Desafio aos trinitários- QUE VERSÍCULO INSPIRADO FALA DA TRINDADE?


Que versículo da Bíblia fala de uma trindade? Convido todos os teólogos do Brasil ou outro país* que apresente este verso. Para que eu possa postar aqui. Vou esperar 7 dias. Hoje é 13 de junho de 2013.

Depois de 7 dias, caso não apareça nenhum texto da parte dos defensores da doutrina da trindade, ficará claro que tal doutrina não é clara e explicitamente ensinada nas Escrituras Sagradas. Boa pesquisa! 

… … …HOJE É DIA 20 DE JUNHO DE 2013…. Já se passaram 7 dias e nenhum líder religioso sequer apresentou um texto da Bíblia que apresenta a doutrina da trindade. Isto se dá pelo seguinte: NÃO EXISTE NENHUM TEXTO DA PALAVRA DE DEUS A BÍBLIA QUE FALE DE DEUS COMO SENDO UMA TRINDADE, TAL DOUTRINA FOI FORMULADA SÉCULOS DEPOIS DA MORTE DOS APÓSTOLOS  e teve como base crenças oriundas do paganismo enxertadas no cristianismo apostatado

Em outras palavras, as Igrejas chamadas “cristãs evangélicas”  estão enganando os fiéis tanto doutrinalmente como em muitos casos praticando crimes contra Deus e os homens. Apocalipse 18:4 nos exorta a sair do meio deles , sim, a sair do meio da confusão (Babel ou Babilônia) se não quisermos “receber parte de suas pragas”. De acordo com a Bíblia, Deus em breve, lançará uma golpe destrutivo contra os pastores barulhentos e gananciosos da cristantade.  

Se você frequenta uma Igreja cujos pastores produzem frutos podres e praticam a hipocrisia, já está na hora de procurar o local da adoração verdadeira do Soberano Senhor Jeová. Cristo disse que os “verdadeiros adoradores adorarão o Pai”. Procure o Salão do Reino das Testemunhas de Jeová.  É ali onde se segue a Cristo de verdade.

 

Sobre a Trindade  ou  artigos adicionais

Negam as TJ a “divindade de Cristo” ? 

Provérbios 8:22 segundo eruditos trinitários

O DESENVOLVIMENTO DO MODELO NEO-PLATÔNICO da doutrina da trindade!

Informações fidedignas sobre quem são as Testemunhas de Jeová provenientes da PÁGINA OFICIAL DAS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ

* Esta página é diariamente acessada por pessoas de vários países. Brasil, Estados Unidos, Angola, Portugal, Israel,  Reino Unido  e muitos outros
Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Freitas  On 14 jun 2013 at 7:27

    Tem “teólogo” por aí que faz de um tudo para explicar e não dá em nada.Eu queria saber DE QUE MODO A QUESTÃO DA MESMA ESSÊNCIA,OU SUBSTÂNCIA,OU NATUREZA É A CHAVE PARA EXPLICAR ISTO?

    Mas uma explicação lógica onde não diga que é “um mistério””,ou, “o poder de Deus”,e a pior de todas: “somente os iluminados pelo espírito santo é que entendem como isto se dá”.

    Ah,e que não use termos humanos para fazer isso,pois quando nós usamos esse mesmo argumento eles chilram dizendo que não pode.

    Apenas a bíblia,isto é o que importa.Aliás,o certo mesmo seria usar apenas o que o próprio Jesus,”aquele que desceu do céu” disse.

    Um estudioso sério das escrituras deveria fazer o seguinte,sendo Jesus O fiel da balança: Selecionar todas as palavras de Jesus referentes à sua natureza e origem,bem como sua relação com o pai. E depois pesar na balança e ver para onde aponta o fiel: Jesus é o soberano do universo,ou,Jesus é simplesmente um filho.Se Jesus não deixou claro uma das mais importantes de todas a verdades,quem é Deus e quem é ele,então ele falhou no ensino,mas não foi o caso.

    O resto é balela e filosofia humana ,apostasia satânica,aprendida aos pés da igreja católica.

    “Porque Deus amou tanto o mundo que deu seu filho unigênito..”-João 3:16.

    comecemos por aí: Foi o espírito santo e Deus pai quem atribuiu o papel de filho a Jesus,ou Jesus já era o filho desde sempre?

    Gostaria,com sua permissão queruvim,de acrescentar isso ao seu desafio:

    SOMENTE PALAVRAS DO FIEL,A PRINCIPAL PEDRA DE ÂNGULO.

    Curtir

  • alexcf76  On 14 jun 2013 at 13:04

    1 João cap. 5
    7 Pois há três que dão testemunho [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um.
    8 E três são os que testificam na terra]: O Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito.

    Curtir

    • Saga  On 16 jun 2013 at 16:38

      Ele pediu um texto INS PI RA DO. Só a existência desses colchetes já desqualifica sua Conma Joanina como sendo o texto canônico que ele pediu.

      Quanto ao contexto e interpretação dessa passagem da Almeida:
      Se 5:7 quisesse dizer que são o Mesmo, então o 5:8 quer dizer que sangue e são são a Mesma Coisa que o espírito santo né? Uma Trindade de 5: O Pai, a Palavra, o Espírito, A Água e o Sangue! Um Deus 5 em 1.

      (Ou seria mais interessante dizer que água e sangue não são pessoas e consequentemente não podem ser deus nem deuses? )

      Curtir

      • alexcf76  On 17 jun 2013 at 9:45

        E já agora como não me considero alguém de fé cega convido-o a provar-me, com um versículo da bíblia, o que é que Jesus era antes de ter vindo á terra.
        Se me der um versículo que diga que Ele era um arcanjo ou anjo ou outra coisa qualquer que não Deus estou aberto a ter uma visão nova sobre o assunto.

        Curtir

        • queruvim  On 17 jun 2013 at 18:46

          Abraão e Isaque não eram a mesma pessoa certo? De maneira similar João 3:16 é um texto que demonstra que Jesus é o “filho de Deus” exatamente como no tipo profético prefigurado por Isaque. Foi uma provisão amorosa da parte de Jeová, O Ser Supremo, providenciar o sacrifício de resgate por enviar seu filho e não uma parte de si mesmo. Este texto já demonstra que a Bíblia na sua simplicidade não ensina o conceito de que Jesus é a mesma pessoa de Deus. Cabe a você ler este e deixar que a Bíblia fale.
          Jesus disse e João 6:38, “Descí do céu não para fazer a minha vontade mas a vontade Daquele que me enviou” Exatamente o que lemos em João 3:16 e é ignorado. Ou você não está ignorando isto?

          E desculpe mas vou deletar depois os coments que não estão especificamente relacionados com o assunto proposto. També nao vou postar aqui comments com ataques ou ad hominem desrespeitando o proponente de visão teológica diferente.

          Curtir

      • queruvim  On 17 jun 2013 at 18:39

        Alex nenhuma tradução da Bíblia foi inspirada. Quanto a sua colocação…entendo que..
        Não prova que ele é o Ser Supremo em forma humana, visto que na mente judaica a palavra Deus ou deus era usada com a conotação de um “substantivo comum”. Por exemplo : Moisés foi chamado de ELOHIM (Deus/deus) em Ex. 7:1. Obvio que ele não era Deus, mas “poderoso” ou “um deus”. Agradeço pelo seu comentário e peço que pesquise um artigo que publiquei intitulado: “O uso e significado da palavra Deus (Elohim em hebraico)”

        Curtir

      • OptimusPrime  On 17 jun 2013 at 22:59

        @queruvim – obrigado pela sua resposta. Não fique chateado mas eu queria mesmo era saber pela “boca” do usuário “Saga” como é que o uso de colchetes em um texto bíblico o desqualifica como texto canônico. Porque foi isso que ele insinuou.

        Curtir

        • queruvim  On 18 jun 2013 at 0:03

          Ele se referiu a interpolações como é o caso de 1 João 5:7. A vasta maioria dos eruditos não o consideram canônicos.

          Curtir

    • Marcelo  On 17 jun 2013 at 23:51

      @OptimusPrime não é o colchete que desqualifica. Os colchetes são usados de maneiras diferentes. Na TNM o colchete serve para deixar bem claro para o leitor que a palavra não existe, mas é subentendida. Em outras tradućões as vezes as palavras são inseridas corretamente, pois subentende-se desta maneira, mas o tradutor não achou necessário destacar esta situaćão.

      Para entender melhor, compare atos 28:6 na TNM e na João ferreira de Almeida. A palavra “um” foi subentendida em ambas as tradućões, mas apenas a TNM deixou claro que que a palavra não existe no manuscrito consultado.

      Os colchetes de 1Jo 5:7 na João Ferreira de Almeida serve para mostrar ao leitor que não se pode afirmar que este texto estava realmente alí, visto que alguns manuscritos (os mais antigos) não tem aquele trecho, indicando assim um provável acréscimo. É como se o autor dissesse “Não coloco minha mão no fogo por este trecho”.

      Veja que as Almeidas mais recentes (ou revisadas) não apresentam mais este trecho:

      http://www.bibliaonline.com.br/acf+aa/1jo/5/7

      Curtir

  • Paulo Amorim  On 14 jun 2013 at 14:35

    Queruvim, tudo o que está sendo provado com este seu “desafio” é que a negação da Doutrina da Trindade por parte das TJ’s se dá justa e simplesmente pala falta de entendimento destas a respeito daquela.

    O Deus Tri-Uno não é estampado nas Escrituras pela letra; Ele é absorvido delas pelo Espírito!!!

    “(…)a letra mata e o espírito vivifica.”
    2 Coríntios 3:6

    Um exemplo:

    “No princípio criou Deus os céus e a terra.
    E a terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo; e o Espírito de Deus se movia sobre a face das águas.”
    Gênesis 1:1-2

    A objeção à Trindade fazendo uso deste texto MERAMENTE na sua LITERALIDADE é bem simplória: “No relato da Criação, vemos o Pai e o Espírito, mas onde está o Jesus da Trindade?!!”

    Já a resposta apologética é bem simples E BÍBLICA:

    “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
    Ele estava no princípio com Deus.
    Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.”
    João 1:1-3

    Capire??

    PAULO AMORIM

    Curtir

    • Saga  On 16 jun 2013 at 16:26

      Falou falou e não disse nada. Quer dizer que os 5 versos de Gên 1:1,2 + Jo 1:1-3 são a Trindade?

      Curtir

      • Saga  On 16 jun 2013 at 16:34

        Gên 1:1 demonstra que Deus criou o mundo. Gen 1:2 demonstra que o seu espírito -o espírito de Deus- estava sobre as águas da se movendo. Jo 1:1-3 fala que a criação de Deus foi por meio da sua Palavra. (Que é a mesma Sabedoria de Provérbios 8). Os elementos da S.Trindade são complexos, envolvem coigualdade, coeternidade, consubstancialidade, uma ousia e três hypostasis em triunidade etc etc.

        Não basta demonstrar a existência dos três referidos, nos textos em questão por exemplo só se demonstraria a divindade de Deus [Pai] e do Filho [Palavra] ; a do Espírito [Santo] não.

        A eternidade e coigualdade entre os três também não estão demonstradas. E a pessoalidade do Espírito também não foi demonstrada. Então não se tme elementos suficientes para formular uma S.Trindade.

        Curtir

    • queruvim  On 18 jun 2013 at 0:49

      Sr. Amorim, quando o Apóstolo afirmou por inspiração que “a letra mata” logo em seguida ele esclareceu o que tinha em mente ao dizer “a letra que foi escrita em tábuas de pedra de modo que os filhos de Israel não podiam fitar atentamente o rosto de Moisés”. Portanto a “letra que mata” conforme dito por Paulo se refere a Lei( com letras maiúsculas na TNM para diferenciar a Lei Mosaica da lei como princípio) e Paulo se referia inclusive a procura de justificação por meio do decálogo.

      Paulo não estava falando sobre o estudo e leitura da palavra de Deus. Na verdade como podemos confirmar que o que ensinamos é a verdade senão por compararmos com o que a Bíblia diz? É exatamente ai onde entra a diferença entre as Testemunhas de Jeová e as demais religiões da cristandade. Evitam a leitura investigativa da Bíblia em seus cultos não raro barulhentos e em muitíssimos casos sem didática alguma. Antes um forte apelo a emoção.
      Jamais se chega a um entendimentoi da palavra escrita de Deus dessa forma!

      João 1:1 fala de Jesus, (o verbo) e de Deus. Apenas dois. Não se fala de uma tríade. Ademais João 1:1 diz que o verbo estava COM Deus. Como pode ser ele o mesmo Deus COM QUEM estava? A palavra Deus em João 1:1 não deve ser vertida “Deus” com letras maiúsculas visto que é um substantivo anartro, no singular precedendo ao verbo o que lhe dá uma característica de predicado. Esta é uma construção comumente encontrada nas Escrituras e aponta para Jesus como sendo “um deus” e não O Deus COM QUEM estava. No texto grego há muitos casos de um substantivo predicativo anartro no singular precedendo ao verbo, tais como em Mr 6:49; 11:32; Jo 4:19; 6:70; 8:44; 9:17; 10:1, 13, 33; 12:6.

      Curtir

  • Saga  On 14 jun 2013 at 15:55

    Depois tenta pedir qual versículo fala de uma “Dupla Natureza: dum homem que era 100% divino e 100% homem ao mesmo tempo, com dois centros de consciência e que ainda por cima alternava entre eles a bel prazer do leitor trinitário” ?

    Pois o primeiro mistério quando confrontado com versículos problemáticos tenta se apoiar totalmente no segundo mistério….o qual na verdade….se apoia no primeiro mistério [!] e não em versos bíblicos, formando assim uma lógica circular: onde a doutrina da dupla natureza é verdade pois o dogma da trindade diz que é! E a doutrina da trindade é verdadeira pois assim garante o dogma da dupla natureza ….

    Curtir

  • Saga  On 14 jun 2013 at 18:04

    _____As divergências Doutrinárias da Cristandade_____

    0 – Queruvim e amigos. Já ouviram dizer na Cristandade que “somos todos cristãos” ou que as diferentes denominações tem apenas “pequenas diferenças” SUPERFICIAIS?

    1 – Obviamente que não é assim …. existem diferenças doutrinais sérias em assuntos de importância, como -pra citar dois- por exemplo; na questão da Segunda Vinda de Cristo e no Resgate (Expiação).

    São temas menores? Não!
    São meros detalhes? Não!

    O abaixo foi tirado da wikipedia:

    Part of a series on Atonement in Christianity
    Types of Atonement: Limited (Calvinistic/Reformed) Unlimited (All other Christianity)

    Theories of Atonement:
    Christus Victor – Governmental – Moral influence – Penal substitution – Ransom – Recapitulation – Satisfaction – Substitutionary

    Percebam que existe divergência sobre como se deu a expiação.

    “A visão governamental de expiação….de [Hugo] Grocius [é a preferida dos arminianos]…freqüentemente comparada com a do teoria de satisfação formulada inicialmente por St. Anselmo, a qual é preferida pela Igreja Católica, e posteriormente desenvolvida para a teoria da substituição penal mantida pela maioria dos calvinistas. Também pode ser contrastada com a compreensão de Christus Victor a qual é preferida pela maioria dos ortodoxos e muitos cristãos luteranos”

    Governamental – Arminianos
    Satisfação – Católicos
    Substituição Penal – Calvinistas
    Christus Victor – Luteranos e Ortodoxos.

    “A Expiação limitada é uma doutrina do Calvinismo que diz que Cristo morreu para salvar pessoas determinadas, que lhe foram dadas pelo Pai desde toda a eternidade. Segundo esta doutrina, portanto, sua morte foi totalmente eficaz, porque todos aqueles pelos quais ele não morreu receberão a justiça de Deus, quando forem lançados no inferno, e todos aqueles pelos quais ele morreu serão salvos […] Os calvinistas não acreditam que a expiação é limitada em seu valor ou poder (se Deus o Pai quisesse, teria salvo todos os seres humanos sem excepção), mas sim que a expiação é limitada na medida em que foi destinada para alguns e não para todos”

    “A visão de satisfação na expiação é uma teoria da teologia cristã […] Anselmo considerava a sua teoria como um aperfeiçoamento da antiga teoria do resgate, que ele via como inadequada […] a teoria da satisfação ensina que Cristo sofreu […] para satisfazer as exigências da glória de Deus pelo seu mérito infinito”

    2- A Satisfação é útil por seu encaixe com a Trindade!!! Afinal ela diz que a morte do Deus-Homem Cristo teve valor infinito em vez de ter sido um resgate equivalente a morte de Adão. Quando alguém diz que “apenas a morte de Deus” seria satisfatória está se referindo a isso.

    3- Que tal a doutrina da “Perseverança dos santos” e do “Uma vez salvo, salvo para sempre” ? A última diz que o salvo, mesmo caindo em pecado e apostasia ainda será salvo pois já o foi e isso não pode ser mudado mesmo que caia em desgraça, a primeira diz que por causa da predestinação, mesmo o inveterado pecador que abandonou a fé por fim irá se reconciliar com Deus no fim das contas se provando salvo. São afirmações sérias demais para serem considerados “meros detalhes”. (Elas dão carta branca para o crente pecar bastante…existem pessoas que podem acabar PERDENDO SUA VIDA ETERNA…por crer nessas ideias!!!).

    4- Também existe diferença na questão dos dons espirituais (profecia, curas e línguas), o que irmãos pentencostais acham seríssimo, afinal existe a ideia de que quem não demonstra dom, não foi “batizado no espírito santo” e não sendo batizado em tal, não é verdadeiro salvo!

    5- Quanto a guarda um descanso sabático, existe a ideia de que o domingo é marca da Besta e que aqueles que se recusam guardar o sábado não irão se salvar! Será um mera bobagem? Isso vale pra qualquer outro elemento da Lei Mosaica que uma igreja ainda ache norma. Nisso igrejas de um lado chamam a igreja do outro lado de LEGALISTAS e chegam ao ponto de dizer que adeptos do legalismo estão pondo em risco a sua salvação. Será isso um pequeno pormenor sem importância? (Guardar ou não a Lei de Moisés).

    6- Pense na relação da igrejas com a politica, na “teologia da libertação” -por exemplo- esse vinculo fica fortíssimo -até mesmo obrigatório-. Esse vinculo é correto ou seria adultério espiritual? Será algo de somenos importância essa questão???

    7- O ministério de mulheres bispas e pastoras é válido?

    8- Então, quis frisar que sob as aparências externas de certa unidade doutrinária tem numerosas divergências, sendo algumas sim serissimas por mais que queiram negar….

    Curtir

  • Paulo  On 16 jun 2013 at 20:26

    Quer ver um trintário embaraçado? Pergunte a ele QUANDO O PAI CONCEDEU AO FILHO TER VIDA EM SI MESMO? (João 5:26)
    Vamos falar em bom português que a pergunta de QUANDO QUANDO QUANDO QUANDO QUANDO o PAI concedeu a JESUS ter vida em si mesmo, não foi respondida e NÃO PODE ser respondida por nenhum trinitarista por um simples fato.
    Para um trinitarista Jesus tem que SEMPRE ter tido vida em si mesmo e NUNCA poderia em qualquer era da história ter RECEBIDO do Pai ja que o Filho é o Deus todo-poderoso, co-igual ao Pai e não teve principio.

    Pronto, João se enganou ué, vai ver que ele estava num mau dia. (risos)

    Curtir

    • larcio  On 3 jul 2013 at 17:19

      João 5:21 – Jesus afirma ter o mesmo poder que o Pai para ressuscitar, dar a vida!
      • João 5:22 – Cristo é o juiz da humanidade—só Deus pode ser “Justo Juiz”: “Deus é justo juiz…” Salmo 7:11.
      • João 5:23 – A mesma honra que é atribuída a Deus o Pai, deve ser atribuída ao Filho, por também ser Divino!
      • João 5:26 – Cristo tem vida em Si mesmo, do mesmo modo que o Pai. Quando é dito que o Pai “concedeu” ao Filho ter vida em Si mesmo, isso não se dá no aspecto Divino, pois, Cristo é Deus tão quanto o Pai, segundo Colossenses 2:9. Essa “concessão” de ter a eternidade é no aspecto da encarnação, pois Cristo, enquanto encarnado, era inferior ao Pai apenas funcionalmente. Por Cristo ter encarnado, Ele se subordinou ao Pai na função que exerceu no plano da salvação da humanidade.
      • João 5:28, 29 – Jesus ressuscitará os mortos. Isso é feito por Deus que cria a vida!
      • João 5:40 – É preciso ir ao Salvador para ter a vida eterna, pois Ele é a fonte;
      • João 5:33,35,40,50 – Jesus é o “pão da vida”, a fonte de vida para todo o que crer nEle como Senhor, Salvador e Deus;
      • João 5:46 – Jesus afirma que “veio de Deus” e que “viu” a Deus;
      • João 6:64 – Cristo é onisciente—característica só da divindade! (ver João 18:4);
      • João 6:68, 69 – Pedro confessou pela fé que Cristo era o “Santo de Deus” e não “a criatura de Deus”;
      • João 7:46 – guardas do templo, designados para prender a Jesus, não conseguiram fazer isso de imediato porque viram nEle algo de sobrenatural nas palavras que dizia;
      • João 8:12 – Cristo é a “luz do mundo”. Por aceitarmos essa Luz Divina em nossas vidas podemos transmiti-La a outros (Mateus 5:13, 14);
      • João 8:23 – Jesus diz que não é desse mundo, mas de outro. E afirma com clareza no verso 24 que quem não crer em Quem Ele é, irá morrer nos próprios pecados;
      • João 8:36 – Cristo é o que liberta o ser humano do pecado. Característica de um ser Divino, pois o problema do pecado não pode ser resolvido por uma criatura;
      • João 8:44 – Jesus demonstra conhecer o diabo “desde o princípio”. Para isso, Ele teria que ter sido o Criador do anjo caído (criado perfeito, segundo Ezequiel 28:15).
      • João 8:57-59 – esta declaração de Cristo é fantástica! Ele diz ser o “Eu Sou” de Êxodo 3:14! Se autointitulou “Jeová” de modo que os judeus O quiseram apedrejar. Com este “nome” EU SOU Jesus está destacando sua eternidade: “Eu Sou” significa que Ele é o mesmo no passado, no presente e no futuro. Além disso, dessa expressão deriva o nome sagrado de Deus, representado pelo tetragrama YHVH, reforçando a ideia de que Jesus disse ser Deus.
      • João 9:17 – testemunhas oculares viram os sinais miraculosos de Jesus;
      • João 9:38- Jesus foi adorado e não rejeitou tal adoração! A Bíblia diz que só devemos adorar a divindade, não a criatura!

      Curtir

      • queruvim  On 3 jul 2013 at 20:27

        Será que este caminhão de textos mal aplicados apoiam a doutrina da trindade? Vou responder cada texto mal aplicado por ti… o Sr comete um erro após o outro e promove uma doutrina enganosa e antibíblica, veja por que ….minhas respostas estão em negrito ao passo que seu post anterior estará em letras normais.
        João 5:21 – Jesus afirma ter o mesmo poder que o Pai para ressuscitar, dar a vida!
        Esta autoriadade foi lhe “dada” de acordo com Mat 28:18. Além disso em João 6:57 Jesus disse que “vive por causa do Pai” “foi enviado pelo Pai” e diz que assim como ele vive “por causa do Pai” nós também vivemos por causa dele. Assim como nós não somos Cristo, Cristo não é Deus. O texto q citou se conflita com João 5:32 onde Cristo fala que “há outro” no verso 37 ele diz que este “outro é…o próprio Pai que me enviou“. Isolar texto para tentar promover a doutrina da trindade é uma farsa comum dos trinitários. Vocês evangélicos que pregam tal distorção da palavra de Deus deviam ter vergonha! SEm falar que tu sabes que um texto ou dois pode ser facilmente comparado com outro e suas idéias pagâs de trindade desmanteladas, então apelam pra seguinte tática, flooding de informações. Você pensa mais ou menos assim: “Vou postar logo uns 20 textos para dificultar a defesa deles”. É muito comum esta atitude desonesta da parte dos chamados evangélicos. Não vou mais permitir flooding aqui na página. A não ser que eu esteja disposto e com tempo para expor a má aplicação de textos usados isoladamente a fim de promover a antibíblica doutrina da trindade.
        • João 5:22 – Cristo é o juiz da humanidade—só Deus pode ser “Justo Juiz”: “Deus é justo juiz…” Salmo 7:11.
        João 5:22 diz que “o Pai confiou todo julgamento ao filho” assim como lemos em Mat 28:18 tal autoridade foi “dada” por Jeová, o Pai. Além disso vc não leu apenas alguns versos adiante em João 5:27 onde diz que Deus, o Pai “lhe deu autoridade para julgar”. Ele não tinha tal autoridade! Leia com mais atenção porque João 5:27 não foi escrito pela Torre de Vigia não!
        • João 5:23 – A mesma honra que é atribuída a Deus o Pai, deve ser atribuída ao Filho, por também ser Divino!
        Que Jesus é Divino isto as Testemunhas de Jeová sabem, visto que ele tem muitíssimo poder que lhe foi “dado”, contudo, sua afirmação de que devemos honrar o filho é exatamente o que diz o texto. Isso é o que a Igreja evangélica menos tem feito. Sem falar que honrar é bem diferente de “adorar”. Jesus disse que somente a Jeová que se deve adorar. Mat. 4:4> Jesus disse-lhe então: “Vai-te, Satanás! Pois está escrito: ‘É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar e é somente a ele que tens de prestar serviço sagrado.’”

        • João 5:26 – Cristo tem vida em Si mesmo, do mesmo modo que o Pai. Quando é dito que o Pai “concedeu” ao Filho ter vida em Si mesmo, isso não se dá no aspecto Divino, pois, Cristo é Deus tão quanto o Pai, segundo Colossenses 2:9.
        Sua afirmação de que Jesus ter sido chamado de divindade ( Col.. 2:9) o iguala com o pai, é baseado apenas em uma repetição. Não consultou um dicionário para ver o que REALMENTE signfica θεότητος. Faz assim, para um pouco de cantar na igreja e estuda mais. Menos hinário e mais estudo das Escrituras ajuda bastante!

        Essa “concessão” de ter a eternidade é no aspecto da encarnação, pois Cristo, enquanto encarnado, era inferior ao Pai apenas funcionalmente. Por Cristo ter encarnado, Ele se subordinou ao Pai na função que exerceu no plano da salvação da humanidade.
        Isso não se harmoniza com vários textos escritos APÓS A ASCENSÃO onde lemos que Cristo está subordinado a Deus, lá, no domínio celestial. Textos escritos 30, 50 ou 60 anos depois da ascensão. 1 Cor 11:3 (escrito por volta do ano 55) diz: “o cabeça de Cristo é Deus” Rev. 3:12.Jesus mais de 60 anos depois é citado como chamando Deus de “meu Deus” 4 vezes em Revelação. Portanto seu argumento de subordinacionismo funcional, simplesmente não funciona! Se você comparar sua afirmação com 1 cor. 15:27 onde fala de Cristo como estando “sujeito” a Deus, logo em seguida diz: ” CLARO está que SE EXCETUA AQUELE que lhe sujeitou todas as coisas” Viu só ? Esta sujeição mesmo décadas depois ainda prosegue lá no céus! E o texto mostra que mesmo antes, tudo lhe foi sujeito, EXCETO DEUS.

        • João 5:28, 29 – Jesus ressuscitará os mortos. Isso é feito por Deus que cria a vida!
        Galatas 1:1 diz que “Deus o ressucitou dentre os mortos” isto é a Cristo. Hab. 1:12 mostra que “Deus não morre”.
        • João 5:40 – É preciso ir ao Salvador para ter a vida eterna, pois Ele é a fonte;

        Esta sua declaração entra em conflito com a Bíblia Sagrada em Judas verso 25 onde lemos que nosso Salvador é Deus. Jesus é aquele por “intermédio” (grego DIÁ) de quem ele providenciou o “meio de salvação” (que é o significado exato da palavra SOTÉRION em Luc 2:30, que se refere a Cristo! Isto vcs nunca entenderão se não pegarem uma tradução da Bíblia que seja mais exata. )

        • João 5:33,35,40,50 – Jesus é o “pão da vida”, a fonte de vida para todo o que crer nEle como Senhor, Salvador e Deus;
        Não há nenhum verso que diga que Jesus é a “fonte da vida”. Pelo contrário, o Salmo 36:9 onde lemos “Contigo está a fonte da vida” se refere a Jeová Deus, o Pai. Obviamente que isto foi obscurecido de sua mente visto que o Nome de Deus foi removido em sua tradução predileta da Bíblia e substituído pela palavra Senhor, causando uma confusão entre o Sr Jeová e o Sr Jesus.

        • João 5:46 – Jesus afirma que “veio de Deus” e que “viu” a Deus;
        Você comete um erro duplo aqui, adulterou o texto ao colocar entra espas palavras de não existe nem em João 5:46 nem em João 6:46 onde acho que tentou citar de modo desastroso e enganoso. Resumindo um descuido irresponsável na tentativa desesperada de provar a doutrina da trindade.
        • João 6:64 – Cristo é onisciente—característica só da divindade! (ver João 18:4);
        O texto não diz que ele é onisciente, é você quem está afirmando isso. O texto apenas diz que ele sabia a respeito de “todas as coisas que lhe sobrevinha” a saber, sua futura execução iminente. Tanto é assim que em Mat. 24:36 o próprio Cristo disse: ” “Acerca daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente o Pai.

        • João 6:68, 69 – Pedro confessou pela fé que Cristo era o “Santo de Deus” e não “a criatura de Deus”;
        Santo significa separado, apartado, limpo fisica e espiritualmente. Argumento irrelevante. Até nós podemos ser santos. O lugar onde eu mais vejo santos é no Salão do Reino das Testemunhas de Jeová. Faça uma visita e depois de umas reuniões verá se o que eu digo é certo ou não. Não vá pelo que os outros dizem. Quanto a se Cristo é uma criatura, é a própria Bíblia que diz isso em Apoc 3:14 onde falando de Cristo diz que ele é: “o princípio DA CRIAÇÃO de Deus. Uma análise textual de todas as ocorrências da palavra grega arkhe usada pelo Apóstolo João apresenta sempre o significado de “início”, “começo” com a acepção idêntica na palavra ”princípio”. João 1:1,2; 2:11; 6:64; 8:25,44; 15:27; 16:4; 1 João 1:1; 2:7,13,14,24(duas vezes) ; 3:8,11; 2 João 1:5,6; Revelação 21:6; 22:13. (Segundo a obra Young’s Analytical Concordance)

        • João 7:46 – guardas do templo, designados para prender a Jesus, não conseguiram fazer isso de imediato porque viram nEle algo de sobrenatural nas palavras que dizia;

        Texto irrelevante para tentar provar a trindade.

        • João 8:12 – Cristo é a “luz do mundo”. Por aceitarmos essa Luz Divina em nossas vidas podemos transmiti-La a outros (Mateus 5:13, 14);
        Texto irrelevante para provar a trindade

        • João 8:23 – Jesus diz que não é desse mundo, mas de outro. E afirma com clareza no verso 24 que quem não crer em Quem Ele é, irá morrer nos próprios pecados;

        Claro que Jesus é de outro mundo, vivia nos céus antes de vir a terra e sua vida foi trasferida para o ventre da virgem judia Maria. Texto irrelevante para provar a Trindade católica.

        • João 8:36 – Cristo é o que liberta o ser humano do pecado. Característica de um ser Divino, pois o problema do pecado não pode ser resolvido por uma criatura;

        Então porque se usava animais como sacrifício? O sangue tinha valor expiatório, de forma que o sangue de Cristo ainda mais. Sangue é algo físico. Cristo tinha que ser um resgatador semelhante a Adão, perfeito. Não um ser mais poderoso que um homem. Todo poder que ele tinha recebia de seu Pai Jeová Deus. É por isso que orou em frente ao túmulo de Lázaro agradecendo e dizendo “Pai agradeço que tu me ouviste” “falo isso para que acreditem que tu me enviaste” Você ignora todos estes textos.

        Jesus, nada mais e nada menos do que um humano perfeito, tornou-se um resgate que compensou exatamente o que Adão perdera — o direito à vida humana perfeita na terra. Assim, Jesus podia corretamente ser chamado “o último Adão” pelo apóstolo Paulo, que disse no mesmo contexto: “Assim como em Adão todos morrem, assim também em Cristo todos serão vivificados.” (1 Coríntios 15:22, 45) A perfeita vida humana de Jesus foi o “resgate correspondente” exigido pela justiça divina — nada mais, nada menos. Um princípio básico, mesmo de justiça humana, é que o preço pago deve ser equivalente ao erro cometido.
        Se Jesus, no entanto, fosse parte de uma Divindade, o preço de resgate teria sido infinitamente superior ao que a Lei do próprio Deus exigia. (Êxodo 21:23-25; Levítico 24:19-21) Foi apenas um humano perfeito, Adão, quem pecou no Éden, não Deus. Assim, o resgate, para estar realmente em harmonia com a justiça de Deus, tinha de ser estritamente um equivalente — um humano perfeito, “o último Adão”. Assim, quando Deus enviou Jesus à terra como resgate, ele fez com que Jesus se tornasse o que satisfaria a justiça, não uma encarnação, não um deus-homem, mas um homem perfeito, “menor que os anjos”. (Hebreus 2:9; compare com o Salmo 8:5, 6.) Como poderia uma parte de uma todo-poderosa Divindade — o Pai, o Filho ou o espírito santo — alguma vez ser menor do que anjos?

        • João 8:44 – Jesus demonstra conhecer o diabo “desde o princípio”. Para isso, Ele teria que ter sido o Criador do anjo caído (criado perfeito, segundo Ezequiel 28:15).

        J0ão 1:1,2 mostra que Jesus estava no princípio COM Deus e “todas as coisas que existiram vieram a existir por intermédio dele” em grego DIA significa ATRAVÉZ DELE. Ou seja Deus usou Jesus para criar tudo o que existe inclusive o Diabo.(lógico q o Diabo era um ser obediente) Isto explica por que Jesus é chamado de “filho unigênito” em João 1:18. Ele foi o único (monos) que Deus criou diretamente, ao passo que todas as coisas foram criadas atravéz ou por intermédio dele. Os anjos do céu são filhos de Deus, assim como Adão era “filho de Deus”. (Gên 6:2; Jó 1:6; 38:7; Lu 3:38) Mas o Ló·gos, mais tarde chamado Jesus, é o “Filho unigênito de Deus”. (Jo 3:18) É o único de sua espécie, o único a quem o próprio Deus criou diretamente, sem a intermediação ou cooperação de qualquer criatura. Ele é o único a quem Deus, seu Pai, usou para trazer à existência todas as outras criaturas. Ele é o primogênito e o principal dentre todos os outros anjos (Col 1:15, 16; He 1:5, 6), anjos que as Escrituras chamam de “os semelhantes a Deus” ou “deuses”. (Sal 8:4, 5) Por conseguinte, de acordo com alguns dos mais antigos e melhores manuscritos, o Senhor Jesus Cristo é devidamente descrito em português como “o deus unigênito [gr.: mo·no·ge·nés the·ós; lit.: “unigênito deus”]”. — Jo 1:18, NM, ALA, IBB.

        • João 8:57-59 – esta declaração de Cristo é fantástica! Ele diz ser o “Eu Sou” de Êxodo 3:14! Se autointitulou “Jeová” de modo que os judeus O quiseram apedrejar. Com este “nome” EU SOU Jesus está destacando sua eternidade: “Eu Sou” significa que Ele é o mesmo no passado, no presente e no futuro. Além disso, dessa expressão deriva o nome sagrado de Deus, representado pelo tetragrama YHVH, reforçando a ideia de que Jesus disse ser Deus.

        Tudo errado! A frase “Eu sou” não aparece em Ex 3:14. Sou professor de hebraico e muitos anos. Além disso leia este artigo com atenção e dedicação.


        • João 9:17 – testemunhas oculares viram os sinais miraculosos de Jesus;
        irrelevante para rpovar a doutrina da trindade.

        • João 9:38- Jesus foi adorado e não rejeitou tal adoração! A Bíblia diz que só devemos adorar a divindade, não a criatura!

        A palavra “adorar” usada em muitas Bíblia significa “prestar homenagem” e pode ser vertida tanto “adorar” como “prestar homenagem”. Ou seja a tradução da Bíblia que tu usas está te levando para um entendimento totalmente corrompido das Escrituras.
        Aconselho que leia este artigo com dedicação. <


        Em resumo, o Sr como todos os outros defensores de uma doutrina inexistente na palavra de Deus não apresentou um texto sequer que fale de uma tríade de pessoas na divindade. De fato tal texto não existe. Vocs e seus cultos emotivos tem lhes proporcionado um otimismo exagerado. A emoção presente nos cultos evangélicos só serve para acolher demonios e perpetuar doutrinas anti bíblicas. Adorar a Deus envolve autodomínio, amor genuíno, não esssa hipocrisia e ignorância presente no meio evangélico.
        Aff mas por que estou falando assim? Simples meu amigo, dá uma olha em um jogo de futebol e poderá ver seus irmãos de fé orando no meio do campo pedindo a Deus e agradecendo a vitória.

        Tolos ignorantes! Até quando irão brincar com as coisas sagradas? Vossa forma de adoração não é agradável para Deus cujo nome vcs removem de suas traduções da bília com as mesmas mãos que matam pessoas da mesma religião em tempo de guerra. Sim, com as mesmas mãos que elegeram Hitler em 1933 na alemanha nazista. Evangélicos que eram maioria elegeram aquele monstro no poder. A forma de adoração aceitável a Deus não chegou ainda no conhecimento de vcs!

        Curtir

      • Saga  On 3 jul 2013 at 23:41

        O larcio é um bom exemplo daquela lista de argumentos que tinha escrito aqui no dia 26 de Junho, vejam só :

        “larcio Em 3 de julho de 2013 às 17:19 João 5:21 – Jesus afirma ter o mesmo poder que o Pai para ressuscitar, dar a vida!”

        Esse é Argumento da ressurreição. O qual eu expliquei assim => “…o fato dele ter ressuscitado pessoas…e que ressuscitará a todos no dia da sua Vinda, ou seja, ser a ressurreição e a vida, demonstra que ele é Deus, que seria o único capaz de ressuscitar“

        • João 5:22 – Cristo é o juiz da humanidade—só Deus pode ser “Justo Juiz”: “Deus é justo juiz…” Salmo 7:11.

        Argumento dos Títulos Divinos e Argumento do Só Deus

        “• João 5:23 – A mesma honra que é atribuída a Deus o Pai, deve ser atribuída ao Filho, por também ser Divino!”

        Este é o Argumento da Honra “Assim como” João 5:23 . Gostaria de frisar que o termo ASSIM COMO frisado em 5:23 é usado em dizendo que a forma como o Pai é um com o Filho é como seus discípulos também devem ser UM (Que sejam um ASSIM COMO NÓS somos um).

        “• João 5:26 – Cristo tem vida em Si mesmo, do mesmo modo que o Pai.”

        E aqui frisar que os discípulos de Jesus também tem vida em si mesmos (João 6:53). Deus dá ao Cristo a vida em si mesmo e o Cristo dá quem for seu discípulo também ter vida em si mesmo. Esse é O Argumento Do Vida em Si Mesmo, deixei de fora da minha listinha.

        “• João 5:28, 29 – Jesus ressuscitará os mortos. Isso é feito por Deus que cria a vida!”
        Repetição do argumento da ressurreição.

        “• João 5:40 – É preciso ir ao Salvador para ter a vida eterna, pois Ele é a fonte;”
        Argumento do Salvador. É claro que Jesus não é a fonte da salvação, ele é o meio, o agente ou mediador, quem não sabe disso é o famoso “tá mal de Bíblia” mesmo.

        “• João 5:33,35,40,50 – Jesus é o “pão da vida”, a fonte de vida para todo o que crer nEle como Senhor, Salvador e Deus;”
        Não tem nada escrito de Deus no verso, de “crer nele como Deus”, estamos vendo que em cada texto o LARCIO inventa um monte de ideias agregadas ao invés de se prender ao que o texto diz. Percebam no comentário sobre 5:26 como ele inventa um monte de coisa que não tem no texto, ou seja, ele não se harmoniza com o que o texto diz, ele tenta harmoniza o texto com as suas doutrinas pessoais.

        “• João 5:46 – Jesus afirma que “veio de Deus” e que “viu” a Deus;”
        E daí? Qual o argumento aqui?

        “• João 6:64 – Cristo é onisciente—característica só da divindade! (ver João 18:4);”
        Argumento dos Atributos Divinos, mas sabemos que segundo Mt 24:36 e Ap 1:1 que Cristo não é onisciente, senão Deus – Seu Pai não poderia lhe revelar nada e nem saber algo que o Filho ignora.

