Jesus NÃO é Jeová – Por que?


Certo leitor desta página comentou:

“JESUS É JEOVÁ. EM ISAIAS 40:3 DIZ:
“VOZ DO QUE CLAMA NO DESERTO, PREPARAI O CAMINHO DO SENHOR, ENDIREITAI O ERMO AS VEREDAS A NOSSO DEUS.”
A PROFECIA DE ISAIAS PREVIA UMA VOZ CLAMANDO NO DESERTO, PREPARANDO O CAMINHO DO SENHOR, LEMBRE-SE QUE SENHOR, QUER DIZER JEOVA, E PREPARANDO AS VEREDAS AO NOSSO DEUS, OU SEJA O DEUS DE ISRAEL, QUE ERA O SENHOR JEOVÁ.
ESSA PROFECIA FOI CUMPRIDA EM S.MATEUS 3:3, QUANDO JOAO BATISTA DISSE QUE ELE ERA A VOZ QUE CLAMAVA NO DESERTO.
RESPONDA-ME JOÃO BATISTA PREPAROU O CAMINHO DE QUEM? DE JESUS. MAS A PROFECIA DE ISAIAS DISSE QUE SERIA DO SENHOR JEOVÁ, DEUS DE ISRAEL! ENTÃO JESUS É O SENHOR JEOVÁ, DEUS DE ISRAEL!!!”

Em primeiro lugar, será que a afirmação de que “Senhor quer dizer Jeová” é correta a luz da Bíblia? Sinceramente, não!  A frase “Vossa Merce” abreviado se diz “você”, não é um nome, antes é um pronome. Seria uma tolice gramatical afirmar que “você ” é um nome. O mesmo ocorre com a palavra “Senhor”. Gramaticalmente não é o mesmo que o Nome de Deus. Quem afirma que “Senhor” é o mesmo que o Nome de Deus, são os teólogos da cristandade. Este equívoco é perpetuado por pastores e até mesmo léxicos produzidos por estes. Na Bíblia a palavra Senhor é aplicada a humanos. O pronome de tratamento de uso comum “Senhor” aparece 40 vezes no V.T ao passo que o Nome de Deus ocorre 6828 vezes!  Sabemos que Sara chamava seu marido Abraão de “Senhor”. 1 Ped. 3:6. Em Gênesis 40:1 é aplicada ao Rei do Egito e em diversos textos onde esta palavra aparece na história de José, é aplicada a humanos. Podemos notar isso em Gênesis 42:

“Por fim chegaram a Jacó, seu pai, à terra de Canaã e contaram-lhe todas as coisas que lhes sobrevieram, dizendo: 30 “O homem que é senhor do país falou conosco rispidamente, visto que nos tomou por homens que espionavam o país. 31 Mas dissemos-lhe: ‘Somos homens retos. Não agimos como espiões. 32 Somos doze irmãos, filhos de nosso pai. Um já não existe, e o mais moço está hoje com o nosso pai na terra de Canaã.’33 Mas o homem que é senhor do país disse-nos: ‘Nisto saberei que sois retos: Fazei um irmão vosso ficar comigo.  Tomai então algo para a fome nas vossas casas e ide. 34 

E se alguém disser? Mas “senhor”  nestes textos é com letras minúsculas! (É o que sempre dizem no portão de suas casas a uma Testemunha de Jeová) Este argumento é totalmente equivocado visto que em hebraico não se faz diferenciação entre maiúsculas ou minúsculas. Nem mesmo no texto grego mais antigo existia tal diferença. Este argumento é coisa de quem não sabe o que fala. Por isso que tenho repetidas vezes alertado aos evangélicos e outros que procurem estudar a Bíblia ao invéz de ficarem somente cantando em seus cultos. Emoção não ajuda em nada no entendimento correto da Bíblia. Pelo contrário, emoção faz é cegar as pessoas e lhes dá um senso enganoso de otimismo doutrinário.

Voltando a análise do texto inicial postado pelo leitor desta página. A palavra “Senhor” não é aplicada somente ao ser supremo nem é específica. Tanto é que Paulo sob inspiração afirmou que “há muitos deuses e muitos senhores” em 1 Cor 8:5,6 onde lemos:

“…assim como há muitos deuses e muitos senhores”.

Ademais este mesmo leitor citou Isaías 42:8 onde a maioria das versões rezam: “Eu sou o Senhor este é meu nome” Contudo, não existe tal frase no texto massorético. A BHK apresenta a seguinte frase “Eu sou Jeová este é meu nome”. Caso  Isaías tivesse dito “Eu sou o Senhor” ele teria usado a palavra hebraica Adon, que significa Senhor. Antes, usou o Nome de Deus. É digno de nota que “Senhor” não é nome. Caso Isaías tivesse escrito esta asneira então poderíamos concordar com os teólogos modernos. O Nome de Deus representava o Deus de Isaías, ao passo que a palavra Senhor não representaria de forma alguma. Portanto, a remoção do Nome de Deus das traduções da Bíblia foi um passo importante a fim de causar a confusão de identidade entre o Sr Jeová e o Sr Jesus.

Também a respeito de Isaías 40:3 sendo aplicado pelos evangelistas a Jesus é simples de compreendermos. Quando uma obra é executada por um agente intermediário, o crédito sempre vai ao idealizador da obra.

