as exatas circunstâncias que antecederiam ao “Dia”?. No contexto, Jesus descreve circunstâncias. Este entendimento, que não distorce as Escrituras,se harmonizaria de maneira lógica e racional à declaração de Jesus. Esta visão do assunto não visa gerar celeuma, apenas reflexão.

    Curtir

  • Nilson Rocha  On 27 de outubro de 2013 at 15:07

    Sim,mas dentro da questão levantada isso é fundamental pois o PAI SABIA desse dia e dessa hora…porque? Ora o pai que é o Deus todo poderoso não é Jesus simples assim…

    Curtir

  • J. Antônio  On 2 de novembro de 2013 at 11:18

    NÃO HA UMA TRINDADE é apenas o Pai e o Filho, o Filho é que intercede por nós e o espírito de Deus é exatamente o que se lê – “o espírito de Deus” ou seja, o espírito de Deus é o mesmo Deus presente, a divindade são apenas duas pessoas…

    Curtir

  • Queruvim  On 2 de novembro de 2013 at 19:59

    O espírito de Deus foi retirado de Moisés e foi “distribuído sobre 70 dos Anciãos de Israel”.(Números 11:17,25) Hebreus 2:4 diz que Deus dá “distribuições de espírito santo” o que então, vem a ser o “espírito santo de Deus”?

    As Escrituras deixam claro que o espírito santo é a força que Deus usa para realizar sua vontade. Quando o anjo Gabriel revelou a Maria que ela teria um filho apesar de ser virgem, ele disse: “Espírito santo virá sobre ti e poder do Altíssimo te encobrirá. Por esta razão, também, o nascido será chamado santo, Filho de Deus.” (Lucas 1:35) Segundo as palavras de Gabriel, há uma relação entre o espírito santo e o “poder do Altíssimo”.
    Uma idéia similar aparece em outras partes da Bíblia. O profeta Miquéias disse: “Eu mesmo fiquei cheio de poder com o espírito de Jeová.” (Miquéias 3:8) Jesus prometeu a seus discípulos: “Ao chegar sobre vós o espírito santo, recebereis poder.” (Atos 1:8) E o apóstolo Paulo falou do “poder de espírito santo”. — Romanos 15:13, 19.
    Portanto, o que concluímos de tudo isso? Que há uma relação estreita entre o espírito santo e o poder de Deus. O espírito santo é o meio que Jeová usa para exercer o seu poder. Em termos simples, o espírito santo é o poder de Deus em ação, ou sua força ativa. E que força impressionante! Não dá para imaginar o poder que foi necessário para criar o inteiro Universo. Por meio do profeta Isaías, Jeová sugeriu que meditássemos no seguinte: “Levantai ao alto os vossos olhos e vede. Quem criou estas coisas? Foi Aquele que faz sair o exército delas até mesmo por número, chamando a todas elas por nome. Devido à abundância de energia dinâmica, sendo ele também vigoroso em poder, não falta nem sequer uma delas.” — Isaías 40:26.
    Assim, a Bíblia indica que o Universo e toda a sua ordem e harmonia existem graças à “energia dinâmica”, ou poder, do Deus Todo-Poderoso. Sem dúvida, a força ativa de Deus é imensa, e nossa própria existência depende dela. — Veja o quadro “O espírito santo em ação”.
    Jeová pode usar seu espírito santo em grande escala, como na criação do Universo. Mas ele também pode usá-lo em favor de sua criação humana. A Bíblia fala de muitas ocasiões em que Deus, por meio de sua força ativa, infundiu poder em seus servos na Terra.

    Curtir

  • botafogo  On 20 de novembro de 2013 at 14:36

    Irmão Saga eu nem tinha visto essa pagina talvez por falta de tempo ou por passar despercebido. VOU LER O TEXTO E RESPONDER.

    Curtir

  • Danilo Fernando  On 22 de novembro de 2013 at 10:45

    Olá a todos. Hoje a noite posto meus comentários sobre esses dois textos. E depois irei enviar para vocês uma pergunta legal…

    Curtir

  • botafogo  On 25 de novembro de 2013 at 20:24

    Abençoado Saga antes de responder a pergunta ser Cristo o Mediador, a propiciação, o sumo sacerdote, o cordeiro o Bom Pastor ou seja Jesus é tudo em todos quero tirar uma dúvida.

