Tradução Interlinear do Reino das Escrituras Gregas


FOI assim que o Dr. Jason BeDuhn descreveu The Kingdom Interlinear Translation of the Greek Scriptures (Tradução Interlinear do Reino das Escrituras Gregas). Ele explica:

“Acabei de dar um curso para o Departamento de Estudos Religiosos da Universidade de Indiana, em Bloomington, [EUA] . . . Esse é basicamente um curso sobre os Evangelhos. Os senhores me ajudaram através dos vários exemplares de The Kingdom Interlinear Translation of the Greek Scriptures, que meus alunos usaram como um dos compêndios para as aulas. Esses pequenos volumes foram inestimáveis para o curso e muito populares entre os estudantes.”

Por que o Dr. BeDuhn usa a tradução Kingdom Interlinear em seus cursos na faculdade? Ele responde:

“Simplesmente porque é o melhor Novo Testamento interlinear disponível. Sou erudito qualificado em assuntos bíblicos, familiarizado com os compêndios e instrumentos usados atualmente no estudo da Bíblia. A propósito, não sou Testemunha de Jeová. Mas conheço uma publicação de qualidade quando a vejo, e a sua ‘Comissão da Tradução do Novo Mundo da Bíblia’ fez um bom trabalho. Sua tradução interlinear para o inglês é correta e tão consistente que obriga o leitor a encarar as diferenças lingüísticas, culturais e conceituais entre o mundo de língua grega e o nosso. A sua ‘Tradução do Novo Mundo’ é uma obra de alta qualidade e literal, que evita interpretações tradicionais a fim de ser fiel ao grego. É, em muitos sentidos, superior às traduções mais vendidas em uso atualmente.”

The Kingdom Interlinear Translation of the Greek Scriptures é publicada pelas Testemunhas de Jeová para ajudar os que amam a Palavra de Deus a se familiarizar com o texto grego original da Bíblia. Ela contém The New Testament in the Original Greek (O Novo Testamento no Grego Original) no lado esquerdo da página (compilado por B. F. Westcott e F. J. A. Hort). Uma tradução literal, palavra por palavra, em inglês aparece sob as linhas do texto grego. Na coluna estreita, à direita, encontra-se a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, que permite ao leitor comparar a tradução interlinear com uma tradução da Bíblia em inglês moderno.

Observe o que a Sentinela de 1970 diz sobre esta maravilhosa ferramenta de pesquisa:

” Neste respeito, examinemos aqueles versículos controversos de João 1:1, 2, que os clérigos da cristandade usam para provar a sua doutrina da Trindade ou de Um só Deus em Três Pessoas, como Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Nestes versículos, o termo grego Logos significa “Palavra”. Por isso, a versão interlinear da Diaglott reza: “Em um princípio era a Palavra, e a Palavra estava com o Deus, e um deus era a Palavra. Este estava em um princípio com o Deus.” No entanto, na sua versão em linguagem moderna abandona o artigo “o” antes de “Deus” e coloca o título “DEUS” em letras maiúsculas. Abandona também o artigo “um” antes de “princípio” e antes de “deus”, e coloca “o” antes de “princípio” e põe “deus” com inicial maiúscula, assim, “Deus”. Deste modo, a versão moderna reza: “No Princípio era o LOGOS, e o LOGOS estava com DEUS, e o LOGOS era Deus. Este estava no Princípio com DEUS.” Portanto, apenas a espécie de tipo usado mostra a diferença entre “o Deus” e “um deus”.
Outras traduções bíblicas abandonam todo o uso do artigo indefinido “um” e inserem o artigo definido antes da palavra “princípio”, deixando fora o artigo definido “o” antes de Deus. Por exemplo, a Versão Rei Jaime ou Autorizada, em inglês, reza: “No princípio era a Palavra, e a Palavra estava com Deus, e a palavra era Deus. O mesmo estava no princípio com Deus.” — João 1:1, 2.

No entanto, na sua versão interlinear de palavra por palavra, A Tradução Interlinear do Reino reza: “Em princípio era a Palavra, e a Palavra estava para com o Deus, e deus era a Palavra. Este (mesmo) estava em princípio para com o Deus.” Esta versão literal torna evidente que o escritor, o apóstolo João, fala de duas pessoas e mostra que aquela uma que estava com a Outra é diferente desta Outra. Por isso, a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas esforça-se para mostrar esta diferença, e, com exatidão gramatical e doutrinária, reza: “No princípio [para evitar em português confusão com ‘em princípio’] era a Palavra, e a Palavra estava com o Deus, e a Palavra era deus. Este estava no princípio com o Deus.” Para evitar dizer o indefinido “deus” ou “um deus”, outras traduções da Bíblia, tais como An American Translation e a do Dr. James Moffatt, dizem “divino”; e The New English Bible — New Testament diz “o que Deus era”, quer dizer, “o que Deus era, a Palavra era”. Assim, nem mesmo estas traduções da Bíblia podem ser usadas para provar a doutrina da Trindade.