Em  Ez. 36:33, 36 Jeová diz: “Eu mesmo é que construí” as cidades de Israel após o exílio. Será que Ele, pessoalmente, reconstruiu ou foram pessoas que fizeram o trabalho sob sua direção? Todos esses atos foram feitos por permissão e autoridade somente  de Jeová, mas foram outros que os realizaram. Observe este anúncio abaixo do Jornal Estadão…

Governador contruiu unidades habitacionais

Concluiríamos do anúncio acima que o próprio Governador pessoalmente construiu casas?

Portanto, Jesus qual representante enviado por Jeová executava uma obra dirigida por Jeová. Não que ele seja o próprio Jeová, mas estão unidos no mesmo propósito. Afinal foi Deus quem “deu o seu filho” a fim de que vivêssemos por meio dele. (João 3:16) As escrituras dizem em 1 Crôn 29:23 que Salomão sentava-se no “trono de Jeová”. Não que ele fosse o próprio Jeová e mesmo que um texto dissesse que Cristo está no trono de Jeová jamais concluiríamos que ambos são o mesmo ser. Claro que um trinitarísta ignora o contexto geral das Escrituras e fazem apanhados seletivos de textos mal entendidos e mal aplicados a fim de perpetuarem suas doutrinas emprestadas de fontes pagâs.

Os trinitários IGNORAM DESCARADAMENTE O QUE A BÍBLIA DIZ em textos tais como este de João capítulo 11:

“Portanto, retiraram a pedra. Jesus levantou então os olhos para o céu e disse: “Pai, eu te agradeço que me ouviste. 42 Deveras, eu sabia que sempre me ouves; mas falei por causa da multidão parada aqui, a fim de que creiam que tu me enviaste.” 43 E, ao ter dito estas coisas, clamou com voz alta: “Lázaro, vem para fora!” 44 O [homem] que estivera morto saiu com os pés e as mãos amarrados com faixas, e o seu semblante enrolado num pano. Jesus disse-lhes: “Soltai-o e deixai-o ir.”

Se você é um que crê que Jesus é o próprio Jeová, então deve começar a aceitar estes textos também. Pergunte-se:

O que é que Jesus queria que a multidão acreditasse?  Que ele é quem?  O próprio Jeová?

Há diversos textos na Bíblia aplicados a Jesus mas que tiveram aplicação inicial a Salomão. 

Não é incomum os defensores da interpretação que “Jesus é Jeová” citarem textos onde encontram similaridades entre o que Jeová e Jesus fizeram. (Clique no link para ler artigo a relacionado) Ignoram então  a linguagem simples apresentada na Bíblia que diz claramente que Jesus é o “filho de Deus” e “enviado” por Deus e contradizem centenas de textos, apegando-se então a textos que encontram similaridades entre o que Jeová e Jesus fizeram. O perigo desta interpretação é justamente de não ser globalmente bíblica e o de dar uma impressão enganosa de “base bíblica”. Será que tal interpretação a qual adoram chamar de “hermeneutica” em suas escolas teológicas, segue uma lógica ou é um embuste? Ora, observe como tal raciocínio usado por eles é superficial e enganoso. Usando da mesma “hermeneutica” eu concluiria absurdos.

Clique nesta imagem para ampliar

jesusejeova

Esta é a “hermeneutica” ou interpretação furada e forçada de muitos evangélicos ao tentarem identificar Jesus com Jeová!

O Profeta Miquéias citou textos referentes ao reinado de Salomão e os aplicou ao futuro reinado messiânico.  (1Rs 4:25; Miq 4:4) Se vivêssemos no tempo deste profeta e usássemos da mesma linha de raciocínio trinitarista, afirmaríamos que Jesus era Salomão!

Sobre o Salmo 72:7 (“até que não haja mais lua”), o Commentary (Comentário) de Cook diz: “Este trecho é importante, mostrando que a idéia de um Rei cujo reinado duraria até os fins dos tempos se achava presente de forma nítida na mente do Salmista. Determina o caráter messiânico de toda a composição.” E sobre o versículo 8 ele observa: “O reino seria universal, estendendo-se aos confins da terra. A extensão do domínio israelita sob Davi e Salomão era suficiente para sugerir a esperança, e poderia ser considerado pelo Salmista como um penhor de sua realização, mas, tomada em conjunto com os versículos precedentes, esta declaração é estritamente messiânica.”

Como podemos ver em diversos textos do V.T não era incomum textos referentes a um personagem da Bíblia ser posteriormente aplicados a outro personagem. Zacarias o profeta citou textos aplicados a Salomão como tendo cumprimento futuro em Jesus. A profecia de Zacarias (Za 9:9, 10) cita o Salmo 72:8, e Mateus aplica a profecia de Zacarias a Jesus Cristo. — Mt 21:4, 5. Concluiríamos com estas similaridades de declarações que Jesus é Salomão e Salomão é Jesus?

Observe o que diz o livro Raciocínios a base das Escrituras publicado pelas Testemunhas de Jeová:

“Por que é que João 1:23 cita Isaías 40:3 e o aplica àquilo que João, o Batizador, fez ao preparar o caminho para Jesus Cristo, quando o assunto em consideração emIsaías 40:3 é a preparação do caminho diante de Jeová? Porque Jesus representou a seu Pai. Ele veio no nome de seu Pai e tinha a garantia de que seu Pai estava sempre com ele, pois fazia as coisas que agradavam a seu Pai. — João 5:43; 8:29.