        “• João 6:68, 69 – Pedro confessou pela fé que Cristo era o “Santo de Deus” e não “a criatura de Deus””
        Aqui se tenta usar o Argumento dos Títulos Divinos (Santo) e parece um argumento de Só Deus (Só Deus é Santo), mas de toda forma ele falha, até porque o texto não diz que Jesus é o “Deus Santo” e sim que é o “Santo DE DEUS”, do qual vai uma diferência enorme.

        • João 8:36 – Cristo é o que liberta o ser humano do pecado. Característica de um ser Divino, pois o problema do pecado não pode ser resolvido por uma criatura;

        “• João 8:44 – Jesus demonstra conhecer o diabo “desde o princípio”. Para isso, Ele teria que ter sido o Criador do anjo caído (criado perfeito, segundo Ezequiel 28:15)”
        KKKKkkkkk, é piada né? Isso não fez sentido nenhum, Non Sequitur é isso aí.
        (Como eu disse no caso da Salvação, Cristo não é a fonte da criação, mas o agente, meio, intermediário ou mediador, tá escrito isso nas Escrituras. A Criação é de Deus e o Criador é o Pai, isto do Gênesis ao Apocalipse)

        “• João 8:57-59 – esta declaração de Cristo é fantástica! Ele diz ser o “Eu Sou” de Êxodo 3:14! Se autointitulou “Jeová” de modo que os judeus O quiseram apedrejar. Com este “nome” EU SOU Jesus está destacando sua eternidade: “Eu Sou” significa que Ele é o mesmo no passado, no presente e no futuro. Além disso, dessa expressão deriva o nome sagrado de Deus, representado pelo tetragrama YHVH, reforçando a ideia de que Jesus disse ser Deus.”

        Este é a 878ª pessoa que surge nesses comentários falando isso do “Eu Sou”, são realmente insistentes. Enfim, este novamente foi o Argumento do Eu Sou

        “• João 9:38- Jesus foi adorado e não rejeitou tal adoração! A Bíblia diz que só devemos adorar a divindade, não a criatura!”
        Este é o argumento da adoração. Também é um tipo de argumento do Só.

        Nenhum dos textos citados são provas do dogma da TRINDADE, pois não falam que Deus é três indivíduos coiguais e coeternos em uma única ousia.

        Já textos do Livro de Mórmon sim falam de S.Trindade, vejam só:

        Mórmon 7:7 E efetuou a redenção do mundo, por meio da qual aquele que for declarado inocente em sua presença, no dia do juízo, terá permissão para habitar na presença de Deus em seu reino, para cantar louvores continuamente, com os coros celestes, ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo, QUE SÃO UM DEUS, num estado de felicidade que não tem fim.

        3 Néfi 11:36 E assim o Pai dará testemunho de mim e o Espírito Santo dará testemunho do Pai e de mim; pois o Pai e eu e o Espírito Santo somos um.

        Mosiah 15:4 E eles são UM DEUS, sim, o próprio Pai Eterno do céu e da Terra.

        Talvez os trinitários pudessem ficar bem mais tranquilos usando o Livro de Mormón, pois este sim tem versos que falam de uma Trindade, um Deus Triuno! Assim deixam de distorcer o AT e o NT, usem o livro de Mórmon, o Credo de Atanásio, a Declaração de Fé Luterana, os escritos de Calvino, o Catecismo Católico, etc, esses sim tem versos formulando e afirmando uma Triunidade em Deus. Já as Escrituras Sagradas Judaico-Cristãs do Antigo e Novo Testamento de 66 livros que formam a chamada Bíblia não tem nenhum verso assim.

        Curtir

      • Marcelo  On 5 jul 2013 at 8:56

        “• João 8:44 – Jesus demonstra conhecer o diabo “desde o princípio”. Para isso, Ele teria que ter sido o Criador do anjo caído (criado perfeito, segundo Ezequiel 28:15)”

        Te puxou na criatividade heim?

        Será que um irmão mais velho pode conhecer o irmão mais novo “desde o principio”? Claro que sim. Será que isto prova que foi o irmão mais velho que gerou o irmão mais novo? Claro que não.

        Este argumento só seria válido se o diabo fosse a primeira criação.

        Curtir

    • larcio  On 3 jul 2013 at 17:22

      Amigo Paulo,eis a explicação que tu dizes nos deixar embaraçados! versículo por versículo.

      Curtir

      • Freitas,descontraindo..  On 5 jul 2013 at 2:06

        queruvim,Saga ..

        O larcio é também um caso típico de grande parte de religiosos que fazem o seguinte:NUNCA RACIOCINAM SOBRE OS ARGUMENTOS.E TEXTOS MENCIONADOS.
        Esses viajantes das galáxias da rede passam os olhos num post rapidamente e selecionam ,também em alta velocidade,um outro post que defende a “teoria”,ou fazem um apanhado de vários deles e montam um pout pourri de ritmos desconexos..e jogam como resposta sobre a nave inimiga(rsrsr..só fazendo gracinha mesmo)é por isto que eles incluem junto com os tradicionais “argumentos do” um monte de interpretações tolas que de tão tolas nos fazem perder tempo tentando entender ‘o que ele quer dizer com isso?’,somente para depois percebermos que ele quis apenas fazer seu manifesto só pelos 20 centavos mesmo e nada mais.
        E enquanto a gente está aqui ele já sumiu na poeira cósmica..escafedeu-se noutras dimensões negras do universo ,de repente nem voltou mais aqui.
        Estou aqui na redinha da varanda,noite estrelada meditando no “sempiterno poder e divindade” de Jeová(Romanos 1:20,este texto pode nos ser útil no “ARGUMENTO DA” natureza divina) e me deparo com o larcio..um pequeno principe viajante da lua adorando as três marias pois,por serem três,assim o são porque provam que a trindade existe.
        kkkkkk..Como disse o tradutor:”Ó Jeová,abre os olhos do rei da inglaterra”!

        (

        Curtir

        • queruvim  On 5 jul 2013 at 19:32

          Errado, voltou sim, com 2 posts gigantescos, cheios de mentiras e alucinações anti TJ. Enquanto isso nada disse sobre a incoerência que é evangélicos orarem no campo de futebol demonstrando total ignorância sobre Deus que segundo a atitude deles, pode apoiar o palmeiras ou o coríntians com gols! São uns ignorantes da palavra de Deus. Essa é minha opinião que exponho de maneira direta, sem rodeios e sem zombaria.Esta falta de entendimento das coisas sagradas levadas para uma arena futebolística revela a ignorância (falta de conhecimento) sobre Deus que há neles. Jamais irão mudar esta postura. São presos a erros doutrinais e atitudes semelhantes a essas que os coloca como parte do mundo. Ao postar este imbecil ainda vem criticar as TJ dizendo que mudou centenas de vezes os ensinos. Daí se esforçou em achar ensinos vários(claro q nada tem que ver com ensinos doutrinalmente básicos, tais como sobre “quem é Deus” etc, mas escatologia etc) tal esforço dele em chafurdar publicações do povo de Jeová a fim de achar o que considera um erro ou mudança de ensino, enquando as igrejas destes continua nos mesmos erros de sempre. Quanto aos posts siplesmente os envio para o lixo e nem os leio pois quando começo a ler vejo ataques sem respeito etc..por exemplo o ultimo dele:

          “troque esse nick(Saga=cega) por outro que denote mudança na tua visão!”

          Este ultimo dele eu deletei sem querer, pois era enorme. Normalmente eu não delteto mas coloco na lixeira para que se um dia estes opositores tentem me processar, como é o caso do Fernando Galli que vez por outra fica falando em “processar” a gente, eu tenha então algo guardado em arquivo. Na verdade vejo todo tempo estes falsos seguidores de Cristo, ou apóstatas ameaçando. Por exemplo, recentemente um me ameaçou de processo caso eu não publicasse seus posts. Deletei todos os posts dele e estou esperando até hoje. É mais fácil eles processar os outros do que fazer a cabeça deles “processar” corretamente as iformações. No Yahoo respostas, estes opositores raivosos logam com vários nicks e fazem cada absurdo de acusações. Chafurdam 100 anos de publicações das TJ a fim de acharem algum suposto erro, e o pior que os novat os ou que não tem experiência podem cair. Por exemplo, quando houve um tempo em q a comunidade médica era dividida a respeito dos perigos e alto riscos de transplantes, a organização de Jeová, obviamente era contra tal procedimento que quase sempre acabava em morte. Dai eles citam artigos desta época do passado distante a fim de ridicularizar as TJ como se fosse algo moderno e vigente doutrinalmente. São uns embusteiros anti TJ. Alguns em grau maior outros em grau menor.

          Curtir

      • Paulo  On 3 set 2013 at 10:44

        Desculpe, mas não fiquei satisfeito. Você não respondeu QUANDO Jesus recebeu do Pai ter vida em si mesmo.
        A pergunta foi QUANDO?

        Curtir

  • luiz mauro dos santos chalegre  On 17 jun 2013 at 11:47

    Assisti e apreciei o vídeo “Deixem a Luz Brilhar” (parte 2), aos 13:34 do documentário , está estampado o esquadro e o compasso entrelaçados.
    Não compreendo porque um símbolo maçônico está compondo a bela
    história da Associação Torre de Vigia. Gostaria de receber um esclareci
    mento a respeito. Muito agradecido.

    Curtir

    • queruvim  On 17 jun 2013 at 19:34

      Luiz Mauro,

      Antes de tudo, obrigado por reservar seu tempo precioso a fim de partilhar suas observações…

      Era uma imagem encontrada em um periódico escrito por James Wechsler onde criticava a aliança entre lideres religiosos maçons envolvidos com o Reich Alemão. Isto é oque a revista Despertai destacava. Em momento algun se faz qualquer comentário favorável a maçonaria. Ao contrário, apresenta-se tal prática nas publicações das TJ em luz desfavorável. Temos várias imagens de líderes religiosos no DVD mas isso jamais significa que eles eram Testemunhas de Jeová. O fato da Bíblia falar que Jesus teve um diálogo com Satanás significa que a Bíblia prega o demonismo? O fato de lermos em Jó que o inimigo apareceu num tribunal celestial, significa que o livro de Jó é satanista? Sua observação é produto de imaginação de teorias conspiratórias. Caso as TJ tivesse qualquer simpatia ou abraçassem a moçonaria, após uma olhada nos números de A Sentinela revelar-se ia linguagem favorável a tais práticas. Ocorre o oposto. Alguns evangélicos ou ex TJ que apostataram, imitando a satanás começaram a propagar na internet que as TJ tem influências maçônicas. Não demorou muito e a maçonaria se tornou uma prática enraizada e generalizada dentro de vários templos evangélicos. O feitiço voltou contra o feiticeiro. Não há nenhum membro ativo entre as TJ ou Ancião que seja maçonico.Desculpe mas acho que vou deletar este comment. Até pq aqui não é o tema proposto. Alguns não gostam das TJ por motivos , ao meu ver, preconcebidos, ou outros, Mas “testificar falsidades” e tentar satanizar as TJ de modo desesperado ligando-as a tudo o que parece obscuro ou demoníaco é desonesto.Espero que este não seja o seu caso. Maçonaria no meio das igrejas evangélicas e no meio do catolicismo e protestantismo é algo escandaloso e claramente perceptível. No meio do povo de Jeová isso não passa de especulação de opositores mentirosos ou com mania de teorias, trolls de internet e apostatas. O certo é ir ao Salão do Reino. Assistir umas 20 reuniões do povo de Jeová e depois faz um relatório com vídeo e provas. Isso ninguém JAMAIS VAI CONSEGUIR. Não existe. E se houvesse e alguém publicasse, eu te garanto que uma comissão judicativa seria feita na mesma semana para averiguar se uma pessoa que professa servir a Jeová Deus está servindo a dois senhores. Caso constatado, (algo que NUNCA VÍ ATÉ HOJE!) a pessoa possivelmente teria violado flagrantemente aquilo que jurou preservar, a saber, a adoração verdadeira. Isso JAMAIS É PERMITIDO. Quem sugere que as TJ praticam algum tipo de pacto com outra religião ou pratica adoração ecumênica, não conhece aqueles a quem Davi se refere dizendo : “Feliz a Nação cujo Deus é Jeová, O Povo que Ele escolheu como sua herança” Salmo 33:12.

      Curtir

      • luiz mauro dos santos chalegre  On 19 jun 2013 at 21:16

        Prezado amigo queruvim, Caso queira deletar a minha mensagem, não ficarei
        constrangido. Creio que a Maçonaria é de origem satânica e o verdadeiro cristão
        não pode ter comunhão com as trevas. Nisso concordo integralmente com o senhor, se não fosse incomodo, gostaria de ser informado do material publicado
        pela querida Associação Torre de Vigia que demonstra a falsidade das
        Sociedades Secretas. Muito agradecido.

        Curtir

        • queruvim  On 19 jun 2013 at 21:33

          A Despertai de 08 de Agosto de 1958 fala claramente CONTRA A MAÇONARIA. O tema do artigo é : “A história e a Natureza da Franco Maçonaria”

          Curtir

        • queruvim  On 2 jul 2013 at 11:22

          Publiquei um artigo com o tema : “O que a WATCHTOWER diz sobre a maçonaria” Poderá achar o link no lado esquerdo desta página nos links de assuntos. Espero que goste do que verá ali. Meu objetivo é rechaçar as fantasias dos que acreditam na besteira de que as TJ tem algo maçonico no meio delas. Isto é uma fantasia de opositores semelhante a teorias de conspiração. Tem gente que adora boatos e não sente vontade alguma de saber a verdade . Sentem mais prazer em calúniar e acusar, tipo Satanás mesmo.

          Curtir

  • Marcelo  On 17 jun 2013 at 23:23

    Queruvim. Algum trinitarista perito em grego koine já argumentou como seria a frase de João 1:1 deveria ser vertida caso João quisesse dizer realmente “um deus”? Tenho a impressão que ela seria exatamente como foi vertida.

    Curtir

    • queruvim  On 17 jun 2013 at 23:36

      Sim, há alguns trinitários que afirmam isso. Mas raras vezes se pronunciam assim devido a represália que podem sofrer por parte da comunidade trinitária que o cerca e o apoia. Todavia, falando sobre João 1:1 o erudito Jasohn Beduhn (erudito secular não afiliado a nenhuma igreja específica e conhecido por sua avaliação puramente gramatical) disse:

      Gramaticalmente, João 1:1 não é um versículo difícil de traduzir. Segue , estruturas e expressões comuns bem conhecidas do grego. Uma tradução léxica ( “interlinear”), da controversa cláusula seria:

      “e um deus era a Palavra”.

      Uma tradução literal mínima ( “equivalência formal”) iria reorganizar a ordem das palavras para corresponder a correta expressão Inglesa: “E o Palavra era um deus.” A preponderância das provas, da gramática grega, a partir do contexto literário, cultural e de meio ambiente, apóia esta tradução, de que “o Verbo era divino”, seria uma variante um pouco mais polida carregando o mesmo significado básico. Ambas as representações são superiores a tradução tradicional, que vai de encontro a esses três fatores-chaves qual guia de tradução exata. A NASB, NIV, NTLH, NRSV e NAB acompanham a tradução preferida pelos tradutores da KJV. Esta tradução aguarda uma boa defesa, uma vez que obviamente nenhuma emerge da gramática grega nem do contexto literário de João, ou para o ambiente cultural em que João está escrevendo …

      Tendências moldaram a maioria destas traduções muito mais do que atenção precisa para o texto da Bíblia. A tradução de João 1: 1 na Tradução do Novo Mundo é superior à das outras oito traduções que comparamos”.

      TRUTH IN TRANSLATION (A Verdade na tradução)

      Há este artigo que escrevi a este respeito JOÃO 1:1, Deus “divino” ou “um deus”

      Ou ainda este artigo falando sobre João 1:1</a>

      Curtir

  • Freitas  On 18 jun 2013 at 6:29

    O sr. Paulo usa a palavra “tri-uno” para falar de Deus.O F.G e todos os trinitários a usa constantemente mas sempre se esquecem de mencionar que esta palavra não passa de Neologismo não adotado pela linguagem humana,Até os dicionários desconhecem o seu significado.Ou seja,mais uma palavra inventada sem sentido algum.Alguém poderia explicar o que significa um tri-uno ? Nem Jesus poderia,por isso ele falou de modo simples sobre “o” “pai” e sobre ele,”o” filho,e sobre “o” espírito santo de modo muito distinto e não num aglomerado como gostariam os tri-unistas. Tudo balela confusa.A filosofia humana usa tais artifícios em seus argumentos obscuros.

    “O que sabemos,falamos ,e o que temos visto ,disso damos testemunho..Ademais ,nenhum homem ascendeu aos céus,senão aquele que desceu do céu,o filho do homem.”-João 3:13.

    ELE SABIA A VERDADE ACERCA DE SI MESMO E ENSINAVA CLARAMENTE.

    “Eu sei que vem o messias,que é chamado cristo.Quando este chegar ELE NOS DECLARARÁ ABERTAMENTE TODAS AS COISAS.“-jOÃO 4:25.

    Portanto,o que disse Jesus sobre “trindade”,ou Deus “triuno”?
    Resposta apologética simples:NADA,NADA E NADA!

    O que disse Jesus sobre ele ter igualdade com o pai?

    Resposta apologética: Mil vezes NADA!

    O que disse Jesus sobre ele ser Deus ?

    Absolutamente nadica de nada!!!

    Quem dizia que jesus ensinava ser Deus?

    Resposta: Os fariseus.(João 10:33)

    Qual a resposta de Jesus para eles?

    Eu não disse isso,o que eu disse foi:”SOU FILHO DE DEUS”(João 10:36)

    Que os triunistas se manifestem do mesmo modo mas ,me desculpem,convidar alguém para um debate em nome de outro é no mínimo infantil.É como se eu levasse uma pisa na escola ,fizesse beicinho e falasse:-Você vai ver só…vou chamar meu papai!! buá! buá! buá!

    TRAGA JESUS PARA O DEBATE. É ISTO O QUE EU ESPERAVA DE UM “INSTRUTOR DA LEI”-João 3:10.

    Curtir

    • Saga  On 18 jun 2013 at 14:23

      Freitas,

      Segundo os triniteístas, as conclusões dos fariseus acerca de Jesus estar em heresia em relação a sua relação com Deus – embora o próprio Jesus em nenhum momento fale neste sentido – estão CORRETAS.

      Quando Jesus diz que podia perdoar pecados (Marcos 2:5 e Mateus 9:2) e os fariseus respondem que isso seria uma blasfêmia herética pois ele só poderia fazer isso se fosse Deus (Mc 2:7 ; Mt 9:3), a opinião dos triniteístas é EXATAMENTE A MESMA dos lideres judeus.

      Mas as palavras de Jesus (Mc 2:10 ; Mt 9:6) e da Escritura a respeito desse evento não são iguais a dos fariseus, está escrito:

      (Marcos 2:10) Mas, a fim de que saibais que o FILHO DO HOMEM TEM na terra AUTORIDADE PARA PERDOAR pecados. (Mateus 9:8) As multidões, ao verem isso, ficaram com medo e glorificaram a DEUS, QUE CONCEDERA TAL AUTORIDADE A HOMENS.

      Os Fariseus achavam que afirmações ousadas tais quais Jesus fazia sobre si mesmo passavam do ponto, a forma como descrevia sua posição de Filho em relação ao Pai, sua descrição de unidade, as funções que dizia estar em sua jurisdição fazer, como perdoar pecados e dar a vida as ovelhas. É como se ele estivesse se dando poderes e atribuições que só cabiam á Deus ou se comparando em poder à Ele. Porém a explicação de Jesus e dos seus discípulos é que seu conhecimento, poder, autoridade e funções foram adequadamente todas recebidas do próprio Deus, de forma que não havia nada de idolátrico em Jesus se expressar de tal forma.

      LER (João 3:2) (Col 1:19)

      (Lucas 10:22) Todas as coisas me foram entregues por meu Pai

      (João 3:35) O Pai ama o Filho e tem entregue todas as coisas na sua mão.

      (Atos 2:22) “Homens de Israel, ouvi estas palavras: Jesus, o nazareno, homem publicamente mostrado a vós por Deus, por intermédio de poderosas obras, e portentos, e sinais, que Deus fez por intermédio dele no vosso meio

      (Atos 10:38) Deus o ungiu com espírito santo e poder, e ele percorria o país, fazendo o bem e sarando a todos os oprimidos pelo Diabo; porque Deus estava com ele. 

      (Apocalipse 1:1) Revelação de Jesus Cristo, que Deus lhe deu

      Eles não expressam que tais atribuições provinham de ele ser o próprio Deus que enviou a si Mesmo ou que detinha o mesmo poderio e posição do Pai. Porém a interpretação dos triniteístas é diferente …

      Curtir

      • queruvim  On 19 jun 2013 at 0:02

        Você postou o que eu tenho observado e ainda nem sequer tinha comentado em nenhum post. É como se você saga soubesse o que eu estou pensando. É exatamente o que me vem a mente e sempre ocupado ainda não havia postado esse pensamento que me ocorreu diversas vezes exatamente desta forma. Como é bom ver alguém falar a ligua pura da verdade!

        Curtir

  • Saga  On 18 jun 2013 at 13:36

    Alex,

    “alexcf76 Em 17 de junho de 2013 às 9:37 – Pelo seu raciocínio então a vossa tradução de João 1:1 , além de outras, também não é inspirada porque contém colchetes no “..[um] deus.” o que faz de Jesus Deus e não [um] deus. O que por si prova a Trindade”

    Óbvio que o “um” entre colchetes não é inspirado, tinha dúvida disso? Como em grego não tinha artigo indefinido todos artigos indefinidos que você ver em traduções não são inspirados, estão ali para completar o sentido da frase.

    Quanto a falta do artigo indefinido: Todos os d-euses referidos na Bíblia não terão artigos indefinidos, simplesmente pela inexistência de tal recurso no idioma materno. Se a falta do “um” indica unidade de ser com Jeová, então todos os deuses citados na Escritura serão “Deus” junto ele.

    A Trindade é formada pela unidade de três pessoas coeternas em só Deus, então Jo 1:1 não é suficiente para demonstrar uma Trindade, no máximo provaria uma Bindade.

    Optimus,

    OptimusPrime Em 17 de junho de 2013 às 22:59
    @queruvim – obrigado pela sua resposta. Não fique chateado mas eu queria mesmo era saber pela “boca” do usuário “Saga” como é que o uso de colchetes em um texto bíblico o desqualifica como texto canônico. Porque foi isso que ele insinuou.

    Os colchetes são um mecanismo usado para indicar palavras acrescentadas em certas traduções. No caso da Almeida era para indicar que “as palavras entre colchetes não constam no texto grego adotado”. Outras traduções trocam o uso dos colchetes pelos dos itálicos. Tanto colchetes como itálicos são uma forma de dizer que as palavras grifadas não estavam no original. No caso específico da Comna Joanina ela foi inventada como uma interpretação de 1 Jo 5:8, pessoas que concluíram que: “o espírito, a água e o sangue” eram figuras que representavam “o Pai, o Filho e o espírito santo”, e essa glosa acabou pulando da margem para o texto principal. A Comna de 1 Jo 5:7 é um dos textos mais mal atestados, ele é tão mal atestado que nem estava no Textus Receptus original, ele vai além da questão de TR vs TC, pois mesmo fora do TC ele é duvidoso, com atestação deficiente tanto em datação quanto em quantidade de manuscritos, além disso a analise da história eclesiástica demonstra a inexistência do uso da Comna em Niceia e nos debates trinitários.

    Mas vou ser mais exato agora –
    Os colchetes com uso relacionado a variantes textuais POR SI SÓ não são suficientes para demonstrar que um texto não é canônico ou inspirado. Mas são um dos indícios mais fortes nesse sentido pois reflete a confiabilidade literária dos manuscritos. No caso especifico de 1 João 5:7 o estudo em cima da passagem (Conma Joanina) é bem mais conclusivo do que em outros “textos colchetados”, a “balança das evidências” não fica 50% a 50% e nem 51% a 49%….

    Agora outra observação –
    No caso do assunto em pauta por ser algo de natureza muita séria, é certamente preferível que se faça uso de uma passagem acima de dúvida né. Não vai se criar uma doutrina central em cima de uma passagem que não seja 100%, vai? Quando dizemos que Jesus é “o Filho de Deus”, não estamos dependendo de 1 verso colchetado, temos centenas de referências inquestionáveis nesse sentido! Isso resulta em dizermos sem sombra de dúvida que : “A Bíblia ensina que Jesus é o Cristo – o Filho de Deus”. [/]

    Curtir

  • Saga  On 19 jun 2013 at 1:59

    —-Comparação do tipo de raciocínio da Cristandade em relação ao modo de pensar de Jesus e de seus discípulos —-

    “queruvim Em 19 de junho de 2013 às 0:02
    Você postou o que eu tenho observado e ainda nem sequer tinha comentado em nenhum post. É como se você saga soubesse o que eu estou pensando. É exatamente o que me vem a mente e sempre ocupado ainda não havia postado esse pensamento que me ocorreu diversas vezes exatamente desta forma.”

    A interpretação trinitária em cima de certos textos é igual a dos lideres religiosos judeus continuamente recriminados por Jesus.

    Em Marcos 2:5-12 Jesus estaria se fazendo como Deus, por perdoar pecados.
    Em João 5:16-19 estaria se violando o Sábado e fazendo como Deus por se chamar de Filho de Deus e referir-se ao lado do Pai Criador ao afirmar também estar trabalhando no Sétimo Dia Criativo.
    Em João 10:27-36 Jesus estaria se fazendo como Deus por se dizer uno com seu Pai de modo que assim como as ovelhas não podem ser arrebatadas da mão do Pai, também não podem ser arrebatadas da mão dele.

    Jesus respondeu a todos eles.
    No contexto de Marcos 2:5 ele disse que tinha sim autoridade para perdoar pecados, por que? Porque ele era o próprio Deus? Não. Mas por que ele era o Filho do Homem (Marcos 2:10), aquele mesmo referido em Daniel 7:13,14 que recebendo poderes de Deus – O Antigo de Dias.

    No contexto de João 5:18, ele respondeu no 5:19 que era dependente e submisso a Deus, seu Pai. Além de que em ele disse claramente que fazer uma cura num sábado não é errado (Mt 12:12), sendo assim também falsa a acusação de que ele quebrou a Lei de Moíses, violando o Sábado!

    > Mateus 12:12 – Por isso é lícito fazer uma boa ação no sábado <

    No contexto de João 10:30, ele conclui que o que disse é que era o Filho de Deus (Jo 10:36), ele se defende da acusação dos seus desafetos, dizendo que mesmo que se denominasse de "Deus" (Jo 10:33), a Escritura Sagrada já tinha chamado homens menos nobres do que ele de "deuses" (Sl 82:1-7 . Jo 10:34), então se eles podiam ser chamados de "deus", ele muito mais (Jo 10:35,36), e a Escritura não pode ser anulada (Jo 10:35)! O termo "theos" ou "elohim" em si não é determinante para demonstrar a IDENTIDADE da pessoa com o Todo Poderoso (Êxo 7:1)!

    (João 10:34,35) 34 Jesus respondeu-lhes: “Não está escrito na vossa Lei: ‘Eu disse: “Vós sois deuses”’? 35 Se ele chamou ‘deuses’ aos contra quem se dirigia a palavra de Deus, e, contudo, a Escritura não pode ser anulada,

    Ainda na questão da Trindade, vejam que relato bíblico INTERESSANTE: Enquanto evangélicos falam numa mitológica e falsa coletividade na palavra ECHAD e numa inexistente pluralidade de seres na palavra ELOHIM além da existência de vários alguéns chamados YHWH e que os judeus tadinhos até hoje entendem mal esses termos da Shemá (Dt 6:4) ao acharem que indicam que eles tem uma unidade absoluta [echad] formada de apenas um Deus [elohim], que é um único ser e uma única pessoa chamada Jeová [yhwh] ……… Jesus diz o seguinte, sobre qual a mais importante palavra da Lei de Deus:

    (Marcos 12:29,30) 29 Jesus respondeu: “O primeiro é: ‘Ouve, ó Israel: Jeová, nosso Deus, é um só Jeová 30 e tens de amar a Jeová, teu Deus, de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de toda a tua mente, e de toda a tua força

    Elogiando a seguinte interpretação da Shemá:
    (Marcos 12:32) O escriba disse-lhe: “Instrutor, bem disseste em harmonia com a verdade: ‘Ele é Um só, e não há outro senão Ele.

    Ao dizer:
    (Marcos 12:34) Jesus, em vista disso, discernindo que tinha respondido inteligentemente, disse-lhe: “Não estás longe do reino de Deus.”

    Ou seja, o judeu não entendeu a frase "Jeová nosso, Deus é um só Jeová" errado, entendeu "inteligentemente" de forma correta que significa que Jeová é uma só pessoa exatamente "um só e não outro senão Ele", a isso atesta o próprio Jesus! Ou o judeu a entendeu erradamente e Jesus foi cúmplice do erro, mas apenas os nossos teólogos sábios do século XXI que podem corrigir o "entendimento errado" [sic] que os judeus, o escriba e Jesus tinham dessa passagem?

    E eu vou mais além, pense na teologia da prosperidade que induz evangélicos a irem atrás de ficarem ricos – Jesus ao contrário não encorajava seus seguidores a simplificar a vida para acompanha-lo na pregação (Mat 19:21-29)? Não instruía a buscar tesouros nos céus e não na terra (Mat 6:20)? Seus apóstolos não diziam que se empenhar por riquezas era um mal? (1 Tim 6:7-10)

    Assim, as interpretações evangélicas que se vê por aí são muito mais próximas das dos Fariseus, Escribas e Saduceus. E seu pensamento religioso muito mais a ver com de filósofos gregos e de pagãos romanos do que com os dos judeus dos tempos bíblicos e dos primitivos cristãos do período neotestamentário.

    Curtir

  • João Paulo  On 19 jun 2013 at 13:35

    NESTA PASSSAGEM JESUS SE DECLARA O ALFA E O OMEGA:

    E, eis que cedo venho, e o meu galardão está comigo, para dar a cada um segundo a sua obra.
    Eu sou o Alfa e o Omega, o princípio e o fim, o primeiro e o derradeiro.
    Bem-aventurados aqueles que guardam os seus mandamentos, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas.
    Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.
    Eu, Jesus, enviei o meu anjo, para vos testificar estas coisas nas igrejas. Eu sou a raiz e a geração de Davi, a resplandecente estrela da manhã.
    E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.
    Apocalipse 22:12-17

    Apocalipse 1:8 “Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.”

    Aqui o Deus Pai dizendo:

    Isaías 44:6 “Assim diz o Senhor, Rei de Israel, seu Redentor, o Senhor dos exércitos: Eu sou o primeiro, e eu sou o último, e fora de mim não há Deus.”

    Apocalipse 1:8 “Eu sou o Alfa e o Ômega, diz o Senhor Deus, aquele que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso.”

    Adoração a Jesus:

    Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
    Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
    E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.
    Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
    Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
    Filipenses 2:6-10

    Jesus tendo forma de Deus, não quiz ser Deus, mas esvaziou-se de si mesmo.

    Voces TJ não oram a Jesus, certo?

    o primeiro Martir da Igreja orou

    E apedrejaram a Estêvão que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.
    Atos 7:59

    A Paz de Cristo! Jesus está voltando

    Curtir

    • Marcelo  On 19 jun 2013 at 19:13

      Estevão não orou a Jesus. Veja o contexto. Ele viu Jesus a direita de Jeová. E nem sequer mencionou a pessoa “Espirito Santo”.

      Ainda sim, vejo no máximo uma Bindade aí.

      Curtir

      • Marcelo  On 19 jun 2013 at 22:01

        Em Atos, capitulo 4 os discípulos fazem uma oracão a Jeová. Citam o Servo Davi bem como o Servo Jesus. SERVO. SERVO. Não o Jesus “encarnado”, mas o Jesus que já estava no céu.o “SERVO”.

        Curtir

  • João Paulo  On 19 jun 2013 at 14:35

    Complementando o que falei anteriormente, o texto é bem claro ao dizer que JESUS é o Deus todo Poderoso de Ap 1:8, aí vem os lideres das testemunhas adulteraram a tradução e colocaram: “Eu sou o Alfa e o Ômega, diz Jeová Deus, aquele que é, e que era, e que vem, o Todo-poderoso.” – Só perguntamos: Quando Jeová prometeu que Ele há de vir?Aliás, o próprio livro de Apocalipse afirma por diversas vezes que Jesus é o Primeiro e o Último – Apocalipse 02:08 “Ao anjo da igreja em Esmirna escreve: Estas coisas diz o primeiro e o último, que esteve morto e tornou a viver” Vão dizer que este texto refere-se também a Jeová? Quantos primeiros e últimos existem? Se Jeová é o primeiro e o último (Isaías 44:06 e Jesus também é (Apocalipse 02:08) , quantos assim existem? – Logo, quando lemos em Apocalipse 01:08 e diz: “…e que há de vir, o Todo-poderoso…” refere-se a Jesus, ou há dois que estão vindo? Quem prometeu que virá é Jesus – João 14:3 “E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que, onde eu estiver, estejais vós também.”.Conclusão – Em Apocalipse 01:08, diz que o primeiro e o último é Todo-poderoso. O próprio livro de Apocalipse nos informa que Jesus é o primeiro e o último (Apocalipse 02:08); Em Apocalipse 01:08 diz que o Todo-poderoso é o mesmo que era, sendo Ele o mesmo. Em Hebreus 13:09 diz que Jesus é o mesmo, e em Malaquias 03:06 diz que o Senhor não muda, logo, se Jesus é o mesmo e é Senhor, Ele é Todo-poderoso, ou há dois que são o mesmo em que não há mudança? – E por fim, Apocalipse 01:08 diz que o Todo-poderoso é aquele que há de vir, e em João 14:03 diz que Jesus é que está por vir.[queruvim: VOU RESPONDER AKI MESMO pra economizar espaço, em vista deste “jornal” que fez. Minhas respostas estarão em NEGRITO e as do João Paulo sem ser negrito] Será que a TNM “adulterou” o texto ao empregar o Nome de Deus? Não acha que essa crítica, inviabiliza a erudição de muitas escolas ao mesmo tempo (visto que várias traduções/tradutores empregam o Nome Jeová no Novo Testamento!) como se estes fossem eruditos despreparados?

    Logo, Jesus é sim Todo-poderoso.Deus pode ser tentado? – Outro ponto o qual as testemunhas usam para tentar dizer que Jesus não é Deus, é usarem Mateus 04 (ou Hebreus 04:15), onde diz que Jesus foi tentado, com Tiago 01:13 no qual diz que Deus não é tentado.Este argumento parece sólido, mas somente para quem não conhece as Escrituras e sabem que o próprio Jeová foi tentado, e para fundamentar isso, iremos utilizar citações dos próprios livros indicados acima, a saber, Mateus, Hebreus e Tiago:“Não endureçais o vosso coração, como na provocação, no dia da tentação no deserto, onde vossos pais me tentaram, me provaram e viram, por quarenta anos, as minhas obras.” Hebreus 03:08-09.Este texto diz claramente que Jeová foi tentado por todo o deserto pelos judeus. Leia também Êxodo 17:02, e também Jó 01, passagem tão conhecida. [ SEGUNDO A CONCORDÂNCIA DE STRONG a palavra πειράζω (peirazo) significa ” quer testar ou tentar” acepção esta não diferenciada pela tradução da Bíblia que o Sr usa. Traduzir a Bíblia é mais do que simplesmente verter de um idioma para outro. Precisa entendê-la. E isso cultos emocionais não proporciona.De fato, Sr João Paulo sua interpretação entra em conflito com o texto de Tiago 1:13 onde lemos que DEUS NÃO PODE SER TENTADO. E ai como é que fica? Vamos aceitar o que o Sr diz ou o que a Bíblia diz? Certo erudito afirmou: “”Você não pode produzir uma doutrina saudável com base em uma tradução ruim. A falta de exatidão de uma tradução iria invalidar qualquer doutrina erguida a partir dela. É por isso que eu digo que tradução precede interpretação”.A TNM ao invés de sugerir o absurdo de que os israelistas foram uma “tentação” para Deus, diz que estes o “colocaram a prova ou teste”. Ou o Sr acha que humanos podem servir de “tentação” para Jeová Deus? Não vejo força alguma em seu texto kilométrico e enganoso. Não resiste a um estudo mas detalhado e cuidadoso. O mesmo ocorre em seu argumento de mesmice onde alega que a mesma expressão usada com referência a Jeová e a Cristo “prova” que são os mesmos.Este artigo que escrevemos demonstra a fraqueza desta alegação. Referente ao Alfa e o Omega temos este artigo Sobre Deus “vir” a Bíblia revela que não se dá em sentido literal. Assim como lemos em Ex 33:2 ” Jeová de Sinai ele veio…e com ele santas miríades” O relato de Juízes 6:11-16 mostra um servo de Deus falando com um anjo e o chamando de “Jeová”, visto que por meio dele era como se Jeová tivesse vindo ou estivesse presente. Não pessoalmente, é obvio. É por isso q em Ex. 20:24 Deus diz “virei a ti” a seus servos fiéis. Isso se dava quer por meio de um enviado ou por meio de bençãos. Em Zac 8:3 quando lemos: “Assim Disse Jeová: Vou retornar a Sião e residir no meio de Jerusalém” se cumpriu quando os Judeus retornaram do exilio. Obviamente Jeová não retornou fisicamente pois nunca veio assim. A própria palavra retornar indica que ele estava presente anteriormente por apoia-los e também “estava presente” por meio de seus representantes aprovados. Somente Jeová Deus, o Pai é chamado de “Senhor Deus” e “Todo Poderoso” nas Escrituras Sagradas.É assim que devemos entender o Apoc 1:8, de acordo com o restante das Escrituras e e a partir das Escrituras e não de fora dela.]

    Vale também lembrar, que o Espírito de Deus também foi tentado (Atos 05:09). Será que uma “força” pode ser tentada?

    [ a tradução correta não é “tentar” mas “colocar a prova” opção alternativa indicada acima pelo dicionário THE STRONG. Descrevendo a reação de Moisés à persistente obstinação dos israelitas, o Salmo 106:33 diz: “Amarguraram-lhe o espírito.” A Versão Almeida verte assim o texto: “Irritaram o seu espírito.” (Al) A respeito do Rei Acabe, de Israel, foi dito: “Por que está triste o teu espírito . . . ?” (1 Reis 21:5) Nesta acepção, “espírito” significa a força íntima “que induz a pessoa a demonstrar certa atitude, disposição ou emoção, ou a tomar certa ação ou adotar certo proceder”. Essa força, evidentemente, não é uma pessoa, mas emana de uma pessoa. Por isso, atribui-se a ela os sentimentos da pessoa da qual tal força emana. Uma vez que o espírito santo emana de Deus, que é a sua fonte, a Bíblia atribui a esse espírito os sentimentos do próprio Deus.FONTE>>>>
    Personificação prova personalidade?
    Em Tiago 3:14 encontramos a seguinte expressão: “Não mintais contra a verdade” Concluiremos que a verdade é alguém ? OApologista da verdade que é comentarista Bíblico escreveu:
    “Neste respeito, podemos citar a personificação do amor feita pelo apóstolo Paulo, em 1 Coríntios 13:4-7. Observe quantas atribuições pessoais são feitas a essa qualidade:
    (1) é longânime
    (2) benigno
    (3) não é ciumento
    (4) não se gaba
    (5) não se enfuna
    (6) não se comporta indecentemente
    (7) não procura os seus próprios interesses
    (8) não fica encolerizado
    (9) não leva em conta o dano
    (10) não se alegra com a injustiça, mas alegra-se com a verdade
    (11) suporta todas as coisas
    (12) acredita todas as coisas
    (13) espera todas as coisas
    (14) persevera em todas as coisas
    Se ninguém soubesse hoje o significado da palavra grega para “amor” – agápe – mas fosse possível entender o restante do texto, todos concluiriam que agápe é uma pessoa. Contudo, não há nenhuma controvérsia sobre essa passagem, uma vez que se entende claramente que Paulo usou um recurso literário – a prosopopeia”. http://oapologistadaverdade.blogspot.com.br/2012/09/estudo-sobre-pneumatologia-parte-5-o.html

    Lembremos também que em Atos 15:10, diz: “Agora, pois, por que tentais a Deus, pondo sobre a cerviz dos discípulos um jugo que nem nossos pais nem nós podemos suportar?”Logo, a passagem de Mateus 04, em nada diz que Jesus não é Deus, mas em comparação com Atos 15:10, afirma que eles realmente tentaram a Deus.Sobretudo, vamos analisar ainda mais a passagem de Mateus 04, pois ali mesmo também já responde:“Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor, teu Deus.” Mateus 04:07.Ora, se o mandamento diz para não tentar a Deus, isso indica que Deus pode ser tentado! Logo, o próprio capítulo 04 de Mateus já responde a indagação feita pelas testemunhas, mostrando que a Bíblia responde a si mesma, e que nenhum versículo pode ser pegado fora do contexto.E quanto a passagem de Tiago? Tiago também escreveu:“Porque qualquer que guardar toda a lei e tropeçar em um só ponto tornou-se culpado de todos.” Tiago 02:10.Aquele que tropeça em um só dos mandamentos, tropeça em todos. Já vimos que “não tentar a Deus” é um dos mandamentos,[ NÃO VIMOS NADA DISSO uma vez que a tradução correta da palavra PEIRAZO é “colocar a prova” ou “testar” e não “tentar” o que revela uma fraqueza e possibilidade de sucumbir. Todo este comentário que escreve sobre Deus ser “tentado” está equivocado pois parte de uma premissa e tradução equivocada. A TNM verteu corretamente e não conflitou com Tiago 1:13 que o Sr tenta de modo desastrado explicar a seguir] logo, se a pessoa que tropeça num mandamento, tropeça também neste, e tenta ao Senhor Deus, logo, vimos pelos três livros que a Bíblia se revela a si mesma. Sobretudo, há uma pergunta: Deus pode ser tentado, mas como que Tiago disse que não?Já vimos que nenhuma passagem da Bíblia pode ser pegada fora do contexto, logo, quando lemos o contexto, percebemo que Tiago está dizendo para ninguém culpar a Deus pelas suas tentações, pois cada um de nós somos tentado pelas nossas próprias concupiscências (Tiago 01:14). Logo, Deus não tenta a ninguém e não é tentado a fazer isso! [ O texto de Tiago não diz que “Deus não pode ser tentado A FAZER ISSO” o texto diz que “deus não pode ser tentado” simples assim. Sua contradição ainda continua! “Tentar” significa “seduzir alguém a sucumbir ou cometer um pecado”. Dizer que Deus pode ser tentado é o oposto do que lemos em Tiago 1:13 em harmonia com o restante da palavra de Deus]

    Daquele dia e hora ninguém sabe – Mateus 24:36 “Porém daquele Dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, mas unicamente meu Pai.” Este versículo, quando apresentado pelas TJ, é na verdade, mais “um tiro que sai pela culatra!”, vejamos: Daquele dia e hora ninguém sabe, mas as TJ já disseram que sabiam da data e ano da volta de Jesus, e dizem que Ele já teria voltado em 1914! Ora, se só o Pai sabe, como elas poderiam saber? Jesus mesmo disse: “E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos ou as estações que o Pai estabeleceu pelo seu próprio poder.” Atos 01:07. Como que as TJ ficariam sabendo da volta de Jesus?