Os trinitaristas não têm base para se queixar do uso de “um” antes de “deus”, como na edição inglesa da Tradução do Novo Mundo, porque todas as outras traduções bíblicas usam os artigos indefinidos “um” e “uma” centenas de vezes antes de palavras, embora não sejam encontrados em parte alguma no texto original grego. Não só isso, mas estas traduções inserem repetidas vezes o artigo definido “o” (ou “a”) antes de certas palavras onde não ocorre no grego. Tome, por exemplo, os muitos casos da palavra “espírito” ou das palavras “espírito santo”. Há casos no texto grego em que o artigo definido “o” (ou “a”) não ocorre antes destas palavras. Mas os tradutores trinitaristas alteram o sentido de sua tradução por inserirem “o” antes de “espírito” ou “espírito santo”, fazendo-o rezar “o espírito” e “o espírito santo”. Em tais casos escrevem também a palavra “Espírito” com letra inicial maiúscula, para dar ao leitor a impressão de que se refere a uma pessoa inteligente, à Terceira Pessoa de uma Trindade”.
20 Em tais casos, A Tradução Interlinear do Reino, na sua tradução palavra por palavra, mostra que não há ali nenhum “o”, e a Tradução do Novo Mundo não insere ali nenhum “o”, nem põe a palavra “espírito” com inicial maiúscula, mas deixa-a simplesmente “espírito” e “espírito santo”. Portanto, em Atos 6:3, os apóstolos dizem à congregação em Jerusalém: “Procurai vós mesmos, dentre vós, sete homens acreditados, cheios de espírito e de sabedoria.” Também, em Mateus 3:11, João Batista diz a respeito do vindouro Jesus Cristo: “Este vos batizará com espírito santo e com fogo.” Tal tradução do texto grego concorda com a verdade bíblica de que o espírito de Deus é a sua força ativa invisível, usada com um objetivo santo, de maneira santa”.

Foi por meio do seu espírito santo que Deus inspirou a escrita de todas as Escrituras Sagradas. Lemos em 2 Timóteo 3:16. “Toda a Escritura é inspirada por Deus e proveitosa para ensinar.” Mas, em vez das palavras “inspirada por Deus”, a tradução interlinear, palavra por palavra, mostra que a única palavra grega usada ali significa literalmente “soprada por Deus”. Deus como que soprou sobre os homens que ele inspirou a escrever a Bíblia Sagrada.

 

Links adicionais:

 

SÃO AS TESTEMUNHAS DE JEOVÁ “POLITEÍSTAS”? 

O USO E SIGNIFICADO DA PALAVRA “DEUS” (Heb.: ELOHIM) NAS ESCRITURAS SAGRADAS

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Saga  On 13 de março de 2013 at 16:56

    Queruvim, é possivel pedir a Interlinear em inglês mesmo?

    Curtir

  • queruvim  On 13 de março de 2013 at 21:53

    Sim, peça no balcão de publicações e receberá! Eu já pedi várias e várias vezes para lecionar grego koine.

    Curtir

  • O Sentinela em Vigia  On 14 de março de 2013 at 17:09

    Seria interessante se esta maravilhosa obra estivesse disponivel em nosso idioma materno, o português. O que você acha Queruvim?

    Curtir

  • queruvim  On 15 de março de 2013 at 3:38

    É mesmo! Mas o negócio e mergulhar no Inglês mesmo, até pq hj todo mundo precisa estudar este idioma.

    Curtir

  • Saga  On 15 de março de 2013 at 5:31

    Existe em outro idioma que não o inglês ?

    Curtir

  • Edson  On 20 de março de 2013 at 21:33

    eu só queria saber o nome do tradutor dessa biblia! para sabermos se ele era apto para fazer essa tradução! para se traduzir a biblia tem que se conhecer os idiomas originais hebraico e grego, E eu sei que não era esse o caso dos tradutores da novo mundo que nem informaram seus nomes na folha de rosto da sua biblia pq? pq eles não tinham conhecimento dos idiomas originais e seria vergonhoso por seu nome nessa obra nem se resposabilizam por essa tradução! como vou confiar a minha vida espiritual para a tnm? é a mesma coisa vc ser operado por um medico sem CRM SEM DIPLOMA SEM CURSO SUPERIOR QUEM ENTREGARIA A SUA VIDA PARA ELE? NINGUÉM CONCERTEZA! ENTREGARIAMOS NÓS A NOSSA VIDA A HOMENS SEM CONHECIMENTO DOS ORIGINAIS? NOSSA VIDA ESPIRITUAL? SERÁ QUE O MEU COMENTARIO SERÁ PUBLICADO?

    Curtir

  • queruvim  On 21 de março de 2013 at 3:28

    “Essa Bíblia” ? Que Bíblia? A KIT considerada acima? Acho que não, vc deve estar se referindo a Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, a Bíblia usada em predileção pelas Testemunhas de Jeová, certo? Critica os tradutores por imaginar que eles não possuíam diplomas de nível superior.
    Então certamente que não seguiria a Jesus nem aos Apóstolos uma vez que os líderes religiosos que perseguiam a Cristo Jesus, é quem pensavam assim!

    Lemos na palavra de Deus:

    Portanto, os judeus ficaram admirados, dizendo:

    “Como é que este homem tem conhecimento de letras, sendo que não estudou nas escolas?” 16 Jesus, por sua vez, respondeu-lhes e disse: “O que eu ensino não é meu, mas pertence àquele que me enviou.”

    João 7:15

    Esses primitivos pregadores cristãos não eram homens de elevada instrução segundo os padrões do mundo. O Sinédrio percebeu que os apóstolos Pedro e João eram “homens indoutos e comuns”. (At 4:13) Do próprio Jesus, “os judeus ficaram admirados, dizendo: ‘Como é que este homem tem conhecimento de letras, sendo que não estudou nas escolas?’” (Jo 7:15) Historiadores seculares registraram comentários do mesmo teor.

    “Celso, o primeiro a escrever contra o cristianismo, transforma em zombaria o fato de que trabalhadores braçais, sapateiros, lavradores, os mais desinformados e cômicos dos homens, sejam zelosos pregadores do Evangelho.”

    (The History of the Christian Religion and Church, During the Three First Centuries [A História da Religião e da Igreja Cristãs, nos Três Primeiros Séculos], de Augustus Neander; traduzido do alemão para o inglês por Henry John Rose, 1848, p. 41)

    Paulo explicou isto da seguinte maneira:

    “Pois observais a vossa chamada da parte dele, irmãos, que não foram chamados muitos sábios em sentido carnal, nem muitos poderosos, nem muitos de nobre estirpe; mas Deus escolheu as coisas tolas do mundo, para envergonhar os sábios.”