Por que Hebreus 1:10-12 cita o Salmo 102:25-27 e o aplica ao Filho, quando o salmo diz ser este dirigido a Deus? Porque o Filho é aquele por meio de quem Deus executou suas obras de criação descritas aqui pelo salmista. (Veja Colossenses 1:15, 16; Provérbios 8:22, 27-30.) Seja notado que em Hebreus 1:5b se cita de 2 Samuel 7:14, e isto é aplicado ao Filho de Deus. Embora esse texto tenha a sua primeira aplicação a Salomão, a aplicação posterior dele a Jesus Cristo não significa que Salomão e Jesus sejam a mesma pessoa. Jesus é “maior do que Salomão” e executa uma obra prefigurada por Salomão. — Luc. 11:31“.

O que é ainda mais interessante é que todo dia quando as Testemunhas de Jeová pregam de casa em casa, encontram pessoas de diversas igrejas evangélicas com opiniões contrárias, muito embora estas sejam da mesma Igreja!  Falo isso por experiência própria ao pregar de casa em casa. Há membros da igreja evangélica que dizem: “Jesus é o filho de Deus, não é o mesmo Pai!”

Contudo, apesar de estarem confusos e divididos no entendimento, vivem todos juntos em muitos casos fazendo o barulho de sempre em sua vizinhança. Acham que estão adorando a Deus “em espírito e verdade”! Como poderia ser assim, se estão divididos quanto ao entendimento da verdadeira natureza de Deus? O simples fato de muitos evangélicos usarem a internet e outros meios a fim de ridicularizarem as Testemunhas de Jeová com frases tais como: “Vocês não acreditam nisso…ou naquilo” é uma prova de que eles mesmos dão testemunho da unidade de pensamento que permeia o Povo de Jeová (Sal 33:12) ao passo que estão mentalmente confusos e divididos.

Acredito sinceramente que falta vergonha na cara de muitos chamados apologistas evangélicos que figuram entre os que atacam de todas as maneiras as Testemunhas de Jeová, quando a babel ou confusão é a ordem do dia em seus templos de arrecadação. Prezados, a Babel ou Babilônia mencionada em Apocalipse 18 como sendo “moradia de demônios” e como tendo “amantes políticos” não se refere a rival maior dos protestantes não! Enganam-se os que usam o termo aplicado a Igreja Católica. Eles mesmos fazem parte desta BABEL. A prova está nos inúmeros casos de pastores evangélicos envolvidos na política partidária e a própria confusão doutrinal entre eles. Convido você leitor a escrutinizar este assunto com atenção e dedicação dia a dia, tenha certeza baseada na Bíblia que o que ensina é realmente correto. Considere cada texto das Escrituras Sagradas como autoritativo e após pesquisar com cuidado e oração decida se Jesus é Jeová ou não. Não se contente com uma leitura rápida destes artigos que escrevo, antes, faça uma pesquisa séria. Não uma que tenha por objetivo “debater” ou “dar uma resposta contrária”. Não! Pesquise com o intento de ter certeza que o que conhece está em perfeita harmonia com o que a Bíblia ensina. Lembre-se que o coração é muito enganoso diz Jeremias 17:9. Não ignore textos como os João capítulo 11 que coloquei acima. Medite neles e estou certo de que verá a verdade claramente e diretamente da palavra de Deus.

ARTIGOS RELACIONADOS A ESTE TEMA:

1 Cor. 15:27 Xeque-Mate na doutrina da Trindade!

João 1:1 “Deus” , “Divino” ou “um deus” ?

Nova versão da Bíblia Rei Jaime restaura o Nome de Deus no Novo Testamento!

Quem é o “Alfa e o Ômega”?

PÁGINA PRINCIPAL 

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Saga  On 16 de julho de 2013 at 17:14

    Jesus não é Jeová em vista dos seguidos textos que falam de “Jeová” e não se referem a Jesus, como o clássico caso do Salmo 110:1. Jesus falou seguidas vezes de Jeová citando o Antigo Testamento, inclusive a Shemá e nunca reivindicou ser o mesmo. Estamos falando de citações diretas do Antigo Testamento e não de invenções de ligar João 8:58 com Êxodo 3:14, que não tem link.

    E das profecias do Antigo Testamento que falam de Jeová e do seu Messias, sim não falam que são o mesmo personagem, mas sim do Messias em relação à Jeová como sendo o seu Servo, seu Ungido, etc.

    Se eles fossem a mesma entidade, o mesmo Deus, o mesmo Senhor, as palavras das Escrituras deveriam deixar isso bem claro, sem ambiguidade e nem confusão, e o nome divino Jeová deveria ser totalmente intercambiável entre os dois. Mas o que se frisa no Antigo Testamento é que Jeová é um e não que Jeová são dois seres.

    Curtir

  • givanilson rocha  On 17 de julho de 2013 at 7:01

    Sempre com boas matérias em irmão,a trindade é um ensino “falido”.De vez enquanto aparece uns argumentozinhos um pouco mais complexo mas que também não resiste a um escrutínio,como aquele “DO ” Tatiana sobre ter Jesus criado o espaço em que veio viver..,mas cai naquilo que paulo diz: “Acautelai-vos talvez apareça alguém com “filosofias,etc a fim de vos enganar…só não entendi muito bem a diferença de opinião sobre o tema entre vc queruvim e sapta( coisa assim).
    Mas sou fã desse site…..

    Curtir

  • Jonatan Almeida  On 17 de julho de 2013 at 10:43

    Muito boa esta matéria…Há outras evidência da distinção entre Jesus e Jeová que obviamente se fossem escritas aqui, ficaria muito extensa para ser lida.