    Charles T. Russell, no seu número de 15 de outubro de 1913, A Sentinela (em inglês) declarou:

    “Segundo o MELHOR cálculo cronológico de que SOMOS capazes, é aproximadamente nessa época — em outubro de 1914, ou então mais tarde. SEM DOGMADIZAR, estamos aguardando certos eventos: (1) O fim dos Tempos dos Gentios — a supremacia gentia no mundo — e (2) o início do Reino do Messias no mundo.” (destaques adicionados por mim)

    Tiveram erros de expectativas baseados em INTERPRETAÇÕES de profecias. E isto não foi exclusividade das TJ não! COMO PODE VER NESTE ARTIGO EM QUE LÍDERES DA ASSEMBLÉIA DE DEUS, BATISTAS E MUITOS OUTROS ESPECULARAM DATAS que mostraram ser equivocadas.

    Fica claro que ele não alegou profetizar da parte de Deus como querem faze-lo pensar os opositores raivosos das Testemunhas de Jeová!

    Portanto, ADVENTISTAS, PROTESTANTES, CATÓLICOS, EVANGÉLICOS E MUITOS OUTROS ESPECULARAM DATAS OU ÉPOCAS E NÃO APENAS AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ . SE alguém cita apenas as TJ como se fossem os únicos que especularam sobre datas, então estas acusações unidirecionais demonstram parcialidade e injustiça na avaliação. As TJ não fizeram previsões proféticas como muitos sites na WEB dão a entender de modo enganoso. Elas fizeram especulações BASEADAS em Profecias legitimas da Bíblia. Algo que quase todos os movimentos religiosos fizeram ao longo do tempo. VEJA O ARTIGO AS TJ E AS ACUSAÇÕES DE FALSAS PROFECIAS

    ESTE TEXTO KILOMÉTRICO NÃO APRESENTOU O TEXTO PEDIDO NO DESAFIO DESTA PÁGINA… A SABER ONDE ESTÁ NA BÍBLIA UM TEXTO QUE DIZ CLARAMENTE QUE DEUS É UMA TRINDADE? AO INVÉS DISSO PREFERIU VANDALIZAR A PÁGINA E COLOCAR UM JORNAL ANTI-TJ AQUI! ACHA QUE isso está certo? VOU DELETAR o restante deste material, visto que está equivocado em cada detalhe e fazer um flooding aqui é uma forma de desonestidade. Se fosse sincero faria uma observação por vez e um assunto por vez. Seu interesse é apenas contender. Este espírito crítico é inútil e não ajuda em nada os leitores desta página.

    É muito comum quando encontramos pessoas na pregação de casa em casa ao nos depararmos com pastores que gostam de falar alto e dar um tom de aparencia de superioridade, fazerem perguntas triplas ou até mesmo levantarem 4 objeções em apenas uma frase.

    O objetivo é confundir e tornar impossível uma resposta da parte do inquirido. É de uma falta de respeito que não tem tamanho. Vcs ao meu ver deviam criar juízo e procurar ter mais amor pelas pessoas. Sabe que se for conversar como gente, perde feio num diálogo calmo e respeitoso. É por isso que recorrem a este artifício. Tive que apagar um kilometro de post aqui. Todos os que desejarem vandalizar este página terão seus comments deletados da mesma forma que o do João Paulo. E pra terminar tu disseste que as TJ tem “líderes” QUE LIDERES SÃO ESTES??? Malafaia? Edir Macedo??? Cite um nome??? NOSSO LÍDER É CRISTO. Acusações e devaneios ANTI-TJ não são bem vindos aqui.

    Curtir

  • Saga  On 19 jun 2013 at 20:59

    OptimusPrime.

    Não existe nenhuma tradução em nosso idioma que não acrescente as tais das “palavras subtendidas” ou “palavras para completar o sentido”.

    A diferença é que algumas fazem questão de identificar quais são essas palavras, seja com itálicos, seja com colchetes e outras não sinalizam nada.

    Então não adianta dizer que a TNM é isso ou aquilo por fazer algo perfeitamente normal em todas traduções bíblicas para os idiomas modernos. Na pressa de xingar a NM, o preconceito contra as TJ influencia tanto que se exagera de forma a reclamar de coisas que as próprias traduções judaicas, católicas e protestantes também fazem.

    Curtir

  • Freitas  On 20 jun 2013 at 8:18

    O sr João Paulo na verdade cita uma visão do apóstolo João em apocalipse,e se esquece de algo importante:

    Apocalipse 1:1 “Revelação de Jesus cristo,a qual DEUS LHE DEU”

    Jesus não se apresentou a João como Deus.

    Apocalipse 2:18 “E ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Isto diz o FILHO DE DEUS..”

    Apocalipse 3: 2 “Sê vigilante e confirma os restantes..por que não achei as suas obras perfeitas diante de Deus”

    Apocalipse 3:12 “A quem vencer eu o farei coluna no templo do MEU DEUS..e escreverei sobre ele O NOME DO MEU DEUS e o nome da cidade do MEU DEUS..que desce do céu,do MEU DEUS,e também o MEU NOVO NOME.

    Resposta apologética:

    Quantos são,três? ou um ? ou dois bem distintos são claramente identificados..

    Visto que desde o versículo 1 se fala claramente em “sinais” e Deus,e no filho de Deus e também no anjo que transmitiu a visão e identifica Deus e seus “sete espíritos”,veja bem “sete espíritos”,nem de longe se menciona o espírito santo.

    Parece muito simplório vc usar o alfa e o ômega para identificar apenas um,Jesus,quando o próprio Jesus foi tão claro em identificar a Deus e a si mesmo como o filho de seu Deus e pai.

    Use o próprio Jesus como referência para entender o assunto e esqueça todos os demais e voltemos aos evangelhos,nas expressões da “principal pedra de ângulo rejeitada pelos construtores” dessa teoria diabólica. E o que disse Jesus?

    João 20:17 “Vai para meus irmãos e dize-lhes que eu subo para meu pai e vosso pai,meu Deus e vosso Deus”

    O que Jesus mandou seus discípulos fazer,isto é o que fazemos!

    O que os fariseus faziam era o contrário do que Jesus mandou. Iguais a eles vocês tentam nos apedrejar-nos porque pelo mesmo motivo:

    João 10:20 “E muitos deles diziam:”tem demônio e está fora de si,por que o ouvis?”

    João 10:33 “Os judeus responderam,dizendo-lhe: Não te apedrejamos por alguma obra boa,mas pela blasfêmia,porque sendo tu homem,te fazes Deus a ti mesmo”

    Não vês que tu e todos os seus confusos “mestres” estão se comportando do mesmo modo? somente porque nós ensinamos esta verdade simples:JESUS É FILHO DE DEUS,ELE JAMAIS DISSE EM PARTE ALGUMA SER DEUS,MESMO DEPOIS QUE RETORNOU AOS CÉUS E ASSENTOU À DIREITA DE SEU PAI

    Todas as coisas ensinadas pelos apóstolos e outros escritores bíblicos não podem contradizer esta verdade simples e objetiva:NÃO EXISTE UM CONFUSO DEUS TRI-UNO que para ser explicado precise dos “teólogos” ,se equilibrando numa “corda bamba de sombrinha”.

    “…ASSIM COMO VOS ESCREVEU O NOSSO AMADO IRMÃO PAULO,SEGUNDO A SABEDORIA QUE LHE FOI DADA.FALANDO DESSAS COISAS COMO FAZ TAMBÉM EM TODAS AS SUAS CARTAS.NELAS,PORÉM,HÁ ALGUMAS COISAS DIFÍCEIS DE ENTENDER,AS QUAIS OS NÃO ENSINADOS E INSTÁVEIS ESTÃO DETURPANDO,ASSIM COMO FAZEM TAMBÉM COM O RESTO DAS ESCRITURAS..” -2 Pedro 3:16.

    Sendo este o caso,sr.Paulo,voltemos aos evangelhos.

    Curtir

  • Freitas  On 20 jun 2013 at 8:38

    “Parece muito simplório vc usar o alfa e o ômega e o identificar como sendo Jesus”

    Meu nobre,por gentileza,coloque esta frase no lugar da outra que diz:

    “….para identificar apenas um,Jesus” .

    E se notar algum erro no português pode corrigir,pois hoje estou meio enrolado.

    Um grande abraço,meu irmão,admiro sua fé e coragem.Estamos juntos!

    Curtir

  • OptimusPrime  On 20 jun 2013 at 14:04

    Para acabar a minha intervenção só gostava de acrescentar que a doutrina da Trindade, como é ensinada pela igreja, não é directamente ensinada na Bíblia.

    Isto é um FACTO que qualquer defensor da Trindade deve, ou deveria, saber.
    Logo o Sr Queruvim, que não é ignorante nenhum, lançou o desafio sabendo de antemão que seria muito difícil, senão impossível, alguém se poder defender com um versículo bíblico.

    Como simpatizante da doutrina da Trindade devo acrescentar que a doutrina foi provavelmente formulada de umas de 2 maneiras:

    1 – Revelada pelo Espírito Santo aos pais da igreja e futuros cristãos.
    2 – Criada exclusivamente por homens para poderem conceber de uma maneira humana finita a natureza de Deus.

    O problema das Testemunhas é que seus líderes chegaram à conclusão que a trindade é falsa, porque desde o principio da Torre, eles negaram que Jesus é Deus.

    Isto até podia fazer algum sentido desde que revelassem com provas bíblicas o que Ele é então.

    Como não o podem fazer, o máximo que conseguem é assumir que Ele TALVEZ fosse o Arcanjo Miguel.

    Como eu admito que é um FACTO que a doutrina da Trindade, como é ensinada pela igreja, não é directamente ensinada na Bíblia, não ficava mal as Testemunhas admitirem como FACTO que Jesus é, ou foi, o Arcanjo Miguel não é directamente ensinada na Bíblia.
    A questão aqui é que os cristão chamam essa doutrina de falsa enquanto vocês chamam a trindade de satânica.
    Se estivermos os 2 errados pelo menos um de nós é menos dogmático e orgulhoso. Talvez isso tenha algum peso diante Deus.

    Mas a mesma destreza com que enfrentam certas doutrinas da cristandade já não é encontrada quando é para defender as próprias doutrinas.
    Se o senhor me provar com um único versículo bíblico que Jesus era antes de vir á terra, e é agora no céu o Arcanjo Miguel, eu renuncio completamente á minha crença actual que Ele é Deus. Porque… se não é Deus.. têm que ser outra coisa… básico.

    Porque eu admito que a doutrina da trindade, como é ensinada, pode não corresponder á completa verdade sobre a natureza de Deus, mas, como um comentador acima disse: Jesus identifica-se como o Alfa e Omega em revelação, e se Ele o disse… pode a doutrina do 3 em 1 estar errada, mas se Ele disse que é Deus, então Ele é Deus, ou um mentiroso.
    Quer eu entenda com a minha mente finita, quer não

    Curtir

    • queruvim  On 20 jun 2013 at 15:06

      Jesus é chamado de “Theós” ou Deus/deus em João 1:1. Isso se dá devido ao poder que ele tem. Mas somente Jeová (IHVH) o Pai, é chamado de Deus Todo Poderoso nas Escrituras Sagradas. Pesquise o artigo que escrevi falando sobre O Uso e Significado da palavra Deus nas Escrituras Sagradas, Há ali material suficiente para um leitor sincero entender que chamar Jesus de “Deus” não é o mesmo que dizer que ele é o Ser Supremo.
      O que acontece é que artigos como este apresentam textos bíblicos problemáticos para os proponentes da doutrina da trindade aos quais são evitados em seus cultos ou até mesmo ignorados completamente.

      Curtir

    • Marcelo  On 20 jun 2013 at 15:52

      Eu acho razoável crer que Jesus é o arcanjo Miguel. No entanto a bíblia não diz diretamente isto. Se existisse um versículo que mostrasse Miguel falando com Jesus isto certamente provaria que eles são pessoas diferentes, não provaria?

      Pra mim, parece muito claro que que Jesus não é Deus, visto que ele disse que tem um Deus. Além disto, ele disse disse “Nós adoramos o que conhecemos”, se incluindo entre os adoradores deste Deus.

      Para quem é trinitarista é muito dificil aceitar Jesus como o arcanjo Miguel, visto que em Judas 9 mostra claramente que miguel não é Deus, assim portanto, inviabilizando a Trindade.

      Os únicos que acreditam em Trindade E em Miguel sendo Jesus são os adventistas, mas não sei que ginástica eles fazem para encarar Judas 9 como não sendo uma contradição.

      Quanto ao “falso” vs “demoniaco”, na minha opinião, deve-se a gravidade do assunto.

      Suponhamos que não foi Paulo que tivesse escrito a carta aos Hebreus, mas sim Pedro e ainda sim inspirada por Deus.

      Consideremos a afirmação: “Paulo escreveu a carta aos Hebreus”.

      Falso? Sim, pois foi Pedro.
      Demoniaco? Não, pois é inspirada por Deus.

      Da mesma maneira, poderia o ensinamento de que Miguel é Jesus estar equivocado (o que não existe respaldo bíblico para se provar o mesmo).

      Falso? Sim, pois Miguel e Jesus são diferentes.
      Demoníaco? Não! Um equivoco deste não prejudica a adoração verdadeira.

      Agora suponha que a Trindade seja mentira.

      Doutrina falsa? Sim
      Doutrina demoníaca? Na minha opinião sim, pois a devoção exclusiva de Jeová estaria em jogo.

      Curtir

    • Renato Machado  On 20 jun 2013 at 16:32

      Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo,. e com a trombeta de Deus…….1 Tes 4:16 Almeida Revista e Corrigida. Um único texto !!! É só raciocinar: Quem é esse Senhor que desce do céu com voz de arcanjo e com a trombeta de Deus???

      Curtir

      • OptimusPrime  On 21 jun 2013 at 8:39

        @Renato Machado
        Voz de Arcanjo e Trombeta de Deus são atributos sonoros para descrever a vinda do Senhor. Tal como uma enorme e triunfal entrada barulhenta que faz ressuscitar os mortos.
        Se vir com voz de Arcanjo faz Dele um Arcanjo então vir com a trombeta de Deus faz dele de Deus, e como vem com as nuvens faz dele uma ave. Esta parece ser a sua linha de raciocínio.

        O que o versículo não diz é que Ele vêm com SUA voz de Arcanjo. Além do mais, como Ele vem com os anjos, Miguel, e (outros) arcanjo(s), vêm com Ele.

        @Marcelo
        Daniel 10:13 chama Miguel “um dos príncipes chefes” e não o único príncipe. Jesus é o senhor dos Senhores e Rei dos Reis e isso inclui do(s) arcanjo(s).
        Noutra nota Jesus pode ser identificado como “o anjo do Senhor” no velho testamento – um título Dele ou posição. Miguel nunca é chamado de “o anjo do Senhor”.
        Hebreus 1:5 diz que o Pai “nunca chamou nenhum anjo de filho”. Esta passagem directamente da boca do Pai deveria ser suficiente para acabar com qualquer duvida sobre a não natureza angélica de Jesus.

        E… hebreus 2:5 “Porque não foi aos anjos que Deus sujeitou o mundo vindouro, de que falamos.”

        Para acabar escreveu:
        “Da mesma maneira, poderia o ensinamento de que Miguel é Jesus estar equivocado (o que não existe respaldo bíblico para se provar o mesmo).
        Falso? Sim, pois Miguel e Jesus são diferentes.
        Demoníaco? Não! Um equivoco deste não prejudica a adoração verdadeira.”

        — Até concordo com algumas coisas que disse mas não com este raciocínio.
        Se não prejudica a adoração verdadeira não sei, agora que prejudica a salvação isso prejudica.
        É do Cristo salvador que estamos a falar! Se tivermos um falso Cristo nunca vamos ser salvos! Ele próprio o disse. Não lhe adianta de rigorosamente nada adorar a Jeová com toda a alma se não tiver o mesmo Cristo que Ele enviou. Acho que isto é bem claro nos evangelhos. Por isso Cristo avisou contra a decepção. Ter um Cristo que é na verdade um arcanjo e que não ressuscitou literalmente/fisicamente dos mortos e que não é meu mediador para com Deus é, na minha opinião bíblica, um passaporte para o lago de fogo.

        Abraço

        Curtir

      • Renato Machado  On 22 jun 2013 at 23:35

        @ Optimus Prime – Embora não concorde com sua resposta gostei da forma em que você respondeu. Parece-me uma pessoa digna e muito educada. Por isso te peço: faça uma oração sincera a Jeová no nome de Jesus Cristo ao analisar esta matéria.
        Parece um raciocínio lógico que você usa. Mas…será mesmo?

        A voz sim é do arcanjo (por isso é Jesus)
        A trombeta é um objeto criado e não é Deus (por isso Jesus não é Deus, aliás não é O Deus)
        Ele (Jesus) vem com a trombeta (objeto criado) de Deus.

        Optimus – Faça uma observação cuidadosa destes dois relatos, paralelamente.

        Ap 1:13-15 – João vê alguém semelhante a um Filho de Homem, vestido de uma roupa…..cingido pelo peito com um cinto de ouro…. seus olhos como chama ardente, seus pés semelhante a cobre excelente…. sua voz como de muitas águas.

        Quem era este Ser ? O contexto não deixa dúvida: É Jesus !!! Vrs 18 Eis que fiquei morto, mas eis que vivo para todo o sempre.

        Qual foi a reação de João ao avistá-lo ? Vrs 17 Caí como que morto aos seus pés.

        Note agora o paralelo

        Dan10:5, 6 – Daniel vê um Homem vestido de linho fino, quadris cingidos de ouro. Seu corpo como crisólito, sua face aspecto de relâmpago, seus olhos como tochas acesas, seus braços e pés tinham a aparência de cobre e o som de suas palavras como de uma grande massa de gente.

        Quem era este Ser ? De novo o contexto não deixa dúvida: É Miguel!!! Vrs 13 Veio ajudar-me Miguel ….
        Vrs 21 Ninguém que se mantenha forte comigo exceto Miguel vosso Príncipe.

        Qual foi a reação de Daniel ao avistá-lo ? Dan 10:8-11 Daniel também caiu.

        João e Daniel – Duas Testemunhas Fiéis, inspiradas pelo espírito santo descreveram pessoas diferentes ou o mesmo Ser ? Cabe a você discernir. Jeová disse a Daniel que esse livro só seria entendido no tempo do fim. Da12:9,10, ou seja, o tempo de se entender é agora !

        Miguel é o Grande Príncipe que se levanta ( no tempo do fim, ou seja, agora!) a favor dos filhos do teu povo (povo de Daniel/ povo de Deus) Da12:1

        Miguel – Disputou com Satanás o corpo de Moisés. Ju 9

        Miguel – Expulsou Satanás do céu Ap12:7

        Miguel e seus anjos Ap12:7

        Miguel – Vosso Príncipe Da10:21 Príncipe do povo de Daniel ( povo esse que queremos fazer parte hoje).

        Rapaz!!! Esse Miguel parece ter mais destaque que o próprio Jesus !!! Rsss

        Na verdade só há uma explicação razoável para isso – Miguel é o nome que Jesus tinha antes de vir a terra. Optimus quer você entenda ou não, Miguel é Jesus e, seguindo essa linha de raciocínio, sendo Jesus o próprio Arcanjo Miguel a adoração a anjos, independentemente de sua categoria é totalmente condenada na Bíblia Ap 19:10; 22:9.

        Olha, a escolha é sua, o que tem mais peso: Seguir uma doutrina criada exclusivamente por homens no quarto século. ou seguir aos ensinos inspirados do próprio Jesus Cristo registrados na Palavra de Deus???

        “Os Verdadeiros adoradores adorarão ao Pai (A PESSOA DO PAI) em espírito e em verdade, pois o pai (Jeová) está procurando a tais ( pessoas como você meu amado) para adorá-lo. Jo 4:23

        Venha ao Congresso este ano para você conhecer A Organização de Jeová melhor. O tema do Congresso é : A Tua Palavra é a Verdade !!! Jo17:17

        Um Abraço.

        Curtir

  • Saga  On 20 jun 2013 at 16:15

    É consenso, ou praticamente um consenso entre a Cristandade de que Jesus é o Anjo do Senhor e isso desde o tempo da patrística. A teoria de que Miguel é apenas outro nome ou identidade de Jesus e que Arcanjo é outro de seus títulos ou atribuições existe pelo menos desde os tempos da Reforma, ensinada por fundadores, teólogos e grandes lideres do Protestantismo. A primeira ídeia, de que Jesus seria o Anjo do Senhor do Antigo Testamento sobreviveu ao século XXI de modernas igrejas evangélicas como a própria Assembleia de Deus, já a de Cristo como Miguel, o Arcanjo murchou e ficou para denominações como a Igreja Adventista.

    É gerada uma situação estranha onde se ensina que Jesus pode ser chamado de Anjo, mas não de Arcanjo. Essa contradição é notada pelos adventistas que acusam os evangélicos de grande contradição neste sentido.

    Uma analise das passagens referentes a Miguel, que aparece poucas vezes na Bíblia, o identificam com o Anjo do Senhor e consequentemente com Jesus Cristo, isso segundo o mesmo tipo de método que a cristandade usa para identificar o Anjo do Senhor com Jesus e tenta demonstrar a Triunidade entre Deus, Jesus e o Espírito, que é de se valer de expressões similares e do método de paralelismo. Praticamente todas aparições de Miguel ou da palavra Arcanjo encaixam nesse sentido.

    A palavra Arcanjo é para usada Jesus na passagem sobre o arrebatamento. A voz do Filho de Deus que é dita ser a chamada para levantar os mortos nos evangelhos é a voz do Arcanjo na passagem já citada. Daniel 12 mais uma vez liga a ressurreição dos mortos com Miguel e vai mais além ligando a grande tribulação. Daniel chama Miguel de o príncipe o que remete ao Anjo do Senhor que apareceu a Daniel ser chamado de o príncipe das tropas de Deus. Jeová te censure expressão usada por Miguel a Satanas é usada pelo Anjo do Senhor ao mesmo em Zacarias. Miguel está em posições chave de vitória sobre Satanás e seus demônios no Apocalipse, quando se é esperado que Jesus que exerça a liderança neste sentido. Enfim, mas o mais notado é os paralelos que acontecem entre o Arcanjo e a vinda do Senhor, a ressurreição dos mortos e a grande tribulação. É considerado deveras estranho que “um anjo comum” seja colocado em tais posições paralelas a Jesus Cristo.

    Curtir

  • Rubens  On 20 jun 2013 at 22:08

    Jesus não é Deus! Será?
    Ele é adorado
    Essas são as palavras de Cristo: “Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto” (Mateus 4.10).
    Só Deus deve ser adorado. Nós percebemos isso em todo o contexto bíblico. Ele não quer que se adorem outros deuses e nada deve tomar o Seu lugar em nossas vidas. Adoração somente a Deus.
    João, o escritor do Apocalipse (ou Revelação), estava tão maravilhado com as visões que chegou a se prostrar duas vezes para adorar o anjo que lhe mostrava aquelas coisas:
    Prostrei-me ante os seus pés para adorá-lo. Ele, porém, me disse: Vê, não faças isso; sou conservo teu e dos teus irmãos que mantêm o testemunho de Jesus; adora a Deus. Pois o testemunho de Jesus é o espírito da profecia. (Apocalipse 19.10)
    Eu, João, sou quem ouviu e viu estas coisas. E, quando as ouvi e vi, prostrei-me ante os pés do anjo que me mostrou essas coisas, para adorá-lo. Então, ele me disse: Vê, não faças isso; eu sou conservo teu, dos teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus. (Apocalipse 22.8-9, grifo nosso)
    O anjo não se deixou ser adorado, pois sabia que a adoração só pertence a Deus.
    Jesus foi adorado quando criança (Mateus 2.2; 2.8; 2.11), permitiu que o adorassem e não repreendeu a ninguém como fez o anjo em relação a João:
    E os que estavam no barco o adoraram, dizendo: Verdadeiramente és Filho de Deus! (Mateus 14.33)
    E eis que Jesus veio ao encontro delas e disse: Salve! E elas, aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e o adoraram. (Mateus 28.9)
    E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram. (Mateus 28.17)
    Uma Testemunha de Jeová muito fiel aos ensinos da organização, enquanto fazia visitações de casa em casa, foi parada por outra mulher que lhe disse: “O Deus que vocês adoram é o mesmo Deus que o apóstolo Tomé e os demais adoravam?”
    A resposta não poderia ser outra: “Sim! Claro!”.
    Essa outra pediu para ela abrir a Bíblia em João 20. 28, dizendo: “Então, veja a declaração que Tomé fez de Jesus”:
    Em resposta, Tomé disse-lhe: “Meu Senhor e meu Deus!”. (TNM, grifo nosso)
    Que declaração de Tomé! Cristo havia aparecido perante os discípulos após sua ressurreição, porém, esse discípulo não estava na ocasião. Posteriormente, os discípulos lhes disseram que viram o Senhor, mas Tomé, tão cético, não deu crédito em suas palavras, dizendo:
    A menos que eu veja nas suas mãos o sinal dos pregos e ponha o meu dedo no sinal dos pregos, e ponha a minha mão no seu lado, certamente não acreditarei. (João 20:25, TNM)
    Oito dias depois ele teve a oportunidade de comprovar que Cristo, de fato, tinha ressuscitado. E ao reconhecê-lo, declara que ele é o seu Senhor e seu Deus.
    E agora? Será que Tomé errou ao pronunciar estas palavras?

    Ele perdoa pecados
    Todo homem é pecador, nasce em pecado (Salmos 51.5; Romanos 3.23; 5.12). O nosso pecado é uma ofensa direta contra a santidade de Deus. Somente Ele pode perdoar as nossas ofensas, pois foram contra a Sua pessoa:
    Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro. (Is 43.25)
    Eis uma pergunta retórica:
    Quem pode perdoar pecados, senão um, que é Deus? (Marcos 2.7)
    A resposta é óbvia: ninguém pode!
    Esse questionamento surgiu quando, em Cafarnaum, alguns homens trouxeram à presença de Jesus um paralítico, a fim de ser curado.
    Após ver a fé daquele homem, Jesus fez algo que, para os mestres da Lei, era herético, blasfemo:
    Vendo-lhes a fé, Jesus disse ao paralítico: Filho, os teus pecados estão perdoados (Marcos 2.5, grifo nosso).
    O quê? Jesus perdoando os pecados de alguém? Quem é ele para fazer isso?
    A resposta fica clara! Só faltou Jesus dizer: “Sim, apenas Deus pode perdoar pecados. É o que estou fazendo.” Porém, ele respondeu em outras palavras:
    Ora, para que saibais que o Filho do Homem tem sobre a terra autoridade para perdoar pecados (Marcos 2.10).
    O questionamento dos mestres da Lei tinha fundamento, pois, de fato, somente Deus tem autoridade para perdoar a culpa de alguém. E Cristo, sendo Deus, pode perdoar pecados, como claramente se observa nessa passagem de Marcos 2.1-12.

    Curtir

    • Saga  On 21 jun 2013 at 16:21

      Argumento da Adoração, Argumento do Alfa e Omega, Argumento do Eu Sou …

      Tudo FAIL.

      Mas dá mais trabalho desmentir do que sair proferindo essas falácias.

      Vou tentar ser sucinto:
      Jesus nunca foi adorado (latria), ele não é chamado de Alfa e Omega (Os textos citados falam de Jeová Deus) e nunca disse ele se chamava o “Eu Sou O Que Sou”.

      Sabem o ditado Texto Sem Contexto É Pretexto ? Pois bem todos vocês estão fazendo isso. Ficam pegando textos isolados e tirando do contexto para usar de pretexto para aquilo que já cria antes. Falam em “adoração” sem olhar os contextos, dizem que Jesus é o “A&O” sem olhar o contextos dos textos citados e dizem que um dos nomes dele é “Eu Sou” fugindo do contexto da passagem … em vez de atirar vários argumentos ao vento escolham um e desenvolvam provando que está adequadamente interpretado dentro do devido contexto e de acordo com o conjunto da Escritura.

      Curtir

    • Paulo  On 3 set 2013 at 11:34

      Quero dar uma resposta ao amigo especificamente sobre essa parte do comentário:

      “Jesus não é Deus! Será?
      Ele é adorado
      Essas são as palavras de Cristo: “Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a ele darás culto” (Mateus 4.10).”

      Oras, milhares de homens foram adorados no decorrer da História humana, isso faz deles o Deus todo-poderoso?
      Pior ainda, a Bíblia chama Satanás de o “o deus desse sistema de coisas” (2 Cor. 2:4:4), isso faz dele o Deus todo-poderoso?!!!
      Eu fico super decepcionado com esse tipo de raciocínio simplista que quer promover a trindade.

      Curtir

  • Rubens  On 20 jun 2013 at 22:08

    Êxo 3:14 Disse Deus a Moisés: EU SOU O QUE SOU. Disse mais: Assim dirás aos filhos de Israel: EU SOU me enviou a vós outros.

    Joã 8:24 Por isso, eu vos disse que morrereis nos vossos pecados; porque, se não crerdes que EU SOU, morrereis nos vossos pecados.

    Joã 8:58 Respondeu-lhes Jesus: Em verdade, em verdade eu vos digo: antes que Abraão existisse, EU SOU.
    [ QUERUVIM: Sr. Rubens, em Ex. 3:14 não existe a frase “Eu Sou”. No texto hebraico aparece a frase “mostrarei ser”. A maioria das traduções da Bíblia verteram de maneira não exata. Parafrasearam este texto seguindo o modelo da LXX. Nem mesmo a LXX verteu a frase hebraica por “Eu Sou” mas “Eu sou o existente” o que desqualifica a afirmação de um título.No link que coloco ai tem material suficiente para sua pesquisa. O artigo fala amplamente sobre este tema. É como se o Sr estivesse no prézinho e aceitando cegamente o que outros repetiram em cultos. Vamos nos dedicar mais a pesquisa!]

    Curtir

  • Saga  On 20 jun 2013 at 23:13

    A área de comentários do site tá muito grande e muito confusa. Vou evitar falar, tentar falar o minimo para não bagunçar mais ainda.

    Queruvim sugiro o seguinte tema para um post: “Quem é o Deus do Apocalipse?”, que rastreia a revelação de João do 1 ao 22 para analisar quem é dito Deus, quantos ele é? Ele é Trino? Quem é o Deus adorado? Ele é confundido com Jesus? Quem é aquele que é, que era e que vem? Quem é o sentado no trono? Quantos estão sentados no trono? Por que o sentado no Trono é digno de louvor? E por que o Cordeiro é digno de louvor – será que é porque ele é Deus- ? Por que Jesus é chamado de primeiro e último? O principio da criação de Deus significa que Jesus é o Criador? Quem é o Criador? Qual o papel do Espírito Santo na revelação? O que são as sete tochas, os sete espíritos, os sete olhos do Cordeiro? Eu vejo o tema da Trindade totalmente ausente deste livro.

    E um artigo mais especifico, quem é o Alfa e o Omega? (Rev 1:8 . 21:5-7 . 22:13) – que pode ter os seguintes subentradas que tentam rastreiar a identidade do Alfa e o Omega:
    – Quem é aquele que é que era e que vem (Rev 1:4,8 . 11:17 .16:5) ?
    – Quem é o Todo Poderoso (Rev 1:8, 4:8 . 11:17 . 16:7,14 . 19:6,15 . 21:22) ?
    – E quem é Deus ? (Rev 1:1,2,5,8,9 . 2:6,18 . 3:1,2,12,14 . 4:5,8,11 . 5:6,9,10 . 6:9 . 7:2,3,10-12,15,17 .8:2,4 . 9:4,13 . 10:7 . 11:1,11,16,17,19 . 12:5,6,10,17 .16:17 . 13:6 . 14:4,7,10,12,19 . 15:1-3,7,8 . 16:1,7,9,10,14,19,21 . 17:17 . 18:5,8,20 . 19:1,4-6,9,10,13,15,17 .20:4,6 . 21:2-4,7,10,11,22,23 . 22:1,3,5,6,9,18,19)

    Para quem simplesmente le sem doutrina preconcebida parece fácil identificar quem é quem no Apocalipse e para um atento leitor não há confusão. A identidade de Deus no Apocalipse é única. Em todos os versículos acima em nenhum deles o termo “Deus” foi usado para falar do “Deus Trindade”, o contexto demonstra isso.
    —————————————-
    O que parece acontecer é que o uso de Jeová na TNM irrita os triniteístas que desejam manter o termo Senhor para confundir as identidade de Cristo e Deus, pois aí ambos são o Senhor….ele acham que o nome Jeová atrapalha. Em Romanos 10:13 a TNM concluiu que o verso fala de Jeová pois é uma citação direta de Joel 2:32 onde se usa o tetragrama, em citações diretas justamente a comissão não teve nenhuma dúvida, não mera alusão ou paráfrase, é uma citação exata. Talvez existam passagens mais dificeis de avaliar, mas Rom 10:13 não é uma delas. Existem versos onde o uso de Jeová no lugar de Senhor seria impossível, como por exemplo 1 Cor 8:6, Fil 2:11, Atos 2:36 e Rom 14:9, mas aparentemente os triniteístas por não estarem familiarizados com JEOVÁ como sendo um NOME PRÓPRIO PESSOAL confundem com o uso do título SENHOR (Por exemplo, existe “nosso senhor” mas não “nosso Jeová”, em Atos se diz que “Deus o fez Senhor” mas nunca se poderia dizer que Jesus foi “feito Jeová” e em Rom 14:9 não se poderia dizer que Jesus teve de morrer para “ser Jeová” embora pudesse morrer para “ser Senhor, tanto dos mortos como dos vivos”)

    Eram as duas observações que eu queria fazer (1 – Será que o Deus do livro de Apocalipse é Trino? 2- E qual a razão da hostilidade da Cristandade contra o nome de Jeová?)

    Curtir

    • botafogo  On 2 set 2013 at 21:03

      A GRAÇA E PAZ PARA TODOS.(QUERUVIM,SAGA, FREITAS E OS OUTROS ABENÇOADOS), SE TIVER ESTE TEMA PARA POST ESTOU PREPARADO ARMADO ATÉ OS DENTES , CLARO QUE É DA PALAVRA. valeu até mais um abraço.

      “Queruvim sugiro o seguinte tema para um post: “Quem é o Deus do Apocalipse?”,

      Curtir

  • Freitas  On 21 jun 2013 at 7:34

    O problema,Saga,é que as tjs podem ser o mais objetivo e claro possíveis que eles SEMPRE conduzirão o assunto para a tal “teoria subtendida” e farão como o Optimus aí acima,ou seja,mudou o assunto.Com que objetivo? mostrar que se o entendimento sobre o arcanjo Miguel é aceito no subtendido então porque não a trindade? Entende por que eu falai para usarmos apenas o que Jesus disse? POR QUE ESTE ASSUNTO,A TRINDADE, NÃO FICOU SUBTENDIDO NAS PALAVRAS DELE. Eu aceito que o arcanjo Miguel pode ser outro,pois é um assunto subtendido,embora ache a explicação tj correta,NO ENTANTO A TRINDADE NEM SEQUER É UM ASSUNTO BÍBLICO,segundo o Optimus pode ter sido soprado pelo espírito santo aos pais apostólicos.mAS MESMO ISTO TERIA FICADO MUITO CLARO NAS ESCRITURAS E NÃO É O QUE VEMOS ACONTECER.Então não vamos nos deixar conduzir por este tipo de perguntas.
    Sugiro ao Optimus que não use este tipo de artimanha.

    arcanjo miguel: assunto não ensinado por Jesus,passível de interpretações.

    Trindade : assunto totalmente em confronto com o ensino de Jesus,não subtendido em suas palavras.Portanto,A INTERPRETAÇÃO É CLARA NAS PALAVRAS DELE E NÃO SUBTENDIDO PELO ESPÍRITO SANTO.

    pORQUE O OPTIMUS NÃO COMENTA AS PALAVRAS DE jESUS..SÃO TANTAS,ALGUMAS JÁ DITAS POR ALGUNS AQUI?

    E olha que nós não comentamos nem 10%..palavras simples rejeitadas pelos grandes “teólogos” em favor de uma confusa interpretação “subtendida”.
    Teoria diabólica!

    Curtir

    • OptimusPrime  On 21 jun 2013 at 23:03

      @Freitas
      –Em primeiro eu não mudei de assunto, eu respondi na mesma moeda á discordia da inserção da comma joanina como texto inspirado que prova a trindade.

      Como pode, por um lado, lutar contra a inserção de um texto que não existe nos manuscritos mais antigos (mas existe em recentes – sec XII?), e por outro ser a favor da inserção do nome Jeová 200 e tal vezes no NT quando não há nem UMA ocorrencia em qualquer dos 5400(?) manuscritos conhecidos?

      [ QUERUVIM: Vou responder aqui mesmo devido para economizar espaço: Os mais antigos MSS são mais autoritativos na crítica textual. Possuem mais peso. Isso é básico em crítica textual. Tanto é assim que um Mss do 2 º século ao ser negociado, de um modo geral, tem valor muito superior a um mss da idade média.Quanto ao Nome Jeová no N.T, não foi inserido, mas restabelecido em seu devido lugar. Tanto é que muitas outras versões da palavra de Deus decidiram restabelecer o Nome no N.T. Um exemplo disso é a Nova Versão Rei Jaime Nome Divino.O Sr deveria se preocupar com a remoção do Nome de Deus 6828 vezes no V.T e não as 200 vezes que ele é restabelecido na TNM e em muitas outras versões do N.T. Isso seria assim se deixasse se guiar pelo respeito pela palavra de Deus acima de contenda e antagonismo religioso. Ou acha que Mateus q escreveu seu evangelho originalmente em hebraico iria ter uma atitude igual a de vcs e remover o Nome de Deus nas passagens que cita do texto do V.T em hebraico?]

      Se não insistissem em inserir o nome Jeová onde Ele não existe no original ficava claro que o “…Senhor Deus todo-poderoso que vem…” em Rev 1:8 refere-se a Jesus. É Jesus que vem. [ Errado, não existem “originais” mas sim cópias posteriores deles. Mss mais antigos da LXX fornecem indícios mais que claros que o Nome de Deus foi usado pelos escritores do N.T ao fazerem citações do V.T e a maneira regular e desinibida como usavam o Nome de Deus é um argumento aceitável para se restabelecer o Nome de Deus.A verdade só está evidente para os que estudam além do básico meu amigo, Não é com a lei do menor esforço que alguém entende este assunto não! Não existem originais nem mesmo do N.T, e sim CÓPIAS posteriores.]
      Qualquer pastor, pescador ou carpinteiro dos tempos antigos perceberia isso sem ter que tirar um curso de teologia.[Então leia os textos abaixo que postei ao indagar sobre textos que provem que Deus é um só ou que Jesus afirma que ele não é Deus, entenda com a atitude de uma pessoa simples e verá que a Bíblia, em sua simplicidade, não prega o que as igrejas evangélicas estão pregando a respeito da natureza de Deus]

      Você possui algum tipo de poder especial que o resto do mundo desconhece? Ou estará apenas a ser 100% tendencioso como os escribas do tempo de Jesus?