    1Co 1:26, 27

    Quando a Comissão da Tradução do Novo Mundo da Bíblia doou os direitos autorais da tradução realizada, ela pediu que seus membros permanecessem no anonimato. A Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Pensilvânia, EUA, tem honrado seu pedido. Os tradutores não buscavam proeminência para si, mas apenas dar honra ao Autor Divino das Escrituras Sagradas. Com o passar dos anos, outras comissões de tradução adotaram o mesmo conceito. Por exemplo, na sobrecapa da Edição com Referências (1971) da New American Standard Bible diz: “Não usamos o nome de nenhum erudito para referência ou recomendações, porque cremos que a Palavra de Deus deve destacar-se no seu mérito.”

    Recentemente foi publicada a Versão Rei Jaime Nome Divino que segue o mesmo procedimento de não revelar os nomes dos da Comissão de Tradução.(Clique aqui e confirme isso) Alguns trinitários desinformados e preconcebidos tem repetido os mesmos ataques contra o povo de Jeová, especificamente contra os tradutores da TNM. Você parece repetir os argumentos deles e não parece pensar por si mesmo.

    Se ler um artigo de Despertai ou A Sentinela perceberá que todos estes, inclusive livros e brochuras, jamais destacam nomes de homens e este é um procedimento que não acontece somente com a nossa tradução da Bíblia. Ao passo que os líderes religiosos procuram destaque pessoal e “tocam a trombeta para serem vistos pelos homens”. Jesus chama aqueles que procuram destaque pessoal de “hipócritas”, em seu sermão do monte.

    Implicar que a Tradução do Novo Mundo foi produzida por pessoas que “não conheciam os idiomas originais hebraico e grego” somente por causa da opção de anonimato é uma forma de promover ódio religioso e preconceito. Até mesmo organizações evangélicas respeitadas como a Lockman Foundation declara no prefácio da New American Standar Bible: “nenhuma obra será jamais personalizada” e isso ficou claro na versão de 1971 da NASB quando eles mesmos disseram:

    ” Não usamos o nome de nenhum erudito para referência ou recomendações pois é nossa crença de que a palavra de Deus deve se impor pelos seus méritos”

    E eles não identificam seus tradutores. Por que? Porque são covardes, desonestos e incopetentes, como certo trinitário acusa a Comissão de traduão da TNM?

    “Eles devem dar ao Senhor Jesus Cristo, seu lugar, o lugar que a Palavra lhe dá, e nenhum trabalho será jamais personalizado.” Quando alguns zombam das Testemunhas de Jeová por sua humildade, ele também zombam de outras respeitadas organizações “ortodoxas” que tentam seguir a Palavra de Deus nesse respeito. Assim como um homem deve ser julgado pelas suas ações, uma tradução deve ser julgada pela sua exatidão ao verter os textos em hebraico e grego e não pelo status de quem a traduziu ou por fontes preconcebidas devido a diferenças teológicas ou ainda em comparações com outras traduções.

    O erudito Jason David BeDuhn,(B.A., University of Illinois, M.T.S., Harvard Divinity School,Ph.D., Indiana University) professor-associado de estudos religiosos da Universidade do Norte do Arizona, EUA. Em 2003, publicou um estudo de 200 páginas sobre nove das “Bíblias mais usadas nos países de língua inglesa”. Seu estudo examinou vários trechos polêmicos, pois é onde “a tradução tem maior probabilidade de ser tendenciosa”. Na análise de cada trecho, ele comparou o texto em grego com as traduções de cada versão em inglês em busca de tentativas tendenciosas de mudar o sentido do texto. Qual foi sua avaliação?

    Embora BeDuhn discorde de algumas opções de tradução usadas na Tradução do Novo Mundo, ele diz que essa versão “é a mais exata de todas as traduções comparadas”. Ele a chama de uma tradução “notavelmente boa”. O Dr. Benjamin Kedar, hebraísta em Israel, fez um comentário parecido sobre a Tradução do Novo Mundo. Em 1989 ele disse:

    “Essa obra reflete um esforço honesto de obter uma compreensão do texto tão precisa quanto é possível. . . . Eu nunca descobri na Tradução do Novo Mundo intento preconceituoso de dar ao texto uma interpretação que este não contenha.”

    PARA UMA CONSIDERAÇÃO DETALHADA DA TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO LEIA ESTE SITE

    OBSERVE A SUPERIORIDADE DA TNM em relação a muitas versões tradicionais

    Curtir

  • O Sentinela em Vigia  On 25 de março de 2013 at 17:44

    Olá mais uma vez Queruvim, descobri recentemente que a Associação Torre de Vigia é detentora dos direitos autorais da “The Emphatic Diaglott”, a edição interlinear, grego-inglês, das Escrituras Gregas Cristãs, de Benjamim Wilson. Não sei se você conhece, mas esta obra é impressa e distribuida até hoje pela Associação, se você conhece ou tem, pode me dizer a diferença entre ela e a Tradução Interlinear do Reino das Escrituras Gregas Cristãs?

    Curtir

  • queruvim  On 26 de março de 2013 at 0:40

    Faz um bom tempo que ouvi falar que a os direitos autorais da Diaglott expirou e caiu em domínio publico e desde então tem sido distribuida pela Organização de Jeová em troca de contribuições voluntárias. Algumas notas nas publicações da Organização fala sobre a Diaglott:

    ” O nome “Diaglott” significa literalmente “através da língua”, mas entende-se que signifique “interlinear”. Em 1902, compraram-se os direitos autorais e os clichês da Diaglott da Fowler & Wells Company da cidade de Nova Iorque os quais foram dados como presente à Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados (dos E. U. A.), cujo presidente naquele tempo era Charles Taze Russell. No ano de 1927, esta Sociedade começou a publicar a Diaglott impressa nas suas próprias prensas…”

    “Na larga coluna do lado esquerdo de cada página, a Diaglott apresenta o texto grego, usando a recensão feita pelo Dr. J. J. Griesbach, alemão, em 1775-1777, e debaixo de cada palavra grega apresenta o seu equivalente em inglês. Na estreita coluna à direita de cada página, ela apresenta a tradução moderna, inglesa, feita por Benjamin Wilson.

