“Eu estou no Pai e o Pai está em mim” ou “eu estou em união com o Pai” ?


Em João 14:10, 11 lemos na Tradução da Bíblia conhecida como João Ferreira de Almeida :

“Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras. Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede-me, ao menos, por causa das mesmas obras”.

A Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, (TNM) usada em predileção pelas Testemunhas de Jeová reza neste mesmo versículo:

“Não acreditas que eu esteja em união com o Pai e que o Pai esteja em união comigo?+ As coisas que vos digo não falo da minha própria iniciativa;* mas o Pai, que permanece em união comigo, está fazendo as suas obras.11 Acreditai-me que estou em união com o Pai e que o Pai está em união comigo.”

Que versão está em harmonia com o texto grego? As duas! De fato o texto grego literalmente diz:

” ἐγὼ ἐν τῷ πατρὶ καὶ ὁ πατὴρ ἐν ἐμοί”

Eu       em      o       Pai              e        o        Pai             em    mim”

Podemos ver que a tradução “eu estou no Pai” é hiper-literal ou grotesca demais.  Um exemplo para comparação pode ser encontrado em 1 coríntions 1:30 onde literalmente Paulo diz:

” ἐξ αὐτοῦ δὲ ὑμεῖς ἐστε ἐν Χριστῷ Ἰησοῦ”

de       ele         pois          vós           sois      em  Cristo             Jesus

“Mas vós sois dele, em Cristo Jesus ” Almeida Revisada.

“Mas, é devido a ele que estais em união com Cristo Jesus”  TNM

Emprega-se a mesma preposição grega antes do substantivo  em todos estes  textos.  Se concluirmos que Jesus disse que ele “estava no Pai” de modo literal como se fossem uma só pessoa, então concluiríamos também que em 1 Coríntios 1:30 o cristão se torna Jesus literalmente? Não diz este texto literalmente que estamos “em Cristo”? Significa que é uma unidade em substância? Claro que não!

Charles B. Williams em sua Tradução da Bíblia  The New Testament, A Private Translation in the Language of the People  verte João 17:21 da seguinte forma:

“Faço esta petição, não somente por eles…para que todos sejam um, assim como tu Pai estás em união comigo e eu em união contigo, para que eles estejam em união conosco”  

Observe o mesmo texto na Almeida:

“Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste”.

Queria Jesus dizer que ele, seu Pai e os seguidores eram uma só pessoa literalmente? Óbvio que não. A construção preposicional neste texto é a mesma de João 14:10,11. O assunto é o mesmo. Unidade de pensamento e propósito. Não unidade como pessoa. Como querem fazer entender os promotores da posterior doutrina trinitariana. Isso é um embuste teológico.

The Bible, An American Translation (E. Goodspeed) verte João 17:21 da seguinte maneira: 

“…Assim como tu, Pai, está em união comigo e eu em união contigo, que eles também estejam em união conosco...”

e a  Complete Jewish Bible (1998) produzida por  D. H. Stern reza:

“…Assim como tu, Pai, está unido comigo e eu em ti, oro para que eles estejam unidos conosco…”

Será que os eruditos que verteram a preposição grega neste textos eram da “Torre de Vigia” ? Será que alguém ousa criticar estes tradutores ou suas traduções ? É claro que a forma de verter João 14:10,11 na TNM é gramaticalmente correta. E vai além de gramática. As TJ entendem a Bíblia, pois não passam o tempo em seus cultos fazendo barulho mas estudando e respirando com prazer cada vez que aprendem algo ou fazem leituras da Bíblia em suas reuniões. É um local de pesquisa avançada da palavra de Deus e é um local de exortação a se seguir a  palavra de Deus de verdade.

Observe também 2 Coríntios 5:17:

“Pelo que, se alguém está em Cristo, nova criatura é ” João Ferreira de Almeida Revisada.

“Conseqüentemente, se alguém estiver em união com Cristo, ele é uma nova criação” TNM

Claro que Paulo não estava se referindo a uma unidade em substância. Estar o cristão  “em união com Cristo” é uma tradução que emprega a idéia transmitida por Paulo.  É uma tradução de equivalência dinâmica e não pode ser considerada paráfrase. Antes, é uma versão aceitável.

A opção da Tradução feita por João Ferreira de Almeida no texto de João 14:10, 11 se torna uma versão de literalidade que acaba desviando do foco e promovendo o que parece apoiar a doutrina da trindade que diz que Jesus, Deus e o “Espírito Santo” são “um só”.