      A minha intervenção com a identidade de cristo pré-humana é apenas para evidenciar que se Ele não era um anjo ou qualquer classe de anjo como o Pai disse no 1º cap de Hebreus, então era o quê? Não existia? Ou era um mini-deus?
      Se era um mini-deus como é que pode haver monoteísmo?

      [É importantíssimo que se saiba que o significado de “politeísmo” na mente da maioria das pessoas e até mesmo como o define vários dicionários, é ” a crença em vários deuses”. Tal definição é EQUIVOCADA. Na verdade “politeísmo” se refere a “crença e subsequente ADORAÇÃO ou aceitação de muitos deuses.” Acesse os links que estou tendo o trabalho de colocar aqui, pq parece que não chegou a ponderar nestes, e aproveito para avisar de antemão, os que insistirem em repetir equívocos e não entenderem o assunto por falta de estudo terão seus comments deletados desta página. ]

      Se Ele não era anjo nem mini-deus, e se Ele têm atributos que SÒ DEUS TEM, e se Tomás o chama de Deus, e se os anjos são obrigados pelo Pai a adorar-lo, e se Ele tem toda a autoridade no céu e na terra (todo autoritário), e se Ele disse tem que o hornar como honra ao Pai, e se Ele criou todas as coisas, e se Ele disse que Ele se levantaria dos mortos… e por aí adiante… não lhe ficava intectualmente mal pelo menos supor que os trinitários não são os Teoristas Diabólicos que diz serem. Poderá muito bem haver um método na “loucura” deles.[ todo este comment parte de pressupostos enganosos! Que escuridão!]

      Mais…, se eu tivesse agora 95 anos de idade dos quais 85 a estudar as escrituras nunca me sintiria na autoridade de chamar os “pais da igreja”, aqueles que, bem ou mal, proclaram o Nome de Cristo pelo mundo e fizeram as escrituras chegar a nós nos dias de hoje, de Teoristas Diabólicos.
      Eu não conseguia porque nada sei, e aprendo coisas novas todos os dias.. mas o sr parece não ter problema com isso.

      — Segundo dê-me um exemplo proferido por Jesus que claramente indique, sem sombra de duvidas, que Ele não é Deus, nunca foi e nunca será. Se tal versiculo existir eu acredito Nele. [ João 6:38 “Descí do céu não para fazer a minha vontade mas a vontade daquele que me enviou” é um deles entre muitos, mas tu não aceitas.Entende de uma maneira diferente de um carpinteiro ou pescador, complica o assunto!]

      Ou, usando psicologia invertida… dê-me um versículo que diga que Deus é só uma pessoa. [Galatas 3:20 “Deus é apenas um”]

      Para acabar gostava só de dizer que, apesar de não ter denominação e nem nunca vou ter porque Jesus claramente libertou-nos disso, até gosto bastante destes debates convosco porque aprendo bastantes coisas. Nem que seja porque me obrigo a ler mais.[Acho que não leva este assunto tão a sério quanto pensa. Está escrito: “Tornai-vos cumpridores da palavra e não apenas ouvintes, enganando-vos com falsos raciocínios. A verdade realmente liberta, e todos os que saem da mentira estão em um lugar só, no redil das ovelhas. Não espalhadas nas igrejas da cristandade, não! Mas no meio do povo de Deus, os que pregam as boas novas do Reino assim como Jesus disse que seria em Mat 24:14. Não conheço outro grupo q prega as boas novas do Reino a não ser um só. São tantas as dicas que eu ficaria o dia apontando. Você deve fazer uma pesquisa e se focar no lado positivo do povo de Jeová que é o espírito que permeia tudo o que fazem, e não colocar lupa em supostos erros e se deter neles. Se fizermos assim estaremos seguindo o mesmo exemplo de Corá , Datã e Abirão que perseguiram e criticaram Moises e Arão somente para verem o fim deles mesmos e de seus familiares e apoiadors. Que erro grave foi criticar os devidamente escolhidos por Jeová Deus para liderar seu povo na terra!]

      ———————————————-
      Isto a seguir é off-toppic para com a minha resposta ao Freitas mas tem a ver com o post original, e se o queruvim quiser apagar não tenho problema mas pelo menos, sr queruvim, tenha a gentileza de deixar o texto acima.

      Gostava de perceber uma coisa: O queruvim no fim do post escreve:

      “Se você frequenta uma Igreja cujos pastores produzem frutos podres e praticam a hipocrisia, já está na hora de procurar o local da adoração verdadeira do Soberano Senhor Jeová. Cristo disse que os “verdadeiros adoradores adorarão o Pai”. Procure o Salão do Reino das Testemunhas de Jeová. “

      – não é isto a total negação do que Cristo ensinou?
      Em primeiro antes de indicar Cristo ao futuro crente, para sua salvação, vocês indicam-nos para “o local da adoração verdadeira do Soberano Senhor Jeová.” ?

      [ Não, não, sua afirmação é errada, as TJ ao estudarem com a pessoa tem programado de modo organizado orientar a pessoa a seguir o maior exemplo que ja existiu na terra, a saber o de Cristo, tanto é que recentemente tivemos um Congresso intitulado: “Siga A Cristo!” que é exatamente o que fazemos, ao pregar todos os dias de casa em casa o povo de Jeová ora e considera textos onde CRISTO dá orientações sobre a pregação. Quando alguém decidi dedicar sua vida ao serviço ou ministério cristãos, as TJ dão muitas orientaçoes sobre Cristo e no batismo lhe é perguntado sobre servir a Cristo em associação com o povo de Jeová. Sua pergunta me parece uma coisa enganosa e de má fé, ou ignorância sobre o que pregamos e como fazemos. É repetição de boatos e esrereótipos, coisa semelhante a conversa de apóstata. Evite isso colega, não vou permitir este tipo de insinuação mentirosa aqui na minha página. Procure ter compromisso com a verdade e não em imitar o exemplo de satanás. Ao invés de contender com o que Jesus disse e que se cumpre no meio das Testemunhas de Jeová, por que não aceita o texto primeiro? João 4:23 leia com calma e tente entender o que o texto está dizendo! Não há dúvida de que as TJ ADORAM O PAI.. ou tem dúvida disso? E o que Cristo disse sobre os que viriam usando seu nome? “desencaminhrão a muitos” disse ele. “Total negação de Cristo” no meio das Testemunhas de Jeová??? isso é que é uma PIADA. Olha o que eu escrevi sobre os pastores…seus frutos podres é q são uma TOTAL NEGAÇÃO DE CRISTO. Sua visão da palavra está totalmente enviesada ou distorcida! Não é Cristo que é o foco, mas sim Jeová Deus, o Pai de Jesus Cristo. Jesus foi ele mesmo um “Testemunha fiel” de Jeová. Apoc 1:5. Jesus adorava a Jeová e ainda o adora no domínio celestial. Sua visão de Jesus é um erro total. Os cultos barulhentos e emotivos não ajudam em nada. Sugiro que vá ao local de reunião do povo de Jeová pra entender isso. Faça sem preconceitos. Alí verá algo que seus olhos nunca viram. E se viram não enxegaram corretamente. Este é o ponto. As Igrejas são tudo a mesma coisa…no salão do Reino é diferente! ]

      Não disse Cristo que os verdadeiros crentes adoram o Pai em espírito e em verdade e não num sitio físico?
      Depois … antes de mandar os crentes procurar a Cristo o senhor manda “Procure o Salão do Reino das….”
      Caro colega, só Cristo salva. Temos que mandar as pessoas para Ele.
      [Todos os pastores e enganadores estão dizendo a mesma coisa …”procure a Jesus, somente Jesus salva…Jesus..Jesus…Jesus…e em nome de Jesus estão desencaminhando, praticando crimes, evasão de divisas, sonegação, violação da lei do silêncio, curandeirismo, enriquecimento ilícito as custas da Bíblia e dos fiéis, mesclando-se c a política partidária, envolvimento com as guerras sangrentas das nações (Batistas em 1990 no Iraque por exemplo) enfim, todos usando o nome de Cristo, mas é como Jesus disse em Lucas 6:46 : “Por que me chamais de Senhor, Senhor, mas não fazeis o que eu digo? sois meus amigos de fizerdes o que eu vos mando” disse Jesus, então nao adianta nada pronunciar o nome de Jesus mas não fazer o que ele manda. É no salão do Reino o onde a pessoa receberá informação correta sobre o que significa seguir a Cristo e pregar o que ele pregava. E amar assim como ele amou. Pare de repetir estereótipos e boatos enganosos e procure falar a verdade. A gente sabe do q ta falando! Para se ter uma idéia, há pessoas que são de uma mesma igreja e quando visitamos o bairro, cada um entende de uma maneira diferente o mesmo assunto! Como podem estar unidos em Cristo? Toda semana ao falarmos com pessoas e comunidades percebemos que estão perdidos sem orientação! Um exemplo…eu perguntei recentemente para uma obreira de uma igreja onde era o jardim do éden, (eu não me referia a localização exata não) daí ela disse: “No céu”! Outros da Assembléia de Deus em SP diziam para nós que Cristo Jesus é o próprio Deus…daí quando fui para uma cidade no Ceará, fomos pregar pessoas da Assembléia de Deus de uma cidade do norte do Estado, e os moradores diziam..”Jesus é o filho de Deus” …”Ele não é o mesmo Pai não, é outro, os dois são duas pessoas e Jesus é diferente do pai” Ou seja, eles contradiziam o que seus irmãos de fé de SP pregam! Toda semana ao conversarmos com os evangélicos percebemos claramente q estão mais perdidos que cego em tiroteio em questões teológicas simples. Não existe unidade alguma, antes, confusão. Me perdoa mas você pode falar o que quiser, a gente a princípio tem pena das pessoas, vemos que elas precisam de ensino e do verdadeiro Cristo em suas vidas. Coloca nesta sua caxola a seguinte informação: Dos 17.000 pastores em 1933 quando Hitler subiu no poder não chegou a 50 q foram contra Hitler, a igreja envangélica não tem força alguma em prol da verdade quando são colocados na prova. Apoiam regimes ditatoriais e genocidas, pariticipam do derramamento de sangue , como aconteceu em Ruanda em 1994, recentemente Bazaramba um pastor batista foi condenado pelos crimes de genocídio desta guerra. A igreja evangélica ruandense em sua vasta maioria esteve envolvida nos conflitos sanguentos ocorridos alí. Isso pq se envolvem com a política e o governo ja havia decidido eliminar a minoria de outra raça que não fosse Tutsi. ]

      Curtir

      • OptimusPrime  On 22 jun 2013 at 18:31

        Eu poderia lhe escrever um comentário a refutar quase todo o que diz mas pelo seu aparente discurso de medo do que você chama de “boatos e estereótipos, coisa semelhante a conversa de apóstata” torna-se obvio que será tempo perdido porque será censurado. Em vez disso apenas escrevo uma coisa:

        Mas no meio do povo de Deus, os que pregam as boas novas do Reino assim como Jesus disse que seria em Mat 24:14. Não conheço outro grupo q prega as boas novas do Reino a não ser um só

        O que são as boas novas para as tj’s?
        No vosso site http://wol.jw.org/en/wol/d/r1/lp-e/2011163 diz:

        What Is the Good News?

        “This good news . . .”—MATTHEW 24:14.

        CHRISTIANS are to preach the “good news of the kingdom” by telling others about it, explaining that the Kingdom is the future world government that will rule the earth in righteousness. Yet, the expression “good news” is also used in other ways in the Bible. For example, we find reference to “the good news of salvation” (Psalm 96:2); “the good news of God” (Romans 15:16); and “the good news about Jesus Christ.”—Mark 1:1.

        Simply stated, the good news includes all the truths about which Jesus spoke and his disciples wrote. Before ascending to heaven, Jesus told his followers: “Go therefore and make disciples of people of all the nations, baptizing them in the name of the Father and of the Son and of the holy spirit, teaching them to observe all the things I have commanded you.” (Matthew 28:19, 20) So the work of true Christians is not just to inform others about the Kingdom; they must also endeavor to make disciples.

        Isto é oficialmente as boas novas para as testemunhas de Jeová.

        Basicamente pregar “essas boas novas”, falar sobre o paraíso vindouro, baptizar os crentes (em nome do pai, filho e espirito santo – o que não fazem! ), e criar mais discípulos para a torre, sob o pretexto de serem para Cristo.

        Só quero comparar isto com o que o apostolo Paulo disse:

        “Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis.
        Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão.
        Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras,
        E que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras.

        E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. ..”
        1 Coríntios 15:1-5

        Estas são as boas novas segundo Paulo. Mais adiante em Gálatas 1:6-8 ele diz:

        “Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho;
        O qual não é outro, mas há alguns que vos inquietam e querem transtornar o evangelho de Cristo.
        Mas, ainda que
        nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. “- Gálatas 1:6-8

        O vosso evangelho/boas novas é muito diferente das boas novas do do Paulo.

        O senhor tem uma religião. Não tem Deus.
        E não tem Deus porque não tem Cristo.

        Faça lá o que me parece que pretende fazer e censure a minha resposta.

        Curtir

        • queruvim  On 22 jun 2013 at 20:51

          Logo no início de Mateus capítulo 4 lemos que “Ele percorreu então toda a Galiléia, ensinando nas sinagogas+ deles e pregando as boas novas do reino, e curando toda sorte de moléstias e toda sorte de enfermidades entre o povo” Estava Jesus pregando a respeito de sua morte e ressureição? Pode ser também, mas quando lemos a frase “boas novas do REino” a brangência é bem maior do que pensa. Sugiro que estude este artigo que esplica de modo claro este assunto. E para entender o que é o Reino, este outro assunto.

          As boas novas do Reino — o que são?

          Uma questão que jamais poderia refutar é a que eu coloquei acima onde acuso a igreja evangélica de envolvimento com o mundo de satanás em vários aspectos, um deles , por apoiar Hitler e fazê-lo subir ao poder em 1933 (O focos de votação na alemanha eram majoritariamente EVANGÉLICOS!) Por isso que não chegou a 50 os que foram contra o regime do Nacional Socialismo.

          O livro History of Christianity, de Paul Johnson, diz:

          “Dentre 17.000 pastores evangélicos, nunca houve mais de cinqüenta que cumprissem longos termos de prisão [por não apoiarem o regime nazista] em qualquer época.”

          Contrastando tais pastores com as Testemunhas de Jeová, Johnson escreveu:

          Os mais valentes eram as Testemunhas de Jeová, que proclamavam a sua inequívoca oposição doutrinal desde o início e sofreram em conseqüência disso. Recusaram qualquer cooperação com o Estado nazista.”

          Em vista disso, não adianta todos este bla blá blá ANTI TJ, palavras não vão mudar isto. A teimosia de pessoas iguais a vc só vai aumentar seu ódio contra as TJ. Seu argumento de que “ganhamos pessoas para a Torre” é uma nojeira dos apóstatas. Leia o que disse o historiador acima e vê se aprende a ter respeito pela verdade e pela justiça.Um dos motivos pelo quais os primitivos cristãos eram executados nas arenas pelos imperadores era sua recusa a se envolver com o estado romano e adorar o imperador. As Testemunhas de Jeová por evitarem se envolver com a política partidária sofreram as mãos de regimes totalitários.

          Curtir

  • Freitas  On 21 jun 2013 at 11:48

    As testemunhas de Jeová tratam do assunto “trindade” para mostrar que ela não é bíblica,ou seja,a trindade não é um assunto tratado nas escrituras e muito menos cogitado por Jesus,que é o que mais importa.

    Se tivesse sido soprada pelo espírito santo significaria que o espírito santo falhou pois a teria apenas “subtendido” e o que Jesus disse sobre o espírito santo foi

    “..Esse vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar todas as coisas que eu vos disse”-João 14:26.

    O mais lógico é concluir que a opção n° 2 do optimus se aproxima mais da verdade:

    “criada exclusivamente por homens para poderem conceber de uma maneira humana finita a natureza de Deus”

    Curtir

  • João Paulo  On 21 jun 2013 at 14:50

    Sobre a divindade do Espírito Santo:

    1º) Ele não é uma força:
    Não é uma força. A sua divindade esta bem clara, nas palavras de Jesus! Pecar contra a força?

    Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens.
    E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro.
    Mateus 12:31-32

    E o batismo? Tem que ser em nome de quem?

    Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;
    MT 28:19

    Porque o Batismo não é só no nome de Jeová? Não é só ele Deus?

    Respondeu-lhe o anjo: O Espírito Santo descerá sobre ti, e a força do Altíssimo te envolverá com a sua sombra. Por isso o ente santo que nascer de ti será chamado Filho de Deus

    Podemos ver aqui na encarnação, toda a trindade.(Lc 1:35)

    Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus.
    Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus.
    Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.
    1 Coríntios 2:10-12

    É o Espirito de Deus, que revela as coisas de Deus aos seus profetas. Ele é quem conheçe a Deus, pois provém de Deus. Sem contar que uma força não pode revelar nada a ninguém.

    O Espírito procede tanto do Pai, quanto do Filho (Gl 4.6; 1Pe 1.11). É Ele tanto “o Espírito de Deus” como “o Espírito de Cristo” (Rm 8.9).

    A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vó
    2 Coríntios 13:14

    Curtir

    • Marcelo  On 22 jun 2013 at 15:49

      Se o espirito de deus eh uma pessoa o espirito do mundo eh o que? Uma pessoa tambem?

      Visto que yhwh eh o nome do pai, e jesus o nome do filho, qual o nome do espirito santo?

      Segundo seu argumento sobre perdoar pecados, significa isto que o espirito santo eh superior a jesus?

      Se o espirito santo eh uma pessoa dadivindade, eh certamente uma pessoa cujo credito e honra sao passados por alto – joao 17:3, ap 7:10

      Fala-se em mentir contra o espirito, mas tambem fala-se em sopra-lo, derrama-lo. Compara-se ao dedo de deus.

      Veja artigos neste blog sobre personificacao, por favor. Veja que este eh um recurso poderoso de linguagem.

      Curtir

      • Marcelo  On 22 jun 2013 at 15:55

        Sempre que leio estas discussoes aqui, ou ate mesmo artigos que defendem a trindade, fico mais convencido de que a trindade eh uma grande confusao.

        Mas queria saber se algum leitor aqui ja “mudou de time”, visto que este assunto tem sempre os mesmos argumentos e parece que ninguem nunca eh convencido. Ora, o proprio jesus, com os melhores agumentos e provas, nao convenceu a todos, me pergunto se estas discussoes ja produziram algum fruto.

        [QUERUVIM: poderá achar alguns casos de mudança total de pesamento na discussão sobre o que é a alma.

        Curtir

      • O Protestante  On 24 jun 2013 at 17:59

        Tecnicamente, posso dizer que eu “mudei de time”. Antes de eu acessar esse site, eu tinha uma visão totalmente negativa da TNM e das TJs. Após ler artigos aqui e ver como as coisas realmente são, mudei minha visão.

        Curtir

  • Freitas  On 22 jun 2013 at 7:41

    Optimus,

    Seria mais inteligente da sua parte antes de postar seus comentários fazer uma pesquisa mais abalizada e se informar melhor sobre a formação do queruvim.
    Mas eu tenho alguns comentários sobre o que vc disse que se acrescentam à resposta dele a ti.

    1-Eu não chamei os pais de ninguém de diabólicos.No entanto,você disse que a trindade poderia ter “sido criada por homens para conceber de uma forma humana finita a natureza de Deus”
    Sendo este o caso repito que o ensino não vem do ensino de cristo e como Jesus disse sobre o Diabo que ele “não permaneceu firme na verdade..porque é um mentiroso e o pai da mentira”-João 8:44……
    Da sua própria escrita tu mesmo dizes que “Alguns pais apostólicos” não permaneceram firmes na verdade por conceberem um ensino inverídico de tamanha magnitude ,este é o tipo de argumento usado por ti.

    2-Você usa o argumento da não existência do nome de Deus no novo testamento e diz que isto é que confunde o “senhor” de apocalipse 1:18,no entanto você com suas pesquisas xoxas e pré concebidas esuqeceu de ler o versículo 4 e 5 do mesmo capítulo 8.

    Ali diz assim ó,soletrando:”Graça e paz seja convosco da parte daquele que que era,que é e que há de vir ….E DA PARTE DE JESUS CRISTO QUE É A FIEL TESTEMUNHA”

    Agora leia o 8 novamente e responda quem é o “senhor” do apocalipse 1:8?
    e qual a tradução que confunde usando a mesma palavra para duas pessoas definidamente distintas no livro do apocalipse?
    VEJA,OPTIMUS,O QUE UMA TRADUÇÃO QUE ESCONDE O NOME DE DEUS TE FAZ AFIRMAR!

    Agora voltemos para Jesus..

    “Ao vencedor …gravarei sobre ele o nome do meu Deus”-Apocalipse 3:12.

    “Manifestei o teu nome aos homens que me deste no mundo”-João 17:6.

    Tinha ou não tinha o nome de Deus no NT nos originais que não mais existem e que te foi bem explicado pelo queruvim??

    3-Vc pediu apenas um único exemplo que prove que Jesus não é Deus..Nós já te demos dezenas,o queruvim deu mais um,e agora leia este de quebra bem simplizim:

    “E a vida eterna é esta: Que te conheçam,a ti só,por único Deus verdadeiro,e a Jesus cristo,a que enviaste.”-João 17:3.

    Ainda tem muito mais,Optimus,só estamos sentindo falta é das palavras dele,de Jesus,que diz que ele é o mesmo “único Deus” que o pai.
    Como vc pode simpatizar e defender esta teoria sem sentido?

    Quaisquer palavras,ou expressões,ou frases ou o que quer que seja escrito por quaisquer pais ou mães que sejam devem se harmonizar com o que Jesus ensinou e é exatamente isto que as tjs fazem.
    O resto do que dizes foge do assunto e apenas reflete um conceito limitado sobre nós.

    A/C DO JOÃO PAULO

    Note o que dizes:
    “A DIVINDADE DO ESPÍRITO SANTO ESTÁ BEM CLARA NAS PALAVRAS DE JESUS”
    Tu mesmo respondes:
    “..Se quaisquer disser alguma palavra contra o filho do homem ser-lhe-á perdoado;mas se alguém falar contra o espírito santo não lhe será perdoado”
    (divindade do espírito? ´pense melhor nos textos que posta)

    Note o que dizes:
    “O ESPÍRITO SANTO NÃO É UMA FORÇA”
    Tu mesmo respondes:
    “O espírito santo descerá sobre ti,E A FORÇA do altíssimo te envolverá”

    Note o que dizes:
    “POR QUE O BATISMO NÃO É SÓ NO NOME DE JEOVÁ,NÃO É SÓ ELE DEUS?”
    Tu mesmo respondes:
    “..O ente santo que nascer de ti será chamado FILHO DE DEUS.

    (podemos ver aqui não uma trindade mas Deus,a força que encobriu Maria e o filho de Deus,nada de subtendido,nada de um Deus tri-uno)

    Note o que dizes:
    “..PORQUE O ESPÍRITO PESQUISA TODAS AS COISAS,AINDA AS PROFUNDEZAS DE DEUS…NINGUÉM SABE AS COISAS DE DEUS SENÃO O ESPÍRITO DE DEUS”

    Pergunta a espera de sua resposta:

    O espírito revela algo contrário ao que Jesus ensinou?(joão 10:35,36)
    O espírito deixa algo apenas subtendido e sem definição?(João 14:26)

    “Jesus disse-lhes:”Nunca lestes nas escrituras:’A pedra que foi rejeitada pelos construtores é a que se tem tornado a principal pedra angular.Isto procede de Jeová e é maravilhoso aos nossos olhos?” É por isso que vos digo:O reino de Deus vos será tirado e será dado a uma nação que produza os seus frutos”

    Os que construíram o ensino “trindade” não levaram em conta o ensino de Jesus e por isto deturparam palavras apostólicas.

    Curtir

  • Freitas  On 22 jun 2013 at 7:45

    Quando eu digo ao optimus no item 2 “no mesmo cap.8,eu quero dizer:no mesmo cap.1 de apocalipse”

    Curtir

  • José Roberto de Araujo  On 22 jun 2013 at 8:41

    Mateus 28;19; ” Ide portanto, e fazei discipulos de pessoas de todas as nações, batizando-as em nome do pai, do filho e do espírito santo”. Todo nome bíblico, tem um significado! Em o nome do pai, quem ? Jeová! Em o nome do filho, quem? Jesus Cristo! Em o nome do espiríto santo, nome , qual? Tantos artigos escritos nesta página , sobre a impessoalidade do espiríto santo, parece que não tomam tempo para ler!

    Curtir

  • Saga  On 22 jun 2013 at 10:20

    O batismo não é apenas em nome de Jeová, pois a fé em Jesus Cristo é necessário para a salvação e a obra do Espírito Santo para o desenvolvimento espiritual do crente, tanto em conduta quanto em conhecimento.

    Os judeus já eram devotados a Jeová desde o ventre, mas isso não queria dizer necessariamente que haviam a aceitado ao Cristo e sido batizados por ele com espírito santo. Então são coisas diferentes, alguém pode crer em Deus, mas não ser um seguidor de Cristo, e pode acreditar em Deus e dizer que tem fé em Jesus mas ao mesmo tempo não ter o fogo do espírito de Deus agindo em si.

    E não adianta o batismo e uma suposta conversão de uma pessoa que não se deixa guiar pelo espírito de Jeová. Pois o homem imperfeito naturalmente busca a satisfação da carne e sua mente fica voltada para os desejos pecaminosos. Então o arrependimento tem de ser acompanhado por uma experiência com o espírito santo de Deus, senão a pessoa regride a suas práticas antigas e sob a influência do espirito do mundo terá a sua mente alienada de entender as palavras de Jeová.

    Gostaria de fechar dizendo que uma pessoa que se gaba de ter sido batizado “em nome da Trindade” ao contrário do que possa parecer na verdade está falhando em cumprir o preceito de ser batizado em nome de Deus, do Filho de Deus e do Espírito de Deus.

    Afinal ele não conhece a Jeová, não reconhece sua posição absoluta, (Como vai ser batizado em nome do Pai? Se nega a sua qualidade de Pai do Senhor Jesus? Dizendo que na verdade ele apenas se finge de Pai, pois ambos tem a mesma idade); não compreende a posição de Jesus Cristo negando o relacionamento de Filho-Pai que existe entre ele e Jeová; e finalmente nega-se a ser guiado pelo espírito santo ao dissertar sobre suas palavras nas páginas da Escritura, ao invés de aceitar inspiradas conforme o Espírito ensinou, ele inventa termos extrabíblicos e se apega insistentemente a doutrinas e filosofias de homens além de Credos Católicos. (Onde nas escrituras escritas pelo Dedo de Deus – o seu santo espírito – se fala em Triunidade, Trindade ou Deus Trino? Unidade Composta? União de uma substância em três hipóstases coiguais e coeternas? Dupla Natureza? Consubstancialidade e outras desses papinhos? Logo a pessoa em questão não tá sendo submissa ao espírito de Deus em si, mas saindo da sombra dele para se pautar por homens, padres e concílios de uma igreja apostata. )

    Curtir

  • Saga  On 22 jun 2013 at 19:13

    Existe muita insistência mas já que insistiram tanto vou dizer logo:

    Optimus Prime
    Aquele de quem fala Apocalipse cap. 1, verso 8 não é Jesus.
    É Deus, o Pai, cujo nome é Jeová.

    Vou mostrar o texto -e o seu contexto- na Almeida
    – LIVRO DO APOCALIPSE CAPITULO 1 –
    *O termo “Deus” é referido 5 vezes, em 1:1,2, 6, 8,9*

    Versão: Português: João Ferreira de Almeida Revista e Atualizada

    Apocalipse 1:1 Revelação de Jesus Cristo, que DEUS lhe deu para mostrar aos seus servos as coisas que em breve devem acontecer e que ele, enviando por intermédio do seu anjo, notificou ao seu servo João, 1:2 o qual atestou a palavra de DEUS e o testemunho de Jesus Cristo, quanto a tudo o que viu.

    Apocalipse 1:4 João, às sete igrejas que se encontram na Ásia, graça e paz a vós outros, da parte daquele QUE É, QUE ERA E QUE HÁ DE VIR, da parte dos sete Espíritos que se acham diante do seu trono 1:5 e da parte de Jesus Cristo, a Fiel Testemunha, o Primogênito dos mortos e o Soberano dos reis da terra. Àquele que nos ama, e, pelo seu sangue, nos libertou dos nossos pecados, 1:6 e nos constituiu reino, sacerdotes para o SEU DEUS e Pai, a ele a glória e o domínio pelos séculos dos séculos. Amém!

    Apocalipse 1:8 Eu sou o Alfa e Ômega, diz o Senhor DEUS, aquele QUE É, QUE ERA E QUE HÁ DE VIR, o Todo-Poderoso. 1:9 Eu, João, irmão vosso e companheiro na tribulação, no reino e na perseverança, em Jesus, achei-me na ilha chamada Patmos, por causa da palavra de DEUS do testemunho de Jesus.

    Em 1:1 e 1:2, Deus não Jesus, em 1:4,5, Aquele que é que era e que há de vir não é Jesus, em 1:6 Deus não é Jesus, então por que em 1:8…Deus, Aquele que é que era e que há de vir seria Jesus se dentro do contexto dos versos anteriores Deus, Aquele que é que era e que há de vir era o Pai? Tem lógica isso? Texto sem contexto é pretexto, o Aquele que é que era e que vem do 1:8 é o mesmo de 1:4.

    .

    – Relação de Sentido De Palavras Grego Hebraico –
    A expressão o Todo Poderoso aparece no Antigo Testamento e em todas elas se refere a Jeová. Quando jogado para o hebraico o “Kyrios Theos” do 1:8 fica “YHWH ELOHIM” (Jeová Deus) que é um termo que aparece centenas de vezes nas Escrituras Judaicas, já a expressão “Adon Elohim” (Senhor Deus) ou “Adonay Elohim” (Soberano Senhor Deus) não aparecem NENHUMA VEZ! (Não existe no AT a junção da palavra hebraica Senhor com a palavra hebraica para Deus). Assim, como o Antigo Testamento é usado como a base para interpretar o sentido das palavras do Novo Testamento, a expressão grega “Kyrios Theos” deste verso tem sim o sentido equivalente a “YHWH Elohim”, então em português o sentido adequado é “Jeová Deus”, pois é mais uma alusão ao Antigo Testamento. Pela mesma regra, como no Antigo Testamento o “Todo Poderoso” não é ninguém mais e ninguém menos do que “Jeová”, a palavra ali está totalmente adequada.

    As palavras de Romanos 10:13 são as mesmas de Joel 2:32 que diz “Todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo”, como o grego “Kyrios” de Rom 10:13 é equivalente do hebraico “YHWH” em Joel 2:32, a TNM adapta também em português para a palavra Jeová de modo que fiquem ambos textos fiquem uniformes. É assim que funciona, o AT serve de parâmetro para interpretar o NT.

    – Tradução Evangélicas-
    Qual é a tradução protestante que eu possa comprar que não “traduza” o Tetragrama Hebraico (YHWH) como o “SENHOR”? Eu frequento bazares e livrarias evangélicas constantemente com muito interesse e não vejo nada. (CATÓLICAS como a Bíblia de Jerusalém é que fogem dessa regra).

    Então são as traduções protestantes que tiram o nome de Deus na Bíblia sem motivo. (A palavra “Senhor” que elas botam no Salmo 23:1 não é nem tradução e nem equivalente em sentido a YHWH) Não é a NM que inventa o nome de Deus (A palavra portuguesa “Jeová” em Rom 10:13 realmente é o sentido correto do “Kyrios” falado ali, Joel 2:32 prova que “Kyrios” ali está no lugar de “Jeová”, palavra que a NM restabelece, já em o “Kyrios” de Marcos 12:29, Deuteronômio 6:4 prova que também tem sentido de Jeová, ou seja o Antigo Testamento dá todo o suporte para que identifiquemos quem é o referido nessas passagens, em todos eles a pessoa em questão é Jeová)

    Curtir

  • Cefas  On 22 jun 2013 at 21:27

    Optmusprime e outros trinitários,

    No passado eu também argumentava que as TJs eram politeístas por considerarem Jesus “um deus”, e isso é comum por causa de boatos e calúnias sem fundamento, pois, eles seguem exatamente o que a bíblia ensina, ou acaso vocês não conhecem textos como 2Cor 4:4 que chama o próprio Satanás de “deus”?????

    E olha que satanás gostaria de ser adorado como Deus o é (Isaías 14:13-14, Mt 4:9, Lc 4:7), mesmo que alguns desencaminhados o façam nunca ele vai ter o título de Deus (“D” maiúscula) o todo-poderoso, ou seja, ele é sim um “deus”, mas apenas pelo “poder” e autoridade (temporária) que possui, MAS não é digno de ADORAÇÃO!

    Em 1Cor 8:4-7 o apóstolo Paulo explica a existência de “deuses”, ou seja personalidades Poderosas, MAS que só uma deve ser adorada, neste texto está tão claro quanto a João 17:3, só o “PAI” é o ÚNICO Deus!!!

    Jesus também aborda este tema em João 10:34-36, paralelo com Salmos 82:1,6, preste atenção no texto:
    “Jesus lhes respondeu: “Não está escrito na Lei de vocês: ‘Eu disse: Vocês são deuses’?
    Se ele chamou ‘deuses’ àqueles a quem veio a palavra de Deus (e a Escritura não pode ser anulada)
    que dizer a respeito daquele a quem o Pai santificou e enviou ao mundo? Então, por que vocês me acusam de blasfêmia porque eu disse: ‘Sou FILHO de Deus’? ” João 10:34-36 (grifo meu).

    Meros homens (Juízes injustos) levaram o titulo de serem “deus” e mais ainda FILHOS DO ALTÍSSIMO (Salmos 82:6)!!!!
    Jesus ARGUMENTOU que o uso da palavra “deus” pode ser usado até em outras situações que não necessariamente exijam Adoração, mas sim respeito a autoridade do que leva tal “adjetivo” “deus”.
    Ou no caso dele o Filho Primogênito de Deus, Servo e Testemunha fiel tal “adjetivo” é muito justo.

    Até Moisés levou o “adjetivo” “deus” em Êxodo 4:16 e Êxodo 7:1, isto porque ele era o representante do Deus todo-poderoso Jeová, era assim a autoridade máxima sobre o povo daquela época!

    Abraço e ótimos estudos!

    Curtir

    • queruvim  On 22 jun 2013 at 22:39

      Este leitor Alex (OptimusPrime) só sabe postar CONTRA as TJ e todos os posts dele não serão vem vindos. Não quero gente armando piquete CONTRA AS TJ nesta página, mas gente que contribua para o ENTENDIMENTO dos temas. É interessante que muitos deles entram aqui elogiando e até mesmo dando uma de “Joaõ sem braço” mas são verdadeiros opositores e fariam de tudo para ridicularizar das Testemunhas de Jeová.

      Curtir

  • Saga  On 23 jun 2013 at 14:04

    Queruvim.

    Deixe o Optimus falar sobre Apocalipse 1:8

    Curtir

    • queruvim  On 23 jun 2013 at 14:33

      Saga, ele está fazendo flooding ANTI TJ aqui. Resistindo a textos bíblicos claros. Alguma coisa do que ele postou eu simplesmente deletei devido a ataques a “Torre de Vigia” segundo ele. Por acaso, as Testemunha de Jeová citam algum documento da “Torre de Vigia” , a fim de formular o que determinam como sendo a verdade? Ou estamos nós citando textos bíblicos inspirados totalmente ignorados pelos aderentes de doutrinas humanas? É uma coisa feia este tipo de ad hominem. É tipico de quem não quer mudar de conceito e ainda instila ódio e zombaria anti TJ.Vou reler o que ele postou e vou reavaliar.. PRONTO REAVALIEI:OBSERVE este exemplo do que ele postou:

      Então eu devo assumir que versiculos como:

      Romanos 10:13 – “todo aquele que invocar o nome de Jeová será salvo” (TNM),
      – não é canónico porque “Jeová” ou o Tetragrama não aparece no texto original (em todo o Novo Testamento) mas “Senhor”, que no contexto fala claramente de Jesus. Mais ainda, é bem claro na bíblia que nenhum outro nome foi dado para que as pessoas fossem salvas excepto o de Jesus. Logo este versículo é erradamente traduzido e perigoso porque retira Cristo da equação da salvação. Fé em Cristo = Salvação

      Primeiro ponto, não existem originais do N.T já disse isso e acho q a linguagem é aparentemente normal mas não deixa de ser enganosa e sutil. Os originais eram perecíveis e o que temos hoje são cópias posteriores dos originais onde o Nome de Deus foi removido e substituído por palavras a bel prazer.

      Segundo ponto, Paulo em R. 10:13 cita Joel 2:32 onde o profeta Joel diz que “todo aquele que invocar o Nome de Jeová (IHVH)” o Pai, “será salvo”. Jesus é claramente diferenciado de Jeová nas Escrituras e o Nome de Deus universalmente conhecido como Jeová aparece nos textos do V.T em hebraico de maneira indisputada. Em seus comentários, ele ignora isso como se fosse algo insignificante e continua promovendo o que a evidência bíblica não apoia. O que ele posta aqui é mais baseado em antagonismo religioso do que pesquisa objetiva. Temos acima um comment do Renato no qual ele pede a o Optimus que “faça uma observação cuidadosa” de certo assunto. Espero estar enganado, mas parece que ele está fazendo uma observação cuidadosa de como descartar o que uma Testemunha de Jeová diz. Certa vez eu conversava com um indivíduo semelhante a ele que no final me disse:”Sabe é que eu não gosto que ninguém “me tira” na frente das pessoas” confessou então que estávamos certos mas ele não admitia por outros motivos. As vezes a pessoa até fica ciente de que não tem como argumentar a não ser contra a verdade, mas o orgulho e a obstinação não a permite conceder que uma Testemunha de Jeová está realmente certa em vista do muitos textos bíblicos que apoiam as conclusões delas.Contudo, estão treinados na arte de debater teimosamente e muitas vezes utilizam alguns recursos :

      Ou mudam de assunto
      Ou fazem ataques a organização (ad hominem)
      Ou flooding anti TJ (vários assuntos e acusações ao mesmo tempo a fim de tentar frustrar a TJ de uma defesa…na internet ele teria que escrever páginas para refutar 3 ou 4 acusações feitas em um parágrafo, e na conversa real teria que ter 5 minutos de fala pra cada tema levantado!)

      Este cidadão deveria se deter em um assunto apenas e depois chegar a uma conclusão definitiva sobre o que decidiu. Em tal de João Paulo postou aqui inúmeros assuntos em apenas um comment tentando fazer flooding Anti TJ ou seja, abarrotar de acusações em apenas um comentário. Obviamente ficou frustrado com o desafio proposto no tema deste POST sobre um texto que fale claramente sobre a trindade. Se é q pesquisou e não achou, ou sabe que não existe, isso o fez agir desta forma. Não postei mais nada do que ele enviou devido a atitude dele. Não criei aqui um mural para ANTI TJ postar asneiras e vomitar ódio e argumentações visando desacreditar, ridicularizar ou mesmo difamar tudo o que uma TJ diz ou faz.

      Curtir

  • amorimpaulo  On 24 jun 2013 at 14:01

    Queruvim, como você bem sabe, as coisas do Antigo Testamento são sombra das coisas futuras, sombra das coisas do céu. Justamente por isso que Deus ordenou uma Nova Aliança. Assim temos as Escrituras e a Revelação de Deus em partes, em dois Testamentos, duas Alianças, pelo simples fato de que assim aprouve a Deus!! Sendo sombras e incompletas, não é de se esperar que a própria manifestação de Deus em Iavé aos judeus também não seja a definição maior da natureza de Deus!!!

    Queruvim, com Deus não lidamos com uma criatura limitada ao nosso mundo físico e intelectual. Lidamos com O Ser Criador de todas as coisas e auto-sustentado!!

    Com Deus não lidamos com um ser limitado à linguagem humana das letras – que reduziu PARTE de sua revelação a elas para ser compreensível a nós – mas lidamos com um Ser que É ESPÍRITO E, PORTANTO, AS SUAS PALAVRAS SÃO ESPÍRITO E VIDA (JOÃO 4 e 6)!!!

    Você se contenta com as linhas tortas (que não são as da Palavra de Deus!!) que enclausuram o Infinito e Eterno Deus em uma finita e falha compreensão humana.