    Autoridade diferente, Jesus não é MAIOR que seu Pai (Jo 14:28);

    Conhecimento diferente, Jesus não Sabe o dia de seu Pai (Mar 13:32);

    Vontade diferente, Jesus não faz sua vontade (Lu 22:42)

    Posição diferente, Jesus não Deus, mas escravo (Fil 2:7)

    Curtir

  • queruvim  On 17 de julho de 2013 at 10:50

    APÓSTATAS não são bem vindos aqui. As Testemunhas de Jeová tem orientação diretamente dos céus, por meio da palavra escrita de Deus,a Bíblia Sagrada, para evitarem os traidores mentirosos. Deus não dá chance de audiência a uma apóstata.Nem sequer fala com ele.Jó 13:16 Como é o caso de Satanás e seus seguidores, os apóstatas. Apreciaria que o Saga e mais alguém que quiser, me auxiliem neste assuto a fim de banir a apostasia desta página. Caso percebam algo, me comuniquem para que eu delete, seguindo a orientação inspirada por Deus em Romanos 16:17

    Claro que estou moderando a página, contudo, no calor de uma discussão respeitosa, podemos estrapolar e sem perceber estar trocando palavras com alguém cujo objetivos principal é o de ridicularizar as Testemunhas de Jeová. Interessante que a apostasia não se limita apenas aos desafetos e ex adoradores do Verdadeiro Deus, mas muitos religiosos tem aproveitados o material deles e replicam a tais em nossas discussões.

    Curtir

  • Lauro Antonio de Azevedo  On 18 de julho de 2013 at 2:23

    Prezado Queruvim,

    Ontem de noite li um artigo no jornal de minha cidade que dizia que as Testemunhas de Jeová odeiam a virgem Maria. Isso é verdade?

    Curtir

  • queruvim  On 18 de julho de 2013 at 19:48

    Isso não é verdade.Poderá ver o que ensinam a respeito dela ao visitar a página OFICIAL DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ neste link.

    Outro link da Página Oficial falando sobre Maria é este aqui

    As Testemunhas de Jeová consideram Maria, a mãe de Jesus, um exemplo para nós.

    Curtir

  • Anthony  On 23 de julho de 2013 at 5:19

    Corrigindo João 5:18 e não 1:18

    Curtir

  • botafogo  On 30 de setembro de 2013 at 20:39

    Boa noite Saga, Queruvin e a todos participantes do site.
    A Graça e a Paz.

    A DESTRA DE DEUS

    Há uma declaração de Jesus que merece nossa atenção.
    João 4:24 “ Deus é Espírito e os que o adoram têm de adorá-lo com espírito e verdade.”
    Deus é um espírito, disse o Senhor, e se é espírito Ele não tem mão, nem direita(destra), nem esquerda. A destra e direita de Deus não quer dizer lado direito; significa plenitude de autoridade, máxima autoridade
    Salmos 118:15,16 “ A voz de clamor jubilante e de salvação está nas tendas dos justos. A direita de Jeová está demonstrando energia vital.” A direita de Jeová [se] está exaltando; A direita de Jeová está demonstrando energia vital” Quer dizer o máximo poder de Deus se exalta e mostra energia vital.
    Marcos 14: 62 “ Jesus disse então: Sou; e vós vereis o Folho do homem sentado à destra de poder e vindo com as nuvens do céu.”(Mateus 26:64 e Lucas 22: 69)
    Colossenses 3:1 “Se porém, fostes levantado junto com Cristo, prossegui buscando as coisas de cima, onde o Cristo está sentado à direita de Deus.”
    1 Pedro 3:22 “ Ele está á direita de Deus, pois foi para o céu; e firam lhe sujeito anjos, e aotoridades, e poderes.” Todas essas análises que tenho feito até este momento é com o intuito de provar que o fato da Bíblia afirmar que Jesus está assentado à direita do Pai nas alturas não significa dizer que isto ocorre literalmente, mas há uma mensagem profunda que Deus quer nos revelar com isso.

    Êxodo 15:6 “ Tua direita, ó Jeová, mostra se poderosa em capacidade, Tua direita, ó Jeová, pode despedaçar o inimigo.” Não é a mão física de Deus e sim seu poder dEle despedaça o inimigo.
    Atos 5:31 “ Deus enalteceu a este, como Agente Principal e salvador, para sua direita para da Israel arrependimento e perdão de pecados. Deus com seu máximo poder, exaltou e glorificou ao Senhor Jesus Cristo. João 17;1-5 “ Jesus falou estas coisas, e levantando os olhos para o céu, disse: Pai, veio a hora glorifica o teu filho, para que o teu filho te glorifique, segundo lhe deste autoridade sobre toda a carne, para que com respeito ao [número] inteiros dos que lhe deste, ele lhes dê a vida eterna. Isto significa vida eterna que absorvam conhecimento de ti, único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo. Eu te tenho glorificado na terra, havendo terminado a obra que me deste para fazer. De modo que agora, Pai, glorifica-me junto de ti com a glória que eu tive junta de ti antes de haver mundo.”
    Salmos 139:9,10 “…se eu tomasse as asas da alva para residir no mar mais remoto. Também ali me guiaria a sua própria mão. E me seguraria a tua direita.”
    Davi conhecia em seu coração ao Senhor, Deus soberano que tinha controle de todos os detalhes de sua vida. Ele disse ao Senhor: “ Tua mão me segura” ou seja o que mantém firme é o máximo poder de Deus.”
    Hebreus 10:11-12 “Mas, Jesus ofereceu um só sacrifício pelos pecados, perpetuamente, e se assentou á direita de Deus.” Aqui está expressa a dimensão do sacrifício de Jesus para resgate dos seu povo. Esta obra Redentora de Jesus Cristo é a manifestação de Sua autoridade e poder.
    Hebreus 12:2 “olhando atentamente para o agente principal e Aperfeiçoador da nossa fé, Jesus. Pela alegria que lhe apresentou ele aturou uma estaca de tortura, desprezando a vergonha, se tem assentado á direita do trono de Deus.”
    Hebreus 8:1 “ Ora, quando as coisas que se discutem, este é o ponto principal: Nós temos um sumo sacerdote tal como este, ele se assentou á direita do trono da majestade no céus” Nosso sumo sacerdote tem todo poder e autoridade.
    Efésios 1:20 “… e o assentou à sua direita nos lugares celestiais”
    Então, quando a Bíblia fala em “sentado à destra ou a direita” ela quer dizer que Jesus Cristo está em pleno poder e autoridade como Rei e Soberano.