    No livro de Jeremias 23:5 diz sobre o aparecimento de um “Renovo justo” e diz que Jeová suscitaria esse renovo.Como Jeová suscitaria um renovo para um rei reinar? Se Ele suscitou um renovo não seria para que esse renovo venha a reinar?No mesmo versículo diz o nome pelo qual o “renovo” deverá ser chamado.

    Essa é minha dúvida.Agora vamos para o texto:

    Cristo é o centro da História. Ele é a figura central desde Gênesis até o Apocalipse. Há nas sagradas Escrituras sobre tudo no Antigo Testamento, figuras, imagens, objetos, ritos,cerimônias e personagens que tipificam a pessoa de Cristo, o Senhor.
    Todos as profetas anunciaram a vinda do Messias, todos anunciaram as Boas Novas mas não conheceram a revelação pois era segredo que só se revelaria através do Ap. Paulo.
    Vejamos o que o apóstolo Pedro diz: 1 Pedro 1:10 “Os profetas que profetizaram a respeito da benignidade imerecida que vos era destinada.”
    Os profetas do Antigo Testamento anunciaram a chegada de um Messias, de Cristo, das bênçãos e a Graça que seriam derramadas, e eles inquiriram o que seria. Porém, como a Graça não foi destinada a eles, e sim a nós, não a vivenciaram.
    Lucas 18:31-34 “No entanto, não compreenderam o significado de nenhuma destas coisas; mas esta pronunciação lhes era escondida e não sabiam as coisas faladas.”
    Quando Jesus morreu não foi nenhuma novidade para Deus. Sua morte foi um desígnio pré- estabelecido por Deus, desígnio este que tinha sido anunciado por todos os profetas. Mas ninguém compreendia o plano de Deus.
    Lucas 24:27-27 “Disse-lhe [Jesus] assim: Ó insensatos e vagarosos de coração…E, principiando por Moisés e todos os profetas, interpretou-lhes em todas as escrituras as coisas referentes a si mesmo.[Jesus].
    Jesus estava revelando o que Moisés e todos os profetas tinham proclamado a Seu respeito. Ele falou de Moisés (Pentateuco), dos Salmos, dos Profetas – todo o Velho Testamento indicava para Jesus.
    Tudo o que Moisés falou era a respeito de Cristo. Ao povo isto estava encoberto, por isso não entendia. O plano de redenção em Cristo Jesus já havia sido profetizado há milhares de anos, e determinado antes da fundação do mundo.
    Atos 3:18 “ [Deus] anunciou de antemão por intermédio da boca de TODOS os profetas que o seu Cristo havia de sofrer.”
    É exatamente o que Moisés, os profetas, o próprio Cristo e Paulo disseram.
    Atos 10:39 a 43 “…as testemunhas designadas de antemão por Deus…todo aquele que deposita fé nele [Jesus] recebe perdão de pecados por intermédio de seu nome[Jesus].
    Atos 26:22,23 “….os profetas bom como Moisés declararam o que ia ocorrer, que o Cristo havia de sofrer…”
    Romanos 1:1-4 “ que ele prometeu outrora por intermédio de seus profetas…”
    Paulo mostra que os profetas no Velho Testamento anunciaram aquilo que haveria de acontecer. Na carne, Jesus era o Filho mais na realidade era o próprio Deus.
    1 Pedro 1:19-21 “…Mas foi com sangue precioso…conhecido de antemão antes da fundação do mundo…”
    Hoje nós vivemos na plenitude da Graça, estamos vivendo o que os profetas inquiriram e não lhes foi concedido viver e ver. Eles viviam de sombra dos bens vindouros, e nós vivemos de bens já realizados, num pacto de melhores e superiores promessas.
    A seguir apresento tipos no Velho Testamento que apontava para Cristo.