    Meus pêsames por isso!! Pois o Deus em que creio é muito maior do que um deus limitado a uma forma humanoide e uma revelação parcial!!

    Entenda isto: Deus revelou-se em Iavé aos judeus, mas, mais do que isto, Deus revelou-se em Cristo ao mundo inteiro!!!

    Pois Iavé revelou-se como o Grande e Terrível EU SOU O QUE SOU!!
    e Cristo revelou-se como o Amável e Misericordioso:

    Eu sou o pão da vida;
    Eu sou a luz do mundo;
    Eu sou a porta das ovelhas;
    Eu sou o Bom Pastor;
    Eu sou a ressurreição e a vida;
    Eu sou o caminho a verdade e a vida;
    Eu sou a videira verdadeira.

    Todas estas auto-afirmações de Cristo, que o deificam como o mesmo Deus do Sinai – E OS JUDEUS ENTENDERAM BEM ISSO, E POR ISSO O ODIAVAM TANTO!! – estão no Evangelho de João.

    Portanto, entre tantos outros textos ESPIRITUAIS citáveis (inclusive sobre o Espírito Santo, que eu não contemplei na minha reposta), está aí uma entre tantas possíveis respostas para o seu desafio!!!

    PAULO AMORIM

    Curtir

    • queruvim  On 24 jun 2013 at 20:33

      Não são textos do chamado “Velho Testamento” que demonstram uma clara distinção entre Cristo e Jeová Deus!

      Em João 6:38, Jesus disse: “Desci do céu não para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou.”

      Em contraste com isso, Deus é mencionado em Daniel 4:35 como Aquele que “age segundo sua própria vontade ENTRE O EXERCITO DOS CÉUS E OS HABITANTES DA TERRA”.

      Em Hebreus 9:24, Paulo escreveu sob inspiração que Jesus entrou no céu para comparecer “PERANTE a face de Deus” por nós.

      Como pôde Jesus comparecer PERANTE Deus e ao mesmo tempo SER o Deus Todo Poderoso, diante de quem comparece?

      E Atos 9:20 declara que Paulo, após sua conversão, passou a pregar imediatamente que Jesus é “o Filho de Deus” e não o próprio Deus, como ensina a realmente distorcida teologia trinitariana.

      João, na conclusão de seu Evangelho, escreveu que “estas coisas foram escritas para que creiais que Jesus é o Cristo , o FILHO DE DEUS.” (João 20:31) Temos que crer nisso!

      Efésios 1:17 fala do Pai como sendo “DEUS de nosso Senhor Jesus Cristo”.

      Paulo, o apóstolo para as nações, escreveu que Deus sujeitou a Jesus todas as coisas; mas, como ele tornou claro, “se EXCETUA Aquele que lhe sujeitou todas as coisas”. – 1 Cor. 15:27.

      Por que Jesus teve de receber autoridade do Pai e depois entregar o reino ao seu Pai? Faz sentido se ele fosse o Todo Poderoso Deus? – 1 Cor. 15:24, 27, 28.

      Jesus foi criado, conforme diz Apocalipse 3:14: “O principio DA CRIAÇÃO de Deus”. (Portanto, segundo este verso inspirado, Jesus é parte “da criação”.)
      Em harmonia com isso, Colossenses 1:15 diz que ele foi o “primogênito de toda a criação”.

      Isso explica por que Jesus foi tentado. Por outro lado, “Deus não pode ser tentado”, diz Tiago 1:13.

      Não se deve estudar a palavra de Deus para tentar rebater ela mesma, mas se deve estuda-la para harmonizá-la consigo mesma, e em seguida fazer com que nossos pensamentos se harmonizem com ela. MAS NÃO PODEMOS QUERER QUE ELA SE HARMONIZE COM NOSSOS PENSAMENTOS.

      Em João 5:32, Jesus diz: “Há OUTRO que dá testemunho de mim, e eu sei que o testemunho que Ele dá de mim é verdadeiro.” No verso 37 Jesus acrescenta

      “O Próprio Pai que me enviou tem dado testemunho de mim. Vós nem ouvistes JAMAIS A SUA VOZ NEM VISTE A SUA FIGURA. … E NÃO ACREDITAIS NAQUELE A QUEM ELE ENVIOU.”

      Portanto, Jesus dava testemunho de que seu Pai o “enviou” e que a vontade primária era a Dele e não a sua.

      Isso deve fazer com que reflitamos também em João 20:17, onde Jesus fala de alguém a quem chama de “meu Deus e vosso Deus”, referindo-se ao Pai dele.

      A Biblia foi escrita para pessoas simples, como pescadores, lavradores e donas de casa.

      Cristo enfatizou que há outra pessoa a quem está subordinado. É por isso que Paulo, em Efésios 1:17, fala do ‘Pai e Deus de nosso Senhor Jesus Cristo’.

      Em vista do exposto acima DIRETAMENTE DA BÍBLIA SAGRADA, fica claro que os Evangelhos e o restante das Escrituras não favorecem a idéia de que Jesus é o próprio Deus Todo Poderoso em forma humana e parte de uma tríade consubstâncial. Não existe na Bíblia palavras como substância ou essência se referindo a Cristo numa deidade trina. Isso aparece sim na filosofia platônica.

      Suas palavras são até bonitas! Mas tem erro grave no meio. Tu estás enganado a ti mesmo. Não existe em Ex. 3:14 a expressão fantasiosa “Eu sou o que sou”. O texto hebraico diz “mostrarei ser o que eu mostrar ser<a

      Não há base para criar um título e tentar ligar duas pessoas. Esta mesma expressão Eu sou foi usada por Paulo. Será que ele estava se identificando como sendo Deus em forma humana? Observe como em João 9:9 o cego se identifica usando a expressão EGO EIMI literalmente “Eu sou”, porém nenhum dos judeus presentes, nem por um momento, entenderam esta frase como se este estivesse declarando ser Jeová.

      Curtir

      • Marcelo  On 25 jun 2013 at 14:48

        Queruvim

        Defensores da trindade tem sempre os mesmos argumentos. Eles se repetem mesmo depois de refutados. Sugiro a criação de um catálogo destes argumentos enumerados, referenciando os textos em que são supostamente apoiados e então uma justificativa porquê eles não convencem.

        Por exemplo:

        1 – EGO EIMI – João tal, Exôdo 3:14 – Este arqumento não convence pois tal e tal, veja o artigo tal.

        2 – Meu senhor e meu Deus – João 20:28 – Tomé não acreditava que Jesus era Deus pois…

        3 – Eu e o pai somos um….

        Daí em vez de ter que explicar tudo de novo para cada criatura que repete os mesmos argumentos, seria necessário apenas dizer “este argumetno já foi expressado, veja porque ele não costuma convencer, no item #2 do artigo tal”

        É bem menos cansativo que ter que explicar tudo de novo e de novo e de novo. E de novo.

        Curtir

        • queruvim  On 26 jun 2013 at 0:14

          É verdade, você está certo. Tanto é que recentemente procurei citar links. Tenho que organizar mais isso. Contudo, como sabemos a verdade é uma só , mas a mentira é diversificada e são várias as mentiras que os não ensinados criam. Algumas são fracas e claramente falhas, outras são feitas defesas com aparência de erudição, citando hebraico e grego etc, e ainda outras são mesclas. Tem os metralhadoras que postam 10 assuntos em apenas um parágrafo para confundir e impedir nos de uma defesa,(estes a maioria eu deleto).

          Curtir

      • Paulo  On 3 set 2013 at 9:53

        Queruvim, é tão infantil a forma como querem defender a Trindade! Como eu pude um dia ter acreditado nisso?
        Quer dizer que de acordo com esse cidadão, qualquer um que tiver o título de bom pastor é o Deus todo-poderoso, por exemplo?
        Com todo respeito, mas isso tá mais pra comédia, do que pra uma defesa séria da trindade.
        A grande verdade é que eles querem reduzir Deus a um mistério insondável, que nenhum ser humano pode conhecer.
        Mas não foi isso que Jesus ensinou a samaritana, e sim que os verdadeiros adoradores adorarão ao Seu Pai celestial. (João 4:23, 24)

        Curtir

    • Saga  On 25 jun 2013 at 2:31

      “amorimpaulo Em 24 de junho de 2013 às 14:01Link permanente | Resposta
      Queruvim, como você bem sabe, as coisas do Antigo Testamento são sombra das coisas futuras, sombra das coisas do céu. Justamente por isso que Deus ordenou uma Nova Aliança. Assim temos as Escrituras e a Revelação de Deus em partes, em dois Testamentos, duas Alianças, pelo simples fato de que assim aprouve a Deus!!”

      Sim, e daí?

      “Sendo sombras e incompletas, não é de se esperar que a própria manifestação de Deus em Iavé aos judeus também não seja a definição maior da natureza de Deus!!!”

      Não, a natureza de Deus não é um ensino adaptável quanto a Lei Mosaica e outros temas, os requisitos de Deus podem mudar mas ele não, sua natureza sempre é a mesma. De forma que no Éden todos podiam comer só vegetais, após Diluvio terem permissão de comer carne, depois do Êxodo ter sido proibido certas carnes como a suína e após o Pentecostes ter sido mais uma vez liberado o consumo de todas as carnes, mas Jeová Deus, se era Um no AT, continua sendo Um no NT, no Milênio e eternamente.

      Veja o caso da antropologia das Escrituras em cima do ser humano, desde a queda o pecado nós fez perder a perfeição, mas nossa natureza ainda é a mesma, mortal. Somos pó e cinzas, carne e sangue. Assim sendo não pode existir um ser humano no AT que era totalmente mortal, incluindo sua alma, formando um todo vivente e no NT magicamente se falar da antropologia humana como sendo uma dicotomia de corpo mortal e alma eterna que se separam na morte…

      A natureza do homem permaneceu a mesma e a natureza de seu Deus também. Então não existe brecha para mudança, evolução ou contradição entre AT e NT nessas duas questões. Diferente de temas como a Lei, a Circuncisão, etc.

      “Queruvim, com Deus não lidamos com uma criatura limitada ao nosso mundo físico e intelectual. Lidamos com O Ser Criador de todas as coisas e auto-sustentado!! ”

      E daí?

      “Você se contenta com as linhas tortas (que não são as da Palavra de Deus!!) que enclausuram o Infinito e Eterno Deus em uma finita e falha compreensão humana. Meus pêsames por isso!!”

      Wht?

      “Pois Iavé revelou-se como o Grande e Terrível EU SOU O QUE SOU!!
      e Cristo revelou-se como o Amável e Misericordioso: Eu sou o pão da vida; Eu sou a luz do mundo; Eu sou a porta das ovelhas; Eu sou o Bom Pastor;
      Eu sou a ressurreição e a vida; Eu sou o caminho a verdade e a vida;
      Eu sou a videira verdadeira. Todas estas auto-afirmações de Cristo, que o deificam como o mesmo Deus do Sinai”

      Não existe nenhum sentido mistico na pessoa dizer “eu sou alguma coisa”. Era e ainda é uma forma normal de se expressar. Eu posso dizer “Você é o Paulo Amorin, EU SOU o Saga, aquele é o Queruvim”, não existe nenhuma afirmação de deidade em se expressar com a primeira pessoa do SINGULAR e com o verbo SER.

      Essa divinização feita com o termo grego “ego eimi” é totalmente fictícia, os judeus não proibem e nunca proibiram ninguém de falar “eu sou” . E a proposito em grego, Deus não disse que se chamava “eu sou” (ego eimi) em Êxodo 3:14.
      Então sua tentativa de linkar essas expressões com o título de Deus no Êxodo perde sua razão de ser.

      “Portanto, entre tantos outros textos ESPIRITUAIS citáveis (inclusive sobre o Espírito Santo, que eu não contemplei na minha reposta), está aí uma entre tantas possíveis respostas para o seu desafio!!! PAULO AMORIM”
      Tu não disse nada, seu argumento nem tem cabimento. Em suma vocÊ disse que: “Ninguém além de Jeová Deus poderia usar a expressão `eu sou`, então se Jesus Cristo a usou logo é porque se achava Deus, pois que fala `eu sou` está se dizendo Deus, e os judeus entendiam assim.”

      Agora, já que o Optimus não vai mais falar, vá em Apocalipse 1:8 e nos prove que essa passagem fala do Filho e não do Pai.

      Curtir

  • Saga  On 25 jun 2013 at 3:00

    ___Bíblia, Harmônica ou não? E a Cristandade maneja a Bíblia direito?__

    Queruvim,
    “Não se deve estudar a palavra de Deus para tentar rebater ela mesma, mas se deve estuda-la para harmonizá-la consigo mesma, e em seguida fazer com que nossos pensamentos se harmonizem com ela. MAS NÃO PODEMOS QUERER QUE ELA SE HARMONIZE COM NOSSOS PENSAMENTOS.”

    Que descrição perfeita, deverias tentar emoldurar, rsrsrs

    Mas então essa parte “Não se deve estudar a palavra de Deus para tentar rebater ela mesma, mas se deve estuda-la para harmonizá-la consigo mesma”, sim claro, pois quem faz isso são os ateus e outros inimigos da verdade.

    Pessoas que correm a Bíblia para tentar coloca-la em incoerência, afinal, se valem da Bíblia pra tudo, tem quem tente estuda-la para apoiar a homossexualidade e como já te mostrei até para apoiar as drogas.

    Já TJ passam a vida tentando HARMONIZAR a Bíblia com ela mesmo e se harmonizar com essa HARMÔNICA bíblica resultante de tantos estudos. Veja se entre TJs existem divisões e debates sobre ordenação de mulheres pastoras, de aborto, evolução, existência do Diabo, teologia gay, teologia da prosperidade, sábado, dízimo, qual a relação entre tradição e escritura, quais partidos políticos apoiar, que lado ficar numa guerra, enfim existem muitos temas que teimam em repercutir entre as igrejas da Cristandade opondo e dividindo suas numerosas denominações entre si mas que entre as TJ não causa nenhum problema, pois seu estudo da Bíblia lhes dá certeza do que se crê, sem possibilidade de insistentes e numerosos cismas.

    Já a mensagem “cristã” das denominações da Cristandade que elas se gabam de serem bíblicas (de serem “apostólicas” ou “evangélicas”) NÃO É harmônica, então das duas uma, ou a Bíblia é uma baita confusão incoerentemente desarmoniosa ou então temos muitas centenas de milhões de supostos cristãos fazendo um tremendo desfavor a Bíblia ao tentar supostamente elucidar sua mensagem aos descrentes…sendo que em vez de esclarecer, estão a confundi-los…

    Curtir

  • Saga  On 26 jun 2013 at 1:22

    Marcelo

    “Marcelo Em 25 de junho de 2013 às 14:48Link
    Queruvim
    Defensores da trindade tem sempre os mesmos argumentos. Eles se repetem mesmo depois de refutados. Sugiro a criação de um catálogo destes argumentos enumerados”

    Pois não, olha isso

    Argumento do Elohim GÊN 1

    Argumento do Espírito Criador GÊN 1:2

    Argumento do Nós GÊN 1:26

    Argumento do Anjo do Senhor

    Argumento do Eu Sou Ex 3:14 . Jo 8:28,58 . 18:5-7 . Deut 32:39

    Argumento do Echad DEUT 6:4

    Argumento da Sabedoria Divina Provérbios 8

    Argumento do Deus-Rei, Teu Deus – Salmo 45:6. Hebreus 1:8

    Argumento do Deus Forte ISA 9:6

    Argumento da Repetição . Argumento do Triplo Santo “Santo, Santo, Santo”

    Argumento do Adonay SALMO 110:1 . Argumento do Senhor (Kyrios) FIL 2:11

    Argumento do SENHOR NOSSA JUSTIÇA JER 23:6

    Argumento dos Dois Jeová Gên 19:24 . Zac 2:8

    Argumento da Eternidade Miqueías 5:2 . Heb 13:8

    Argumento do Traspassaram ZAC 12:10

    Argumento do Bom Pastor João 10:11,16 . Marcos 10:18. Salmo 23:1

    Argumento do Verbo João 1:1-14

    Argumento do Deus Em Carne 1 Tim 3:16 . Jo 1:14

    Argumento do Unigênito Jo 1:18 . 3:16

    Argumento do Um . Argumento da Unidade Jo 10:30 . 1 Jo 5:7,8

    Argumento da Adoração (Mt 2:2,11 .4:10. 14:33. 28:9 . Mc 5:6 . 15:19 . Hb 1:6)

    Argumento do Todo Poderoso Mt 28:18

    Argumento da Oração Atos 7:59

    Argumento do Deus Que Morreu . Somente A Morte De Deus Poderia Salvar

    Argumento da Ressurreição . Argumento da Auto-Ressurreição . Argumento da Ressurreição Trina

    Argumento do Deus Invísivel x Deus Vísivel

    Argumento dos Títulos Divinos:
    . Deus
    . Senhor
    . Rei, Rei de Israel, Rei dos Reis, Rei da Glória
    . Salvador
    . Rocha, Luz, Verdade, Vida, Pastor
    . Filho de Deus
    . Cristo
    . Alfa e o Omega – Primeiro e Último

    Argumento dos Atributos Divinos :
    . Onipotente, Onisciente e Onipresente
    . Perdoa Pecados, Criação

    Argumento dos Judeus
    . Argumento do Somos Um “Se faz Deus”
    . Argumento do Filho “Se Faz Igual”
    . Argumento do Apedrejamento

    Argumento da Honra “Assim como” João 5:23

    Argumento da Glória João 12:41

    Argumento da Imagem . da Forma . do Reflexo FIL 2:6 COL 1:16 e HEB 1:3

    Argumento da Plenitude Col 2:9

    Argumento do Tudo . Todas as Coisas . Todo Nome . Todos
    . Argumento do Todo Nome Fil 2:9
    . Argumento do Todo Joelho Fil 2:10
    . Argumento do Todas as Coisas Jo 1:3 . Col 1:16,17
    . Argumento do Toda Autoridade Mt 28:18
    . Argumento do Toda Plenitude Col 2:9

    Argumento da Vinda “Que É, Que Era e Que Há De Vir” Ap 1:7,8 . 22:12
    Argumento do Alfa e Ômega Ap 1:8 . 22:13-16

    Argumento do Trono Ap 5:6 . 22:1,3

    Argumento do Não Crê em Jesus, Nega a Cristo, Nega O Pai e o Filho

    Argumento do Só :
    . Só Um Deus . Argumento do Politeísmo (Isaías 43:10 . 45:5)
    . Só Um Criador . “Quem estava comigo?” (Isaías 44:24)
    . Só Um Salvador “Fora de mim não há salvador” (Isaías 43:11 . Atos 4:12)
    . Só Um Primeiro e Último (Isaías 44:6)
    . Só Um Pode Ser Adorado (Mt 4:10)
    . Só Um Todo-Poderoso
    . Só Um Senhor (1 Cor 8:6 . Efe 4:5)
    . Um Rei dos Reis e Senhor dos Senhores
    . Só Deus poderia redimir a humanidade

    Argumento do Paracletos (Jo 14:16,25)
    . Argumento dos Pronomes Masculinos
    . Argumento do Outro (Allos)

    Argumento do Mentistes à Deus (Atos 5:3,4)

    Argumento de palavras de Jeová serem atribuída ao Seu Espírito Atos 28:25

    Argumento do Templo 1 Cor 6:19
    Argumento do Sangue do Espírito (Atos 20:28)

    Argumento das Atribuições Pessoais
    . Argumento dos Sentimentos
    . Argumento da Voz
    . Argumento da Vontade
    . Argumento da Blasfêmia

    Argumento dos Textos Tríades
    . Argumento do Batismo (Mt 3:16, 17)
    . Argumento da Formula Batismal “Um Nome” (Mt 28:19)
    . Argumento da Saudação Apostólica (2 Cor 13:14)
    . Um Só Espírito, Um Só Senhor, Um Só Deus (Efé 4:4-6)
    . Mesmo Espírito, Mesmo Senhor, Mesmo Deus (1 Cor 12:4-6)
    . Orando com Espírito, mantenham Deus e aguardem Jesus (Judas 20,21)

    Argumento do Amor (Tomás de Aquino)

    Curtir

    • queruvim  On 26 jun 2013 at 1:57

      ARGUMENTOS TODOS DESMANTELADOS!

      Argumento do Elohim GÊN 1 (RESPOSTA: Pq Elohim é plural?)
      Argumento do Espírito Criador GÊN 1:2 (RESPOSTA: “força ativa” ou “espírito” o que dizem Léxicos e Dicionários respeitados? )
      Argumento do Nós GÊN 1:26
      Argumento do Anjo do Senhor
      Argumento do Eu Sou Ex 3:14 . Jo 8:28,58 . 18:5-7 . Deut 32:39 (Resposta: João 8:58 tm alguma ligação com Ex. 3:14 ?)
      Argumento do Echad DEUT 6:4 (Resposta: Ehhad e Yahhid – O que REALMENTE DIZ O HEBRAICO de Deut. 6:4?)
      Argumento da Sabedoria Divina Provérbios 8
      Argumento do Deus-Rei, Teu Deus – Salmo 45:6. Hebreus 1:8
      Argumento do Deus Forte ISA 9:6
      Argumento da Repetição . Argumento do Triplo Santo “Santo, Santo, Santo”
      Argumento do Adonay SALMO 110:1 . Argumento do Senhor (Kyrios) FIL 2:11
      Argumento do SENHOR NOSSA JUSTIÇA JER 23:6
      Argumento dos Dois Jeová Gên 19:24 . Zac 2:8
      Argumento da Eternidade Miqueías 5:2 . Heb 13:8 (RESPOSTA: “origem” “tempo indifinido” de Miquéias 5:2)
      Argumento do Traspassaram ZAC 12:10
      Argumento do Bom Pastor João 10:11,16 . Marcos 10:18. Salmo 23:1
      Argumento do Verbo João 1:1-14 (RESPOSTA João 1:1
      Argumento do Deus Em Carne 1 Tim 3:16 . Jo 1:14 (1 Timóteo 3:16 – “Ele foi manifestado …” ou “Deus foi manifestado em carne” ?)
      Argumento do Unigênito Jo 1:18 . 3:16
      Argumento do Um . Argumento da Unidade Jo 10:30 (Resposta) . 1 Jo 5:7,8
      Argumento da Adoração (Mt 2:2,11 .4:10. 14:33. 28:9 . Mc 5:6 . 15:19 . Hb 1:6)
      Argumento do Todo Poderoso Mt 28:18
      Argumento da Oração Atos 7:59
      Argumento do Deus Que Morreu . Somente A Morte De Deus Poderia Salvar
      Argumento da Ressurreição . Argumento da Auto-Ressurreição . Argumento da Ressurreição Trina
      Argumento do Deus Invísivel x Deus Vísivel
      Argumento dos Títulos Divinos:
      . Deus
      . Senhor
      . Rei, Rei de Israel, Rei dos Reis, Rei da Glória
      . Salvador
      . Rocha, Luz, Verdade, Vida, Pastor
      . Filho de Deus
      . Cristo
      . Alfa e o Omega – Primeiro e Último
      Argumento dos Atributos Divinos :
      . Onipotente, Onisciente e Onipresente
      . Perdoa Pecados, Criação
      Argumento dos Judeus
      . Argumento do Somos Um “Se faz Deus”
      . Argumento do Filho “Se Faz Igual”
      . Argumento do Apedrejamento
      Argumento da Honra “Assim como” João 5:23
      Argumento da Glória João 12:41
      Argumento da Imagem . da Forma . do Reflexo FIL 2:6 COL 1:16 e HEB 1:3
      Argumento da Plenitude Col 2:9
      Argumento do Tudo . Todas as Coisas . Todo Nome . Todos
      . Argumento do Todo Nome Fil 2:9
      . Argumento do Todo Joelho Fil 2:10
      . Argumento do Todas as Coisas Jo 1:3 . Col 1:16,17
      . Argumento do Toda Autoridade Mt 28:18
      . Argumento do Toda Plenitude Col 2:9
      Argumento da Vinda “Que É, Que Era e Que Há De Vir” Ap 1:7,8 . 22:12
      Argumento do Alfa e Ômega Ap 1:8 . 22:13-16
      Argumento do Trono Ap 5:6 . 22:1,3
      Argumento do Não Crê em Jesus, Nega a Cristo, Nega O Pai e o Filho
      Argumento do Só :
      . Só Um Deus . Argumento do Politeísmo (Isaías 43:10 . 45:5)
      . Só Um Criador . “Quem estava comigo?” (Isaías 44:24)
      . Só Um Salvador “Fora de mim não há salvador” (Isaías 43:11 . Atos 4:12)
      . Só Um Primeiro e Último (Isaías 44:6)
      . Só Um Pode Ser Adorado (Mt 4:10)
      . Só Um Todo-Poderoso
      . Só Um Senhor (1 Cor 8:6 . Efe 4:5)
      . Um Rei dos Reis e Senhor dos Senhores
      . Só Deus poderia redimir a humanidade
      Argumento do Paracletos (Jo 14:16,25)
      . Argumento dos Pronomes Masculinos
      . Argumento do Outro (Allos)
      Argumento do Mentistes à Deus (Atos 5:3,4)
      Argumento de palavras de Jeová serem atribuída ao Seu Espírito Atos 28:25
      Argumento do Templo 1 Cor 6:19
      Argumento do Sangue do Espírito (Atos 20:28)
      Argumento das Atribuições Pessoais
      . Argumento dos Sentimentos
      . Argumento da Voz
      . Argumento da Vontade
      . Argumento da Blasfêmia
      Argumento dos Textos Tríades
      . Argumento do Batismo (Mt 3:16, 17)
      . Argumento da Formula Batismal “Um Nome” (Mt 28:19)
      . Argumento da Saudação Apostólica (2 Cor 13:14)
      . Um Só Espírito, Um Só Senhor, Um Só Deus (Efé 4:4-6)
      . Mesmo Espírito, Mesmo Senhor, Mesmo Deus (1 Cor 12:4-6)
      . Orando com Espírito, mantenham Deus e aguardem Jesus (Judas 20,21)
      Argumento do Amor (Tomás de Aquino)

      Curtir

    • Marcelo  On 26 jun 2013 at 8:18

      Legal, é esta a idéia!

      Curtir

      • Saga  On 26 jun 2013 at 14:47

        ARGUMENTOS TRINITÁRIOS – DESCRIÇÔES
        Eles funcionam tipo assim :

        Argumento do Elohim GÊN 1 > Deus em hebr é chamado de ELOHIM, que é plural, isso indicaria que Deus é mais de uma pessoa, a Trindade. Plural majestático não existe.

        Argumento do Espírito Criador GÊN 1:2 > Se a criação é atribuída ao Espírito em Gn 1:2 e outros textos, significa que ele também é o Criador, junto com o Pai e o Filho.

        Argumento do Nós GÊN 1:26 > Em certos textos Deus usa pronomes plurais, esses indicam que o plural Deus Elohim é um TRÊS eu´s que formam uma Trindade Nós

        Argumento do Anjo do Senhor > O Anjo do Senhor ou as teofanias não aparições de Jesus Cristo no AT. Se fala deste Anjo Especial como se fosse o próprio Senhor e inclusive ao contrário do anjo que falava a João no Apocalipse, este anjo aceita adoração, então ele é Deus a segunda pessoa da Trindade.

        Argumento do Eu Sou Ex 3:14 . Jo 8:28,58 . 18:5-7 . Deut 32:39
        Jeová usa EU SOU em alguns textos, Ex 3:14 fala de EU SOU como o nome de Deus, Deut 32:39 inclusive expressa que apenas Jeová é o Eu Sou, mas Jesus disse ser o grande Eu Sou em várias ocasiões, inclusive os fariseus o queriam apedrejar por pronunciar o nome de Deus e se dizer o Deus de Moíses. Jesus usou o mesmo termo grego EGO EIMI que na LXX aparece como o nome de Deus de Ex 3:14, demonstrando que a TNM deturpa a tradução de Jo 8:58 para cortar o link óbvio entre as duas passagens.

        Argumento do Echad DEUT 6:4 > Este texto não fala que Jeová seja realmente um, como um eu, um quem, uma pessoa, uma personalidade, um ser, um individuo, uma identidade, a palavra hebraica aqui usada para UM é echad, que quer dizer uma unidade composta, coletiva, quer dizer que Deus de Israel é uma deidade formada de vários membros, se Moíses quisesse falar que Deus é realmente um, único, ele usaria YACHID.

        Argumento da Sabedoria Divina Provérbios 8 > Este argumento diz que os livros sapenciais do AT e isso inclui literatura apócrifa, fala de uma personificada Sabedoria que atua como uma segunda pessoa divina ao lado de Deus, a Patrística a identifica como o mesmo Anjo do Senhor e o Verbo de João 1:1. A Sabedoria tem atributos pessoais, divinos e atuou como Criador ao lado do Pai, ao contrário do que dizem as TJ que traduziram errado Pro 8:22 na TNM, essa Sabedoria não tem origem, é eterna, afinal sempre esteve ao lado de Deus, senão significaria que houve um tempo que Deus não tinha sabedoria.
        Deus cria as coisas através de sua Sabedoria, Logos ou Palavra e se manifesta ao mundo através de seu mediador, o Anjo do Senhor ou Filho – todos estes são diferentes nomes para a Segunda Pessoa da Trindade.

        Argumento do Deus-Rei, Teu Deus – Salmo 45:6. Hebreus 1:8 Argumento do Deus Forte ISA 9:6 > O ponto aqui é dizer que o Messias já era chamado de Deus (El, Elohim) no AT, inclusive isto é citado em Hebreus 1:8 citação do Salmo 45:6, que mostra Deus falando dialogando com um rei que também é Deus.

        Argumento da Repetição . Argumento do Triplo Santo “Santo, Santo, Santo” >
        Diz que as criaturas celestes ao repetirem Santo três vezes estão louvando cada uma das pessoas da Trindade separadamente.

        Argumento do Adonay SALMO 110:1 . Argumento do Senhor (Kyrios) FIL 2:11
        Diz que Jesus ao ser chamado de Senhor, dá na mesma que ser chamado de Deus, inclusive as palavras Adonay e Kyrios são substitutos para o nome de Deus, Jeová! Então cada vez que Jesus é chamado de Senhor, está sendo proclamada sua divindade, a verdade de que ele é Jeová!! No Salmo 110:1 Jesus é chamado de Adonay, que assim como “Eu Sou” é outro dos nomes exclusivos de Deus.

        Argumento do SENHOR NOSSA JUSTIÇA JER 23:6 > O título messiânico de Jer 23:6 demonstra que o Messias é O SENHOR (Jeová).

        Argumento dos Dois Jeová Gên 19:24 . Zac 2:8 > Em Sodoma se fala que um dos anjos que apareceu a Abraão e que foi chamado de Jeová, desceu fogo da parte de Jeová, o que demonstra que existiam ali dois Jeovás, um na terra e outro no céu. Na mesma linha de pensamento em Zacarias, Jeová fala de outro Jeová.

        Argumento da Eternidade Miqueías 5:2 . Heb 13:8 > Estes dois textos demonstrariam que o Messias, Jesus é eterno, e se é eterno é Deus.

        Argumento do Traspassaram ZAC 12:10 > Jesus foi traspassado por uma lança na cruz, demonstrando assim que ele é Jeová, pois Zacarias fala que as pessoas olharia e veriam Jeová literalmente traspassado.

        Argumento do Bom Pastor João 10:11,16 . Marcos 10:18. Salmo 23:1 > É o seguinte, aqui são dois argumentos; Jesus é bom e Jesus é pastor. Jesus é o nosso Pastor e o Salmo 23 diz que o SENHOR Deus é o nosso Pastor, como somos um rebanho sob um só Pastor, então Jesus e Deus são o mesmo pastor. Jesus em Marcos 10:18 disse que apenas Deus é bom, mas Jesus também é bom, logo ele é provado ser Deus duas vezes, uma por ser bom e outra por ser pastor!!

        Argumento do Verbo João 1:1-14 > O Verbo “era Deus” e “estava com Deus” lá “no príncipio”, ou seja na eternidade, além da divindade e eternidade da Segunda Pessoa da Trindade essa passagem ainda demonstra que Ele é aquele Criador que fez o Mundo “No principio” de Gên 1:1 e fundamenta a doutrina da Encarnação.

        Argumento do Deus Em Carne 1 Tim 3:16 . Jo 1:14 > Estes dois textos comprovam o mistério da Encarnação, ou seja o dogma cristão que diz que Deus se fez carne em Jesus Cristo, o Deus-Homem.

        Argumento do Unigênito Jo 1:18 . 3:16 > A palavra “monogenes” não quer dizer único gerado ou criado. Ele quer dizer único (mono), único de sua espécie (gene) e se refere ao único que tem a mesma espécie ou gene de Deus Pai. O termo “Monogenes” em vez de ser Filho “Unigénito” é melhor traduzido como “Filho Único”, querendo dizer que Jesus é o único que filho que tem a mesma natureza do próprio Deus, ou seja monogenes é outra palavra que demonstra que Jesus Cristo é Deus, coigual e consubstancial ao seu Pai! Como monogenes quer dizer em único, em Jo 1:18 a tradução não é “o deus unigênito” como diz a blasfema e politeísta TNM mas “O Deus único” demonstrando mais uma vez que Jesus é o Deus Monoteísta, o único Deus!

        Argumento do Um . Argumento da Unidade Jo 10:30 . 1 Jo 5:7,8 > Jesus afirmou sua deidade ao dizer que ele e o Pai são um. E a Comma Joanina de 1 Jo 5:7 diz que o Pai, o Filho e o Espírito Santo também são um, ora se o Pai é Deus e o Filho é Deus, o Espírito que é um com eles também é Deus. Assim Jo 10:30 + 1 Jo 5:7 afirmam que as três pessoas são um Deus.

        Argumento da Adoração (Mt 2:2,11 .4:10. 14:33. 28:9 . Mc 5:6 . 15:19 . Hb 1:6)
        > A Bíblia diz que deve-se adorar apenas a Deus, e que Jesus foi adorado, inclusive usando a mesma palavra grega usada para a adoração de Deus, a desonesta e incoerente TNM é que distorce ao traduzir as referências a Jesus com um ridículo “prestar homenagem” ao invés d do correto “adorar”, tudo para esconder dos seus pobres leitores o fato de que Jesus é Deus e deve ser adorado!

        Argumento do Todo Poderoso Mt 28:18 > Jesus disse que “Foi me dado TODO PODER”, ora se ele tem todo poder então é todo poderoso, onipotente! Se é todo poderoso é Deus!!

        Argumento da Oração Atos 7:59 > Estevão orou ao Senhor Jesus, como as orações devem ser dirigidas a Deus, então Jesus é Deus.

        Argumento do Deus Que Morreu . Somente A Morte De Deus Poderia Salvar > Ó glória! Meu Deus morreu na cruz por mim! Tenho pena de você, que tem outro Deus diferente, ó mistério, Aleluia! Somente a morte de Deus poderia redimir a humanidade do Inferno, a morte de um mero homem, profeta, anjo ou semideus não seria suficiente. Por isso o próprio Deus teve de descer até nós para se sacrificar sua vida de valor e méritos infinitos por nós. Deus não morre, mas para a humanidade ser salvar, era necessário que Deus morresse, ó mistério tremendo é a Encarnação! em Deus o impossível se faz possível, mas se Jesus não era Deus, ainda estamos em nossos pecados e o inferno espera nossas almas.

        Argumento da Ressurreição . Argumento da Auto-Ressurreição . Argumento da Ressurreição Trina > As afirmações aqui são assim: A ressurreição de Cristo após três dias comprovou sua divindade, demonstrando que ele era Deus, imortal. Além de que o fato dele ter ressuscitado pessoas, ter ele mesmo ressuscitado e que ressuscitará a todos no dia da sua Vinda, ou seja, ser a ressurreição e a vida, demonstra que ele é Deus, que seria o único capaz de ressuscitar. A outra afirmação é que Jesus ressuscitou a si mesmo, como outros textos atribuem a ressurreição a Deus então segue-se logicamente que Jesus é o Deus que se ressuscitou. E por fim, a última afirmação é que diferentes textos atribuem a obra da ressurreição de Cristo a pessoas diversas, ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, demonstrando que toda a Trindade trabalhou na ressurreição de Jesus Cristo.

        Argumento do Deus Invísivel x Deus Vísivel > Aqui o ponto é que várias passagens falam do Pai como não tendo sido visto, enquanto outros falam em ver a Deus, então se Deus Pai nunca foi visto, então este Deus visto só pode ser o Deus Filho.

        Argumento dos Títulos Divinos: . Deus . Senhor . Rei, Rei de Israel, Rei dos Reis, Rei da Glória . Salvador . Rocha, Luz, Verdade, Vida, Pastor . Filho de Deus . Cristo . Alfa e o Omega – Primeiro e Último > Os trinitaristas dizem que todos estão títulos são comuns ao Pai e ao Filho. Cada vez que Jesus Cristo é chamado por uma palavra, expressão ou título usado por Jeová, a conclusão é de que ambos são o mesmo Deus, Jesus é Senhor, é Deus, é o Salvador, o Pastor, a Rocha, a Verdade, o Primeiro e o Último, o Alfa e o Omega, então como não pode ser Deus? Inclusive os títulos de “Cristo” e de “Filho de Deus” também seriam expressões de sua divindade, afinal dizem, o filho de um homem é homem, o filho de peixe é peixe e filho de Deus, é Deus!

        Argumento dos Atributos Divinos : . Onipotente, Onisciente e Onipresente . Perdoa Pecados, Criação > Aqui se diz que o Filho tem obras, funções, qualidades ou atribuições que só Deus poderia ter. Nenhuma criatura poderia criar o mundo e nenhum homem poderia perdoar pecados. O que se diz sobre os atributos de Onipotente, Onisciente e Onipresente também ser para a Terceira Pessoa da Divindade, o Espírito Santo, afinal, como todo monoteísta sabe, existe um Deus, que é Absoluto – onipotente, onipresente e onisciente; se existem três seres que tem esses poderes, então os três são Deus, e se os três são Deus, então Deus é uma Triunidade, onde os atributos únicos da Divindade são compartilhado por três pessoas distintas.

        Argumento dos Judeus . Argumento do Somos Um “Se faz Deus” . Argumento do Filho “Se Faz Igual” . Argumento do Apedrejamento > O argumento aqui é que os perversos lideres religiosos judeus compreenderam em várias ocasiões que Jesus se engrandecia a si mesmo, se dizendo igual a Deus, como ao dizer que podia perdoar pecados, ao pronunciar-se o “eu sou”, ao dizer “eu e o pai somos um” e ao “chamar Deus de seu próprio Pai”, em vista de tudo isso, tentaram o apedrejar por blasfêmia e inclusive o motivo de Jesus finalmente ter sido morto foi pela blasfêmia e idolatria de ter dito que era Deus, ideia que quebraria o estrito monoteísmo do Judaísmo. Os trinitaristas aqui querem dar razão aos raciocínios dos fariseus, saduceus e escribas que Jesus combatia.

        Argumento da Honra “Assim como” João 5:23 > É dito que honrar que dizer adorar, que devemos honrar apenas a Deus e que o “assim como” usado aqui é para incucar que a mesma adoração que damos ao Pai, devemos dar também ao Filho.

        Argumento da Glória João 12:41 > Jesus teria a glória que segundo o profeta Isaías compete apenas a Deus. E o contexto de Jo 12:41 demonstraria que Jesus é o mesmo Jeová que Isaías viu no Capitulo 6 de seu livro. A visão de Isaías 6 seria uma das maiores senão maior prova da trindade já existente.

        Argumento da Imagem . da Forma . do Reflexo FIL 2:6 COL 1:16 e HEB 1:3 >
        Jesus ser imagem de Deus, forma de Deus ou reflexo de Deus prova que ele é Deus, igual e consubstancial ao seu Pai.

        Argumento da Plenitude Col 2:9 > Jesus tem a plenitude divina, então ele é Deus, totalmente Deus, não pouco Deus, meio Deus, semideus ou quase Deus.
        A natureza divina ou divindade de Cristo é completa, não parcial. Deus estava plenamente dentro de Cristo!

        Argumento do Tudo . Todas as Coisas . Todo Nome . Todos . Argumento do Todo Nome Fil 2:9 . Argumento do Todo Joelho Fil 2:10 . Argumento do Todas as Coisas Jo 1:3 . Col 1:16,17 . Argumento do Toda Autoridade Mt 28:18 . Argumento do Toda Plenitude Col 2:9 > O uso de termos totalizantes, “todos”, “tudo” etc, comprova que Jesus é Deus, o senhor de todos, criador de todas as coisas que tem todo a autoridade, o nome acima de todos os nomes e que tem toda divindade.

        .Argumento da Vinda “Que É, Que Era e Que Há De Vir” Ap 1:7,8 . 22:12 Argumento do Alfa e Ômega Ap 1:8 . 22:13-16 > O Apocalipse demonstra que Jesus é Deus, ele é o Alfa e é o Ômega, estes textos falam de Jesus, pois dizem que o Alfa e o Ômega é aquele que há de vir, e quem vem é Jesus, não é o Pai.