    O TRONO DE DEUS
    O ensinamento errôneo da existência de dois ou três deuses trouxe como conseqüência a noção de dois ou três tronos, cada um deles sentado em seu respectivo lugar.
    Apocalipse 4:2 nos dá elementos claros para que tenhamos a certeza da existência de um só trono, onde o único Deus, Cristo está sentado. “Depois destas coisas vim a estar imediatamente no [poder] do espírito e eis que havia um trono na sua posição no céu e havia alguém sentado no trono..” O Ap. João viu só um trono.
    Isaías 6:1-4 “ No ano em que morreu o Rei Uzias, eu no entanto cheguei a ver Jeová sentado num trono enaltecido e elevado…”
    Isaias viu o trono de Deus, cheio de glória, o mesmo que João viu e relatou no Apocalipse. O Deus que esta no céu sentado no trono, como Rei e Senhor é Jesus Cristo, o Único e soberano Senhor Judas 4.
    Na visão de João, havia um trono, e nele alguém sentado – O Senhor Jesus Cristo. Mas foi dito tanto aos cristãos que existem três deuses e, consequentemente, três tronos, que, hoje, ao se falar a Verdade Revelada a respeito do trono, paira desconfiança em algumas mentes, fortaleza essa erguida pela tradição de homens. As ovelhas de Jesus precisam de alimento sólido, do conhecimento da verdade sobre o trono do Senhor.
    Hebreus 1:8 “Mas, com referência ao filho: Deus é o seu trono para todo o sempre,…”
    Como homem, Jesus comportou-se como filho, mas na realidade era Deus. Ele mesmo disse: “ Eu e o Pai somos um.” Portanto, há um só trono e um só Deus: Jesus viveu como filho e como Pai criou todas as coisas, e está nos céus, reinando absoluto e soberano.
    Atos 7:55-56 “ Mas ele cheio de espírito santo, fitou os olhos no céu e avistou a glória de Deus, e Jesus em pé à direita de Deus, e disse:” Eis que observo o céu aberto e o filho do homem em pé à direita de Deus”.
    Ao ser apedrejado, Estevão viu Jesus Cristo à destra (direita) de Deus. Então a tradição diz que destra é mão direita e que, sendo assim, há três tronos. Mas está escrito que Estevão viu o Senhor Jesus Cristo no trono e exclamou: “Senhor Jesus recebe o meu espírito!” Ele não disse: Pai Jeová, Deus Filho, Deus Espírito Santo. Ele disse “Senhor Jesus”, porque era Jesus Cristo quem estava no trono da glória, de Deus glorificado.
    João 3: 12,13 “ Se eu vos disse coisas terrenas e ainda assim não credes, como crereis se vos disser coisas celestiais? Ademais, nenhum homem ascendeu ao céu, senão aquele que desceu do céu, o Filho do homem”.
    João 6: 62 “Que [seria], portanto, se observásseis o Filho do homem ascender para onde estava antes?”
    Jesus está sempre mostrando que Ele é Deus, portanto o trono é dEle; e Ele é o Pai: “Eu e o Pai somos um.”
    E qual era o lugar onde Jesus estava? Era o trono de Deus. Este é um grande segredo, revelado agora a Igreja.
    Revelação 3: 21”Aquele que vencer, concederei assentar-se comigo no meu trono, assim como eu venci e, me assentei com o meu Pai no seu trono.”
    Revelação 20:11 “Eu vi um grande trono branco e o que estava sentado nele. De diante dele fugiam a terra e o céu e não se achou lugar para eles.”
    Em Jesus Cristo estão todos os atributos de poder e soberania, toda a plenitude da Divindade. Este conhecimento confere santidade e autoridade ao cristão. Quando tu dizes com convicção que Jesus Cristo está em ti, estás dizendo que tens toda a plenitude da Divindade.
    Revelação 5:11-12 “E eu vi, e ouvi uma voz de muitos anjos em volta do trono, e das criaturas viventes, e dos anciãos, e o número deles era miríades de miríades e milhares de milhares , dizendo com voz alta: “ O Cordeiro que foi morto é digno de receber o poder e as riquezas, e a sabedoria, e a força, e a honra, e a glória e a benção.” Os milhões a que João se refere no livro de Revelação são os eleitos que compartilham da glória do Senhor. Lá estava o Cordeiro Jesus Cristo, sendo exaltado e glorificado.
    Revelação 21:5-7 “E o que estava sentado no trono disse: “Eis que faço novas todas as coisas.” Ele diz também: “Escreve porque estas palavras são fies e verdadeiras.” E ele me disse: “Estão feitas! Eu sou o Alfa e o Ômega, o principio e o fim. A todo aquele que tiver sede darei gratuitamente da fonte da água da vida. Todo aquele que vencer herdará estás coisas, e serei o seu Deus e ele será o meu filho.”
    A consciência de que Deus nos tornou UM espírito com Jesus Cristo nós dá paz e descanso nEle. Esta é a certeza da glória. Todas as obras preparadas de antemão por Deus que realizamos estão escritas no Livro do Galardão que está junto ao Trono de Deus, nosso Senhor Jesus Cristo.