    1. Pele de um Animal
    Gênesis 3:21 “Fez o Senhor vestimentas de pele para Adão e sua mulher, e os vestiu.”
    Esta é a primeira imagem que tipificava Cristo. Isto quer dizer que o nosso Deus é um Deus de justiça “Cobertura” no Antigo Testamento significava “ a justiça de Deus “sobre Seus filhos. Eles pecaram mas Deus os cobriu. O pecado destituiu o homem da glória de Deus mas a provisão do plano de redenção nos cobriu com o manto protetor da Graça de Deus.
    2. O Anjo do Senhor
    Êxodo 3:1-4 “….Apareceu um Anjo do Senhor numa chama de fogo…”era o próprio Deus. Era a figura de um Anjo que tipificava Cristo.
    3. A Coluna de Nuvem e de Fogo
    Êxodo 13:21 “E o Senhor ia na frente deles de dia numa coluna de nuvem, para guiá-los pelo caminho e de noite numa coluna de fogo para dar-lhes luz…” A coluna de nuvem e fogo era Jesus. Jesus é o nosso guia.
    Isaías 4:5,6 “…criará certamente, sobre o monte Sião…” Monte Sião é a Igreja de Jesus.
    4. O Tabernáculo
    Êxodo 25:8-9 “…tem de fazer um santuário para mim, visto que tenho de residir no meio deles.” O tabernáculo tipificava a obra redentora de Cristo, e todos os móveis, utensílios e praticas no tabernáculo apontavam para Cristo. Nós podemos perceber quão grande unidade há entre o Evangelho da Graça de Deus pregada por Paulo e o que foi anunciado por Moisés.
    Vejamos o que Paulo diz em 2 Coríntios 5;1 “Pois nós sabemos que se a nossa casa terrestre se dissolver havemos de ter um edifício(tabernáculo) da parte de Deus…eterna nos Céus.”
    5. Shekinah (Significa “A Minha Glória que Santifica”)
    Êxodo 29:43 “Ali vou apresentar- me aos filhos de Israel e ele certamente será santificado pela minha glória.”
    Deus está falando a respeito do lugar Santo dos Santos que era lugar especial do Tabernáculo. Sobre a Arca, no Santo do Santos, aparecia a palavra “Shekinah”. Este “shekinah” apontava para a verdadeira Glória que Santifica, que é Jesus Cristo que agora vive dentro de nós. Nós somos tempo do Espírito Santo- Somos a Arca a o VERDADEIRO SHEKINAH É CRISTO.
    6. A Serpente de Bronze
    Números 21:9 “… Moisés fez Moisés serpente de cobre (bronze)…um homem e ele fitava os olhos na serpente de cobre(bronze) então ficava vivo.”
    “Serpente que mordiam” tipificavam o diabo, A mentira, o engano a corrupção. O metal de BRONZE simbolizava o sofrimento, e a “ Serpente de Bronze’ era a imagem que representava Cristo Salvador, o Messias que haveria de vir. João 3:13 ”E assim como Moisés ergueu a serpente no ermo, assim tem de ser erguido o filho do homem, para que todo o que nele crer tenha vida eterna.”
    A serpente de cobre(Bronze) é Jesus Cristo quem o olha é salvo, curado e transformado. Jesus Cristo, a Serpente de Bronze, foi erguida e no madeiro venceu o inimigo.
    7. O Sábado (do original hebraico Shabbath)
    Gênesis 2:2,3 “ E ao sétimo dia Deus havia acabado sua obra…e passou a repousar…E Deus passou a abençoar o sétimo dia e a fazê-lo sagrado…” O dia de descanso para Israel é um dia simbólico. Hebreus 4:4,9-11 “De modo que resta um descanso sabático para o povo de Deus…Porque o homem que entrou no descanso de Deus descansou também das suas próprias obras, assim como Deus das suas. Façamos, portanto, o máximo para naquele descanso para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência.”