    8 Foi através da The Emphatic Diaglott que o primeiro presidente da Sociedade, C. T. Russell, soube que as inspiradas Escrituras Gregas falavam da segunda “presença” de Cristo, pois a Diaglott traduzia a palavra grega “parousia” corretamente por “presença”, e não por “vinda”, como o fazia a Versão Rei Jaime da Bíblia. Por conseguinte, quando C. T. Russell começou em julho de 1879 a publicar a nova revista bíblica, ele a chamou de Torre de Vigia de Sião e Arauto da Presença de Cristo. Atualmente, noventa e um anos depois, esta revista se intitula “A Sentinela Anunciando o Reino de Jeová”, e é publicada em setenta e dois idiomas. Parece que, quando primeiro deu nome à revista, em 1879, o editor Russell não se apercebia de que em 1862, ou um ano antes de se completar The Emphatic Diaglott, o Dr. Robert Young já publicara em Edimburgo, na Escócia, a tradução bíblica chamada “Tradução Literal de Young da Bíblia Sagrada”, e que esta tradução também vertia a palavra grega “parousia” como “presença” e não como “vinda”. Ele produziu também a Analytical Concordance to the Bible (Concordância Analítica da Bíblia) de Young, na qual, na página 188, coluna um, se mostra que parousia significa estar ao lado” ou “presença”. O número de abril de 1883 da Torre de Vigia recomendou esta concordância aos estudantes da Bíblia.

    9 Após The Emphatic Diaglott, publicaram-se outras traduções interlineares das Escrituras Sagradas. No ano de 1877, publicou-se em Londres, na Inglaterra, o que foi chamado de “O Novo Testamento Grego Para o Inglês”, de Samuel Bagster and Sons, Limited, apresentando uma tradução interlinear, palavra por palavra, sob o texto grego de Stephanus, de 1550, junto com a Versão Autorizada do Rei Jaime, de 1611, na coluna externa de cada página. Depois, em 1960, esta mesma editora publicou The Interlinear Greek English New Testament (O Novo Testamento Interlinear Grego-Inglês). Este apresenta na coluna à direita de cada página o texto grego conforme compilado pelo erudito alemão Eberhard Nestle, de 1898, com uma tradução de palavra por palavra por baixo, feita pelo Dr. Alfred Marshall. Ao lado dela, na coluna à esquerda de cada página, imprimiu-se a tradução da Versão Rei Jaime ou Autorizada. Quanto a uma tradução interlinear das Escrituras Hebraicas, publicou-se em Chicago, Ilinóis, E. U. A., em 1896, The Interlinear Literal Translation of the Hebrew Old Testament (A Tradução Interlinear Literal do Antigo Testamento Hebraico). Publicou-se apenas um volume dela, contendo Gênesis e Êxodo, cuja tradução interlinear foi feita por George Ricker Berry, doutor de filosofia”.

    Curtir

  • SILVAanonimo anonimo  On 13 de maio de 2013 at 0:57

    Então os tradutores da TNM, sabiam muito bem oque estavam traduzindo. Eles realmente torceram a palavra de Deus inserindo palavras para confirmar as sua aberrantes doutrinas. A interlinear traz em Colossenses 1:16 ” Cristo criou todas as coisas e a TNM traz ” Cristo criou todas as (outras) coisas. Se não existe a palavra “outro” porque então ela foi inserida 5 vezes contradizendo João 1:3 ?

    Curtir

  • queruvim  On 14 de maio de 2013 at 10:10

    Sua acusação de que a TNM ” torce[u] a palavra de Deus inserindo palavras para confirmar as sua aberrantes doutrinas. ”

    É uma acusação que não tem fundamento, uma vez que a palavra “outras” faz parte do significado hiperbólico de PANTAS.
    Até mesmos Eruditos tem argumentado que a palavra “outras” não é uma adição ao texto mas uma tradução literal do significado da palavra grega PANTA.

    Como certo erudito se expressou apropriadamente:

    “Os que objetam ao uso da palavra “outras” na TNM estão na verdade afirmando que Jesus criou ele mesmo, uma vez que Col. 1:16 diz ” ele ( Jesus) é o primogênito de toda a criação“.Também, estão afirmando que Cristo é antes de Deus e que Deus veio a existir por meio de Cristo. (v. 17) ,também que Cristo precisa ser reconcilidado com Deus (v. 20) Todavia, a palavra ”outras” está implícita no significado da palavra grega PANTA. De fato a Comissão de Tradução da Tradução do Novo Mundo não deveria nem mesmo ter colocado “outras” em parentesis visto que já faz parte do significado hiperbólico da palavra. A TNM explicitou o que estava implícito. De fato os que negam que Cristo seja o “primogênito de toda a criação” objetam ao uso da palavra “outras” aqui!” declarações do Erudito Jason Beduhn.

    Será que a inserção da palavra ”outras” aqui indica uma “falta de treinamento nas linguas originais” como tem afirmado alguns ?

    Uma avaliação gramatical (e não teológica) revela que a TNM não acrescentou nada ao texto!

    A Obra Gramática Grega em Inglês ” (Greek Grammar of the New Testament and Other early Christian Literature“) escrita por F. Blass e A. Debrunner declara :

    “não é incomum no grego coiné se omitir a palavra outras“.