        Argumento do Trono Ap 5:6 . 22:1,3 > O Cordeiro estará no meio ou centro do trono. E o trono de Deus é único, é de “Deus e do Cordeiro”, o Pai e o Filho compartilham o mesmo trono, então se usam o mesmo trono, são o mesmo Deus.

        Argumento do Não Crê em Jesus, Nega a Cristo, Nega O Pai e o Filho > Acusa as TJ ou todo aquele que não crê na Trindade de não ser Cristão. Quem não acredita que Jesus é Deus, não crê em em Jesus, está negando a Cristo, como diz João o anticristo nega o Pai e o Filho.

        Argumento do Só : . Só Um Deus . Argumento do Politeísmo (Isaías 43:10 . 45:5) . Só Um Criador . “Quem estava comigo?” (Isaías 44:24) . Só Um Salvador “Fora de mim não há salvador” (Isaías 43:11 . Atos 4:12) . Só Um Primeiro e Último (Isaías 44:6) . Só Um Pode Ser Adorado (Mt 4:10) . Só Um Todo-Poderoso . Só Um Senhor (1 Cor 8:6 . Efe 4:5) . Um Rei dos Reis e Senhor dos Senhores . Só Deus poderia redimir a humanidade > Vários argumento do tipo “só” já foram comentados anteriormente.

        Argumento do Paracletos (Jo 14:16,25) .Argumento dos Pronomes Masculinos
        . Argumento do Outro (Allos) > Os textos de João 14 demonstrariam que o Paracletos – o Espírito Santo- é uma pessoa igual ao Pai e o Filho. Ao chamar o paracletos por pronomes masculinos, João quer dizer que ele é uma pessoa e ao usar o termo “OUTRO Consolador” (sendo “outro” ALLOS ao vez de HETEROS) quis dizer que era igual ao Filho.

        Argumento do Mentistes à Deus (Atos 5:3,4) > Os texto de Atos 5:3,4 provaria que o Espírito Santo é Deus.

        Argumento de palavras de Jeová serem atribuídas ao Seu Espírito Atos 28:25 > Por exemplo, Atos 28:25 seriam palavras de Jeová no cap 6 de Isaías. Se as palavras do Espírito de Deus, também são palavras de Deus, sinal que eles são o mesmo.

        Argumento do Templo 1 Cor 6:19 > Se o espírito santo tem um templo, é por que ele é Deus, pois que são os deuses que tem templos.

        Argumento do Sangue do Espírito (Atos 20:28) > Um trinitarista uma vez disse que o “seu sangue” desse verso se refere ao sangue do espírito santo.

        Argumento das Atribuições Pessoais . Argumento dos Sentimentos . Argumento da Voz . Argumento da Vontade . Argumento da Blasfêmia > Trinitários juntam um monte de textos que personificam o espírito de Deus e dizem que fica tremendamente óbvio que ele é uma pessoa. Já quaisquer textos que impessoalizem o espírito são todas simbolismo. É um caso onde o leitor escolhe quais passagens são literais e quais são simbólicas.

        Argumento dos Textos Tríades . Argumento do Batismo (Mt 3:16, 17) . Argumento da Formula Batismal “Um Nome” (Mt 28:19) . Argumento da Saudação Apostólica (2 Cor 13:14) . Um Só Espírito, Um Só Senhor, Um Só Deus (Efé 4:4-6) . Mesmo Espírito, Mesmo Senhor, Mesmo Deus (1 Cor 12:4-6) . Orando com Espírito, mantenham Deus e aguardem Jesus (Judas 20,21)
        > Aqui o trinitário pega passagens que falem de Deus, de Cristo e do Espírito no mesmo contexto. Ele as julga suficientes para demonstrar a veracidade da doutrina trinitária.

        Argumento do Amor (Tomás de Aquino) > É assim: O Pai é o amante, o Filho é o amado e o Espírito Santo é o amor, então Deus é o puro amor, que ama e é amado. O Pai envia seu amor ao Filho, que o devolve ao Pai, sendo o Espírito o elo que liga a Trindade.

        Curtir

      • Marcelo  On 27 jun 2013 at 8:11

        Tem o argumento dos trẽs homens debaixo das árvores que Abraão avista.

        Curtir

  • Eduardo Andrade  On 26 jun 2013 at 14:33

    Para os senhores OptimusPrime e João Paulo vamos analisar sobre o que a Bíblia Sagrada diz sobre o Deus Único que em hebraico é JHVH(Jeová) e não Yeshua(Jesus Cristo). Se vocês já leram a versão João Ferreira de Almeida revista e atualizada verá em seu prefácio que com relação as Escrituras Gregas ou Novo Testamento diz que todos os versículos que estão entre colchetes( { } ),não fazem parte do texto grego adotado pela comissão revisora mas foram incluídos por João Ferreira de Almeida porque eram os manuscritos gregos que estavam a disposição dele na época,ou seja todos os versículos que estão entre colchetes no Novo Testamento(inclusive o de 1 João 5:7),não fazem parte do texto grego adotado(que é mais antigo),assim aquela parte trinitária de 1 João 5:7,como reconhece a comissão revisora da Bíblia João Ferreira de Almeida,não faz parte dos manuscritos gregos mais antigos mas foi acrescentado tempos depois por trinitaristas que queriam ensinar a falsa doutrina da trindade. Com relação a Apocalipse 1:8,o texto refere-se ao Senhor Deus e não Jesus,se no original grego em Apocalipse 1:8 ocorresse o nome Iesus Theo(Jesus Deus),vocês acham que os trinitaristas não traduziriam Senhor por Jesus ? No entanto em Apocalipse 1:8 não ocorre o nome Iesus,portanto,esse versículo não refere-se a Jesus e sim ao Senhor Deus que é uma expressão paralela hebraica a JHVH Elohim que traduzida significa Senhor Deus ou Jeová Deus.
    Jesus Cristo é o representante de Deus,o Pai,portanto, é como se Jeová viesse por meio de Jesus Cristo mas Jesus Cristo não é Deus,o Pai.Veja que em Atos 9:4 quando Saulo perseguia a igreja de Jesus Cristo em Damasco,Jesus Cristo disse:”Saulo,Saulo,por que me persegues ?” Daria a entender que Saulo estava perseguindo o próprio Jesus Cristo,no entanto,Saulo perseguia não o próprio Jesus Cristo e sim os representantes de Jesus Cristo e da mesma forma,Jesus Cristo não é o próprio Deus e sim o representante de Deus,o Pai.

    Curtir

  • Renato Machado  On 26 jun 2013 at 22:57

    Para nós há realmente um só Deus, o Pai……….1Co8:6

    Curtir

  • Saga  On 27 jun 2013 at 18:18

    “Marcelo Em 27 de junho de 2013 às 8:11 Tem o argumento dos trẽs homens debaixo das árvores que Abraão avista.”

    Marcelo isso está incluído ali nos pontos das “teofanias do ANJO DO SENHOR” e dos “dois JEOVÁ”. Curioso é como certos argumentos se contradizem um ao outro, por exemplo se diz que o Pai não pode ser visto (Jo 1:18) e de fato nunca foi de forma que as aparições divinas são todas de Jesus como o Anjo do Senhor, mas ora, no caso desse argumento dos Três Anjos de Abraão, um desses anjos seria o próprio Pai e outro seria o Espírito Santo.

    Curtir

    • queruvim  On 28 jun 2013 at 1:38

      O leitor Optimus(Alex) afirmou de movo irresponsável que “a TNM adulterou” Rev. 1:8:

      Olha que interessante a forma como outras versões traduziram a mesma passagem, como por exemplo a Nova Versão Rei Jaime Nome Divino na passagem de Apocalipse ou Revelação 1:8:

      ” Behold, he cometh with clouds; and every eye shall see him, and they also which pierced him: and all kindreds of the earth shall wail because of him. Even so, Amen. 8 I am Alpha and Omega, the beginning and the ending, saith the LORD( God Jehovah Isa 44:6; Gen 17:1; Exo 6:3 ), which is, and which was, and which is to come, the Almighty. “-

      Curtir

      • Saga  On 28 jun 2013 at 14:03

        Queruvim,

        A KJ Divine Name tem notas indicando o Nome de Deus no Novo Testamento?

        Curtir

        • queruvim  On 29 jun 2013 at 1:04

          Não somente notas, mas o Nome aparece em diversas passagens.

          Observe Marcos 12 na King James Divine Name:

          1 And he began to speak unto them by parables. A certain man planted a vineyard, and set an hedge about it, and digged a place for the winefat, and built a tower, and let it out to husbandmen, and went into a far country. 2 And at the season he sent to the husbandmen a servant, that he might receive from the husbandmen of the fruit of the vineyard. 3 And they caught him, and beat him, and sent him away empty. 4 And again he sent unto them another servant; and at him they cast stones, and wounded him in the head, and sent him away shamefully handled. 5 And again he sent another; and him they killed, and many others; beating some, and killing some. 6 Having yet therefore one son( Jhn 3:16 ), his wellbeloved, he sent him also last unto them, saying, They will reverence my son. 7 But those husbandmen said among themselves, This is the heir; come, let us kill him, and the inheritance shall be ours. 8 And they took him, and killed him, and cast him out of the vineyard. 9 What shall therefore the lord( Isa 44:6 ) of the vineyard do? he will come and destroy the husbandmen( Jhn 3:36 ), and will give the vineyard unto others. 10 And have ye not read this scripture; The stone which the builders rejected is become the head of the corner: 11 This was the LORD’S( Jehovah Psa 118:23; Jhn 17:3 ) doing, and it is marvellous in our eyes? 12 And they sought to lay hold on him, but feared the people: for they knew that he had spoken the parable against them: and they left him, and went their way.
          13 And they send unto him certain of the Pharisees and of the Herodians, to catch him in his words. 14 And when they were come, they say unto him, Master, we know that thou art true, and carest for no man: for thou regardest not the person of men, but teachest the way of God in truth: Is it lawful to give tribute to Caesar, or not? 15 Shall we give, or shall we not give? But he, knowing their hypocrisy, said unto them, Why tempt ye me? bring me a penny, that I may see it. 16 And they brought it.And he saith unto them, Whose is this image and superscription? And they said unto him, Caesar’s. 17 And Jesus answering said unto them, Render to Caesar the things that are Caesar’s, and to God the things that are God’s. And they marvelled at him.
          18 Then come unto him the Sadducees, which say there is no resurrection; and they asked him, saying, 19 Master, Moses wrote unto us, If a man’s brother die, and leave his wife behind him, and leave no children, that his brother should take his wife, and raise up seed unto his brother. 20 Now there were seven brethren: and the first took a wife, and dying left no seed. 21 And the second took her, and died, neither left he any seed: and the third likewise. 22 And the seven had her, and left no seed: last of all the woman died also. 23 In the resurrection therefore, when they shall rise, whose wife shall she be of them? for the seven had her to wife. 24 And Jesus answering said unto them, Do ye not therefore err, because ye know not the scriptures, neither the power of God? 25 For when they shall rise from the dead, they neither marry, nor are given in marriage; but are as the angels which are in heaven. 26 And as touching the dead, that they rise: have ye not read in the book of Moses, how in the bush God spake unto him, saying, I am the God of Abraham, and the God of Isaac, and the God of Jacob? 27 He is not the God of the dead, but the God of the living: ye therefore do greatly err.
          28 And one of the scribes came, and having heard them reasoning together, and perceiving that he had answered them well, asked him, Which is the first commandment of all? 29 And Jesus answered him, The first of all the commandments is, Hear, O Israel; The LORD( Jehovah Deu 6:4 ) our God is one Lord: 30 And thou shalt love the LORD( Jehovah Deu 6:5; Jos 22:5 ) thy God with all thy heart, and with all thy soul, and with all thy mind, and with all thy strength: this is the first commandment. 31 And the second is like, namely this, Thou shalt love thy neighbour as thyself. There is none other commandment greater than these. 32 And the scribe said unto him, Well, Master, thou hast said the truth: for there is one God; and there is none other but he: 33 And to love him with all the heart, and with all the understanding, and with all the soul, and with all the strength, and to love his neighbour as himself, is more than all whole burnt offerings and sacrifices. 34 And when Jesus saw that he answered discreetly, he said unto him, Thou art not far from the kingdom of God. And no man after that durst ask him any question.
          35 And Jesus answered and said, while he taught in the temple, How say the scribes that Christ is the Son of David? 36 For David himself said by the Holy Ghost, The LORD( Jehovah Psa 110:1 ) said to my Lord, Sit thou on my right hand, till I make thine enemies thy footstool. 37 David therefore himself calleth him Lord; and whence is he then his son? And the common people heard him gladly.
          38 And he said unto them in his doctrine, Beware of the scribes, which love to go in long clothing, and love salutations in the marketplaces, 39 And the chief seats in the synagogues, and the uppermost rooms at feasts: 40 Which devour widows’ houses, and for a pretence make long prayers: these shall receive greater damnation.
          41 And Jesus sat over against the treasury, and beheld how the people cast money into the treasury: and many that were rich cast in much. 42 And there came a certain poor widow, and she threw in two mites, which make a farthing. 43 And he called unto him his disciples, and saith unto them, Verily I say unto you, That this poor widow hath cast more in, than all they which have cast into the treasury: 44 For all they did cast in of their abundance; but she of her want did cast in all that she had, even all her living.
          – See more at: http://www.dnkjb.net/1189chapters/NT41MRK12.htm#sthash.lSQTxRii.dpuf

          Curtir

  • TNM  On 28 jun 2013 at 11:02

    Queruvim, as Testemunhas de Jeová dizem que o fato de as pessoas ficarem “cheias” de espírito santo, prova que ele não é uma pessoa, porque não tem como uma pessoa ficar “cheia” de outra pessoa.

    Mas em Lucas 22:3 é dito que Satanás entrou em Judas, mas Satanás é uma pessoa. Como explicar isso? Queria também que me explicasse uma passagem onde dá a entender que o espírito santo fala:

    “O espírito santo disse: “Dentre todas as pessoas, separai-me Barnabé e Saulo para a obra a que os chamei.”” (Atos 13:2)

    Curtir

    • queruvim  On 29 jun 2013 at 2:03

      “as Testemunhas de Jeová dizem que o fato de as pessoas ficarem “cheias” de espírito santo prova que ele não é uma pessoa”

      Esta afirmação comete um erro básico de falsa indução além de ser uma conclusão irrelevante. Está tomando uma declaração como sendo a premissa a partir de onde as TJ “provam” algo, quando na verdade as TJ não recorrem somente a este texto. Ou seja, esta sua pergunta carrega uma dupla falácia.

      O relato de Atos 2 não é um relato isolado, mas um dos muitos relatos onde o espírito santo é mencionado como enchendo uma pessoa. Por exemplo em Num 11:17,25 Jeová pede a Moisés que separe 70 homens , Anciãos de Israel, para que “tire um pouco do espírito que há ” em Moisés para “colocar sobre os 70 Anciãos de Israel”. E assim foi feito. Este texto tem que ser computado junto com vários outros. Por exemplo Heb. 2:4, onde lemos que o espírito santo pode ser “distribuido”. Ao avaliar todos os textos, fica claro que este não se refere a alguém, mas sim a poderosa e irresistível força ativa de Jeová. Para se chegar a esta conclusão precisamos ter bom senso e pesar ou avaliar todos os textos bíblicos que se referem a o espírito santo de Jeová. Ao avaliarmos não apenas um texto, mas todos os textos que abordam o assunto, chegamos então a uma conclusão bíblica geral baseada em bom senso. A partir da Bíblia e não de fora dela, como é o caso do dogma da trindade.

      Quanto a Luc 22:3 quando diz que “Satanás entrou em Judas”, temos que ter em mente o que disse José do Egito: “Não pertencem a Deus as interpretações?” De fato( a própria palavra de Deus) em João 13:2 explica em que sentido “Satanás entrou” ao dizer que ” o diabo pôs no coração de Judas que o traísse”. Portanto não há dificuldade alguma em entender em que sentido ele “entrou em Judas”. E preste atenção, o texto não diz que Judas ficou “cheio de satanás” mas que este “entrou” logicamente no sentido de “colocar em seu coração” o desejo de prejudicar a Jesus.O Salmo 109:6 faz um vislumbre de Judas Iscariotes(pode notar isto nos versículos circundantes que foram aplicados a Judas pelos apostolos) e neste salmo, satanás é mencionado como estando “ao lado” de Judas e não “dentro” dele. Portanto a Bíblia descarta esta interpretação que tu, em sua pergunta, sugeres.

      Quanto a Atos 13:2 os versículos circundantes demonstram que tal espírito que “disse” algo, o fez por meio de profetas divinamente inspirados. Da mesma forma que a Bíblia diz em Atos 1:16 que ” o espírito santo predisse pela boca de Davi”. O que indica que o espírito santo de Deus “falava” por meio da boca de profetas inspirados. Poder-se-ia personificar o espírito santo a partir de alguns exemplos isolados? Sim, claro. Mas a questão é que a vasta maioria dos textos, e ainda mais os que falam do espírito santo como sendo impessoal não dão margem a uma interpretação de personificação. Se optarmos por uma interpretação de personificação teremos que ignorar Hebreus 2:4 e Num 11 e ainda muitos outros textos. Ao passo que se entedermos que os textos que personificam o espírito santo (que não são a maioria) são na verdade figuras de linguagem (que dão vida a coisas inanimadas), se ajusta melhor ao escopo geram dos textos em sua totalidade sem apresentar conflito algum. Várias obras respeitadas concordam com tal interpretação universalmente bíblica e não são obras produzidas pela “Torre de Vigia” , como dizem os opositores das TJ.

      Curtir

  • Saga  On 29 jun 2013 at 1:35

    O nickname do “TNM” é irônico?
    O espírito santo não é tomado como impessoal por causa de UM texto especifico mas pelo conjunto dos textos que lhe referem. A palavra com que é chamado em si não é pessoal, os pronomes que lhe são usados não são pessoais, as comparações que são feitas para lhe descrever não são pessoais, os paralelos que lhe são feitos não são com coisas pessoais, as oposições ou antíteses que lhe são feitas não são com coisas pessoais, o estilo de linguagem que é usado em referência a si em geral é diverso do que seria próprio de um ser pessoal e é continuamente omitidos das considerações teológicas e soteriológicas quanto ao Reino de Cristo e de Deus e a Salvação humana.

    Abrindo o evangelho, o Batista diz que batiza com ÁGUA, mas que Cristo os batizaria não com ÁGUA, mas com espírito santo e com FOGO, veja só, é posto em paralelo com fogo e em contraste com a água, nos mesmos evangelhos Jesus falava dele com o VENTO e o SOPRAVA, o médico Lucas em seu evangelho e em Atos não hesita em fazer paralelismo do espírito santo com PODER. Paulo diz para os Cristãos não ficarem cheios de VINHO mas de espírito santo, fazia oposição entre a vontade da CARNE e a do espírito e também opõe o espírito de Deus com o ESPÌRITO DO MUNDO além de comparar o espírito santo com o ESPÌRITO HUMANO, o intercala junto com qualidades como o AMOR. João coloca o espírito no mesmo contexto que a ÁGUA e o SANGUE. A lista é longa ….

    Satanás não tem todo este repertório de contextos, descrições, intercalações e oposições impessoalizantes. O oposto de Satanás é Miguel ou Cristo, de seus demônios são os anjos, ele é tratado como uma pessoa, descrito como uma pessoa e inserido como pessoa entre pessoas; não com abstrações, objetos, elementos, líquidos, qualidades, etc.

    Curtir

  • Givanilson Rocha( Nilson Rocha)  On 29 jun 2013 at 17:55

    Sobre a divindade do Espírito Santo, o leitor João Paulo disse:

    1º) Ele não é uma força:
    Não é uma força. A sua divindade esta bem clara, nas palavras de Jesus! Pecar contra a força?

    Em Resposta a João Paulo:

    Quanto a pecar contra o espirito santo, quem já não ouviu a frase “QUE PECADO CONTRA A NATUREZA” ,ao ver uma cena de devastação ou poluição do meio ambiente….então a natureza é uma pessoa? E digo mais, tal ação do homem contra a natureza (ou pecado) é contra Deus, pois ele é o criador e sustentador dela..então pecar contra o “espirito ” é pecar contra Deus? ….Não vejo nesse argumento nenhuma base para se concluir que o espírito santo seja uma pessoa.
    Pense nisso João Paulo.

    Curtir

  • Cefas  On 30 jun 2013 at 3:07

    Paulo em 16 de Junho de 2013 às 20:26
    É verdade Paulo,
    Deus tem vida em si mesmo e CONCEDEU esse poder a Jesus, no caso a Eternidade de Jeová não teve início pois Ele é o todo-poderoso, já Jesus recebeu de alguém (do Pai).
    Algo similar a Joao 5:26 acontece em João 6:53 Jesus concede “vida em si mesmos” aos discípulos, oras, pela lógica se algo é concedido a alguém é porque não à possuía antes.
    “Jesus lhes disse: “Eu lhes digo a verdade: Se vocês não comerem a carne do Filho do homem e não beberem o seu sangue, não terão vida em SI MESMOS.”.

    Curtir

  • Givanilson Rocha ( Nilson Rocha)  On 2 jul 2013 at 15:59

    “O espírito santo disse: “Dentre todas as pessoas, separai-me Barnabé e Saulo para a obra a que os chamei.”” (Atos 13:2)
    Em resposta a pergunta do ” TNM”.
    Se esse texto serve de base para se concluir que o espirito é uma pessoa por ele enviar e dar ordens então eu poderia concluir também que a sabedoria,algo impessoal claro também é uma pessoa,note Lucas 11:49:
    ” Por essa razão a sabedoria de Deus também DISSE: Eu lhes ENVIAREI profetas e apóstolos…”Então sabedoria é uma pessoa? pois ela DISSE( falou) e deu “ordens”.por sinal não é a primeira vez que a sabedoria( algo impessoal )é personificada pois se fala dela até “gritando”.
    Então como se entender Atos 13:2? como uma personificação tão usada para o espirito santo? ou como sendo o espirito aqui o próprio Deus,pois o espirito de Deus representa seu mais profundo intimo?
    Pense nisso!

    Curtir

  • José Roberto de Araujo  On 3 jul 2013 at 20:05

    João 5 ;26; – Para Jesus Cristo, isto significa receber de deus duas capacidades expecíficas, a de conceder aos humanos uma boa posição perante Jeová, e o poder de dar vida por ressussitar os mortos. Para os seguidores de Jesus ter vida em si mesmos, significa alcançar a própria plenitude da vida. Cristãos ungidos a obtem quando são resussitados para a vida celestial. Os cristãos fiéis que tem esperança terrestre só vão experimentar a própria plenitude da vida quando tiverem passado, pela prova final que ocorrerá logo após o fim do reinado milenar de Jesus cristo. – 1 Corintios 15; 52,53- Rev. 20; 5, 7-10. Jesus foi bem claro em João 14; 28 , quando disse ” O pai é maior do que eu “. Esta história de que Jesus quando estava na terra , uma ora era deus , outra ora homem , é tudo uma enganação. Este argumento é usado quando apenas convém aos trinitaristas!

    Curtir

  • Roberto  On 9 jul 2013 at 14:08

    Alguns dados interessantes ; ” O credo de Níceia diz; ” Cremos… em um só senhor Jesus Cristo… da substância do pai; Deus de Deus, luz de luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro.” – Na verdade, ( a versão atual do ) Credo de Niceia não foi redigida no primeiro concílio de Niceia (325)… e sim no primeiro Concilio de Constantinopla (381)”, diz The New Westminster Dictionary of Church History ( O Novo Dcicionario de Westminster da História da Igreja). – O Concilio de Niceia, em 325, declarou a fórmula decisiva para a doutrina ( futura da trindade) em sua confissão que o filho é ‘ da mesma substância… que o pai'”. _ Enciclopédia Barsa. – A palavra trindade não aparece no novo testamento, nem Jesus e seus seguidores penssaram em contradizer o ensinamento do velho Testamento; ” Ouve , Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor”. ” – Enciclopédia Barsa.
    ” A doutrina da Trindade, não tem suas raízes no ínicio do cristianismo, e esse conceito só foi definido no fim do segundo século.” – Library of Early Christianity – Gods and the One God ( Biblioteca do Cristianismo Primitivo – Deuses e o Deus Unico.)
    Para a formulação do dogma da Trindade, a Igreja ( Católica) teve de elaborar uma terminologia própria, com a ajuda de noções de origem filosófica. ” – Catecismo da Igreja Católica.
    João 14 ; 28 – ” O Pai é maior do que eu (Jesus). ” ( Almeida Revista e Atualizada)
    João 20;17 – ‘ Eu (Jesus|) ” subo para meu pai e vosso pai, para meu deus e vosso deus.” ( Almeida Revista e Atualizada).
    1 Corintios 8;6 – ” Para nós há um só Deus, o Pai.” ( Almeida Revista e Atualizada)
    1 Pedro 1;3 – ” Bendito o deus e pai de nosso Senhor Jesus Cristo’> ( Almeida Revista e atualizada)
    Revelação 3 ; 14- ” Estas coisas diz o Amém( Jesus)… O principio da criação de Deus.” ( Almeida Revista e Atualizada)
    Portanto, não existe trindade na Bíblia!

    Curtir

  • TNM  On 30 ago 2013 at 12:30

    Queruvim eu queria que você refutasse os seguintes argumentos pra mim:

    – Mateus 28:19 é uma referência a trindade: a palavra nome aqui é SINGULAR no grego, indicando que existe um só Deus, mas existem três pessoas distintas na divindade.

    – João 14:6 Porque Jesus disse VEM ao Pai se o Pai está no céu?

    obs: EU NÃO SOU APÓSTATA.

    Curtir

    • Queruvim  On 30 ago 2013 at 15:47

      Como se batiza em seu “nome”. Em Mateus 28:19, mencionam-se “o nome do Pai, e do Filho, e do espírito santo”. Um “nome” pode significar algo diferente de um nome pessoal. Em português, quando dizemos “em nome da lei”, ou “em nome do bom senso”, não nos referimos a uma pessoa como tal. Por “nome”, em tais expressões, queremos dizer ‘aquilo que a lei representa, ou sua autoridade’, e ‘aquilo que o bom senso representa ou exige’. O termo grego para “nome” (ó·no·ma) também pode ter este sentido. Assim, ao passo que algumas traduções (KJ; AS; Tr) seguem literalmente o texto grego, em Mateus 10:41, e dizem que aquele que “receber um profeta no nome dum profeta receberá a recompensa dum profeta; e aquele que receber um homem justo no nome dum homem justo receberá a recompensa dum homem justo”, traduções mais modernas dizem: “Quem recebe um profeta na qualidade de profeta”, e: “Quem recebe um justo na qualidade de justo”, ou algo similar. (BJ, BMD, BV, NM) Neste respeito, Word Pictures in the New Testament (Quadros Verbais no Novo Testamento; 1930, Vol. I, p. 245), de Robertson, diz sobre Mateus 28:19: “O uso de nome (onoma) aqui é um uso comum na Septuaginta e nos papiros para simbolizar poder ou autoridade.” Portanto, o batismo ‘em o nome do espírito santo’ subentende o reconhecimento deste espírito como tendo por fonte a Deus e como exercendo sua função segundo a vontade divina. FONTE: http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200004211?q=Em+nome+do+Pai+do+filho+e+do+esp%C3%ADrito+santo&p=par

      Quando a nação de Israel recebeu o pacto da Lei, que é parte da Bíblia, foi-lhe dada a seguinte ordem: “Nunca deves ter quaisquer outros deuses em oposição à minha pessoa.” (Deuteronômio 5:7) Quantas pessoas estavam falando? Deuteronômio 6:4 diz claramente: “Escuta, ó Israel: Jeová, nosso Deus, é um só Jeová” — não três em um. Os israelitas tinham acabado de ser libertos do Egito, onde Osíris, Ísis e Hórus (à esquerda) — uma das várias tríades de deuses — eram adorados. Assim, a nação devia adorar apenas um Deus. Até que ponto era importante eles entenderem esse mandamento? O Dr. J. H. Hertz, um rabino, disse: “Este sublime pronunciamento de absoluto monoteísmo foi uma declaração de guerra contra todo politeísmo . . . A Shema exclui a trindade do credo cristão como violação da Unidade de Deus.”

      Por ser judeu de nascença, Jesus foi instruído a seguir o mesmo mandamento. Após seu batismo, quando tentado pelo Diabo, ele disse: “Vai-te, Satanás! Pois está escrito: ‘É a Jeová, teu Deus, que tens de adorar e é somente a ele que tens de prestar serviço sagrado.’” (Mateus 4:10; Deuteronômio 6:13) Podemos aprender pelo menos duas coisas desse episódio. Primeiro, Satanás estava tentando induzir Jesus a adorar alguém que não era Jeová, o que seria absurdo se Jesus fizesse parte do mesmo Deus. Segundo, Jesus deixou claro que há apenas um Deus que deve ser adorado ao dizer “somente a ele”, e não “a nós”, o que teria dito caso fizesse parte de uma Trindade.

      Curtir

  • Freitas  On 31 ago 2013 at 12:27

    “PORQUE JESUS DISSE VEM AO PAI SE O PAI ESTÁ NO CÉU?”(pergunta inocente do “TNM”)

    João 13:36: “Simão Pedro disse-lhe: “Senhor,para onde vais?..”

    João 14:12: “…Vou embora para o pai”(onde estaria o pai senão no céu?)

    Não seria esta pergunta simplesmente o seguinte:

    “NINGUÉM SE achega AO PAI SENÃO POR MIM”(?)

    Colossenses 1:19-“Porque Deus achou bom que morasse nele toda a plenitude-20-e,por intermédio dele,reconciliar todas as coisas consigo mesmo(isto é:Deus)..quer sejam as coisas na terra,quer as coisas nos céus”.

    Curtir

  • Freitas  On 31 ago 2013 at 12:31

    Desculpe,Jesus não fez uma pergunta e sim uma afirmação “ninguém “vem”(se achega)ao pai senão por mim”.

    Curtir

  • givanilson rocha  On 6 set 2013 at 17:53

    O que as pessoas não entendem é que Jesus é meio de RECONCILIAÇÃO com deus…

    Curtir

  • Geannne R.  On 28 set 2013 at 2:24

    o que dizer de 1 Joao 5.20?

    Curtir

  • Maria  On 3 out 2013 at 17:32

    A trindade está implícita no Novo Testamento. Já nos textos do Velho Testamento esta é ignorada. Uma grande lacuna no tempo separa as escrituras judaicas das cristãs. A cultura greco-romana terá influenciado a ideia da trindade pois tanto os deuses gregos como os romanos procriavam e até havia deuses que se metiam com as simples mortais gerando filhos. O Espírito Santo é que considero uma ideia muito específica, muito bela, talvez oriunda das tradições judaicas e que adquire nas escrituras cristãs um papel de substituição do corpo de Jesus, da matéria. Ele vem como o Consolador para animar os discípulos que ficaram desamparados sem o seu Mestre.
    Que seria de nós se Deus não nos mandasse de vez em quando o seu Espírito para nos dar alento? Se estas três palavras, Deus, Jesus e Espírito Santo, são propagadas ao longo do N.T., sim, podemos afirmar que o conceito de Trindade existe. O que não nos leva a deduzir que há um mistério profundo em três divindades fundidas num só Deus. Jesus recebeu uma revelação particular sendo um dos mensageiros da palavra de Deus, um homem destinado a uma missão arriscada. E pagou com sangue a sua dedicação ao Deus em que tanto cria.

    Curtir

    • Marcelo  On 4 out 2013 at 19:40

      “e estas três palavras, Deus, Jesus e Espírito Santo, são propagadas ao longo do N.T., sim, podemos afirmar que o conceito de Trindade existe”

      Maria

      Gostaria de saber se tu sempre conclue que, em três coisas/pessoas sendo citadas diversas vezes dentro de um mesmo contexto ou frase, tu sempre conclue que as 3 coisas citadas são a mesma coisa/pessoa ou tu só aplica esta regra quando se trata de Deus, Jesus e E.S.?

      Pode me citar por favor uma outra situação onde esta conclusão é valida?

      Ex: Constantemente, quando o assunto nutrição ou dieta, menciona-se colesterol, glicose e triglicerídes. Tu conclue que são a mesma coisa?

      Curtir

      • Geannne R.  On 5 out 2013 at 14:28

        O tu dizes tem não nada a ver. DEUS é formado pelo PAI, FILHO E ESPIRITO SANTO. bom se vc nao estende leia o credo de anastacio.
        Qualidade divina

        VEJAMOS as qualidades divinas dosTRÊS:
        ONIPRESENÇA:
        O PAI-Jeremias 23:24, 1 Reis 8:27
        FILHO-Mateus 28:20, 18:20, João 01:48
        ESPIRITO SANTO-Salmo 139:7,

        ETERNIDADE:
        O PAI-Salmo 90:2, Romanos 16:26
        FILHO-Hebreus 7:03, Isaías 9:6, João 8:58
        ESPIRITO SANTO-Hebreus 9:14

        TODO-PODEROSO:
        O PAI-Gênesis 17:01
        FILHO-Apocalipse 1:8, 22:12-13, 20
        ESPIRITO SANTO-Zacarias 4:6

        ONISCIÊNCIA:
        O PAI-Salmo 147:5, 1 Reis 8:39
        FILHO-João 16:30; 2:24-25
        ESPIRITO SANTO- 1 Coríntios 2:10-11

        É SÓ PRESTAR A ATENÇÃO NAS ESCRITURAS. LEIA O CONTEXTO E NÃO PEGUE UM SÓ VERSÍCULO.
        SE VC AINDA NÃO ENTENDEU PEÇA COM TODA SINCERIDADE E HUMILDADE(QUEBRANDO OS CONCEITOS JÁ FORMADOS PELAS LITERATURAS DAS TJS) PARA O PRÓPRIO DEUS TE REVELAR.
        FONTES;1 EU

        Curtir

      • Marcelo  On 6 out 2013 at 3:08

        Geanne R.

        Ler credo de anastácio? Que capítulo/versículo da bíblia se encontra ele?

        ONIPRESENÇA:

        Qual dos textos mecionados ensinam que Jesus está em todo o lugar? Provam que Jesus teve em determinados lugares, mas não que estavam em todos os lugares ao mesmo tempo.

        Salmo 139:7 – “Para onde me irei do teu ESPÍRITO, ou para onde fugirei da tua FACE”? – Note que espirito aqui está no mesmo nível que face.

        Compare com 2 Crônicas 16:9:
        “Pois, quanto a Jeová, seus OLHOS percorrem toda a terra, para mostrar a sua força a favor daqueles cujo coração é pleno para com ele”.

        Será que a FACE e os OLHOS de Deus também são onipresentes? Ou fazem parte da trindade?

        ETERNIDADE:
        Hebreus 7:03 – Tem certeza de que este filho fala de Jesus? O texto aqui fala de alguem “mas sendo feito (CRIADO!) semelhante ao Filho de Deus”

        ONISCIENCIA:

        Se Jesus sabe todas as coisas, como tu sugeres, por que foi necessário que Deus (DEUS, não o PAI) lhe dar uma revelação? (Ap. 1:1)

        Tu escreve em letras garrafais as seguintes palavras, mas você é quem não faz isto.

        É SÓ PRESTAR A ATENÇÃO NAS ESCRITURAS. LEIA O CONTEXTO E NÃO PEGUE UM SÓ VERSÍCULO.

        Tu faz pior, não pega só um versículo. Pega uma parte do versículo.

        É triste. Vai continuar se enganado.

        Curtir

      • Marcelo  On 16 out 2013 at 9:12

        Descobri na leitura desta semana que Paulo também é ONIPRESENTE:

        Col 2:5

        “Pois, embora eu esteja ausente na carne, assim mesmo estou convosco no espírito”

        Curtir

      • Marcelo  On 5 nov 2013 at 9:36

        Geanne R.

        Vejo que não voltou para responder as perguntas levantas. Espero que esteja estudando o assunto com seriedade.

        Só queria vir aqui e reforçar o quanto é falho o argumento da Eternidade de cristo, visto que tenho ouvido este argumento com frequência:

        Nos textos que tu citou:

        – Hebreus 7:03 – Compara com Melquisedeque, que sabemos que não era Deus

        – Isaías 9:6 – Se tu reparar traduções em inglês, elas vão verter eterno por “ever lasting” (sem fim) e não “eternal” (que alguns argumentariam que não existe começo)

        – João 8:58 – Jesus não disse que era eterno. Apenas que era mais velho que Abraão.

        Curtir

      • Marcelo  On 6 nov 2013 at 8:00

        Vanderlei

        Tu não mostrou nenhum versículo que prova a trindade. Mostrou no máximo versículos de entendimento ambíguo que provariam que jesus é deus, caso tu estivesse correto.

        Queria, por favor, se dirigir aos artigos que explicam estes raciocínios teus. Eles já foram postados aqui e explicados.

        Tu pode também responder a cada uma das perguntas feitas aos trinitários que estão aqui:

        https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/10/07/pergunta-aos-trinitar

        Se a trindade é verdadeira, existem respostas para cada uma daquelas perguntas.

        Curtir

  • GIBE TJ  On 4 out 2013 at 20:43

    Estava meditando a função do espírito santo, como aquele que viria substituir a Cristo aqui na terra. Convém lembrarmos que enquanto Jesus estava aqui, praticamente não se relata a visita de anjos aos outros humanos. No entanto, depois que Jesus ascendeu aos céus veio a “pessoa” do espírito santo. Raciocinemos então: Quem apareceu a Paulo para impedir que o mesmo perseguisse os cristãos? Quem livrou Pedro da prisão? Quem fez com que Filipe falasse com o eunuco etíope? Quem apareceu a Cornélio numa visão? Resposta: Anjos. Porque esta função não foi exercida pela “pessoa” do espírito santo? Que respondam aqueles que creem na trindade…

    Curtir

  • GIBE TJ  On 4 out 2013 at 20:44

    Queruvim, gostaria muito de ter uma conversa contigo, se possível

    Curtir

    • Queruvim  On 4 out 2013 at 21:07

      Loga no raidcall

      Para tal instale o RAIDCALL

      E acesse TraduçãodoNovoMundoDefendida

      Endereço ou ID:

      7145626

      Curtir

  • GIBE TJ  On 4 out 2013 at 21:19

    apenas retificando: Quem apareceu a Paulo para impedí-lo de perseguir os cristãos foi Jesus… Já que o espírito santo estava aqui na terra, deveria ter sido ele a fazer isto já que o mesmo foi o outro consolador que estaria com os discípulos.

    Curtir

  • Maria  On 5 out 2013 at 19:13

    Marcelo, Trindade só se aplica ao Pai, ao Filho e ao E.S. Não é lá porque aparecem várias vezes que os considero uma trindade. Estas pessoas têm uma ligação espiritual uma com a outra. Embora eu não considere o Espirito Santo um Ser divino, este faz parte da unidade constituída por Deus e por um de seus filhos. Para mim, o Espírito Santo é uma sensação proveniente de Deus que nos dá uma resposta sem palavras a alguma situação particular. Ele é, realmente, um Consolador.

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 15 out 2013 at 23:11

      Maria. Sobre o Espírito Santo. Veja que o apóstolo Paulo fala de forma distinta das outras duas pessoas da divindade. Romanos 8:16 “O PRÓPRIO Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”. No verso 27 “Ele têm uma mente e o Pai conhece o Seu coração”. É só ler. Ele também intercede diante do Pai pelos santos. Leia o 26 e 27

      Curtir

      • Saga  On 16 out 2013 at 1:00

        E daí? Não captei o ponto

        “Romanos 8:16 “O PRÓPRIO Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus””

        Ele testifica com o nosso espírito? O nosso espírito é uma pessoa também certo? Afinal o nosso espírito está testificando igual ao espírito santo, é o que diz Rom 8:16, e agora?

        “Leia o 26 e 27”

        E você leia o capitulo todo que é bem proveitoso, leia os versos 6 e 7 que falam sobre a “mente da carne”, o contexto também fala que a carne tem vontade, a carne tem um tipo de mente, desejo ou vontade própria assim como o espírito, essa seria a antítese de CARNE x ESPÍRITO que é comentada em Romanos 8:5-9,12, 13, as traduções podem variar mas a palavra usada em Rom 8:6,7 é a mesma usada no 8:27, então precisamos ter isso em mente como o espírito é análogo a outros espíritos (8:16) e a carne (8:4-9), será que a carne e o espírito humanos são seres pessoais?

        Meditem sobre isso.

        Curtir

  • Freitas  On 5 out 2013 at 19:22

    Se está implícito a falha é do espírito santo que Jesus disse que “ensinará todas as coisas” -(joão 14:26)

    O departamento 3 não despachou !

    Curtir

  • Vanderlei Martinez Casale  On 13 out 2013 at 23:48

    Mateus 28:19 aparece a forma batismal de uma trindade. E agora?