    Jesus Cristo é verdadeiro repouso e está em nós. Portanto , o Sábado do Velho Testamento é figurativamente o tipo de descanso que Cristo representa, com sua vida em nós.
    8. O Maná
    Êxodo 16:4-6 “ Jeová disse a Moisés: Eis que faço chover pão para vós desde os céus…dia a dia…”
    João 6:31-35 “ Nossos antepassados comeram o maná no ermo assim como está escrito: Ele lhes deu pão do céu para comer.Disse-lhes Jesus…Moisés não vos deu o pão do céu mas meu Pai vos dá o verdadeiro pão do céu. Porque o pão de Deus é aquele desce do céu e dá vida ao mundo…Jesus disse-lhes: Eu sou o Pão da vida. Quem vem a mim não terá fome, e quem exerce fé em mim não terá mas sede.”
    O verdadeiro Pão é Jesus. Quem come do Pão da vida jamais voltará a ter fome.
    João 6:48-51 “Eu sou o pão vivo que desceu do céu do céu; se alguém comer deste pão viverá para sempre; e de fato, o pão que eu hei de dar é a minha carne a favor da vida do mundo.”
    9. A Vara de Arão
    Números 17:5,7-8 “…o homem a quem eu escolher, o bastão florescerá, e certamente farei cessar os resmungos…eis que havia florescido o bastão…e brotara flores…”
    A vara de Arão foi colocada por ordem do Senhor, dentro da Arca no tabernáculo juntamente com o Maná e as Tábuas dos mandamentos. A vara de Arão é Jesus Cristo, semente incorruptível, viva dentro de nós, produzindo flores e fruto do Espírito Santo.
    10. A Rocha do Deserto
    Êxodo 17:6 “ Eis que estou de pé diante de ti ali na rocha em Horebe. E tens de golpear a rocha e dela tem de sair água e o povo tem de beber dela.”
    Quem era a rocha que quando ferida deitava água? Paulo nos dá a resposta em 1 Coríntios 10:1-4 “ Ora não quero que sejais ignorantes, irmãos de que nossos antepassados estiveram todos debaixo da nuvem e todos passaram pelo mar, e todos foram batizados em Moisés, por meio da nuvem e do mar e todos comeram da mesma comida espiritual e todos beberam a mesma bebida espiritual, porque costumavam beber da rocha espiritual que os seguia (eis que estou de pé diante de ti) e essa rocha significava JESUS.”
    A pedra que seguia os filhos de Israel, donde jorrava água, era a tipificação do Cristo, Fonte de Água Viva. Jesus disse à mulher samaritana “ Se beberes desta água, do teu interior fluirão rias de água viva.”
    11. O Sol as Justiça
    Malaquias 4:2 “E para vós que temes o meu nome há de brilhar o sol da justiça, com cura(salvação)nas suas asas…”
    O Sol da justiça que traz salvação é Jesus Cristo, nosso Senhor. Ele faz valer o direito e a justiça.
    12. A Rosa de Sarom
    O CÂNTICO DE SALOMÃO 2:1 “Sou apenas um açafrão da planície costeira, um lírio das baixadas.”
    Quando Salomão profetizou dizendo “Eu Sou a Rosa de Sarom” estava se referindo a Jesus.
    13. O Sumo Sarcedote
    Hebreus 4:14 “Temos grande sumo sacerdote que passou pelos céus, Jesus o Filho de Deus…”
    Eram os sacerdotes, da tribo de Levi que serviam no tabernáculo que caminhava pelo deserto, carregado pelo povo de Deus. Dentre eles era o sumo sacerdote, que uma vez por ano, entrava no Santo dos Santos para oferecer sacrifícios ao Senhor em nome do povo de Deus. Aquele sacerdote representava Jesus, o nosso Sumo Sacerdote que, com um único sacrifício apresentado a Deus, nos resgatou e nos justificou para sempre.