    O livro Teologia e Tendencias nas Traduções da Bíblia (Theology and Bias in Bible Translations) produzido pelo respeitado Professor e erudito Rolf Furuli falando sobre a palavra ”outras” em Col. 1:16 na TNM diz:

    “Isto significa que os colchetes que a TNM usa perto de “todas” pode ser removido, visto que a palavra outras não é uma ”adição” ou “interpolação”, mas em um dado contexto ela é parte legítima de PAS.”

    Todos os tradutores da Bíblia suprem palavras adicionais de acordo com sua própria compreensão do significado intencionado pelo escritor inspirado. Qualquer estudante da Bíblia sério está a par deste fato elementar. Pode observar que os Tradutores da King James Version ou Versão Rei Jaime em Inglês ( bem como a NIV, NKJV, TEV/GNB, Beck, etc.) adicionaram a palavra “outras” e de maneira coerente, muito embora esta não ocorresse no texto grego. (Compare também Jó 24;24 na King James Version). Estavam eles de modo “blasfemo e desonesto”adicionado algo a palavra de Deus ? Claro que não!

    Estes mesmos argumentos são colocados dum ponto de vista de um Erudito a partir de uma avaliação gramatical.

    ESCREVI UM ARTIGO SOBRE ESTE TEMA:

    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2010/12/30/colossensses-116-outras/

    Você fala em “aberrantes doutrinas” se referindo as TJ ? Eu é que o digo se referindo as seitas evangélicas. Vê se cria juízo. É escândalo atras de escândalo. Que moral tem a igreja Evangélica ou a Cristandade confusa(Apoc. 18:2,4) pra falar das TJ? “Aberrante” é o que a Igreja Evangélica tem feito com o nome de Cristo. Corrupção, enriquecimento ilícito as custas dos dízimos, lavagem de dinheiro, violação da lei do silencio em quase todas as cidades de Brasil, politicalha corrupta junto a governos, envolvimento com a guerra (Iraque, Afeganistão,WWI e WWII, Ruanda etc) Pastoraiada pedófila, curandeirismo, arena futebolística, calúnia contra as Testemunhas de Jeová, infindáveis fragmentações sectárias, tudo isso é quase que um padrão no meio das igrejas chamadas cristãs. E vc vem falar das TJ! Perdeu a consciência e senso de justiça. Um favor que faz é não postar engano aqui nesta página. Lembra-te de que não deves “testificar falsidade contra ” ninguém. É justamente o que faz no dia de hoje. Se ao menos a igreja que tu frequenta, se é que frequenta alguma, tivesse coragem de pregar as boas novas do Reino, mas esta empreitada não é privilégio de todos.

    “Aberrante” é o que a gente vê neste link que preparei de presente pra ver se gente igual você abre os olhos e sai desta cegueira absurda:

    https://traducaodonovomundodefendida.wordpress.com/2011/04/29/igrejas-evangelicas-e-a-pedofilia/

    Curtir

  • Immanuel  On 14 de maio de 2013 at 11:37

    Irmão [] como você avalia de modo global os interlineares em português da Sociedade Bíblica do Brasil(Novo Testamento Interlinear Grego-Português e Antigo Testamento Interlinear Hebraico-Português),da Editora Cultura Cristã(Novo Testamento Interlinear Analítico
    Paulo Sérgio Gomes – Odayr Olivetti),e da editora Hagnos (Novo Testamento interlinear

    Waldyr Carvalho Luz)?
    Eu vejo no interlinear de Luz muitos pontos positivos:alternativas de traduções literais,por exemplo.Já no interliar de Gomes -Olivetti pode dar duas linhas de tradução interlinear mais análise morfológica.Os da SBB gostei em muitos aspectos do interlinear do Edson de Faria Francisco em hebraico já o do novo testamento o forte é numerar a ordem das palavras em grego numa seqencia natural em Português,embora não achei ele muito literal visto que essa é a função de um interlinear.Infelizmente o do Gomes-Olivetti é baseado no ancrônico e errôneo Texto Majoritário e é claro todos eles poderíamos apontar problemas num grau maior ou menor.

    Curtir

  • Immanuel  On 14 de maio de 2013 at 12:00

    Eu amo a KIT.Estou fazendo uma lista das palavras mais frequentes das Escrituras Gregas Cristãs extraído da KIT em grego e adquirindo o vocabulário funcional do grego bíblico.Primeiro porque o vocábulário da KIT étradução de cada palavra no seu sentido BASICO E/OU LITERAL sendo muito apropriado para o aprendizado do grego e como forma de controle do significado das palavras gregas mesmo levando em consideração as matizes contextuais que em seguida são traduzidas com muita precisão no texto principal da TNM.Veja por exemplo Rev 3:14 na KIT ,arkhé será traduzido por básico e literalmente “princípio”.Infelizmente no Interlinear de Gomes-Olivetti traduziram por “Soberano”.Para os irmãos :Porque Gomes-Olivetti não foram uniformes na tradução de arkhé em Rev 3:14 traduzindo por “princípio”? Ele poderia até decidir isso na tradução do texto principal mas na tradução interliner de Arkhé esperaríamos o sentido básico e literal.

    Curtir

  • Immanuel  On 14 de maio de 2013 at 12:09

    Apenas para incentivar:Muitos irmãos não sabem mas a KIt ,Diaglott, e a Concordance Comprehensive são três maravilhosas publicações em Inglês que toda Testemunha de Jeová que se interessa por Erudição Bíblica deveria pedir no balcão de publicações.Pode pedir que chega,embora às vezes possa demorar.Concordance Comprehensive é muito boa para comparar com KIT e TNM e encontrar textos bíblicos de modo exaustivo,embora eu suspeite que ela precisa de uma atualização pois se baseia na TNM edição de 1971.