    Curtir

    • Marcelo  On 14 out 2013 at 9:10

      Vanderlei

      Por favor note que este argumento já foi utilizado aqui. Para maiores informações, por favor veja este artigo:

      https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/08/30/em-mateus-2819-em-nome-do-pai-do-filho-e-do-espirito-santo-indica-uma-trindade/

      Abraço

      Curtir

      • Vanderlei Martinez Casale  On 14 out 2013 at 23:15

        Mateus 28:19 já indica a pessoa do Pai, do Filho e do Espírito Santo Um trio de três pessoas e não Três deuses.

        Curtir

      • Marcelo  On 15 out 2013 at 9:34

        Vanderlei

        Entendo que tu consiga entender ESTE TEXTO, desta maneira. Mas isto não é uma prova. É UMA maneira de entender este texto.

        Agora, se tu consegue com base neste texto convencer a si mesmo de que a teologia que te ensinaram está correta, mesmo que isto não esteja em harmonia, com por exemplo, totos os textos que dizem que Jesus TEM um Deus, é escolha sua.

        Cada um acredita no que quer.

        Mas faça por favor uma leitura honesta da bíblia, e em cada versículo que parece favorecer a trindade, pergunte-se:

        “Como este texto se harmoniza com o Unicismo?”

        E ao ler textos onde parece desfavorecer a trindade, pergunte-se:
        “Como este texto se harmoniza com a trindade?”

        Este é um exercício que tenho feito regularmente. Procuro seguir as sugestões de leitura semanal das TJ. Ou seja, até o final do ano o “Novo Testamento” terá sido lido mais uma vez.

        Faça isto e tire suas próprias conclusões. Esta questão da natureza de Deus, se podemos chamar assim, é uma questão vital para a adoração verdadeira, não concorda?

        Curtir

      • Marcelo  On 16 out 2013 at 9:18

        Vanderlei.

        Trindade, na nossa opinião, biblicamente é igual computadores, biblicamente falando. Não se enquadra nas escrituras, mas foi desenvolvido muito tempo depois =)

        Se eu te indicar textos na bíblia um versículo que mostra que Jesus TEM um Deus, você ficaria convencido de que ele NÂO PODE SER Deus?

        Curtir

  • Saga  On 15 out 2013 at 4:10

    A passagem de Mt 28:19 que alista três denominações consecutivas não chama as três nem de deuses e nem de pessoas, também não diz que elas são um, não diz que elas são iguais, não diz que são coeternas.

    Onde a passagem diz que as três denominações se referem ao mesmo Deus? Onde ela nega que as três referencias sejam a três deuses separados?

    É a passagem bíblica que indica “Três Pessoas”? Que prova a Trindade? Que diz que são Três em Um Deus? Ou isso é você que está pondo na boca de Mateus?

    Essa passagem sozinha não tem os elementos para tomada isoladamente evidenciar a existência de um Deus Trindade.

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 15 out 2013 at 22:19

      Caro colega. Transcreva a sua pergunta e coloque aqui acima para que o público conheça o nosso debate. Por favor.

      Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 15 out 2013 at 22:37

      Mas não posso lhe responder porque você só acreditam aquilo que convêm acreditar. Você querem que às Escrituras Sagradas se encaixem com a vossa fé distorcida. Muitos torcem para a sua própria perdição. Caso eu lhe responda, você vai aceitar? Ou vou perder o meu tempo aqui? Assinado Vanderlei.

      Curtir

  • Thiago Farias  On 15 out 2013 at 12:21

    Primeiro, a Bíblia não menciona a palavra “Trindade”. Segundo, Jesus nunca disse que era igual a Deus. Na verdade, Jesus adorava a Deus. (Lucas 22:41-44) Um terceiro aspecto a se levar em conta é a relação de Jesus com seus seguidores. Mesmo depois de sua ressurreição para a vida espiritual, Jesus chamou seus seguidores de “meus irmãos”. (Mateus 28:10) Então, será que isso queria dizer que os discípulos eram irmãos do Deus Todo-Poderoso? Claro que não! Mas, por meio da fé em Cristo — o filho primogênito de Deus —, eles se tornaram filhos do mesmo Pai. (Gálatas 3:26)

    Outras passagens também que se usarmos um simples raciocinio para lermos não precisamos de mais nada:

    “O Pai é maior do que eu [Jesus].” – João 14:28.
    “Para nós há um só Deus, o Pai.” – 1 Coríntios 8:6.
    “Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.” -1 Pedro 1:3
    “Estas coisas diz o Amém [Jesus], . . . o princípio da criação de Deus.” — Revelação (Apocalipse) 3:14.
    Com essa ultima citação qualquer pessoa leiga entenderia que nada cria a si mesmo, apenas Jeová que é o único Ser que num teve principio. Como então explicaria que Jesus é o principio de toda criação ?

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 15 out 2013 at 22:14

      Caro colega, dizes que Jesus Cristo, o filho de Deus não é uma Divindade. Esta é a mesma fé dos judeus céticos que queriam apedrejar Cristo quando ele falava que era Filho de Deus.
      Se não acreditar que Jesus é Deus, não têm nenhum sentido acreditar que ele é Filho de Deus. Ele têm a mesma essência ou Natureza do Pai. Leia João 1:1
      O Verbo era Deus e se fez carne e habitou entre nós. Emanuel que em Hebraico quer dizer “Deus conosco”. Ele também disse: “Eu e o Pai somos um”. João 10:30 Notem que os judeus no verso 33 entenderam que ele estava se fazendo “Igual a Deus”. Um mais um é Igual a um. Sabes esta conta. O Deus que está no céu é o mesmo Deus que está na terra. Não estou falando pessoa.
      Há um só Deus. Salmos 110:1 Sabem agora me responder para justificar a vossa incredulidade no Filho de Deus? Leia I João 5:10 e Apocalipse 22:12 e 13 Com atenção. Fiquem todos na paz.

      Curtir

      • Queruvim  On 16 out 2013 at 1:25

        As Testemunhas de Jeová NUNCA disseram que Jesus “NÃO É uma divindade” Isso é tu que estais repetindo.SUGIRO QUE LEIA O QUE ELAS REALMENTE DIZEM aqui.

        Curtir

      • Marcelo  On 16 out 2013 at 9:28

        Vanderlei

        Porque Jesus não disse “O Pai, o ES e eu somo um”?

        Ou porque ele disse que o “Pai é maior que eu”?

        Curtir

        • Vanderlei M. Casale  On 17 out 2013 at 21:59

          Mo posso mais te responder porque as minhas respostas no ficam abaixo de teu comentrio em seu blog. Desonestidade.

          Date: Wed, 16 Oct 2013 14:16:28 +0000 To: profeciasdofim@hotmail.com

          Curtir

      • Marcelo  On 17 out 2013 at 22:24

        Ah? Se tu observer tem um limite de “aninhamento”. Isto é configuração do wordpress. Tem um momento que não dá mais pra indentar a direita, por isto a limitação.

        Não existe desonestidade.

        São duas perguntas simples. Responda por favor, o assunto é de vital importância pra mim e pra ti, não acha?

        Curtir

  • Thiago Farias  On 15 out 2013 at 12:25

    Agora uma Pergunta aos que acreditam na Trindade.

    Qual foi o maior Motivo de Jesus ter sido morto ?

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 15 out 2013 at 22:16

      O Filho de Deus morreu como cordeiro porque a lei de Deus não pode ser mudada.

      Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 15 out 2013 at 22:32

      Rapaz. Você me faz uma pergunta tão fácil! Não foi o pecado que entrou no mundo? Sim, foi. Se a lei pudesse ser mudada, Jeová não consideraria a transgressão do homem!
      É PORQUE A LEI DOS DEZ MANDAMENTO É IMUTÁVEL. Por favor aprende!!!!
      É a lei do governo Celestial. Tem outra pergunta?

      Curtir

  • Saga  On 15 out 2013 at 14:19

    Marcelo.

    Acho que você confundiu “Unicismo” com “Unitarismo”.
    O contrário do Trinitarista é o Unitarista.

    Curtir

  • Vanderlei Martinez Casale  On 15 out 2013 at 21:59

    Caro colega, fale o que quiser: Está Escrito, Está escrito. Está Escrito:
    Pai, Filho e Espírito Santo !!!!!! Você é cético? Não acredita? Por favor, seja corajoso, não apague este texto.

    Curtir

    • Saga  On 16 out 2013 at 1:21

      “Vanderlei Martinez Casale Em 15 de outubro de 2013 às 21:59

      Caro colega, fale o que quiser: Está Escrito, Está escrito. Está Escrito:
      Pai, Filho e Espírito Santo !!!!!! Você é cético? Não acredita? Por favor, seja corajoso, não apague este texto”

      Vanderlei, não seja ingênuo.

      Está escrito, é está escrito “Pai, Filho e Espírito Santo”, mas onde está escrito que esses são o mesmo “Deus em três pessoas” ? A palavra “Deus” nem aparece no verso e nem a palavra “pessoas”, então o verso não diz que as três pessoas eram um Deus.

      Eu posso escrever, “Saga, Vanderlei e Marcelo”, que isso não vai fazer que nós três sejamos um homem só, um homem triuno, não seremos trindade.

      Em vez de ficar sendo rude tentando brigar deveria ir nos outros artigos responder as perguntas bíblicas que se faz sobre a Trindade, precisamos de trinitários lá nesses artigos pra vermos qual são as explicações que vocês tem. Não quer nos ensinar a entender a Bíblia? Então vá lá e os explique.

      Curtir

  • Saga  On 16 out 2013 at 1:13

    “Vanderlei Martinez Casale Em 15 de outubro de 2013 às 22:22

    Responda se for capaz. O que é trindade biblicamente falando para vocês?
    Só use a bíblia por favor.”

    Vanderlei.
    Como que a pessoa vão responder BIBLICAMENTE o que é Trindade se não existe Trindade na Bíblia?

    Nenhum texto bíblico usa a palavra “Trindade” e nem “Triunidade” e nem “Trino” e nem “Triuno” e nem “Três Pessoas Divinas”, então você parece fazer uma pergunta impossível! Também nenhum texto relaciona Deus com o número Três, nenhuma passagem diz que “Deus é Três”,

    Por outro lado muitas passagens bíblicas relacionam Jeová Deus com o número Um, e dizem que é ele é Um! Ele é chamado de único, mas nunca é chamado de “triuno” e nem de “trindade”.

    Como a pessoa pode descrever o que é a Trindade SÓ USANDO A BÍBLIA? Isso não possível, a palavra “Trindade” foi inventada por Tertuliano e oficializada pela Igreja Católica, a descrição sobre O QUE é a doutrina Trindade não está na Bíblia Sagrada e sim no Credo de São Atanásio. São os Credos Católicos que definem o que é o dogma da Trindade.

    Diga você o que é a Trindade segundo a Bíblia apenas usando a Bíblia, você teria de apelar aos Credos.

    E segundo a definição da Trindade dada pelos Credos, o texto de Mt 28:19 não prova a Trindade, pois faltam os elementos que os teólogos disseram que formam a doutrina do Deus Triuno.

    Curtir

  • Saga  On 16 out 2013 at 1:27

    “Vanderlei Martinez Casale Em 15 de outubro de 2013 às 22:19 Caro colega.

    Transcreva a sua pergunta e coloque aqui acima para que o público conheça o nosso debate. Por favor”

    Com prazer

    Vanderlei,
    Onde está escrito na passagem de Mateus 28:19 que as três denominações de Pai, Filho e Espírito Santo se referem ao mesmo Deus? Onde a passagem de Mt 28:19 nega que as três referencias (Pai, Filho e Espírito) sejam a três deuses separados?

    Pode responder – quando eu volto aqui e ler sua resposta eu venho e comento.

    Curtir

    • Vanderlei Martinez casale  On 17 out 2013 at 19:07

      Caro leitor, agradeço a tua atenção. Mateus 28:19 está falando no batismo em nome do Pai – uma pessoa
      nome do Filho – outra pessoa —-A qui já temos duas pessoas
      nome do Espírito Santo – poderá ser uma pessoa? Se for comprovado que é mais uma pessoa que Jesus está dizendo, então temos três pessoas ou um trio celeste.
      Neste texto, se Cristo estivesse falando que o Espírito Santo é o espirito dele mesmo, ou do Pai, ele não separaria, ele não é imbecil para fazer isso. Não têm o porque falar assim!
      Ele disse: Eu (O próprio Jesus) rogarei ao Pai (outra pessoa) e ele (o Pai) vos dará outro consolador ( outro é outro, não sou eu e nem é o Pai ) Deixam de ser burros estão muito claras as Tua palavras.
      EU , PAI, OUTRO. EU, PAI, OUTRO. EU, PAI, OUTRO. Ou são burros ou são desonesto, mentirosos, céticos que acham que a sua fézinha é a verdade. Acham que já sabe tudo. Quanto ganhas para ser desonesto?
      Você desafiou teólogos, pastores do Brasil inteiro. Não estudei teologia, não sou pastor ou líder de igreja. E agora? QUEM MANDOU TU DESAFIARES?
      Onde está o sábio? Onde está o escriba? Deus escolheu os que não são, para reduzir a nada os que são! Ou esta palavra nunca vai se cumprir? No Reino de Jeová não entram os desonestos!
      O outro é aquele que Cristo disse em Mateus 28:19
      É me dado todo o poder para exaltar o Nome de meu Pai, o meu Nome e o nome do Espirito Santo. Que o Deus único da glória nos abençoa todos. Amém!

      Curtir

      • Marcelo  On 17 out 2013 at 21:17

        Vanderlei

        Este argumento já foi rejeitado.

        https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2012/07/09/o-espirito-santo-e-uma-pessoa/

        Curtir

      • Marcelo  On 17 out 2013 at 21:19

        Provar Unitarismo com um texto é facil. Trinitárismo é impossível!

        A pergunta diz “QUE VESSÍCULO”.

        Curtir

      • Marcelo  On 17 out 2013 at 21:23

        Não vi nenhum tólogo responder a nenhuma destas perguntas simples, de forma simples.

        https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/10/07/pergunta-aos-trinitarios/

        Curtir

      • Queruvim  On 17 out 2013 at 21:34

        O Nome do Pai é Jeová, (Salmo 83:18 ALMEIDA ed.1995)
        O Nome do Filho é Jesus. (Luc 1:31) E qual é o Nome do “Espírito Santo”?

        O erudito Robertson em Word Pictures in the New Testament, vol. 1, p. 245, faz a seguinte admissão ao discutir Mat. 28:19:

        “O uso de nome (onoma) aqui é comum na Septuaginta e nos papiros para poder ou autoridade.”

        De fato o espírito santo jamais é chamado por um nome. Mateus 28:19 é uma prova de quão fraca são as bases encontradas pelos trinitários a fim de forçarem teologia posterior na mente das pessoas.

        O destacado erudito trinitário McClintock e Strong diz em sua Enciclopédia de Literatura Bíblica, Teológica e Eclesiástica sobre Mateus 28:18-20:

        “Este texto, no entanto, tomado por si só, não prova decisivamente nem a personalidade dos três sujeitos citados, ou a sua igualdade ou divindade.” (1981 reimpressão, vol. X, p. 552)

        E o estudioso trinitário Kittel em seu Dicionário Teológico do Novo Testamento:

        “O N[ovo] T[estamento] não fala realmente de uma triunidade. Buscamos isso em vão na fórmula triádica [incluindo Mateus 28:19] do NT.” observem que estas fontes não são das TJ ou da “TORRE DE VIGIA” mas antes, eruditos seculares e até mesmo EVANGÉLICOS. E eles meu caro, não concordam contigo. Não precisamos atacar com xingamentos e histeria a fim de provar o ponto.

        CONCLUSÃO :

        Em Mateus 28:19, mencionam-se “o nome do Pai, e do Filho, e do espírito santo”. Um “nome” pode significar algo diferente de um nome pessoal. Em português, quando dizemos “em nome da lei”, ou “em nome do bom senso”, não nos referimos a uma pessoa como tal. Por “nome”, em tais expressões, queremos dizer ‘aquilo que a lei representa, ou sua autoridade’, e ‘aquilo que o bom senso representa ou exige’. O termo grego para “nome” (ó·no·ma) também pode ter este sentido. Assim, ao passo que algumas traduções (KJ; AS; Tr) seguem literalmente o texto grego, em Mateus 10:41, e dizem que aquele que “receber um profeta no nome dum profeta receberá a recompensa dum profeta; e aquele que receber um homem justo no nome dum homem justo receberá a recompensa dum homem justo”, traduções mais modernas dizem: “Quem recebe um profeta na qualidade de profeta”, e: “Quem recebe um justo na qualidade de justo”, ou algo similar. (BJ, BMD, BV, NM) Neste respeito, Word Pictures in the New Testament (Quadros Verbais no Novo Testamento; 1930, Vol. I, p. 245), de Robertson, diz sobre Mateus 28:19: “O uso de nome (onoma) aqui é um uso comum na Septuaginta e nos papiros para simbolizar poder ou autoridade.” Portanto, o batismo ‘em o nome do espírito santo’ subentende o reconhecimento deste espírito como tendo por fonte a Deus e como exercendo sua função segundo a vontade divina. FONTE:http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/1200004211?q=Em+nome+do+Pai+do+filho+e+do+esp%C3%ADrito+santo&p=par

        Curtir

      • Saga  On 17 out 2013 at 22:51

        Haha, eu vou perguntar de novo

        Vanderlei:

        Onde está escrito na passagem de Mateus 28:19:

        – Que as três denominações de Pai, Filho e Espírito Santo se referem ao mesmo Deus?
        – Onde a passagem de Mt 28:19 nega que as três referencias (Pai, Filho e Espírito) sejam a três deuses separados?

        Tu falou, falou e falou e não respondeu nada. Tu tomou como tema falar que teriam “três pessoas”, mas não foi esse o ponto da pergunta, na pergunta que você deu REPLY não questionou nada sobre se os três são referências a mesma pessoa, a pergunta foi sobre a palavra “Deus”, onde diz que são o mesmo “Deus”, não é a primeira vez que alguém faz uma pergunta sobre UMA COISA e tu responde sobre OUTRA DIFERENTE, vai ver tu não consegue entender o que tá sendo perguntado, se não consegue entender perguntas simples, fica difícil.
        .
        .
        .
        .
        Notem a arrogância dessa pessoa cheia de ad hominem, sempre pronto para desrespeitar e ofender, Vanderlei já escreveu o seguinte aqui
        .
        Acusou de má fé e parcialidade, chamou de incrédulos e perdidos e também disse que torcemos as escrituras para encaixar no que já cremos, sendo que nossa fé é distorcida e uma “fézinha”. Disse também que temos a mesma fé os fariseus que mataram Jesus (negando que ele seja o divino Filho de Deus), disse que não cremos no Filho de Deus. Chamou de céticos, descrentes e insinuou que somos covardes. Além de usar os termos burros e desonestos, não bastasse isso apelou para o termo “mentirosos” e quis dizer que somos arrogantes presunçosos que acham que sabem tudo,

        Confiram abaixo como Vanderlei é agressivo:

        -“Mas não posso lhe responder porque você só acreditam aquilo que convêm”

        -“Você querem que às Escrituras Sagradas se encaixem com a vossa fé distorcida”

        -“torcem para a sua própria perdição”

        -“dizes que Jesus Cristo, o filho de Deus não é uma Divindade”

        -“Esta é a mesma fé dos judeus céticos que queriam apedrejar Cristo quando ele falava que era Filho de Deus. Se não acreditar que Jesus é Deus, não têm nenhum sentido acreditar que ele é Filho de Deus”

        -“Sabem agora me responder para justificar a vossa incredulidade no Filho de Deus?”

        -“Você é cético? Não acredita?”

        -“Por favor, seja corajoso, não apague este texto”

        -“Ou são burros ou são desonesto”

        -“, mentirosos, céticos que acham que a sua fézinha é a verdade”

        -“Acham que já sabe tudo.”

        -“Quanto ganhas para ser desonesto?”

        -“Não estudei teologia, não sou pastor ou líder de igreja. E agora? QUEM MANDOU TU DESAFIARES?”

        -“No Reino de Jeová não entram os desonestos!”

        Curtir

        • Vanderlei Martinez Casale  On 18 out 2013 at 15:26

          Por enquanto não quero entrar no mérito de que são Deuses ou um Deus.
          O que estou discutindo é e já disse: Quantas pessoas são abordadas nesta frase: “Em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo”. É isto que desde o começo estou falando quando abordei e expliquei João 14:16
          Que tem duas, isso é verdade. Agora precisamos saber a identidade do Espírito Santo neste texto. Okei ?

          Curtir

    • Vanderlei Martinez casale  On 17 out 2013 at 21:07

      Eu não disse que nesta passagem de Mateus 28:19 são três deuses. Eu disse que nesta passagem apresenta três pessoas. Se os dogmas dos homens dizem que são três deuses, o meu ensinamento não.
      Quando Cristo falou em “Nome do Pai”, ele está se referindo (Está nas Escrituras) ao líder universal YHWH – Devemos reconhecê-lo como o único Deus.
      Quando ele fala “Em nome do Filho” devemos reconhecê-lo como filho de Deus. Outra pessoa.
      Quando ele fala “Em nome do Espírito Santo” devemos reconhecê-lo como Espírito de Deus. Outra pessoa?
      A questão é esta:Têm duas ou três pessoas nesta declaração de Mat. 28:19 ? Caso aceite que têm duas, é um dueto; caso aceite que têm três, é um trio ou trieto. Se têm duas não pode ter três? O que é impossível para Deus?
      Foi dito: Filho de Deus e Espírito de Deus.
      O filho é uma pessoa ; o Espírito não pode ser?
      Estou procurando corrigir a minha linguagem agressiva.

      Curtir

      • Queruvim  On 17 out 2013 at 21:45

        Sem problemas, se quiser eu apago o que escreveu “sem querer” Se desejar pode logar no RAIDCALL PRA CONVERSAR …estarei sempre on line

        https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/09/24/converse-on-line-com-traducao-do-novo-mundo-defendida/

        Curtir

      • Vanderlei Martinez casale  On 17 out 2013 at 21:55

        Devo comentar que você não sabe pesquisar as Sagradas Escrituras.
        Quero que você responda em suas próprias palavras. Ou você não têm capacidade para isso? Me parece que não.
        Olha o que a Bíblia ensina como pesquisar a própria Bíblia
        O espírito de Deus é quem revela para nós quando “comparamos assuntos espirituais com os espirituais”. Um pouco aqui um pouco ali.
        Este é o método ensinado por um homem cheio do Espirito Santo – Paulo
        Agora, se você segue outro método para não aceitar o que está escrito, ai você não é filho que o Pai está procurando.
        Arrume outro texto da Bíblia para desfazer Mateus 28:19 Não seja covarde introduzindo comentaristas céticos que não prova por um ESTA ESCRITO
        Por favor, quero falar com homem? E não com criança.
        Se este comentário não ficar abaixo de: 17 de outubro de 2013 às 21:34 ai fica muito mal. Eu vou verificar.

        Curtir

      • Marcelo  On 17 out 2013 at 22:14

        “Foi dito: Filho de Deus e Espírito de Deus.
        O filho é uma pessoa ; o Espírito não pode ser?”

        O filho de João. O amor de João.
        O filho é uma pessoa; O amor não pode ser?

        Curtir

      • Saga  On 17 out 2013 at 23:28

        Vanderlei: “Eu não disse que nesta passagem de Mateus 28:19 são três deuses.”

        E eu NÃO disse que você disse que a passagem fala de três deuses, mas está registrado que em 14 de Outubro você disse: “Mateus 28:19 já indica […] trio de três pessoas e não Três deuses”

        Então minha pergunta foi: “Onde a passagem diz que as três denominações se referem ao mesmo Deus? Onde ela nega que as três referencias sejam a três deuses separados?”

        QUEM falou EM três DEUSES FOI VOCÊ, não fomos nós, apenas jogamos a pergunta de volta. Leia a pergunta direito, ela NÂO disse que tem três deuses e NEM disse que o Vanderlei falou que tem três deuses nela, a pergunta foi COMO baseado simplesmente nessa passagem SOZINHA se consegue DEDUZIR que ela não fala de três deuses, ainda mais que esse assunto sobre deidades NEM É CITADO na passagem? A passagem não fala da divindade de ninguém ou fala? Pois é
        .
        .
        .
        .
        “Eu disse que nesta passagem apresenta três pessoas. Se os dogmas dos homens dizem que são três deuses, o meu ensinamento não”

        Dogmas de que homens???

        “A questão é esta:Têm duas ou três pessoas nesta declaração de Mat. 28:19 ? Caso aceite que têm duas, é um dueto; caso aceite que têm três, é um trio ou trieto”

        Se a passagem falar que tem duas pessoas ou que tem três ou que tem quatro ou que tem mil isso não faz com que o Dogma da Trindade seja verdadeiro, a Trindade não diz simplesmente que existem várias pessoas em quem devemos batizar, ela fala que tem três pessoas iguais são o mesmo um só Deus. As três são pessoas e são todas iguais e são um e são um o que? Um Deus.

        Leitores dessa pagina,
        Vejamos algumas passagens:
        (Juízes 7:20) Nisto as três companhias tocaram as buzinas e destroçaram os jarros grandes, e foram segurar de novo as tochas com a mão esquerda e tinham na mão direita as buzinas para tocá-las, e começaram a clamar: “A espada de Jeová e de Gideão!”
        Temos uma espada, de quem é a espada? De duas pessoas, de Jeová e de Gideão, isso mostra o que? Que eles são o mesmo Deus? Um Deus formado de Jeová e de Gideão?

        (1 Crônicas 29:20) E toda a congregação passou a bendizer a Jeová, o Deus de seus antepassados, e a inclinar-se, e a prostrar-se diante de Jeová e diante do rei.
        Se prostram diante de duas pessoas, de Jeová e de Davi. Será que são um Deus só?

        (Provérbios 24:21) Filho meu, teme a Jeová e ao rei
        Teme a duas pessoas, a Jeová e ao Rei, será que as duas são o mesmo Deus?

        O fato de alguém ser citado ao lado do Pai, Jeová em si não quer dizer que essa pessoa seja igual a ele, assim como Gideão não era igual à Deus por ter sido dito que tinham a mesma espada em Juízes 7:20.

        Curtir

  • Saga  On 17 out 2013 at 22:57

    Sobre a necessidade de ficar respondendo argumentações já tratadas:
    .
    .
    Mas na verdade, percebam que ele se gaba mas não disse nada de diferente, tudo que disse já foi tratado antes, até refutado nesta ou em outras matérias deste mesmo site:

    Em 26-Junho eu montei a lista dos argumentos trinitários, incluindo o

    Argumento dos Textos Tríades . Formula Batismal “Um Nome” (Mt 28:19)
    -João Paulo em 21-junho/2013 usou o mesmo argumento de Mt 28:19
    -Queruvim em 30-agosto/2013 respondeu sobre Mt 28:19
    -Marcelo em 14-outubro/2013 replicou quanto a Mt 28:19
    -Queruvim fez um artigo em sobre Mt 28:19 em 30-agosto/2013: https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/08/30/em-mateus-2819-em-nome-do-pai-do-filho-e-do-espirito-santo-indica-uma-trindade/

    Argumento do Verbo Jo 1:1
    Queruvim em 18-junho/2013 respondeu Jo 1:1
    Queruvim Em 18-junho/2013 comentou mais ainda Jo 1:1
    Queruvim em 20-junho/2013 acrescentou mais sobre Jo 1:1
    Queruvim em 29-agosto/2010 e em 04-novembro/2011 fez dois artigos sobre Jo 1:1 https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2010/08/29/joao-11-deus-divino-ou-um-deus/ e https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2011/11/04/a-palavra-era-%E2%80%9Cum-deus%E2%80%9D-ou-%E2%80%9Cdivina%E2%80%9D/
    .
    .
    Argumento do Alfa e do Omega Ap 1:1 e 22:13
    João Paulo em 19-junho/2013 o usou baseado em Ap 22:12-17 e 1:8.
    Freitas em 20-junho/2013 respondeu sobre o Alfa e o Omega
    Eu, Saga em 21-junho/2013 falei sobre o argumento do Alfa e Omega
    Em 26-junho/2013 descrevi uma lista incluindo o do Alfa e Omega
    Queruvim em 18-setembro/2011 já tinha um artigo sobre o Alfa e Omega
    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2011/09/18/quem-e-o-alfa-e-o-omega/
    .
    .
    Argumento do Um . Jo 10:30
    Queruvim em 25-outubro/2010 fez esse artigo https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2011/10/25/joao-1030-eu-e-o-pai-somos-um/

    Quer dizer, Vanderlei diz coisas que já foram usadas e refutadas antes, por favor estude antes o que já foi postado sobre tais temas para melhorar o dialogo.

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 18 out 2013 at 15:34

      A questão se foi refutado antes, não era eu que estava em debate. Não tenho nada haver com pessoas que não sabe manejar bem a Palavra da profecia.
      E como já disse: Não quero saber a opinião de comentaristas judeus, católicos, batistas, adventistas, etc. Ou também eu posso ser considerado um comentarista? Meu negócio é Bíblia! Meu negócio é Bíblia! Isto é, se não pode falar com a Bíblia aberta, não fale com mais nada. Exceto para comprovar textos nos originais. Para mim é meninice quem vem trazendo livresco e querendo dizer que é verdade. Cristo disse: Não ledes na Escrituras? Está escrito. Errais não conhecendo às Escrituras. A regra de fé de Jesus é esta.

      Curtir

      • Saga  On 19 out 2013 at 1:15

        Sim querido, você pode usar os mesmos textos. Mas deve levar a matéria PASSADA em conta no que estiver dizendo, ou seja, você vai falando a sua tese, aí vai explicando o porque dela ser verdadeira.

        Como você conhece o que já foi dito ANTES sobre aqueles textos, você agora pode DEMONSTRAR o porque das opiniões contrárias serem erradas pra você.

        Se não for assim….você simplesmente repete o que outro já disse, sem acrescentar nada ao assunto. Assim nós aqui nem agregamos nada.

        Curtir

      • Marcelo  On 19 out 2013 at 7:58

        Se é tão claro a verdade da trindade, responde lá vai, uma pergunta de cada vez.

        https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/10/07/pergunta-aos-trinitarios/

        Curtir

  • Felipe Silva  On 18 out 2013 at 20:47

    A Trindade é tão confusa, mas tão confusa, que mesmo os que creem nela a definem de diferentes maneiras…
    Certa vez, perguntei à um rapaz de certa igreja: como podemos acreditar num ensino que não se entende? A resposta: – Mas a fé é isso você não precisa entender, só acreditar…
    Conclusão: conhecimento da Bíblia: Zero.
    Conforme João 17:3 ‘é preciso ter conhecimento exato’ para ganhar vida eterna.
    Como alguém que crê na Trindade vai ganhar a vida eterna???
    No mesmo versículo diz que esse conhecimento exato é a respeito do Deus Pai, AQUELE QUE ENVIOU Jesus Cristo.
    O texto diz: “Isto significa vida eterna, que absorvam conhecimento de ti, o único Deus verdadeiro, e daquele que enviaste, Jesus Cristo.”
    A trindade é um “muro” que Satanás colocou entre Deus e as Pessoas.
    2Coríntios 4:4 diz: “entre os quais o deus deste sistema de coisas [Satanás] tem cegado as mentes dos incrédulos, para que não penetre o brilho da iluminação das gloriosas boas novas a respeito do Cristo.”
    Não é a Trindade um dos ensinamentos mais populares hoje no mundo???
    Jesus disse que deveríamos amar a Deus de “TODO O CORAÇÃO, ALMA, FORÇA E MENTE”. Jesus não usou Me amar.. mas ele dirigia a adoração verdadeira ao seu Pai. Como deve ser assim hoje..

    Curtir

  • Felipe Silva  On 18 out 2013 at 22:18

    Por que Jesus precisou orar ao PAI para ressuscitar Lázaro?
    João 11:41,42.
    Não mostra isso que o poder de Jesus se origina do Pai?
    Precisaria pedir algo que já lhe pertence…?

    Curtir

  • Saga  On 19 out 2013 at 1:51

    “Vanderlei Martinez Casale Em 18 de outubro de 2013 às 15:26
    Por enquanto não quero entrar no mérito de que são Deuses ou um Deus.”

    A doutrina da Trindade tem tudo a ver quanto ao mérito de se são um, dois ou três Deuses. O tópico era:

    “QUE VERSÍCULO INSPIRADO FALA DA TRINDADE? Que versículo da Bíblia fala de uma trindade? […] Já se passaram 7 dias e nenhum líder religioso sequer apresentou um texto da Bíblia que apresenta a doutrina da trindade”

    Então o versículo precisa falar de “Três Pessoas que são um só Deus”, o versículo precisa apresentar a Doutrina Trinitária nele. Se você fala que Mt 28:18 prova a Doutrina da Trindade é porque está dizendo que nesse texto se explica que três pessoas iguais são um mesmo Deus.

    (Se o texto precisar de ajuda externa então ele não serve como prova sozinho, ele só serve pra quem já cria em trindade antes de le-lo, aí leva sua interpretação pra leitura, mas aí não é texto que tá dizendo, é a pessoa que lê que tá colocando suas crenças no texto….. )

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 19 out 2013 at 14:43

      Trindade em Mateus 28:19 são três pessoas e não três Deus.
      Geralmente quando se quer explicar uma doutrina Bíblica usá-se várias passagens da própria Palavra. Agora, se você faz este desafio para todos os teólogos proverem a trindade somente no verso de Mateus 28:19 e mostrar que todas as pessoas ali são divinas. Você está pedindo o que sabe que seus oponentes não conseguirão. Desafio desonesto. Doutrina da trindade não é só Mateus 28:19 Ex. Desafio a todos os teólogos do Brasil a provarem que Cristo levava os dízimos na sinagoga. Desafio a provarem que é pecado fumar? E assim por diante.
      Que têm três pessoas relatada em Mateus 28:19 isso está claro nas Escrituras!

      Curtir

      • Marcelo  On 19 out 2013 at 16:26

        Gostei do argumento! E concordo, que tem coisas que um texto bíblico não responde.

        Mas, neste respeito, um assunto tão vital, uma doutrina tão básica deveria ser possível de entendida por pessoas “virgens” na leitura da bíblia, não acha? E se não é deveria ser explicada, o que não é.

        Digo “virgem” aqui, pra aquelas pessoas que nunca tiveram influência d euma religião, assim como não é o seu caso e nem o meu.

        Entender o contrário, o unitarismo, é fácil pra estas pessoas “virgens”. Existem muitos textos que por si só provam que Jeová é o único Deus verdadeiro.

        Nesta série, no link a seguir, você poderá usar quantos textos quiser, contanto que responda a pergunta. De verdade Vanderlei, eu estou torcendo por vocês nesta. Mesmo que eu não concorde com o ponto de vista, quero acreditar que voces tenham respondido a esta pergunta de maneira que encontre lógica.

        https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2013/10/07/pergunta-aos-trinitarios/

        Curtir

      • Saga  On 19 out 2013 at 22:28

        Certo. Mas se é este o caso, deveria ter dito isso desde o inicio.

        E com dois, três, quatro? Cinco textos, será que ela consegue? Sete, oito, dez? (Poucas doutrinas são tão complexas para exigirem tanto, em geral dois ou três textos são suficientes para a maioria dos assuntos, tem uns assuntos que ficam claros com um só. Quem é Deus e quem é Jesus são respondidos facilmente de forma direta num texto só)

        Curtir

        • Vanderlei Martinez Casale  On 19 out 2013 at 23:45

          Está escrito que “Há três que testificam no céu”. I João 5:7 primeira parte.

          Estes testemunhos são de Deus. I João verso 9

          É mentira isso também?

          Curtir

      • Marcelo  On 20 out 2013 at 12:55

        A palavra CÉU sim. O resto está fora de contexto. A frase termina no versículo 8

        “Porque são três os que dão testemunho: o espírito, e a água, e o sangue,+ e os três estão de acordo.” – TNM

        “Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e estes três concordam.” – Almeida Revisada Imprensa Bíblica

        “Há três que dão testemunho: o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes.” – Nova Versão Internacional

        “Pois três são os que dão testemunho, o Espírito, a água e o sangue, e estes três concordam.” – Sociedade Bíblica Britânica

        ” São, assim, três os que dão testemunho: o Espírito, a água e o sangue; estes três dão o mesmo testemunho.” – Versão Católica

        Curtir

  • Saga  On 19 out 2013 at 2:05

    Resumo dos últimos momentos dos comentários nessa matéria:

    TEMA: Qual texto fala de uma Trindade (Três Pessoas em um Deus)

    TRINITÁRIO: “O texto de MT 28:19 está falando que Deus são três pessoas (Trindade), está falando de três pessoas e não de três deuses”

    UNITÁRIO: Onde está escrito na passagem de Mateus 28:19
    – Que as três denominações de Pai, Filho e Espírito Santo se referem ao mesmo Deus? – Onde a passagem de Mt 28:19 nega que as três referencias (Pai, Filho e Espírito) sejam a três deuses separados?

    TRINITÁRIO: “Por enquanto não quero entrar no mérito de que são Deuses ou um Deus.”

    É mole?

    Curtir

    • jocelyn  On 19 out 2013 at 22:28

      Aí Saga. Tá à toa? Tá de bobeira? Já entendeu plenamente o significado do resgate e suas implicações? A partir de quando seu valor começa a ser aplicado? Quem se beneficiará dele e como?. Embora eu o cite nominalmente, são as perguntas que faço a alguns outros participantes. Se está é a condição espiritual de vocês (em relação ao entendimento das verdades bíblicas), então vão lá no site do “Vanderlei o profeta”

      Curtir

      • Vanderlei Martinez Casale  On 19 out 2013 at 23:41

        Agradeço por deixar meus comentários escritos. Isto é democracia.
        Mas veja salmos 2:6 Eu, ( O pai ) constitui o meu rei sobre o meu santo monte Sião. Compare com Isaías 44:6 Agradeço e façam os comentários.

        Curtir

  • Vanderlei Martinez Casale  On 19 out 2013 at 15:23

    Não posso comentar, porque minhas palavras não vão logo abaixo do texto que me enviou. Converse comigo diretamente em meu canal no Youtube endereço: profecias do Fim Vanderlei

    Curtir

  • Felipe Silva  On 19 out 2013 at 21:59

    O QUE A BÍBLIA DIZ
    Jesus, o Filho de Deus, nunca alegou ser igual ou da mesma substância que seu Pai. Em vez disso, ele disse: “Vou embora para o Pai, porque o Pai é maior do que eu.” (João 14:28) Ele também falou a uma de suas discípulas: “Eu ascendo para junto de meu Pai e vosso Pai, e para meu Deus e vosso Deus.” — João 20:17.

