“Hovah” é parte do Tetragrama ou parte de um embuste filológico?


Certo leitor desta página fez a seguinte pergunta:

“Li por aí que a palavra hebraica “hovah” tem uma conotação negativa,tipo calamidade ou algo assim e que o strong indica isso. Um sujeito religioso,que escreveu um livro sobre nossa religião, afirmou que em vista dessa conotação não seria correta a pronúncia “Jehovah”

A palavra hebraica “hovah” é definida no dicicionário Strong ( H1943) como significando “infortúnio, calamidade, adversidade”.


Ocorre porém que a palavra Jehovah é uma forma de se verter o tetragrama do Nome Divino e provém de uma raiz que significa “ele causa que venha a ser” e provém de  “hayah”. A palavra “hovah”  vem de outra raiz triliteral ou triconsonantal. As palavras hebraicas são normalmente derivadas de raizes triconsonantais. É tão simples observarmos que cada palavra hebraica contém estas 3 letras que formam a “raiz” ou etimologia. Ao fazermos a comparação entre HAYAH e HOVAH veremos que não tem nada a ver uma com a outra! A palavra “Hovah” é um substantivo feminino que na verdade é bem diferente de “hayah”. Hovah provém da raiz “havvah” que significa “uma ruína” , “um desastre” . O próprio Dicionário de Strong ao citar hovah (H1943) jamais a relaciona com o tetragrama. Isso é o mesmo que dizer que um homem “esperto” é alguém que esta “perto”. É argumentação totalmente descabida e sem sentido gramatical ou lógico. Podemos fazer uma outra comparação usando a palavra lei, em hebraico TORA , como sabemos “ra” em hebraico significa “mal” ou “iniquidade”. quem ousaria fazer uma associação entre a “Lei” de Deus ( a Tora) como sendo “má” ou “iníqua”? Isso é impensável. O significado de palavras hebraicas são derivados de suas letras, suas raízes e o contexto. A similaridade entre duas palavras não significa que sejam a mesma ou que possuam o mesmo significado. Elas podem parecer uma com a outra em nosso idioma mas quando observamos nos textos em hebraico vemos claramente que se trata de DUAS palavras distintas e com significados distintos.

Aproveito a oportunidade para tecer um comentário a respeito dos que escrevem este tipo de coisa visando atacar o uso do nome de Deus. Baseia-se a opinião destes críticos em pesquisa objetiva? Ou é esta uma forma de tentar aumentar o coro de hostilidade contra o Nome Jeová? Fica claro que devido a enganação destes ignorantes em filologia, a pesquisa deles visa promover o esquecimento do Nome de Deus em contraste com as declarações do próprio Ser Supremo, Jeová, quando disse que seu Nome deve “ser declarado em toda a terra” Exodo 9:16

COMENTÁRIOS DESABILITADOS nesta página

Anúncios
Both comments and trackbacks are currently closed.