    Curtir

  • Immanuel  On 14 de maio de 2013 at 12:23

    Irmão [ ] esse Geoge Ricker Berry também publicou um Interlinear do Novo Testamento com um famoso dicionário de sinônimos do grego bíblico muito bom.O nome da obra é:”The Interlinear Literal Translation of the Grew New Testament” pela editora Hinds & Noble Publishers no ano de 1897.Pode ser baixada no site do Archive pois já está em domínio público.

    Curtir

  • Immanuel  On 14 de maio de 2013 at 12:39

    Aliás no site do http://archive.org/index.php podemos encontrar muitas obras de Hebraico, Aramaico e Grego que já estão em domínio público e que são muitas vezes citadas nas Publicações da Associação inclusive essa concordância de Young que o irmão [] acabou de mencionar!Outras concordâncias baseadas Na King James Version que podem ser encontradas por lá são de Crudem e de Strong.Claro que essas obras estão todas em Inglês.

    Curtir

  • Immanuel  On 14 de maio de 2013 at 12:58

    Queruvim, para mim a KIT é nosso TEXTUS RECEPTUS ou VUlgata Latina, a maior e melhor tradução interlinear verdadeira de todos os tempos.Não aceito que falem mal da KIT.Primeiro porque se baseia no melhor Texto Crítico do século XIX :The New Testament in the Original Greek dos renomadíssimos eruditos bíblicos Brook Foss Westcott e Fenton John Anthon Hort e também pela qualidade da tradução.Eu gostaria muito que os irmãos da comissão de tradução da TNM fizessem um Iinterlinear das Escrituras Hebraicas,como não seria hein!?Eu suspeito que os irmãos só não fizeram porque a Biblia Hebraica Stuttgartensia está sob os direitos autorais da Sociedade Biblica Alemã.Eu vou aprender Hebraico para fazer esse Interlinear.Estou pensando no texto de Ginsburg de 1914 -1926.Será que ele está sob direitos autorais da BFBS?

    Curtir

  • Immanuel  On 14 de maio de 2013 at 15:11

    Só para esclarecer:Quando disse aquela crítica com o interlinear de Gomes-Olivetti não foi para ridicularizar os tradutores(Os quais aprecio o trabalho em muitos pontos).A intenção era apenas expressar uma expectativa.E o que se espera de uma tradução interlinear?
    PRIMEIRO que ela seja uma tradução hiperliteral o quanto o idioma destino permita.
    Isso quer dizer que ela deve SEGUIR A ORDEM das palavras dos idiomas originais,não importando se isso viole as regras de sintaxe do idioma-destino.
    Também que procure traduzir as palavras do idioma original ao máximo possível no seu SENTIDO PRÓPRIO E/OU BÁSICO.Traduzir os verbos no seu devido ASPECTO VERBAL.As expressões idiomáticas e figuras de linguagem da mesma maneira devem ser PRESERVADAS.Outra característica muito importante é prioritariamente manter ou usar a mesma forma ou palavra (ou um limitadíssimo número formas se não for possível) ao traduzir uma forma ou palavra básica do idioma original,isso se chama em tradução hiperliteral (e até em numerosas vezes em traduções literais onde o idioma-destino e o contexto permitam) de “UNIFORMIDADE ou COERENCIA” o que é muito desejável numa tradução interlinear.Por exemplo arkhé no grego deveria ser sempre traduzido por “princípio”,Parousia como “presença”,Psykhé por “alma”,pneuma em “espirito”.
    Qualidade de uma boa tradução interlinear é também traduzir especificidades ou diferenças de matizes de palavras afim ou mesmo sinônimas,isso se dá para que se alcance EXATIDÃO ao traduzir as palavras para que não cause confusões ao se fazer exegese do texto bíblico,por exemplo ,ao se traduzir do grego oikoumene,kosmo,ge,aionos por respectivamente “a habitada (terra),mundo,terra,era” e não todas essas palavas por “mundo”.
    SEGUNDO que definitivamente adote um texto dos idiomas originais refinado, reconstituído nos melhores e mais cientificos métodos filológicos de Crítica Textual e baseado nos melhores testemunhos de manuscritos ou evidências dos textos originais, é lastimável que qualquer um se apegue ao tipo textual bizantino ou Texto Majoritário que traz leituras espúrias ou corruptas como 1Tim.3:16(“Deus se manifestou em carne”) ou joão 3:13(“..,que está no céu”).Tudo bem que nesse segundo ponto já estaríamos entrando em discussões de crítica textual e não necessariamente de métodos ou Teoria da Tradução, mas mesmo assim,leituras corruptas só causam dano e estão a serviço de argumentos teológicos precários.
    Por esses dois motivos The Kingdom Interlinear Translation tem muito a recomendar e se harmoniza em altíssimo grau com esses bons critérios de tradução e filologia.
    Uma pergunta importante que se harmoniza com o exposto acima e que deixo para os irmãos responderem:Quais são os objetivos básicos de uma tradução interlinear ao servir seus leitores?

    Curtir

  • queruvim  On 17 de maio de 2013 at 12:53

    Lamento mas não estou podendo responder os posts no momento. Que Jeová Deus nos edifique com uma pequena parcela de seu poder!