    14. O Estandarte
    Isaías 11:12 “E ele há de levantar um sinal(estandarte) de aviso para as nações e ajuntar os dispersos de Israel…”
    Este sinal ou estandarte, é Jesus que foi levantado para reunir e recolher todos as escolhidos do Senhor, tanto judeus quanto gentios.
    15. A Propiciação
    1 João 2;2 “…E ele é um sacrifício propiciatório pelos nossos pecados…não apenas pelos nossos…do mundo inteiro.”
    No tabernáculo havia três lugares. O “Arraial”onde o povo de Deus ficava, o “Lugar Santo”, onde o sacerdote fazia sacrifícios e o “Lugar Santissimo” onde o Sumo Sacerdote oferecia sacrifícios a Deus uma vez por ano. No “Lugar Santo”, havia um propiciatório de ouro puro, onde um animal era morto, sujo sangue era levado ao Santo dos Santos, o “lugar Santissimo”.
    Cristo é a nossa propiciação. O madeiro foi o propiciatório onde o Cordeiro Pascal sem mácula e sem mancha foi imolado, e cujo sangue nos remiu de todo o pecado.
    16. O Cordeiro
    João 1;29 “…Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.”
    No Antigo Testamento, era oferecido nos sacrifícios um cordeiro, macho, sem mácula e sem defeito.
    Cristo foi o Cordeiro perfeito, que por Seu Sangue nos comprou, nos lavou dos pecados, nos reconciliou com Ele e derrubou principados e potestades.
    17. A Árvore
    Êxodo 15:25 “…o dirigiu para uma árvore e ele lançou na água e a água se tornou doce.”
    Jesus Cristo é a Árvore que faz a vida doce.
    18. O Refúgio
    Salmo 62:5-7 “…minha esperança…minha rocha…minha salvação…minha altura protetora(refúgio)…meu refúgio.”
    Jesus Cristo é o meu refúgio, segurança e certeza.
    19. O Cordeiro Pascal
    1 Coríntios 5:7 “…Cristo nossa Páscoa já tem sido sacrificado.”
    O povo judeu continua esperando o Messias e comendo anualmente o cordeiro pascal. Jesus Cristo é o nosso Cordeiro pascal.
    20. O Bom Pastor
    Salmo 23:1 “ Senhor (KIRIOS) E O MEU PASTOR”
    Somos ovelhas Suas e Ele tem cuidado de nós, guiando-nos por pastos verdejantes.
    João 10:11 “ Eu sou o bom Pastor excelente; o bom pastor entrega a sua vida em benefício das ovelhas.”
    O Bom Pastor é Jesus Cristo. Ele deu Sua vida por nós.
    21. A Arca de Noé
    Mateus 24:37 “…Assim como eram os dias de Noé assim será a presença(vinda) do Filho do homem”
    Orientado por Deus, Noé fez a arca e todos que nela entraram se salvaram. A arca de Noé apontava para a figura de Cristo que viria para realizar a Salvação Eterna.
    22. O Renovo
    Jeremias 23:5,6 “…vou suscitar a Davi um Renovo justo.(Ele)rei há de reinar e agir…e executar o juízo e a justiça na terra…E este(RENOVO)é o nome pelo qual será chamado: Senhor justiça nossa.
    OBS: NESTE VERSÍCULO O A PROFECIA FALA DE (JESUS) RENOVO QUE SERÁ CHAMADO DE SENHOR, SE FOR O NOME “JEOVÁ” ENTÃO O RENOVO QUE TIPIFICA JESUS E O PRÓPRIO JEOVA.
    Jesus Cristo, o Renovo que nos trouxe: sabedoria, justiça e salvação.
    23. Melquisedeque
    Hebreus 7:1-3,21”…rei de Sálem,sacerdote do Deus Altíssimo…Rei da justiça…Rei da Paz…sem pai,sem mãe,sem genealogia, não tendo nem princípio de dias,nem fim de vida…semelhante ao Filho de Deus…’
    O Sumo Sacerdote Melquisedeque, foi a primeira manifestação de Deus em corpo de carne. Jesus Cristo, nosso Sumo Sacerdote é da linhagem de Melquisedeque.