    Curtir

  • Saga  On 1 de outubro de 2013 at 5:47

    Amiguinho, você voltou.

    Botafogo disse sobre o sentado no trono em Revelação (Apocalipse): ” […] Apocalipse 4:2 nos dá elementos claros para que tenhamos a certeza da existência de um só trono, onde o único Deus, Cristo está sentado. “Depois destas coisas vim a estar imediatamente no [poder] do espírito e eis que havia um trono na sua posição no céu e havia alguém sentado no trono..” O Ap. João viu só um trono.[…] O Deus que esta no céu sentado no trono, como Rei e Senhor é Jesus Cristo […] Na visão de João, havia um trono, e nele alguém sentado – O Senhor Jesus Cristo. […] Portanto, há um só trono e um só Deus: Jesus […] está nos céus, reinando absoluto e soberano. Ao ser apedrejado, Estevão viu Jesus Cristo […] está escrito que Estevão viu o Senhor Jesus Cristo no trono […] era Jesus Cristo quem estava no trono da glória, de Deus glorificado. […] Revelação 3: 21 […] Revelação 20:11 […]
    Revelação 5:11-12 […] os eleitos que compartilham da glória do Senhor. Lá estava o Cordeiro Jesus Cristo, sendo exaltado e glorificado. Revelação 21:5-7 […]”

    Minha sugestão é que leia Revelação de novo, em especial o 4 e o 5, existe algo que não está casando em dizer que Cristo Jesus estava sentado no Trono de Apocalipse 4. Sobre o relato de Estevão, também não se diz em momento algum que Jesus está sentado em nenhum trono, quanto ao resto parece bem oportuna a aplicação de 1 Cor 15:24-28.

    OBS: As passagens referentes a trono, reino, senhorio não dizem que Cristo Jesus sempre foi Deus, eternamente sentado no Seu Trono de Deus de eternidade a eternidade, mas sim que Outro Ser [Deus né?] o colocou em tais posições em determinado momento: o fazendo Senhor, lhe concedendo um reino, o chamando para junto do Trono e lhe cedendo um lugar nele. Então existe o momento que ele não está, e o momento em que ele está, 1 Cor 15:24-28 até mesmo fala de um momento onde não estaria reinando mais. Volte a Bíblia e medite de novo.

    Curtir

  • botafogo  On 2 de outubro de 2013 at 21:21

    Voltei, colega pra te revelar um segredo sagrado, o Deus vivo que eu prego e apresento é o Cristo Ressuscitado, Senhor do viver Cristocêntrico. Ele é o Senhor das manifestações sutis ou bruscas, no tempo oportuno isto é o máximo da revelação dos céus.

    A primeira manifestação de Deus em corpo carnal foi em Melquisedeque, Rei de Salém. Este texto bíblico é por demais maravilhoso: Hebreus 7:1-4 ” Porque este Melquisedeque, rei de salém, sacerdote do Deus altíssimo…primeiramente se interpreta rei de justiça, depois também é rei de salém(diminutivo de Jerusalém) ou seja rei da paz: sem pai sem mãe, sem genealogia: que não tem princípio de dias, nem fim de existência entretanto, feito semelhante ao filho de Deus, permanece sacerdote perpetuamente. Consderai, pois como era grande…”

    Vemos aqui Deus se manifestando como Melquisedeque. Por esta revelação entendemos que Jesus é Melquisedeque.

    VALEU AMIGUINHO.

    Curtir

  • Saga  On 2 de outubro de 2013 at 22:07

    Querido, você tira muitas interpretações do fundo do chapéu, inclusive inéditas, e heterodoxas demais, sempre apelando a questão do mistério escondido , dificilmente se vê interpretando um texto de forma simples, se prendendo apenas ao que ele realmente diz e com o contexto em que está inserido. (Se eu, se o Givanílson, se o Queruvim, se o Marcelo e outros todos forem que acompanham este wordpress seguir este tipo de método, cada um de nós vai poder do nada tirar interpretações bombásticas da cartola e cada um interpretando diferente do outro.)

    Interpreta um texto de uma forma forçada baseada em uma interpretação forçada de outro texto que depende da visão particular de um terceiro texto, e nenhum dos três se preocupa com a questão do sentido simples, literal, imediato ou contextual, mas tem de imaginar sempre que existe um mistério místico por trás, envolto em nevoa alegórica, de forma que na verdade significa algo muito além do que diz.

    Curtir

  • Saga  On 2 de outubro de 2013 at 23:24

    Segundo uma menina aqui que leu o que o Botafogo escreve:

    Alguma das doutrinas dele surgiram a partir da leitura dos textos q ele tá apontando?

    Ou a doutrina surgiu por fora, e aí depois ele fez um catadão de textos pra tentar justifica-la?

    Parece que primeiro ele pensa na doutrina e depois ele corre pra textos da Bíblia para tentar justificar a doutrina, ou não?

    Você tem impressão que ele primeiro lê os textos citados e depois deduz sua doutrina deles?