    Curtir

  • marcelo  On 5 de junho de 2014 at 3:06

    Queruvim,como posso adquirir uma KIT,depois de ler melhor os artigos do site sai da igreja que frequento desde que nasci,não posso receber estudo em casa pois meus pais não aceitam leio a tnm escondido mas mesmo assim prosseguirei doa a quem doer preciso saber mais sobre as regras de grego e acho que a esta obra me ajudará por favor responda pago o que for preciso mesmo assim vou em algumas reuniões mesmo com vestes inadequadas sempre muito bem recebido sou de são bernardo do Campo SP grato continuarei visitando o site para aprender mais e que Deus o abençoe

    Curtido por 1 pessoa

  • Queruvim  On 5 de junho de 2014 at 11:16

    Marcelo, minha sugestão é que antes de se aprofundar no estudo dos idiomas originais, tais como o grego, aprofunde-se primeiro no estudo da palavra de Deus com o objetivo de amar a Jeová Deus e “vê-lo” com os olhos do entendimento. Já pediu a KIT no Salão do Reino? Se já pediu espere por um tempo. Saiba se ainda estão fornecendo. Não tenho esta informação no momento, mas acredito que ainda estão fornecendo. Se confirmado que lhe enviarão, tenha paciência e espere e sempre lembre ao encarregado de pedir tais publicações se ela está vindo ou não. Ao chegar eles simplesmente te entregarão. Ficará na sua consciência o quanto irá contribuir para custear as despesas de envio e produção da publicação, que é sem dúvida uma dádiva de Jeová disponível para todos os interessados. Um segredo para o seu fortalecimento na luta espiritual é a leitura todos os dias do texto do dia no Examine as Escrituras diariamente. Estarei torcendo por ti e saiba que nós o amamos de verdade em vista desta sua decisão de servir a Jeová Deus. LUTE!… … pois TEMOS DE ENTRAR NESTE REINO!.

    Curtido por 1 pessoa

  • Cohen (1938)  On 5 de junho de 2014 at 16:02

    Amigos, a KIT está esgotada. Não é mais distribuida. Pra falar a verdade, até a biblia comum está se esgotando (demoooora).
    Isso se dá devido a proximidade do lançamento da nova TNM. Acredito que a probabilidade dela ser lançada no congresso é baixa. Recebi informações de que em Janeiro de 2015 haverá uma transmição especial. Teremos a visita (em betel) do Jefrey Jacson e de um membro da comissão de filia do betel da coreia do sul. Essas informações ainda serão divulgadas nas congregações. Eu acredito que com o lançamento da TNM também sera lançado o APP do JW em portugues. Atualmente esse APP só existe em Inglês.
    O conselho que eu dou ao Marcelo é o seguinte: Baixe o app do JW no jw.org em ingles. Não adianta pedir a kit no salão, não vai chegar, pois está esgotada. Esse app contem 5 otimas traduções e a kit juntas.
    Imaginem quando lançarem a nova TNM com REFERENCIAS!

    Curtir

  • Alex Martins  On 5 de junho de 2014 at 18:11

    Eu possuo as duas interlineares editadas pela Associação, a Emphatic Diaglot e a Kingdom Interlinear Translation. A diferença entre as duas é que na coluna que fica à direita da tradução interlinear o texto da Diaglot é de autoria de Benjamin Wilson e na KIT o texto é da Tradução do Novo Mundo. Até onde sei ambas estão disponíveis para pedido.

    Curtir

  • Kyo  On 21 de julho de 2015 at 9:34

    Para quem não sabe, o link para baixar o Jw Library, que vem tem a interlinear em inglês: http://www.jw.org/pt/ajuda-online/jw-library/

    Curtir

  • Kyo  On 21 de julho de 2015 at 9:48

    Immanuel On 14 de maio de 2013 at 12:39: “Aliás no site do http://archive.org/index.php podemos encontrar muitas obras de Hebraico, Aramaico e Grego que já estão em domínio público e que são muitas vezes citadas nas Publicações da Associação inclusive essa concordância de Young que o irmão [] acabou de mencionar!”

    Nesse site podemos encontrar também a própria “The Kingdom Interlinear Translation of the Greek Scriptures”: https://ia802707.us.archive.org/3/items/KingdomInterlinearGreekScriptures/Kingdom_Interlinear-Greek_Scriptures_1969.pdf

    Curtir

  • Kyo  On 21 de julho de 2015 at 10:04

    Ao fazer a crítica literária da The Kingdom Interlinear Translation of the Greek Scriptures (Tradução Interlinear do Reino das Escrituras Gregas) para The Classical Journal, Thomas N. Winter, da Universidade de Nebrasca, observou:

    “Um texto grego original por dois dólares é uma espécie dum milagre, e não deveria surpreender-nos que foi preciso um grupo mundial de estudantes da Bíblia para produzi-lo. Não se trata duma publicação interlinear comum: a integridade do texto é preservada, e o inglês que aparece abaixo dela é simplesmente o significado básico da palavra grega. . . . Uma tradução em inglês suave aparece numa coluna estreita na margem direita das páginas. . . . Acho que se trata de uma ajuda legítima e muitíssimo útil para o domínio do grego koiné (e clássico). Depois de examinar um exemplar, supri-a a vários estudantes interessados, do segundo ano de grego, como um texto auxiliar . . . . Depois de aprender as pronúncias corretas, um estudante motivado poderia, bem possivelmente, aprender grego koiné apenas à base desta fonte.

    “O texto se baseia no de Brooke F. Wescott e Fenton J. A. Hort (1881, reimpresso), mas a tradução feita por uma comissão anônima é totalmente atualizada e dotada de coerente precisão. Onde tanto a Rei Jaime como a Normal Revisada, por exemplo, registram ‘homens sábios’ para o grego magoi (i.e., Mat. 2:1, 2:7, 2:16), a Kingdom Interlinear apresenta ‘astrólogos’, uma tradução mais correta e informativa. O livro foi mui cuidadosamente compilado e impresso.

    “Em síntese, quando uma Testemunha vier à sua porta, tanto o estudante de letras clássicas, ou de grego, como o estudante da Bíblia, farão bem em convidá-la a entrar e fazer o pedido dum exemplar dela.” — abril-maio de 1974, págs. 375, 376.

    g81 22/1 p. 23

    Curtir

  • Bastos  On 21 de julho de 2015 at 22:00

    Obrigado Kyo, eu estava interessado mesmo em baixar em pdf este livro.

    marcelo On 5 de junho de 2014 at 3:06
    -Espero que tenha adquirido sabedoria, e amor por Jeová.