    Curtir

  • Queruvim  On 25 de novembro de 2013 at 20:42

    OMG isso é uma pergunta? Botafogo, procure ser mais sucinto ou objetivo, senão fica complicado. Não é legal isso. Isso desencoraja os que visitam a página. Muitos dificilmente seguirão este tipo de troca de informação. O texto é extenso.Se postar um outro com o título de REVISE POR FAVOR eu posso diminuir algo e reposta-lo.

    Curtir

  • Marcelo  On 25 de novembro de 2013 at 22:27

    Estatísticas:

    2290 palavras.
    13701 caracteres.
    0 respostas a pergunta proposta.

    Tá brabo, só estragando uma página cujo o propósito é informar. É brabo.

    Sugestão:
    Botafogo, crie seu próprio blog e psicografe o quanto quiser.

    Curtir

  • Sonia  On 7 de dezembro de 2013 at 19:06

    tem um trecho na Bíblia que sugere que a Trindade são pessoas distintas:
    No batismo do Filho, o Pai fala, ouvindo-se do céu a Sua voz, e o Espírito Santo desce na forma de pomba, Mt 3.16, 17. Em Gênesis também menciona: “Façamos…” , sugerindo mais de Um. Agora , tem um trecho onde Jesus diz referente aos seus discípulos “…Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.
    João 17:21. E eram pessoas distintas , inclusive 12

    Curtir

  • Jeosadá  On 8 de dezembro de 2013 at 1:40

    Voce ta chegando la! Agora alem de serem distintas, um dos tres era subordinado. (1 Contios 15: 27 e 28) e um desses tres foi criado (Colocensses 1:15 e revelação 3:14) LOGO VC PERCEBERA QUE O CONCEITO DA TRINDADE SE DESMANCHA FACILMENTE PERTO DE UMA ANALISE BIBLICA SERIA:
    continui assim, pesquisando mais seriamente.

    Curtir

  • Marcelo  On 8 de dezembro de 2013 at 3:18

    Sonia

    A pergunta desta página é simples. Não diz: “Quais os textos que você acha que porva a trindade?”, que foi o que tu respondeu.

    A pergunta sugere que se Deus é uma trindade, existe uma contradição, conforme explicada na pergunta proposta, e é esta pergunta que precisa responder se tu quiser nos ajudar a crer na trindade.

    Curtir

  • Paulo Henrique  On 8 de dezembro de 2013 at 17:39

    Além disso, Hebreus 6:13 relata que, quando Jeová fez uma promessa a Abraão, uma vez que não podia jurar por ninguém maior, jurou por si mesmo, sendo ele o Altíssimo. Então, Jeová Deus não tem ninguém maior do que si mesmo, enquanto Jesus deixou bem claro ser menor que o Pai. Para aqueles que tentam “nivelar” os dois, Jesus é chamado de muitos títulos, mas por que será que somente a respeito de Jeová é usado o título de Altíssimo?

    Curtir

  • Paulo Henrique  On 8 de dezembro de 2013 at 17:49

    Apenas um adendo ao que mencionei acima:
    Quando mencionei o título Altíssimo, estava me referindo ao Salmo 83:18, em que o salmista refere-se a Jeová como sendo o único Altíssimo sobre toda a terra.

    Curtir

  • Ed Dunlap Jr.  On 30 de janeiro de 2014 at 8:58

    Bom dia meus caros! Estou realmente amando este espaço. Confesso que comecei a visita-lo ontem (29-01-2014) e dou graças a Deus em achar um espaço assim…
    Vou contribuir com meus comentarios também se é que me permitem

    Abraços
    GETM

    Curtir

  • Vinicius Monteiro  On 30 de janeiro de 2014 at 12:53

    Logo a crença da trindade não faz sentido por que Jesus afirmou que pessoas distintas podem ser um, mas, eles não eram um em sentido literal, assim como Jesus e o Pai são um, mas, não em sentido literal.
    Veja como o Apóstolo Paulo explica o que Jesus quis dizer:
    Romanos 12:5 : “assim também nós, embora muitos, somos um só corpo em união com Cristo, porém, membros que individualmente se pertencem uns aos outros.
    1 Coríntios 1:10: “Exorto-vos agora, irmãos, por intermédio do nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que todos faleis de acordo, e que não haja entre vós divisões, mas que estejais aptamente unidos na mesma mente e na mesma maneira de pensar.
    Gálatas 3:28: “Não há nem judeu nem grego, não há nem escravo nem homem livre, não há nem macho nem fêmea; pois todos vós sois um só em união com Cristo Jesus

    Assim como os discípulos seriam um, na forma de pensar e agir como um corpo, Jesus e seu Pai são um, ambos pensam e agem da mesma forma a ponto de Jesus dizer: “Jesus disse-lhe: “Tenho estado tanto tempo convosco e ainda não vieste a conhecer-me, Filipe? Quem me tem visto, tem visto [também] o Pai. Como é que dizes: ‘Mostra-nos o Pai’? Não acreditas que eu esteja em união com o Pai e que o Pai esteja em união comigo? As coisas que vos digo não falo da minha própria iniciativa; mas o Pai, que permanece em união comigo, está fazendo as suas obras.” – João 14:9,10