É uma opção grotesca e enganosa que exaspera na literalidade e faz Paulo dizer algo que ele na realidade nunca disse:

Ou acha que um Pastor trinitário iria escrever as palavras de Paulo abaixo?

“Pois se lê: Todas as coisas sujeitou debaixo de seus pés. Mas, quando diz: Todas as coisas lhe [ isto é a Cristo] estão sujeitas, claro está que se excetua aquele que lhe sujeitou todas as coisas”.  1 Coríntios 15:27

Paulo mostra que tudo está sujeito a Cristo EXCETO  Deus. Sim, Jeová Deus, o Pai de Jesus Cristo não está sujeito a ninguém.

Para um artigo mais simples e objetivo CLIQUE AQUI.

O que Jesus quis REALMENTE DIZER  quando afirmou : “Eu e o Pai somos um” ?

ESTAS VERDADES TEM DE SER DIVULGADAS PARA OS EVANGÉLICOS QUE ESTÃO  ensinando que Jesus é o Deus Todo Poderoso e parte de uma trindade. Estão na verdade confundindo as pessoas e afastando-as daquele a quem Jesus chama de ” o Único Deus Verdadeiro”. João 17:3

A Almeida e muitas outras versões da Bíblia promove de modo dissimulado a doutrina da trindade. Isto é um fato. As acusações dos pastores e teólogos da cristandade contra a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas acaba, após avaliação cuidadosa, expondo os acusadores. Se você, leitor deste artigo, discorda disso, peço que leia com atenção os diversos posts na lateral esquerda desta página. Leia com atenção detida. Dedique-se a um exame responsável. Caso haja dúvidas, vá a um salão do Reino perto de sua casa ou procure uma Testemunha de Jeová. Aceite um estudo da Bíblia semanalmente sem pagar nada. Ao orarem contigo verá as coisas cada vez mais claras.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Luciano  On 28 de abril de 2017 at 17:26

    Muito bom….

    Curtir

  • Fernando  On 29 de abril de 2017 at 1:05

    Quem traduziu esse versículo na tradução do novo mundo concerteza não tem filho.ora o Pai só tem um filho, aí eles decidem salvar a humanidade,o Pai que é Deus dá o seu único filho pra morrer e sofrer as mais piores dores que alguém pode sofrer, aí o filho vem na terra dependente do Pai que tá no céu.aí um tradutor anônimo de Bíblia traduz que o Pai que enviou seu filho na terra pra morrer e salvar a humanidade estava apenas unido com o seu filho nessa maravilhosa missão redentora dá humanidade,isso é pra acabar mesmo.e ainda tem gente que bate o pé falando que a tradução “união com o pai” é mais coerente do que a tradução”eu estou no Pai e o Pai está em mim”.Porque não traduziram também Gênesis 2:24 “e o homem e a mulher ficariam apenas unidos” em vez dá tradução “uma só carne” daí já dá pra ver a incoerência dessa tradução.em se tratando de uma relacao entre Pai e um filho a tradução da João Ferreira de Almeida é bem mais coerente e aceita.

    Curtir

  • Queruvim  On 29 de abril de 2017 at 23:47

    Quem traduziu esse versículo na tradução do novo mundo concerteza não tem filho

    Como é que é?

    O Teólogo Charles B. Williams verteu da mesma forma que a Tradução do Novo Mundo, não era Testemunha de Jeová nem era da torre de Vigia. E ele teve um filho chamado Michael que nasceu em 1922.

    Charles B. Williams em sua Tradução da Bíblia The New Testament, A Private Translation in the Language of the People verte João 17:21 da seguinte forma:

    “Faço esta petição, não somente por eles…para que todos sejam um, assim como tu Pai estás em união comigo e eu em união contigo, para que eles estejam em união conosco”

    Ademais, não foi “um tradutor anônimo” que traduziu a TNM, foi uma comissão de Tradução, composta de muitos homens.
    Prezado, quase tudo o que diz é apenas uma tentativa desastrada de rebater ou refutar o que diz o artigo. Vcs trinitários precisam aprender que discordar falando qualquer coisa não é o mesmo que refutar alguém.

    Curtir

  • Luciano  On 30 de abril de 2017 at 12:17

    Essa teologia do trio de dois que os trinitários defendem é cansativa.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s