    Curtir

  • Kyo  On 22 de julho de 2015 at 16:28

    De nada, Bastos. Tire bom proveito.

    Curtir

  • Saga  On 23 de julho de 2015 at 11:34

    Queruvim e amigos…

    O ridículo é ver gente querendo caluniar a TNM com base nas leituras da KIT, reclamando que a coluna da Tradução é diferente da coluna do Interlinear. É de uma burrice sem tamanho!! Ou então de uma desonestidade sem fim….

    Obviamente que uma transcrição palavra por palavra não deve ser comparada com o trabalho de tradução moderna, que deve prezar pela polidez e facilidade de entendimento.

    Curtir

  • Welber  On 2 de setembro de 2015 at 2:10

    Oi eu sei que o sr. É professor de hebraico e grego! Acredito que o sr. seja uma pessoa muito ocupada. Por isso durante todo esse tempo tenho sido persistente em buscar sua ajuda com relaçâo a interlinear do Reino. Se pudesse no minimo contatar alguém com relação a alguma informação sobre tal assunto o agradeço. Por isso resolvi postar nessa pagina.

    Curtir

  • Welber  On 2 de setembro de 2015 at 2:10

    Quero adquirir mais ta dificil

    Curtir

  • Roger  On 25 de junho de 2016 at 21:03

    Olá a todos. Adquiri uma The Kingdom Interlinear Translation of the Greek Scriptures (Tradução Interlinear do Reino das Escrituras Gregas) por volta de 1995 através de uma TJ que conheci no local de trabalho. Em prestei, e até hoje [2016] nunca mais a tive de volta. Quando vi a foto neste site, lembrei e pensei: “porque que empreste!?”. A pessoa que emprestei a KIT me disse que havia esquecido em um ‘banco assento’, quando lembrou-se, voltou e ela já não estava mais lá. Depois, soube por uma pessoa de minha confiança que a KIT não foi esquecida em um banco, e sim vendida. Enfim, em todo caso espero que algum dia venha a ter uma novamente. PS. Escrevi uma carta para a Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de São Paulo, e fui informado que as traduções: The Kingdom Interlinear Translation of the Greek Scriptures e a The Emphatic Diaglott, não são mais produzidas pela Sociedade Torre de Vigia.

    Curtir

  • neidefigueiras  On 18 de julho de 2016 at 14:27

    Irmão, gostaria de saber se o codex sinaiticus que está disponível na Internet é um manuscrito bom para pesquisarmos a bíblia, serve para vermos se os versiculos que constam nele estão na nossa biblia?

    Curtir

  • Queruvim  On 18 de julho de 2016 at 21:19

    Sim,contudo serve apenas como referência parcial. Pois a consulta visando a crítica textual é amparada em textos alexandrinos com um todo. O Manuscrito Sinaítico é apenas um de vários que foram usados na consulta para a Tradução da Tradução do Novo Mundo da Bíblia Sagrada. Veja sobre o texto grego
    … …Outras fontes gregas consultadas como se segue:

    Escritos gregos originais e cópias primitivas:

    Versão Armênia;

    Versões Cópticas;

    Versões Siríacas como Curetoniana, Filoxeniana, Harcleana, Palestiniana, Sinaítica e Pesito (DE LINHA BIZANTINA tal qual o RECEPTUS);

    Latim Antigo da Vulgata Latina revisados por Sisto e Clemente;

    Manuscritos gregos cursivos, como o Texto de Erasmo e de [[Stephanus]

    Papiros como Chester Beatty P45, P46, P47; Bodmer P66, P74, P75.

    Primitivos MSS. Uniciais Gregos: Vaticano 1209 (B) Sinaítico (x) Alexandrino (A) [[Ephraemi Syri rescriptus (C) Bezae (D) Texto Grego de Griesbach da Emphatic Diaglott.

    Texto siríaco

    É usada a Siríaco Peshitta, S. Lee, Edição de 1826, reimpressa pelas Sociedades Bíblicas Unidas (UBS), 1979. O seu texto foi traduzido do hebraico, no Século II e era o Texto-padrão dos cristãos sírios. TODOS ESTES FORAM USADOS PELA COMISSÃO DE TRADUÇÃO DA TRADUÇÃO DO NOVO MUNDO.

    Curtir

  • neidefigueiras  On 18 de julho de 2016 at 21:32

    Porque no codex sinaiticus nao contem o texto de joel 2:28-32 e na nossa biblia contém,entao quer dizer que o codex nao é todo exato e que devemos pesquisar em outras fontes como nesses que vc mostrou?

    Curtir

  • Queruvim  On 19 de julho de 2016 at 10:53

    O Codex Sinaiticus, também conhecido como Manuscrito ‘Aleph’ não contém a maior parte do chamado “Velho Testamento”. Algumas passagens do VT são apenas fragmentárias neste manuscrito! Para a tradução desta porção antiga originalmente escrita em hebraico este serve apenas como referência adicional e não como manuscrito padrão ou base de onde se traduz o texto do VT.

    Curtir

Comments in english allowed! Não serão permitidos comentários de opositores ou pessoas que querem debates sem fim. EVITE FUGIR DO TEMA DA PÁGINA OU FAZER flooding de informações. Isso é coisa de gente desonesta e que quer confundir. Discordar não é problema, mas fazer oposição com zombaria desrespeito e trollagem não são aceitos nesta página. Ao postar nesta página você estará concordando com isso! Não é permitido a participação de APÓSTATAS nos comentários desta página. Em outras palavras, críticas e discordâncias são aceitas e até mesmo postadas, mas não “espírito de oposição”. Isto se dá em vista do claro mandamento bíblico para que “os eviteis” Romanos 16:17. Outra coisa...tenho recebido comentários feitos com erros graves em quase toda linha e frase. NÃO POSTAREI. Tenha respeito por assuntos bíblicos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s