    Parece difícil pois muitos dos textos usados não estão tratando do tema que ele apresenta. Vemos inclusive inversões: uma afirmação de que “Jesus está de pé a direita de Deus” nas palavras dele viram uma prova inquestionável de que “Jesus é o único Deus sentado no trono”, o que certamente não tem a ver com o que está escrito, mas não convém à Doutrina que Botafogo já cria antes de ler o texto?

    Curtir

  • Marcelo  On 3 de outubro de 2013 at 17:08

    OMG!

    Curtir

  • Marcelo  On 3 de outubro de 2013 at 17:13

    Lógica “Steve Wonder”! Há séculos provando que seu único Deus é na verdade três!

    ——

    Deus é amor.
    O amor é cego.
    Steve Wonder é cego.
    Logo, Steve Wonder é Deus.

    Disseram-me que eu sou ninguém.
    Ninguém é perfeito.
    Logo, eu sou perfeito.
    Mas só Deus é perfeito.
    Portanto, eu sou Deus.
    Se Steve Wonder é Deus, eu sou Steve Wonder!
    Meu Deus, eu sou cego!

    Curtir

  • botafogo  On 4 de outubro de 2013 at 20:34

    Amado,eu não invento nem apelo,nem tiro do fundo do chapéu, nem forço, nem faço invenções eu só creio que Jeová é o próprio Cristo e defendo isto biblicamente.

    Vou lhe dizer algo tenho vários amigos TJ respeito a todos ao ponto até de não entrar em alguns assuntos referente doutrinas pois são meus amigos e eu os amo você acredite ou não.

    Eu poderia lhe falar variedades de palavras a respeito da sua doutrina do que eu escuto por aí mais prefiro me calar pois certamente você iria deletar.

    Minha ultima postagem foi essa, espero que você não SE aproveite de minha saída deste site para se exaltar.

    A GRAÇA E A PAZ.

    ASS: BOTAFOGO

    Curtir

  • botafogo  On 4 de outubro de 2013 at 20:38

    Não conheço está música conheço a que ele fez para o filme ” A dama de vermelho”

    Curtir

  • Saga  On 4 de outubro de 2013 at 21:35

    Botafogo colega *Pq já nos falamos muitas vezes, então já se ganha até mais intimidade*, então ainda quero ver você interpretar uma passagem (de Deus Pai/Jesus Cristo) com simplicidade, simplesmente o que ela diz dentro do contexto em que está inserida, sem apelações misteriosas.

    Se nós lemos que Jesus estava falando com Deus, seu Pai; nós entendemos exatamente o que tá escrito, que Jesus conversou com Deus, já você eu não sei o que entende, provavelmente que Jesus estava falando consigo mesmo (que por sinal não é Pai de ninguém, já que não é filho de ninguém, os termos “Filho de” e “Pai de” não significam nada do que dizem)

    Se lemos que ele morreu, então ele morreu. Que Deus o reviveu? Então Deus o reviveu. Que o Pai é seu cabeça? Então ele é. Que o Filho não sabe o dia e a hora? Então não sabe. Que o Pai é maior que ele? Então é. Que tenhamos graça e paz de Deus Pai E DO Senhor Jesus Cristo? Então entendemos que teremos graça e paz de duas pessoas, não de uma. Que Estevão o viu de pé ao lado de Deus? Então tem duas pessoas: uma no trono de Deus e outra de pé ao lado dele e não só Jesus sentado no trono. Lemos que Deus estava sozinho no Trono e então veio um Cordeiro pegar o livro da mão desse Deus? Então o Cordeiro não está sentado sozinho nesse trono.

    Curtir

  • Marcelo  On 4 de outubro de 2013 at 21:47

    Não é musica, é um trocadilho que já vi muitas pessoas fazer, como piada. É piada, porque é uma conclusão sem lógica.

    Quer dizer o seguinte:

    Se Deus é amor, e o amor é cego e o Steve Wonder é cego, o Steve Wonder só pode ser Deus!

    Curtir

  • botafogo  On 7 de outubro de 2013 at 20:02

    Saga olha esse versículo Apocalipse 13:8 ” … do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.”

    Você citou: “Se lemos que ele morreu, então ele morreu. Que Deus o reviveu?”

    A Bíblia diz que ele morreu antes da fundação do mundo você vai me dizer que ele morreu duas vezes?

    Saga Cristo veio ao mundo como forma de filho de Deus, tomando forma humana, eu citei a questão de ” Melquisedeque” em hebrus7:1-3 tá claro e simples que o sumo Sacerdote Melquisedeque, foi a primeira manifestação de Deus em corpo de carne diz também que melquisedeque não tinha pai, nem mãe e sem princípio de dias nem fim de existência, só pode ser Jeova e diz semelhante ao filho de Deus. Jesus Cristo, nosso Sumo Sacerdote é da ordem de Melquisedeque.
    Deus se fez carne no ventre de Maria, essa é a multiforme sabedoria só Deus faz isso.

    Você citou: ” Que Estevão o viu de pé ao lado de Deus?”. Vamos lá na minha Bíblia diz que Estevão viu a Glória de Deus é não a Pessoa física de Deus, ele também diz que viu Jesus em pé a destra ou direita eu já lhe mostrei que direita ou destra não é lado é posição de autoridade.

    Olha só João 14:7 “Se vós me tivesses conhecido, conheceríes também meu pai. Desde agora o conheceis e o TENDE VISTO.” Jesus falou que Tomé estava vendo o Pai e todos nós sabemos o final desta conversa o próprio Felipe estava muito incompatibilizado com esta verdade. Ele se encontrava muito confuso.