    Curtir

  • TJ forever  On 30 de janeiro de 2014 at 13:09

    Aconteceu o mesmo comigo, estava vendo muita apostasia na internet, muita mentira, pessoas inventando coisas sobre os TJ, apenas com o desejo e tirar o máximo de pessoas possível da organização. Este site tem ajudado muita gente,
    boa parte do tempo que estou no pc, fico neste site e no jw.org. Queruvim, juntamente com outros irmãos(Saga, Marcelo, Gibe, etc..) tem feito um grande trabalho, as pesquisas são profundas, não é fácil de fazer, exige conhecimento, esforço e amor pelas verdades bíblicas.

    Curtir

  • Ed Dunlap Jr.  On 31 de janeiro de 2014 at 6:31

    TNM(R)
    Este comentário é nutrido de toda a sabedoria – vinda das escrituras, é claro. E não vejo razão nenhuma pra nós TJs nos colocarmos em debates com pessoas teimosas em relação a posição de Jesus, pois ele mesmo deixou bem claro e por diversas vezes que é Filho, ora vejam:

    Por exemplo, em João 3:16 Jesus disse: “Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu Filho unigênito.” Apenas dois versículos mais adiante Jesus disse novamente que era o “Filho unigênito de Deus”. (João 3:18) Quando os judeus acusaram Jesus de blasfêmia, ele respondeu: “Dizeis a mim, a quem o Pai santificou e mandou ao mundo: ‘Blasfemas’, porque eu disse: Sou Filho de Deus?” (João 10:36) Jesus não disse que ele era ‘Deus, o Filho’ mas sim que era “Filho de Deus”.
    Lógica: Que conversa é essa de um filho ser o pai ao mesmo tempo? Não faz sentido nenhum, e em parte alguma da natureza encontramos tal desordem.

    JESUS CRISTO foi batizado aos 30 anos de idade por ser imerso em água. Ao sair da água, uma voz do céu disse: “Este e meu Filho, o amado, a quem tenho aprovado.” (Mateus 3:17) Esta voz era a de Deus. Noutra ocasião, em oração a Deus, Jesus disse: “Pai, glorifica o teu nome.” Tendo Jesus dito isso, ‘saiu a voz de Deus do céu: “Eu tanto o glorifiquei como o glorificarei de novo.” — João 12:28.
    Se Jesus de facto é o Deus Todo-Poderoso, mostrem-me a razão de ele precisar a aprovação de outrem.

    Voltando a ao cerne da questão: Jesus é mediador sim. Faz parte de uma trindade? Não! No fundo todos sabemos disso.

    Curtir

  • Marco Antonio Felicio  On 31 de janeiro de 2014 at 17:32

    João 17:3 “Ora, a vida eterna é esta; que eles conheçam a Ti, o Único Deus Verdadeiro,e aquele que Tu enviaste, Jesus Cristo”

    Viram? Aqui ficou claro! Jesus distinguiu entre o Senhor e ele, Jesus, que o Senhor enviou. E não foi ele que enviou a ele mesmo!!!

    Curtir

  • Marco Antonio Felicio  On 31 de janeiro de 2014 at 17:35

    “O caminho, a verdade e a vida”.

    No evangelho de João está escrito que Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade
    e a vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim” (João 14:6)

    E hoje o cristão adora a Jesus dizendo: O Senhor Jesus disse: ninguém vem ao
    Pai a não ser por mim. Por que interpretaram assim? Religião é capricho agora?!? Este
    que se entregou fervorosamente a estas interpretações alguma vez perguntou: Os
    discípulos de Jesus se dirigiram a ele como objeto de adoração? Creio que jamais
    fizeram isso. O que eles fizeram foi: tomar Jesus como exemplo na adoração a Deus e
    na conduta. Por que não entendemos assim então? Eu sou o caminho, a verdade e a
    vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim significa: ninguém chega a Deus senão pelo
    meu caminho, fazendo como eu faço, O adorando como eu adoro. Não é para chegar e
    adorar a ele, porque Jesus nunca adorou a ele mesmo e quando dizia “Ó Senhor”, se
    dirigia ao Único Deus e não era um deus se dirigindo a ele mesmo e não era um deus se
    dirigindo ao outro!!!!