    O espírito santo não é uma pessoa. Os cristãos do primeiro século “ficaram cheios de espírito santo”, e Jeová disse: “Derramarei do meu espírito sobre toda sorte de carne.” (Atos 2:1-4, 17) O espírito santo não é parte de uma Trindade. Ele é a força ativa de Deus.
    http://www.jw.org/pt/publicacoes/revistas/wp20131101/
    Vejam por que isso é importante…

    Curtir

  • Saga  On 19 out 2013 at 22:22

    Olá povo, voltei.
    .
    .
    .
    Comentar o seguinte sobre algo dito pelo senhor Martinez Casale

    “Vanderlei Martinez Casale Em 18 de outubro de 2013:
    Não tenho nada haver com pessoas que não sabe manejar bem a Palavra da profecia. […] Não quero saber a opinião de comentaristas judeus, católicos, batistas, adventistas, etc. […] Meu negócio é Bíblia! Meu negócio é Bíblia! Isto é, se não pode falar com a Bíblia aberta, não fale com mais nada. Exceto para comprovar textos nos originais. […] Cristo disse: Não ledes na Escrituras? Está escrito. Errais não conhecendo às Escrituras. A regra de fé de Jesus é esta.”
    .
    Sim Bíblia.
    .
    .
    Abaixo um apanhado do que a Bíblia diz:
    .
    -Que Jesus é o Cristo, Filho de Deus, Primogênito e Unigênito. Mateus 16:16, Col 1:15, Jo 3:16 e 1:18
    – Jesus é aquele que media a relação entre os homens e Deus 1 Tim 2:5
    – Jesus não era onisciente, como só o Pai sabe, sinal que não existe uma “Terceira Pessoa da Trindade que também seja onisciente. Mt 24:36; Apo 1:1 x Isaías 40:13
    -Jesus não era Onipotente, pois não podia fazer tudo Mt 20:21-23
    – Deus é imortal, não pode morrer, mas o Filho morreu. 1 Tim 1:17, Hab 1:12 x Rom 5:10
    – Deus nunca foi visto, Jeová não pode ser visto, Jesus foi visto 1 Tim 1:17; Êx 33:20; Jo 1:18 x Jo 1:14, 20:18
    – Deus faz o que quiser, o Filho só faz o que o Pai deixar Jó 9:12; Dan 4:35 x Jo 5:19, Mt 20:23

    – O Filho recebeu todo poder, autoridade de seu Pai, que lhe sujeitou todas as coisas. já Deus não recebe nada de ninguém pois ele já tem todo poder e é acima de tudo eternamente. Mt 11:27 e 28:18; Efé 1:22; 1 Cor 15:27; Col 1:19
    – O poder das curas que Cristo fazia não era seu, foi Deus quem lhe ungiu com espírito e poder para realiza-los. Atos 10:38
    – O Filho é sujeito ao Pai, seu cabeça, superior na hierarquia, a quem chama de maior 1 Cor 11:1, 1 Cor 15:27

    – Deus é o criador, o Filho é o meio através do qual o Pai criava Gên 1:1; Apo 3:14; Hebreus 1:1,2; Prov 8:26-30
    – Cristo é o primeiro gerado, o príncipio, a primeira das obras do Pai Col 1:15; Ap 3:14; Prov 8:22-27

    – O Espírito é o dedo de Deus. Luc 11:20 + Mt 12:28
    – O Espírito é a mente do Senhor Rom 11:34 + Isaías 40:13

    – Jeová é apenas um Jeová Deut 6:4
    – Jeová se distinguiu de Jeová, como alguém diferente dele Lucas 4:18-21; Marcos 12:35, 36 e 29-34
    -Jeová é o Pai 1 Crô 29:10;Isa 64:8 e 63:16;Mal 1:6 e 2:10;Dt 32:6;2 Cor 6:17-18

    – Nosso Deus é apenas o Pai 1 Cor 8:4-6; Efé 4:6
    – Jesus nos mostrou quem é Deus, ele disse que Deus é o nosso Pai Mt 6:8
    – Jesus adorava um Deus acima dele, a quem orava e chamava de meu Deus Mt 27:46; Lc 6:12, 22:41-44; Jo 17:1-3
    – Jesus ensinou a orar ao Pai, não a si mesmo e nem ao espírito Mt 6:6,9
    – Jesus ensinou a adoração ao Pai, somente a Jeová, não a si e nem ao espírito Mt 4:10, Jo 4:23, 24
    – Para Jesus só havia um Deus, o Pai, o único Deus verdadeiro Jo 17:3

    – Devemos conhecer ao Deus verdadeiro e a Jesus Cristo Jo 17:3
    – Duas pessoas se conhecem plenamente, o Pai e o Filho Mateus 11:27
    -A salvação é devida a duas pessoas, o Pai e o Filho Apo 7:10; Judas 25
    -No céu Duas pessoas divinas reinam: Deus e Cristo Atos 7:55-56; Efé 5:5; Apo 22:1
    .
    .
    .
    Só a Bíblia.

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 19 out 2013 at 23:36

      Cristo – o cordeiro se assenta ao lado direito do Pai em seu trono; os dois recebem adoração. Só um Deus é que pode assentar-se no trono e receber adoração. E agora? Está no livro da Revelação..

      Curtir

      • Marcelo  On 20 out 2013 at 14:11

        Que versículo diz que jesus recebeu adoração junto?

        E por que o ES não estava no trono recebendo adoração junto?

        Achei que tinha parado de participar porque tuas respostas não ficam embaixo. Mas pelos vistos tu só não quer responder. Fazer perguntas e desviar do assunto tu continua fazendo.

        Curtir

        • Vanderlei Martinez Casale  On 22 out 2013 at 13:22

          Vejo que realmente não ponhas as minhas respostas abaixo de suas perguntas.
          Infelizmente não posso continuar por que os ouvintes não podem saber ao certo do que se trata.
          Cristo é adorado assim como a Pai em Seu trono Veja o texto:

          “Então ouvi que toda criatura que ha no céu e sobre a terra e sobre o mar, e tudo o que neles há, estava dizendo. Aquele que está assentado no trono e ao cordeiro seja o louvor e a honra, e a glória e o domínio pelos séculos dos séculos”. Rev. 5: 12 e 13
          Vai comentar mais o que? Que não é isso que se lê ?

          Curtir

      • Marcelo  On 23 out 2013 at 9:19

        Já foi falado neste post que o trono não é só de Jeová. Também que honra não é só para Jeová.

        Na mais favoráveis das hipóteses tu estaria provando que deus é uma bindade, afinal pq não está escrito:

        “Aquele que está assentado no trono e ao cordeiro E AO ESPÍRITO SANTO seja o louvor e a honra”

        ?

        Curtir

  • Saga  On 20 out 2013 at 3:42

    Vanderlei.
    —Deus, o Cordeiro e o Espírito–

    Desses apenas Deus (O Pai) é adorado no Apocalipse (7:11,12,15,16;19:4) , alias, apenas Ele é chamado de “Deus” durante todo o livro (1:1-22:19), por sinal é apenas Ele que é identificado como sendo o Criador (4:11.3:14), o Pai é seguidamente chamado pelo expressivo e exclusivo título de “Todo Poderoso” (1:8;4:8;11:17;15:3;16:7;19:15;21:22), também a principio, apenas Ele está entronizado (4:2), durante o desenrolar apocalíptico é que o Cordeiro se assenta com Ele (12:10;22:1).

    Então, o “e agora?” é para os trinitários resolverem, está no livro da Revelação; De Apocalipse 1:1 até Apocalipse 22:19 todas as ocorrência da palavra Deus se referem ao Pai. Também as referências a “criação” ou “Aquele que criou”, são todas ao Pai. O “Deus Espírito Santo” e o “Deus Filho” estão ausentes deste livro, que não fala de nenhum “Deus Triuno”, mas apenas de “Deus”, do “Cordeiro” e dos “Sete Espíritos que estão diante de seu trono”….

    Sobre a questão do trono, Cristo diz o seguinte :
    (Apocalipse 3:21) Àquele que vencer, concederei assentar-se comigo NO MEU TRONO, assim como eu venci e me assentei com o meu Pai no seu trono.

    As pessoas que vencerem se sentarão no trono do Cordeiro. Vai ver serão os novos membros da Trindade. (Engraçado que essas pessoas se sentam entronizadas também, já o espírito santo não)

    Os trinitários é que tem de explicar porque quem é adorado (latria,proskynéo) e referido como “Deus” (theos) no Apocalipse é o Pai (talvez tenha a ver com João 4:23 e Mt 4:10 né), essas referencias deveriam ser ao inteiro `Deus Trino` sem distinção alguma (senão fica parecendo que o escritor bíblico tem preferência por um e discrimina os outros dois).

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 20 out 2013 at 15:25

      Assim como o Pai é o primeiro e o último, o filho também é assim descrito no Apoc. 22 Os dois estão assentados no trono e os dois recebem homenagens iguais. Vejo que só Deus pode receber homenagens, reverência e adoração.
      Ver Apocalipse 5:13
      Fale o que quiser!!! Está Escrito.

      Curtir

  • Saga  On 20 out 2013 at 3:54

    “Vanderlei Martinez Casale Em 19 de outubro de 2013 às 23:45 Está escrito que “Há três que testificam no céu”. I João 5:7 primeira parte.”

    Ok.

    João Ferreira de Almeida Atualizada = 1 João 5:6 Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo; não só pela água, mas pela água e pelo sangue.1 João 5:7 E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 1 João 5:8 Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e estes três concordam.

    Nova Versão Internacional = 1 João 5:6 Este é aquele que veio por meio de água e sangue, Jesus Cristo: não somente por água, mas por água e sangue. E o Espírito é quem dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. 1 João 5:7 Há três que dão testemunho:1 João 5:8 o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes.

    Nova Tradução na Linguagem de Hoje = 1 João 5:6 Jesus Cristo é aquele que veio com a água do seu batismo e com o sangue da sua morte. Ele veio com a água e com o sangue e não somente com a água. E o próprio Espírito Santo é testemunha de que isso é verdade porque o Espírito é a verdade.1 João 5:7 Há três testemunhas: 1 João 5:8 o Espírito, a água e o sangue; e esses três estão de pleno acordo.

    Bíblia de Jerusalém = 1 João 5:6 Este é o que veio pela água e pelo sangue: Jesus Cristo, não com a água somente, mas com a água e o sangue. E é o Espírito que testemunha, porque o Espírito é a Verdade 1 João 5:7 Porque três são os que testemunham: 1 João 5:8 o Espírito, a água e o sangue, e os três tendem ao mesmo fim.

    Fonte: http://www.bibliaonline.net/acessar.cgi?pagina=avancada&lang=pt-BR

    Curtir

  • Saga  On 20 out 2013 at 19:24

    —-DOSSIÊ REVELAÇÂO – Assunto: Quem é o Deus adorado no Apocalipse?
    É a Trindade, é o Espírito Santo? É o Cordeiro? —

    “Vanderlei Martinez Casale Em 20 de outubro de 2013 às 15:25 Assim como o Pai é o primeiro e o último, o filho também é assim descrito no Apoc. 22 Os dois estão assentados no trono e os dois recebem homenagens iguais. Vejo que só Deus pode receber homenagens, reverência e adoração. Ver Apocalipse 5:13 Fale o que quiser!!! Está Escrito.”

    Vanderlei, a palavra “adoração” não é usada para Cristo e nem para o Espírito Santo em toda Revelação.

    .
    Confiram na própria Almeida:

    Almeida Revista e Corrigida – Apocalipse
    4.8 E os quatro animais tinham, cada um, respectivamente, seis asas e, ao redor e por dentro, estavam cheios de olhos; e não descansam nem de dia nem de noite, dizendo: Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus, o Todo-Poderoso, que era, e que é, e que há de vir. 4.9 E, quando os animais davam glória, e honra, e ações de graças ao que estava assentado sobre o trono, ao que vive para todo o sempre, 4.10 os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, ADORAVAM o que vive para todo o sempre e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: 4.11 Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder, porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.
    5.13 E ouvi a toda criatura que está no céu, e na terra, e debaixo da terra, e que está no mar, e a todas as coisas que neles há, dizer: Ao que está assentado sobre o trono e ao Cordeiro sejam dadas ações de graças, e honra, e glória, e poder para todo o sempre. 5.14 E os quatro animais diziam: Amém! E os vinte e quatro anciãos prostraram-se e ADORARAM ao que vive para todo o sempre.
    7.10 e clamavam com grande voz, dizendo: Salvação ao nosso Deus, que está assentado no trono, e ao Cordeiro. 7.11 E todos os anjos estavam ao redor do trono, e dos anciãos, e dos quatro animais; e prostraram-se diante do trono sobre seu rosto e ADORARAM a Deus

    Esse livro do Apocalipse faz referência ao ato de “Latria” (Serviço Sagrado), vejam abaixo:

    (Revelação 11:1) 11 E foi-me dada uma cana igual a uma vara, ao dizer-me ele: “Levanta-te e mede o [santuário do] templo de Deus e o altar, e os que nele ADORAM. (Revelação 7:15-17) 15 É por isso que estão diante do trono de Deus; e PRESTAM-LHE SERVIÇO SAGRADO, dia e noite, no seu templo; e O que está sentado no trono estenderá sobre eles a sua tenda. 16 Não terão mais fome, nem terão mais sede, nem se abaterá sobre eles o sol, nem calor abrasador, 17 porque o Cordeiro, que está no meio do trono, os pastoreará e os guiará a fontes de águas da vida. E Deus enxugará toda lágrima dos olhos deles.” (Revelação 22:3-4) Mas o trono de Deus e do Cordeiro estará na [cidade] e os seus escravos LHE PRESTARÂO SERVIÇO SAGRADO; 4 e verão o seu rosto, e o seu nome estará nas testas deles. (Revelação 14:7) 7 dizendo com voz alta: “Temei a Deus e dai-lhe glória, porque já chegou a hora do julgamento por ele, e assim, ADORAI Aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas.” (Revelação 15:3,44) “Grandes e maravilhosas são as tuas obras, Jeová Deus, o Todo-poderoso. Justos e verdadeiros são os teus caminhos, Rei da eternidade. 4 Quem realmente não te temerá, Jeová, e glorificará o teu nome, porque só tu és leal? Pois virão todas as nações e ADORARÂO perante ti, porque os teus justos decretos foram manifestos.”
    (Revelação 19:4) 4 E os vinte e quatro anciãos e as quatro criaturas viventes prostraram-se e ADORARAM a Deus sentado no trono, dizendo: “Amém! Louvai a Jah!”
    .
    .
    .
    O texto usado pelo Vanderlei -Apo 5:13- não usa nenhuma das palavras costumeiramente traduzidas “adoração”, de fato, uma comparação entre a pessoas de Apo 4:8-11 com a pessoa de Apo 5:8:11, demonstra que:

    – A primeira pessoa (de Ap 4:8-11) é Jeová o Todo Poderoso que é adorado como Deus por ser o Criador de todas as coisas
    – A segunda pessoa (de Apo 5:8-11) é Jesus Cristo, louvado, glorificado e honrado por ter sido morrido e comprado pessoas para o nosso Deus.
    .
    Na sequencia da Revelação as criaturas no céu e a grande multidão fazem várias referência ao “nosso Deus”, mas nenhum delas é ao Espírito Santo ou ao Cristo:

    (Revelação 4:10-11) 10 os vinte e quatro anciãos prostram-se diante Daquele que está sentado no trono e adoram Aquele que vive para todo o sempre, e lançam as suas coroas diante do trono, dizendo: 11 “Digno és, Jeová, sim, NOSSO DEUS, de receber a glória, e a honra, e o poder, porque criaste todas as coisas e porque elas existiram e foram criadas por tua vontade.” (Revelação 5:9,10) “Digno és de tomar o rolo e de abrir os seus selos, porque foste morto e com o teu sangue compraste pessoas para Deus, dentre toda tribo, e língua, e povo, e nação, 10 e fizeste deles um reino e sacerdotes para o nosso NOSSO DEUS

    (Revelação 7:3) 3 dizendo: “Não façais dano nem à terra, nem ao mar, nem às árvores, até depois de termos selado os escravos de NOSSO DEUS nas suas testas.” (Revelação 7:10-12) 10 E gritavam com voz alta, dizendo: “Devemos a salvação ao NOSSO DEUS, que está sentado no trono, e ao Cordeiro.” 11 E todos os anjos estavam em pé ao redor do trono e dos anciãos, e das quatro criaturas viventes, e prostraram-se sobre os seus rostos diante do trono e adoraram a Deus, 12 dizendo: “Amém! A bênção, e a glória, e a sabedoria, e o agradecimento, e a honra, e o poder, e a força sejam ao NOSSO DEUS para todo o sempre. Amém.” (Revelação 12:10)“Agora se realizou a salvação, e o poder, e o reino de NOSSO DEUS, e a autoridade do seu Cristo, porque foi lançado para baixo o acusador dos nossos irmãos, o qual os acusa dia e noite perante o NOSSO DEUS!

    O termo “Nosso Deus” ainda aparece em Apo 19, no verso 1, no 5 e no 6, sobre este Deus o verso 4 diz que é aquele sentado no trono (ler 4:2) e o versos 13 e 15 o diferenciam de Cristo.

    Ou seja, os trinitários é que tem de explicar o porque da “segunda pessoa” e da “terceira pessoa” serem descriminadas e a o fato do Deus Trindade não ser citado.

    Quem é chamado o nosso Deus no Apocalipse? O Pai
    Quem é o Criador do mundo em Apocalipse? O Pai
    Quem é o Deus adorado no Apocalipse? O Pai.

    E a Trindade? Não vi, ninguém viu e é assim que a Bíblia é.

    Curtir

    • Vanderlei Martinez Casale  On 22 out 2013 at 13:28

      Veja que o Deus todo Poderoso foi visto por Abraão em Gênesis 17:1 e 2
      E comeu com Ele Gênesis 18:1 em diante. Depois Jacó lutou com ele , viu face a face e não morreu. Que Deus é esse?

      Curtir

  • Saga  On 20 out 2013 at 19:39

    “Vanderlei Martinez Casale Em 20 de outubro de 2013 às 15:25

    Vejo que só Deus pode receber homenagens, reverência e adoração […] Fale o que quiser!!! Está Escrito”

    Isto é falso. Só Deus pode receber reverência? Só Deus pode ser homenageado?

    Abaixo vemos Davi recebendo homenagem:
    (1 Crônicas 29:20) E toda a congregação passou a bendizer a Jeová, o Deus de seus antepassados, e a inclinar-se, e a prostrar-se diante de Jeová e diante do rei.

    Era comum a homenagem aos reis -> Mat 18:26
    Os irmãos de José fizeram reverência a ele -> Gên 37:5-8; 42:6

    Está Escrito filho, quem te ensinou que “só Deus pode receber reverência” não sabe nada de Bíblia. Tá inventando regras que não existem na Bíblia.

    Curtir

  • Vanderlei Martinez Casale  On 20 out 2013 at 23:38

    Agradeço por reportar estas passagens acima porque me dá o ensejo de uma melhor pesquisa. Interessante que em todas elas aparecem o texto “Há três que dão testemunho” Agora a explicação destes três é o difícil.

    Curtir

  • GIBE TJ  On 21 out 2013 at 10:35

    Se você ler 1 João 5:8, saberá quem são os três de que dão testemunho: o (1) Espírito,
    (2)a água e
    (3)o sangue; e os três são unânimes.
    (NOVA VERSÃO INTERNACIONAL)
    Mas vamos ler o texto completo que é 1 João 5:7-8: “Há três que dão testemunho: o Espírito, a água e o sangue; e os três são unânimes.”

    Vamos ver o que diz outras traduções?

    “Há três testemunhas: o Espírito, a água e o sangue; e esses três estão de pleno acordo.”
    (NOVA TRADUÇÃO NA LINGUAGEM DE HOJE)

    “E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. Porque três são os que dão testemunho: o Espírito, e a água, e o sangue; e estes três concordam.”
    (ALMEIDA ATUALIZADA)

    “Porque três são os que testemunham: o Espírito, a água e o sangue, e os três tendem ao mesmo fim.”
    (BÍBLIA DE JERUSALÉM)

    “e o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade.
    Pois três são os que dão testemunho, o Espírito, a água e o sangue, e estes três concordam.”
    (SOCIEDADE BÍBLIA BRITÂNICA”

    Nenhuma dessas traduções usa a passagem: [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra]

    Por que será? Foram influenciadas pela Torre de Vigia? Que piada!!!!

    Vamos na resposta:

    A obra A Bíblia Explicada diz: “Nos versículos 7, 8 devemos omitir as seguintes palavras: “No céu, o Pai, a Palavra, e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra”, por não se encontrarem nos melhores manuscritos.” — S. E. McNair (Casa Publ. Assembl. Deus, Rio de Janeiro, Brasil, 1985), p. 489.

    Interessante. a CPAD (Casa Publicadora Assembleia de Deus admite isto

    Então, Vanderlei, devias pesquisar mais suas fontes antes de fazer tal tipo de afirmação sobre quem são os três que dão testemunho.

    Já pertenci a uma igreja evangélica, mas não continuei nela devido a seu foco ser a música e não o ensino bíblico. Isto já faz mais de 20 anos. Mas as igrejas de modo geral não mudaram nada neste aspecto.

    A ordem de Jesus foi esta: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado.” (Mateus 28:19-20)

    Curtir

  • Saga  On 6 nov 2013 at 4:18

    Vanderlei não fala coisa com coisa.

    Comparem o que os textos dizem, com o que o Vanderlei diz, não bate.

    Vanderlei: “Caro leitores, estou aqui outra vez para expor aos céticos judeus que não acreditam que Cristo possa ser de fato o Filho de Deus.”
    Aqui ele disse que TJ não creem que Jesus possa ser Filho de Deus, ele determinou que isso é fato e pronto.

    Vanderlei: “Os judeus nos tempos de Jesus não o aceitaram por ele confessar ser O Filho legítimo enviado pelo Pai celestial”

    O motivo deles não o aceitarem não foi por ele ter confessado que era o próprio Deus que veio ao mundo?

    Vanderlei: “Aquele que crê no filho de Deus tem, em si, o testemunho. Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca do Seu filho”. I João 5:10

    Aqui fala de Deus, são três citações a “Deus”. pergunto:
    1- Qual delas fala desse Deus como sendo trindade?
    2- Qual delas fala de Deus como sendo Jesus Cristo?
    3- Qual delas fala do “Deus Espírito Santo”?

    Então este texto fala de Deus, sim, mas este Deus não é Jesus, o que é estranho quando se citou o texto com o objetivo de se dizer que Jesus era esse mesmo Deus, até porque se alguém é filho de um Deus, já se supõe que não é o mesmo Deus de quem é filho, a não ser seja um filho de si mesmo.
    Tem algo errado nessa lógica aí.

    Vanderlei: “Veja que os líderes desta religião “Testemunha de Jeová” não podem confessar que Cristo seja de fato o Filho de Deus, igualmente os judeus passados da época de Cristo.”

    Veja que os lideres dessa religião, protestante não podem confessar que Cristo seja de fato o Filho de Deus, (pois a Trindade impede isso, na doutrina da Trindade, Deus não é realmente o Pai de Cristo, pois nunca o gerou como um pai gera um filho, na verdade Jesus sempre existiu como Deus e nunca teve um pai, pois Deus não tem Pai e nunca poderia ser gerado por alguém que seja seu progenitor (Quanto as duas pessoas da Trindade chamadas de “Pai” e de “Filho” ambos teriam sempre existido lado a lado e ninguém nunca gerou ninguém, sendo esses dois títulos apenas meros enfeites, são papeis que duas personalidades distintas de Deus representam como se estivessem atuando num teatrinho, no máximo dos máximos, o “Pai” foi pai e “gerou” um “Filho” durante a chamada “encarnação” quando a virgem Maria concebeu ou então teria o “gerado” como “filho de Deus” quando o trouxe a vida dentre os mortos, então os títulos de Pai e Filho no caso da Trindade seria algo mais simbólico, que meramente distingue as funções praticadas por cada um dessas personalidades do Deus Trino.)

    Será que os lideres dessa religião não podem confessar que Cristo seja de fato o Primogênito de Deus (o considerar o primeiro gerado por Deus) e o Unigênito de Deus (o considerar o único filho gerado diretamente pelo próprio Deus)?

    Pelo visto né, parece que quem considera que os títulos de “Filho”, de “Unigênito” e de “Primogênito” não são reais -e sim simbólicos- são os trinitários protestantes e não as TJ, as TJ entendem essas palavras como significando o que normalmente significam.

    (A Trindade é uma doutrina de um Filho que não é filho, de um Pai que não é pai, de um imortal que morre sem morrer. de um primogênito que não é primogênito, de um unigênito que não é unigênito, de um esvaziamento que não esvazia, de um não sabia que sabia, de um menor que é igual, de alguém que é o mesmo embora seja outro e de um três que é um.)

    Vanderlei: “Aceitar Cristo como apenas um ser humano sempre foi o que Satanás desejou”

    A começar que a acusação é falsa, pois TJs não consideram Cristo como “apenas um ser humano” e sim que ele se tornou um ser humano quando se fez carne, não bastasse não creem nele ser originalmente um ser terrestre ainda crêem que após sua ressurreição ele não era um ser humano e hoje no céu não é um ser humano lá! (Quem acredita que Jesus era um homem comum são os judeus, os budistas, os cristadelfianos e os islâmicos – além dos deístas e agnósticos…)

    Agora o que o Vander disse foi apenas um ataque EMOCIONAL (ele quer identificar as TJs com céticos e descrentes anticristãos), perceba que não tem conteúdo bíblico algum, qual texto bíblico ele citou? E no que isso agrega ao tema da Trindade?

    EXPLICANDO O QUE É UM ATAQUE EMOCIONAL

    Ele. Vanderlei apenas deu uma pausa para falar mal dos seus desafetos, note que após liga-los aos fariseus ele vai mais fundo e os liga ao próprio diabo! O argumento ou melhor, a falácia do apelo a emoção é assim:

    1- Judeus são ruins, eles (fariseus, saduceus, etc) pensavam que Jesus era apenas um homem!
    2- O Diabo é ruim, ele quer que pensemos que Jesus era apenas um homem.
    3- As TJ pensam que Jesus é apenas um homem.
    4- Então elas (3) são ruins, assim como os judeus (1) e o demônio (2)!
    5- Eu, Vanderlei não concordo com os judeus e do Diabo! Jesus não era um mero homem, eu creio que ele era o próprio Deus!!!

    Aí depois dele dizer isso, todos no recinto repetem aleluia, levantam, batem palmas e dão glória a Deus emocionados com as “verdades” que o irmão Vanderlei pregou contra “os blasfemos inimigos do Cristo” (que ensinam que ele era apenas um homem). Pior que costuma funcionar, não precisa ser verdade, pois não é um argumento racional baseado em fatos é uma estratégia emocional baseada numa falácia, o objetivo não é desmentir os argumentos do outro pela razão e sim desqualificá-los na base da emoção!

    O ataque emocional é usado direto contra as TJ, todos sabem disso, temos como “seita”, “arianos”, “russelitas”. além de afirmações de que “não creem em Jesus”. “alteraram toda Bíblia” e “profetizaram falsamente” são para causar repulsa no ouvinte, criando nele um forte preconceito emocional contra elas, (para que quando as ouça falar tape seus ouvidos).

    Vanderlei: “Agora aceitar Cristo como uma pessoa Divina é o que o Diabo não quer!”

    Talvez o Diabo não queira, mas o que isso tem a ver com o assunto? Logicamente o Vander está dizendo que as TJ não aceitam que Cristo seja uma pessoa divina.

    Vander: “Vejam que Cristo disse: “Que pensais vós do Cristo? […] Como pois Davi, pelo Espírito Santo, chama-lhe Senhor […] Mateus 22:41 ao 46”

    Pergunto, qual a relação entre esse texto e o assunto da Trindade?
    Davi chamou o Messias de “Senhor”, e daí? Isso quer dizer que Davi cria na Trindade? Ele não pode chamar o messias de “Senhor”?

    Vanderlei: “OBS: Pergunto: A Bíblia diz que há apenas um só Senhor – Jesus Cristo? Como aqui agora tem dois? Veja Efésios 4:5 e I Coríntios 8:6 Como pode Cristo ser Filho e ao mesmo tempo ser Senhor?”

    Onde você viu falando em dois senhores?
    Davi falou em Jeová e no Messias, “disse Jeová ao meu Senhor”. Como Jeová é o próprio Deus então temos Deus falando com alguém que era Senhor de Davi. Temos um Jeová (um Deus) e um senhor, não temos nem dois senhores e nem dois jeovás aqui. A Trindade necessitaria que a passagem dissesse que este “Senhor” era “Jeová” ou que “Jeová” era esse “Senhor” também, do tipo

    “Disse o Senhor Jeová, ao meu Senhor que também era Jeová”
    Ou
    “Disse o meu Senhor, que era Jeová ao outro meu Senhor, que também era Jeová”
    Ou
    “Disse o Senhor Jeová ao meu Senhor Jeová”
    Ou
    “Disse o Senhor Deus ao Senhor, meu Deus”

    Nada desse tipo foi usado, então não temos porque confundir os dois personagens que de que Davi está falando: um é Deus [Jeová] e o outro é o Messias [Meu Senhor], dois seres diferentes. (Jesus não fez menção a este relato para afirmar que ele era o Jeová de que Davi falava e nem seus ouvintes judeus lhe entenderam assim).

    “Os judeus confessavam a descendência humana de Jesus Cristo – De Davi – Mas a divina -”Senhor”- não! É o que acontece com os TJs. Não se enganem”

    Se enganar com o que?
    A palavra “SENHOR” não é sinônimo de divindade, é um termo comum usado do Antigo ao Novo Testamento para SERES HUMANOS.

    Aí que você se enganar ao achar e ensinar que ao chamar alguém de “senhor” (que em hebraico é “Adon” e em grego é “Kyrios”) estamos dizendo que ele não é humano e sim uma deidade onipotente….

    O QUE A BÍBLIA DIZ?

    -Moisés era senhor de Arão: “Arão disse: “Não se acenda a ira do meu senhor” (Êx 32:22) “Arão disse a Moisés: “Perdão, meu senhor!” (Nm 12:11)
    -Moisés era senhor de Josué: “Meu senhor Moisés, reprime-os!”
    -Jael diz Sísera é seu senhor: “Jael saiu então ao encontro de Sísera e disse-lhe: “Desvia-te para cá, meu senhor” (Juízes 4:18)
    -Rute fala de Boaz como seu senhor: “A isso ela disse: “Ache eu favor aos teus olhos, meu senhor”
    -O sacerdote Aimeleque considera o Rei Saul como seu senhor: Saul disse então: “Escuta, por favor, ó filho de Aitube!” a que ele disse: “Eis-me aqui, meu senhor.” (1 Samuel 22:12)
    -Abner chama o rei Davi de “meu Senhor”: Abner disse então a Davi: “Deixa-me levantar-me e ir, e reunir todo o Israel ao meu senhor, o rei” (2 Samuel 3:21)
    -O profeta Jeremias considera o rei Zedequias como seu senhor: “E agora escuta, por favor, ó meu senhor, o rei” (Jeremias 37:20)
    -Zacarias chama um anjo de “senhor”:  E eu disse então: “Quem são estes, meu senhor?” A isso me disse o anjo que falava comigo…” (Zacarias 1:9)
    -João chama um anjo como sendo “senhor” dele também: “Eu lhe disse assim imediatamente: “Meu senhor, és tu quem sabes” (Apo 7:14)

    São tantos exemplos que qualquer pessoas que tiver o costume de ler a Bíblia irá ver isso, ano passado eu li a Bíblia toda em um ano, agora quando pessoas como o Vanderlei vem com essas afirmações absurdas, só pode significar que ele mesmo não é um leitor assídio da Bíblia, pois como pode explicar que nunca notou em sua rotina de leitura que as referências a “senhor” ou ao “meu senhor” não querem dizer DEUS ? ( Isso que dá usarem essas versões que omitem o nome de Deus, pois de santo ficar ouvindo….Senhor isso…Senhor aquilo [Senhor é meu Pastor, Senhor Deus, Senhor dos Exércitos, o Senhor é um só Senhor, o Senhor disse ao meu Senhor, oh Senhor, nosso Senhor, templo do Senhor, casa do Senhor, povo do Senhor….] a pessoa fica condicionada que a pensar que ….Senhor, Senhor…., sempre é uma referência a Deus, e que Cristo ao ser chamado de “Senhor Jesus”, “meu Senhor” e “nosso Senhor” está sendo afirmado como nosso Deus, o Todo Poderoso “Senhor dos Exércitos” dos profetas e o “um só Senhor” que Moisés falava em Dt 6:4 ). Tem remédio pra resolver isso, ler mais a Bíblia, de preferência a Tradução do Novo Mundo e deixar que ela o ensine, assim seu conhecimento bíblico irá aumentar e multiplicar o impedido de dizer essas ignorâncias.

    Vanderlei: “Os legítimos Testemunhas de Jeová confessam a Divindade de Cristo, ou seja, que Cristo tem as duas naturezas. A humana e a divina”

    Não existe nenhuma passagem que fale em dupla natureza. João 1:14 diz que o Verbo divino SE FEZ CARNE e Fil 2:7 diz que Cristo se ESVAZIOU de sua forma divina, nenhuma passagem fala de Cristo na Terra como sendo humano e divino ao mesmo tempo, mortal e imortal, nada disso, em sua estadia terrena ele é descrito coerentemente como sendo humano.
    (Notem os senhores leitores que a passagem acima referente ao Salmo 110 de Davi fala do tempo quando Cristo sentaria a direita de Deus nos céus que foi após ele voltar para o céu, então ela não tem relação com a condição de Jesus enquanto homem na Terra.)

    Vanderlei: “A Bíblia diz que há apenas um só Senhor – Jesus Cristo? Como aqui agora tem dois? Veja Efésios 4:5 e I Coríntios 8:6”

    Vamos ver Efésios e Coríntios:

    (Efésios 4:4-6) 4 Há um só corpo e um só espírito, assim como também fostes chamados em uma só esperança a que fostes chamados; 5 um só Senhor, uma só fé, um só batismo; 6 UM SÓ DEUS E PAI de todos, o qual é sobre todos, e por intermédio de todos, e em todos.

    Percebam que existe um Deus, mas este Deus não é a Trindade, nem é Jesus e muito menos é o Espírito Santo. Não adianta aqui chamar Jesus de “senhor” se na mesma sentença é falado de Deus e ESTE DEUS NÂO É JESUS.

    O objetivo do Vanderlei é nos mostrar que o único Deus que devemos ter é a Trindade de Pai, Cristo e Espírito Santo, existe um Deus, um Criador, um Senhor, ele seria a Trindade, para o Vander…esse Deus é a Trindade! Para isso ele referenciou ao Salmo 110:1, Efésios 4:4-7 e a 1 Cor 8:4-6, só que estes versículos só falam de um Jeová e de um Deus, e ele não é Jesus! Então Vanderlei cita textos que DEMONSTRAM O CONTRÁRIO do que ele quer provar! Ele tinha de nos mostrar que Jesus é Jeová Deus e não que Jeová Deus é diferente de Jesus Cristo. Também deveria nos mostrar textos falando que só temos um único Deus e um único Senhor, sim falando que temos: Um só Deus – o Pai, o Filho e o Espírito Santo & um só Senhor – o Pai o Filho e o Espírito Santo.

    Olha o que diz a Bíblia:

    (1 Coríntios 8)
    4 não há Deus senão um só.
    5 Pois, embora haja os que se chamem “deuses”, quer no céu, quer na terra, assim como há muitos “deuses” e muitos “senhores”,
    6 para nós há realmente UM SÓ, O PAI, de quem procedem todas as coisas, e nós para ele; e há um só Senhor, Jesus Cristo, por intermédio de quem são todas as coisas

    Cabe aos trinitários que creem que o Espírito Santo é o seu Deus e Senhor, explicar porque Paulo o demitiu da divindade e do senhorio. Teria sido bem mais fácil Paulo dizer que só temos um só Deus, A TRINDADE! Mas ele fez o contrário….

    Dizem os teimosos que aqui a palavra “Senhor” é igual a palavra Deus e quer frisar a deidade de Cristo pois se refere ao tetragrama, mas isso não cabe, além da distinção óbvia de classes (Cristo está numa categoria separada da categoria do Pai), a palavra “Senhor” aqui não quer dizer “Jeová” (Como em Deut 6:4), o contexto impede isso, no 1 Cor 8:5 fala que existem muitos DEUSES e muitos SENHORES, ora, se o termo grego [Kyrios] aqui se refere ao nome Jeová, então Paulo estaria dizendo que existem muitos DEUSES e muitos JEOVARES, o que é impossível! Jeová é um! (Dt 6:4), Existem muitos deuses, ok, muitos senhores, ok, mas Jeová só existe um e ele é Deus! Também não existe distinção entre “Deus” e “Jeová”, ora ambos são a mesma pessoa (Distinguir entre Deus e entre Jeová é coisa dos mórmons que dizem que “ELOHIM” é o nome do Pai e que “Jeová” é o nome do Filho. Ou seja Deus é uma pessoa e Jeová é outra ¬¬)

    O que Paulo disse em Efésios e em Coríntios é muito fácil de entender, são os trinitários que complicam. Aproveitando que Vanderlei fez referência ao Salmo 110:1, vamos ao hebraicos, neste salmo , a Bíblia Sagrada por meio da boca de Davi chama Jesus de “ADON” (Davi escreve meu senhor, sendo que meu senhor é Adon-i, sendo que Adon significa Senhor e com essa terminação AdoNI vira “MEU Senhor”), e o que tem isso Saga?

    Essa palavra portuguesa Senhor também é usada para o nosso Deus Jeová, mas no caso dele se usa outra palavra hebraica, “ADONAY”, essa palavra sim é um dos títulos da Deidade. Pois bem, Adonay é usada para o Soberano Senhor Jeová Deus mas nunca é usada para o Senhor Jesus Cristo. Então na verdade ao usar ADONI para o Messias aqui, a escritura está negando que ele seja o próprio Deus, nosso Deus não é adoni, ele é Adonay.

    Este fato do hebraico ter várias palavras para “SENHOR” lança uma luz muito grande sobre o Novo Testamento, pois assim entendemos que termos como “Senhor Jesus Cristo” em hebraico ficariam “Adon Yeshua Mashiah”, e “Cristo, meu Senhor” ficaria “Mashiah, Adoni” e assim por diante, nada disso afetaria a unicidade e soberania de Deus, ali em cima mostrei várias pessoas na Bíblia que foram referidas assim. Jesus é o nosso único senhor, nosso adon, quanto ao nosso Pai, Jeová, ele é nosso único soberano senhor, ADONAY.

    (Com certeza Paulo fez um paralelo com os deuses e imperadores romanos da cultura da época: os romanos e gregos adoravam muitos deuses e serviam muitos amos humanos, mas os cristãos tinham um Deus para adorar, o Pai e um imperador amo governante para servir, Jesus Cristo.)

    ” O Senhor dos Exércitos o único Senhor conforme I Coríntios 8:6 Precisam se converter e confessar que Jesus é o Filho de Deus para ter o verdadeiro testemunho. Okei?”

    Não é “SENHOR dos Exércitos” é “JEOVÁ dos Exércitos”, dispense essas traduções blasfema que mutilam a Bíblia, o Apocalipse adverte contra a tirar coisas da palavra de Deus (Ler Ap 22:18,19) , acha que os protestantes ficarão impunes por tirar o nome de Jeová Deus da Bíblia milhares de vezes?

    Parem de acrescentar a palavra de Jeová e passem ao povo as Escrituras conforme Jeová deseja em vez de ficar editando Ela as vontades dos homens.
    Se a Bíblia fala de um Deus com nome, chamado Jeová, falem desse Deus em suas evangelizações, se a Bíblia nunca usa a palavra Trindade, parem de acrescentar essa palavra as palavras de Deus quando vão explicar a Bíblia e por aí vai………estão lendo sobre um Deus (Jeová – o Deus que é único] e ensinando sobre Outro (A Trindade – o Deus que é trino).

    Quem é Deus? A Bíblia diz que é Jeová.
    Mas os protestantes dizem que é a Trindade.
    (Quem está certo? A Bíblia ou os protestantes? )

    .
    .
    .
    “Vanderlei Martinez Casale Em 15 de outubro de 2013: Há um só Deus ”

    Sim há um só Deus. Mas quem é esse um só Deus segundo o que a Bíblia diz?

    -1 Cor 8:6 “Para nós há UM só DEUS, O PAI”
    – Efésios 4:6 “UM só DEUS E PAI”
    -Deut 6:4 “Nosso DEUS, é UM só JEOVÀ”
    -1 Ti 2:5 “Há UM só DEUS e um só mediador entre [esse] Deus e os homens”
    -1 Tessalonicenses 1:9,10 “a fim de trabalhar como escravos para UM DEUS vivente e verdadeiro, e para aguardar O SEU FILHO vindo dos céus”
    – Marcos 10:18: “Jesus disse-lhe: “Por que me chamas de bom? Ninguém é bom, exceto UM SÓ, DEUS“
    (Marcos 12:29,32) ‘Ouve, ó Israel: Jeová, nosso DEUS, é UM só JEOVÁ […] Ele é UM só, e não há outro senão Ele’
    -João 17:1,3: “PAI….que conheçam a ti, o ÚNICO DEUS verdadeiro”
    -Judas 25: “Ao ÚNICO DEUS, nosso Salvador, por intermédio de Jesus”

    Perguntas: De QUEM a Bíblia está falando? Que DEUS é esse?

    Em qual dessas passagens que falam de “um”, “único” e “um só” se está fazendo referência a uma Divindade Trina (formada de Pai+Filho+Espírito Santo)?

    Quem é esse nosso único Deus vivo e verdadeiro? Será que é a Trindade? Será que este é Jesus Cristo? Talvez seja o Deus Espirito Santo?

    Ou será que a Bíblia não está nos dizendo diretamente esse nosso único Deus não é outro senão o nosso PAI celestial, Jeová?

    [[Espero um texto que diga que devemos ter apenas um Deus sendo que este Deus de que fala o texto seja as Três pessoas da Trindade. Aí seria demonstrado um Deus que é TRINO, uno e trino, TRIUNO como os trinitários dizem hoje, agora do jeito que falam os textos bíblicos….assim, fica só uno mesmo, o trino é um ACRÉSCIMO que os protestantes fazem…pra incluir +2 em textos que só falam de uma pessoa]]

    Curtir

  • Marcelo  On 7 nov 2013 at 11:40

    Interessante este texto:

    Marcos 10:18: “Jesus disse-lhe: “Por que me chamas de bom? Ninguém é bom, exceto UM SÓ, DEUS“

    Os trinitários acham neste texto Jesus está dizendo que é o próprio Deus, em vez de glorificar a Deus.

    É como se ele tivesse dizendo: “Só Deus é bom, e nós dois sabemos o porquê de tu estar me chamando de bom, não é mesmo? Tu te ligou que eu sou O cara. Esperteeeeenho”.

    Cadê a humildade de Jesus nesta interpretação? Cade o esvaziamento?

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos. https://www.instagram.com/queruvimdefogo/

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s