    Quando olhamos para Jesus, vemos o Cristo homem na manifestação do filho de Deus. Jesus repetiu várias vezes: “Vós estais olhando o filho do homem e isto é só o exterior, porém dentro de mim está o pai.”

    Saga estou meio enrolado hoje mas terminaremos esse assunto.
    Boa noite, fica na graça e na paz.

    Curtir

  • botafogo  On 7 de outubro de 2013 at 20:09

    Falai Marcelo já que Steve Wonder é Deus e você realmente não sabe quem é Deus fica a vontade para adora-lo.

    Não fique nervoso é só um trocadilho valeu é só uma piada.

    Curtir

  • DHON  On 4 de novembro de 2013 at 18:21

    MUITO BOA TARDE ..ENTAO SEI E AFIRMO QUE AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ SAO MINISTROS PREPARADOS POR DEUS ,PARA AVISAR TODA A HUMANIDADE ,SOBRE UMA EMINENTE,E TERRIVÉL DESTRUIÇAO CLOBAL ,QUE ESTAR ENVOLVENDO TODA A HUMANIDADE….2PEDRO 3;7a13 LEIA … .ASSIM COMO NOSSO VELHO E AMIGO IRMAO NOÉ AVISOU A HUMANIDADE SOBRE UM GRANDE DILÚVIO .AS TESTEMUNHAS ESTAO FAZENDO O MESMO ,,AVISANDO TODA A TERRA SOBRE ESTE DIA ,MATEUS;;24;14 LEIA;;..ENTAO EXATAMENTE QUANDO CHEGARAR ESTE DIA? TESSALONICENSES 5;3.4 LEIA…..ENTAO VC QUE ESTAR LENDO ESTE INFÓRME ..NAO DEMORE MUITO TEMPO,,PROCURE UMA TESTEMUNHA DE JEOVÁ ..E PEÇA UM ESTUDO BIBLICO…..O MAIS RAPIDO POSSIVÉL…

    Curtir

  • Paulo Roberto  On 10 de dezembro de 2013 at 14:50

    Escrito da bíblia Apocalipse 13:8 ” … do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.”

    Escrito do Botafogo:A Bíblia diz que ele morreu antes da fundação do mundo você vai me dizer que ele morreu duas vezes?

    Analise Textual da passagem bíblica:” … do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.”

    O cordeiro foi morto (alguém literalmente o matou).

    Neste caso a fundação do mundo a qual se refere o apóstolo João significa “lançado de cima para baixo” que se refere em grego ao termo conceber sementes, para isto a escritura grega usa a palavra KATABOLéS, portanto neste caso em especifico a fundação do mundo aqui apontada pelo apóstolo João é a criação do mundo da humanidade, Deus lançou as sementes da criação.

    Portanto sua afirmação que a bíblia diz que ele morreu ‘antes’ da fundação do mundo, está incorreta pois a bíblia diz que foi desde a fundação do mundo, em grego a palavra desde é apó que transmite a ideia de ‘desde’ ou ‘a partir de’ portanto o cordeiro morreu depois da conclusão da criação

    Seguindo o raciocínio bíblico o cordeiro foi morto no decorrer da história humana, conforme diz as escrituras.
    Logo sua pergunta para o saga de que o cordeiro morreu 02(duas) mesmo sendo feita de forma capciosa é descabida.

    Obviamente Cristo estava vivo desde muito antes da criação por isso ele é chamado de principio (Arkhe que significa literalmente principio ou inicio em grego) da criação de Deus ou nascido de Deus conforme os textos em parêntesis (Colossenses 1:15;1 João 5:18, Revelação ou Apocalipse 3:14,).

    Permita-me Botafogo,

    acredito que concorde que o motivo para o Cordeiro (nosso Senhor Jesus Cristo) ter dado sua vida por nós foi para nos resgatar do pecado e da morte está correto?

    Concordamos com isso?

    Se for este o caso concorda que Nosso Senhor Jesus Cristo foi morto literalmente?
    Digo, morto mesmo?

    Pergunto isso pois se Jeová Deus em substância fosse Cristo ele não estaria realmente morto o que invalidaria o nosso resgate.

    Seria como se o inimigo (Satanás) dissesse: ‘Espere, você não morreu realmente, uma parte de você está viva lá no céu’ ou ‘ Mas só morreu o Deus Filho e não o Deus Pai, só foi provado fiel o Deus Filho e não o Deus pai e nem o Deus Espírito Santo’

    Mas aí você diria: Mas eles São um!

    É aí que esta afirmação leva a uma indagação que é a seguinte:

    Mas se eles são 01(um) quem ressuscitou ao Deus Filho, uma vez que ele estava morto literalmente?

    A resposta seria ou o Deus Pai ressuscitou o Deus Filho ou o Deus Espírito Santo o ressuscitou!

    E ai voltaríamos as perguntas acima:

    ‘Espere, você não morreu realmente uma parte de você está viva lá no céu’ ou ‘ Mas só morreu o Deus Filho e não o Deus Pai, só foi provado fiel o Deus Filho e não o Deus pai e nem o Deus Espírito Santo’

    Agora eu lhe pergunto a base da bíblia: Teria valor o resgate se Cristo não estivesse realmente morto?

    Se Cristo se auto ressuscitou (partindo do principio que ele o Pai e o Espírito Santo são um) significa que ele estava vivo?

    Logo se ele estava vivo ele não estava morto, se não estava morto estava vivo então não seria correto dizer que Cristo morreu por nós, ou que ele foi fiel até a morte?

    Aguardo suas respostas de acordo com a palavra de Deus.

    Abraços.

    Romanos 10:2,3

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s