    Curtir

  • Bossanova  On 3 de fevereiro de 2014 at 8:26

    Um texto importantíssimo, para que todos que acreditam na Trindade é: João 4:23, que diz: ” Não obstante, vem a hora, e agora é, quando os verdadeiros adoradores adorarão o Pai com espírito e verdade, pois, deveras, o Pai está procurando a tais para o adorarem.”

    Esse texto é muito importante… pois deixa claro que existem verdadeiros e falsos adoradores. E que os verdadeiros adoradores, adorariam ao PAI.. e não ao filho ou o espírito santo.. Eu quero ser um verdadeiro adorador, então, adoro ao PAI, uma pessoa distinta, que tem o lindo nome Jeová.

    Sendo assim, a idéia de que, Pai e o Filho são a mesma pessoa, deve ser repensada… pois, se adorarmos o filho, será que estaremos sendo verdadeiros adoradores?

    Um outro texto, que não tem nada haver com o texto acima, porém, é bastante relevante é Habacuque 1:12 que diz: “Não és tu desde outrora, ó Jeová? Ó meu Deus, meu Santo, tu não morres.” … O profeta, foi inspirado a escrever que Jeová não pode morrer…. como então, Jeová e Jesus seriam a mesma pessoa? Muitos alegam que Jeová não ‘tirou o corpo fora’ e que ele mesmo veio a terra resolver o assunto… Concordo que Jeová não tirou o corpo fora, que ele resolveu o assunto pertinente ao resgate… todavia, esse texto não concorda que Jeová era Jesus..

    —-
    Como Paulo disse, em Rom 12:1, temos que usar nossas faculdades de raciocínio… meditar com inteligência sobre esse assunto. Vale lembrar que 1 Jo 5:20, diz que Jesus nos deu ‘capacidade intelectual’, por isso devemos usa-la… e não simplesmente, imaginar que 2=1 ou mesmo 3=1…

    Curtir

  • NEUZA MADEIRA  On 17 de fevereiro de 2014 at 5:00

    faço minhas as palavras de Ed Dunlap Jr
    estou chegando agora também
    abraços

    Curtir

  • Francyelly  On 30 de julho de 2015 at 22:17

    Oi, hehe. Alguém realmente leu 1 Timóteo 2: 5? “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo, -HOMEM-.”

    Curtir

  • Herus  On 29 de outubro de 2016 at 19:06

    Neste caso temos que prestar atenção no seguinte: Deus fez uma promessa a Abraão, Jesus é a promessa, o Descendente. O mediador a que a Bíblia se refere é do pacto da Lei entre Deus e a nação de Israel. Ora a Lei foi dada por intermédio de Moisés. Portanto esse mediador a quem se refere o texto de Gálatas 3:20 é Moisés (que representa muitos – a nação de Israel) e Deus que é um só.

    Curtir

  • Queruvim  On 29 de outubro de 2016 at 20:16

    Moisés foi o mediador do “Pacto da Lei” mosaica. E quem é aquele que intermedia Deus e os salvos hoje? Quem é o mediador do “Novo Pacto” ou “Nova Aliança”? Jesus. Isso mostra que Jesus é outra pessoa. Assim como Moisés e Deus são duas pessoas diferentes. É mais uma indicação de quão fantasiosa é a antibíblica doutrina da trindade.

    Paulo escreveu sob inspiração em Hebreus 9:15 falando de JESUS CRISTO:

    “É por isso que ele é mediador de um novo pacto, a fim de que os chamados recebam a promessa da herança eterna, visto que houve uma morte para que eles fossem livrados, por meio de resgate, das transgressões cometidas sob o pacto anterior.”

    Trinitários não pensam de forma lógica, nem coerente, nem bíblica. É mais uma questão de “paixão” religiosa.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s